The Fellowship of the Ring

The Fellowship of the Ring J. R. R. Tolkien




Resenhas - The Fellowship of the Ring


6 encontrados | exibindo 1 a 6


isa.dantas 05/05/2016

Clássico da fantasia e ficção, o primeiro volume da trilogia é uma leitura agradável, com muitas descrições de cenários da Terra Média. Apesar de ser escrito em um inglês antigo e polido, a leitura não se torna cansativa ou extremamente difícil.
comentários(0)comente



Artur José 03/01/2015

Uma obra fantástica
Este livro é um dos clássicos da literatura mundial, principalmente para os países de língua inglesa. É o primeiro livro que li, e fiquei muito feliz com o resultado. O britânico em suas páginas, e expressões que hoje não são muito utilizadas como já foram mostram também o contexto em que a obra foi escrita. A leitura deste livro também flui bem, por mais que seja conhecida como "cansativa", os livros são bem elaborados.
Uma dica pra quem quer ler é se desprender um pouco do filme, pois vocês verão cenas extras, diálogos extras, personagens que foram cortados, uma ou outra alteração nos diálogos, e uma forma mais detalhada.
comentários(0)comente



Magus 13/12/2013

Um dos melhores livros que já li> quem sabe um dos maiores já escritos ?
Disseram-me que o livro era entediante e demasiado descritivo, o que vejo como um erro,talvez, na tradução, pois no original Tolkien consegue ser objetivo, fluente, totalmente surpreendente e viciante, e ao mesmo tempo com uma linguagem que é tanto inovadora quanto épica e arcaica.
Uma fantástica jornada pelo universo fictício mais bem construído na literatura.
Fantástico e altamente recomendável para todas as pessoas.
comentários(0)comente



Igor 26/11/2013

Tolkien é um must read!
The Fellowship Of The Ring conta a história de Frodo Baggins, um jovem Hobbit que vive no Condado com seu tio, o famoso Hobbit Bilbo Baggins. Durante uma festa de celebração de aniversário Bilbo resolve contar à todos que está de partida, Frodo descobre que Bilbo partiu e deixou seu anel mais precioso para ele proteger. Mal ele sabia que esse anel mudaria sua vida…

Esse foi meu primeiro livro em inglês e foi também minha primeira experiência com o Tolkien, muitos disseram que eu era louco e que não iria conseguir entender nada do livro e bem, estou aqui para provar que estavam errados! Eu assumo que no começo eu não estava entendendo muita coisa e tive que ler e reler algumas partes para entender o que estava sendo dito, mas depois de uns dois capítulos eu já estava familiarizado com a escrita e as palavras que a leitura acabou se tornando muito prazerosa.

A escrita de Tolkien não é difícil, ele só usa muitas palavras um pouco “antigas” e descreve muito detalhadamente cada coisa, isso talvez possa ser o ponto mais irritante do livro, mas também o mais rico. O jeito que tudo é detalhadamente descrito dá a sensação de que Tolkien realmente estivera nestes lugares e está te apresentando o lugar mais preciso dele. Eu não demorei muito pra me acostumar e quando me acostumei percebi que isso é realmente preciso, a Terra-Média é um lugar muito complexo de visualizar e por isso tanta descrição.

A história é um pouco monótona e grande 90% do livro passa durante a peregrinação de Frodo e seu acompanhantes. Durante essa peregrinação conhecemos Cavalheiros Negros que estão à procura do anel, Elfos, Fadas, Orcs e até alguns humanos também, eu realmente adorei a interação que cada um tem com o outro e o respeito que há entre eles. Esse universo criado por Tolkien é realmente incrível e a cada capitulo me impressionava com as coisas novas que iam aparecendo e deixando a história cada vez mais cativante.

O que me incomodou foram as músicas, os hobbits são criaturas muito felizes e adoram cantar! Isso é bem legal já que eu também sou assim, mas até as histórias são cantadas e algumas duravam umas quatro folhas… era bem irritante.

Os personagens são únicos e essenciais para que a peregrinação de Frodo seja completada e segura. Entre os personagens temos Sam, o jardineiro e melhor amigo de Frodo, o único que não importa o que acontecer estará lá do lado de seu “mestre” para apoiá-lo. Sempre adoro amizades assim, porque acho que se não fosse pela confiança que o Sam tem em seu amigo, Frodo não teria feito muita coisa para salvar o anel.

Há tanta coisa maravilhosa nesse livro que sinto que não disse nem metade do que queria dizer sobre ele, mas a verdade é que se eu falar mais eu vou acabar dando muitos spoilers e não acho isso legal em uma resenha… O que importa que Tolkien é um must read para todo mundo que assim como eu é viciado por histórias de fantasia, história que conseguem fazer os leitores entrarem no mundo criado pelo autor e vivenciar tudo o que personagens sentem. Com certeza adorei ter lido The Fellowship Of The Rings e estou muito animado para ler as continuações e fica a dica para vocês, leiam Tolkien!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Evy 13/03/2013

The Fellowship of the Ring
Este foi o primeiro livro em inglês com mais de 100 pg que eu li na vida. Escrito em um inglês antigo, britânico, e muito polido. Apesar do meu inglês ser [modéstia a parte] muito bom, confesso que precisei consultar o dicionário algumas [ou muitas] vezes.

Demorei muito, acredito que mais do que eu deveria, para ler O Senhor dos Anéis. Mesmo porque eu acreditava nas criticas de que esse era um dos únicos livros do mundo no qual o filme era igual o livro. Depois de lê-lo eu mudei de ideia. Muitos personagens foram deixados de fora assim como muitas histórias interessantes que valeriam a pena serem contadas nos filmes. Mas uma vez eu afirmo, o livro sempre é melhor que o filme!

Em conclusão, um dos melhores livros que eu já li. Eu virei fã de Tolkien pelo livro o Hobbit quando li na adolescência. Agora, depois de ler The Fellowship of the Ring eu simplesmente o idolatro. Um dos meus ídolos, no qual eu me espelho para escrever meus próprios livros. Você se perde na leitura, viaja pela terra media, você se torna um personagem!
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6