Depois dos Quinze

Depois dos Quinze Bruna Vieira




Resenhas - Depois dos Quinze


113 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Bárbara 27/12/2012

Quando eu peguei no livro, eu pensei: "Bom, esse vai ser O livro". Crônicas e contos escritos pela minha blogueira preferida! Amei a capa do livro, amei as páginas do livro, amei todos os detalhes do livro, mas não gostei do conteúdo! Me decepcionei MUITO! Eu esperava mais, e tive que me esforçar pra terminar de ler. Massss se você tem 12 anos, acho que você vai amar, se identificar e etc.

Bom é isso, não gostei. Mas a Bruna continua sendo minha blogueira preferida ♥
Carol 07/01/2013minha estante
exatamente como me sinto. adoro o blog, acho lindo o projeto do livro, mas esperei mais das crônicas. tem umas MUITO boas, mas com a maioria não me identifiquei. sei que não sou o público do blog nem da bruna, mas de alguma forma no blog idade não tem presença. no livro, teve. mas o livro em si é lindo, o que ele representa - uma blogueira, fofíssima, saindo do online e mostrando que aqui tem produção - me enche o orgulho de emoção, ainda!


Sofia 18/01/2013minha estante
Entendo o que você quis dizer... Quando soube que a Bruna ia lançar um livro, enlouqueci querendo comprar. Porém, quando encontrei ele na livraria, só uma palavra descrevia: DECEPÇÃO. Textos clichês, com frases clichês como "A melhor roupa para uma garota é um sorriso" me deixaram muito decepcionada mesmo! Esperava textos inteligentes, mais longos e com uma "história". É o tipo de livro que tem um público alvo muito restrito. Não tenho vontade nem de comprar mais. Se quiser ler textos assim, eu vejo no blog dela mesmo! Não curto textos de amor clichês.


LeeSantos 27/01/2013minha estante
Exatamente isso, o livro em si em lindo mas o conteúdo não é bom, se fosse pra mim ler aqueles textos entraria no blog dela. Fiquei mais de um mês pra ler esse livro


Sapertinny 31/01/2013minha estante
Ufa, não fui a única que achou isso então. Por mais que os textos sejam muito bem escritos, eu achei tudo tão igual, é o mesmo bater de tecla sabe, foi bem angustiante alguns textos. Alguns eu amei, e tenho que confessar que o que me fez ler até o final foi "Vértices de um amor, que eu acompanhei em 2010 quando ela postava no blog e surtei quando vi que tava no livro. Mas fora os textos iguai, não tenho nenhuma crítica ao livro.


Eduarda B 13/03/2013minha estante
Concordo com vocÊ, eu delirava quando via o livro, estava completamente louca, doida para ler pelo fato de ela ser minha blogueira favorita. Acho que ficou uma coisa chata por já ter lido muitos textos no blog ou algo semelhante. E sim, clichê. E eu ainda não consegui terminar de ler o livro, os textos são bons, sim, mas nada do que eu esperava. Espero sinceramente que o segunda livro da Bruna (que será um Romance protagonizado por Anita) seja melhor seja algo diferente, não tão clichê assim.


Mariana Mello 10/04/2013minha estante
O sucesso do livro é a escritora e o blog... Também me decepcionei porque os textos parecem todos iguais e clichês, alguns até tiram referencias daqueles textos "todo mundo já viu no Tumblr". Me senti lendo uma auto-ajuda que eu não queria hahah. Ainda gosto do blog e acompanho, mas no livro, a melhor coisa foi mesmo a "fofura" da edição.


Charlotte 23/04/2013minha estante
Eu cheguei a pensar que havia algo errado cmg. Todos comentavam tão bem sobre o livro - não dizendo o contrário - mas pensei que seria algo extraordinário, e não foi!! Sinceramente, acho que a parte mais legal foi o fim. Aquela pseudo-fic.
Adoro o blog da Bruna, e até alguns contos que ela posta por lá, mas eu esperava mais, até pelo alvoroço sobre o mesmo!


Alice Renise 10/05/2013minha estante
Eu gostei do livro e até me identifiquei com algumas coisas, talvez porque eu faça parte do público alvo adolescente bobinha, mas acho que o problema foi que vocês esperavam demais do livro. A Bruna realmente é a minha blogueira favorita mas eu já sabia que o livro seria apenas uma versão impressa dos textos já publicados no blog, que na minha opinião, são bons. Eu já não esperava nenhuma surpresa, talvez por isso não tenha me decepcionado como vocês. :D


Mari 23/05/2013minha estante
Pensei que fosse só comigo que isso aconteceu! Comprei ele a pouco e logo comecei, eu geralmente leio rápido, mas, quando eu não gosto de um eu realmente não gosto, e não consigo ir até o final, to vendo que ele vai ficar um pouquinho de lado até eu ter vontade de ler ele de novo :(. Ótimo blog mas o livro... bom, ele em si é bom mas (na minha opinião) ele é daqueles que tem leitura cansativa.


Nathy 30/05/2013minha estante
Tbm criei muitas expectativas do livro e to me esforçando muito pra terminar de ler


Bia 01/07/2013minha estante
senti a mesma coisa, comecei a ler toda empolgada e não é tudo isso... bem auto-ajuda e não curti muito :(


Ianka 10/09/2013minha estante
Foi o livro mais lindo que já vi em termos de capa, mas nossa o conteudo estava bem pobre. Eu pensei que ela iria criar contos maravilhosos mas foi basicamente lamentações por perda de garotos e fim. Porem havim frases legais mas nada mais que isso. Puro tumblr.


Nicole 16/11/2013minha estante
exatamente!!!! a bruna só conseguiu vender muitos livros por que é blogueira e muitas leitoras (como eu)compraram na expectativa. Me decepcionei DEMAIS, tanto com esse livro, como com o De Volta Aos Quinze, e agora ela inventou que vai escrever mais um livro de crônicas entao ano que vem vai lancar um de cronicas novo e o De Volta Aos Quinze 2... não quero nem ver porque será muito ruim, como os outros... ela está dando um passo maior que a perna e indo atrás de virar escritora sendo que o que ela é é uma blogueira e somente isso. uma ÓTIMA blogueira, péssima escritora


Brubs 05/12/2013minha estante
pensei que foi só eu que pensou isso :/


Larissa 06/12/2013minha estante
eu tenho doze anos e n gostei mt n, tmbm eu esperava mais..


Kemelly 06/01/2014minha estante
Parecia que eu tava lendo o tumblr de alguém.


Caroline 18/03/2014minha estante
Me senti aliviada de não ter comprado.. ;D
Melhor comprar os livros de escritoras famosas que sabemos que escrevem bem.. Enquanto a bruna comece a escrever livros bons. Eu adoro o bruna, mas fiquei impressionada com tantos comentários falando mal do livro, ou todos 3, já tirei da minha lista de livros. Infelizmente fiz uma postagem e agora depois que tdos viram vou tirar alguns.. Mesmo assim adoro a bruna..


Julia 19/07/2014minha estante
exatamente isso!


sophsantana 10/12/2014minha estante
Me desculpe,mas eu não gostei de você falar das cranças de 12 anos,reibaxando-as!Eu tenho 12 anos e não é por isso que sou pior que você!




Melina Souza 27/11/2012

Antes de falar sobre o livro, quero agradecer a Bruna e a Editora Autêntica/Gutenberg por terem me enviado a prova do livro antes do lançamento.

Bom, quem acompanha o blog Depois dos Quinze já conhece a história da Bruna: depois de levar um fora, abriu o bloco de notas, transformou sentimentos em palavras e criou aquele que se tornaria um dos blogs mais influentes do Brasil. Aos pouco e com muita dedicação, foi realizando seus grandes sonhos: viajar pro exterior, se mudar pra São Paulo, fazer intercâmbio, escrever pra revista Capricho e publicar um livro!

O livro Depois dos Quinze – Quando tudo começou a mudar, foi publicado pela Editora Gutenberg (a mesma da Paula Pimenta). Nas suas 200 páginas amareladas muito bem diagramadas, viajamos com seus contos e crônicas, alguns já publicados no blog, outros novos.

É uma leitura bastante agradável, daquelas que, naquela mentira de “só mais um e aí eu vou dormir”, você se perde na hora e, quando vê, já passou da página 100!

Resenha completa: http://melinasouza.com/2012/11/24/depois-dos-quinze-quando-tudo-comecou-a-mudar-bruna-vieira/ :)
comentários(0)comente



Helena 06/07/2013

Pior Livro que Já Li
Bruna Vieira, blogueira de Depois dos quinze e colunista da revista capricho, Bruna encheu seu blog de propagandas sobre o livro e como seu público é grande, vendeu bastante e não posso afirmar com precissão, mas acredito que será o primeiro e último, quando terminei de ler o livro tudo que pensei foi "Se ela conseguiu publicar esse lixo, até eu viro escritora também", o livro é muito fraco, parece um livro de auto ajuda(do pior estilo), clichê até o fim. E a realidade para mim? Não conheço a leitora, mas para mim é uma narcizista que quer ficar famosa a qualquer custo e ganhar dinheiro nas costas de suas leitoras pré-adolescentes.

CONTINUE LENDO AQUI: http://www.cupcaketaste.com/2013/07/resenha-depois-dos-quinze.html

site: http://www.cupcaketaste.com/2013/07/resenha-depois-dos-quinze.html
Camylla 09/10/2013minha estante
Ela consegue publicar por causa da fama do blog. Sinceramente nao li o livro mas perdi a vontade pq me parece ser pra quem tem 12 anos (tenho 22) sabe e nunca curti os textos do blog. Uma pena pq achei q poderia ser interessante


Jeannie 27/09/2014minha estante
Eu pensei a mesma coisa...realmente, foi a fama do blog que fez esse livro ser publicado!




Rafaele 11/05/2013

Bobo
O livro em si é lindo, as ilustrações, as páginas especiais, a paginação, muito lindo mesmo.

Mas os textos são meio bobos. São textos sobre corações partidos, em sua maioria, em que ao mesmo tempo em que quer falar sobre o acontecido, tenta generalizar o assunto - em parte pra não sair arreganhando a vida pra todo mundo, em parte pra atingir mais pessoas, mas o efeito não é legal, acabei com a sensação, muitas vezes, de que não sabia exatamente do que ela tava falando...

Acho que se os textos fossem organizados por data, dos mais antigos pros mais recentes, seria melhor. Daria também, uma noção de amadurecimento, que eu enxerguei em alguns textos, mas que no próximo, já não existia.

Alguns textos apresentam outros personagens e diálogos, e é uma lástima! Porque a Bruna ainda não aprendeu (acredito) que os personagens tem que ter personalidades diferentes e aí fica parecendo que todo mundo tem a mesma cabeça, pensa do mesmo jeito, não é nem um pouco verossímil!

Achei que eu conseguiria acabar o livro todo, o último texto é... longo, bem longo.

Oremos pra que ela não invente de escrever um romance.
Helô 14/06/2013minha estante
Ela esta escrevendo um romance kk


Rafaele 15/08/2013minha estante
Óh, céus! Óh, vida! :|


Bella Nine 15/11/2014minha estante
Então, eu li por conta de um projeto e achei que conseguiria entender a cabeça de uma garota de 15 anos. Só que do quinto texto em diante eu via que a autora não mudava o assuno. Parecia que ela tinha colocado a música pra repetir um milhão de vezes no ipod e nunca mais ia tirar daquela maldita faixa.
A boa crônica te expõe e isso é fato. Se você quer escrever meia dúzia de palavras aleatórias, sério, nem se dê ao trabalho. Me perguntei se as meninas de 15 anos pensam como ela e até agora estou sem entender.
Sinceramente, não entendo o que raios as meninas enxergam nela e no que ela escreve. Porque, na boa, na maioria das vezes e já nem sabia mais o que raios ela queria expressar.
E o último conto.... uma tortura! Fútil, clichê, vazio ea protagonista não tem conteúdo.
Essa nova geração tá caminhando pra alienação.




Bella Nine 12/11/2014

Era isso?
Eu ainda não entendi porque raios ficam vangloriando tanto uma garota que, assim que você lê a quinta crônica entende que ela falará mais do mesmo e do mesmo jeito.
Precisei ler o livro por conta do meu projeto. Quando você cresce, a tendência é esquecer um pouco como era quando você era mais nova - tá. nem sou tão velha assim. - Mas a questão é que, na boa, todo mundo falava tão bem das crônicas, tão bem dos textos e eu ficava pensando: "nossa ela deve ser boa!". Mas então eu vi que nem é tudo isso.
De acordo com a minha melhor amiga, eu preciso considerar o fato de que ela é menina de interior. Ah, sério, isso não é desculpa. Com a bendita tecnologia que ela tanto cita nas crônicas e o meio de comunicação primordial dela - a Bruna - ser de uma cidadezinha pequena não te torna a pessoa que pode falar a mesma coisa, do mesmo jeito, em todos os textos.
Mais uma vez eu tenho me questionado o que raios tem ocorrido com essa geração que se sente já tão maravilhada com tão pouco. E, não é pra querer soar a dona da verdade, porque eu nem tenho esse poder, mas na idade da Bruna eu queria conquistar o mundo. Eu queria ir tão mais além do que um romance besta, com um menino que é melhor amigo. Acho que é por isso que antes eu não queria escrever um livro - por mais que sempre tenha morrido de vontade - porque escrever crônicas, contos e até mesmo romance requer vivência, requer conhecimento acerca das pessoas e sua imensa complexidade. E tudo que li nesse livrinho da Bruna foi uma menininha boba que se dizia madura quando, no final das contas, era uma adolescente sem graça que só tinha o intuito de achar o cara dos seus sonhos.
comentários(0)comente



Isa 06/05/2013

Decepção
Eu estava realmente louca para ler esse livro. E não me aquietei até compra-lo. Porém quando comecei a ler me decepcionei bastante pois as historias são bem repetitivas e falam da mesma coisa.Em alguns pontos eu tive que me forçar a continuar a leitura. Porem eu gostei muito do design da capa, das paginas amarelas e da fonte escolhida. Porem não gostei do livro. Eu gosto muito da Bruna Vieira, ela é minha blogueira preferida, amo demais o blog dela. Porém eu esperava mais.
comentários(0)comente



Mimi 29/03/2013

Gostei do livro… Porém não foi o que esperava. Eu li por causa da escritora e, sim, me identifiquei bastante com ela. Porém acho que ela não deveria ter sido TÃO romântica. E acho que ele foi vendido muito por causa da escritora, assim como esse foi o motivo pelo qual comprei. Sinceramente? me arrependi, acho que deveria ter comprado outro livro, tipo ‘A Culpa é das estrelas’ ou outros que me apaixonei na Saraiva. E no final, não foi muito empolgante e me arrependi.

Então, acho que basicamente também comprei pela capa e pela escritora. E por favor não façam isso, gente, não peguem um livro pela capa… peguem pelo que se identificam nele, pois no final vai ser isso que te dará o prazer de dizer “Nossa, que livro ótimo”.
comentários(0)comente



Mari 28/12/2013

Comprei esse livro porque acompanho o blog há algum tempo e porque a capa é a coisa mais maravilhosa que eu já vi. Já estava na minha wishlist desde que lançou e não perdi tempo quando fui na livraria e vi ele lá dando sopa.
Eu fui meio que me arrastando pelos primeiros contos e crônicas. Não sei, mas tive a impressão que a Bruna Vieira colocou alguns dos mais antiguinhos no começo e a escrita dela no início não era tão boa assim. Os textos são bons, sim, mas me incomodou um pouco o jeito que ela escreve.
Não sei dizer qual foi o meu favorito (nem se eu tenho exatamente um), mas amei "Pensamentos de taxímetro", "A roda-gigante", "O big boss e a minha indepência" e "Cinderela e o sapato sem número". Só que eu odiei o último conto, "Vértices de um amor". A história não convence, a protagonista (Daniela) comenta umas coisas completamente desnecessárias durante a narrativa (além de ficar de mimimi o tempo todo, que eu acho que foi uma tentativa fracassada de fazer uma personagem forte), essa fuga do Matheus não tem pé nem cabeça, e muito menos o motivo que o tal do Phelipe deu pra terminar o namoro com a Daniela. Me decepcionei demais com esse conto, por isso não dei mais estrelinhas ao livro, apesar de o resto ser maravilhoso. Só espero que De Volta Aos Quinze não seja como "Vértices de um amor", porque eu simplesmente me apaixonei pela capa, pela sinopse e pela edição inteira do segundo livro da Bruna.
Eu vi várias resenhas no skoob dizendo que se decepcionaram com Depois dos Quinze. Tinha muita gente falando que o livro serviria para uma adolescente, mas para o público adulto é uma leitura inútil. Gente, o livro é escrito por uma adolescente. Por que cargas d'água vocês acham que o livro e o blog se chamam Depois dos Quinze? Ela era uma adolescente quando começou a escrever e continua sendo uma adolescente (19 aninhos, oi?). É óbvio que o livro não vai ser um poço de inspiração e sabedoria pra uma pessoa de 30, que já passou por muito mais coisa na vida e quebrou a cara mais vezes. O livro fala dos sentimentos e das descobertas da autora na adolescência e no comecinho da vida adulta. Se decepcionar com o amor da nossa vida, se apaixonar, mudar de cidade. Essas coisas.
Enfim. Livro super recomendado. Capa linda, edição linda, diagramação linda, conteúdo LINDO e, cara, essas fotos no meio do livro me conquistaram. E, mesmo se você tiver uns 70 anos e quiser ler isso, vai na fé. Porque pode até não ser tão construtivo assim, mas vai ser divertido. Prometo.
comentários(0)comente



Clara 23/07/2013

Nhé...
Quando eu comprei fiquei tipo "esse é O livro", mas conforme eu fui lendo me decepcionei, tanto com a forma da autora de escrever quanto aos temas dos textos. São bem neutros, não li nada que me acrescentou. Muito alarde pra pouco conteúdo.
comentários(0)comente



Cássia Lima 31/03/2014

Um blog em páginas. =/
Leitura difícil...
Achei que não conseguiria ler até o final. (pensei em desistir umas 7 vezes)

Acredito que mais por falha minha, deveria ter pesquisado melhor antes de comprar pois não é o estilo de livro que gosto. Ela reuniu algumas postagens do blog dela em um livro, então não é uma história contínua. São várias crônicas e contos sobre como uma garota em sua pré-adolescência vê as dores do amor. Isso cansa.

Não vou generalizar, pois há gosto para tudo né? Respeito quem curte esse tipo de leitura e mais ainda o esforço da autora, mas continuo preferindo histórias sólidas, com um início-meio-fim.

