Cântico

Cântico Jason Lethcoe




Resenhas - Cântico


1 encontrados | exibindo 1 a 1


@APassional 08/03/2014

Cântico * Resenha por: Samantha Culceag * Arquivo Passional
CÂNTICO é o terceiro livro da Trilogia “O Misterioso Senhor Spines”. Nos dois primeiros volumes, Edward ganhou ASAS, alcançou VOO e agora, na última etapa dessa aventura, precisa encontrar sua voz para conseguir “cantar”, assumir seu papel como o Construtor de Pontes e assim cumprir a missão de consertar todas as pontes que o Chacal destruiu durante a queda.

Edward também precisa salvar sua mãe e seu pai, para isso é preciso entrar na Toca do Chacal, o que é mega perigoso. Pra melhorar a situação, Edward foi envenenado por um inseto enviado pelos Quatro (centauros mecânicos) e só um cântico muito poderoso poderá salvá-lo, a cada passo que ele dá na direção da Toca, a dor que sente vai piorando.

Conseguirá o jovem Guardião cumprir a missão de reconstruir as Sete Pontes?

Nessa trilogia a autora utiliza a narrativa em terceira pessoa, mas mostra o ponto de vista de todos os personagens da trama, assim podemos entrar na cabeça de cada um deles e entender suas ideias e pensamentos.

Desta vez a ambientação acontece entre o Vinhedo e a Toca do Chacal, o legal é que o autor não enrola muito, por isso o livro é muito leve! Gostei bastante do ritmo da história, é envolvente, surpreendente e cheio de revelações! Fiquei feliz por não ser tão acelerado como nos dois primeiros volumes.

O mundo que Jason Lethcoe criou me cativou, adorei a forma que a mitologia foi colocada na história e o jeito como o autor usou as Sete Pontes dentro da missão de Edward, se alguma coisa define esse livro é: criatividade. Jason está de parabéns nesse sentido!

Um ponto que me chamou atenção foi que, pela primeira vez, o livro cita os Sete Mundos, e passamos a conhecer os seus nomes. Nas últimas páginas há uma Apêndice contando a história de cada um desses mundos. Achei mega interessante pra gente se situar melhor na trama!

“Terra, o primeiro um reino mortal,
Vinhedo, o segundo, onde habitam os Guardiões,
Lelakek, o terceiro, para comer e beber,
Jubal, o quarto, um lugar para pensar,
Baradil, o quinto, com a chuva secreta,
Akamai, o sexto, a perdição de Chacal,
Zeshar, o sétimo, sem os trilhos,
E Iona, perdido quando as Trevas caiu.”

A trilogia fechou com chave de ouro, eu amei e até fiquei com vontade de ler mais sobre Edward e o Vinhedo, é uma pena que tenha acabado!

Recomendo Bastante!
Beijos, Samantha Culceag.

Resenha publicada no Blog Arquivo Passional em 05/03/2014.



site: http://www.arquivopassional.com/2014/03/resenha-cantico-jason-lethcoe.html
comentários(0)comente



1 encontrados | exibindo 1 a 1