Preces e Mentiras

Preces e Mentiras Sherri Wood Emmons




Resenhas - Preces e Mentiras


55 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Saleitura 18/12/2012

Preces e Mentiras
Preces e mentiras não é um livro de difícil leitura, narrado em primeira pessoa em uma linguagem simples e coloquial é daqueles tipos que vc ler praticamente de uma vez. Mesmo eu que tenho tido muito dificuldade de ler nos últimos dias devorei o livro em dois dias apenas, pois a coisa mais fácil do mundo foi me envolver história de uma grande família de uma cidade do interior contada por um de seus membros mais jovens a Bethany.

Bethany é a quarta filha de um casal de pais evangélicos que cresceram em um vale em West Virginia, protótipo de uma cidade do interior cuja população quase toda parece ser ligada por laços de parentesco e o ponto de encontro de toda comunidade é uma igrejinha local, a Igreja Batista Cristo Rei. Laços sangue e fé parecem ser a liga que unem os habitantes da pequena comunidade que habita aquele vale. A família de Bethany não mora no vale, mas uma vez por ano, nas férias de verão eles vão para lá irrevogavelmente e é a época do ano que a narradora do livro mais gosta.

No entanto, a parte o fato da Bethany pertencer a uma família grande, com três irmãs, ela se sente meio por fora, não tem muitos pontos em comum com suas irmãs mais velhas e para completar vivem em constante conflito com uma delas, a Tracy, uma criança problemática que tem uma aparência de anjo e usualmente se comporta como um pequeno demônio.

A grande amiga da Bethany é a sua prima Reane Mae, e é em torno dos dramas, conflitos e mistérios que cercam a vida dessa menina complicada e sofrida que gira a narrativa construída pela Sherri Wood Emmons em “Preces e Mentiras”.

Preciso admitir que mais difícil que ler preces e mentiras esta sendo escrever sobre o livro. Bethany é um personagem com o qual me identifiquei de muitas formas, como ela, também cresci no seio de uma família evangélica na qual a fé é um dilema constante e aos sete anos eu achava todos perfeitos, moralizados, corretos, idôneos, felizes e perfeitos.

Mas, os anos passam, a gente cresce e à medida que cresce vai descobrindo que as preces escondem mentiras e aquele mundo no qual ou as pessoas são boas ou são más não existe, a vida é feita de nuances e, como costuma dizer minha mãe, todas as pessoas possuem uma história. A questão é que nem todas as histórias são bonitas, algumas escondem violência, injurias, caos, medo e terrores que parecem ter saído das páginas policiais do jornal ou coisa pior.

Pode ser muito duro descobrir o que existe por trás de todos aqueles rostos sorridentes cantando em uníssono “Aleluia ao bom Deus...” e a Bethany vai descobrindo isso ao longo da história, assim como eu descobrir ao longo de meu amadurecimento através de vários tipos diferentes de experiências nada fáceis. A gente descobre pouco a pouco que a vida é mais complexa do que parece, o mundo não é preto e branco, ele tem nuances, diversos tons multicoloridos e enquanto as mentiras são reveladas nós podemos descobrir que as pessoas são muito mais do que pensamos que seria possível ser e aprender a compreender o motivo de cada uma delas.

A Sherri começa seu livro dizendo: “A Bíblia diz que os pecados dos pais são carregados pelos filhos até a décima sétima geração. Mas eu acredito que são as filhas que suportam o peso dos pecados da maioria das famílias...”. Bem, realmente muitas vezes os filhos podem vim a pagar pelos erros dos pais, mas a Bíblia ensina que para cada pecado existe a possibilidade do perdão, não há mentira que cedo ou tarde não seja revelada e até mesmo as mulheres, sobre as quais muitas vezes o peso dos crimes alheios mais pesa, podem de repente virar a mesa de suas vidas e serem felizes.

Resenha por Jaci Clemente _ Pandora
http://www.skoob.com.br/usuario/62017-pandora

Postagem original na Saleta de Leitura
http://saletadeleitura.blogspot.com.br/2012/12/resenha-do-livro-preces-e-mentiras-de.html
Pandora 14/01/2013minha estante
Adorei ter lido esse livro!


Beth 10/09/2013minha estante
Estou ansiosa pra ler e conhecer mais essa obra que tanto me encantou. Amei.


Dressa Oficial 10/09/2013minha estante
Quero muito ler esse livro me falaram que ele é muito bom :)


Shirlandia 10/09/2013minha estante
ótima resenha,parabéns!
quero muito saber o final,interessante e curioso!


jack 10/09/2013minha estante
Muito a fim de conhecer a obra em sua totalidade, ótima resenha!


Ana Claudia 10/09/2013minha estante
Que lindo livro, adorei a resenha bem explicada.


Analu 10/09/2013minha estante
Quero muito ler!


Michelli Prado 10/09/2013minha estante
Está na minha lista de desejados!! Espero ler em breve =)


Jess 10/09/2013minha estante
Se não me engano já vi essa capa! Ela não me chamou a atenção, assim como a estória. Não tive aquela atração que te empurra para ler sabe? Sua resenha foi bem escrita, passou muito bem o que deveria, mas realmente o livro não fez meu estilo.


Ingrid 10/09/2013minha estante
A história do livro é muito boa, não é o tipo de livro que eu leria normalmente, mas a resenha me deixou com vontade.


RUDY 10/09/2013minha estante
ótima!
cheirinhos
Rudy


Alice G 10/09/2013minha estante
Adorei a resenha, o livro parece ser muito bom e traz um tema pouco abordado..ja quero ler! E o fato de vc ter citado que a leitura é fácil me deixa com mais vontade ainda! bjos

herdeiradelivros.blogspot.com.br


Juh 11/09/2013minha estante
Nossa esse livro é bem reflexivo, eu tbm nasci num lar evangélico e sou até hoje!! E realmente a medida que vamos crescendo percebemos, que a vida não é tão perfeita quanto parece e que todos nós temos problemas e que nem todas as pessoas possuem um passado lindo como imaginamos!!!


Ana 11/09/2013minha estante
Olá!Eu confesso que este livro não chamou minha atenção em vários fatores.Mas lendo sua resenha acho que vale a pena dar uma chance a ele.Ate porque ele trás assuntos que podemos levar ao nosso dia a dia.

Bela resenha!


Keide Leite 13/09/2013minha estante
Parabéns pela resenha. Me interessei pelo livro.


Gy 16/09/2013minha estante
Eu li algumas resenhas desse livro, e devo confessar que é um tipo diferente de leitura para mim... Mas ainda assim me sinto curiosa para ler o livro.


Paula 19/09/2013minha estante
muito boa a resenha, nos deixa com vontade de ler o livro hehe parabéns.


Carol 19/09/2013minha estante
Sua resenha ficou ótima! Deve estar inspirando muita gente a ler o livro, assim como eu. :)


Chirlene 20/09/2013minha estante
a resenha ficou otima me deixou com uma grande curisidade em relação ao livro.


Leeh Venerando 23/09/2013minha estante
Já tinha visto esta capa varias vezes, mas nunca tive interesse depois desta resenha bateu uma forte curiosidade rs
Otima resenha parabéns!


Belle 24/09/2013minha estante
Amei a resenha, tenho esse livro, mas ainda não deu tempo de lê-lo...
:D


Maristela 29/09/2013minha estante
Tenho lido várias resenhas sobre esse livro e sempre que leio mais uma, sinto muita vontade de ler. Gostei demais da sua resenha, que está maravilhosa.


Dayane 29/09/2013minha estante
Legal! Boa resenha.


Mih 03/10/2013minha estante
Otima resenha! Me parece um livro bom e fácil de ler como vc expôs, assim qeu tiver um tempo lerei, achei interessante!


belinha58 05/10/2013minha estante
Apesar de ser um livro que eu não sei se irei ler, pois ele fala de bilbia e de religião e eu sou espirita. esero que consiga ler. mas ......


Laine 07/10/2013minha estante
Ainda não tinha lido nenhuma resenha deste tipo de leitura, achei interessante, vou encarar.


NESSA 08/10/2013minha estante
Sua resenha me deixou mais curiosa para ler,principalmente por ser um daqueles livros que quando começamos a ler queremos descobrir o que vai acontecer.
Nossa realmente merece o título Preces e Mentiras com certeza ao ler ficamos curiosos para desvendar os segredos escondidos.
Um livro que traz reflexões desse tipo merece ser lido,principalmente quando demonstra o valor da família.




Telma 24/11/2012

Intenso, realístico e provocativo.
Preces e Mentiras - Sherri Wood Emmons

Esse é um dos livros que lhe faz querer saber mais e mais do que vai acontecer, do futuro da trama mas, também é um livro que o remete ao seu próprio passado, à sua infância.

Não foram poucas às passagens que me remeteram a fatos da minha infância que estavam guardadinha e que há tempos eu não lembrava.

Felizmente, eu tive uma ótima infância, apesar de alguns transtornos (o que é natural, né?). E quando sua infância rem segredos que melhor se nunca tivessem sido revelados?

E se a revelação desses segredos o destruísse?

Pois bem... é disso que o livro trata.

A história da infância de Bethany e Reana, duas primas muito próximas que são também muito amigas, é recontada 30 anos depois por Bethany.

Se eu disser mais, estraga a surpresa? SIMMMMMMM!

Só posso dizer que é um livro que vale a pena ser lido: intenso, com personagens verossímeis com quem nos identificamos e por quem torcemos. A autora traçou um perfil psicológico das personagens que me encantou!!!!

Segredos são revelados e mentiras escandalosas são descobertas. Só mesmo com muitas preces para não ir ao final do livro pra ver o que está acontecendo.

Eu resisti!

E você?

Vai resistir? ;)

Recomendo para todos os que gostam de ser surpreendidos por uma boa trama, repleta de suspresas nas descobertas.

.........*.............*........*.............*.......*.............*

Autores: Sherri Wood Emmons
Titulo: Preces e Mentiras
ISBN: 9788581630458
Selo: NOVO CONCEITO
Ano: 2012
Edição: 1
Número de páginas: 368
Silvia 24/11/2012minha estante
Uauuuuuuuu! ótima resenha, eu já tenho Preces e Mentiras, ainda bem senão eu ia sair correndo para a livraria.


Vini 24/11/2012minha estante
Vou ter que comprar o livro pra descobrir seus segredos, porque quem não gosta de uma boa trama durante o livro? A sinopse me deixou com uma tremenda vontade de saber como Bethany é, suas características e sua história.


Telma 24/11/2012minha estante
Silvinha,
Acho que você vai gostar!
Depois você me diz, tá?
beijocas


Telma 24/11/2012minha estante
Vinicios,
Tenho a impressão de que você que gosta de um bom suspense, e teia intrincada que levam a solução de algo, vai amar.
abração


Camy 25/11/2012minha estante
Nunca li livros deste gênero, mas parece interessante!!!
Quem sabe eu leia um dia!!!


Telma 25/11/2012minha estante
Sem dúvida, sai do clichê, Camy.
beijocas em você!


Angela Gabriel 25/11/2012minha estante
Nos ultimos tempos, a NC tem caprichado demais nos seus lançamentos. Desde que Preces e Mentiras foi lançado, tenho namorado ele, mas essa é a primeira resenha q leio.
Tanto capa, título e sinopse do livro são incriveis né? Claro que a história não poderia ficar atras.
E como eu gosto de ser surpreendida, com certeza vou ler essa obra..rs

Beijo


Flavinha 25/11/2012minha estante
Me deixou curiosa pra ler!


Júlia 25/11/2012minha estante
Quero leeeeer! Fiquei curiosa!


Alessandra 25/11/2012minha estante
Gostei muito! Está na minha lista para 2013.


Elidiane 25/11/2012minha estante
Esse livro ja tinha chamado minha atenção,depois dessa resenha então,so fez aumentar ainda mais minha vontade de lê-lo.
Preciso ler urgentemente.


Gabi 25/11/2012minha estante
Adorei a resenha do livro e estou com muita vontade de le-lo.


Ray Dias 25/11/2012minha estante
ADORO esse tipo de história surpreendente que nos deixa cair o queixo! É tão fascinante, pois não dá para adivinhar o que vem depois, e o melhor: se adivinhamos consequentemente nos surpreendemos !


Julia 25/11/2012minha estante
Adorei a resenha, quero ler o livro agora haha :)


Juliana 25/11/2012minha estante
Legal! = )


Thainara 25/11/2012minha estante
amei


Tavinho 25/11/2012minha estante
Bom ponto de vista o teu!
Deu até vontade de ler.


Carol 25/11/2012minha estante
adorei a resenha... o livro vai entrar pra minha lista de desejados com certeza


Maristela 25/11/2012minha estante
Esse é um dos livros que estou querendo ler já faz algum tempo. Gostei muito da sua resenha e agora desejo ler o livro mais rápido ainda, pois sua resenha está muito boa. Bjs.


Caique Apolinário | Cappuccino Cast 25/11/2012minha estante
Aaaaai sim !


Isa 26/11/2012minha estante
Quando segredos são revelados é assustador (do meu ponto d vista) Fiquei curiosa para ler tbm, gosto de leituras nesse estilo.E a resenha esta ótima,é impossível não sentir aquela curiosidade e vontade de querer mais.


Mateus 26/11/2012minha estante
Muito boa resenha...Não conhecia o autor mas parece muito bom...Vou procurar depois...


AMORROBSTEN 26/11/2012minha estante
Ja conhecia ,mais adorei a resenha! Parabéns!


Fernanda @condutaliteraria 26/11/2012minha estante
Telma
sua resenha ficou ótima!
Fiquei com mais vontade de ler esse livro, acho que além de tudo deve emocionar e muito!
bjs


Yasmin 26/11/2012minha estante
Ótima resenha (:


Yasmin 26/11/2012minha estante
Ótima resenha (:


Vanessa Vieira 26/11/2012minha estante
Parabéns pela resenha Telma! Estou ansiosa para ler Preces e Mentiras!


Rafa 26/11/2012minha estante
Hum... História bem interessante, parece prender ao leitor...
Irei adicionaras lista dos meus próximos livros.


Daiani 26/11/2012minha estante
kkkkkkkkkkk, que chatoo :p queria saber mais sobre o livro, mas sei que a Telma não pode contar pq vai estragar a surpresa de quem não leu, mas pelo que esta escrito eu acho que eu não resistiria e leria o ultimo paragrafo do livro, kkkkkkkkkkkkkkk
é a minha cara fazer isso :p
me deixou instigada!
ABRAÇOS!


Mayra Dias 27/11/2012minha estante
Fiquei com MUITA vontade de ler! :)


Ana 27/11/2012minha estante
Nossa, sua resenha me fez ter vontade de ler o livro o mais rápido possivel.Parece ser muito bom.Adoro historias que me surpreendem


Jessica 27/11/2012minha estante
Amei sua resenha! Assumo que ja conhecia o livro mas nunca me chamou a atenção, agora estou realmente com vontade de ler. Parabéns!


Emerson Alexand 27/11/2012minha estante
Ótima resenha!!!!me incentivou a querer ler esse livro!


Rose Borba 28/11/2012minha estante
Já tinha visto esse livro em outros blogs. A sua resenha está nota 10!
Parabéns


Rose Borba 28/11/2012minha estante
Já tinha visto esse livro em outros blogs. A sua resenha está nota 10!
Parabéns


Juliana 28/11/2012minha estante
Adorei a resenha Telma! Como sempre você me surpreende... me deixou super curiosa pra ler este livro!


BelaBelli 29/11/2012minha estante
Boa resenha!


Emily 30/11/2012minha estante
Quero muuuito ler, sei que é bom !


Marina Fortes 01/12/2012minha estante
Ótima resenha!


Thais de Moraes 01/12/2012minha estante
Essa menininha da capa tem uma cara de assustada que chega a dar uma dó enorme.
Poxa, eu fiquei muito curiosa para saber o que aconteceu na infância da Bethany e da Reana. E adoro quando há um perfil psicológico bem traçado dos personagens.


Cris Aragão 01/12/2012minha estante
Parece ser muito bom, o tipo de livro que mexe com o leitor. Quero ler!


Pabline 02/12/2012minha estante
Primeira resenha que li sobre o livro, não tava levando muita fé, mas fiquei super curiosa agora XD


Gabrielle 03/12/2012minha estante
Muito legal a resenha e o livro parece ser muuuito bom, to mais ansiosa pra ler ele agora


Lyn 03/12/2012minha estante
Ando querendo muito ler esse livro, estou curiosa pois parece ter drama :)


Jéss 03/12/2012minha estante
Muito legal a resenha , parece ser muito bom. *-*


Jéss 03/12/2012minha estante
Adorei a resenha, fiquei com muita vontade de ler


Patricia 03/12/2012minha estante
Quero ler!! Ótima resenha


Júlia 04/12/2012minha estante
Nossa, parece ser muito bom. Amei a resenha, estou louca para ler, vou tentar não ler o final antes da hora!


Cacau Scorpioni 04/12/2012minha estante
Este livro parece ser muito bom, a capa é interessante, sem dúvidas quero ler sim.....


Thais Novaes 05/12/2012minha estante
Fiquei curiosa!


Samira Chasez 05/12/2012minha estante
Oi..

Fiquei doida para ler..


Leticia S. 05/12/2012minha estante
Parabéns pela a Resenha..
Me deixasse com água na boca..


Larissa 06/12/2012minha estante
Deve ser muito difícil fazer resenha de livro de mistério, pq temos que passar dados para que as pessoas tbm fiquem curiosas para ler, claro, sem estragar as surpresas!
Parabéns pela resenha!
*Estou participando do sorteio!


Larissa 07/12/2012minha estante
Fiquei ansiosa para ler, ótima resenha!


Kamila 14/02/2013minha estante
Otima resenha, Parabens.

Comecei a ler o livfo hoje, vamos ver como vai ser.


Claudia 16/04/2013minha estante
Adoro suas resenhas, Telma, solicitei o livro agorinha por sua causa... abs!




Fernanda 30/01/2013

Resenha: Preces e Mentiras - Sherri Wood Emmons
Resenha publicada originalmente em:
http://segredosemlivros.blogspot.com.br/2013/01/resenha-preces-e-mentiras-sherri-wood.html

Resenha: Sabe aquele lugar que todos se conhecem e a maioria são parentes ou algo mais? Esse é caso de West Virginia, local onde a trama de Preces e Mentiras é apresentada. Narrada por Bethany, uma garota que encontrou uma verdadeira amizade aos 7 anos, Reana Mae é, além de amiga, também sua prima. No começo da história conhecemos vários personagens que vivem neste lugar, que parece ser bem tranqüilo, porém no decorrer das circunstancias, percebemos que há bem mais por trás de cada rosto amigável e famílias unidas.

“Sorri de volta para ela. Minha vida inteira, tive três irmãs – três estranhas com as quais convivi, mas que nunca realmente conheci. Sentada na lama, naquele dia quente e úmido, encontrei minha irmã verdadeira. Eu tinha 7 anos, e Reana Mae 6, e eu jamais poderia saber como nossas vidas ficariam entrelaçadas no futuro. Mas daquele dia em diante, Reana e eu ficamos ligadas de uma maneira única.” Pg. 17-18

A relação entre Bethany e Reane é muito bonita, pois as duas tem uma ligação muito forte uma com a outra. Juntas, encontraram o fim da solidão e a cada dia que passavam ficavam mais unidas e fortes, quase como se fossem irmãs. Mesmo que se distanciem, elas mantém contato através de cartas, que nos mostram as mudanças que ambas vem passando através do tempo. E o mais interessante é que pelo fato da narradora ser justamente a Bethany, faz com que a trama fique mais envolvente e emocionante. Faz com que o leitor possa entender perfeitamente todos os fatos que ocorrem com detalhes e maior intensidade. E um dos tantos problemas é que a família de Bethany e Reane são o oposto uma da outra. Enquanto os pais de Reane são falados pela comunidade, os de Bethany são de costume religioso, conservadores e altamente tradicionais. Bethany tinha três irmãs, sendo que Melinda e Nancy eram mais distantes, porém a mais problemática era Tracy, uma menina sem escrúpulos, maldosa e dissimulada. Tracy apresenta ser um grande problema e logo se interligará a outros fatos, que na minha opinião foram umas das cenas mais intensas e comoventes.

“Amanhã, eu iria para West Virginia com minha mãe...só nós duas, e no meio do ano letivo. Quando é que aquelas surpresas acabariam?” Pg. 83

Reane, sendo a personagem principal, é uma menina sem ambições e grandes sonhos. Sei pai é ausente e sua mãe, vista como uma pessoa extremamente vulgar está se perdendo a cada dia que passa na bebida. Quando Caleb, irmão de Bobby Lee – pai de Reane – vai morar com eles as coisas começam a mudar drasticamente. Ninguém gostava dele, a não ser Reane, que sempre ficava ao lado do tio, independente do que acontecesse.
Reane começa a ter vários problemas, e Bethany não compreende como essa situação pôde chegar a este ponto. Então, algo vem a tona surpreendendo a todos e causando muitas reviravoltas na vida de todos ao redor.

“-Você é uma boa menina, Bethy. Você pode ajudar a Reana Mae mais do que qualquer outra pessoa. E vai ajudá-la, não vai, querida? Você vai ajudá-la como se ela fosse sua irmã.
Fiz que sim com a cabeça, orgulhosa. É calro que eu ajudaria Reana. Ela era minha irmã, afinal. A única irmã de verdade que tinha.” Pg. 224

Preces e Mentiras nos mostra uma trama emocionante e muito surpreendente em vários aspectos. Não imaginava que a história fosse tão carregada de dramas familiares, surpresas e casos polêmicos. No começo fiquei um pouco confusa diante de tantos personagens que nos foram apresentados, porém ao longo da narrativa todos vão se encaixando. No final, fiquei com aquela sensação de que nem sempre as coisas acontecem como planejado, e Preces e Mentiras é um exemplo do quanto a vida pode nos pregar peças reveladoras. É um livro que nos faz refletir sobre mentiras, segredos e sentimentos seja entre amigos, amores e família.

Resenha publicada originalmente em:
http://segredosemlivros.blogspot.com.br/2013/01/resenha-preces-e-mentiras-sherri-wood.html
comentários(0)comente



Leitora Viciada 23/01/2013

Um livro que não recebeu destaque entre os outros lançados pela Novo Conceito no mesmo mês. Não ganhou um kit nem reconhecimento entre os leitores nas redes sociais. Então ressalto: Este livro é um dos melhores livros que já li da Novo Conceito e eu dou cinco estrelas a ele.
Embora seja o primeiro romance da autora, ela possui duas graduações na área editorial, portanto já tinha conhecimento técnico para poder escrever um bom romance. Ela conseguiu mais que isso, escreveu um livro forte, provocante e causador de diversas reflexões.

A capa é simples: Uma simples menina com um olhar poderoso carregado de mistérios. O leitor fixa nesse olhar e imagina mil sentimentos e pensamentos diferentes à respeito da criança. Ela é Reana Mae, a protagonista e a peça-chave que liga todos os acontecimentos e personagens do livro.
Pelo menos é sua imagem no começo, uma menina de seis anos de idade. Depois o livro ultrapassa décadas de história e acompanhamos a vida dessa menina marcante. A força dessa personagem é tão grande e cheia de vida que você consegue imaginá-la ao seu lado. Faz o leitor refletir como existem tantas meninas como ela.
O título está escrito sobre uma pincelada negra em cima da imagem, porque certamente existe uma nuvem negra sobre a vida dessa menina e sobre os temas centrais do livro. E o porquê da escolha de preces e mentiras é rapidamente descoberto pelo leitor nos primeiros capítulos. Entre uma forte oração, idas à igreja e exibição de bons costumes e tradições, mentiras precisam ser contadas, fato sombrios precisam ser ocultados, problema precisam ser omitidos.

Os trinta e cinco capítulos e o epílogo são narrados pela prima de Reana Mae, a Bethanny, apenas um ano mais velha.
A história não teria funcionado caso fosse narrada em terceira pessoa, pois um narrador de fora jamais saberia esconder e mostrar fatos sem se perder e sem prender a atenção do leitor. Acho que não mostraria tantas cenas de clímax com tamanha intensidade. É preciso alguém de dentro da história para contá-la com intensidade.
Também não seria correto se a narradora fosse a protagonista, Reana. Porque ela é o mistério central da trama, a personagem enigmática. O leitor não deve saber o que exatamente se passa pela cabeça e coração daela. O interessante é realmente imaginarmos, deduzirmos e interpretarmos conforme a leitura e nossa observação íntima.
É o grande ponto positivo do livro: Nós conhecemos e acompanhamos a vida de Reana sob os olhos, opiniões e perspectivas da Bethanny. Os buracos que ocorrem na cronologia quando as primas estão distantes e trocam apenas algumas cartas são essenciais para trazer mais curiosidade e impactar as mudanças ocorridas em Reana através do choque e preocupação sofridos por Bethanny. Assim como cada reencontro entre elas e o relacionamento em si é admirável.

Reana e Bethanny iniciam a história com grandes semelhanças e a amizade verdadeira nasce entre elas. Por mais que queiram estar sempre próximas e manter esse amor fraternal entre si o destino e fatos da vida são incontroláveis. Elas são de lugares diferentes e embora sejam parentes, seus lares são opostos.
Bethanny possui uma família numerosa, bem estruturada, religiosa, uma boa casa e pais que se importam com as quatro filhas.
O problema de Bethanny é que ela não se sente à vontade com as irmãs. As duas mais velhas não possuem os mesmos interesses que ela, e embora se deem bem, a diferença de idade as afasta. Bethanny é a caçula da família. Tracy, que é a irmã com a idade mais próxima não a trata bem e aparenta ser maldosa quase sempre. Ela também é má com Reana e com outros ao seu redor. É dissimulada e sabe controlar os pais.
Tracy é um problema à parte e uma história secundária que intercepta a principal. Esse embate entre os problemas de Reana e os de Tracy trazem páginas pesadas e comoventes, algumas das melhores.
A autora preferiu não se aprofundar no problema de Tracy e expor apenas o drama e as dificuldades. O lado negativo disso é que alguns leitores não compreenderão muito bem esse problema e poderão confundi-lo com outros. Acaba-se generalizando problemas psicológicos e mentais, coisa que sou contra.
O pai é super protetor, amoroso e deixa grande parte do peso da educação das meninas para sua esposa - fato comum da época. A mãe é calma, educada, compreensiva, muito religiosa e procura manter as meninas seguras dos perigos da vida. Ela vive para a família.
Bethanny tenta ser boa como sua mãe e sempre ora e tenta praticar o bem.
Reana mora no interior para onde a família de Bethanny viaja durante as férias de verão. Seu pai é um caminhoneiro ausente e sua mãe é vista como a mais vulgar do local e a cada dia que passa se afunda na bebida. Tanto o pai quanto a mãe de Reana Mae não cuidam da menina e sempre a deixam abandonada e à margem do lar. Ela é carente, insegura e medrosa. O mais triste de tudo é que ela é sozinha e totalmente sem expectativas de vida, não possui sonhos nem grandes aspirações.
Mesmo assim, ela é uma menina forte e mesmo desejando parecer adulta e responsável por si mesma, ela não consegue ser pai e mãe de si própria. Ela é obrigada a até mesmo cuidar da mãe irresponsável e violenta e da casa sozinha.
Sua inocência é arrancada cedo demais.

Existem tantas personagens no livro que podemos nos perder casa haja distração durante a leitura. Confesso que nas primeiras páginas eu estava achando essa variedade e quantidade de pessoas um fator exagerado e confuso. Porém logo que me acostumei com todos e com tantos parentescos me entreguei à narrativa e ao excelente desenvolvimentos do enredo e evolução das personagens que saber quem é quem tornou-se algo natural e passei a admirar essa característica do livro.
O passar do tempo ocorre de uma forma tão espontânea que mal percebemos os anos correndo. A autora soube mostrar o que realmente é importante.
As modificações que ocorrem nas vidas de todos vão moldando as personalidades de Bethanny e Reana Mae de tal forma que as mudanças nas meninas não são apenas físicas, são psicológicas e elas se tornam cada vez mais diferentes.

Existem temas abordados muito delicados no livro e me surpreendeu o fato da autora saber colocá-los sempre no momento correto da narrativa, sem misturar tudo e se perder em um drama forçado e sem sentido. Pelo contrário, ela consegue trazer tanta naturalidade aos problemas que torna a história tão realística e sincera que não parece ser ficção. Você consegue se imaginar ali, ao lado de Bethanny, ouvindo toda a história por ela contada e tendo reações físicas a respeito dos acontecimentos.
Em alguns capítulos, por mais que eu já imaginasse o que estava acontecendo, não conseguia acreditar, queria uma mostra direta da autora. E me preocupava não apenas com Reana Mae, a menina desprezada pelos pais, mas também com Bethanny, porque ela tenta a todo custo proteger Reana. Quando notei a brusca mudança em Reana, sabia o motivo, mas quando a autora expõe explicitamente o momento da descoberta da ainda ingênua Bethanny, meu estômago se embrulhou de verdade. Eu senti nojo, pena e raiva.
Reana aparentemente está mais crescida, madura e segura. Bethanny se sente para trás por ainda ser tão infantil perto dela. O problema é quando Bethanny descobre a verdade sobre Reana Mae e o mundo da família inteira desmorona!

Esse livro é uma mistura de sentimentos e opiniões. A cada capítulo eu me peguei julgando as personagens e suas ações, condenando ou absolvendo seus pecados e me vi perdida nas preces e mentiras de cada uma delas, principalmente Reana Mae e Bethanny.
Temas como a perda da inocência, a descoberta do sexo, o uso abusivo de bebidas, o descaso dos pais em relação aos filhos (e os maus tratos infantis), a religiosidade, a união da família, pedofilia, estupro, morte, suicídio, doenças mentais, paixões e encontros e desencontros...
É um livro que se inicia com tanta simplicidade, com tantas personagens e histórias paralelas que de repente tudo é misturado de tal forma que prende o leitor ali no meio, entre brigas, lágrimas e risadas.
Há muito tempo eu não me apegava às personagens dessa forma, de um jeito que me fez terminar a leitura e pensar em como Preces e Mentiras é duro, forte e comovente como a vida real. Como a vida é injusta e como nos adaptamos por obrigação. Como a vida pode ser boa e ruim ao mesmo tempo.
Conforme eu avançava na leitura, mais eu queria extrair de suas páginas e realmente terminei o livro com um sentimento inexplicável pesando no peito.

+ resenhas em www.leitoraviciada.com
stehremohi 23/01/2013minha estante
Acho que livros que envolvem família sempre traz grandes revelações. Me interessei muito para conhecer a história dessa personagem. Ele parece ser bem reflexivo, estou ansiosa para lê-lo.


Fernanda @condutaliteraria 23/01/2013minha estante
Estou curiosa para ler esse livro, principalmente por várias pessoas afirmarem que ele é forte.
Sua resenha ficou ótima e deu pra ter uma boa ideia do me espera na leitura.


Cris 23/01/2013minha estante
Bacana o livro heim? Não vi muitas resenhas dele ainda, mas já deu pra ver que tem muito aí nesse livro. Eu gostei e queria ler. Acho que vale a pena mesmo.


Aerton 23/01/2013minha estante
Gostei da resenha. Drama familiar é um dos meus gêneros favoritos.


Aerton 23/01/2013minha estante
Gostei da resenha. Drama familiar é um dos meus gêneros favoritos.


Maristela 24/01/2013minha estante
Eu tinha dispensado esse livro pela sinopse e passei a ler resenhas para entender melhor a história e talvez me sentir atraída. sua resenha está ótima e vou ler o livro.


Sam Puckett 24/01/2013minha estante
Eu querooo!!


Genilda Silva 27/01/2013minha estante
Um livro como este com certeza vou ler.


Bruna 27/01/2013minha estante
Muito boa resenha!!!


Bruna 27/01/2013minha estante
Muito boa resenha!!!


Prim 30/01/2013minha estante
Muito boa a resenha ! Estou louca pra ler esse livro ! Me interessei mais ainda depois de ler a sua resenha ! Add a lista de livros que quero ler em 2013!


DomDom 04/02/2013minha estante
Nossa!! Pelo jeito esse livro é muito pesado mesmo. Confesso que este não é meu tipo de narrativa preferido, pois gosto de algo mais leve e divertido, mas esses temas são tão atuais e reais, que acabam me deixando com muita curiosidade pra ler. E espero ter a oportunidade em breve.


Manuella 04/02/2013minha estante
Olha, vou confessar que tenho medo de ler livros que abordam o sofrimento de crianças, os traumas de infância... Como mãe isso me dói na alma! Mesmo assim quero conferir o livro, porque minha curiosidade sobre como a autora conduz a história é bem maior. Se me causar sofrimento demais eu largo o livro.


Andressa 04/02/2013minha estante
Essa capa não me animou mto não, mas ao ler a sinopse, deu vontade de ler.


Aline Cristina 04/02/2013minha estante
Parece ser um livro bem interessante..
vou lê-lo..
Ótima resenha..


Lucas Maciel 06/02/2013minha estante
Muito interessante vou tentar lê-lo


Kelry 07/02/2013minha estante
É veradade, muita gente não ligou muito pro lançamento, mas eu gostei.


Leylianne 07/02/2013minha estante
Muito bom... E muita vontade de ler este livro... :)


Letí­cia 07/02/2013minha estante
muuuita vontade de ler esse livro! capa linda!


Michelle Ladisl 08/02/2013minha estante
Parece ser bem interessante ^^
Vc instigou minha curiosidade
Bjus


Gy 08/02/2013minha estante
Gostei muito da resenha, deixou aquele gostinho de curiosidade e vontade quero muito ler o livro parece ser muito legal e envolvente...


Thicy 08/02/2013minha estante
Bem legal esse livro. Gostei bastante da resenha!!!


Fátima Menezes 09/02/2013minha estante
Parabéns pela resenha, Taty! Salvos alguns desvios ortográficos, está muito boa.

É bom ter alguém ressaltando os aspectos positivos desse livro. Ele recebeu tão pouca atenção por parte da editora - pelo menos em comparação a outros lançamentos -, que achei que fosse ruim. Mas estou convencida de que não é. A trama promete muito.


NESSA 12/02/2013minha estante
Muito boa sua resenha com detalhes importantes sobre a Autora Sherri Wood Emmons, pontos positivos,o livro e sua opinião sincera em achar que o livro não teve a merecida atenção por parte da Editora, e também por mencionar que o livro é "forte, provocante e causador de diversas reflexões".
Acompanhar a história de Bethany é triste,mas trata relações familiares e como elas podem tornar-se complexas, revelando como segredos podem, ao longo do tempo, abalar as estruturas de famílias. A Autora retrata de forma envolvente, com delicadeza, a história de uma família que, apesar de todo amor, corre o risco de desmoronar graças a uma única mentira.


Lua 12/02/2013minha estante
Admito sou uma leitora que muitas vezes vai pela capa e essa capa é tão linda que já me estimulou a ler e a sua resenha provou que não estou errada de querer te-lo em minha estante. ótima Resenha =D


Tarsila 13/02/2013minha estante
Este livro está sendo bem comentado em alguns blogs. Amei a capa do livro, ela realmente chama muita atenção. Estou precisando de livros assim, que me prendam à leitura. E esse livro é bem chocante pelo que você falou na resenha, gostei, quero lê-lo.
Beijos! Ótima resenha!


Deinha 16/04/2013minha estante
Parabéns pela resenha, estou lendo o livro e me emocionando com ele!


Deinha 20/04/2013minha estante
Acabei a leitura e fiquei com um sentimento de perda dentro de mim! Perda por sentir o que Bethanny sentia em cada página do livro. Me emocionei com Traccy, e claro com a vida de Reanna Mãe. Acredito que a Editora não deu o devido valor ao livro, ele é simplesmente maravilhoso! Adorei sua resenha!


Ivana 10/09/2015minha estante
Excelente Resenha! =)




Ani Rovere 13/04/2015

O que não falamos...
Quando comecei a ler Preces e Mentiras acreditei ser apenas mais uma daquelas histórias problemáticas sobre relacionamentos familiares. Só parecia. No 1º capítulo e nos demais que li avidamente, tomei socos no estômago e na mente. O livro é sobre mentiras e omissões, negligência e falta de escolha, ou melhor, o que não falamos, não percebemos, deixamos para lá. Acompanhando a narração pelos olhos da menina Bethany, de apenas 6 anos, e as férias de verão com seus parentes, é fácil se colocar nas situações e decisões que desencadeiam a história, porque apesar dos fatos serem ficcionais, sabemos que nada ali é inverossímil ( principalmente para quem lida com crianças como eu). Difícil voltar a ter o mesmo olhar de antes. Impossível deixar de se preocupar.
Recomendo muito a leitura a pais e professores.
comentários(0)comente



Brilho 09/11/2012

Preces e Mentiras
Em Preces e Mentiras conhecemos Bethy e Reana duas meninas de 7 e 6 anos que só se vêem durante o verão quando a família de Bethy vai para o Vale, além de primas elas se aproximam pelas circunstâncias e se tornam grandes amigas.
Reana é uma menina desprezada pela mãe e pelo pai que raramente para em casa. Ela é negligenciada por eles o que é bem triste (sempre é) e Bethy e sua mãe Helen fazem o que podem pra ajudar.
" Juntas, nós duas estabelecemos uma irmandade de forasteiras que não se encaixavam em lugar algum, o que nos ajudou a seguir em frente por um bom tempo."

É muito bonito ver a amizade das duas elas estão sempre juntas, e quando Bethy volta pra casa as duas sempre trocam cartas, uma sempre em contato com a outra. Mas como tudo na vida, nada é um conto de fadas . Os problemas são muitos e a distancia acaba pesando na amizade uma percebe que a outra cresceu muito em quanto não se viam e o silencio acaba crescendo entre as duas.

"A garotinha tímida que eu tinha amado e com a qual tinha compartilhado tantos segredos teria ido embora antes que eu voltasse para o Vale de Coal River. No lugar dela estaria uma mocinha bonita e com segredos que ela não dividiu comigo - nem com ninguém - por um bom tempo."

Bom o livro é narrado pela Bethy que passa muitos intervalos sem aparecer no Vale então nós acabamos descobrindo os segredos junto dela. O livro cresce ao decorrer da leitura e você se vê dentro de segredos e mentiras familiares, que envolvem muitas pessoas. Nós vemos duas meninas se tornarem adolescentes uma pura e a outra prematuramente adulta. É uma história comovente e muito forte. Então se você quer ser surpreendido leia esse livro. Ele mostra o amor verdadeiro familiar aquele que hoje em dia não se vê mais, aquele que perdoa e que cuida dos seus.
Eu queria poder falar mais da trama, mas tenho medo de falar demais e estragar as revelações.
comentários(0)comente



Yanca Caroline 09/02/2013

Preces & Mentiras
Um dos melhores livros que já li!
Este enredo possui personagens maravilhosamente construídos, com situações muito fáceis de se identificar.
É uma história que não tem nada de surreal, que apenas narra pela própria personagem Bethany, uma vida que infelizmente é vivida por muitas pessoas, não sei se realmente consigo identificar um vilão nesta história, pois até mesmo aqueles que deveriam ser os vilões conseguiram ser compreendidos pelo leitor, mais nada que justifique os atos de alguns personagens.
comentários(0)comente



Lariss 03/03/2015

Fantástico.
"Às vezes eu a odiava, mas a maior parte do tempo eu a amava."
Essa história, contada de uma maneira simples cativa e desperta o interesse de qualquer leitor. Posso dizer que chorei na maior parte do livro, pois coloca uma visão muito realista de acontecimentos comuns na vida de muitas pessoas.
comentários(0)comente



Raiza 02/06/2013

“Preces e Mentiras” me agradou logo de cara pela capa. Sim eu sou uma daquelas leitoras que ainda julgam a obra pela capa (e quase nunca me arrependo). Enfim, tinha algo se sombrio e misterioso no rosto da menininha, algo que me deixou curiosa para ler essa história que prometia tantos segredos! Primeiramente vinha visão sobre o titulo: Ele foi inteligente da parte da autora. Estamos lidando com personagens muito religiosos (sem serem maçantes), pessoa que realmente acreditam na fé e no poder de uma oração e por outro lado pessoas que mentem, muito bem por sinal. Ou seja, o titulo não poderia ter sido escolhido com menos cuidado e dedicação.

A trama embora não seja muito clara na sinopse é fácil de levar o leitor, me deixei entrar no mundo de Bethany, a personagem que narra o livro facilmente. Toda a obra se baseia em uma amizade de “salvação”, O pai de Bethany é obrigado a viajar muito a trabalho, e enquanto faz essas viagens ele se sente mais seguro deixando sua família, a Mulher (Helen) e as filhas (Melissa, Nancy, Tracy e Bethany) com sua família no lago (interior onde ele foi criado, assim como Helen). Na primeira viagem da família Bethany aos sete anos de idade, sempre muito tímida e muito maltratada pela irmã Tracy conhece Reana Mae, sua prima um ano mais nova e o novo alvo da maldosa Tracy. Reana não tem uma vida muito feliz em seu lar, seu pai Booby Lee viaja muito a trabalho com seu caminhão, e sua mãe Jolene não é conhecida como sendo a melhor mãe do mundo, tirando o fato da pobreza e precariedade com que vivem, essa amizade será o ponto de partida para o amadurecimento das duas meninas, que com o tempo vão ser obrigadas a aprender o valor da família, e o que ela pode custar quando não é sincera, sempre sendo a balança na vida uma da outra.

Um fato determinante para minha classificação deste livro é a narração. Mesmo sendo um livro um tanto “grande” com 364 páginas eu o li em apenas dois dias, no começo fiquei avida por detalhes, eu queria conhecer a vida dessa garotas em separado e parar para refletir o que uma traria de bom para a outra no decorrer da história, depois da metade eu já estava morta de curiosidade sobre as muitas ligações que tem entre os personagens e onde tudo isso ia dar. “Preces e Mentiras” não é absolutamente nada do que eu pensei que seria! Eu imaginei Reana roubando a vida, o afeto ou até mesmo o carisma de Bethany, pensei que a autora ia tentar inserir Reana de uma forma negativa, mas eu estava completamente equivocada. Bethany é só um ponto de partida para que o leitor conheça a própria Reana Mae.

Outro ponto positivo da narrativa esta no tempo da história. Tenho certo receio com livros que tudo acontece muito rápido, quando uma historia tem a duração de, por exemplo, duas semanas, eu sou completamente a favor das pessoas escreverem livros completos. E neste caso fiquei muito feliz em ver que nos poderíamos acompanhar a vida INTEIRA dos personagens. A história começa com Bethany aos sete anos e Reana Mae aos seis e a partir daí vamos vivendo com elas, descobrindo o mundo, perdendo a inocência, encontrando o primeiro amor, tendo o primeiro coração partido, sem jamais estar longe das intrigas familiares, outro ponto positivo é o fato de Bethaney morar na “cidade grande” enquanto Reana mora do lago, as coisas demoram a chegar até nossa narradora, mas quando elas chegam os acontecimentos e surpresas para nos leitores são arrebatadores.

Os personagens são muitos para que eu classifique todos, mas vou tentar resumir minha opinião sobre os mais importantes. Bethany com certeza é minha personagem preferida, embora muitas vezes eu tenha achado que ela mesmo sendo a narradora, estava em segundo plano e Reana em primeiro, mas depois que eu fui pesquisar obre a obra, essa sempre foi à intenção da autora. Bethany é doce, inocente, delicada, uma filha excelente, uma amiga exemplar. Ela é a criança que todos queriam ter em casa, sempre pensando primeiro nos outros antes dela, sempre se esforçando para ser uma boa pessoa, e quando ela cresce não deixa de ser a “menina” do leitor. Ela se torna uma adolescente consciente e responsável e posteriormente uma adulta de caráter, não tenho absolutamente nada para falar contra ela. Reana Mae na infância tem o mesmo perfil de Bethany, também é doce, tímida, introvertida, mas uma criança maravilhosa, só que infelizmente ela teve que crescer muito rápido. Com o pai fora de casa e mãe fora de controle ela conheceu o mundo muito cedo, virou mulher em pele de criança e isso não fez bem a garota, mas fez maravilhas pela personagem. Na adolescência ela se torna o oposto de Bethany (ainda continua uma boa pessoa, que respeita e ama a família), mas seu caráter embora seja bom é deturpado pelos acontecimentos da vida. Ela realmente é uma personagem muito bem construída e trabalhada, complexa e apaixonante. Helen a mãe de Bethany tem uma fé fervorosa e um coração de ouro, mais uma grande personagem que faz muita diferença na história. Tracy não é apenas uma criança malvada ela é na verdade uma pessoa cruel que também tem muito a contribuir. E por ultimo Brian, não posso explicar como ele entra na história, mas pra mim foi maravilhoso vê-lo lá. Foi o personagem que participou na cena em que mais me emocionou. E posso garantir que esse livro emociona, choca, parte o coração e acalenta seu leitor.

O final foi mais um baque, pelo qual eu não esperava. Passei a historia inteira tentando entender onde a autora iria chegar e posso garantir que até ler eu não tinha ideia. Foi estarrecedor, não tenho mais palavras para descrever a maestria da Autora Sherri ao finalizar sua história.
comentários(0)comente



Samantha 12/04/2013

Word in My Bag - http://wordinmybag.blogspot.com.br/
Primeiro romance de ficção da autora Sherri Wood Emmons, Preces e Mentiras traz uma história reflexiva sobre as diferentes relações familiares e de amizade sob o olhar religioso e interiorano, de West Virginia, da década de 70.

“A Bíblia diz que os pecados dos pais são carregados pelos filhos até a décima sétima geração. Mas eu acredito que são as filhas que suportam o peso dos pecados da maioria das famílias.”
Pág.: 9

Título: Preces e Mentiras
Autor: Sherri Wood Emmons
Editora: Novo Conceito
N° de páginas: 360
Nota: 3/5


Um livro que te conduz de maneira ímpar, a narrativa simples e envolvente de Bethany, uma menina de 7 ~15 anos, contando a história de sua prima Reana Mae, que mora no interior de onde a mãe de Bethy veio.

“Minha vida inteira, tive três irmãs – três estranhas com as quais convivi, mas que nunca realmente conheci. Sentada na lama, naquele dia quente e úmido, encontrei minha irmã verdadeira. Eu tinha 7 anos, e Reana Mae 6, e eu jamais poderia saber como nossas vidas ficariam entrelaçadas no futuro. Mas, daquele dia em diante, Reana e eu ficamos ligadas de uma maneira única. A história dela e a minha se trançaram juntas de tal forma que, às vezes, eu me sentia como se estivesse assistindo a tudo de fora, como se ela é que estivesse vivendo a minha. Às vezes, eu a odiava por isso. Mas, na maior parte do tempo, eu a amava.”
Pág.: 17

Jolene, mãe de Reana Mae, é uma mulher muito bonita e que chama a atenção de todos. Audaciosa, sempre buscava encurtar mais 3 dedos a barra da sua saia (o que era visto como coisa de mulher da vida, já que estamos num interior muito religioso em plena década de 70). Nunca gostou muito da filha, pois queria ter tido um menino para agradar ao marido, Bobby Lee, ele, por sua vez, mal parava em casa, trabalhava viajando e não tinha muito tempo para a filha, trazia presentes quando voltava de viagem, mas nunca foi capaz de protegê-la das agressões físicas que Jolene infligia na garota. Bethany e sua mãe eram um escape para Reana Mae.

"- Escute aqui, Bobby, porque só vou falar uma vez. Eu nunca mais vou fazer isso de novo. Eu te dei uma filha, e ela vai ter que servir.
Enquanto isso, Loreen ficou na varanda com a menina pequenina já esquecida por seus pais e gritando para o mundo no qual havia nascido".
Pág.: 23

O livro tem uma narrativa um pouco arrastada, mas creio que isso serviu como ferramenta para levar o leitor ainda mais para dentro da história, uma vez que se trata de uma cultura um pouco diferente da nossa, onde uma criança de outra época nos traz uma história triste e envolvente. É na metade do livro, mais ou menos, que surge o grande plote da história, após várias páginas de descrição de rotina e pequenos acontecimentos, enfim, Preces e Mentiras mostra para que foi escrito... Romper barreiras sociais em meio a uma sociedade de influência religiosa muito forte.

Apesar de ter uma ótima proposta e uma boa escrita, Sherri pecou um pouco ao dar comentários tão auspiciosos e maduros a uma menina que tem entre sete e doze anos de idade. Ao notar que sua tia estava com o queixo rígido por estar começando a ficar com raiva, ou analisar um móvel e dizer que ele é de mogno ou ter consciência da gravidade de certos problemas é algo bastante incomum para uma criança.
comentários(0)comente



Gabriel 27/07/2015

Indispensável para os adoradores dos livros de drama!
O Enredo

Inseridas em contextos completamente diferentes, duas garotas irão se conhecer durante o período de férias e desenvolverão uma amizade capaz de superar qualquer situação adversa. As duas começam a sua inabalável relação durante uma das viagens da família de Bethany para West Virginia’s Coal River Valley, onde seus familiares moram, incluindo sua prima e futura melhor amiga, Reana Mae.

Reana é uma criança que vive em um lar conturbado, e possui uma vida difícil, que fará com que a mesma passe por situações severas que a modificarão permanentemente. Entretanto, ela encontra em Bethany seu ponto de segurança e a amizade das duas será a única coisa que impedirá que essas garotas entrem em um caminho tenebroso e sem volta.

Cheio de temáticas complexas, “Preces e Mentiras” aborda discussões indispensáveis em meio a uma trama envolvente e instigante que fará com que o leitor devore esse livro como se fosse o último que pudesse ler na vida.

Personagens

A construção dos personagens e sua evolução ao longo das páginas é incrivelmente construída, o que fica nítido para o leitor, já que acompanhamos a vida das personagens principais ao longo dos anos e podemos perceber tais mudanças acontecendo de forma clara.

A narrativa ter sido dada a Bethany foi ao mesmo tempo inteligente e arriscada, já que através da visão da garota não tínhamos uma noção ampla acerca de diversos acontecimentos, o que possibilitou a inserção de reviravoltas e revelações ao longo da narrativa que tornaram tudo muito mais dinâmico e interessante. Entretanto, o fato da narradora nem sempre ter um posicionamento claro em relação às coisas que aconteciam ao seu redor podem irritar o leitor em alguns momentos, além de deixar algumas lacunas de tempo entre os acontecimentos importantes para história, sendo preenchidos por alguns momentos desinteressantes.

Temas abordados

Abordar temas como crenças, fé, importância da família no desenvolvimento do individuo, problemas psicológicos e até mesmo abuso sexual e pedofilia, tornaram esse livro uma obra indispensável para os adoradores de um bom drama.

Observar como os elementos exteriores podem afetar o desenvolvimento de cada ser humano é imprescindível para repensarmos diversas questões sociais e até mesmo pessoais, o que acaba sendo acentuado pela conexão que o leitor cria com os personagens componentes da história.

Opinião final

Apesar de ser um livro composto por uma história construída de maneira inteligente e cheia de potencial, a finalização do mesmo deixou a desejar, principalmente quando um grande segredo nos é revelado de uma maneira apressada e desajeitada. Entretanto, isso não impossibilita o leitor de entender a narrativa, podendo até mesmo ser um ponto relevado, já que o mesmo é um instrumento justificável para a tentativa da autora de dar um final inesperado para a história.

Com personagens incríveis, situações envolventes e angustiantes, “Preces e Mentiras” conseguiu tirar meu fôlego e me surpreender ao longo de suas páginas, fazendo com que alguns deslizes não atrapalhassem na compreensão daquilo que nos era passado, tornando-se assim, uma ótima recomendação para aqueles que estão a procura de uma leitura densa e completamente fascinante.

site: fatalityliterario.wordpress.com
comentários(0)comente



luzmarinafg 05/10/2016

Eu podia apenas amá-la
Toda família tem aqueles segredos que tentam esconder a todo custo. Nesse livro delicioso, Bethany narra acontecimentos familiares e da comunidade em que vive que me deixou de boca aberta e com a respiração acelerada.

Pude acompanhar o crescimento da menina, que, com sua transição de criança para adolescente, começou a perceber que a vida de sua família, dos seus amigos e da sua vizinhança não era tão simples quanto pensava. Muitos escândalos os envolvia.

