A Casa no Limiar

A Casa no Limiar W. H. Hodgson




Resenhas - A Casa do Fim do Mundo


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Eduarda 11/03/2021

Inesperado
Um trabalho de qualidade da Editora Diário Macabro, o livro é lindíssimo!
A leitura foi muito boa, mas em alguns momentos acabou se arrastando um pouco, principalmente durante um dos relatos da experiência vivida pelo personagem na casa que é cenário da história.
Em geral, o enredo é bem construído e a forma como a história é contada é excelente. Apesar de não ter sido exatamente o que eu imaginava, gostei bastante.
comentários(0)comente



Fabio Pedreira 23/09/2020

Uma casa psicodélica
Certa vez, dois jovens decidem fazer uma viagem para o interior da Irlanda, um lugar para passar algumas semanas pescando com tranquilidade.⁣

Um dia os dois decidem explorar as terras, parando quando encontram as ruínas de uma casa abandonada. Lá, encontram um mistérioso manuscrito do último morador do que antes foi uma grande casa.⁣

A sensação é de que o conteúdo esconde algo misterioso. Não só ali, mas também os arredores, que parecem trazer algum mal indescritível. Inclusive a sensação de estarem sendo observados é enorme, fazendo com que os dois jovens decidam sair dali o mais rápido possível, levando o manuscrito.⁣

Ao voltarem para o acampamento e começarem a decifrar seu conteúdo, os dois viajantes confirmam que o que tem em mãos esconde um segredo tão sinistro quanto imaginavam.⁣

A Casa no Limiar é um excelente livro lançado pela Diário Macabro. Assim como as histórias de Lovecraft, Hodgson escreve um horror cósmico de primeira. Achei até melhor do que as histórias do próprio Lovecraft.⁣ E um fato interessante é que ele conta a história como se o manuscrito fosse real, que ele apenas é o editor que resolveu lançar o livro após os papéis pararem em suas mãos.

Contando com um suspense gradativo, o leitor vai ficando intrigado junto com o personagem devido às coisas estranhas que acontecem ao redor da casa com o tempo.⁣

Passando por viagens planetárias, transcendência e ate criaturas suínas, a história leva o leitor a refletir em certos pontos e também a se questionar se tudo está realmente acontecendo ou não passa das invenções de um velho maluco.⁣

A edição ainda trás dois contos do autor como bônus. Um deles achei bem legal, um suspense com ares de investigação. Enquanto o outro brinca entre ciência e religião, porém, não achei dos melhores.⁣

Recomendo muito a obra e espero que possam viajar nessa história e encontrar os dois grandes sóis no centro do universo.⁣

Pode gostar também quem leu: Lovecraft, Poe, Amityville.
comentários(0)comente



May 19/06/2020

O livro mais doido de todos
A narrativa em formato de diário deixa a leitura muito mais imersiva além de dar a sensação de que a história só vai se concluir quando voltar para os meninos que estão com o manuscrito. Essa é uma história com muitos elementos de fantasia, o personagem vaga entre criaturas estranhas e viagens no tempo. Confesso que em dado momento senti que o autor se perdeu na história, mas conforme continuei a leitura comecei a tecer algumas teorias. Essa é uma leitura que provavelmente cada leitor vai interpretar de uma forma, pode ser que tudo o que aconteceu com o personagem tenha sido real, ou apenas uma alucinação da mente dele, quem sabe até um sonho. Apesar de a história não ter apenas um personagem a sensação que dá é que somente o personagem principal era ativo, pois sua irmã raramente aparece na trama, mesmo morando junto com ele, o que pode levar o leitor a acreditar que realmente tudo o que acontecia não passava de alucinação do personagem. O final aberto nos deixa com a pulga atrás da orelha, somente podendo imaginar qual foi o fim do personagem. Não espere sair da leitura com dúvidas respondidas, pois no final só restam mais delas.
comentários(0)comente



Maria.Printes 19/02/2020

William Hope Hodgson
Um curto livro com grande conteúdo.
comentários(0)comente



Deia 06/02/2019

Inusitado
O que posso Dizer?
Primeiro li os esclarecimentos do tradutor que me fizeram entender melhor o autor e sua narrativa.
Com certeza é uma fantasia muito fantástica, é a primeira vez que me deparo com a cosmologia classica (pré relativista) e a descrição da destruição do sistema solar e criação de novos planetas, (muito doido). As eras passavam, conforme o personagem relatava, em segundos, e ainda junta mitologia grega, com porcos mutantes, bem Louco!
Acabei gostando dessa doideira toda.
Valeu!
comentários(0)comente



Taverna do Pergaminho 28/03/2017

PIOR LIVRO QUE JÁ LI NA VIDA
Vi muitas críticas boa desse livro e realmente fiquei chocado. Pessoas falando que foi o melhor livro que já leram, que era o melhor livro de terror e suspense já escrito e isso me chocou muito. Por que esse livro é um dos PIORES livros que já li na vida e é também um dos livros mais MAL escrito que já tive o desgosto de ler. Claro, isso é apenas a minha opinião insignificante de um zé ninguém.

Logo no início, no prologo e no CAP 1 já achei super chato a narrativa e a escrita. Pois bem de repente no CAP 2 o livro teve uma revira volta e mudou totalmente de situação e surgiu uma história por sua vez bastante interessante. Infelizmente esse lado interessante durou apenas alguns capítulos. Do nada a história do livro teve uma reviravolta novamente e foi como se outra pessoa pegasse o livro para escrever. Foram cerca de 4 a 5 capítulos insuportáveis, 5 capítulos incrivelmente CHATOS, falando a mesma coisa repetidamente e ele nem se deu o trabalho de falar os fatos de forma diferente. Foi chato demais me senti cansado, eu li 5 capítulos e foi como se tivesse lido dez livros extremamente chato tamanha foi o cansaço mental que essa narrativa me causou.

A narrativa ruim e mal escrita só me vez pensar “ Nossa como alguém publicou esse livro “ a cada dez frases o cara falava “subitamente” “ por fim” dezenas de vezes e isso causou uma leitura redundante e chata ficando coisas tipo assim:

“ A sol desapareceu subitamente quando a lua surgiu no brilhar súbito, por fim vieram as estrelas e depois a lua por fim sumiu subitamente. Por fim o sol voltou e o dia clareou e logo escureceu e por fim a lua voltou a dar lugar no céu, antes o sol por fim pudesse aparecer novamente” NOSSAAAAAAAAA CHEGAAAA que coisa chataaaa kkkkkkkk, horrorosa e cansativa de ser ler .. Enfim resumindo, livro muito mais muitoooo chatooooo , ele atingiu de longe o topo dos livros mais chatos que já li na vida, incluindo os livros de faculdade que tive que ler obrigatoriamente para estudar rsrs. Serio mesmo, para mim esse livro é o pior livro que já tive o desgosto de perder o tempo para ler.
comentários(0)comente

Rodrigo 29/06/2020minha estante
Ainda bem que deixa claro que é "só sua opinião" Pq escreveu escreveu e não disse porra nenhuma




6 encontrados | exibindo 1 a 6