Conto de Areia

Conto de Areia Jim Henson




Resenhas - Tale of Sand


17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Yago.Grassini 27/05/2020

#ESTANTEPN
Uma adaptação incrível do roteiro de Jim Henson com a arte espetacular de Ramón K. Pérez.
comentários(0)comente



-Lá- 02/05/2020

Mais uma HQ com poucos diálogos, pra gente ficar nas suposições, nos imaginários, matutando sobre as possíveis ideias do autor. O que será que ele quis dizer?! Não achei uma resposta convincente...
comentários(0)comente



DaniBooks 19/03/2020

Conto de Areia
HQ classificada como uma tragicomédia surrealista, Conto de Areia nos traz a história de Marc, que recém-chegado a uma cidade desértica, é envolvido em uma espécie de prova. Ele não faz ideia do que está acontecendo e no que está envolvido. Ele ouve ?Corre!? e obedece.

Marc sai correndo pelo deserto e começa a ser perseguido por um homem desconhecido e com habilidades peculiares. Na tentativa de escapar e de sobreviver, se depara, no meio do deserto, com uma piscina com tubarão, com sultões, concessionária de automóveis e por aí vai.

Gostei muito dessa leitura, apesar de ter um significado meio nebuloso. Por ser surrealista, não vá procurando uma história amarradinha e fechadinha, que não vai encontrar. É tudo muito louco, mas extremamente divertido. Proporciona umas boas risadas.

A parte gráfica é belíssima, um dos pontos altos da HQ. A edição está bem caprichada também. Foi uma experiência de leitura diferente, porém bastante interessante. Gostei muito!
comentários(0)comente



Gabriel 19/03/2020

Uma loucura visual
Numa promoção, vale a pena pegar para ter na sua coleção. Ritmo frenético
comentários(0)comente



MSJU10 03/02/2020

Como não amar Jim Henson?
Não dá pra classificar como livro ou quadrinho, isso é uma obra de arte(no sentido de arte plástica, pq obra de arte todos são ?), sério, da pra arrancar as páginas e fazer uns quadros hahaha.
Ah, é MUITO surrealista?
comentários(0)comente



Laura 26/12/2019

Não sabia o que esperar mas eu gostei! Os desenhos são lindos e é um graphic novel muito único.
comentários(0)comente



@danielbped 21/06/2019

"Ah, só mais uma coisa ..."

A história começa com o protagonista Mac em uma festa totalmente aleatória, nem ele sabe o que está acontecendo, todos estão comemorando alguma coisa, então ele é carregado pela multidão até um saloon onde está o xerife.

Ele lhe diz que é um dia muito especial, e o chama para dentro para lhe passar as informações.

Então ele entrega um mapa para o Mac e diz que ele precisa chegar em tal ponto.

Ao sair do saloon toda a multidão está com faixas dizendo "boa sorte", pessoas pedem seu autógrafo, ele não entende nada, assim como nós, leitores, também não.

O xerife mostra uma linha e lhe diz que é só cruzar a linha para começar.

Mac, ainda sem entender, ultrapassa a linha. Todos começam a gritar pra que ele corra, então sem entender nada ele começa a correr, até ficar exausto, e ao olhar para trás ele se dá conta.

É uma perseguição.

E é assim, sem pé nem cabeça, que começa essa hq fantástica. Que arte incrível! Apesar de ser um quadrinho quase mudo, contendo pouquíssimos diálogos, a arte do Ramón K. Pérez possibilita uma imersão fantástica, você sente na pele o sufoco do personagem, e isso nos dá margem para inúmeras interpretações.

"... não confie no mapa."
comentários(0)comente



Rosy 26/01/2019

É uma HQ com imagens incríveis,cores,desenhos,edição, tudo está impecável. Mas Talvez não seja o tipo de história que agrade a maioria. Com poucos balões, e praticamente nenhuma explicação, tudo deve ser interpretado pelo leitor. A Mensagem tirada do livro deve ser comparada a sua própria vida, aos seus sentimentos, às suas buscas. Quando você olha as imagens, os acontecimentos no desenho e os traz para a sua vida real, fica mais fácil entender o propósito. Deixe a imaginação fluir.
Eu gostei muito !
comentários(0)comente



Guilherme Amaro 07/10/2018

Conto de Areia
Arte espetacular e uma história frenética de um personagem com apenas um mapa e uma mochila, na qual recebe uma missão e incentivos de pessoas, assim desenrola a trama ele sempre correndo , fugindo de inimigos e aparições de elementos de fantasias mesclados nos quadrinhos, passando por diversos cenários confusos e também com tons de humor no desenrolar do enredo.
Detalhe para o cigarro que aparece constantemente na história, talvez seja uma alucinação por conta do vício ou mesmo causado pela ação do deserto no personagem.
Enfim muito bom, editora Pipoca e Nanquim mais uma vez realizando um trabalho magnifico.
comentários(0)comente



Guilherme 23/06/2018

Muito viajado...
Terei que reler para compreender melhor!!
comentários(0)comente



Silvio 06/06/2018

Conto de areia reflete bem a época em que foi escrito, os anos 60 da psicodelia e non sense. Por isso, não procure um sentido lógico na história, leia com a mente aberta e talvez encontre várias interpretações. Eu preferi viajar na fabulosa arte de Ramón Pérez.
comentários(0)comente



Lara 26/05/2018

Sensacional
A jornada do herói que cada um interpreta como quiser.Cores, arte, letras, roteiro e a qualidade da edição surpreendem.O homenzinho passa por diversas situações das mais diferentes indo pra um lugar que não sabe bem onde fica e nem o porquê de ter que chegar lá.Bem parecido com a gente na vida correndo o tempo todo sem saber bem pra onde nem porque.Ele enfrenta muitos obstaculos o que parece que as vezes nos deixa sem folego como o próprio personagem.E conhece alguns personagens bem interessantes pelo caminho.Recomento muitissimo a leitura!
comentários(0)comente



Panda djpandacwb 25/04/2018

Um filme em narrativa gráfica
Tão sonoro, lúdico, fantasioso... Um sonho com flashes cinematográficos. Cada leitura um novo detalhe. Imaginação transcrita numa narrativa excepcional.
comentários(0)comente



17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2