Losing It

Losing It Cora Carmack




Resenhas - Losing It


65 encontrados | exibindo 61 a 65
1 | 2 | 3 | 4 | 5


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Lilian 22/01/2013

LOSING IT - http://umlivroderomance.blogspot.com.br/2013/01/losing-it-cora-carmack.html
Preciso dizer que me apaixonei por esse livro. Eu esperei tanto para lê-lo (estava louca atrás dele, está na última moda no estilo new adults) que quando consegui, me joguei nele. Li em três horas e alguns minutos, para você ver a empolgação. Bliss é uma personagem marcante, engraçada e bem resolvida (apesar de virgem... mas dê um desconto a ela, ela simplesmente ainda não tinha encontrado alguém que a fizesse se sentir à vontade o suficiente para se entregar. Melhor que se entregar a qualquer um e depois se arrepender, não é mesmo?). O professor Garrick (o do sotaque britânico) é decidido, entusiasmado e sim, extremamente sensual. Várias cenas de tirar o fôlego compõem essa história, e vários personagens intrigantes aparecem por lá. Você vai rir, se emocionar e se deliciar com esse delicioso livro que Cora Carmack soube escrever tão bem. Muito bem recomendado!
comentários(0)comente



Elisângela 07/12/2012

LOSING IT
Losing It é o new adult mais badalado do momento depois de Easy, segundo o GoodReads (já repararam que estou um pouco viciada no gênero?). O livro gira em torno de Bliss Edwards e sua virgindade. É, sua virgindade, você não leu errado. Prestes a se graduar na faculdade e o maior drama de sua vida é ainda ser virgem — e não saber o que fazer após a faculdade, claro. Louca por ainda ser virgem, ela decide que a melhor maneira de lidar com ela é perdendo-a rápido e de forma simples… com um caso de uma noite.

Um sotaque. ELE TEM UM SOTAQUE INGLÊS. Meu Deus, estou morrendo.
E tudo vai bem até que ela enlouquece e não consegue chegar aos finalmente com um cara lindo que conheceu no bar, deixando-o sozinho e nu em sua cama com uma desculpa esfarrapada e saindo meio nua direto para a rua. Se isso já não fosse embaraçoso o suficiente, quando chega para sua primeira aula no último semestre de sua faculdade, ela reconhece seu novo professor. Ela o deixou nu em sua cama há poucas horas atrás.

FONTE DA RESENHA: LIVROS E CITAÇÕES
comentários(0)comente



Gabi 28/11/2012

www.livrosecitacoes.com
Losing It é o new adult mais badalado do momento depois de Easy, segundo o GoodReads (já repararam que estou um pouco viciada no gênero?). O livro gira em torno de Bliss Edwards e sua virgindade. É, sua virgindade, você não leu errado. Prestes a se graduar na faculdade e o maior drama de sua vida é ainda ser virgem — e não saber o que fazer após a faculdade, claro. Louca por ainda ser virgem, ela decide que a melhor maneira de lidar com ela é perdendo-a rápido e de forma simples… com um caso de uma noite.

"Um sotaque. ELE TEM UM SOTAQUE INGLÊS. Meu Deus, estou morrendo."


E tudo vai bem até que ela enlouquece e não consegue chegar aos finalmente com um cara lindo que conheceu no bar, deixando-o sozinho e nu em sua cama com uma desculpa esfarrapada e saindo meio nua direto para a rua. Se isso já não fosse embaraçoso o suficiente, quando chega para sua primeira aula no último semestre de sua faculdade, ela reconhece seu novo professor. Ela o deixou nu em sua cama há poucas horas atrás.


"Sexo.
Eu estava indo fazer sexo.
Com um cara.
Com um cara quente.
Com um cara quente inglês.
Ou talvez eu estava indo vomitar.
E se eu vomitar em cima de um cara quente inglês?
E se eu vomitar em cima de um cara quente inglês durante o sexo?"

Sim, a capa é horrorosa e os modelos nada tem haver com os personagens do livro, excluindo a cara orgásmica da modelo, talvez. Mas não foi só a capa que me deixou confusa, tratando-se de Losing It, mas também sua sinopse. Como o livro pode ser rotulado de new adult com uma sinopse pendendo tanto para o erótico? Bem, pois é, não é erótico, apesar de ser bem quente.

"Algumas vezes, as coisas mais assustadoras na vida são as que mais vale a pena."

O romance de estreia, e autopublicado, de Cora Carmack, é leve, sem nenhuma grande trama, e ideal para quem precisa dar umas boas risadas, com cenas quentes na medida certa. Bliss é toda confusa e com pouca auto-estima, e Garrick é tão companheiro e sexy, apesar de no final do livro, quando ele narra, percebemos que ele não é tão tranquilo assim. Juntos eles são tão divertidos que é difícil não ficar com um gostinho de quero mais após terminar o livro. Aliás, se houve algo que me incomodou é que tudo acabou muito rápido, mas mesmo assim eu não deixaria de recomendar esse romance.

O livro já teve seus direitos de publicação comprados pela Harper Collins, assim como suas sequências, então está claro que a estreia de Cora foi mais do que perfeita. Se você tiver um tempinho e quer algo leve, esse é o romance ideal. Clichê e fofo, Losing It valeu cada minuto.
comentários(0)comente



Vixx 26/11/2012

Surpreendente
Já tinha visto alguns comentários positivos à respeito do livro, mas não dei tanta importância como deveria, e por isso, eu lamento. O livro é leve e simples ao mesmo tempo em que trata de um assunto delicado: virgindade.

A personagem principal e narradora, Bliss, está para se formar da faculdade e ainda mantêm-se virgem, o grande dilema da situação da-se quando em uma noite qualquer em um bar, ela conhece Garrick, um cara pouco convencional que a cativa desde o primeiro momento. O que deveria se tornar apenas uma "one night stand" desenvolve-se num relacionamento cheio de romance e contra tempos.

Obviamente algo muito intenso acontece para que essas complicações se desenvolvam, mas não vou estragar a surpresa com spoiler (fiquei realmente surpresa, você não descobre até estar a um parágrafo do que acontece). O livro é tranquilo, não aborda nada tão dramático e faz com que você fique torcendo para o casal mesmo achando coisas estranhas.

Em várias partes no romance eu achei incoerente não só o fato de a autora não descreve alguns acontecimentos na cena. Confesso que fiquei meio perdida várias vezes e tive que reler o texto, e não sei o por que de Garrick ter me incomodado tanto, ela o retrata de uma forma em que você sinta uma relação de ódio-amor com ele, que tem ações imorais, fator inadequado à personalidade que ela define do mesmo.

Tendo em vista essas falhas pequenas, e o fato de que isso não é leitura "young adult", devido à cenas não-tão-implícitas de sexo, foi uma estoria cativante e leve, ingredientes perfeitos para uma leitura antes de dormir.
comentários(0)comente



65 encontrados | exibindo 61 a 65
1 | 2 | 3 | 4 | 5