O Teorema Katherine

O Teorema Katherine John Green




Resenhas - O Teorema Katherine


754 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Bruna 12/06/2017

Papo de Leitoras
O livro conta a história de Colin, um garoto quase comum, seu maior "defeito" é só namorar Katherines, depois de seu mais recente e traumático pé na bunda, ele decide cair na estrada com seu caderninho de bolso e o melhor amigo como carona.
Colin é um ex-prodígio que é totalmente viciado em anagramas e PhD em levar fora de garotas, descobre o que deve fazer agora: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que se for realizado com sucesso irá antever, através da matemática, o desfecho de um relacionamento antes que as duas pessoas se conheçam.


site: http://papo-de-leitoras.blogspot.com.br/2015/07/o-teorema-katherine.html
comentários(0)comente



M. Elizabeth 09/06/2017

Surpreendentemente
A muito tempo ouvia falar do livro sem grandes expectativas... Recentemente uma amiga me indicou dizendo que era muito bom, logo me interessei e comecei a ler...
Valeu a pena cada minuto dá leitura, é uma leitura fácil e divertida!

A história de Colin e suas 19 Katherine's..O desenrolar do livro fica cada vez mais interessante, retrata o amor e a amizade de forma única e verdadeira... Assim como vivemos nossas fases adolescente/jovem cheios de incertezas e sonhos.

Super indico! ??
comentários(0)comente



Thata 13/05/2017

Intrigante
Faz você querer saber o final
comentários(0)comente



Deza.Farias 10/05/2017

EU GOSTEI , MAS NÃO GOSTEI !!!
Ficou confuso né ! Calma que eu explico , eu não gostei da história do livro , não gostei desse negócio de anagramas e teoremas ( Sou de leituras , existe ? kkkk ) enfim eu não indico esse livro , por esse assunto ser tão chato , pelo menos para mim e muitas outras pessoas ...
Porém eu gostei dos personagem , gostei do romance , e gente acreditem dar para dar umas boas gargalhadas nesse livro , ele contém muito humor , e isso eu amei .
Sim , eu sei que o livro já é bem claro no título sobre o que se trata , mais gente por ser um romance , eu acredito que não precisava ser tão complexo né , ficou uma leitura chata e arrastada ( né atoa que eu tentei lê esse livro 3 vezes e sempre abandonava ). Aaaaaaaah salve um coisa aqui EU AMEI O FINAL !!! ( Eu tenho um sério problema com os final de John Green , eu simplesmente acho que ele é contra finais felizes,kkkk).
Então pessoas lindas , para quem gosta de exatas , esse livro é um prato cheio. E vale a experiência da leitura né .
Fabi 10/05/2017minha estante
eu tava com medo deste ter final triste tb
mas foi mt o contrario =)


Deza.Farias 10/05/2017minha estante
Aleluias né :3


Fabi 10/05/2017minha estante
=) pelo menos um dele kkkkk


Maygeek7 10/05/2017minha estante
Gosto muito das suas resenhas.


Raiza 10/05/2017minha estante
O teorema é uma distração. Tanto para o personagem como para o leitor, ele acaba por não perceber muitas coisas por estar focado no teorema. Acho que esse é um dos livros mais injustiçados do mundo. :D


Any 10/05/2017minha estante
Livro perfeito, amo e pretendo relê-lo


Deza.Farias 10/05/2017minha estante
May obrigada !!! Eu gst de resenha kkk


Deza.Farias 10/05/2017minha estante
Raiza eu pulava os Teoremas , td vez que eu olhava , via aquele desenho da jibóia com um elefante dentro ( P.P )


Raiza 11/05/2017minha estante
:D :D :D eu prestava atenção no começo, mas depois comecei a ignorar.


Deza.Farias 11/05/2017minha estante
Kkkkkkkkkkk




Nina 03/05/2017

Engraçadinho
Tem umas partes chatinhas de nerd.... mas no geral é bem engraçado.... é bom
comentários(0)comente



Leandro 09/04/2017

Puxado demais...
O personagem principal tem um grande potencial, mas não sei se foi a temática (que envolve bastante matemática) ou se a história que se desenvolveu que não me agradou. Particularmente quase não aguentei a paixão não resolvida do Colin. Sinceramente, só começam a acontecer fatos "legais" lá para o fim do livro. Para FISSURADOS (isso mesmo, fissurados) em matemática o romance pode até ser interessante... Para mim não foi.

site: dicadoleandro.wordpress.com
Luana Vasconcelos 27/04/2017minha estante
Compartilho da mesma opinião! Deve ser por isso que não consegui terminar de ler...


Leandro 01/05/2017minha estante
Eu me esforcei e consegui terminar haha.
Mas te entendo, o livro é bemmm puxado mesmo.


Luana Vasconcelos 01/05/2017minha estante
Ele está dentro das minhas metas... Vou me esforçar bastante pra terminar rs...




Patrick Rocha 06/04/2017

O Teorema Katherine
Não é o melhor livro dele

site: https://www.youtube.com/watch?v=KNZCW-5433o
comentários(0)comente



arabella 22/03/2017

Complexo,porém não deixar de ser interessante.Opoem ao leitor como a matemática está envolvida com tudo.
comentários(0)comente



Taíla 21/03/2017

A matemática do amor
É possível colocar o amor em uma fórmula? Definir como vai ser um relacionamento? Quem vai terminar e quem vai levar o fora? É isso que o nosso amigo Colin quer tanto descobrir. Depois de levar o fora de 19 meninas chamadas Katherine ele decide criar um teorema para reverter a sua situação. E enquanto tenta superar a fossa de mais uma decepção amorosa em uma road trip com seu (único) amigo Hassan.

Vou abrir o meu coração para vocês que estava com uma expectativa bem grande para ler esse livro. Eu gostei muito de A Culpa é das Estrelas e amei Cidades de Papel, então estava louca para saber qual ia ser a surpresa dessa vez. Tenho que admitir que até a página 100 do livro ainda parecia que a história não tinha começado de verdade, sabe. Já estava de saco cheio do Colin reclamando e sentindo falta da Katherine XIX, sim eu sei que a gente fica mega pé no saco quando sente falta de alguém. E lendo mais um pouco ainda parecia que a história não engrenava. Pode ser que eu não tenha pegado a ideia da coisa, mas como eu estava achando tudo aquilo monótono. Se-nhor! Parecia só um relato das férias de um cara obcecado por ser um gênio e isso estava bem sem graça mesmo. Até que então as coisas começaram a fica interessante e comecei a curtir mais o livro. E sim, vale a pena, os personagens começam a ter mais o que fazer e umas situações bem engraçadas acontecem e outras bad vibe também. Como é a nossa vida, né. Umas coisas boas outras situações que a gente tem que e puxar para ajudar os amigos e aprender algumas coisas.

O livro é crivado de notas de rodapé o que eu achei uma sacada muito boa, como se fosse um dos livros que o Colin leria, só que as notas às vezes esclarecem e em outras só fazem a gente rir mesmo. Tem também vários gráficos com as teorias do Colin e um apêndice no livro só para falar sobre a questão matemática da coisa. Bem bacana. Eu não li.

E como sempre o John sempre nos deixa importantes lições ao fim dos livros, algumas frases que nos deixam pensando bastante e fazem a leitura ter valido muito a pena.

site: http://www.prateleirasemfim.com.br/posts/livros/o-teorema-katherine-resenha
comentários(0)comente



Beatriz.Cavalcante 12/03/2017

Um livro encantador
Achei que é um livro ótimo com uma história interessante mas também um pouco complexa mas é um livro que eu adorei ler
comentários(0)comente



Ariadne Twigg 04/03/2017

Matematicando com o Teorema Katherine!
Olá leitores do Li, Curti e Postei! Tudo bem?
O livro de hoje é O Teorema Katherine do consagrado escritor norte-americano John Green. O livro conta a história de Colin um garoto super-dotado que acabou de se formar no Ensino Médio! Além é claro de já ter sido um astro de um programa de perguntas e respostas, em que exploravam a sua inteligência, ele tem uma peculiar e curiosa revelação, ele já teve 19 ex-namoradas com o mesmo nome: Katherine!!!
Com o término do seu relacionamento com uma das Katherines, Colin sente a necessidade de compreender o porquê de todas as Katherines terminarem com ele, agindo a partir de sua perspicácia e inteligência, ele inicia um processo de montar um Teorema que explique o término dos relacionamentos.
Cansado de toda a pressão para decidir sobre qual universidade cursar e sobre o “fracasso” de não ter se tornado um grande gênio, ele e seu melhor amigo Bassan embarcam em uma aventura com o Rabecão nas estradas do interior dos Estados Unidos.
Iniciada então as aventuras dos dois amigos, é iniciada também a sessão risada do leitor, pois os dois são hilários, me diverti muito lendo este livro. Se você odeia matemática e acha que no livro terá fórmulas mirabolantes, fique tranquilo! Há notas de rodapés explicativas e de forma objetiva e sucinta!
Leia este livro e divirta-se!
Boa leitura!
Abraços literários!!!
Ariádne Twigg

site: http://licurtiepostei.wixsite.com/licurtiepostei
comentários(0)comente



Jhenna 28/02/2017

Ah John, escreve mais!

Eu sou uma verdadeira fã de histórias leves e cheias de humor. E o que o John faz? Ele escreve essas histórias leves e cheias de humor e ainda consegue colocar uma mensagem de reflexão maravilhosa por trás.


Então eu só consigo dizer: John, write more, please.

Bom, O Teorema Katherine tem como personagem principal, Colin, um prodígio que até então só namorou garotas chamadas Katherine, ele não sabe explicar muito bem porque, mas acaba só se interessando por garotas com esse nome.

"Aquele sorriso seria capaz de pôr fim a guerras e curar o câncer."

No momento ele está sofrendo pela Katherine XIX, sofrendo pelo décimo nono fora de uma Katherine, sim, todas elas terminaram com ele. E como ele gosta de frisar, por motivos muito bobos. Como por exemplo, uma Katherine disse que gostava dele porque ele era muito inteligente e lia muitos livros, depois terminou com ele porque ele passava muito tempo lendo. Oi? Kkkk'.

Como podemos ver a vida amororsa de Colin tem sido problemática, mas ele tem o apoio de seu amigo Hassan, um típico faz nada. Um fugger de um faz nada - lendo você entenderá kkk. Que sempre está lá pra levantar o Colin do chão depois de um fora de uma Katherine.

"... Colin não queria que aquilo acabasse, porque sabia que a ausência dela doeria mais que qualquer fim de namoro. Mas Katherine foi embora mesmo assim."

E é Hassan quem dá a ideia de por o rabecão - carro do Colin - na estrada, sem destino. E é isso que eles fazem, indo parar em uma cidade do interior, onde conhecem Lindsay e onde a história de fato começa.

Cheia de descobertas, de drama e muito humor, a gente acompanha a jornada de Colin tentando formular o seu Teorema Fundamental de Previsibilidade das Katherines, ao mesmo tempo em que descobre a si mesmo, com o apoio de seu amigo fugging Hassan e a nova e não esperada amizade de Lindsay.

A cidade de Gutshot tem muito a oferecer aos dois forasteiros que colocaram o pé na estrada. E depois dessa jornada ninguém sairá o mesmo.

"Essas são as pessoas de quem a gente gosta de verdade. As pessoas na frente de quem você pode pensar alto. As pessoas que estiverem nos seus esconderijos. As pessoas na frente de quem você mordisca o polegar."

Eu me diverti, chorei e sorri com esse livro e claro amei os cálculos do Colin - porque né, sou de exatas kkk - achei a leitura super gostosa e proveitosa, super indico para quem ainda não leu.


site: http://www.abobrinhacomchocolate.com.br/2017/02/resenha-o-teorema-katherine_27.html
comentários(0)comente



Maiara Cristina 12/02/2017

Dos livros de John Green esse é o meu favorito, extremamente divertido e engraçado, daqueles que você ri alto, com uma história despretenciosa e personagens cativantes. Conforme a trama avança aprendemos a gostar de Colin e sua personalidade peculiar e a nos importar com os personagens secundários e seus destinos.
comentários(0)comente



Kleber Rafael 10/02/2017

Criativo e divertido...
Segundo livro que leio do John Green, achei diferente e muito interessante mesmo tendo suas quase 100 notas de rodapé. Ele conseguiu inserir a matemática em seu romance de uma forma incrível e criativa... Leitura para relaxar principalmente no meio de uma ressaca literária, os personagens são bem divertidos, principalmente quando Lindsey é inserida no enredo. O começo é meio lento, mas depois começa a fluir... O livro conta com aquele humor típico do John que acaba te tirando boas risadas. E a mensagem nas entrelinhas: O futuro é imprevisível, é uma dádiva e que teorema algum pode explicar...
comentários(0)comente



Ca Agulhari 09/02/2017

Então...
Colin é bem chatinho hein? Que garoto egocêntrico e infantil, nossa... Leia você mesmo e tire suas conclusões. O autor não escreve mal, narra bem. Tem um ritmo legal mas que personagem uó.
comentários(0)comente



754 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |