Anna Karenina

Anna Karenina Leon Tolstói




Resenhas - Anna Karenina


55 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Ana 17/05/2020

Eu nunca vou ler algo tão bom, eu sei que não vou
Há uma razão pela qual Anna Karênina é considerado um dos maiores romances da história. Tolstói é... assombroso. Não foi minha primeira experiência com o autor, mas foi a mais rica e impactante, sem sombra de dúvidas. Com sua escrita até simples, ele trata de tantos temas que sua obra nos traz uma experiência completa e instigante. Seus personagens são tão complexos em suas atitudes e seus pensamentos que, pelo menos comigo, foi possível amá-los e odiá-los diversas vezes durante toda a leitura. Que livro enriquecedor, extraordinário, maravilhoso! Uma incrível aula de história, além de todas as discussões sobre política, economia, filosofia, amor. É lindo, é poderoso. Eu nunca vou esquecer esse livro o quanto ele me engrandeceu como leitora. Bons livros são aqueles que transformam nossa vida, e esse aqui com certeza faz isso.

site: https://www.instagram.com/_literariana/
comentários(0)comente



fermata.literaria 28/01/2021

Obra Prima!!
Gente esse livro é sensacional. Estava morrendo de medo achando que seria super difícil, mas Tolstói é um amorzinho e palpável. Não é nenhum bicho de 7 cabeças. Enquanto você está lendo, parece que você está assistindo uma novela da Globo cheio de dramas familiares.
comentários(0)comente



Sara 29/09/2021

Demorei uns 20 dias para terminar esse calhamaço, mas gostaria de ter demorado mais, para poder aproveitar com mais carinho essa história perfeita. É o tipo de livro que espero esquecer logo para poder ter o prazer da releitura. A capacidade do Tolstói de descrever detalhes minuciosos foge do normal, a densidade dada a cada personagem é perfeita e o ritmo da trama me pegou de jeito. Vou sentir até saudade de ter como companhia os dramas filosóficos de Levine e os ataques de ciúmes da Ana
comentários(0)comente



spoiler visualizar
ju azevedo 30/05/2021minha estante
HAHHAHAHA que resenha maravilhosa!!!


Carolina.Gomes 30/05/2021minha estante
Nossa! Eu amo esse livro! Um dos favoritos da vida.


kiki.marino.1 31/05/2021minha estante
Brilhante resenha




Jane.FAlix 17/04/2021

Anna Karienina
Foram 20 dias em companhia de Anna, Vronski, Lievin e Kitty. 20 dias em uma viagem à Rússia em uma época difícil para as mulheres. Onde tive o prazer a alegria e a tristeza de viver nesse universo incrível criado por Tolstoi. Foi lindo, foi dolorido, mas profundamente sincero. Eu ameiiii e indico.
comentários(0)comente



Gabi 27/09/2021

Não tão bom assim.
Tolstói é, indubitavelmente, meu russo favorito- talvez esse seja o motivo pelo qual eu tenha depositado tantas expectativas no livro.

Não nego, a obra é bem escrita e tem uma narrativa interessante, entretanto, ainda assim, faltou algo. Mais uma vez, talvez eu a esteja comparando com Guerra e Paz.

Simplesmente não sei o que pensar sobre Anna; ao longo da narrativa, a comparei muito com Clarissa Dalloway, numa versão rebelde e ousada- não que Clarissa não fosse, apenas não presenciamos a deflagração de sua revolta. Alexsiei era nada mais nada menos do que um homem normal e mediano, o exato para as convenções sociais exigidas entre a aristocracia russa e, para mim, muito menos do que Anna merecia. Ela tem todo o direito de querer se ver livre de uma pessoa da qual ela não tem o apresso devido, mas sabemos que, especialmente na época, isso simbolizaria o declínio da mulher, o que foi exatamente o que aconteceu com Anna. Uma pena, tinha muito potencial, mas não sei, sinto que Tolstói a reduziu um pouco como a amante perversa; nesse aspecto, gostaria que o livro tivesse sido escrito por uma mulher.

Sobre Lievin, o segundo núcleo mais importante, sinceramente, achei chato. Sem exageros e palavras requintadas, achei chato. No final temos sua resignação mediante à mediocridade de sua vida. Sinceramente, achei que sua história poderia ser mais desenvolvida.

E, por fim, senti falta de mais debates sociais e pessoais, que tanto gosto nas obras do Tolstói!
comentários(0)comente



Bruno 20/10/2020

Leitura indispensável
Não havia planejado a leitura, mas acabei não resistindo aos primeiros capítulos. Apesar do número de páginas, a leitura fluida se torna também rápida e nada cansativa.
Havia recebido um spoiler do livro (um baita spoiler de um dos personagens principais), mas não deixei de me emocionar quando cheguei nessa parte.
Personagens super bem construídos que a gente ama num momento, odeia no outro, com camadas.
Apesar de ter achado a última parte um tanto cansativa e ter sentido falta de mais detalhes sobre o que aconteceu na parte sete, a obra, no geral, é indispensável.
comentários(0)comente



mariml 16/09/2020

Considerado até hoje como "o maior romance já escrito" pela revista Time (2007), Anna Kariênina é um excelente romance que abordará questões sobre a natureza humana, a alta sociedade russa e o matrimônio, com todas as suas nuances.
Originalmente quotado para se chamar "Dois Casamentos" pelo seu autor, a história pode fazer um paralelo entre os dois relacionamentos que envolvem Anna: com Alexei Alexandrovich, esposo perante a lei, e o Conte Vrónsky, amante. Além disso, há a comparação explícita entre os tipos de amor: o de Anna e Vrónsky, carnal; e o de Liévin e Kitty, totalmente idealizado.
Há, ainda, o contexto da religião que se perpetua por toda a obra, criando não só questionamentos no âmbito do matrimônio como também da própria existência humana, como pode ser observado por meio dos personagens Anna e Liévin (ao qual este último, seria uma clara representação do próprio Tolstói na obra, enquanto Anna, seria totalmente o oposto de seus pensamentos e crenças).
Mesmo sendo uma obra muito extensa, o que pode assustar e até afastar alguns leitores, Anna Kariênina é um romance incrível, muito bem escrito, e que não irá o decepcionar. Sua leitura é rápida e desenvolta, e as comparações entre as personagens, situações e matrimônios, embora inicialmente não tão óbvias, são interessantíssimas.
comentários(0)comente



Marcia 16/02/2020

Nada é novo
Ótimo retrato da sociedade russa pré Guerra Mundial. Interessante como as reflexões tão atuais.
comentários(0)comente



Gercina.Alves 31/12/2020

Obra arrebatadora
Me parece que Tolstói me levou a um novo patamar com esse romance. É até um pouco difícil de explicar.

Apesar de ser Anna quem intitula o livro, foi Liovin que me ganhou de início ao fim. Me vi tantas vezes em suas inquietações e descobertas. Considero-o como amigo diante de tudo.

Enfim, o banquete de emoções que é posto nessa obra é extremamente diverso e rico.

Pra marcar toda uma vida.

Que privilégio ler isso.
comentários(0)comente



Eliza.Beth 28/09/2020

Um clássico!
Não tem como passar por essa vida e não ler esse clássico da literatura.
Gostei muito desse livro, com personagens complexos, complicados, cada um com sua angústia.
#TeamLióvin
Um temática política tbm bastante presente, que apesar de não ter entendido tudo e as vezes ter achado um pouco cansativo de ler, não tira o brilho de todas as outras partes do livro.
Acredito que a resenha perfeita desse livro foi o próprio Tolstói que nos deu na primeira frase do livro: Todas as famílias felizes se parecem umas com as outras; cada família infeliz está infeliz à sua maneira.
comentários(0)comente



rafinha 01/06/2021

Um livro transformador, sempre ouvimos falar como Tolstoi é o maior autor russo e depois de ler anna karenina posso confirmar que poucas vezes li uma literatura mais rica e instigante!! FANTÁSTICO
comentários(0)comente



Jeni 05/05/2021

"sim, um dos melhores clássicos já existentes."
Li e reli Anna Karenina há algum tempo. Quando realmente gosto de um livro, leio, volto, releio sem pudores ou preguiça. Os temas: ciúme, fé, fidelidade, família, casamento, sociedade, progresso, desejo carnal, o campo, a cidade, e a paixão são evocados nesse livro e Tolstói carrega nas tintas do espiritualismo.

Anna Karenina é um romance psicológico no qual o uso do "monólogo interior" de todos os personagens é constante. Cada personagem principal, através do auto-discurso, expõe sua vida interior recapitulando suas motivações, suas experiências anteriores, seus planos para o futuro. O monólogo interior dá definição verbal para os processos semi-articuladas de consciência dos personagens nesse romance.

Enfim, em Anna Karenina, encontramos um Tolstoi extremamente crítico aos padrões sociais da época e que nos coloca diante de personagens que estão dispostos a viver, amar e buscar o amor e suas verdades pessoais.

Um clássico é uma história que atravessa o tempo. E mesmo com sua linguagem datada, os dramas e as escolhas pessoais de seus personagens nos fazem refletir acerca do que existe de mais complexo e mais envolvente ? as relações humanas dentro do mundo que criamos ou somos obrigados a viver.

Anna Karenina é um clássico universal, uma obra que deve ser lida. E merece um lugar na sua estante e entrar para a lista de seus melhores livros. Obs: em a insustentável leveza do ser, este é o livro favorito de Tereza.
comentários(0)comente



ulla 07/07/2021

anna
não tenho nem roupa pra resenhar esse livro, então vou dividir um pouco do meu sentimento mesmo.

fazia muito tempo que tinha vontade de ler anna karênina mas sempre deixava para depois porque não me sentia preparada para ler uma obra tão consagrada. até que inspirada por uma leitora que conheci dentro do projeto da @winnieteca, tomei coragem e me joguei.

que experiência! que romance maravilhoso com personagens complexos e todos incrivelmente humanos.

ao contrário do que sugere o título, anna não é exatamente uma protagonista, e ao longo do romance ? dividido em oito partes, compartilha a narrativa com cada um deles.
para mim, um dos pontos altos é a sensibilidade com que tostói consegue nos apresentar às personagens femininas.

não tenham medo de ler anna karênina, entrou para minha relação dos livros favoritos.
comentários(0)comente



Luna 20/07/2021

O melhor romance de todos os tempos SIM!
Por mais que tenha demorado pouco mais de um ano para terminar o livro, todas as vezes que retornava conseguia rapidamente me lembrar das estórias e me embalava como nunca na leitura. Cada núcleo da história tem suas particularidades e o autor não cansa de te surpreender com seus plots. Por conta da extensão e detalhamento do livro, os personagens começam a fazer parte do seu dia a dia, como se cada vez que lesse um capítulo equivalesse a assistir o episódio de sua série preferida. Para os amantes de romances, não tem como recomendar mais! É preciso dedicação por ser um livro de mais de 800 páginas, mas valeu a pena cada segundo e cada página!
Elly. 20/07/2021minha estante
Me arrependo de ter lido essa resenha, porque de tão perfeita, acabou me dando mais vontade de lê-lo.
Esperando ansiosamente aparecer com o preço mais baixo em alguma loja, para que assim eu possa comprá-lo ????




55 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR