Dragão Vermelho

Dragão Vermelho Thomas Harris




Resenhas - Dragão Vermelho


57 encontrados | exibindo 46 a 57
1 | 2 | 3 | 4


FELIPESONY 23/12/2017

Excelente!
Esse livro ultrapassou minhas expectativas, adorei as nuances do livro, a forma como o autor entrega os personagens principais para nós... Amei..
comentários(0)comente



Thalita Branco 01/09/2015

Resenha ~ Dragão Vermelho - Thomas Harris
Os livros sobre o Dr. Hannibal Lecter são muitos bons. A tempos li todos os livros que retratam a vida do canibal, sendo eles o Dragão Vermelho, O Silêncio dos Inocentes, Hannibal e Hannibal A Origem do Mal (esse último confesso, não é tão bom assim…). Agora por conta do final da série de TV, resolvi reler o Dragão Vermelho.

Acompanhamos Will Graham e Jack Crawford em busca do assassino de famílias inteiras conhecido como Fada do Dente. Aliais, não entendi por que raios traduziram, pelo menos nessa minha edição, o original The Tooth Fairy para Gay-dentuço. Enfim… Com a “ajuda” de Hannibal Lecter, Will pretende capturar o psicopata antes da próxima lua cheia, ocasião em que o assassino costuma atacar.

As melhores passagens ficam por conta da vida de Francis Dolarhyde, o tal Fada do Dente. Não é difícil sentir simpatia e pena pelo Francis criança. Nascido com lábios leporinos em uma época de poucos recursos, abandonado pela mãe, criado pela avó senil, humilhado pelos meio-irmãos, também não é difícil compreender os motivos que levaram o Francis adulto se transformar em um monstro.

Apesar da infância conturbada e de alguns episódios sinistros, Francis se torna um adulto relativamente pacifico. Até que sua vida muda quando vê na capa de uma revista a aquarela de O Grande Dragão Vermelho e a Mulher Vestida de Sol. Completamente fascinado pela imagem, decide se tornar O Dragão. Aumenta sua dose de exercícios, tatua o dragão nas costas e passa a matar.

Seu relacionamento com Reba é no minimo interessante. Sendo cega, ela logo se sente atraída por Dolarhyde por este não demostrar simpatia com sua deficiência. Enquanto que ele se sente encantado, mesmo que um tanto quanto perturbado, em admirar uma mulher tão de perto, já que por conta de sua aparência Francis sempre foi um homem reservado e extremamente solitário. E o leitor não sabe se acha o romance bonitinho ou se pensa O QUE RAIOS ESSE HOMEM VAI FAZER COM ESSA MULHER???

O ritmo da história é acelerado, e por mostrar tanto os pontos de vista do FBI quando do Dolarhyde, é impossível não ficar mega curiosa pelo final. É angustiante saber quem é o assassino e ao mesmo tempo notar como o FBI está longe de captura-lo. As terminologias técnicas relacionadas aos procedimentos da policia são um pouco chatinhas, mas nada que atrapalhe a fluidez da leitura.

site: www.entrelinhasfantasticas.com.br
comentários(0)comente



Karina 24/07/2015

Esse Thomas Harris é bom!!
comentários(0)comente



Aline Bitencourt 16/01/2016

Um pouco decepcionada
Demorou bastante pra me conquistar. Os melhores capítulos são os que falam sobre Francis Dolarhyde e não são muitos. Talvez seja essa tradução que não esteja boa... percebi vários erros de revisão e algumas frases simplesmente não faziam sentido. Pela primeira vez achei o filme melhor que o livro. Já li Hannibal e O silêncio dos inocentes há muito tempo em outras edições e lembro de ter gostado bastante. Comprei o box dessa editora e espero que as traduções dos outros volumes estejam melhores.
Niii 27/02/2017minha estante
undefined




Lista de Livros 12/10/2014

Lista de Livros - Dragão Vermelho - Thomas Harris
O medo surge com a imaginação, é uma penalização, é o preço da imaginação.
*
Os cegos ouvem melhor do que as outras pessoas. Era uma convicção muito divulgada. Talvez ela devesse ter explicado que isso não era verdade, que os cegos simplesmente prestam mais atenção àquilo que ouvem.
*
O (serial killer) Dragão Vermelho é uma recordação de uma noite.
*
Mais em:


site: http://www.listadelivros-doney.blogspot.com.br/2014/10/dragao-vermelho-thomas-harris.html
comentários(0)comente



AmadosLivros 29/12/2016

Resenha do blog Amados Livros
Você já deve ter ouvido falar em "Hannibal, o Canibal". Se ainda não, hoje vai conhecer quem é. Dragão Vermelho é o primeiro livro da trilogia Hannibal (o segundo, O Silêncio dos Inocentes, e o terceiro, Hannibal), escrito por Thomas Harris. Foi adaptado para os cinemas, primeiro em 1986 sob o título de Manhunter, e depois em 2002, que foi o mais conhecido, por ter a atuação de Anthony Hopkins novamente no papel do canibal Dr. Hannibal Lecter (ele já havia o interpretado em O Silêncio dos Inocentes - 1991 e em Hannibal - 2001).

No livro, Will Graham trabalhou como agente do FBI, conseguindo capturar dois serial killers. O último deles foi o psiquiatra Dr. Hannibal Lecter, que o ajudou a capturar o primeiro, até que Will percebeu que Hannibal era também um serial killer, do tipo canibal - preparava iguarias finíssimas com partes de suas vítimas. Descobrir isso e levá-lo a condenação quase custou sua vida, pois quase se tornou mais uma vítima de Hannibal, o que o fez tomar a decisão de se aposentar e se mudar para a Flórida com a família. Seus dias de tranquilidade a beira mar são interrompidos quando um antigo chefe, Jack Crawford, lhe pede para investigar uma série de novos assassinatos misteriosos. Aparentemente, o assassino escolhe famílias aleatórias e as mata durante os períodos de lua cheia. As primeiras vítimas são os Jacobi, do Alabama; depois os Leeds, na Georgia. Então, o FBI teria mais umas 3 semanas para encontrá-lo, antes da próxima lua cheia.

(Continue lendo no blog)

site: http://amadoslivros.blogspot.com.br/2015/10/livrofilme-dragao-vermelho.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Raphael 01/05/2017

Que livro foda. As rápidas descrições das cenas de ação e das investigações do laboratório nos fazem sentir em uma verdadeira caça ao assassino.
A crueldade de certas mortes me deixaram chocado, porem não esperava menos. Ansioso para ler os próximos.
comentários(0)comente



Dany 25/02/2012

Dragão Vermelho
Dragão Vermelho é a história de um agente do FBI, especializado em serial killers. Ele entra em colapso após a caçada a um psicopata extremamente perigoso. Mas seus serviços são novamente requisitados quando um serial killer começa a matar famílias inteiras, quebrando espelhos da casa e colocando os cacos diretamente nos olhos das vitímas. E para resolver esse caso, ele conta, a contra gosto, com a ajuda de um de seus maiores inimigos, o psiquiatra sociopata, o doutor Hannibal Lecter.Muito bom!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Luza 29/09/2015

Foi uma releitura
Eu li este livro há muitos anos atrás.
Sou fã do Hannibal, vi todos os filmes, a série, li todos os livros e foi justamente por causa da série intitulada Hannibal que eu reli este livro. Foi necessário porque muitos detalhes eu já havia perdido na memória.
Na minha opinião os filmes do Dr. Lecter foram muito bem adaptados para o cinema: como eles têm uma grande riqueza de detalhes ver a cena num filme esclarece, amplia, fica mais fácil do que ler no livro. Isso não tira o poder da leitura de forma nenhuma. Sou fã incondicional da leitura até porque a leitura é uma mundo do leitor, é um mundo próprio.
Gostei da releitura.
Gostei da série de tv, achei que foi muito bem construída, vale muito a pena assistir. Vale mesmo... mas vale a pena para quem conhece e gosta do Hannibal, dessa trama psicópatica dele, desse submundo esquisito do Hannibal, próprio dele.
Eu acredito que quem não conhece o Hannibal não vá gostar da série. Ademais, a fotografia da série é espetacular. Fora de série mesmo.
Enfim... sou suspeita. Só elogios. Sou fã.
Ahhhh aqui na resenha era para falar do livro né???
Então... o Dragão Vermelho é, na realidade, um livro que vem antes da trama descrita no filme e no livro intitulado "Silêncio dos Inocentes" (que é o mais famoso).
O Dr. Lecter e o agente do FBI já tem uma relação (que inclusive é explorada na série de TV intitulada Hannibal) mas que em nenhum outro livro é contada essa relação, existem apenas alguns relatos soltos.
Neste livro o Dr. Lecter está preso e o agente do FBI Will Graham pede sua ajuda para capturar um assassino intitulado "Red Dragon" (Dragão vermelho) que é uma espécie de psicopata e como disso o Dr. entende, então, ele pode ajudar o FBI a capturar a figura... o resto só lendo senão eu conto o livro!
Vale a leitura porque tem toda a psique do Dr. Lecter, do assassino Dragão Vermelho e do próprio agente Will no livro, tem todo um enredo psicólogico de porquê as coisas acontecem da forma como acontecem.
O terror psicólogico, o medo e o suspense, a imprevisão do Hannibal, a relação que ele tem com o agente Will, os jogos de palavras são muito bem feitos, são saborosos de serem lidos.
Vale a leitura.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



57 encontrados | exibindo 46 a 57
1 | 2 | 3 | 4