O código da inteligência

O código da inteligência Augusto Cury




Resenhas - O Código da Inteligência


102 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Kadja 26/08/2019

O código da inteligência nos faz refletir sobre como estamos agindo diante das diversas situações em que a vida nos coloca. Nos ensin a agir melhor como país, professores, gestores e líderes
comentários(0)comente



Oswaldo 26/06/2019

Primeiro código: eu como gestor do meu intelecto.
1. Ter consciência da existência do Eu, que representa a capacidade de escolha, a autodeterminação e a consciência crítica.
2. Treinar o Eu para administrar pensamentos, ideias, imagens mentais e fantasias.
3. Ter plena consciência de que não apenas a qualidade dos pensamentos pode comprometer a saúde psíquica, mas também a quantidade de pensamentos também é importante. Uma hiperconstrução de pensamentos, como preocupações, sofrimento por antecipação e remunição de experiências passadas pode gerar a síndrome do pensamento acelerado (SPA).
4. A SPA pode comprometer a interiorização, concentração, observação, dedução, indução, bloqueando funções vitais da inteligência.
5. Dar um choque de gestão da psique usando a arte da dúvida para questionar tudo que nós controla.
6. Dar um choque de gestão para desacelerar os pensamentos, aliviar SPA e estimular o Eu na interiorização.
7. Fazer uma mesa redonda com os medos, angústias, fantasias, inseguranças, questionando duas causas e consequências.
8. Filtrar os estímulos estressantes.

Segundo código: autocrítica
O código da autocrítica é o código de quem se autoavalia, pondera seus atos, julga seus comportamentos, ajusta-se, autocorrige-se, reflete sobre suas reações, conjetura consigo mesmo.

Terceiro código: resiliência e psicoadaptação
Resiliência é a capacidade de superar tensões, pressões, intepéries e adversidades. Manter sua integridade.
A psicoadaptação é a capacidade de resistir a dores, transcender obstáculos, administrar conflitos, contornar entraves, adaptar-se às mudanças psicossociais.

Quarto código: altruísmo
É o segredo da afetividade social, da capacidade de se doar, de cuidar e proteger quem nos cerca. Expressa a grandeza da alma, generosidade, bondade, compaixão, indulgência e desprendimento.

Quinto código: debate de ideias
É o alicerce de formação dos pensadores. Habilita em trabalhar em equipe, interagir, trocar experiência, romper o cerco da insegurança.

Sexto código: carisma
É a capacidade de encantar, envolver, surpreender, admirar os outros e a si mesmo.
O código do altruísmo é o segredo da paixão pela humanidade. Já o carisma é o segredocda paixão pela vida.

Sétimo código: intuição criativa
Liberta o imaginário, expande a inventabilidade, produz novos conhecimentos e refina o olhar multifocal ao processos físicos.

Oitavo código: gerir as emoções
Administrar as emoções, sentimentos, inseguranças, temores, medos, angústias, tristeza, ciúme, agonia e aflição.

Nono código: prazer de viver
Motor da motivação, ânimo e força de seguir em frente.

Não basta ser inteligente ou genial se um determinado código for ignorado. Caso contrário, é como se estivéssemos diante de um diamante bruto sem ser lapidado.
comentários(0)comente



Wynara Lorrainy 07/05/2019

Aquele livro guardado
O código da inteligência é um livro que tenho há anos mas nunca tive interesse de ler. Limpando algumas gavetas, acabei lhe encontrando cheio de poeira e decidir dar uma chance. Que surpresa agradável! Com ele saí totalmente da minha zona de conforto, foi um livro bem diferente do que eu estava acostumada. Não arrependo de ter deixado outra leitura de lado para dar atenção a esse. Foi ótimo aprender um pouco de como nossa mente tem tendência a funcionar, os códigos não são os mais fáceis de ser praticados, entretanto com certeza é algo que vale a pena aprender e reproduzir. Enfim, adorei ter esse momento com o livro e recomendo.
comentários(0)comente



Adriano Schiessl 14/03/2019

Ele é bom...
Se você pretende entender a lógica da sua transformação, que é possível, este é o livro. Estilo simples e prático de explicar a inteligência humana.
Bastante útil para os tempos atuais. Aplicar os códigos da inteligência é uma necessidade para proteger e desenvolver esse precioso presente que é a mente humana.
comentários(0)comente



Flavio.Gabriel 31/12/2018

Chega de Augusto Cury
Já li uns 8 livros desse autor sempre me auto motivando pelo fato de ter achado o primeiro livro que li dele, o Vendedor de Sonhos, genial.

A verdade é que ele sempre escreve sobre a mesma coisa, sempre com os exemplos de pacientes que estavam desgraçados da vida e magicamente superaram todos os traumas com auto diálogos de prateleira. Sempre falando das palestras que ele deu em trocentos lugares do mundo, mas toda a teoria dele (que é bem pensada até) não passa do processo de armazenamento e ressignificação das memórias. O problema é qye tudo é temperado com um bom bocado de auto ajuda que vai de encontro com interesses empresariais em formar escravos motivados que "dão um novo significado a qualidade de vida", só a atingindo após perder tudo o que a vida sem sentido que levavam os fez perder. Aliás, o vendedor de sonhos na verdade segue esse script. Ele seria muito bom se fosse cientista mas escolheu ser charlatão. Não por mentir na teoria, mas por escrever 30 livros falando a mesma coisa.

Enfim, todo mundo precisa de uma auto ajuda de vez em quando. Dessa, levo uma frase que é mais ou menos a seguinte: tem gente que leva a vida brincando a vida toda e quando percebe que essa p#¥£$ é pra valer, começa a correr atrás tarde demais, que a vida é coisa pra gente séria.
comentários(0)comente



Eller.JAnior 29/11/2018

18.O código da inteligência. (2008)
Segundo Augusto Cury não há pessoas destituídas de inteligência, mas pessoas que não aprenderem a decifrar o código da inteligência, achei o livro bom mas um pouco repetitivo, talvez seja recurso do autor para fixar ideias pouco usuais, em todo caso uma boa leitura para quem acha que ser o número um é tudo que importa.
comentários(0)comente



Kekeu 20/08/2018

Primeiro passo
Acho válido ler algo que o ajude a melhorar algumas coisas dos quais no dia a dia frenético nem notamos. São livros de autoajuda? Bom, que seja assim então. Para alguns a leitura pode ser o primeiro passo para procurar uma ajuda especializada.
comentários(0)comente



Amanda Thais 14/05/2018

Mofo
Estava eu mexendo nas minhas bagunças (cadernos e livros didáticos antigos), encontrei esse livro que eu li na época do ensino médio (2009), que inclusive comprei numa das revistas da Avon (hahahaha), aí eu pensei ‘’ vou marca-lo como lido’’, já que não vou relê-lo. Lembro que na época achei uma bosta.
Flavio.Gabriel 31/12/2018minha estante
Li hoje e decidi por fim nunca mais ler nada do Augusto Cury. Já li uns 8 livros do cara motivado pelo primeiro, que de fato achei genial. Percebi que ele escreve a mesma coisa em todos os livros.




Tay 14/01/2018

Inteligência
Inicialmente sentir um pouco de dificuldade com a leitura, conheço outros livros do autor. mas esse em especial me deixou em dúvida, ele abordar muito bem, o pensamento humano, a inteligência e a capacidade que o ser humano tem.. Como sempre Augusto deixa claro sobre o conhecimento humano, e as dificuldades do ser humano.
comentários(0)comente



Cristiano.Santos 31/07/2017

Manual para "pilotar" o pensamento
Um livro que propõe uma viagem com "guia turístico" no interior de nossos pensamentos. Todos temos algum interesse no tema, mesmo que seja apenas curiosidade de saber o que se passa na cabeça dos outros. Uns mais, outros menos, todos nós temos essa curiosidade.
O que o Augusto Cury faz questão de frisar é a importância da humildade para lidar com os fenômenos da mente. A tentação que não raro nos assalta é desprezar esses assuntos ou diminuir sua importância. Priorizamos o exterior: aparência, imagem, status ou reputação; gastamos demasiada energia com supérfluos.
Sei que muitos não gostam de livros como esse, carimbando-os de livros de "auto-ajuda". Seriam livros que iludem com frases otimistas demais ou soluções fáceis demais.
Neste caso o autor não ilude. Deixa claro que não há solução mágica, mas um longo aprendizado ao longo de meses ou anos.
Vejo enfim a obra como um manual para "pilotar" o pensamento.
comentários(0)comente



José Guilherme Skobar 24/06/2017

Conteúdo enriquecedor, porém repetitivo
O livro trás uma grande acessibilidade acerca do universo da psique. Transversalisando temas como educação na infância, possíveis traumas e de como as situações práticas da vida podem nos afetar e se agravar ao longo da vida se não nos atentarmos a cuidar dessa área tão importante na vida humana, que tem sido deixado de lado pela sociedade moderna, em que tudo é competitivo, apressado e efêmero.

Augusto Cury nos revela mecanismos (chamados de códigos) que podem nos ajudar de maneira muito significativa, à assumirmos o controle das nossas vidas.

*Lado negativo: A sensação é de que o autor se esforçou bastante pra tornar sua mensagem acessível e ser entendido, prolongando páginas, querendo "desenhar" tudo... a leitura fica repetitiva, maçante e bem cansativa. O conteúdo poderia ter sido preservado, sem fazer tantos rodeios.
Também tenho a sensação de que ele força pra criar frases de efeito - daquelas tipo de legenda de facebook sabe rsrs
Claudio 06/08/2017minha estante
Parabéns pela resenha. Já li outros livros de Augusto Cury e tive a mesma sensação: leitura repetitiva, maçante e bem cansativa cheio de frases de efeito. Mas talvez seja, como você bem colocou, para tornar acessível o conhecimento a todas as pessoas.




Alcimar.Soares 07/11/2016

Como nossa mente funciona
O Livro é muito interessante pelo simples fato de nos apresentar preceitos que faz nossa mente funcionar, ao sabermos como nossa mente reage às mais variadas situações, deveríamos então pararmos, e, vermos o que realmente estamos fazendo! Recomendo!
Ronaldo.Refundini 06/08/2017minha estante
Olá, gostaria de divulgar meu segundo livro " Auschwitz como parâmetro de Amor", trata-se de uma análise ontológica que expõe as mazelas humanas que impedem as pessoas de viverem na sua plenitude. Numa reflexão profunda a respeito do sentido do ser além das aparências, o livro indaga a possibilidade do amor incondicional, trazendo também a ideia de que todas as pessoas são semelhantes sob a perspectiva de uma análise ontológica, a assimetria do verdadeiro e falso, a eternidade pela razão, perdão, etc. É uma obra fascinante! Será lançado na Bienal do RJ, mas já disponibilizo a pronta entrega, encomendas pelo whatsapp 44 99721 0404




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Jóckisan 02/10/2016

Te faz pensar sobre sua vida
O Código da Inteligência é um livro muito bom, que te faz pensar na sua vida do presente e do passado. Faz você rever os seus pensamentos, preceitos e comportamentos. Ele abre a sua mente para a realidade.

Leiam a minha resenha completa no link abaixo:

site: http://mundo-geek1.blogspot.com/2016/09/resenha-o-codigo-da-inteligencia.html
comentários(0)comente



Milena.Lima 01/09/2016

Não gostei muito.
comentários(0)comente



102 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7