Entre o Amor e a Paixão

Entre o Amor e a Paixão Lesley Pearse




Resenhas - Entre o Amor e a Paixão


57 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


Fernanda 22/11/2013

Resenha: Entre O Amor e A Paixão
Resenha: “Entre o amor e a paixão” é a continuação do livro “Belle” de Lesley Pearse e ambos foram publicados pela Editora Novo Conceito. Nesta trama em especial, a autora narra a vida de Belle após ter passado por tanto sofrimento, porém os dias bons e tranquilos estão se esgotando e algo bem maior que qualquer um dos personagens surge para abalar a vida de todos e mudar totalmente o destino.

Em Blackheart, depois de dois anos passados, Belle se sente empolgada com seu novo negócio e a chapelaria – encantadora e elegante – lhe rende muito mais do que sempre sonhou. Vive feliz com seu marido Jimmy e perto de Mog e Garth (a governanta da casa de sua mãe que se casou com o tio de Jimmy). E o principal e melhor de tudo é que seu passado ficou para trás, juntamente com toda angustia e sofrimento.

Jimmy é o marido ideal, não lhe cobra nada e nem fica relembrando sobre os tempos em que era prostituta. É gentil, compreensivo, amoroso e é fácil perceber que o seu amor é mesmo verdadeiro e intenso. Ele a apóia em todos os momentos e Belle reconhece cada uma de suas qualidades e sabe o quanto é especial por lhe dar tanta liberdade.


LEIA A RESENHA COMPLETA NO BLOG:

site: http://www.segredosemlivros.com/2013/11/resenha-entre-o-amor-e-paixao-lesley.html
comentários(0)comente



Saleitura 04/09/2013

"Talvez precisemos de maus momentos para apreciarmos plenamente os bons". (pág 358)
Entre o Amor e a Paixão é a continuação de Belle (leia AQUI a resenha). Quem não leu Belle, vai ter a dúvida se é necessário lê-lo para poder ler esse, não, não é necessário, a autora traz para ele o necessário de Belle para você não ficar perdido (a).
A história começa em 1914, no início da Primeira Guerra Mundial. Encontramos Belle casada com Jimmy e morando junto com Mog e Garth em Blackheath, Inglaterra. Jimmy e Garth são donos de um bar e moram na parte de cima. Belle estava muito feliz em seu casamento, foi um recomeço em outra cidade, deixando para trás seu passado.

"Era claro como água que ela não poderia ter um marido melhor do que Jimmy. Tinha para si que, uma vez prostituta, era quase impossível que não lhe jogassem o passado na cara em um momento de raiva ou ciúme. Mas Jimmy nunca fizera isso." (pág 26)

No primeiro capítulo encontramos Belle vivendo seu grande sonho realizado, sua chapelaria. Do outro lado da rua, um homem observa a loja na esperança de vê-la. Queria saber se ela estava bem e feliz em sua nova vida. Era Etienne, na dúvida se devia ou não entrar e falar com ela antes de voltar para França e se alistar para a Guerra. Sim, ele entra e os dois conversam um pouco, relembram alguns fatos passados e de como estão. Durante toda a história, Etienne aparecerá algumas vezes na vida de Belle, inclusive tendo um papel de muito importante na vida de Jimmy.
Depois de tudo que Belle passou, a vida não lhe deu tréguas, muitas dificuldades e momentos tristes ainda estavam por vir. Quando ela acha que sua vida está ótima, e que através de uma notícia, chega ao ápice, ela sofre um ataque e joga tudo isso ao chão. Para completar Jimmy se alistou para a Guerra. Após se recuperar, ela decide também ir para a Guerra e se alista como motorista de ambulâncias.
Nessa continuação novos personagens surgem, como Miranda, filha de uma ricaça pedante, que num momento de grande dificuldade encontra Belle para lhe ajudar, e daí nasce uma grande amizade. Miranda se alista junto com Belle. Lá, Belle fará mais uma amizade, Vera, e Miranda encontra um amor. Nessa parte a autora nos mostra muito do que aconteceu na Guerra e todas as dificuldades vindas dela. Miranda e Belle vivem de perto o horror através dos feridos que transportam e ajudam.

"Você acha que não é nada ajudar a salvar a vida dos soldados? - Belle soltou um suspiro. - Para mim, é muito mais gratificante do que fazer chapéus para mulheres vazias que tem mais dinheiro do que bom senso" (pág 150)

Agora é vocês lerem, conferirem e descobrirem o restante, pois tem muita coisa pela frente. Gostei muito da história, me envolvi, me emocionei demais! São 502 páginas de história mesmo, nada de repetição ou encheção de linguiça hehehe Quando eu soube que haveria a continuação, fiquei imaginando o que viria, como continuar, pois para mim a história estava fechada, porém Lesley me surpreendeu positivamente.

"Não podemos mudar o que já aconteceu, mas ainda podemos escolher nosso futuro." (pág 396)

Resenha by Luci Cardinelli
http://www.skoob.com.br/usuario/377269-luci-cardinelli

site: http://saletadeleitura.blogspot.com.br/2013/09/resenha-do-livro-entre-o-amor-e-paixao.html
Maristela 02/10/2013minha estante
Eu ainda não li Belle e estou com muita vontade de ler. Agora então, nem se fale, pois quero muito ler esse livro. Gostei da sua resenha, que como sempre, está maravilhosa. A capa do livro é linda!


Pandora 02/10/2013minha estante
Adorei os trechos do livro que você destacou Luci, além de claro ter ficado instigada com toda a resenha e sua aprovação... Já estou inclusive participando do sorteio \o/ Boa Sorte para mim!!!


Fernanda @condutaliteraria 03/10/2013minha estante
Acho a capa desse livro linda! Já li Belle e amei a história. Adorei a resenha desse, o cenário da guerra na trama, fiquei super instigada com a continuação.


Rita De Cássia 04/10/2013minha estante
Gente, apaixonada por essas quotes...
Fiquei mega curiosa pra ler esse livro. É um dos que estão na minha listinha de desejados. Sem falar nessa capa, que é linda.


NESSA 10/10/2013minha estante
O livro é a continuação de " Belle" e fiquei na expectativa para ler a continuação,continuo achando Belle uma protagonista forte e decidida.
A narrativa de Pearse é extremamente emocionante, fluída e contagiante!As capas dos livros são bonitas!


Gladys 22/10/2013minha estante
Não sabia que Belle tinha continuação até o lançamento de Entre O Amor e A Paixão.
Livros sobre a guerra costumam ser bons.


Michelli Prado 26/10/2013minha estante
Estou querendo ler esse livro há um tempo, mas Belle ainda esta aqui intocado, por isso ainda nao comprei. Adoro esses livros com temáticas de guerra.
Muito boa mesmo sua resenha!!


Stephanie 07/01/2014minha estante
Nossa, eu me apaixonei por Belle no primeiro Livro. Amei a história e torcia para que ela ficasse com Etienne. Não gostei tanto quando ela ficou com o Jimm. Mas a autora é esperta, deixou Etienne para o segundo. Estou doida para ler esse livro!




LC 18/06/2013

Não havia necessidade de uma continuação.
Resenha: Londres, meados de 1914. Belle finalmente se sente em paz, feliz em seu casamento com Jimmy, dona de sua loja de chapéus em Blackheath, e esperando seu primeiro filho. Tudo parceria perfeito, já que após tanto sofrimento ela merecia ser feliz. Só que a Primeira Guerra Mundial trouxe consequências gravíssimas para sua família. Belle insistira para que Jimmy não se alistasse, mas ele, como homem, viu que aquilo era seu dever com o país. Entre o amor e a paixão dá continuidade a tortuosa jornada de Belle e a vários problemas que se abateram sobre a população da Inglaterra durante a guerra. O ressurgimento de um antigo amor coloca a protagonista no meio de um embate em seu coração e a dúvida de quem deve ser o escolhido.

A grande dúvida que pairava em minha mente era: Belle precisava ter continuação? Tudo foi tão bem enlaçado no livro anterior, que continuar a mesma história foi um passo arriscado para Lesley. E mesmo assim eu mergulhei de cabeça na nova etapa da vida de todos os personagens. No final, pude constatar que Entre o amor e a paixão é um livro totalmente desnecessário e que só tirou o brilho do seu antecessor.

Um dos primeiros agravantes da história é a quantidade de páginas. 512. Se você me perguntar: "Mas não foi necessário?" Sim, em partes. A Lesley tem o dom de fazer narrativas perfeitas, mesmo em uma quantidade de páginas assim. O problema é que a história toda é carregada de desgraças, sofrimento e muita tristeza. Não precisava disso. A visão que eu tive com o final de Belle foi a melhor possível, até o favoritei. Ler essa sequência me deixou triste e decepcionado.

A personalidade de Belle Cooper continua impecável, e não é à toa que a autora disse não querer se despedir dela e por isso escreveu uma história sequente. Ela continua destemida, forte e inteligente. Creio que isso me fez gostar um pouco do livro, já que aprecio muito personagens principais tão fortes. A narrativa em terceira pessoa deu uma visão ampla do que ocorreu na guerra. Palmas para Lesley. É muito bom ver o cuidado que ela tem na composição de cada página, e a pesquisa feita em diversas fontes. Jimmy ganhou mais profundidade, já que ele se alistou no exército para lutar pelo seu país. O garoto, que se tornou um homem, continua fofo, atencioso e tudo aquilo que conhecemos anteriormente. Porém, a autora conseguiu distorcer um pouco a personalidade dele, o que me deixou frustrado. Sem contar as provações terríveis pelas quais ele passa.

Infelizmente, Lesley acabou a imagem brilhante que tinha deixado em Belle. A personagem sofreu tanto no último livro e mostrou que conseguiu superar, não havia motivos para repetir a dose. Alguns leitores me disseram: Mas e a guerra? E tudo que aconteceu depois? Isso não interessa. Se tem algo que eu faço ao terminar a leitura, é pensar por mim mesmo o que vem depois. Por isso, imaginei Belle feliz com sua loja de chapéus, casada com Jimmy e morando com Mog e Garth. Creio também que se houvesse a substituição dos personagens e alguns trechos, teríamos outro livro, outra trama para ser desenvolvida, e assim seria muito melhor. Não estranhem a classificação do livro como "Muito bom". É impossível negar que Pearse sabe como desenvolver tudo, desde narrativa até o encerramento da trama. Mas o fato é que Entre o amor e a paixão fez a imagem magnífica que Belle teve se dissolver pelo ralo.

Se você quiser ler, vá fundo! Mas se prepare, porque são quinhentas páginas de sofrimento e devastação. Beijos :)
Rita 23/06/2013minha estante
Concordo totalmente. Essa continuação me pegou de surpresa. E agora que estou lendo, me sinto um pouco decepcionada com a autora. Belle foi uma história tão boa, o seu final não deixou nenhuma aresta solta, então, para quê uma continuação?


LC 17/07/2013minha estante
Rita, é bem isso. Não tinha necessidade de continuar, acabou por manchar a imagem que eu tinha da história.


Rafa 01/12/2013minha estante
Eu adorei. Na realidade queria uma continuação na história de Etienne que é de longe meu personagem preferido =)


Rubia 07/02/2017minha estante
Mas vc gostou ou não? pq deu 4 estrelas..comprei esse livro ontem..




spoiler visualizar
Jéssica 09/08/2013minha estante
oii eu achava que era unica que torcia pelo Etienne, não sei lendo o livro eu via o Jimmy como um menino. To louca pra ler esse agora...bju




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Bruna Britti 02/07/2013


***

O primeiro livro escrito por Lesley contava a história de Belle, uma menina traficada aos 16 anos e levada a se prostituir no submundo dos bordeis e prostíbulos luxuosos (clique aqui para ler a resenha). Na história, a personagem se adapta ao meio, porém enfrenta as piores situações que vão desde o estado social e moral dada a uma prostituta na época até condições físicas e psicológicas provocadas por abusos e violência. Por mais que livro traga uma atmosfera polêmica e apresente algumas falhas, eu gostei da história pela narrativa crua e realística, mas principalmente pela perseverança da personagem. Entretanto, o final me decepcionou por ser pouco desenvolvido e trazer uma escolha do qual, pessoalmente, eu não concordei. Parece que a autora também não gostou muito e decidiu escrever uma continuação para “contornar” sua escolha.

[A partir daqui contém spoilers caso não tenha lido o primeiro livro]

Entre o Amor e a Paixão, portanto, conta a história de Belle após o seu casamento com Jimmy. Três anos se passam em um casamento lindo e perfeito; Belle está feliz com seu marido amoroso, com sua loja de chapéus e sua família que incluía Mog e Garth. Mesmo a visita de Etienne em sua loja, por mais que tivesse mexido com seus sentimentos, não foi suficiente para tirá-la de seu pequeno mundo perfeito. Entretanto, ela começa a ouvir rumores sobre a guerra dos britânicos contra os alemães – a conhecida primeira guerra mundial –, e fica preocupada de que seu marido pudesse se alistar. Afinal, por onde quer que olhasse, via homens empolgados pela ideia de se aventurarem em uma jornada pela pátria.

Jimmy, porém, lhe convence de que não se alistaria a menos que fosse obrigatório. Ele jamais deixaria sua esposa perfeita sozinha, mas as coisas começam a mudar quando os sussurros de “covarde” para os homens que não se alistaram ecoam nas esquinas, bem como os grupos de mulheres que entregavam penas brancas que simbolizavam covardia para todos aqueles que não tinham problemas físicos e mesmo assim não foram defender seu país. Pressionado pelo seu senso de honra, Jimmy se alista mesmo contra a vontade de Belle. A personagem, sabendo que não havia nada que pudesse fazer, acaba lhe incentivando e Jimmy parte para a guerra.

A partir daí, Belle passa por algumas situações que a impulsionam a seguir seu marido e ajudar por uma causa nobre. A personagem fecha sua loja de chapéus e se alista como voluntária para dirigir ambulâncias na Cruz Vermelha, sabendo que esta seria uma decisão que mudaria sua visão do mundo. Ela, então, passa a cuidar dos feridos no período de três anos. Nesse tempo, Belle presencia ferimentos terríveis, os rumores catastróficos da guerra, volta a se encontrar com Etienne e se preocupa todos os dias de que Jimmy voltasse para ela são e salvo.

A princípio pensei que o livro traria mais destaque ao romance de Etienne e Belle, já que é esta a premissa principal da história. Porém, Lesley Pearse escreveu um livro cujo fundo histórico da guerra ficou em primeiro plano e muitas vezes nos esquecemos do argumento romântico que foi pouco desenvolvido. As cenas entre Jimmy e Belle ou a mesma com Etienne são raras e pecam pela falta de profundidade. São quatro ou cinco cenas em meio as 502 páginas argumentadas na atmosfera da guerra. Fica a sensação de que a autora não conseguiu encaixar sua proposta principal e portanto tentou inseri-la-la nas poucas oportunidades que apareceram, o que me deixou frustrada.

A narrativa continua detalhista, prima por fatos históricos verídicos que contribui para a consistência do cenário e a situação psicológica de cada personagem. Temos como exemplo as penas brancas distribuídas por senhoras aos homens que não se alistaram para a guerra ou os tipos de licenças que homens conseguiam dependendo da gravidade de seus ferimentos; uma curiosidade no final da história é a nota que a autora traz listando os livros que utilizou para sua pesquisa. Lesley continua apostando em longas narrativas e poucos diálogos, o que me deixou dividida, pois as vezes gostava e muitas vezes me deixei cair pelo tédio. Ao mesmo tempo em que o meio traz verossimilhança e certa riqueza de detalhes - o que impacta o leitor com os horrores da guerra e comove em determinadas cenas -, o estilo peca por muitas vezes carregar uma narrativa repetitiva e cansativa. Para um livro médio, talvez não houvesse esse incômodo, mas mais de 300 páginas retratando o cotidiano de Belle na Cruz Vermelha – acordar cedo, cuidar de feridos, ver os horrores da guerra, dormir e lidar com condições precárias –, torna a história muitas vezes maçante. Chegou um tempo em que comecei a virar as páginas direto sem perder qualquer informação da história.

Uma característica da autora um tanto quanto exagerado é abusar de situações dramáticas. No primeiro livro Belle sofre por surras, estupros ou preconceitos durante toda a história, e neste aqui não é muito diferente. Embora o tema retratado em Belle foi deixado de escanteio, a maré de má sorte continua lhe acompanhando até o fim, estendo-se inclusive a outros personagens. Ninguém no livro parece ter o direito de ser feliz sem antes sofrer as piores tragédias ou os piores traumas, o que contribui para aquele clima de desgraça todo o tempo. No final, voltei a achar extremamente forçado como de repente a autora decidiu dar um fim aos empecilhos para dar a personagem o final desejado.

O espaço temporal no livro é longo, passa-se mais de três anos no período da primeira guerra mundial com diversos saltos no tempo, e, portanto, poucos acontecimentos marcantes entre os personagens. Há uma ou duas vezes em que acompanhamos a narrativa voltada para Etienne e Jimmy, um fato que contribuiu sempre que eu estava achando a narrativa enfadonha. Etienne, principalmente, salva os momentos mais tediosos do livro com seu carinho e adoração por Belle, e Jimmy dessa vez transforma-se em um homem frio e distante pela sua condição devido ao que viu na guerra. Entre o Amor e a Paixão traz sim os dilemas dos votos de um matrimônio com amor ou a paixão de um homem que marcou a vida de Belle, porém de forma breve. Fica a sensação de que poderia muito bem ter cortado umas 200 páginas ou que o casal poderia ter sido mais desenvolvido. O foco acaba sendo passar ao leitor os detalhes da guerra. Por gostar de história, achei interessante, mas para um livro de 502 páginas, para mim, infelizmente, faltou o romance prometido.

site: www.supremeromance.blogspot.com
comentários(0)comente



Bruna 26/06/2013

Entre o Amor e a Paixão
O livro Entre o Amor e a Paixão é da autora Lesley Pearse e foi publicado pela editora Novo Conceito esse ano.
Eu pensei muito antes de começar a escrever essa resenha, mas finalmente cheguei a conclusão que qualquer coisa que eu escreva não irá fazer jus ao que estou realmente sentindo sobre o livro. Então resolvi tentar, mas fiquem cientes que o livro é muito mais do que a minhas palavras irão dizer. Primeiro vou falar sobre algumas coisas que não são sobre a história, por exemplo, o titulo e a capa. Eu não sei o que as pessoas pensam quando vão escolher o titulo brasileiro, porque como The Promise, titulo original da obra, pode se tornar Entre o Amor a Paixão? Além da tradução não ter nada haver, acredito que ele também não faz sentindo com a história, pois não vejo Belle em dúvida entre um Amor e uma Paixão, mas sim entre dois amores diferentes. Agora sobre a capa e a diagramação do livro, a editora está de parabéns, tudo está belíssimo.

Agora, em fim, vamos à história. Para quem não sabe Entre o Amor a Paixão é a continuação do livro Belle, que é lindíssimo, por sinal. Já no segundo livro, nós vemos como Belle conseguiu se virar, após tanto sofrimento. Se casando com seu amor de infância, Jimmy, e se estruturando em Blackheath, onde finalmente, conseguiu montar sua chapelaria. Lá eles construíram uma vida feliz morando, com Garth, tio de Jimmy, e Mog, aquela que sempre cuidará de Belle, que agora era apenas uma dona de casa, que cuidava de todos ao seu redor.

Lesley Pearse possui uma narrativa que consegue nos fazer entrar realmente na época vivida do livro. É muito legal como ela narra a vida cotidiana na Inglaterra em meados de 1914, em relação às preocupações frívolas da sociedade e em como as mulheres não possuíam quase direito algum. Só que essa situação parecia que isso estava prestes a mudar, porém da pior forma possível.

Quando Belle, finalmente, acreditou que todo o sofrimento que tinha passado, havia ficado para trás e que ela teria apenas um futuro tranquilo com seu marido e o filho que ela estava esperando, ela se depara com a Primeira Guerra Mundial. Eu já falei para vocês que eu tenho muito pesar em ler sobre as Grandes Guerras, mas é impossível não se sentir presa nessas histórias. Nós vemos toda realidade perfeita de Belle ser desmoronada, quando Jimmy resolve se alistar.

Após isso acontecem diversos fatos em sua vida que a levam a mudar novamente seus valores e perceber que ter uma chapelaria, não era algo que a confortaria em um momento como aquele. Lesley Pearse narra os fatos da guerra muito detalhadamente e mostra todo o sofrimento vivido não só pelos soldados, mas também por aqueles que os amavam e estavam em casa.

Acho muito legal como a maioria dos personagens criados pela autora são tão fortes, adoro como ela demonstra seus sentimentos e como a realidade deles é palpável. Ela não cria personagens perfeitos, assim como nós, eles possuem seus defeitos, indecisões e devem aprender a lidar com eles.

Depois que Belle decidiu fazer algo diferente da vida, enquanto seu marido está na guerra, ela resolve juntamente com sua melhor amiga Miranda, ir ajudar voluntariamente a Cruz Vermelha, na França. Lá ela percebe a real situação da Guerra e enfrenta de cabeça erguida toda aquela bagunça. Na França, ela se depara também com o seu passado, Etienne, e nisso ela revive novamente seu amor por esse francês.

Entre o Amor e a Paixão não é um livro que podemos ler e relaxar. A maior parte do livro, estamos tensos e presos nos sofrimentos dos personagens. A autora não ameniza nenhum pouco a realidade, e perdemos vários personagens queridos durante a história, pelas formas mais cruéis possíveis. Como em seu primeiro livro, ela me fez chorar diversas vezes.

É muito interessante em como ela traz vários fatos históricos como a Primeira Guerra e a Gripe Espanhola. E em como eles mudaram drasticamente o mundo inteiro, pois com os homens sendo necessárias na guerra, as mulheres tiveram que tomar conta da situação. Então nesse período tivemos uma grande valorização delas e também uma grande mudança de valores.

Em algumas partes do livro, a tristeza era tanta, que pensei em porque a autora não tinha se contentado com o final feliz dado a Belle no primeiro livro, já que ela tinha sofrido tanto em sua infância. Ela merecia um futuro melhor. Só que no final, eu percebi que Belle necessitava realmente desse final, apesar de ter perdido tantos que amava, era aquele o verdadeiro final feliz dela e sem questionamentos.

Com certeza, é um dos melhores livros que já li e recomendo a todos. Eu nunca escrevi uma resenha tão grande e ainda sinto vontade de escrever muito mais, só que vou ficar por aqui, se não vocês vão cansar de ler. Então vai ler logo o livro Entre o amor e a paixão e me contar o que achou.

Quer ler mais resenhas minhas?
Visite meu blog!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



24/09/2014

Deu raiva, mas é bom
Acho que um bom livro tem de provocar emoções e mesmo que você não goste do desfecho, sabe que é um bom livro. Eu dei 3 estrelas por causa do final, mas se fosse pela narrativa e história, daria 5 com certeza. Belle é o tipo de personagem forte e encantadora, que te faz torcer por ela, ainda que você não aprove suas atitudes.
Fiquei triste por saber que não a encontrarei mais nas páginas de um novo livro, apesar da raiva, rsrs... vale a pena cada folha!
comentários(0)comente



Dreeh Leal | @dreehleal 29/09/2013

Entre o Amor e a Paixão - Belle - Livro 02 - Lesley Pearse
Se você não leu Belle CUIDADO, pois até a sinopse de Entre o Amor e Paixão é um belo spoiler.

Depois de todo o sofrimento que passou por conta do seu sequestro, Belle finalmente tem paz na sua vida. Ela e Jimmy se casam e vão viver com Mog e Garth em Blackheath. Lá ninguém sabe de suas origem e assim ela é respeitada pela sociedade e também admirada por seu trabalho na chapelaria. Belle se torna uma lojista de sucesso e o pub de Garth e Jimmy segue o mesmo caminho. Por dois anos, sua vida foi praticamente perfeita, até que se tem inicio a 1ª Guerra Mundial. Em meio a todo o clima de patriotismo, Jimmy se alista e vai para as linhas de frente deixando Belle com a promessa de que voltaria antes do Natal. Mas o tempo foi passando, e a guerra não foi tão curta quanto se pensava. Após um incidente na chapelaria, ela fica desgostosa com a sua profissão; e guerreira como sempre foi se sente inútil de estar ali sem fazer nada que possa ajudar seu país. É com esse espírito que ela se torna voluntária num hospital da cidade e logo depois pede para integrar o corpo de motoristas da Cruz Vermelha, sendo levada a França, onde se encontram os amores da sua vida: Jimmy - a quem ama e deve lealdade - e Etienne – por quem nutre uma paixão jamais esquecida.

A confusão de sentimentos de Belle é algo muito fácil de ser sentido por qualquer pessoa. Até mesmo quem nunca viveu uma situação igual, já teve que fazer uma escolha difícil na vida. Mas essa parte – infelizmente - não foi tão desenvolvida quanto parece. O destino influencia muitas vezes e toma as decisões por ela, sempre de forma dramática e sofredora! Não bastasse tudo que ela sofreu anteriormente, neste livro ela continua sofrendo até as ultimas paginas. Da dó da menina! E o final... eu preferia que tivesse acontecido de outra forma. Entendo que foi o melhor para a Belle – apesar de também acompanharmos a história através dos demais personagens -, o livro é dela.

Sobre a autora, eu continuo amando a escrita da Lesley! Riquíssimo em detalhes, e descrições. Tudo que ela fala sobre a guerra, sobre os sentimentos dos soldados.. Tive a impressão que ela esteve presente nas trincheiras! Como em Belle, tudo foi muito fuido e fácil de ler. Apenas em alguns momentos as 500 páginas pesaram. Algumas partes foram desnecessárias ou podiam ao menos ser encurtadas.

A diagramação, capa e revisão estão impecáveis! Sem um errinho sequer, e lindo! Tudo é muito bonito e delicado, assim como Belle. A capa tem uma textura muito gostosa e a abertura de cada capitulo tem um adorno que é uma gracinha. Os detalhes combinam entre si, e o conjunto combina com a obra! Gostei muito.

Finalmente consegui entender o porquê tive tanta dificuldade de resenhar esse livro! É que apesar dele não ter me decepcionado, ele também não superou minhas expectativas.
Isso porque a estória é ótima, mas esse livro não precisava ser sobre Belle. Qualquer um que leia o livro consegue entender plenamente a estória, até as poucas referências ao primeiro livro são explicadas dentro desta trama. O primeiro livro me encantou tanto e eu tinha imaginado um futuro tão melhor para uma personagem que tanto sofreu que o final imposto dela autora me incomodou muito. Não que ele seja ruim, mas acho que Belle merecia muito mais.

Enfim, se você gosta de um bom romance com doses extras de drama, vai se encantar pelo livro.

site: http://livrosetudoqueadebom.blogspot.com.br/2013/09/resenha-entre-o-amor-e-paixao-lesley.html
comentários(0)comente



Simone 12/04/2017

Um enredo arrebatador!
Esse é o segundo livro de uma duologia, e lê-lo só me deixou instigada com o passado da protagonista. Porém, o que me chamou atenção foi a riqueza em detalhes, e, claro, a pesquisa minuciosa que a autora fez, apresentando um conteúdo MAGNÍFICO. Quem me conhece sabe que tenho horror a livros permeados em detalhes, algo que não acontece aqui. A trama e os personagens são excepcionalmente desenvolvidos, levando consigo uma gama de emoções, e vou dizer, ao menos umas três vezes me debulhei em lágrimas.

Eu me vi apaixonada pelos personagens, especialmente por Belle, que demonstra força, coragem e coração. Não posso deixar de falar sobre os meus dois amores: Jimmy e Etienne, que ganharam o meu coração em proporção e grandeza, cada qual com sua particularidade. Os personagens secundários são de suma importância, proporcionando mais verdade a trama, levando-me, também, a me debulhar em lágrimas. O tempo todo vislumbrei as cenas como se fosse um filme, e o final... Ahhh, é uma lindeza sem tamanho. Por fim, para você que curte enredos de época com conteúdo, eis essa maravilhosa pedida. Agora encontro-me numa baita ressaca literária, e digo mais: “Eu leio até mesmo a lista de compras da Lesley Pearse”. o/

P.S: Confira a resenha completa no link abaixo.

site: http://simonepesci.blogspot.com.br/2017/04/falando-em-entre-o-amor-e-paixao-de.html
comentários(0)comente



Prateleira Cult 22/12/2013

uma dualidade em forma de livro
Quando eu estava fazendo a resenha de Belle, entrei no site da autora e o livro em destaque era The promise,e depois que li a sinopse e percebi que era a sequencia de Belle, fiquei super animada para a leitura deste livro e fiquei cruzando os dedos para que a Novo Conceito o lançasse logo.

Sobre a leitura

Quando comecei a ler Entre o amor e a paixão, estava muito entusiasmada, até que me dei conta que eu adorei o final de Belle e que pra mim a história poderia muito bem ter acabado ali, logo no começo do livro comecei a me questionar qual seria o propósito da obra e a medida que as páginas iam passando eu comecei a não gostar do rumo que a coisa estava tomando.

Este é um livro que me deixou muito dividida, gostei da história mas não gostei dela como sequencia, vou explicar melhor: Como sequencia o livro acaba mesmo com tudo que a autora fez em Belle, me pareceu que ela se arrependeu do final do livro anterior ,achou que a coitada da Belle ainda não tinha sofrido o suficiente e resolveu dar mais uma dose a ela, não gostei do rumo da história, das atitudes da protagonista e do final, eu achei que ela destruiu tudo que Belle tinha de bom. O recado que ela deu foi: A história é minha e faço com ela o que eu quiser. Eu teria gostado mais se ela tivesse feito um livro totalmente diferente com outros personagens mas com a mesma ambientação, teria ficado muito melhor.

Se este livro não fosse uma sequencia de Belle eu teria gostado muito mais, a ambientação histórica da trama na Primeira Guerra mundial é muito rica e bem construída, e a narrativa e os personagens novos que apareceram na trama são muito bons.

O que eu achei?

Infelizmente me empolguei e pensei que ela fosse dar um rumo totalmente diferente na trama e me senti realmente enganada e chateada, se eu pudesse voltar atrás eu não teria lido este livro mesmo sabendo que me ia me roer de curiosidade, não que o livro seja ruim, ao contrario ele é muito bem feito, mas tudo aquilo que amei em Belle foi destruído aqui.

Dica



Para que você leia Entre o amor e paixão é necessário ter lido Belle antes, eles realmente são sequencia um do outro e você ficará perdido sem saber o que ocorreu antes e pode até estragar a leitura do primeiro livro.

A edição

A edição do livro é muito bonita, apesar de ser um livro grande ele não é pesado pois usa aquele papel mais leve.

A capa segue o mesmo padão do livro anterior, com textura soft touch, com alguns traços em verniz localizado e o titulo em alto relevo.

Recomendo?

Se você amou Belle,achou o final dele satisfatório e é team Jimmy, recomendo que não leia Entre o amor e paixão, agora se você não gostou do final de Belle e é team Ettienne que não é o meu caso, se joga na leitura!

site: http://prateleiracultural.blogspot.com.br/2013/07/entre-o-amor-e-paixao-lesley-pearse.html
Duan Baptista 07/03/2014minha estante
Opa, vou ler, pq em Belle me simpatizei mais com o Ettienne hehehe


Prateleira Cult 07/03/2014minha estante
Se você é team ettienne com certeza vai gostar. ^^


Tacila 08/04/2014minha estante
Olha depois de ler a sua resenha eu realmente desanimei em ler o livro. Eu achei o amor do jimmy muito puro, ela realmente não deu nada para ele em troca de tanta devoção, já o Ettienne, ele era um homem marcado pelo passado, e ainda no fundo se sentia em dívida com a Belle, eu achei que o amor pelo Jimmy poderia ser a redenção para ela de uma passado tão assombroso.




Roberta Harris 19/07/2016

Maravilhoso!
Essa é a sequencia de ''Belle'' e confesso que fiquei ainda mais apaixonada por ''Entre o amor e a paixão'', porque finalmente vi o desfecho que tanto queria para a personagem no primeiro livro e que não aconteceu. Mas neste acontece sim, e ainda melhor que o esperado! Aqui os dramas românticos de Belle apesar de estarem sim bem acentuados são as vezes deixados de lado para outros focos, como por exemplo a guerra, já que no livro Belle se voluntaria como enfermeira para ajudar os soldados feridos na 1° Guerra Mundial e é lá que as coisas vão acontecendo, as reviravoltas, a cada capítulo uma nova surpresa dentre acontecimentos tristes mas também os felizes. Belle ainda vai sofrer muito mas o final compensa tudo! É um daqueles livro que você fica torcendo pra que vire um filme!
comentários(0)comente



Helen 29/11/2016

Entre O Amor e A Paixão
É um livro longo, muitas coisas acontecem mas a narração é impecável, capaz de nos colocar no lugar da personagem principal e entender o que ela sente e porque ela se comporta de determinada maneira.
Final feliz garantido mas só depois de muito sofrimento.
comentários(0)comente



Gleice 07/02/2017

Muito bom
Nesta estapa final da história de Belle tem muitas surpresas, pensa no livro que qdo vc menos imagina já tem lágrimas escorrendo por seus olhos, é maravilhoso, contagiante, surpreendente.
comentários(0)comente



57 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4