A Culpa é das Estrelas

A Culpa é das Estrelas John Green




Resenhas - A Culpa é das Estrelas


3760 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Thayla 16/08/2017

#Resenha: A culpa é das estrelas
Hazel Grace estava prestes a completar dezessete anos, uma data que traria felicidade para muitos jovens, era o começo de uma vida adulta, porém para ela isso apenas significava uma coisa; ela estava viva, mas até quando?
Não sou formada em matemática, mas sei de uma coisa: existe uma quantidade infinita de números entre 0 e 1. Tem o 0,1 e o 0,12 e o 0,112 e uma infinidade de outros. Obviamente, existe um conjunto ainda maior entre o 0 e o 2, ou entre o 0 e o 1 milhão. Alguns infinitos são maiores que outros... Há dias, muitos deles, em que fico zangada com o tamanho do meu conjunto ilimitado. Eu queria mais números do que provavelmente vou ter.


Essa é uma pergunta que todos os seres vivos ao menos uma vez na vida se faz, porém para Hazel era como um mantra, até quando ela estaria viva? A menina foi diagnosticada ainda quando pequena com câncer de tireoide, o que acabou afetando também os seus pulmões, e por essa razão ela sempre tinha que andar com um cilindro verde de oxigênio para todo lugar.


Segundo sua mãe Hazel estava se tornando depressiva por causa do câncer, mas não era verdade, ela estava depressiva porque sabia que iria morrer. Sua mãe é uma mulher incrível, porém ela acaba às vezes vivendo tanto a vida de Hazel, que esquece que ela também é mulher e esposa.

“Só tem uma coisa pior nesse mundo do que bater as botas aos dezesseis anos por causa do câncer; ter um filho que bate as botas por causa de um câncer (pág.15)”

Sua mãe resolve mandar sua filha depressiva para um grupo de apoio que tem na igreja, que é coordenado pelo Patrick. O grupo era muito deprimente, assim como as pessoas que participavam dela, porém naquele dia em que Hazel depois de muito tempo sem ir ao grupo resolve voltar, ela não encontra apenas um grupo de apoio, ela o encontrará.

“— Eu tenho medo de ser esquecido — disse ele de bate - pronto. — Tenho medo disso como um cego tem medo de escuro (pág.18)”

Augustus Waters é o tipo de garoto que não existem adjetivos o suficiente para falar dele, é gato, engraçado e tem um sorriso lindo. Ele tem um sorriso meio irônico e cafajeste, mas é apenas mais um charme dele. Gus como é chamado por seus pais, é melhor amigo do Isaac um garoto que tem um câncer não muito comum, ele teve câncer nos olhos e por essa razão teria que tirar seu único olho, já que quando ainda era pequeno teve que operar um olho. Gus também teve câncer, e assim como seu amigo Isaac ele também teve que se desfazer de uma parte de seu corpo.

{...}

Resenha completa no blog!


site: http://www.maniasdeescritores.com/2017/07/resenha-culpa-e-das-estrelas.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Fabi 15/08/2017

Fraco
Muita gente falava do livro, mas achei a história fraca, apesar da narrativa prender o leitor.
comentários(0)comente



Tamires.Beatriz 08/08/2017

Livro maravilhoso
Livro que mostra a força de viver das pessoas em meio a grandes obstáculos de saúde. Retrata que o amor é uma grande motivação no sentido de viver a vida da melhor maneira possível frente a grandes obstáculos. Passa a mensagem de vivermos intensamente o presente. Os assuntos pesados são tratados de maneira leve, inspirando a todos.
comentários(0)comente



Vitor 07/08/2017

Realmente, eu esperava mais
Quando peguei esse livro, achei que iria chorar, pois muita gente diz que ele é triste e tals. Mas 'infelizmente' isso não aconteceu comigo. A historia é bem feita, e não é muito cansativa, mas o problemas é que o final é muito vago. Claro, é possivel imaginar um final usando a propria imaginação, e embora isso seja legal na maioria das vezes, não funcionou nesse livro.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Rei do norte 31/07/2017

Pra ser sincera, leria até sua lista de compras
Eu nunca gostei muito de livros jovens, sempre os achei meio bestinhas e nada a ver com minha personalidade. Porém dei uma chance ao John Green e acabei gostando muito, pois ele retrata jovens maduros e com problemas "de verdade" além de muito inteligentes. Uma perspectiva muito legal que nos faz refletir sobre a vida
comentários(0)comente



Carlinha 30/07/2017

Uma história com momentos tristes, mas romanticamente maravilhosa. Simplesmente apaixonante.
comentários(0)comente



cris.leal.12 28/07/2017

Emocionante...
"A Culpa É das Estrelas", de John Green, conta a história de Hazel Grace, uma garota de 16 anos com câncer terminal e de Augustus Waters, um menino bonito, simpático e divertido que teve uma de suas pernas amputada por conta de um tumor maligno e que, aparentemente, está controlado.

Os dois começam uma amizade, que mesmo fadada à dor e à separação, se transforma em uma bonita história de amor. Apesar da doença, os adolescentes anseiam por experimentar as melhores coisas da vida. O lema deles é: "viver o melhor das nossas vidas hoje".

O tema é delicado e frágil, mas o autor não se detém no dramalhão. Há passagens imensamente tristes, claro, mas há outras muito engraçadas. Os diálogos são ágeis e inteligentes. Há muita realidade e sensibilidade, o que nos leva a uma imediata identificação e profunda reflexão sobre o valor da vida e a iminência da morte.

John Green transformou a dolorosa jornada de Hazel e Augustus num livro brilhante.

Leitura mais do que recomendada.

site: http://www.newsdacris.com.br/2012/08/eu-li-culpa-e-das-estrelas.html
comentários(0)comente



Thiago 27/07/2017

A culpa é das estrelas
Um amor verdadeiro rodeado por uma filosofia fantástica.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Isa 24/07/2017

A culpa é das estrelas
Embora a maioria das pessoas tenham achado o livro ruim ou afirmem com todas as forças que é um clichê famosinho, eu discordo. Já li o livro MILHARES de vezes e sempre me emociono no final. Para mim, é uma das melhores obras que o John Green já fez, não é atoa que é um bestseller.
Acredito que clichês são chamados assim porque são bons. Não seriam classificados como clichês se não fosse por esse motivo, né?
A culpa é das estrelas é uma reviravolta totalmente inesperada. Um romance maravilhoso que com toda certeza merece ser lido várias e várias vezes. John Green acertou em todos os detalhes nesse livro.
comentários(0)comente



Rodrigo Pessini 24/07/2017

Mensagem importante
Livro que mostra a força de viver das pessoas em meio a grandes obstáculos de saúde. Retrata que o amor é uma grande motivação no sentido de viver a vida da melhor maneira possível frente a grandes obstáculos. Passa a mensagem de vivermos intensamente o presente. Os assuntos pesados são tratados de maneira leve, inspirando a todos. Leitura importante.
comentários(0)comente



Luh 21/07/2017

Surpreendente
Bem, aposto que muitos já conhecem esse livro, pois se tornou um fenômeno mundial ou como outros diriam virou "modinha". Mas mesmo assim vamos à sinopse: Hazel Grace é um adolescente de dezesseis anos que diferente da maioria, luta diariamente contra um câncer. Câncer nos pulmões. E para respirar ela necessita de uma canula ligada à um cilindro de oxigênio que permitem que ela respire e também de um remédio experimental, o Falanxifor. Mas não é disso que o livro trata. Hazel se tornou uma "reclusa", ela tem amigos mas não mantém tanto contato e com isso sua mãe se tornou sua melhor amiga. Sendo assim, sua mãe a obriga a participar de um grupo de apoio pois acha que seria bom se ela saísse mais de casa. E em dia desses em que a Hazel é obrigada a ir ao grupo de apoio, ela acaba dando de cara com um garoto muito atraente e inteligente, Augustus Waters. Ela só não imaginava o que Augustus traria para sua vida. Minha opinião: tanto a Hazel quanto o Augustus são personagens muito inteligentes e simpáticos, a Hazel á sua forma. As conversas deles são muito interessantes e até engraçadas. Eu amei os dois. Já li esse livro uma vez, e recentemente reli. Confesso que na primeira vez que li, não absorvi toda a história e a mensagem que o autor queria passar. Acredito que pela minha idade, mas dessa vez esse livro me ensinou muita coisa. Não se trata apenas do romance, tem a maneira como a Hazel se sente com a doença, com o que ela tem de lidar. O modo como tudo afeta a família dela e em como isso a machuca ainda mais que a própria doença. Nos mostra que as pessoas que tem câncer, não só elas, mas qualquer um que tem de lutar contra alguma doença, elas muitas vezes não lutam por bravura, por serem fortes, guerreiras, mas sim por não terem outra opção. Por não quererem que as pessoas que elas amam sofra. É uma história linda, gostei ainda mais desse livro. E recomendo muito, acho que não só os adolescentes mas todos deveriam dar uma chance. Não prometo que você vá gostar, isso vai de cada um, mas peço que não leia esse livro por ser "modinha", se o seu amigo leu e você se vê obrigado a ler. Não. Leia por você mesmo. Enfim, se você tinha dúvidas quanto ao livro, te recomendo a ler.
comentários(0)comente



Vanda 21/07/2017

Se fala d estrelas, só pode ser BOM!
Esse livro me fez passar mó micão. Chorando que nem louca dentro do ônibus no caminho pra casa, enquanto as pessoas me olhavam preocupadas, bem louco. Mas valeu a pena. Leitura mais do que maravilhosa!
comentários(0)comente



3760 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |