Carmilla

Carmilla Sheridan Le Fanu




Resenhas - Carmilla


45 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Victor 17/01/2021

Grata surpresa
Apesar da época de lançamento, a leitura é rápida e sem enrolação.

Tem aquele tom de época antiga (pessoas enclausuradas por dias em suas mansões, onde passear pelo jardim era um evento), o que deixa os acontecimentos sobrenaturais mais relevantes.

Muito bom e direto ao que interessa!
comentários(0)comente



antiyousocial 08/01/2021

Leitura leve e rápida, narração precisa, mas não tem a atmosfera de suspense que eu esperava de uma obra desse gênero. Reconheço sua importância como um clássico predecessor de outras grandes obras, entretanto não foi uma leitura marcante.
comentários(0)comente



cla ra 22/12/2020

gostei, não fazia ideia que essa foi a primeira história sobre vampiros, e apesar de ser bem antiga é legal
comentários(0)comente



Adriel.Macedo 22/12/2020

Drácula, mas nem tanto.
Carmila é uma história antiga, dizem que foi essa a história que inspirou a criação do famoso Drácula.
O fato é que as semelhanças são pequenas.
Depois de se ler Drácula, Carmila é uma história de vampiro bem "meia boca". Não digo que o conto seja ruim, pode ser que na sua época ele tenha sido inovador, mas não creio que tenha envelhecido bem.

Acabou de tornando aquele irmão mais velho que perde seu brilho pelo sucesso do irmão mãos novo.

Em seu favor conta o fato do vilão ser uma mulher, uma vampira lésbica; e embora esses temas sejam atuais, a atmosfera de suspense e terror que o livro deveria proporcionar é bem fraquinhas.

Vale a pena conhecer o livro pelo seu valor literário em ter inspirado Drácula.
comentários(0)comente



Erika Toretto 08/12/2020

Precursor das Fanfics
Achei um bem gostoso de ler, são só 90 páginas. Termina bem amarradinho e desenhadinho. Legal ver que essa história de vampira vem antes de Dracula, e Stoker fingia que não conhecia rs
comentários(0)comente



atumalaca 03/12/2020

atencao
gente que delicia esta vampira com os dentoes cravados no meu peito
comentários(0)comente



Vasya 01/12/2020

Um Livro Pouco Conhecido
“Comecei a ter vagos pensamentos sobre a morte, e a sensação de que eu estava afundando, não de todo indesejável, tomou posse lentamente de mim. Se era triste, o estado de espírito que ela introduzia era também doce.”

#100 - Minha história com esse livro é tão longa que eu poderia passar horas falando sobre ele mas vou só vou falar que no ano de 2014 eu peguei aquela edição que tinha Drácula e outros contos de vampiros com duzentas e poucas páginas, então dá pra imaginar que o tudo estava bem picotado, mas mesmo assim eu gostei muito de Carmilla, depois em 2018 finalmente li o texto integral e gostei muito mais do que na primeira leitura, esse ano finalmente achei que já estava na hora de reler.

Como uma grande fã de literatura gótica eu sou mega suspeita pra falar, porque eles já começam com cinco estrelas e Deus como é difícil pra eles saírem deste pedestal.

Gosto muitos deste conto mesmo que ache o final meio apressado (poderia ter mais páginas sinceramente) mas o aspecto melancólico e sombrio na maior parte do tempo consegue apagar essa pequena falha.

Recomendo muito!

comentários(0)comente



Luísa Anjos 21/11/2020

essa história foi uma absoluta surpresa pra mim. li de uma só vez, madrugada adentro, sem parar até a última página. infelizmente o desfecho me desanimou um pouco, mas não o suficiente pra desgostar da história. com certeza farei uma releitura em breve. também fiquei muito animada para ler outras obras da literatura vampírica, e acredito que essa seja fundamental, pela importância histórica e também por ser realmente muito interessante de se ler.
comentários(0)comente



Luísa 02/11/2020

horrorzinho delicia pra ler de uma tacada só numa noite. apesar de não tão lembrado e referenciado pela cultura pop como Drácula e Frankenstein, Carmilla é, sem sombra de dúvidas, um marco da literatura gótica. todos os clichê do gênero aparecem aqui numa escrita sofisticada que foi responsável pela criação do tropo de homossexualidade em vampiros - e até mesmo pela definição do imagético de vampiros num geral.
comentários(0)comente



Marcelo 29/10/2020

Um clássico não tão importante
Carmilla trata sobre uma menina que, após receber uma visita desconhecida em casa, passa a sofrer de uma doença que lhe deixa fraca e com pesadelos.
É incrível o quanto Drácula pegou emprestado desse livro, não das regras do vampiro em si, mas da própria história. É sempre bom ler os clássicos e esse estabelece muitos dos traços desse tipo de conto.
Mas o mais importante é que esse livro justificou Stephenie Meyer. Temos aqui um vampiro clássico que pode sair no sol.
comentários(0)comente



20/10/2020

Bom
Gostei mais que Drácula.
Mylena 20/10/2020minha estante
Ai eu amo Carmilla


20/10/2020minha estante
Com certeza deveria ser mais conhecido!!!




Thalya 19/10/2020

Primeira história escrita de vampiros
Essa é a primeira história, ou melhor, novela literária sobre vampiros (claro que lendas já existiam e se espalhavam oralmente no folclore europeu) e o mais interessante é que temos aqui uma vampira. Sim, pasmem, muito antes do clássico "Drácula" dominar o mundo, Carmilla foi inspiração para outras obras, inclusive para a narrativa do citado vampiro.

Outro fato que chama a atenção: a narradora é mulher. Embora seja um autor irlandês que tenha escrito, ter colocado uma mulher como foco, mesmo que com alguns estereótipos e problemas, foi uma técnica inovadora ou no mínimo diferente para sua época, 1872.

E para além da importância de pioneirismo e "inspiração", Carmilla então escrita vinte e cinco anos antes de Drácula de Bram Stocker (1897) é até hoje adaptada e referência para a Tv e para outros livros de terror com mesma temática.

site: thalyalee.blogspot.com
comentários(0)comente



Julhadograu 18/10/2020

Começei no mudo do horror agora e amei esse livro! Ele é um conto clássico bem curtinho, foi até inspiração para o Bram Stoker escrever Dracula, vemos o mundo sobre a visão da Laura que vai protagonizar um romance com nossa vampira Carmilla, a laura vai revelando uns detalhes sobre sua mais nova "amiga" e vamos conhecendo mais sobre sua personalidade, e muito interessante ver como laura reage a outra e o final é bem legal.
comentários(0)comente



Kah 10/10/2020

‘CARMILLA’: A PRIMEIRA HISTÓRIA DE VAMPIROS PUBLICADA 25 ANOS ANTES DE DRÁCULA
Publicado ainda em 1872, por Joseph Thomas Sheridan Le Fanu, a trama contará a história de Carmilla: A Vampira de Karnstein através da jovem Laura.
Laura é uma jovem de 19 anos que vive isolada com seu pai em um castelo na Estíria – região do antigo Império Austro-Húngaro. Em uma bela tarde qualquer, enquanto passeava aos arredores do castelo junto a seu pai, Laura e o homem percebem uma carruagem chegando perto da entrada de sua residência até que o objeto acaba por sofrer um acidente e tombar em frente ao castelo.
Motivados a irem ajudar aqueles que estavam na carruagem, os mesmos conhecem uma estranha mulher que alega estar com sua filha que sai da carruagem tombada ainda desacordada. Já é tarde e a mulher convence ao pai de Laura para que sua filha permaneça por três meses em seu castelo até que a mesma retorne e a busque curada do suposto susto que tomara. Seria ela Carmilla.
Mesmo não cientes de quem se tratariam a jovem e sua suposta mãe o pai de Laura permite que Carmilla permaneça em seu castelo e faça companhia a sua filha, Laura.
O que Laura não poderia esperar era que a beleza exuberante da mulher de cabelos escuros e compridos fosse deixa-la apaixonada, e que um sentimento de terror também a deixaria inquieta por trazer à tona pesadelos vividos ainda em sua infância.

Restante da resenha no link:

site: https://www.jinformal.com.br/2020/10/carmilla-primeira-historia-de-vampiros.html
comentários(0)comente



Carolina 08/10/2020

Carmilla
Sempre que pensamos em vampiros a imagem vem sempre referida como homem. Neste livro, ao contrário, vemos uma história com a personagem feminina! Bom livro!
comentários(0)comente



45 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3