Nada

Nada Janne Teller




Resenhas - Nada


218 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Dria 16/06/2021

O QUE DIABOS ACONTECEU????
Tudo começou com um livro fofinho em que todas as crianças do 7 ano tentavam encontrar qual o significado da vida quando um garoto, Pierre, diz que "nada" faz sentido. Mas então os pedidos do significado vão ficando cada vez mais mórbidos, de tamancas a corpos! E o final foi um choque, nem sei o que fazer com essa crise existencial em que em lançaram.
comentários(0)comente



Dai 14/06/2021

Leitura perturbadora que nos faz refletir
Primeiramente, não se engane pela capa: esse livro não aborda nenhum romance e nem sequer uma relação de amizade. Segundamente, se você é sensível, talvez não seja uma leitura adequada para você pois a escrita é bem crua e aborda alguns tópicos pesados.

Esse livro foi uma das leituras mais diferente que já fiz na vida. Não foi uma leitura prazerosa, não foi um livro que engoli em um dia. Apesar de conter poucas páginas, li aos poucos pois o que ele aborda não é tão fácil de ler assim. Acredito que esse livro será considerado polêmico para muitos.

Muitas partes do livro me causaram estranheza e me questionei o porquê, não conseguia ver sentido na pilha de significados. Mas acredito que objetivo da autora foi colocar para nos refletir sobre a vida, o que nós damos importância, como lidamos com ela e o mais importante: o que somos capazes de fazer para defender aquilo que acreditamos.
comentários(0)comente



Bia 05/06/2021

Que livro doido! Nunca iria imaginar o rumo que a história levou, e quanto mais bizarra ficava, mais eu queria saber quando ia acabar.
comentários(0)comente



Carolina 04/06/2021

o famoso "não julgue o livro pela capa"
Antes de ler a sinopse, pela capa, achava que era mais um romance curtinho e direto ao ponto, aqueles sem enrolação, mas ao ler a sinopse e ver uma youtuber falando sobre me interessei ainda mais pela tematica, o que eu não imaginei é que seria como ele é...
A leitura é bem fluida, a historia bem interessante, mas nunca havia lido algo parecido, por mais que seja narrado por uma criança, em algumas partes da historia eu fiquei :O
Ao longo da historia surgem uns questionamentos que realmente faz qualquer um parar pra pensar, o que é legal, mas o final foi um pouco, sei lá, absurdo, inesperado, mas o livro é bem legal, sim. Recomendo.
comentários(0)comente



Gi 03/06/2021

Sem noção e superficial em tudo que tenta ser
O livro tenta passar uma mensagem que no fim das contas não tem desenvolvimento e é superficial. Tem muita coisa exageradas e chega a ser até ridículo kkkk nota DÓ. No fim a leitura pra mim foi meio blé e ridículo, só terminei pq já tava na metade msm.
comentários(0)comente



Carol - @nomundodesalem 02/06/2021

Resenha por @nomundodesalem
#ResenhadaSalem⁣

Nada // Janne Teller // 128 Páginas // 4,0 ⭐⁣

🌳⁣

Certo dia, Pierre Anthon, um dinamarquês estudante do sétimo ano tem um surto e passa a dizer que nada importa. Desde então Pierre abandona a sala de aula e passa a viver seus dias nos galhos de uma ameixeira e todo dia na ida e na volta de seus colegas a escola ele tenta⁣
os convencer de que nada da vida importa, e ele faz isso jogando ameixas em seus colegas.⁣

Os colegas cansados de não conseguir fazer Pierre desistir e descer da árvore, começam fazer uma pilha de objetos que significam muito para cada um deles na forma de persuadir Pierre e mostrar o quão errado ele está.⁣

O problema é que a pilha que começou com algo simples acaba por cada vez ficar mais sombria e acaba saindo do controle e vira um competição macabra.⁣

🌳⁣

"Morrer é fácil porque a morte não tem sentido. E a morte não tem sentido porque a vida também não tem."⁣


Pois esse livro você pode julgar pela capa, já que ao olhar a capa você pensa que o livro se trata de um romance, mas de romance ele não tem nada.⁣
E mesmo lendo a sinopse o livro não parecer ser tão bizarro como ele realmente é, e falo isso pois foi o primeiro livro que li que algumas cenas me fizeram ter nojo o suficiente para ficar enjoada ao ponto de querer ⁣
botar tudo para fora.⁣

É um livro que precisa ter estômago e cabeça para entender o que a autora quer dizer com ele, comigo funcionou muito bem e por incrível que pareça me prendeu muito, mas muito mesmo.⁣
Sim, talvez possua algumas pontas soltas, questões de como: Se o Pierre achava que nada importava por que ele acabava se importando tanto em que as pessoas se importavam? Como é que se passaram 4 mêses e ele ainda estava lá na ameixeira? E os pais dele, que não viram e nem se importaram que o menino não estava mais na escola?⁣
Fica aí uns questionamentos. ⁣
O que mais gostei foi que a autora conseguiu me passar que o significado da coisas é totalmente relativo.⁣

Foi um livro que eu não achava que seria tudo isso mas no final acabou sendo ótimo para se pensar em várias coisas.⁣
Indico demais a leitura⁣

Um beijo, Salem 🧙🏻‍♀️

site: https://www.instagram.com/nomundodesalem/
comentários(0)comente



Dry 01/06/2021

"Você começa a morrer no instante em que nasce"
É horrível dizer que gostei desse livro, iniciei acreditando tratar-se de um romance devido a capa, e estar a procura de algo mais leve... Mais o que encontrei aqui foi totalmente o oposto. Esse livro realmente foi inexplicável, forte, e absurdo, eu entendi a mensagem da autora.. sobre correr atrás do vento, e sei que o descontrole na busca pelo significado foi proposital.. apesar de não tornar mais fácil digerir a história. Adolescentes cometendo coisas horríveis, e principalmente o quanto um ser pode influenciar outro a cometer atrocidades..
comentários(0)comente



Roberta 20/05/2021

Pensando que era fofo e romântico...
Sobre o livro: Nojento, repugnante, violento e cheio de gatilhos.

Vou apenas começar dizendo que não tenho nenhum problema com o fato do livro ser sombrio, violento e com niilismo extremo. Eu também não tenho nenhum problema com o questionamento filosófico: a questão da vida ter significado ou não é ser uma questão importante, embora, eu pessoalmente não entenda o niilismo existencial.


É  um romance descomplicado para os padrões filosóficos, mas suas implicações perturbadoras irão ressoar tanto com adolescentes quanto com leitores mais velhos. Com apenas poucas páginas, Nada,  mostra um olhar arrepiante e inesquecível para a depravação humana e nossa busca desesperada por significado em um mundo sem sentido. Este é um livro imperdível.


Um dia, Pierre Anthon, um dinamarquês do sétimo ano que percebe que nada importa. Ele declara essa revelação,?A Terra tem quatro bilhões, seiscentos milhões de anos, e você vai chegar a cem no máximo! Nem vale a pena se incomodar,? a seus colegas de classe, e sai da escola, passando a residir em uma ameixeira próxima de onde joga ameixas em seus colegas no caminho de ida e volta para a aula.


Ele não pode estar certo, pode? Algo deve importar. A narradora Agnes e o resto dos colegas de Pierre Anthon certamente pensam que sim - e, ainda assim, eles não conseguem se livrar desse fiapo de dúvida. E se, apesar de tudo o que lhes foi dito, apesar de tudo em que gostariam de acreditar, nada realmente importasse? Eles têm idade suficiente para ter medo da pergunta, apenas jovens o suficiente para não ter uma resposta.


Eles decidem provar que ele estava errado da única maneira que sabem: pegando as coisas que mais importam para eles e empilhando-as em uma serraria abandonada. O ?monte de significados?, como eles chamam - isso vai mostrar a ele! Mas seu projeto rapidamente sai do controle; os alunos tentam superar uns aos outros exigindo itens cada vez mais valiosos, transformando uma missão honesta em um perigoso jogo de vingança pessoal


Ao focar no drama entre as crianças, Nada permite que seus temas fervam sob a superfície da história sem perder o ímpeto da trama. Tudo se transforma em uma palavra inefável: "significado". É inerente? Está imbuído? Pode ser vendido? Perdido? Ocupado? Destruído? A busca por respostas custará caro a esses alunos e, no final das contas, pode ser tudo em vão. Pierre Anthon, entretanto, está rindo em sua ameixeira...



.
comentários(0)comente



max 17/05/2021

O mesmo. Um. Nada
Não fosse pelo seu conteúdo sensível e macabro que o livro apresenta, "Nada" poderia facilmente ser adotado em alguma escola por um professor de filosofia. O livro te obriga a pensar e a refletir, achei muito bom a escrita e a forma como foi intencional a falta de veracidade nos fatos - afinal, são todos crianças. Só consigo dizer que todo mundo é problemático e que "não se brinca com o significado", fica a dica!

"Primavera, verão, outono, inverno, alegria, tristeza, amor, ódio, nascimento, vida, morte. Tudo daria no mesmo." (pág 115)
comentários(0)comente



Enso 15/05/2021

Olha, ainda estou processando...
Como descrever esse livro? Sinceramente cada um irá descrever de um jeito... Assustador? Genial? Necessário?
Isso só vai depender de você, porém na minha opinião por ser um livro curto essa obra se trata mais de uma reflexão do que uma história, cheio de significados (ou não) esse livro pode levar a horas de uma pauta que no fim será subjetiva a cada um que o interpretar...
Tudo isso para chegar a conclusão de que você deve dar o seu devido significado às coisas que merecem ser devidamente significadas.

(Gostei, leitura curta e fluída, recomendo demais...)
comentários(0)comente



Karol Azevedo 12/05/2021

Nada
Não tenho nada pra falar desse livro kkk Nada bom e nada ruim kkkk
Não se enganem pela capa, não é romance viu !
comentários(0)comente



Gustavo | @euamohqs 09/05/2021

Essas crionças!
Pierre Anthon, no primeiro dia de aula do sétimo ano, percebe que nada importa, nada faz sentido, portanto, resolve passar o resto dos seus dias numa ameixeira em seu quintal, tentando convencer os colegas de classe que não vale a pena fazer nada. Estes se sentem tão incomodados que resolvem mostrar, a qualquer curso, que algo possui significado. Assim, resolvem construir uma "pilha de significados", tentando mostrar a Pierre Anthon que ele está errado.

O livro começa com uma simples proposta, mas que com o passar das págs vai se tornando uma coisa totalmente macabra... a autora realmente quis chocar o leitor com esse final.

Gente, que crianças são essas?! Cada coisa que acontece no livro, ultrapassa os limites de qualquer crionça.

A capa não ajuda em nada, tipo não faz nenhum sentido, olhando assim parece até um romance clichê.

Bom, não consegui tirar nenhum proveito do livro, nadinha, mesmo se o final tivesse sido diferente eu provavelmente não iria gostar tanto assim.

Você não vai me ver indicando esse livro por aí, diferente do que Karol fez comigo! ?
Karolinne_@Mundodoslivrosefrases 09/05/2021minha estante
???Ahhh! Mais o livro foi curtinho! E agora temos a mesma opinião sobre ele... Obrigada por ser um bom amigo e não me deixar passar raiva sozinha ????


Gustavo | @euamohqs 09/05/2021minha estante
Nunca mais me faça passar por isso viu Dona Karol ?


Karolinne_@Mundodoslivrosefrases 09/05/2021minha estante
Tá bom... vou ser mais legal.




spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Helen.Goes 14/04/2021

Livro bastante intenso com um monte de adolescentes fazendo merda tentando provar algo, quem gosta de uma leitura instigante não vai se decepcionar com esse aqui
comentários(0)comente



218 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |