Herdeira da Morte

Herdeira da Morte Gusttavo de Assis




Resenhas - Herdeira da Morte


3 encontrados | exibindo 1 a 3


Adriano 21/09/2013

Surpreendente! *-*
Penso que esta é a resenha mais difícil que já escrevi! É muito mais fácil falar de um livro, quando você não é amigo do autor dele! rs
E essa dificuldade porque sou amigo do Gusttavo de Assis, autor de Herdeira da Morte. Temo decepcioná-lo! rs Ou não expressar em palavras, todas as coisas que vivi com esta leitura!

A trama centra-se em Elizabeth Grindelwald, uma adolescente de 16 anos, impulsiva e que decide se mudar de colégio, crescer e amadurecer longe de seus pais. Saiu em busca de novidades, enfrentar a vida e escrever seu próprio destino. Ao se estabelecer em Dominic Alfie, mais precisamente na escola Howllet High ela se depara com uma vida totalmente diferente, em que tudo que ela acreditava e tinha como aceitável desmorona, dando lugar a eventos sobrenaturais. Aah, a melhor amiga de Lizzy é a super descolada Diana Campbell! rs

Em seu círculo de novos amigos, ela se aproxima de algumas meninas chatas ao extremo e eu as odeio! (Gu, perdoe-me, mas Samantha, Amy e Ellen são umas bitchs!) Essas meninas logo se mostram cobrinhas e a amizade que diziam devotar em Lizzy é extinta! Nossa protagonista linda, se encanta pelo fofo e meigo Harry e logo, como todos os fatos da vida de um adolescente, começam a namorar e se amar!

Até aí, tudo lindo... Não fosse, uma sensação diferente que Lizzy mantinha sobre o misterioso e bad-boy Thierry McGarvey, melhor amigo de seu namorado! Se você pensa que é mais uma história clichê, por favor, se retrate publicamente agora! A história é tudo, exceto clichê. O Gusttavo conseguiu construir uma nova trama arrebatadora, usando como plano de fundo o "falso padrão".

Assim que se estabelece em Dominic Alfie, Lizzy começa a ser protagonista de uma série de fatos sobrenaturais e estranhos. Bilhetes anônimos, perseguições, prisão e uma série de fatos que tornam a obra tão grande e imprevisível! Com o tempo, ela vai percebendo que há muito mais oculto do que as pessoas estão lhe mostrando e ela conclui que não pode confiar em ninguém! Todos mentem e as respostas vão surgindo ao pouco, fazendo que com o leitor sempre anseie por mais.

Nesse meio tempo, Lizzy acaba descobrindo a existência de anjos, nefilins e párias e também descobre que o Chesvan, logo vai acontecer. Indicando que ela é alvo, por ser descendente de nefilins e que assim, é a porta para a entrada dos anjos caídos ao céu. Resultado: TODO MUNDO QUER MATAR A LIZZY!! rs

O resultado sobre o que acontece no Chesvan, só é revelado para quem ler o livro, (Óbvio)!! Nem preciso dizer que adorei muuuuito a leitura e que meu amigo é muito talentoso!! No entanto, cabe ressaltar alguns tópicos:
- A história é rápida, nada de enrolação ou drama existencial de adolescente! Isso não é ruim, de forma alguma, mas é importante citar.
- NÃO SE APEGUEM A NENHUM PERSONAGEM! Sim, o Gusttavo é um assassino serial de pessoas legais! Minha vontade era jogar o livro na parede e dar um murro em Gusttavo, por ele ser tão malvado!
- Tem algumas coisas que a gente fica sem resposta, uma vez que, haverá continuação para a saga!
- A construção dos personagens e dos locais é primordial, não há o que reclamar.

O livro é excelente e quem gosta de um bom romance sobrenatural, precisa ler o livro! rs
A escrita do Gusttavo é fluida e a história simplesmente nos prende. Senti que ele evoluiu muito na escrita do livro, quando se compara o início e o fim!

Necessito muito da continuação e bater nele, pelo extermínio de personagens legais!

site: http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/2013/09/resenha-herdeira-da-morte-mentiras.html
Gu 13/11/2013minha estante
O Gusttavo caprichou!
Já quero ler




Kéziah Raiol 08/07/2013

Normalmente ao começar uma resenha eu já tenho em mente tudo que vou falar pra vocês, mas dessa vez está sendo diferente, ao terminar Herdeira da Morte não consigo encontrar as palavras certas para expressar o quanto eu gostei do livro. Mas vamos tentar.

No primeiro livro dessa trilogia somos apresentados a Lizzy Grindelwald, uma adolescente normal, impulsiva ao extremo e completamente contagiante. No começo achamos que ela não passa de uma garota normal que está tentando se adaptar ao seu novo colégio, mas no decorrer das páginas vamos descobrindo que por trás dessa garota há muitos mistérios. Somos apresentados também a Thierry McGarvey e Harry Collins dois grandes amigos, com uma coisinha em comum: Lizzy.

Ah e como esquecer a querida Diana Campbell, melhor amiga de Lizzy, às vezes consegue ser bem fútil, mas é de longe a personagem mais divertida. E também Samantha Lynn, a misteriosa e linda namorada de Thierry, quais segredos ela esconde?

Realmente pensei que o triangulo amoroso que parecia ser forte no começo do livro fosse mais explorado, mas ao passar as páginas já é nítido com quem a Lizzy vai ficar, ou melhor, a quem o coração dela pertence.

“Howlett High não é uma escola comum”, de fato, Howlett está longe de ser uma escola comum, com pessoas comuns. Conhecemos vários personagens, cada um com sua maneira de ser, com seus segredos e mistérios. Gusttavo tem uma grande capacidade – talvez um dom? - de criar diversas energias, diversas personalidades diferentes e muito reais. Quando digo real, quero dizer pessoas que conseguimos nos identificar. Mas também consegue criar seres sobrenaturais de cair o queixo.

O nome do livro o caracteriza muito: “Mentiras”. Tudo que pensamos ser real na verdade não passa de uma ilusão, é por esse grande motivo que somos surpreendidos a cada página, e isso também torna a história muito mais interessante ao meu ponto de vista.

A caracterização do ambiente também foi simplesmente fabulosa, fico imaginando até aonde a criatividade do Gusttavo chega, ele conseguiu nos transportar a Inglaterra sem nem se quer sair do lugar.

Não se deixe enganar pela narrativa despojada do autor, pois quando menos esperamos ele consegue dar a volta por cima de todo melodrama adolescente e nos mostrar que pode ir muito além do que histórias para entreter, ele conseguiu criar um universo paralelo a tudo que conhecemos, e apesar de se tratar de uma história de anjos caídos, a narrativa e o enredo tem muito mais a oferecer.

Confesso que não foi só amores pelo livro, em vários momentos eu queria esganar a protagonista, sua maneira de agir de forma impulsiva sempre, me dava nos nervos. E em outras vezes queria esganar o próprio autor, pois para construir uma história interessante ele acabou abrindo mão de personagens que eu simplesmente julgava importantes na história.

Portanto um aviso: Cuidado ao se apegar demais a personagens. Eles podem estar na Death Note do Gusttavo de Assis.

Outro ponto interessante do livro é como as coisas decorrer, um dia Lizzy tem a vida normal e perfeitinha, no outro tudo está de cabeça pra baixo e ela começa a ser ameaçada por um ser encapuzado. Dai as coisas começam a mudar, e ela começa a descobrir que muito da sua vida não passava de MENTIRAS.

E o final foi fantástico, não sei se abraçava ou jogava o livro na parede, pulava de excitação com o final tão bem escrito ou chorava.

Em nenhum momento a leitura se tornou enfadonha, pelo contrário. A cada página queremos mais e mais.

Uma ótima pedida para quem curte a vide sobrenatural, com uma dose de romance, traição e mistérios, sim muitos mistérios.

Prepare seu coração para essa história, pois quando você menos esperar, ela vai arrebatar-lhe a alma.
comentários(0)comente



Diana Canaverde 24/08/2013

Mais do que sensacional...
Vou começar essa resenha dizendo que gostei muito de ler esse livro, foi uma leitura rápida, intensa e sufocante (risos). Gostei da escrita de Gusttavo pelo fato de ele estar mais antenado na vida dos adolescentes e ele soube descrever super bem esse universo. Gostaria de dizer que amei a dedicatória no livro e no marcador, as vezes pego só para ficar babando, me sinto tão honrada com a nossa parceria.

"Estava nervosa. Olhei para trás, depois de termos arrancado com o Audi de frente casa. Todas as luzes estavam apagadas. Porém, algo me chamou atenção.
Uma sombra alta, magra, esguia e hábil se perdia no meio da noite fria. E eu tinha a sensação de estar sendo observada. Sentia que alguém estava me vigiando.
Mordisquei o lábio para conter o choro, durante todo o caminho até lá."

O Livro começa com uma pequena introdução do prólogo, para melhor entendimento da leitura que se segue e peço que dê muita atenção, pois pode ajudar com algumas dúvidas futuras durante a leitura.

O livro continua com os dias atuais onde Elizabeth é levada por seus pais para a república onde ela irá morar devido a mudança de escola, para ela ficará mai perto até mesmo pela locomoção até lá. De primeiro momento tudo são flores, as meninas estão se conhecendo e fazendo amizades, Elizabeth sentiu uma afinidade enorme com Amy White sua mais nova colega de quarto. Tudo aparentemente estava bem até ela encontrar um bilhete anônimo e totalmente obscuro com uma ameaça que lhe causou arrepios. Aquilo apesar de assustador não deixou que abalasse seu primeiro dia de aula.

A história se discorre entre muito acontecimentos, primeiramente Lizzy fica super encantada com a escola e de primeira mão conhece Daniel e o acha lindo, acreditei de inicio que ali nasceria um romance pela a intensidade da troca de olhares, mas como o nome já diz, me enganei (risos). Depois todos resolvem ir ao clube onde Patrick é sócio e Lizzy apesar de ter uma pé atrás com ele resolve ir depois de muita insistência das meninas. De inicio tudo estava em perfeita ordem até Samanta (Que vou deixar claro que eu super detesto) e Lizzy discutirem e tudo virar um verdadeiro caos. As duas vão presas, jamais pensei que ela passariam mais que uma noite, mas para ver quanto tempo isso durou só lendo mesmo (risos).

"Seu olhar, seu sorriso, sua boca, seu cheiro, seu jeito de me tratar era encantador. Homem não é aquele cheio de músculos e que só sabe pegar todas. Homem é aquele que tem conteúdo e sabe o valor de uma mulher."

Nossa quanto mais o tempo passava Lizzy descobria algo novo, descobria que não podia confiar nas pessoas e que nem sempre as coisas era do jeito que pareciam, mais algumas ameaças aconteceram, ela foi perseguida e se viu em momentos de intensidade e medo. Nessa loucura toda que estava acontecendo em sua vida eis que sua melhor amiga aparece para estudar junto com ela Diana Campbell (adorei o nome dessa personagem) ela é cheia de alegria e vitalidade e a única amiga de verdade de Lizzy que ela poderia confiar de olhos fechados. Não vou mentir desconfiei de Diana, mas no fim ela se mostrou uma amiga verdadeira daquelas que a gente sempre pode contar.

Lizzy se viu em dúvida de sentir um amor avassalador pelo Harry, uma paixão intensa e cheia de carinho, altos e baixos, mas sem querer algo em Thierry também chamou a sua atenção, algo nele mexia com seus sentidos e ela chegou a ficar confusa, pois ele era muito misterioso e ela tinha ouvido alguém dizer que ela não devia confiar nele, apesar que em um momento que ela mais precisou ele estava ali oferecendo sua ajuda. Eu tinha raiva de Thierry pela maneira que ele se insinuava para Lizzy sabendo que ela e seu melhor amigo namoravam, pois isso não se faz. Fora que ela vivia confusa com os acontecimentos. Ela se perdeu e começa a ver pessoas que não diziam nada com nada apenas para assustá-la ou não. Fora que Samanta era verdadeiramente um carma na vida dela e vivia a infernizando fazendo com que ela passasse por situações constrangedoras e amargas.

Lizzy de repente se viu em um mundo sobrenatural que ela jamais imaginou que pudesse existir, que ela estava no meio de anjos e párias e aquilo estava a deixando cada vez mais confusa, porque ela descobriu que a maioria das pessoas que a rodeava não eram o que diziam ser. Se decepcionou com Amy, foi expulsa de onde morava, mas mesmo assim não se deixou abalar, se mostrou forte e muitas vezes segura e foi algo que admirei demais nessa personagem.

Sinceramente falando amei a escrita de Gusttavo, gostei da forma com que ele abordou a história, falando da guerra de anjos, párias e humanos. Todos tinham um único objetivo e Lizzy sempre foi a chave disso. Gostei de um garoto de 16 anos escrever uma personagem principal e seus pensamentos, estilos, roupas e até sapatos. Fico imaginando ela conseguindo andar com sapatos salto de 13 centímetros uhuu, eu adoraria, mas não consigo. Acredito que dava para o autor trabalhar mais na história que daria mais páginas e um detalhe maior na abordagem do real assunto do livro que seria a mentira e a guerra entre anjos caídos. Achei a leitura simples e rápida de total entendimento e sem dúvidas com uma intensidade avassaladora. Sabe aquela paixão de adolescente que parece ser a única e que você não conseguirá viver outra igual? Adorei isso no livro, me fez lembra de uma época muito boa de minha vida. A diagramação do livro é muito boa e a capa é legal, mas acho que ele poderia ter escolhido tipo aquele fundo, mas com um rosto? Sei lá (risos) só minha opinião maluca.

No fim não achei uma história cansativa, porque li muito rápido o livro e sabe que passava o tempo e as vezes eu tinha que parar para trabalhar, fazer janta e ficava louca para ler o que iria acontecer em seguida. Nossa esse livro me causou calafrios e raiva de verdade. E deu vontade de bater no Gusttavo por matar uns personagens que eu gostava e terminei gostando, mas enfim acho que faz parte da estrutura do livro e do contexto da história que isso tenha que acontecer, mas logo teremos a sequência do volume 2 que eu já soube que nosso querido autor está revisando Ù.Ù.

Bom espero que tenham gostado da resenha. Tentei não colocar spoiler rsrs.

Xero!
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3