Tem alguns trechos legais, que dá pra usar como frase no facebook (enquanto ele durar), ou para tentar resumir um sentimento, mas a autora gosta demais de frases imperativas do tipo:

"Elogie suas amigas", "Abra logo essa janela", "Beije-o"

Ou trechos cortados:

"Uma bebida. Sua barba. Luzes piscando. O xadrez da sua blusa. Roda gigante. Seus olhos. Alargador. Mãos na cintura. Poeira levantada. Sua boca. Minha boca. Nossa respiração. Foi."

Eu odeio leituras assim porque elas me cansam demais!!!
Sei que tem gente diferente, como falei, gosto é gosto. Pode ser que você ame esse livro.

Não tem um personagem principal, pareceu-me que a autora é a protagonista de praticamente todas as páginas, inclusive pelo nome dela em diversos trechos. Talvez essa tenha sido a intenção, uma vez que era um blog pessoal com desabafos (certo?).

A capa e alguns detalhes do livro são lindos, parabenizo a editora pelo carinho na elaboração dele.

As fotos da Bruna são fantásticas, e todos falam isso. Não sei quem fez a arte do livro, mas o conjunto ficou ótimo!

site: http://rcassiaslima.blogspot.com.br/2014/03/livro-36-depois-dos-quinze.html
Bella Nine 12/11/2014minha estante
Gostei do que você comentou e digo mais; A ideia de crônica é basicamente essa: você ser breve ao narrar algo. Acho qe a crônica bem escrita ela te instiga, nunca te cansa. O problema, como eu relatei no meu depoimento, foi o fato de que depois da quinta crônica você sabe que a narrativa, que os blá, blá. blá não vão mudar. E isso cansa. Cansa porque você percebe que pra quem enche tanto a boca pra dizer o quanto é bem sucedida com esse blog dela, experiência de vida é zero e, na maioria das vezes, você não enxerga nada que possa acrescentar em seus próprios pensamentos e reflexões. Impressionante como essa nova geração que se diz tão tecnologicamente antenada é, no final das contas, mais primitiva, acomodada e qualquer coisa que jogam na mão dela acaba aceitando e endeusando.




Livia 28/12/2013

Gostei mas não gostei
Não posso dizer que o livro é ruim ao todo, são textos muito bem estruturados e legais, com aquelas frases ótimas pra colocar no status do facebook, mas preciso dizer que depois de dois, tres textos acabei ficando cansado do livro, e tive que literalmente me forcar a termina-lo. Sabe quando você ta no tumblr, e lê um textinho, acha legal, passa umas 20 fotos, lê outro textinho, e por ai vai, agora quando esses textos estao todos juntos e misturados no mesmo, meio que vai dando um pelo de um "saco cheio" de ler toda essa massa tumblriana junta sobre o mesmo tema.
comentários(0)comente



Monica 12/06/2016

RESENHA: DEPOIS DOS QUINZE
Esse é o primeiro livro da Bruna Vieira. É um livro recheado de crônicas e textos. Leitura agradável e fácil.

Meu ponto de Vista: Esse livro é maravilhoso! Eu simplesmente amei! Um livro ótimo para quem gosta de crônicas e textos. Ele se tornou um dos meus favoritos e já li 2 vezes.
Ester.Pereira 05/10/2016minha estante
Também já li mais de uma vez... haha




Amanda Carneiro 08/06/2014

Um livro que nos completa.
Faz quase quatro meses que estou com o exemplar de Depois dos Quinze emprestado de uma amiga, não consigo fazer resenha, e nem quero devolver. Além de ser um livro lindo, é uma daquelas obras que você não consegue não-ficar-sem-ter-um-por-perto, sabe?! É como uma necessidade mesmo. Então eu, aqui de todo o meu coração, espero que essa resenha consiga ao menos ser considerada uma resenha. É amor demais, vocês não tem noção! :’)

“A gente se apaixona, sente o movimento das borboletas e toca as estrelas durante a noite antes de dormir. Sente ansiedade e desenha corações em folhas de papel em branco. Sso é amor. É o que dizem, é o que você sentiu. Flores, bochecha vermelha, coração disparado, cabelos misturados e bagunçados na cama.”

Há algum tempo (mas nem tanto tempo assim), conheci o blog da Bruna e desde então venho acompanhando-o: uma mistura de textos românticos, fotos bonitas, vídeos bacanas e dicas sobre relacionamentos, viagens, roupas... Quando soube que ela publicaria um livro, uma amiga minha (beijo, Mavi! ♥)me influenciou a ficar ansiosa com ela. Então lá ficamos nós duas: contando os dias pro lançamento, no meio das aulas chatas de Física.
Bruna, blogueira do Depois dos Quinze (blog que leva o mesmo título do livro) reúne crônicas e contos românticos. Alguns já publicados em seu blog, outros exclusivos. Nas palavras simples e sutis, mergulhamos e nos entregamos verdadeiramente aos textos. São poucas as pessoas que conseguem passar sentimentos para o papel, sem parecer vago ou insensível. E quando encontro isso (principalmente na nossa literatura atual), é como descobrir tesouros. Junto à Clarissa Corrêa e Tati Bernardi, a Bruna figura entre minhas escritoras preferidas e mais poéticas da atualidade. Gosto da simplicidade da Bruna. De como ela é uma garota que, mesmo figurando entre as top blogueiras, ainda assim pode ser nossa amiga. Admiro-a muito. E que, com toda a certeza, é um espelho pra mim e pra muita gente!

“Você o observa de longe. Percebe cada detalhe, como se fosse a primeira vez. Como se o seu universo fosse o mesmo que o dele. Apesar de nunca terem se falado, sente que foram feitos um para o outro e que poderiam passar a eternidade juntos. (...) Ele não está do seu lado, mas por algum motivo você pode sentir todas as cócegas e carícias que ele faz em alguém. Esse cara te faz acreditar no amor. Um amor que arde, que seca e sufoca. Mas que, ao mesmo tempo, preenche. Um espaço que sempre existiu, mas que agora ele ocupa sem saber.”

É tudo feito de forma tão simples, tão cheio de sentimento que realmente conseguimos ver o amor nas frases. Aquele amor que transcende os limites e nos toca de um jeito especial. Depois dos Quinze é de uma leitura rápida, que flui maravilhosamente bem. Uma leitura que mexe até com os leitores mais “durões”. Que revela o amor, até mesmo onde não parece existir. Sim, é cheio de clichês. Sim, pode parecer bobinho. Sim, é voltado para o público teen. Mas continua sendo um livro que tenho vontade de carregar sempre na bolsa, para todo dia, poder parar, e ler de novo. É um livro que nos faz ver a beleza da vida, a beleza do amor, e de nós mesmos. É um livro que nos completa. E que recomendo para todo mundo. :)


“Porque no fundo no fundo, o que todo mundo quer é fazer o outro entender o que se passa por dentro. Alguns compram uma rosa, outros tomam atitude, e eu? Escrevo.”

site: www.primeiro-livro.com
Maura 18/11/2014minha estante
Oi, sou estudante do curso de Produção Editorial da Universidade Federal de Santa Maria e estou formulando meu pré-projeto de conclusão de curso, que será sobre o livro Depois dos Quinze, da autora Bruna Vieira. Gostaria de saber se tu terias disponibilidade para responder alguns questionários que serão formulados no ano que vem. Posso contar com a sua ajudinha? Fico no aguardo e desde já obrigada!




Bia 22/01/2015

Saído do Tumblr
Eu ganhei esse livro quando fiz 15 anos, mas só consegui terminar de lê-lo com 16, porque sempre aparecia uma leitura mais interessante (o que nem é tão difícil). A diagramação é linda, as páginas especiais, tudo. Mas os "contos e crônicas" são muito constrangedores, pois mostram a menina como uma babaca sem nada pra fazer além de amar e sofrer, fala sério. É como se ela tivesse pego os textos com mais "notes" do seu tumblr e arrumado pra fazer um livro porque o tema é sempre o mesmo, não há nada além de "corações partidos" e "garoto do sorriso bonito que me desiludiu", é extremamente imaturo, como se o mundo de uma garota de 15 anos se resumisse a garotos, beijos e festas e, adivinhem: não se resume. Meu mundo é muito menos limitado do que esse livro faz parecer.
comentários(0)comente



Vickie 02/05/2013

Life isn´t about finding yourself. Life's about creating yourself -George Bernard Shaw
Bruna Vieira é simplesmente a blogueira adolescente mais famosa do país. Ela é dona do meu blog preferido, Depois dos Quinze, e recentemente, lançou um livro de mesmo nome. É uma coletânea de contos e crônicas feitos por ela mesma.
São todos sobre amor, amizade, família, e trazem uma reflexão ótima. Tenho uma observação a fazer: acho que quem deveria ler esse livro são as adolescentes, em uma faixa de 12 a 18 anos, porque tem uma temática mais jovem, e não acho que o público adulto iria gostar muito. Enfim, tenho 15 anos, e me identifiquei bastante com as palavras da Bruna. Além dela escrever super bem, de um modo leve e divertido, ela é super madura e já passou por algumas situações que se encaixam perfeitamente com nossos sentimentos. É incrível o modo como ela pega nossos sentimentos e os transforma em palavras. Coisas que não conseguimos nem expressar em diálogos, vemos impressos em um livro. É mágico e maravilhoso.
Algumas crônicas se sobressaem em relação à outras, e gastei umas 50 folhas de post-it marcando todas as quotes que gostei. Olhe algumas:
"(...) dizer eu te amo não é assinar um contrato com tempo de duração. É dizer com apenas três palavras que aquela pessoa tem alguma coisa que a torna diferente de todas as outras no mundo."
"(...)a maneira como os outros nos enxergam tem muito a ver com a maneira como nós mesmos nos enxergamos."
"Anote aí: as pessoas nunca nos entendem por completo. E, ainda sim, talvez a graça dessa vida seja tentar encontrar alguém que consiga."
O livro é recheado de frases fofas, de reflexões e de coisas que ela aprendeu ao longo dos seus 18 anos (novinha, mas super madura!) Não são só textos de amorzinho adolescente. Um que chamou bastante minha atenção era os apelos de uma amante, e outro de uma filha que os pais brigam sempre.
As frases me fizeram refletir, pensar, e querer pregar todas na parede do meu quarto (por que não?!). Eu amei a simplicidade e a honestidade do livro. É fofo, maravilhoso, e profundo. Não gostei muito da última crônica, mas penso que é como um preview para seu próximo livro.
Algumas crônicas que mais gostei:
-O cara dos meus sonhos
-Amar sem amor
-Carta pra depois
-Depois do amor (AMEI essa)
-Peixes e amores
-O beijo
-Promessas de Fevereiro
-Epifania
Entre outros...
Também confesso que alguns contos me deram um nó no estômago e medo do futuro. Medo de várias coisas. Medo de me decepcionar, medo de não ser boa o bastante, e medo das coisas darem errado.
Muitas vezes parei de ler agoniada.
É realmente sufocante o tanto que você se identifica.

A edição está maravilhosa. A capa é linda, a diagramação também. A GUTEMBERG está de parabéns. O papel escolhido é ótimo, e a fonte é maravilhosa. A única coisa que tenho a reclamar é que a lombada racha quando dobramos o livro. Achei isso péssimo :(
Mas enfim, recomendo muito o livro. Prepare-se. É algo bem meloso, fofo, e profundo...até demais.
Mas leia. É incrível. Parabéns pela Bruna pelo trabalho! :)
Beijos, Vickie
http://chicletevioleta.blogspot.com
Victória 15/11/2015minha estante
Amei a resenha!




113 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |