Will & Will

Will & Will David Levithan
John Green




Resenhas - Will & Will


617 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


ottygodk 02/08/2022

QUE LIVRO BOM, PUTA MERDA, LINDO.

Confesso que demorei pra ler, mas é por uns problemas aí (ressaca literária), só que assim, do meio pro final esse livro me prendeu de um jeito que eu terminei em algumas horas.

LEIAM, POR FAVOR, É LINDO DEMAIS.
comentários(0)comente



Guilherme.Quaresma 01/08/2022

Bem confuso!
Eu como fã de John Green, iniciei esse livro pra tentar fechar minha coleção dos livro de John, e no meio do livro QUASE desisti!

Aceitem, o livro tem uma cadência esquisitíssima, não chega a ser péssima, mas é ruim com certeza!

O desenrolar da história até que prende, mas esses devaneios do Will (E SÓ TEM UM WILL PROBLEMÁTICO PARA O LIVRO) matammm o leitor.

O segundo Will merecia um livro inteiro, me fez sentir saudade da adolescência, me fez querer amar novamente.

Se você é fã do John Green e queres ler todos os livros dele, você terá que ler esse livro.

Não estou dizendo que é um péssimo livro, eu só não perderia meu tempo com ele caso não houvesse um propósito pessoal por traz dessa leitura.
comentários(0)comente



Ana 25/07/2022

o livro pode ser resumido em: são adolescentes idiotas, fazendo coisas idiotas
o título engana bastante, jurava que ia ser sobre dois meninos com o mesmo nome que ficam juntos mas não é, mas a história é meio interessante mesmo assim
e apesar de ter vários momentos fofos, o livro é *extremamente* gordofóbico
comentários(0)comente



Paloma 24/07/2022

Leve e divertido
Com uma escrita leve, os autores apresentam uma narrativa divertida e ao mesmo tempo profunda dos primeiros amores da adolescência. Peca um pouco na gordofobia, mas deixando isso de lado, vai te fazer muito feliz.
comentários(0)comente



Aline 13/07/2022

Esperava mais...
Tinha tudo para dar certo, mas não foi pra mim.

Pela capa e pelo título, imaginei que seria um romance entre os dois Wills, ou que pelo menos teria uma interação maior do que foi apresentada.

A história possuia gordofóbicas que não faziam ligação ao Tiny como algo de superação ou coisa do tipo, eram totalmente irrelevantes e desnecessárias.

Inclusive, a história parecia girar em torno do Tiny, que mesmo eu gostando dele no finalzinho, já foi desnecessário com o Will (o amigo) diminuindo os problemas dele de uma forma horrível.

Acredito que o que eu mais gostei foi do final, pois teve interação entre a maioria dos personagens.

Enfim, por isso as duas estrelas, pois a escrita é muito boa e o final foi legal.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Amanda.Oliveira 08/07/2022

O livro é bom, maaaaas...
A primeira vez que eu li , eu não gostei muito, aí passando os anos, vim reler de novo.
No começo quando o Will se apresenta a Tiny Cooper, eu fiquei tipo TURU pon?
O livro é bom de ler e a parceria dos dois escritores é boa, cada um montou a personalidade do Will.
E ah, não posso deixar de falar que teve algumas coisas que o Will relatou do Tiny que eu achei desnecessário.
comentários(0)comente



Natasha 04/07/2022

Não gostei que a cada linha ficasse lembrando que o maluco é gordo, e nem foi de forma ok, foi meio gordofobico pra mim
Não acho q seria uma "representatividade" e sim uma forma de piadinha
Tirando isso o romance é aceitável
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Gabrielle 29/06/2022

Me surpreendeu muito, não imaginava que metade das coisas escritas aconteceriam e superou as minhas expectativas. Um dos livros mais fofos que eu já li e foi super rápido.
comentários(0)comente



gabri 27/06/2022

típico adolescente
livro "leve", desenrolar rápido e drama adolescente; tal qual seria facilmente resolvido com 5 minutos de conversa (mas serve para dar uns bons tapas na cara).
o romance se desenvolve diferente do que eu imaginava, mas de uma maneira ainda clichê;
a apresentação dos personagens não me agrada e os seus desentendimentos sem conclusão também não; mas ainda sim é uma boa representação da vida real.
é a solidificação dos "problemas adolescentes".
comentários(0)comente



Rapha Lins 26/06/2022

Tinha tudo pra ser bom... mas pisou na bola
Pra mim não existe definição melhor do que essa do título da resenha. Uma história onde duas pessoas com o mesmo nome tem destinos cruzados é no mínimo promissora. Ainda mais escrito pelo existencialista John Green e David Levithan, que teve uma das ideias mais legais que eu encontrei na minha juventude com Todo Dia. Novamente, tudo pra dar certo.

Mas começa que a história não chega perto de ser sobre o próprio título do livro, além de que ele dá a entender que vai existir uma espécie de romance ou, no mínimo, uma conexão mais relevante entre os dois Will Graysons, mas isso não acontece e nem a história dos Wills é o tema central.

Tiny é um personagem que uma hora você ama e depois odeia, mas que brilha de um jeito que os outros personagens não conseguem. Ele tem motivação, obstáculos e uma força incrível que vale à pena acompanhar e dá revolta de ver ele ser tratado como secundário e, o pior, com um descaso que vem dos autores, não (só) dos personagens.

Me incomodou muito o tanto de body shaming com o Tiny e também alguns conceitos tratados com pouco tato na questão LGBTQIA+. Enquanto lia, coloquei na cabeça que foi um livro importante para 2012, por ser uma obra jovem adulto com casais gays, mas Will & Will simplesmente não é suficiente pro nosso momento.

Enfim, o motivo das minhas três estrelas é pela melancolia típica de John Green que sempre traz filosofias e ideias que parecem esdrúxulas demais pra acontecer na vida real e isso é interessante no livro. O Will do Levithan é bem escrito e mais profundo, o arco dele também é cativante. Isso me fez "relevar" aquele estilo meio pick me de 2010, mas eu deixo uma ressalva de que falta um tiquinho de consciência social.

Por fim, se a gente pensar em uma história sobre um garoto gay que quer fazer um musical sobre sua experiência amorosa em pleno terror da adolescência e do colegial, enquanto faz seus pares entenderem seu valor e ainda alcança uma autodescoberta sensível... o que é que esse livro tinha pra dar errado?

Bom, ser escrito de uma perspectiva fraca.
comentários(0)comente



Lorrayne 20/06/2022

adorei tanto esse!

me prendeu muito desde o início, a forma como ambos (will e will) se conhecem e são ligados um ao outro é tão interessante e engraçado e também te causa raiva, mas é um livro muito maneiro, me emocionei muito em certas partes e me indentifiquei muito também, gosto muito da escrita que te introduz na história e nos acontecimentos exatos que você está lendo, ambos protagonistas são inteiramente bem escritos e formados, sem dúvidas uma das minhas melhores leituras de 2021.
comentários(0)comente



nana 15/06/2022

tiny cooper anjo
acabei gostando desse livro mais do que esperava, o personagem que mais gostei foi o tiny, desenvolvi mt empatia por ele, em uns momentos no livro tratam ele igual um lixo e eram umas falas tão nojentas que me davam agonia. em geral não é um livro tão ruim, eu até gostei
comentários(0)comente



Nico 08/06/2022

Por onde eu começo...
Primeiro que metade dos capítulos não tem letra maiuscula. Segundo q não tem travessão. Terceiro que não tem sentido a história.
Eu fui entender que cada capítulo é de um Will Grayson só depois da metade e isso ficou muito confuso pra mim.
E outra que achei meio vazia a história, sei lá... Mas o final... Caramba.
comentários(0)comente



617 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |