Estou com Sorte

Estou com Sorte Douglas Edwards




Resenhas - Estou com Sorte


28 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Leonardo.Fattore 13/01/2021

Wherever
Esse livro traz algumas casos interessantes da empresa Google, do Vale do Silício mas meio longo a leitura para uma história monótona.
comentários(0)comente



Suellen-san 05/02/2020

Cansativo
Sim, muito cansativo tanto que levei quase 5 anos ou mais para terminar a leitura. Só recomendo para quem realmente gosta desse assusto. Por fim foi uma experiência diferente na leitura.
comentários(0)comente



Suellen-san 05/02/2020

Cansativo
Sim, muito cansativo tanto que levei quase 5 anos ou mais para terminar a leitura. Só recomendo para quem realmente gosta desse assusto. Por fim foi uma experiência diferente na leitura.
comentários(0)comente



Mari 02/08/2019

Nhé.
Tem suas partes interessantes, mas de modo geral é um livro arrastado e chato. Só terminei por pura teimosia.
comentários(0)comente



daiane.rangel 30/09/2015

Extremamente curioso e interessante
Este livro mostra como o Google se tornou tudo isso que conhecemos.
Fala dos marcos da sua história, dos sucessos, das aquisições, mas não deixa de mencionar os fracassos que de alguma forma contribuíram para que o Google se tornasse o que é.
Fala sobre as dúvidas e inseguranças de uma pessoa comum que mergulha em uma nova realidade totalmente desconhecida. Uma nova forma de empreender que acaba de nascer e estava sendo evoluída.

Leitura obrigatória para marqueteiros e aficcionados por tecnologia.
comentários(0)comente



Lea 28/04/2015

Utilizamos o Google no dia a dia e não nos damos conta da dimensão dessa empresa. A partir da leitura do livro passamos a conhecer melhor o que está por traz de tudo. O Google começou como uma ferramenta de busca, mas hoje em dia, é muito mais do que isso. Tem o Gmail, o Blogger (que utilizamos tanto!) e muitas outras coisas mais.

Esse livro é indicado para quem curte informática e histórias de empresas. Conta como uma pequena empresa se transformou em uma mega empresa.

Edwards fala da sua trajetória nessa transformação, entre sucessos e fracassos, erros e acertos. Conta como o jeito “Google” de ser o surpreendeu muitas vezes e mudou sua forma de trabalhar.

Uma curiosidade: o Orkut foi um fiasco. Só fez sucesso no Brasil, vocês sabiam disso?

Quem não curte esse tipo de livro pode achar a leitura entediante. São muitas páginas e muitos termos técnicos! Recomendo que você leia um pouco a cada dia para que a leitura não se torne maçante. Se você sempre teve curiosidade sobre como surgiu o Google, você deve ler esse livro!

Resenha publicada no blog Meus Livros e Sonhos:

site: www.meuslivrosesonhos.blogspot.com.br
igorsantos07 30/07/2019minha estante
ué, resenha copiada pode?




Leila 18/06/2014

O Google!
Utilizamos o Google no dia a dia e não nos damos conta da dimensão dessa empresa. A partir da leitura do livro passamos a conhecer melhor o que está por traz de tudo. O Google começou como uma ferramenta de busca, mas hoje em dia, é muito mais do que isso. Tem o Gmail, o Blogger (que utilizamos tanto!) e muitas outras coisas mais.

Esse livro é indicado para quem curte informática e histórias de empresas. Conta como uma pequena empresa se transformou em uma mega empresa.

Edwards fala da sua trajetória nessa transformação, entre sucessos e fracassos, erros e acertos. Conta como o jeito “Google” de ser o surpreendeu muitas vezes e mudou sua forma de trabalhar.

Uma curiosidade: o Orkut foi um fiasco. Só fez sucesso no Brasil, vocês sabiam disso?

Quem não curte esse tipo de livro pode achar a leitura entediante. São muitas páginas e muitos termos técnicos! Recomendo que você leia um pouco a cada dia para que a leitura não se torne maçante. Se você sempre teve curiosidade sobre como surgiu o Google, você deve ler esse livro!

Resenha publicada no blog:

site: www.meuslivrosesonhos.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Gabi 11/11/2013

Que o Google não é uma empresa convencional, todos sabemos. A inovação de seus produtos, a comunicação com seus usuários, a ousadia de seus novos projetos e inúmeros outros fatos comprovam que o Google é um serviço que chegou, em 1999, para mudar o mundo da internet e a forma como temos acesso à informação.

Douglas Edwards ingressou no Google neste ano, abandonando um emprego fixo para arriscar-se em uma startup definida como sendo uma empresa de busca, desconhecida no Vale do Silício, meio incerto se ela teria futuro e se ele não estava perdendo tempo e dinheiro. Ele não só estava enganado, como o Google cresceu em proporções gigantescas em poucos anos, tornando-se uma empresa de impacto global não apenas de busca, mas de serviço, revolucionando a forma como lidamos com a internet. Douglas saiu da empresa em 2005, e em seu livro, “Estou com sorte“, ele nos conta com detalhes o período de cinco anos que passou sendo funcionário do Google, tomando conta do marketing e da marca e dando vida à voz que da empresa para com o público.

Em suas quase 500 páginas, este livro é uma fonte de conhecimento incrível. Mesmo contado pela visão do marketing, temos uma noção geral de como o Google conseguiu crescer e tornar-se o que é hoje. A ferramenta de busca do Google é única e a melhor do mercado, escrita por um de seus fundadores, Larry Page, enquanto ele ainda estava na faculdade. Breve explicação: Enquanto outras ferramentas de busca utilizavam métodos simples e não eficazes para entregar resultados aos usuários, o Google inovou ao construir um algoritmo que classifica determinada página através de indicações, avaliando o quanto esta página em questão era importante. Esse algoritmo era chamado de PageRank.

O único ponto negativo foi o excesso de detalhes e termos técnicos que tornou o livro maçante em muitos momentos. Douglas relata seus anos no Google e quase todos os obstáculos pelos quais a empresa passou durante este tempo. Porém, alguns desses detalhes foram irrelevantes e não precisariam ser tão aprofundados como foram. O autor também avançou e depois voltou muito no tempo, deixando o leitor por vezes perdido na leitura, apesar da escrita ser bastante clara. O livro poderia ter menos páginas e ser igualmente sensacional. Infelizmente isso me deixou um pouco desanimada, ao ponto de quase ter vontade de largar o livro (exceto pelo fato de não conseguir fazer isso, pura e simplesmente, e porque o Google em si possui uma história espetacular).

Apesar disso, a história é válida de ser conhecida. Se você quiser ler este livro – e eu digo que vale a pena, apesar da nota – leia em partes, leia junto com outros livros de ficção ou outros temas, e não tenha pressa: se você se sentir pressionado, vai parecer que a leitura não termina nunca. Se você fizer isso, vai descobrir uma trajetória fantástica e inspiradora que é a do Google, seus visionários fundadores e toda a equipe que colocou as ideias em funcionamento. Leitura recomendada, mas apenas para quem tem paciência, não se irrita com muitos detalhes (às vezes repetitivos), e tem tempo para saborear aos poucos, sem pressa de terminar.

site: Resenha publicada em: http://fluffy.com.br/2013/11/resenha-estou-com-sorte/
comentários(0)comente



Jung Angel 15/10/2013

Resenha Estou com Sorte
O livro é dividido em quatro partes, sendo elas: Parte I: Você é um de nós, com dez capitulos. Parte II: O Google cresce e encontra sua voz, contendo seis capitulos. Parte III: Onde estamos, com nove capitulos. Parte IV: Será que isto é realmente o fim, contendo apenas um capitulo.

O autor, nos traz uma bela trajetória de sua vida como Xoogle. Com uma narrativa simples, bem escrita, que consegue nos prender pela curiosidade de saber um pouco mais dessa imensa impressa que se tornou o Google.

(2012, Pg 463) “Eu tenho sorte de ter visto em primeira mão como tudo isso é verdade."


↻ Para ver a resenha completa acesse, O blog AAHB! Visitem o blog Angel And Her Books! E se possível não esqueçam de comentarem nas resenhas e seguir o blog!

site: angelandherbooks.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Rose 02/06/2013

Bem amigos, este não é o meu tipo de livro, pelo menos não o tipo que eu amo, mas sempre gosto de deixar as portas abertas, então o peguei e acabei mergulhando nestas páginas que contam o início do que hoje é o buscador e salvador de muitos internautas pelo mundo afora.
Se antigamente recorríamos aos dicionários, hoje corremos para a tela do computador e mais precisamente para o Google para encontrarmos não só a forma correta para escrevemos algo, como também como chegarmos em algum lugar, onde, o que é, como se faz e uma infinidade de outras coisas.
A estória é contada por um ex-funcionário da empresa, que trabalhava no Google na época em que ela ainda era um bebê.
Não dá para falar muita coisa dele, é bem um estilo biográfico. Simples e direto, cumpre com seu papel. Não cai de amores, mas não o odiei.
comentários(0)comente



patyalgayer 26/12/2012

Leia no blog: http://www.magicaliteraria.com/resenha-sorteio-estou-com-sorte-de-douglas-edwards/
Você já se perguntou como funciona os bastidores de uma das maiores corporações tecnológicas da atualidade? Gostaria de saber como funciona o Google, como são seus funcionários, o que fazem, como é o ambiente de trabalho? No livro Estou com Sorte, podemos satisfazer um pouco desta curiosidade! Douglas Edwards conta um pouco de seu dia-a-dia como funcionário da Google, nos apresentando a sua visão sobre os métodos da empresa, entremeados com fatos de sua vida, relacionados à época em que trabalhava na corporação.
Não há muito a dizer do conteúdo do livro em si, já que ele é bem biográfico; creio que o principal pode ser lido na sinopse, que capta bem a ideia da obra…. então, vou me ater aos aspectos da narrativa em si, sem focar tanto na história. Douglas Adams consegue explicar bem tudo o que passou trabalhando como diretor de Marketing do consumidor e gerenciamento de marca no Google, de uma maneira bem humorada e fácil de acompanhar. No entanto, os fatos apresentados não são lineares, o que – ao menos pra mim – atrapalhou um pouco a compreensão… além do mais, alguns acontecimentos podiam ter sido suprimidos ou, ao menos, um pouco mais resumidos, já que acaba fazendo com que a leitura se arraste um pouco… tirando isso, Estou com Sorte é um bom livro, e apresenta com primazia o dia-a-dia desta grande empresa, além de levar-nos a conhecer um pouco da personalidade dos criadores da mesma – Larry Page e Sergey Brin – e de suas metodologias diferentes de comandar a corporação.
O livro em si é bem feito, apesar de simples: a capa é bem sugestiva, as folhas são amareladas – em papel pólen – e de boa gramatura, a diagramação é simples, e a tradução e revisão foram bem feitas. Apesar de não ter gostado de alguns aspectos da narrativa, este é um bom livro, que cumpre bem o seu papel. Quem gosta deste estilo literário vai curtir a leitura de Estou com Sorte, assim como os entusiastas da grande empresa de Tecnologia americana… sempre vale a pena conhecer um pouco mais sobre os bastidores do Google!
comentários(0)comente



RUDY 14/12/2012

RESUMO SINÓPTICO:
Douglas consegue relatar a história do Google, que há princípio não tinha grandes ambições e acabou se tornando a grande potência atual; tinha como objetivo descentralizar a informação e dar acesso igualitário a todos através da pesquisa aberta.

Ao tempo que mostra o funcionamento do Google de forma mais técnica, o que a mim proporcionou aprendizado, como se formou o Orkut e o Blogger, o autor mostra o quanto suas experiências profissionais influenciaram na mudança de postura em relação a vida e suas perspectivas de futuro. A meu ver um lado bem interessante de como evoluiu e quebrou paradigmas, acredito mesmo que talvez esse tenha sido o real sentimento de escrever o livro: passar ao leitor um pouco de sua vida e mudanças.

Para ler análise completa, visite os blogs:

BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM: http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/2012/12/resenha-67-estou-com-sorte-douglas.html


BLOG CRL: http://comunidaderesenhasliterarias.blogspot.com.br/2012/12/resenha-estou-com-sorte-douglas-edwards.html
Fran Moura 02/01/2013minha estante
Deixei minha opinião lá no blog... Super curiosa para conhecer a história da marca Google!


Paty 03/01/2013minha estante
Acho que Google é a palavra mais comum hoje em dia, todo mundo conhece e acho que é muito importante saber mais sobre o assunto, conhecer e saber como tudo começou. É um livro que esta na minha lista de desejos. Quero ler e matar a minha curiosidade sobre essa mega empresa. Parabéns, sua resenha instiga a gente a ler.


Fran 04/01/2013minha estante
Já falei no blog, mas não vou deixar de dizer que sua resenha está incrível, mas o livro deixa um pouco a desejar em alguns pontos, mesmo assim parabéns.


NESSA 15/01/2013minha estante
Oi,Rudy adoro suas resenhas com informações completas,análise técnica e crítica do autor e da obra.
Já tinha visto o livro em outros blogs e achei interessante ainda mais ao ler essa resenha, diferente um ex-funcionário Douglas Edwards do Google narrar sua rotina no trabalho,e sua visão real sobre como era ser um Googler.
O Google faz parte dessa revolução tecnológica,muitas vezes já recorremos à sua ajuda.Deve ser interessante essas informações de marketing,seus desafios,dificuldades,concorrentes...




Ednelson 04/12/2012

Análise:


Saudações, leitores! A resenha de hoje será um pouco diferente das que costumo escrever, visto que não se trata de uma obra de ficção, portanto tentarei abandonar um pouco do tom “poético” que às vezes insiro nos comentários e vou me ater aos fatos em si, apesar de não deixar escondido o fato de que estas palavras são frutos de minha perspectiva, logo incentivo que todos leiam a obra, caso possam e assim for prazeroso, pois um debate saudável é construído com base no conhecimento daquilo a que se critica ou defende. Então, podemos prosseguir na resenha? Vamos ver o que achei deste livro.

A proposta do livro é retratar não somente a história do início do Google, que em princípio carregava ambições modestas, comparando ao que ele é hoje em dia, mas expor como era fazer parte deste projeto e os valores bases intelectuais que guiaram os primeiros passos. Realmente, para quem nutre a curiosidade em compreender o mundo atual, afinal as grandes corporações influenciam a maneira como a tecnologia evolui, logo moldam como o conhecimento é encarado coletivamente e como nos relacionamos, seja com o mundo (pessoas e qualquer fator externo) ou nós mesmos. As corporações não são o grande determinante nas relações introspectivas ou interpessoais, mas um dos dados que entram no cálculo.

A principal revolução causada pelo Google foi a maneira como o conhecimento passou a ser “manipulado”, no sentido de ser operado, e desenvolvido. A meta principal era disponibilizar todo o conhecimento do mundo para todos, quanto a isso tenho de dizer que é um mal, mas também é uma cura, pois disponibilizar tamanha ferramenta, quando não acompanhada de um suporte educacional que nos torne indivíduos críticos, só alimenta um conhecimento caótico, mas assim é a própria internet: um mar que se movimenta na velocidade da luz, onde cabe a cada um colher o que julga útil e dispensar o que for acúmulo desnecessário. No sentido benéfico, a contribuição do Google foi descentralizar o poder da informação, afinal temos ao alcance de um click várias fontes de uma mesma notícia e com isso podemos tentar descobrir mais detalhes do que o que a mídia nos expõe, mas sempre é preciso cautela nas pesquisas.

O que achei interessante nas primeiras páginas do livro foi a narração conduzida com um excelente bom humor do autor, sem abandonar a clareza nas informações, porém essa característica se dilui quanto mais avançamos nas páginas e o que antes era contado de forma atrativa, pois detalhes técnicos não é o que se espera de um livro que almeja descrever como era a sensação (emoção) de estar na ascensão do Google, fica um pouco “arrastado” e deixa a leitura, em alguns momentos, um pouco entediante. Acho que o livro se desviou um pouco do que era a sua meta e alonga-se além do essencial em aspectos técnicos.

O que achei mais interessante foi como a experiência do autor como funcionário da Google por alguns anos mudou a sua visão, não somente na esfera profissional, mas mais profundamente ainda nas questões sobre a vida. É realmente estimulante quando temos a oportunidade de vivermos experiências tão maravilhosas que ampliam a nossa consciência e deixam marcas tão cheias de vida que servem de combustível para o que há de melhor em nós. Pareceu-me, ao concluir a leitura, que Douglas Edwards queria, antes de tudo, falar de si, sobre como aquela fase de sua vida o tornou quem ele é hoje em dia, mas até que algumas informações sobre o Google são verdadeiramente interessantes, mas recomendo que os leitores se atenham mais aos trechos de tom pessoal, são eles que deixam a leitura um pouco melhor e, sinceramente, fizeram-me querer conhecer o final. Então, a minha nota para este livro será um selo cabuloso. Até breve e abraços!

Escrevo no: http://leitorcabuloso.com.br/
comentários(0)comente



Peach 28/11/2012

Estou com Sorte
Resenha do Blog Sook > http://the-sook.blogspot.com.br/

O Google definitivamente está presente na sua vida todos os dias. E neste livro, conhecemos um pouco sobre a sua história e como ele virou a potência de hoje em dia. Douglas Edwards foi o diretor de marketing do consumidor e gerenciamento de marca do Google de 1999-2005 e foi responsável por estabelecer o tom e a direção da comunicação da empresa com seus usuários.

Tomamos conhecimento do início da empresa, de um modo visionário, e logo seu contínuo crescimento até a empresa que conhecemos atualmente. Tudo é retratado de uma forma auto-biográfica, narrando seu dia a dia no trabalho e até mesmo o relacionamento com a família, que certas vezes era bem pouco, já que a empresa parecia exigir demais de seus funcionários, uma espécie de "exclusividade". Além dos dias de trabalho, descobrimos como eram os almoços, as reuniões e até mesmo as festas promovidas na empresa.

A diagramação feita pela Novo Conceito é simples. Páginas amareladas e uma fonte agradável, tudo para facilitar a leitura. O livro é narrado de forma divertida, o que o torna atraente, mas se você não é muito chegada em conhecer a história do Google, assim como eu, não vai curtir muito a leitura. Eu presenteei meu primo, que trabalha na área de informática, com esse livro, e ele amou a leitura!


28 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR