Postais do Coração

Postais do Coração Ella Griffin




Resenhas - Postais do Coração


46 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Ana Tereza 19/07/2020

Postais do coração
"Contando a história de quatro amigos, Postais do Coração trata de amor, família, morte, luxúria, fama, pilotos de balões e hamsters perdidos. Mas, acima de tudo, é sobre o amor. Encontrá-lo, perdê-lo e descobrir como mantê-lo."
comentários(0)comente



Kettlen Caroline 27/06/2020

Resenha!!!
@tempestade_de_palavras_kcabreu
.
#resenhasdatempestade
Livro: Portais do coração
Autor(a): Ella Griffin
Editora: Novo conceito
.
"Não soa muito bem no papel, mas tudo o que posso dizer é que sempre existe uma pessoa feita para você e se você encontrar essa pessoa não pode lutar contra isso"
.

Sua felicidade depende apenas de você.
"Postais do coração" é um livro repleto de confusão, nada muito diferente das famílias da vida real, afinal, sempre tem um segredo, um desentendimento, um sonho, um objetivo e decisões, muitas decisões... E, o mais importante, amor. Durante a leitura, conhecemos o modo de vida de dois casais que são amigos, mas que também são, completamente, diferentes, dessa forma, a narrativa se alterna entre eles, sendo assim, sempre sabemos as opiniões e sentimentos individuais dos personagens. Contudo, embora tenha um pouco mais de 400 páginas, algumas situações, infelizmente, ficaram vagas. Em suma, esse livro é para rir, sentir um pouco de raiva e, ao mesmo tempo, refletir.
.
.
O livro "Postais do coração" retrata a vida de dois casais: Saffy e Greg/Jess e Conor. A jovem Saffy é bem sucedida em uma agência de publicidade em Dublin, faz o possível para que sua mãe se mantenha a uma distância segura e tem o namorado dos sonhos: Ator, protagonista de um duradouro seriado de televisão, bonito, forte (e baixinho). Já Jess e Conor, juntos há 7 anos, com gêmeos e um hamster bagunceiro, vivem uma vida tranquila e feliz, ela escrevendo propagandas para jornais e revistas e ele trabalhando como professor, embora tenha o sonho de escrever e publicar seu próprio livro. Porém, enquanto Saffy acredita que será pedida em casamento por Greg no dia dos namorados, Jess recusa todos as propostas de Conor, além disso, ele começa a colocar suas estórias no papel ao mesmo tempo em que Greg almeja conseguir encenar em Hollywood. A partir de todos esses fatores, suas vidas serão transformadas de uma forma que ninguém imaginava.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Soninha 01/01/2016

Sônia Santos
Achei o início chato. Mas depois me apaixonei pelo livro. Me surpreendi com o final. A história dos dois casais se entrelaçam , e faz VC se identificar com situações do cotidiano.
comentários(0)comente



Portal JuLund 26/11/2015

Postais do cora??o, @Novo_Conceito
A sinopse de Postais do cora??o n?o diz muito, ent?o vou ter que contar um pouco de spoiler pra voc?s. Obviamente n?o vou falar demais, muito menos o final dos personagens, mas para desenvolver a resenha ? preciso dizer mais. Portanto, se n?o quiser saber mais do que a resenha diz, ? melhor parar por aqui (risos).

Saffy e Greg formam um casal aparentemente lindo. Ele ? um famoso ator, com uma voz irresist?vel e uma carreira muito promissora. Est?o juntos h? anos, por?m nunca tocaram no assunto casamento. Por?m, no jantar de Dia dos Namorados, Saffy acha que ficar? noiva. O que ela n?o espera ? que o personagem de Greg na TV ir? pedir a parceira em casamento, enquanto na vida real ele continua somente namorando. E est? muito bem com isso.

Leia a resenha completa no

site: http://portal.julund.com.br/resenhas/postais-do-coracao-novo_conceito
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Felipe 11/07/2014

Um livro que pecou pelo excesso
Confiram a resenha no blog:

site: http://umviciadoemlivros.blogspot.com.br/2013/12/resenha-postais-do-coracao-ella-griffin.html
comentários(0)comente



Rose 30/04/2014

O livro fala sobre a vida e decisões de 2 casais de amigos, saffy e Greg e Jess e Connon.
Saffy e Greg namoram há anos e ela acha que já está na hora de casar, coisa que Greg nem pensa. Jess e Connon já tem 2 filhos e apesar dos insistentes pedidos de Connor para oficializar a união, aqui é Jess que não quer nem pensar nisso. Ela foge de casamento como vampiro de água benta...
Estes amigos são bem diferentes entre si, mas acabam se dando bem uns com os outros, são os mistérios de uma amizade...
Lendo o livro, fiquei analisando estes casais. Em que parte da vida deles, eles passaram a enxergar apenas o próprio umbigo? Não deu para entender como o relacionamento deles durou tanto tempo. Será que eram sempre assim ou estavam atravessando uma fase?
Vamos fala de Jess e Connor: ninguém acreditava como Jess poderia estar casada com Connor, nem ele mesmo. Era muito areia para o caminhãozinho dele. Na minha opinião, Connor era o único inteiro dos quatro. Quando você está com uma pessoa, está com ela por inteiro, quer vê-la feliz e realizada. Connor sempre sonhou em ser escritor, e quando estava começando a realizar este sonho, ou pelo menos tomando providências para que ele acontecesse, Jess surta e acaba se afastando dele. Vai entender, em vez de apoiar, passa a ter ciúmes do livro. E Connor coitado, acaba sofrendo com a situação. Ainda bem que Jess não é tão demente assim e viu que estava pisando feio na bola, resta saber se percebe seu erro a tempo de não perdê-lo...
E o que falar de Saffy e Greg? Ele é um ator famoso, mas não cresceu muito e só tem olhos para si mesmo, apesar de ser um cara legal e de sempre tentar ajudar seu amigo Connor. Ele tem um bom coração, só precisa crescer. Saffy para mim foi a mais idiota de todos eles. Sabe aquele ditado "não jogue pedras no telhado dos outros se o seu for de vidro?" Pois é, ela passou por cima disso. Ela cobrou uma fidelidade de Greg (quando ambos estava separados) e não foi tão fiel assim... Para mim não houve traição, afinal eles estavam separados, mas voltamos ao caso... O pior da estória foi dar uma de ultrajada, totalmente sem sentido!
Sem sentido maior então quando ela começa a se envolver em outro relacionamento sério e nem conta ao rapaz a sua verdadeira história! Sem noção total!!!!!!!!!!! E para completar seu egoísmo (do meu ponto de vista, viu galera) ainda larga a mãe sozinha bem no meio de uma recuperação causada por uma operação extremamente delicada! E sabem que ficou ao lado da mãe dela? Pasmem, o Greg!
Vocês devem pensar, a Rose detestou o livro. Mas não, pelo contrário, eu gostei muito. É um livro que mostra bem como um casal, ou melhor, 2 casais que se amam acabam se perdendo um do outro. Mostra como podemos ser egoístas com aqueles que amamos. Prova que o amor precisa de cultivo diário e esta estória mostra claramente isso. Uma boa opção de leitura, sem dúvida, mas que eu não fui com a cara da Saffy e da Jess, não fui mesmo! Dos quatro, gostei mais do Connor.

site: http://www.fabricadosconvites.blogspot.com.br/p/minhas-resenhas.html
Naty 22/07/2014minha estante
Ganhei esse livro num sorteio, Rose. Espero gostar, embora sua análise tenha me deixado um pouco receosa em alguns pontos.


Beth 29/07/2014minha estante
Um romance bem intenso esse. Gostei muito da história. Beijos.


Clarice.Castanhola 23/06/2015minha estante
Ela escreve muuuito bem, quero muito ler postais do coração.
ótima resenha >.




Jung Angel 28/09/2013

Resenha Postais do Coração
A Diagramação conta em si, folhas amarelas, fonte times, letras tamanho 12. Os capitulos são separados, intitulados apenas por ordem numérica, (com o detalhe de um retângulo abaixo, de linhas), contando ao todo com 35 capítulos. O livro é divido em três partes (a abertura da folha onde está o titulo primeira parte,lembra um postal).

Gente... Sabe aquele livro que mesmo de causando um pouco de curiosidade, você não dava nada por ele? Pois é foi o que aconteceu comigo a respeito de Postais do Coração Mas o bom é que não foi um não dou nada por ele e estou certo e sim o contrario não dou nada e o livro é mara. (risos)

↻ Para ver a resenha completa acesse, O blog AAHB! Visitem o blog Angel And Her Books! E se possível não esqueçam de comentarem nas resenhas e seguir o blog!

site: angelandherbooks.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Marcella 23/09/2013

Dorzinha no coração.
Ai gente! Que dorzinha no coração que dá esse livro do meio para o final! Jesus. Ufa!
No início o livro é meio chato e muito introdutório, apresentando os personagens de forma devagar e lenta, e muitas vezes achei que tinha coisa de mais no meio da história toda.
Um ponto negativo são algumas partes que eu achei meio encheção de linguiça, pra falar a verdade.
Um ponto positivo são as partes em que a autora descreve e fala sobre a dinâmica da vida de trabalho de Saffy. Achei muito legal e conseguiu mostrar a vida de todos os personagens envolvidos no núcleo de trabalho de Saffy, sem generalizar.
Adorei o final! Não poderia ser melhor.

site: postais; amor; felicidade; drama; amizade; família
comentários(0)comente



Su Martins 22/08/2013

Postais do coração
Para quem é fã do estilo de escrita da Marian Keys (assim como eu), indico este maravilhoso romance. Pois Ella, possui o mesmo estilo de Marian. A trama se baseia na vida de dois casais, um rico e com a vida profissional em ascensão, outro duro e com gêmeos para criar. Muito bom mesmo, recomendo!
comentários(0)comente



Camila Melo (@a_bookaholic_girl) 26/07/2013

Postais do Coração (Ella Griffin)
As escritoras irlandesas estão em alta, cada vez me apaixono mais pelas suas histórias e seus livros. Já li todos os livros lançados no Brasil da Marian Keyes (Melancia) e o P.S. Eu Te Amo da Cecelia Ahern e agora mais uma entrou na minha lista de preferências: Ella Griffin.
O livro é muito bom, adorei o jeito como ela descreveu os personagens, os lugares e o ritmo da história também está perfeito. Entretanto, juro que torcia muito pelo Greg e por um final diferente para a Saffy (já que o livro fala muito da história dela, pouco se conta sobre a vida da Jess) em relação a seu parceiro e outro detalhe Conor teve algum sucesso com o seu livro ou não? E pelo menos depois de ler que entendi o porquê do título "Postais do Coração" ficou bem implicito, mas quem lê atento à história entende ;) Mas sei lá... A escrita é muito boa e não vejo a hora de ler o próximo. #FicaDica
comentários(0)comente



Bru 22/07/2013

Há uma flor nos meus espinhos
Postais do Coração foi uma leitura que tinha tudo para me conquistar, mas, infelizmente, acabou me decepcionando em alguns pontos.

Basicamente podemos dividir o livro em três enredos. O primeiro conta a crise no casamento de Conor e Jess. Na verdade os dois nem casados legalmente são. Eles estão juntos há algum tempo, já têm um casal de gêmeos e se amam profundamente, mas jamais disseram sim um ao outro diante de um juiz de paz. Quando Conor começa a investir, quase que integralmente, seu tempo para escrever um livro, Jess começa a ficar enciumada e reclama que ele não dá mais atenção para a família. A partir de então o clima entre os dois só piora.

Em uma segunda perspectiva temos a vida amorosa de Saffy, uma mulher bem sucedida, que trabalha em uma agência de publicidade famosa na Irlanda e namora um dos atores mais em alta do momento, Greg Glesson. O problema é que o cara não quer nem saber de casamento, já Saffy quer porque quer esta união.

Por último, mas não menos importante – na verdade, na minha opinião, este é o enredo mais importante do livro – temos a vida familiar de Saffy. Sua mãe super protetora descobre ter uma grave doença, ao mesmo tempo que a jovem precisa lidar com a saudade que sente do pai, pois acredita que ele a abandonou quando ela ainda era criança.

Muitas outras situações acabam surgindo durante o livro, mas essas são as três histórias base que dão “pano para manga” durante a obra de Ellen Griffing. Tudo o mais que acontece acaba inserindo-se no meio de algum desses três enredos.

A história de Conor e Jess até poderia ter me cativado, e digo que por um momento achei que seria realmente boa. Mas o seu desfecho foi frio, presunçoso e nem um pouco convincente. É aqueles que nos deixam imaginando o que aconteceu em seguida, mas as minhas perspectivas de o que aconteceu depois do fim da história deles não terminam com “Felizes para sempre”. Então, acho que faltou algo. Faltou um cuidado maior com alguns detalhes que ficaram no ar, superficiais e que acabaram deixando o lindo romance deles sem encanto algum.

Já a vida amorosa de Saffy muito me decepcionou. Achei a personagem muito covarde em diversos momentos da história. Ela tinha muito medo de falar a verdade, preocupada com o que os outros iriam pensar ou dizer. O desfecho desta catarse toda me pareceu muito forçado. Nos 45min. do 2º tempo tudo virou arco-íris e o mundo foi coberto de purpurina. Não, minha gente, as coisas não são assim! Se tivesse acontecido de outra forma a história dela até poderia ter me conquistado. Mas não. No finalzinho houve um fato que estragou tudo. Ele foi contra tudo o que vinha acontecendo na história; contradisse o que eu estava esperando que acontecesse e me deixou decepcionada.

Mas nem tudo são espinhos, e no meio deles sempre há uma rosa escondida. Como eu disse antes, a história dos pais de Saffy muito me agradou. Todo o drama da doença da mãe dela e o mistério envolvendo o pai da jovem me deixaram muito comovida e contente com o rumo que a história tomou. Este enredo não é cem por cento feliz, e isso é um dos detalhes que me fez gostar ainda mais dessa parte, pois torna a história mais plausível, mais próxima da realidade.

Resumindo, o livro é bom, e tem um grande potencial de trama e tudo mais. Só acho que algumas partes poderiam ter sido melhor trabalhadas. Muitas coisas poderiam ter sido suprimidas, pois só aconteceram para ocupar espaço. Enquanto que outras situações que deveriam ter sido mais exploradas acabaram sendo tratadas de maneira superficial. Acho que cada um deve ler e tirar suas próprias conclusões sobre esta história.

site: http://freescura.wordpress.com/
comentários(0)comente



RUDY 01/07/2013

RESUMO SINÓPTICO:
"Saffy tem um trabalho incrível em uma agência de propaganda em Dublin. Ela tem sua difícil mãe a uma distância segura. E ela acredita que seu namorado ator Greg — o próximo Colin Farrell — finalmente irá pedi-la em casamento.

Conor admira a linda Jess. Mas depois de sete anos e gêmeos, ela ainda não se casará com ele. Ele passa os dias ensinando adolescentes terríveis e as noites escrevendo o livro que espera que mude tudo — inclusive a mente dela.

Mas está difícil de alcançar finais felizes..."
(Usei a sinopse da editora pois está na medida.)


site: http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com/
Belle 21/07/2013minha estante
Otimo livro.........


Beth 26/07/2013minha estante
Acabei de ganhar esse e estou adorando ler. muito bom.


Diandra 13/08/2013minha estante
Me parece que esse livro tem um objetivo maior de que retratar um romance, mas também de nos fazer refletir sobre escolhas. Gostei da resenha.




Neyla 01/06/2013

Eu adoro livros com uma pegada meio Marian Keys. E, quando li na capa de Postais do Coração um comentário da mesma sobre esse livro, fiquei em êxtase. Como boa fã, estava esperando um livro que fosse divertido, emocionante e onde os personagens me cativassem. Mas acabei me decepcionando.
O livro conta a história de dois casais de amigos: Saffy e Greg e Connor e Jess. Saffy trabalha em uma empresa, é extremamente bem sucedida e o sonho de sua vida é se casar. Tem um relacionamento meio conturbado com a mãe e sente-se meio mal pelo abandono do pai quando ainda era muito novinha. Ela e Greg namoram já há um tempo e ele, um astro de uma série de televisão, é o personagem mais cativante da história em minha opinião. Lindo, famoso e muito infantil, Greg conquista pelas trapalhadas e pela falta de bom senso. O relacionamento entre ambos é bom, mas quando ele não faz o pedido de casamento, tão aguardado por Saffy, no Dia dos Namorados, as coisas começam a desandar na vida de ambos, e não só na parte amorosa.
Já Connor e Jess vivem uma relação totalmente contrária. Ambos têm um casal de gêmeos e é Connor que quer tanto casar, enquanto Jess é dura na queda. Para ela, não há necessidade de casamento já que as coisas estão bem da forma que está. Eles vivem uma vida modesta e Connor sonha em lançar seu livro e dar uma vida melhor à sua família. Trabalhando como professor, ele é submetido a várias situações humilhantes e, para realizar seu sonho, ele se entrega de corpo e alma, esquecendo até da família e do que é realmente importante.
Postais do Coração é um livro leve, com algumas doses de humor e com uma história que não chega a ser emocionante, mas que pende um pouco para o drama. Os personagens são despidos de carismas e a história é mais do mesmo. A história começa bem e, a partir da segunda parte, começa a ficar arrastada. Pela metade do livro eu já estava cansada e só voltei a me interessar um pouco mais nas 100 páginas finais.
O que salvou o livro foi Greg. Como já falei acima, ele foi o único personagem que me cativou. Eu ri com as trapalhadas dele, torci para que ele pudesse se reerguer e ter seu final feliz.
O livro é narrado em terceira pessoa e os capítulos mesclam a história dos personagens. No decorrer das páginas são introduzidos novos fatos, novos personagens. Apesar da história não ter me conquistado, eu recomendo o livro. Não é por que ele não foi bom para mim que não será para você. Tudo que posso dizer é que leiam e tirem suas próprias conclusões.

http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



46 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4