Os segredos vão sendo revelados com detalhes e com uma força devastadora, suficiente para abalar vidas, fé e relacionamentos. E por falar em relacionamentos, um que merece destaque é o de Bethany com sua sua prima, Reana Mae, que é bem intenso e revelador.

Os personagens são interessante de um modo geral, mas admito que me apeguei a Tracy, irmã de Bethany, e sofri muito com o rumo que a vida dela tomou.

Gostei dessa leitura do inicio ao fim, e Preces e Mentiras conquistou seu lugar entre meus favoritos. Recomento.
comentários(0)comente



Tribo do Livro 14/03/2013

Mentiras com propósitos
Resenha por Ver Sobreira


(...)Reana e eu passamos os meses de úmidos do verão de 1969 caçando cobras, nadando, cavando túneis na cama na beira do rio, tentando construir um clubinho nos arbustos...

A infância é uma fase de vida em que quando determinadas coisas acontecem, jamais serão esquecidas ou até mesmo perdoadas. Mentiras, segredos, alegrias, tristezas, sucessos, fracassos, tudo. Pode ser que digamos, que esquecemos, mas todas as situações nos modificarão para sempre. Bethany e Reana Mae descobrem isso em umas férias de verão durante o 4 de julho, quando a primeira tinha doze e a segunda onze anos. Só que Bethany, começou a senti os sinais antes, quando ainda se correspondiam por cartas com sua prima. A perda da inocência pode deixar marcas profundas em uma vida, principalmente e consequentemente da forma como acontecer.

Em Preces e Mentiras, livro de estreia de Sherri Wood Emmons, estes fatos ficam claros na história das primas Bethany Marie e Reana Mae. Desde que uma tinha sete e a outra tinha seis anos, elas praticamente se tornaram irmãs; as férias no vale eram de enorme felicidade para duas. Bethany, por ser a caçula de quatro irmãs sentia-se extremamente solitária, pois quem vinha antes dela, Tracy, era uma pessoa insuportável e muito malvada. Já Reana Mae era a filha única de Bobby Lee e Jorlene, porém sua mãe a tratava com negligência e seu pai, apesar de amá-la profundamente vivi mais tempo longe, trabalhando fora do vale. Por conta disso, as duas se tornaram inseparáveis e quando Bethany voltava para Indiana, deixando West Virginia, elas trocavam cartas. Mas, quando Reana Mae tinha onze anos e Bethany tinha doze, as coisas começaram a mudar e Bethany sentiu que nada mais seria como antes.

(...) Em uma pequena clareira diante de nós, estava um velho colchão coberto com uma colcha azul e branca eu sabia que era de Reana Mae - Loreen tinha costurado aquela colcha quando ela nascera(...) Havia um pequeno rádio portátil sobre um caixote de madeira ao lado do colchão. O chão estava lotado de pequenas embalagens quadradas de plástico(...) Harley pegou um dos quadrados de plástico do chão. Sobre o ombro dele, li a palavra Trojan. Até eu sabia o que era aquilo(...)Fique olhando para aquilo, tentando entender algo de que já sabia, mas em que não podia acreditar."

A narrativa de Sherri Emmons é preciosíssima porquê simplesmente fala da vida, família, amor, amizade, verdades e mentiras. Em West Virginia do final da década de 1960, duas crianças vivenciam a perda da inocência de formas diferentes, mesmo convivendo no mesmo "universo". Bethany é mais inocente que Reana Mae, pois esta teve que se criar praticamente sozinha. Sua mãe é uma desleixada, alcoólatra e seu pai tornou-se ausente depois que a mãe perdeu o segundo filho. Ainda temos Caleb, irmão Bobby Lee , que quando vai morar na casa do irmão torna-se um tormento. À principio, ele parece apenas um desastrado, depois descobrimos um grande manipulador, apesar da pouca idade, tem dezoito anos.

Sherri W. Emmons, vai desenrolando a história e a cada capítulo você quer saber o quem vem depois. Apesar da narrativa ser sob a perspectiva de Bethany, é interessante pela inocência da personagem. Esta inocência que se perder dolorosamente com todos os acontecimentos que se sucedem. Como ela mesmo diz "Crescer dói". Magnificamente a autora nos põe em contato com um mundo hipócrita, mas que ao mesmo tempo tenta se consertar. Os personagens praticam ações que de certa forma podem ser justificada em um momento, mas que em outro perde-se todo o sentido.

Enfim, talvez por Bethany ver tudo muito preto no branco, como afirma a própria autora em uma entrevista no fim do livro, tudo que acontece torna-se mais difícil para ela. Já Reana Mae , que vinha de uma realidade mais crua, tendia a ser mais sonhadora e acaba acreditando em coisas que talvez nunca tenha ou aconteçam. Decididamente uma narrativa fascinante. Recomendadíssimo. Confira.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Rosana 04/06/2013

Preces e mentiras
Olá, a resenha de hoje é de uma história envolvente, emocionante e cheia de fatos inusitados.

Preces e mentiras é uma história emocionante, que descreve ,em detalhes, o desenrolar dos acontecimentos em torno de uma amizade entre duas crianças ( Reana Mae e Bethany) que é o foco principal da trama. Os personagens, ricamente, construídos pela autora , fazem a singularidade da obra, tornando-a emocionante e envolvente.

A família de Bethany, de Indianápolis, passa os verões no Vale de Coal River em West Virginia.

Em um desses verões, Bethany, de 7 anos, conhece a priminha Reana Mae, de seis, moradora do Vale.

Reana Mae, filha única, mora com a mãe que a rejeita. É uma criança insegura e instável; tem uma vida solitária. Ao conhecer a prima, encontra nela a segurança de que precisa, fazendo dela amiga inseparável e confidente.

Bethany é ingênua, de boa fé e bem educada. Acredita na amiguinha e a defende sempre que Tracy, a irmã ( portadora de distúrbio de personalidade), lhe faz alguma maldade.

Para a mãe de Bethany, as viagens para o Vale lhe trazem indesejadas lembranças de sua infância pobre e infeliz . Ela consegue se superar, tornando-se mãe sensata e amorosa.

Quando as primas se encontram, brincam com boneca, caminham pela trilha aberta na floresta até o rio, nadam, trocam segredinhos e dormem juntas. Quando se afastam, após o verão, trocam correspondência. Bethany fica sabendo que o tio de Reana Mae, Caleb, que havia desaparecido por conflitos familiares estava de volta. Foi bom,tornou-se amigo e protetor e companheiro dedicado, porém, a seduziu.

De volta ao Vale, Bethany percebe que Reana Mae está muito feliz, mas esquiva e tentando evitá-la. Descobre, por acaso, na mata, o segredo de Reana Mae, lendo o diário deixado no esconderijo secreto. A vida naquela pequena comunidade não era simples como ela imaginava. Com o tempo, outros segredos no histórico familiar seriam revelados.

Bethany, até então, muito ingênua, cheia de fé por acreditar muito em Deus, descobre que coisas ruins acontecem, inesperadamente, e que não consegue entender. A fé fica abalada, bem como sua ligação com a prima que ela pensava que era para sempre.

E as maldades de Tracy? O tempo se encarregou de desvendar os segredos, que às vezes por omissão, acaba em tragédia.

Preces e mentiras nos ensina, enfim, que o amor e o perdão são caminhos que conduzem à superação de conflitos e permitem que a vida siga em frente.

A capa é muito coerente com a história , a diagramação e o papel agradáveis a leitura e o texto muito bem revisado.


Resenha publicad no Livrólogos . Visitem o blog :)

http://livrologos.com.br
comentários(0)comente



55 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4