Deusa da Luz

Deusa da Luz P.C. Cast




Resenhas - Deusa da Luz


25 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Rose 18/01/2013

Deusa da Luz...
Bem terminei de ler esse livro ontem a noite e o que dizer dele...Não me empolguei muito com ele,não me entendam mal continuo amando a série,continuo achando que é uma das melhores que já li... mas o que não gostei muito foi da mocinha Pamela achei ela covarde muito medrosa com os seus sentimentos só porque passou por dificuldades no casamento com um homem controlador não precisava ficar tão arredia,tão sensivel se magoando porque qualquer coisa sempre desconfiando,sempre pronta a virar as costa antes mesmo de saber o que esta acontecendo....as mocinhas dos outros livros tbm eram inseguras mas determinadas...Apolo o deus TDB do momento é deslumbrante ,carinhoso, protetor e faz de tudo pra que a Pamela o veja como sua alma gemeã coisa que demora viu o lerdeza...achei o final surpreendente,não esperava um final assim...se for pra dar uma nota de 0 a 10...vou dar 8.5.....mas ainda vale muito a pena ler.... acho que fiquei um pouco decepcionada com ele porque fui com muita expectativa,tinha acabado de ler deusa do amor e são histórias deferentes...bem acho que foi isso..
Gi (linda) 03/03/2013minha estante
Estou lendo agora e acho que Deusa da Luz deveria ter sido lançado logo após Deusa da primavera, faria mais sentido... Uma vez Que Cita Hades e Carolina várias vezes!


Célia 24/10/2013minha estante
A ordem dos livros lançados no Brasil está diferente. Nos EUA está assim:

Goddess of the Sea, 2003 (BR: Deusa do Mar)
Goddess of Spring, 2004 (BR: Deusa da Primavera)
Goddess of Light, 2005 (Tradução Livre: Deusa da Luz)
Goddess of the Rose, 2006 (BR: Deusa da Rosa)
Goddess of Love, 2008 (BR: Deusa do Amor)
Warrior Rising, 2008 (Tradução Livre: Ascensão de um Guerreiro)
Goddess of Legend, 2010 (Tradução Livre: Deusa da Lenda)
Goddess of Troy , 2011 (Tradução Livre: Deusa de Tróia)


Silvia 07/11/2013minha estante
Acabei de ler "Deusa da Rosa" porque pensava ser o terceiro, já que li os outros dois, enfim, fiquei com expectativas,


Rose 10/11/2013minha estante
Eu adoro essa série...os que eu adorei muito,muito mesmo que são os meus favoritos são Deusa da primavera ( quero um Hades pra mim kkkk ) e Deusa do Amor eu simplesmente amei aquelas tiradas da Vênus usados partes intimas dos deuses...agora estou muito ansiosa pelo próximo livro....


Stefany.Rodrigues 16/02/2017minha estante
Eu achei lindo e surpreendente o final desse livro. Muito, muito lindo. Chorei tanto que tive que reler de novo pra poder chorar de novo. A Deusa do mar e a Deusa da Luz foram os únicos livros que eu chorei na serie. As cenas hots não me envolveram tanto como a dos outros livros, só me agradou a ultima cena de intimidades dele que dessa vez foi com amor. E sobre a Pamela, tenho que concordar com você kkk misericórdia aquela mulher tava me tirando do serio na maior parte do livro, o que é isso?? A autora tava testando nossa paciência só pode. Eu achei maravilhoso quando P.c Cast menciona Hades e Lina no livro. Que amooooooor! Foi muito legal ver como os dois estavam vivendo e se eu soubesse que poderia ler sem me preocupar com a ordem, com certeza teria lido a Deusa da Luz depois da Deusa da primavera( também quero Hades pra mim). kkkkkkk
Comentando mais uma vez sobre as cenas hots, as que mais me envolveram foram as dos livros a Deusa da primavera e Deusa da rosa até agora. As vezes penso que deveria ter umas feras como Asterius dentro dos homens de hoje. Genteee vou falar mais uma vez do final do livro a Deusa da luz, que final foi aquele??? Lindo demais, muito romântico, muito fofinho, muitooo perfeito. Resumindo, a serie Goddess é surpreendente demais.




Hanns 05/10/2020

Almas Gêmeas?
O livro fala de cura, de descoberta e crescimento trata do amor da maneira mais pura e bonita.
Você faria o que fosse preciso para viver ao lado de sua alma gêmea? Estaria disposta a abrir mão de tudo e até mesmo de sua imortalidade por quem você ama?
P.C.Cast provoca esses questionamentos mais uma vez numa bruma de sensualidade e mitologia.
comentários(0)comente



Julia.Franca 28/04/2020

Depois de ler Deusa da Primavera, esse livro é bem decepcionante.
Apesar de eu ainda amar a escrita da autora, nesse livro tem um casal sem profundidade e situações que não me causaram a grande emoção que eu esperava, as únicas cenas realmente incríveis foram a do começo e a do final:
Paloma observando a decoração do Fórum realmente foi muito engraçado e real, e o final, com Kristin e Jordan na praia, foi a cena mais romântica do livro.
comentários(0)comente



Robson 20/01/2013

Talvez perfeito
Sabe aquele livro que você dá 5 estrelas por conte um história e narração ótimo, mas o conteúdo não é tão tão bom? Então é esse o tipo desse livro, um livro que tem um narração ótima e um desfecho melhor ainda, mas sinceramente oque mais falta nele é a falta de conhecimento sobre a mitologia grega da autora, ela embaraça muito as coisas, e as pessoas que conhece bem a mitologia grega vão percebe uma grande falta de conhecimento da autora. Mas enfim é um bom livro e merece 5 estrela!
comentários(0)comente



Cris Oliveira 03/02/2013

Não foi um dos melhores da série, mas mesmo assim foi adorável de se ler. Esse o foco foi nos irmãos Ártemis e Apolo. Vemos um pouco do deus Hades (livro Deusa da Primavera) e muitas citações sobre a história do livro #2 - Deusa da Primavera.. então é melhor ler na ordem a série, mesmo que as histórias sejam independentes.
Um lindo romance de ser ler.. e com a magia, deuses, deusas, amores impossíves, fica tudo melhor ainda.
comentários(0)comente



HeyDebs 28/10/2020

É um bom livro
É um livro agradável de se ler, mas não é ótimo. Li outros doislivros dessa mesma saga e são avassaladores, então esperava bem mais deste. A personagem principal é legalzinha mas nao consegui me apegar a ela, algumas partes se tornaram muito arrastadas. Apesar disso, gostei da leitura e do final.
comentários(0)comente



Sammy 26/03/2014

MEU DEUS! Esse livro me surpreendeu. Depois de ler "Deusa da Rosa" eu achei que nenhum outro da série iria me fazer amá-lo tanto quanto, mas me enganei. "Deusa da Luz" é fantástico e maravilhoso. Não só o enredo prende e encanta como também o final é mais do que maravilhoso. Ensina muitas coisas sobre o amor que tornaram-se esquecidas com o passar do tempo. Sempre gostei de Apolo, mas agora passei a gostar ainda mais. É um personagem que está descobrindo o amor de uma forma maravilhosa. Você aprende tanto com ele quanto com a Pamela com o passar das páginas. Se identifica com os dois. No fim, você entende que se você ama, deixa a pessoa livre para que ela te escolha, e que almas gêmeas sempre vão se encontrar, nesta vida e em várias outras. 5 estrelas e favorito para esse livro.
comentários(0)comente



Aione 10/02/2015

Fã assumida da série "Goddess", iniciei a leitura de "Deusa da Luz", seu terceiro volume, mais do que animada e ansiosa por conhecer mais uma lenda recriada por P.C. Cast. Contudo, pela primeira vez, minhas expectativas foram frustradas.

Os deuses gregos apresentados a nós dessa vez são os gêmeos Apolo e Ártemis, enviados a Las Vegas para terem contato com os mortais e, assim, serem afastados temporariamente das constantes adorações recebidas como deuses. Contudo, quando o destino de ambos cruza com o de Pamela, designer de interiores cuja fé nos homens e nos romances está profundamente abalada, o plano de permanecerem como meros expectadores no mundo mortal se desintegra por completo.

“Os lábios de Pamela se apartaram, e ela o aceitou. Conforme o fez, Apolo sentiu que algo se abria dentro dele, como se uma trava tivesse sido desbloqueada e um alçapão fosse escancarado, permitindo a entrada do que faltava para preencher sua alma.”
página 103

As características da série permanecem em "Deusa da Luz", como a presença mítica das deidades, uma narrativa bastante romântica e com pitadas de humor, uma protagonista cuja essência feminina precisa ser resgatada.

Dessa vez, porém, achei a trama como um todo mais fraca do que as dos demais livros. A criação de cenários encantadores e fantasiosos se fez bem menos exuberante e encantadora, além do desenvolvimento da história ter sido demasiadamente linear, e sem grandes aprofundamentos nas emoções dos personagens. Tanto Pamela quanto Apolo são caracterizados por vazios em suas almas, e o passado de Pamela é suficiente para impregná-la de compreensíveis receios. Entretanto, ao invés de me cativar pelo casal, acabei achando o enredo por diversas vezes monótono.

“Apolo pensou sobre como o mundo tinha desaparecido quando Pamela relaxara em seus braços, e como a crescente confiança em seus olhos o fizera sentir-se mais divino do que todas as glórias do Olimpo.”
página 119

Pela primeira vez, também, há uma intensa conexão da história com outro livro da série. Até o momento, li os quatro primeiros volumes e apenas em "Deusa da Rosa", que sucede Deusa da Luz, havia uma pequena menção à "Deusa da Primavera", segundo volume. Ainda assim, essa conexão era mínima e em nada entregava as histórias anteriores, permitindo que as leituras pudessem ser feitas fora de ordem. Em "Deusa da Luz", todavia, por diversas vezes temos a trama de "Deusa da Primavera" mencionada, bem como sua resolução. Sendo assim, embora os protagonistas em cada um dos livros não sejam os mesmos, as leituras ordenadas dos segundo e terceiro volumes da série se fazem obrigatórias aos que não pretendem encontrar os indesejados spoilers.

Apenas ao final a trama conseguiu me agradar. Em seu desfecho, P.C. Cast trouxe novamente à obra sua bela e intensa carga de romantismo, que tanto me agradou nos outros livros, além de uma série de acontecimentos envolventes, responsáveis por me satisfazerem como leitora. Assim, minha vontade de ler os próximos volumes – "Deusa do Amor", "Deusa de Tróia" e "Deusa da Lenda" – continua presente e na expectativa de novos encantamentos, capazes de ofuscar essa leve decepção.

site: http://minhavidaliteraria.com.br/2015/01/29/resenha-deusa-da-luz-p-c-cast/
comentários(0)comente



Fer 05/10/2020

De todos os livros da série que li até agora, esse foi o que menos me cativou. Achei a história pouco surpreendente, um romance mais genérico.
comentários(0)comente



Taynara @adamadolivro 13/01/2020

Deusa da Luz - P. C. Cast
Pâmela trabalha como designer de interiores e foi solicitada para realizar um grande trabalho na cidade do pecado (Las Vegas). Seu cliente Eddie é um fanático com mitologia grega e como é podre de rico, deseja fazer de sua casa uma réplica do Monte Olimpo.
Ártemis, Deusa da Caça e seu irmão Apollo, Deus da Luz, foram enviados a cidade de Baco, Deus do Vinho, para aprender hábitos dos humanos e se divertirem por um final de semana, mas o Deus Baco não muito feliz com isso faz um feitiço que é ativado acidentalmente por Pamela. O desejo sincero dela era que seu coração não estivesse arruinado para amar novamente depois de um casamento desastroso.
Ártemis e Apollo tem que cumprir o desejo da mortal, mas ainda não sabem diferenciar paixão de amor, o que acaba atrasando a volta deles ao Monte Olimpo.
Apesar de alguns tropeços, Ártemis estava convencida de que logo voltaria a sua casa, mas não contava que Apollo iria se apaixonar por Pamela e descobrir nela sua alma gêmea.
O livro tem uma carga mitológica grande, mas ainda consegue ser uma leitura tranquila, leve e equilibrada. O amor do casal principal surge meio que do nada, mas é interessante de se ver que Apollo não luta contra essa atração, o que facilita a leitura, porque ninguém merece os mocinhos chiliquentos que atrapalham todo o enredo por pura teimosia e orgulho.
É um ótimo livro para curar ressaca literária, achei bem interessante o romance e conhecer um pouco mais dos deuses do Olimpo, quero terminar essa série logo!
comentários(0)comente



Mayara 18/08/2014

Ártemis e seu irmão gêmeo, Apolo, decidem visitar o Reino de Las Vegas, onde Baco, Deus do Vinho, reina absoluto. Não contente com a presença dos irmãos, Baco arma-lhes uma arapuca: faz com que tenham que atender ao desejo da design de interiores Pamela Gray, que deseja nada mais nada menos que um romance maravilhoso, e por um homem que seja divino, para variar. Para se livrar dessa incumbência, Ártemis envia seu irmão lindo, loiro e estonteante, mas Apolo estraga seus planos ao se apaixonar pela graciosa mortal. O livro é mediano. Nem espetacular, nem ruim. A trama, o romance, os personagens... Tudo mediano. Nada chamou minha atenção, nem é um livro que eu releria ou indicaria pra alguém ler. Achei o final bem bolado - a autora é bem criativa para dar soluções aos dilemas dos relacionamentos deuses/mortais.
comentários(0)comente



GiGobatto 24/09/2020

Uma iluminada história de amor
Diferente dos outros livros dessa série, esse encontra mais a história uma vez que mostra Hades e Lina sendo amigos do Deus Apolo. A trama é envolvente e sedutora, porém acho que em alguns momentos é um pouco perdida e um pouco cansativa. Mas o final foi realmente tocante e surpreendente.
comentários(0)comente



Raquel Comunale 07/03/2016

O livro narra o início de um projeto da designer de interiores Pamela Grey. Uma mulher independente e divorciada completamente dedicada ao seu trabalho que agora precisava ajudar um escritor com um projeto. O excêntrico cliente exige que Pamela vá para Las Vegas e absorva todas as ideias que ele quer. Então Pamela começa a pensar no projeto enquanto aproveita da cidade. Paralelo a isso, no Olimpo, Zeus decide permitir que os imortais visitem Las Vegas. Apolo, o Deus da Luz, não anda muito animado então sua irmã, Ártemis convence-o a ir com ela até Las Vegas.

Obviamente o destino dos deuses e de Pamela se cruzam e ela acaba acidentalmente vinculada a Ártemis. A deusa precisa conceder o pedido de Pamela que envolve mais romance em sua vida e pede a Apolo para ajudá-la com isso. Claro que o Deus da Luz decide se aproximar da mortal mas quando conhece Pamela começa a sentir algo completamente novo. Aos poucos Apolo percebe que está se apaixonando por Pamela mas não sabe o que fazer.

Quando o Deus Baco descobre sobre o problema resolve se meter e dificultar a vida dos irmãos. Os dois acabam presos em Las Vegas sem deus poderes e precisam contar toda a história para Pamela. Claro que primeiro ela acha que os irmãos são loucos mas seu sentimento por Apolo já é forte demais então mesmo achando tudo uma loucura ela decide ajudá-los. Aos poucos o casal percebe que mesmo com toda a dificuldade que terão para ficar juntos é exatamente isso que eles querem.

Eu gostei muito do livro. Principalmente de Ártemis e de Ve, melhor amiga de Pamela. O casal, embora extremamente fofo, não conseguiu prender muito a minha atenção. Pretendo ler o próximo livro da série.

site: http://desencontre.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Vilmara 20/07/2016

Deusa da luz
Ai Apolo! O livro como os outros da série são bem interessantes pela mistura de Romance e mitologia envolvendo mulheres atuais. Adoro todos da série.
comentários(0)comente



Dani 25/08/2020

Meloso e monótono
De todos os que eu li da série até o momento (foram 4, se não me engano), achei esse o mais fraquinho. O casal não me cativou, os diálogos não foram fofos ou românticos e sim melosos (pra mim há diferenças)... as juras de amor de Apolo foram bem forçadas e sem graça, além de uma história monótona, com poucos acontecimentos interessantes.
comentários(0)comente



25 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2