O Legado dos Van Alen

O Legado dos Van Alen Melissa de la Cruz




Resenhas - O Legado dos Van Alen


3 encontrados | exibindo 1 a 3


Thayná 29/06/2015

Nesse quarto volume da série Blue Bloods, Schuyler esta em busca do legado dos Van Alen, para atender ao último pedido de seu avô Lawrence Van Alen que foi assassinado por Leviatã, porém o conclave não acredita nessa versão eles acreditam que foi Schuyler quem assassinou seu avô, entao ela foge com Oliver em busca de ajuda, entao eles vao para Europa tebtar refúgio com a condessa, nesse ínterim ela reencontra com Jack e vê que se enganou ao achar que ja nao tinha mais sentimentos por ele. Enquanto isso Bliss tenta lidar com o hospedeiro que esta dentro dela ,seu próprio pai a estrela D'Alva, Lúcifer. E Mimi, esta em busca da sentila juntamente com tres venatores, dentre eles está Kingsley um cara arrogante e seguro de si, um silver blood que foi perdoado pelo próprio Miguel, e agora servia aos Blue bloods, Mimi se vê caindo no charme dele. Até que Miguel some ,apos ajudar Jack e Schuyler a se salvarem dos croatãs, e a assembleia dos blue bloods vira um caos, logo eles se veem obriados a escolher um novo representante e Forsyth se candidata, mas ele precisava do voto dos sete para ser escolhido, mas ele nao é aceito. E logo começa a ocorrer muitas coisas, e o desenrolar da estória é surpreendente e o final é maravilhosos com aquele gostinho de quero mais.
comentários(0)comente



Camila 08/05/2013

O Legado dos Van Alen
Nesse quarto livro da série, finalmente chegamos ao lance principal da história: a batalha entre o bem e o mal. Apesar da relutância de muitos blue bloods, esses vampiros/anjos caídos começam a perceber que Lucifer tem planos de voltar à Terra e dizimar todos os seus inimigos.
Schulyer descobre que faz parte de uma profecia, que a coloca como o principal alvo de Lucifer. Sem contar que está envolvida em um grande drama amoroso! rs... Uma das melhores personagens porém é Bliss. Ela descobre que carrega um "passageiro do mal" junto com ela e começa a lutar contra ele. Jack, infelizmente, continua meio bobo. Já sua irmã e alma gêmea está bem mais divertida!! rs...
Enfim, esse quarto livro é o primeiro da série que realmente me entreteu!

www.leitoracompulsiva.com.br
comentários(0)comente



Luh 20/01/2013

A série continua com um pouco de ação, muito romance e novos mistérios!
Resenha retirada do blog Fome de Livros. Para ver em formatação original: http://blog.fomedelivros.com.br/2012/08/resenha-van-alen-legacy.html

A Trama: Mais de um ano se passa entre Revelações e O Legado dos Van Alen, mas a autora faz seu "resuminho" de sempre para situar o leitor naquele momento da história. O mais interessante é que, em um ano, não aconteceu quase nada. Vou admitir que eu gostei muito de Revelações, mas o 4º livro da série não atendeu minhas expectativas. Com muita enrolação (o livro tem 100 páginas a mais que o anterior), romances mornos e protagonistas indecisas e incoerentes, O Legado dos Van Alen peca em qualidade e acaba se tornando um pouco decepcionante.
O lado bom da história é que ela serve basicamente como um "fim" para diversas partes da trama que vinham sendo construídas desde O Baile de Máscaras. Este livro responde diversas perguntas sobre a história e é só nas últimas páginas que somos introduzidos à nova "fase" da trama, o que me deixou feliz pois foi o livro que escolhi para dar uma pausa na série.
Agora que terminei os quatro livros posso afirmar que Blue Bloods é uma série muito divertida, mas está longe de ser uma de minhas prediletas.

Os Protagonistas: É neste livro que a autora adota de vez o ponto de vista de três personagens diferentes, Schuyler, Mimi e Bliss, alternando a protagonista a cada capítulo. Schuyler começa a mostrar seu lado mais carente e não evolui muito, infelizmente. Mimi e Bliss, por outro lado, se mostram personagens sólidas e melhoram um pouquinho com cada acontecimento marcante.

Os Personagens Secundários: Os homens ganham destaque no 4º volume da série, que mostra muito mais de Jack, Oliver e Martin. Martin e Oliver se tornaram meus personagens prediletos neste livro, apesar de serem completamente opostos! Martin me ganhou com sua determinação e seu jeito divertido, enquanto Oliver conquistou-me com sua lealdade e personalidade carinhosa.

Capa, Diagramação e Escrita: Eu não achei a capa muito legal. Entendo que ela mostra uma parte muito importante do livro e segue o padrão das outras capas, mas não consigo gostar da modelo utilizada. O melhor de O Legado dos Van Alen é que não há mais nenhuma referência a moda e o livro se distanciou muito do estilo "Gossip Girl" (será que os fãs reclamaram e a autora os ouviu?) e a nova perspectiva, utilizando três pontos de vista diferentes, deu um ar fresco à trama.

Concluindo: A série continua sendo boa mas este livro tinha o potencial para ser muito melhor. No geral, me decepcionei.
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3