O Guardião

O Guardião Nicholas Sparks




Resenhas - O Guardião


227 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Dayse - Blog Doce Estante 12/05/2013

Julie tinha problemas com sua mãe, que teve vários parceiros, não concordando com isso resolveu sair de casa e obrigada a se virar, aceitou serviços humilhantes em troca de um prato de comida, dormia na rua, até conhecer Jim. Ele pagou alguns cafés a ela e depois ofereceu um serviço em sua cidade, ela não tinha muitas escolhas tomou coragem e foi.
Em Swansboro, na Carolina do Norte, refez sua vida e começou a trabalhar como cabeleleira no salão de Mabel, tia de Jim. Descobriu que Jim era o amor de sua vida, casaram, mas após 6 anos de casados ele faleceu devido um tumor cerebral, e tudo que restou para ela foi o presente que ele deu, o cachorro Singer, que virou seu companheiro.
Depois de quatro anos Julie está pronta para amar, tem alguns encontros mas não teve muita sorte, até que conhece Richard Franklin que não poupa esforços para agrada-lá, eles sairam algumas vezes mas Julie descobriu que entre ela e Mike era mais que amizade, teve que escolher, e sua escolha foi Mike, o seu grande amor estava mais perto do que imaginava. Mas essa escolha não agradou a Richard, e acabou provocando um ciumes doentio, ele pasosu a segui-lá , isso começou a encomodar Julie, que procurou os policias da pequena cidade, no inicio não acreditaram nela, mas depois descobriram que Richard tem um passado misterioso.Eles começam a investigar e Richard não desistiu da ideia de te-la e ae começa todo o suspense. Não posso mais ir adiante se não perde a graça para quem ainda não leu.
Foi mais um livro de Nicholas que gostei muito, adorei a idéia do suspense isso fez com que eu devorasse o livro.
estefano lopes 12/11/2014minha estante
amei esse livro, tenho ele como um dos meus favoritos sempre leio, a história é tão original que parece com minha vida. romance com suspense e também perigo quando um homem misterioso aparece na vida de uma jovem que se apaixonou pelo melhor amigo, é uma série de obstaculos a se vencerem para este romance evoluir.




@igormedeiroz 26/06/2013

Ler algo do Nicholas Sparks, foi totalmente interessante, intrigante e gostoso. O autor é conhecimento por fazer romances tão fofos, que se você espremer saí açúcar (é o que dizem). O guardião é um livro romântico sim, mas é diferente. O autor usou invés de muito açúcar, colaborou com muito suspense, ação e uma pitadinha de drama. Claro que teve "Açúcar, tempero e tudo que há de bom. Estes foram os ingredientes escolhidos para fazer a história perfeita, Mas o Professor Sparks, acidentalmente, acrescentou um ingrediente a mais na fórmula: O suspense X". Para os fãs de Nicholas Sparks, O Guardião é só mais um romance introdutor, igual. Mas se você pensa que é um livro de dar dor de dente ao ler, está enganado, muito pelo contrário. Numa mistura de uma escrita envolvente e atrativa, o leitor fica conectado de capítulo à capítulo.

Após quarenta dias que ficou viúva, Julie Barenson recebeu um pacote em sua porta, um presente de seu ex-marido. Dentro da caixa, ela encontrou um filhotinho dinamarquês e um bilhete que Jim disse que sempre a protegeria e cuidaria dela. A medida que Singer - o filhote - foi crescendo Julie foi conhecendo vários outros caras, mas ninguém que a realmente fizesse bem e que Singer não avançasse em cima. Quatro anos nessa luta, Singer se tornou um cachorro enorme e abobado e a companhia somente do cão não estava suprimindo a necessidade da protagonista. Até que Richard Franklin aparece, após todos os encontros furados de Julie, Ele é o cara. Um amor. Sofisticadamente bonito e inteligente, além de ser super atencioso, cuidador a trata como uma rainha. Mas para o azar de Richard nem Singer e Mike gostaram do "boa pinta", Mike Harris é o melhor amigo da personagem principal, que não se podemos dizer que é amigo, por que ele que mais, muito mais que amizade.
"Enquanto ouviam música Julie sentiu os olhos de Mike nela e se surpreendeu com quanto as coisas haviam mudado nos últimos dias. Com quanto ela havia mudado. E quanto ainda mudaria dali para a frente". Página 153
Cabe a Julie escolher entre o engenheiro Richard e o mecânico Mike, Singer já fez sua escolha. Confusa e não confusa ao mesmo tempo, Julie tem que tomar uma decisão. Sim ela toma uma boa decisão, mas o que acaba gerando um enorme ciúmes psicótico e doentio. Acarretando consequências devastadoras, como colocar sua vida em perigo.

Numa escrita fácil e diagramação simples, O Guardião, mostra todos os lado. Do psicopata, do sentimento, da perseguição, do investigamento. Nicholas Sparks em seu novo livro, faz o leitor querer atropelar as palavras ou olhar no final do livro o que acontecerá, que rumo tomará a trama. O livro está entre o segundo mais vendido no raking do site Editora Arqueiro, completamente de acordo, como um livro tão bom não estaria nos mais vendidos?

Se você está pensando que é o livro é só "mel", está pensando errado. Recomendo O guardião para que você, possa não só se aventurar entre o perigo como também refletir que algumas coisas acontecem não só através do destino.
Bruna 04/07/2013minha estante
Ñ pude deixar d rir da sua citação da abertura de "as meninas super poderosas" rsrsrs
adorei.
Se tem coisas que gosto é de um suspense, e parece que tudo fica ainda mais perfeito se juntarmos isso ao Nicholas Sparks. É bom ver que ele aderiu esse novo ingrediente ao seus romances...
Ñ sou mto fã de romances cheios de açúcar, esse suspense aposto que vai dar o toque (do que eu achava) que faltava as histórias dele... Rsrs




Padronizado 18/12/2014

RESENHA: O GUARDIÃO - NICHOLAS SPARKS
Viúva, Julie Barenson vive em uma cidade pequena e pacata, tentando superar a morte de seu marido, Jim. Ao morrer, Jim deixou Julie, porém, não a deixou sozinha: ele lhe deu um cão da raça Dinamarquês enorme, que Julie deu o nome de Singer. Além disso, um bilhete dizendo que sempre a protegeria. De alguma forma, Singer a confortava, muito inteligente e companheiro.
O livro, publicado pela Editora Arqueiro, conta a história de Julie, que teve uma infância difícil e foi expulsa de casa. Jim a encontrou quando ela morava nas ruas e lhe pagou um café da manhã, percebendo que ela morria de fome. Fez a mesma coisa, dia após dia, até que propôs a menina: conhecia um lugar em que ela poderia trabalhar e morar, e não passaria mais fome. Sem saber o que fazer e sem nada a perder, Julie foi com ele, parando em Swansboro, Carolina do Norte. Lá, ela conheceu Mabel, dona de um salão de beleza e que a empregaria e lhe daria algum conforto para ter morada.
Quatro anos depois, Julie decidiu que ia começar a namorar novamente. Sabia que Jim aprovaria que ela fosse feliz. Depois de uma série de namoros com caras estranhos, Julie conheceu Richard, um engenheiro bem sucedido que a tratava como princesa.
Apesar disso, Julie se sentia mal ao compartilhar as histórias sobre seus encontros com Richard com Mike, seu melhor amigo, que um dia também fora melhor amigo de Jim. Mike, que nutria sentimentos por Julie, se sente enciumado e não esconde seus sentimentos. Quando Julie descobre que o desconforto sobre falar de Richard com Mike é mais que apenas por causa do ciumes dele...
Bom, fica com uma escolha entre os dois. O que Julie mal sabe é que essa escolha mudará os próximos meses de sua vida. Curioso(a)? Então você deve ler O Guardião! Com páginas e mais páginas agoniantes e com um certo suspense (sério!), é um livro razoável.

site: http://blogpadronizado.blogspot.com.br/2014/12/resenha-o-guardiao-nicholas-sparks.html
comentários(0)comente



May 10/06/2013

Mais uma vez o Nicholas conseguiu me surpreender com mais um romance, me fazendo suspirar, rir, chorar, gritar, sofrer, torcer, vibrar e me apaixonar pelos personagens e pela história... Mas, diferentemente dos outros romances do autor, nesse tivemos páginas e mais páginas de muito suspense, e apesar do perfeito equilíbrio entre amor e suspense, ficamos a par de várias coisas, desde o início já sabíamos quem era o vilão e quem era mocinho, porém, isso só me fez ficar mais ansiosa para cada ação dos personagens e para saber no que isso influenciaria na trama, não conseguia nem queria parar de ler. Apesar de toda a reviravolta na vida dos personagens temos um romance sólido, construído na base da amizade e da confiança, e uma coisa que me chamou a atenção foi o fato de os personagens não ficarem juntos apenas no final da história, eles enfrentaram tudo juntos... Sem dúvida um dos finais mais perfeitos que já vi, e mesmo acabando maravilhosamente bem, não pude deixar de pensar "Por que a história acabou?"
#SuperRecomendo
Rodrigo Soares 15/08/2013minha estante
Amei o suspense desse livro!


May 17/08/2013minha estante
O Nicholas é o cara, ele realmente sabe agradar os leitores c:




Joyce 15/05/2013

Resenha do Blog Entre Páginas e Sonhos - http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/
Esse poderia ser mais um livro do Nicholas Sparks, mas não é. Eu não sou a maior leitora do autor mas sei que ele tem quedas por livros com finais trágicos ou matar seus personagens, porém com O Guardião ele deu um toque diferente e que me envolveu demais na trama: o suspense/thriller, que é o ingrediente que me fascina demais nos livros.

O começo da história mostra a vida difícil que Julie teve, principalmente depois da morte de seu marido, Jim. Ele deixa encomendado um filhote de cachorro para ela e que só é entregue depois de sua morte, tornando Singer seu maior companheiro. Singer é um cão especial, já que ele é seu protetor e amigo.

Depois de alguns anos após a morte de Jim, Julie com então 29 anos começa a voltar a ter encontros amorosos novamente, mas nenhum lhe chamou a atenção em especial até que aparece Richard, um engenheiro lindo, charmoso e que a trata super bem. Julie sai algumas vezes com Richard e até sente uma afinidade porque tiveram uma vida parecida, mas isso é o que ela pensa.

Porém, Mike, o melhor amigo de Jim com 34 anos, é apaixonado por ela já a algum tempo e ela começa a se sentir atraída por ele porque Mike esteve do seu lado e a apoiou sempre que precisou. Mike é um fofo, tímido e que demora muito tempo para se declarar. As cenas entre eles são super lindas e eles vão descobrir que a amizade entre ambos se transformou em amor e viverão felizes para sempre, será? rs

Não é tão fácil assim porque Richard é um psicopata!!!!!!! Ele começa a perseguir Julie em todos os locais e ela fica apavorada (até eu ficaria, em muitos momentos do livro eu fiquei com o coração na mão). Ele não se conforma que Julie o rejeitou e a quer de qualquer jeito, não importando as consequências.

O autor caprichou no thriller, me surpreendeu muito e eu adorei, é claro. No decorrer da história entra em ação a policial Jennifer que fará toda a diferença na investigação porque até então a polícia não tinha feito nada para ajudá-los. O Richard é um louco e depois vamos descobrindo mais sobre o seu passado e as coisas que ele já foi capaz de fazer, o que dá razão ao ditado: as aparências enganam.

O livro é narrado em terceira pessoa e flui super bem. Do meio para o fim do livro não conseguia parar de ler porque está bem envolvente e intenso. A trama é super bem bolada e as cenas finais são de tirar o fôlego como um bom thriller deve ser e na última página fiquei emocionada. Fiquei impressionada com esse lado do Nicholas, pois senti diferentes emoções em um único livro. Tomara que ele continue escrevendo mais livros nesse estilo porque eu amei.

Possui páginas amareladas e diagramação simples mas graciosa. Achei a capa linda e combina bem com a história. Recomendo para quem gosta de romances e suspense/thriller porque esse une esses dois gêneros muito bem. Favoritei.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Rodrigo Soares 02/07/2013

O Guardião
Livro maravilhoso!! E o que mais gostei foi o suspense que teve do início ao fim da trama. Romance lindo, inesquecível. Um dos melhores do Nicholas Sparks!
Mostra que o amor pelos nossos animais de estimação também tem uma importância muito grande. E como aprendi com isso...
Vale a pena a leitura desde as primeiras páginas ao fim.
Me deixou com ressaca literária! =D
May 17/08/2013minha estante
Esse foi um dos livros que mais marcou a minha vida, talvez por estar vivenciando uma situação parecida kk mas graças a Deus ambas tivemos um final feliz. (yn'


Rodrigo Soares 17/08/2013minha estante
kkkkkkkkkkkkkk assim espero que esse capítulo do seu livro tenha acabado!! kkkkkkkkkkkk


May 19/08/2013minha estante
E espero que não tenha prólogo kkk


Profe Déh 02/11/2016minha estante
Fiz uma resenha deste livro confere ;)
Amo esse livro :)




Manuella 29/04/2014

Não gostei
Estava vendo nas resenhas deste livro e talvez sou a única que não gostou mesmo rs.
Mas enfim, nunca me interessei em ler Nicholas Sparks até que um belo dia desses minha cunhada veio me contar de cabo a rabo sobre este livro, e super empolgada me contou tudo até o final, fiquei super curiosa e resolvi dar uma chance ao Nicholas e pedir emprestado. Eis que me decepciono, jurava que iria gostar muito mas não, infelizmente. Tudo muito clichê, um romance bobinho, água com açúcar e um suspense levinho.
Mas se alguém quiser me indicar um outro livro dele, aceito sugestões, vai que me surpreenda de verdade ! ;)
comentários(0)comente



Leticia.Neves 04/09/2015

Fantastico!
Amei a leitura, foi muito emotivo pra mim.
Roberto.Rodrigues 05/09/2015minha estante
:)




Thaynara 27/08/2015

Uma quebra da expectativa
Quem já leu Nicholas Sparks, ao pegar um livro já tem uma ideia do que pode ocorrer: um drama, choro e tal! Não que isso seja ruim, até porque amo os livros do Nicholas! Porém ao ler esse, logo percebi a diferença!
A escrita do Nicholas permanece a mesma. A forma de narrar, a escrita e isso é ótimo. O que mudou, na verdade, foi a essência da história. Tinha amor? Óbvio. Porém tem suapense, te deixa apreensivo, pensante - desperta novas emoções.
Eu amei o livro!

P.S. : Essa não é minha resenha final. Apenas algo que escrevi rapidamente no celular devido a vontade de compartilhar! xoxo
comentários(0)comente



Pratelivros 22/06/2015

Por quê, tio Nicholas? Por que faz isso com as suas fãs? Qual a necessidade disso?
Julie Bareson é uma condenada ao sofrimento. Seu pai era um bebâdo, ela teve que sair de casa quando ainda era adolescente e seu marido acabou de morrer... mas nem tudo é ruim. Quarenta dias após a morte de Jim, Julie recebe um presente deste. Nele, há um filhotinho muito feio e um bilhete do marido, dizendo que sempre a protegerá. E é exatamente isso que faz.
Singer, o cão dinamarquês, parece mais um humano do que propriamente um cachorro. Julie discute com ele, não precisa de uma coleira para caminharem juntos e ele entende tudo que ela fala. Ah, tem um ótimo sexto sentido para homens também.
Após quatro anos, ela se vê preparada para tentar um novo relacionamento, mas as primeiras tentativas a fazem pensar que nunca mais poderá encontrar o amor. Porém, quando Richard Franklin aparece, Julie acha que há uma luz no fim do túnel. Richard é charmoso, romântico, um perfeito cavalheiro. Seus encontros são mais perfeitos ainda e ele a trata como uma rainha. Desde a morte de Jim, ela não vivenciara um momentos de tanta felicidade, mas por alguma razão não consegue compartilhar isso com seu melhor amigo, Mike Harris, que também não parece muito interessado em saber o quanto Richard é maravilhoso. Mike é apaixonado por Julie, mas devido à amizade entre os dois e o fato de que ele também era melhor amigo de Jim, o impede de tentar uma chance.
Contudo, quando Julie toma conhecimento de que eles poderiam ser mais que amigos, ela precisa escolher entre os dois... e a resposta errada pode custar a vida de muitos.

Primeira nota: gostei do suspense no livro. Não é daqueles que você fica "OMG, não fazia ideia que era ele" mas mesmo assim vale a pena. Sparks não faz questão de esconder o culpado, por isso classifico o suspense como psicológio, porque dá um muito nervoso. O cara é simplesmente maluco, bem psicopata e você fica boquiaberta com tudo o que ele fala. Torço vorazmente para que nunca dê de cara com um desses. Os que leram "Identidade Roubada", de Chevy Stevens, vão sentir uma certa semelhança no quesito comichão. Não se compara, mas enfim. Você se pega imaginando a cena, os sorrisos que ele dá e sente um calafrio no corpo inteiro. É uma sensação horrível, pelo menos para mim foi.

Também gostei muito do Mike com a Julie, eles são bem fofos juntos e o romance é bem Nicholas Sparks mesmo, leve e que te faz sonhar alto, mas meu prêmio de MVP vai para Singer, o cachorro que eu queria ter. Não que eu não ame meus três vira-latas aqui de casa, é só que seria tão bom ter um cachorro educado que faz o que eu mando. Sonho meeeeeu.

A partir das páginas finais, se não me engano por volta da página 250, talvez, o livro começa o seu lado de mais ação, drama policial. Os detetives tomam a ponta e precisam desvendar quem é aquele stalker maldito, e é muito bom. Não queria largar o livro por nada, só para comer, porque né.

Por fim, gostei da edição e só encontrei um errinho no livro, pois a tradutora - minha futura colega de trabalho cof cof - acabou confundindo o nome das personagens. Mas também, com Julie, Jennifer e Jessica, qualquer um fica perdido. Eu mesma me vi trocando os nomes várias vezes.
No mais fiquei muito satisfeita com a leitura. Tinha desistido dos romances do autor, mas foi um belo retorno a este mundo. Aos fâs de livros de romance e que também gostam de um mistério envolvido, super recomendo O guardião.
Merece cinco Nicholas assassinos.


site: http://pratelivros.blogspot.com.br/2015/02/resenha-o-guardiao-nicholas-sparks.html
comentários(0)comente



Dalila 07/04/2014

Apesar de incluir suspense e até um pouco de mistério, a história é bem previsível e não prende muito.Já li outros livros do Nicholas que achei bem mais interessante.O cachorro deixa a história um pouco mais divertida, mas os personagens no geral são muito chatinhos.
Lugmara 19/04/2014minha estante
Os gostos vão se alterando ao longo dos anos!
rsrsrs
E ainda bem, neh?




Ivonika 13/02/2016

Surpreendente
O Guardião foi o primeiro livro do Nicholas Sparks que eu li, sou obrigada a confessar que sempre tive uma certa resistência ao autor, tinha a impressão que sua literatura não me agradaria por serem romances com doses altas de drama. Acabei me surpreendendo em razão do livro se tratar não apenas de um romance mas também de uma história de amizade com um toque de suspense.

O livro conta a história de Julie Barenson, uma mulher que na adolescência viu sua mãe trocar de namorado constantemente até um dia que ela resolve sair de casa. Após muitas dificuldades Julie conhece Jim oferece a ela um emprego de cabeleireira no salão da Mabel (tia dele) na cidade Swansboro na Carolina do Norte. Eles se apaixonam e logo se casam. Mas infelizmente Jim adoece e morre, algum tempo depois Julie recebe uma encomenda de seu falecido marido, para sua surpresa esse presente é um cachorro dinamarquês pequeno e peludo, que provavelmente pesava menos de 1 quilo e era o cão mais feio que já vira no qual ela o batiza de Singer que se torna seu novo fiel companheiro. Após 4 anos Julie decide recomeçar sua vida e depois de alguns namorados, ela conhece Richard Franklin um homem capaz de tudo para agradá-la, principalmente por poder lhe proporcionar encontros e presentes mais sofisticados. Mas do outro lado tem Mike, um mecânico que era amigo e Jim e se tornou o melhor amigo de Julie. Mesmo ela sabendo que ele a ama. Mike divide a oficina dele com seu irmão Henry que prefere trabalhar na parte burocrática.
Julie começa a perceber no decorrer dos encontros com Richard que sente falta da presença de Mike, e acaba decidindo dar uma chance a ele. Eles engatam um romance no qual fica claro que eles se gostavam não apenas como amigos. Richard percebendo a distancia que Julie esta colocando entre eles, começa uma vingança cega pelo ciúme, obsessão e dor de cotovelo.
Eu gostei muito desse livro, posso dizer que ele virou um dos meus preferidos, pois além da história ser boa, é um livro com uma leitura muito leve e descontraída nos prendendo a cada página e surpreendendo com o desfecho incrível e imprevisível.

"E não se preocupe. De onde estiver, cuidarei de você. Serei seu anjo da guarda, querida. Pode contar comigo para protege-lá. - Jim"

site: http://livrosmeusmimos.blogspot.com.br/
Jessy 17/03/2017minha estante
To adorando....




Ariane.Ribeiro 04/11/2015

Livro Favorito
Que extraordinária história! Jamais havia lido um livro de Nicholas Sparks e este, O Guardião, me surpreendeu e se tornou meu livro favorito .
Romance, suspense e até alguns risos. Singer, o cão, faz você se apaixonar por ele como a principal personagem da história também é.
No começo o livro não promete muita coisa mas no momento em que a história vai alprofundando você não consegue mais parar com a leitura.
Simplesmente melhor livro de todos os tempos para mim.
comentários(0)comente



Mari Siqueira 05/02/2016

O Guardião é - provavelmente - o décimo quinto livro de Nicholas Sparks que eu tenho o prazer de ler. Como seus antecessores e sucessores, este é um típico drama romântico que promete fazer qualquer um chorar. Promete e cumpre. A narrativa característica do autor, apesar de não surpreender muito, ainda encanta e, definitivamente, emociona.

Não é segredo que todos os livros de Sparks envolvem romance, morte e, às vezes, um ou outro animal de estimação. O Guardião envolve todos os clichês já batidos do autor, mas os aprimora ao inserir mistério ao romance. Em determinados momentos, o foco narrativo passa a ser o thriller que se desenvolve durante a história e o clima leve e romântico dá lugar à uma tensão sombria.

A mudança drástica no gênero literário do autor demora um pouco para ser digerida. Sparks não consegue manter o ritmo do suspense e a narrativa se torna arrastada em certos trechos. O final, no entanto, embala e compensa todo o desenvolvimento lento do restante do livro. Nicholas Sparks é conhecido por sua previsibilidade - que também deu as caras nesse livro -, mas tentou inovar, se não na forma de contar uma história, no próprio enredo.

Contando a história de Julie, uma viúva que tenta se recompor após a morte do amor da sua vida, O Guardião fala sobre se reencontrar e sobre enxergar o amor novamente. Sabendo que ia morrer, Jim preparou uma surpresa para a mulher - comprou um cachorrinho - para fazer companhia a ela e protegê-la quando ele mesmo não pudesse mais fazer isso. Julie apelidou o cachorrinho de Singer e com ele chorou a morte do seu amado. Singer é a coisa mais linda, um verdadeiro amigo.

Anos depois, Singer se tornou um cachorro adulto e robusto. Preenchendo um pouco do vazio que Jim deixou, o cão segue Julie onde quer que ela vá e a mantém segura. Mas ele não é a única companhia de Julie. Os antigos amigos do marido também estão sempre por perto, em especial o melhor amigo de Jim, Mike. Um mecânico desastrado, o rapaz morre de medo de estragar sua amizade com Julie e sente que gostar da mulher de seu melhor amigo (que morreu) é uma grande traição.

Julie sabe dos sentimentos de Mike, mas só o vê como um amigo. Por ser narrado de um ponto de vista onisciente, compreendemos todos os pensamentos dos protagonistas e a falta de atração entre Julie e Mike faz com que eles não sejam um dos melhores casais criados por Sparks. Amigos desde sempre, eles se dão bem, se divertem, mas só isso.

Enquanto isso, Julie decide conhecer novas pessoas e, quem sabe, se abrir novamente para o amor. O problema é que ela escolhe os piores parceiros possíveis e cada encontro é um fracasso. O pobre Mike está sempre lá para ouvir seus desabafos, esperando uma chance para convidá-la para sair.

Um dos encontros, porém, parece ter dado certo. Julie conhece Richard, um engenheiro bonito, elegante, inteligente, rico e que tem uma história de vida muito semelhante à dela. Depois de alguns encontros maravilhosos - porque Richard é o típico pretendente que faz tudo pela amada -, Julie sente que pode finalmente estar prestes a seguir em frente. Mike, no entanto, também decide - finalmente - conquistá-la e esses dois bons partidos vão dividir ao meio o coração da moça. A escolha pode ser perigosa pois ambos sentem um ciúme incontrolável dela.

É mais um ótimo livro de Nicholas Sparks que promete marejar os olhos e cortar os corações mais sensíveis. O suspense como um elemento novo na trajetória do autor faz com que este seja um dos livros mais destoantes dos outros e, por isso, consequentemente mais completo. Reafirmo que Sparks é meu autor favorito, não só pelas lágrimas que derramei ou pelas belas frases que li, mas pelo incrível talento de nos fazer amar cada um de seus personagens como se eles fossem reais.

"Quer saber como é ser viúva? Então lhe direi: Jim está morto e agora sinto como se eu também já não vivesse mais." (p. 7)


site: http://loveloversblog.blogspot.com
comentários(0)comente



227 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |