Amor Frágil

Amor Frágil Diana Palmer




Resenhas - The rancher


2 encontrados | exibindo 1 a 2


Rafaela.Teixeira 27/02/2018

Abóbora
Com certeza o melhor da série até agora.
Finalmente!
comentários(0)comente



Suelen Mattos 23/02/2015

Está aí um livro que merece ser publicado no Brasil! Ótimo!!! ♥

Não era de hoje que eu queria ler esse livro. Fiquei bem curiosa pra ver a Madie dando um chega pra lá na Odalie no coração de Cort e conquistando o rapaz. Mas também fiquei com receio. Será que Cort ficaria igual ao Rodrigo Ramirez de "Coragem" (Homens do Texas 38), suspirando pela outra mesmo depois de ter se envolvido com a mocinha? Odalie Everett é filha de Heather e Cole Everett (Heather's Song). E ela é uma pessoa horrível, o que me surpreendeu, já que é filha de um antigo casal da titia Palmeirão. No primeiro livro da série Homens de Wyoming, "Corações Laçados", ficamos sabendo que Cort é apaixonado por Odalie. Dava até pra pensar que eles formariam um casal no futuro. Mas no segundo livro, "Corações Em Fúria", já dá para ver que Odalie é uma menina mimada e egoísta, que se acha melhor do que todo mundo. Despreza cruelmente Cort, zombando por ele ser um rancheiro (como se o pai dela não fosse um, né?!). Gente, e o que ela aprontava com a mocinha na época da escola.... #BullyingDefine Só mesmo Cort pra achá-la santa e perfeita, porque nem o irmão de Odalie, John Everett, achava isso.

E já que eu falei no John, que homem maravilhoso ele é. Será responsável por ótimas cenas de ciúmes. Ele é o melhor amigo de Cort, mas é só John jogar seu charme pra cima de Madie que Cort sai do sério. Adoooro um mocinho de Diana Palmer com ciúmes. Espero que a titia Palmeirão escreva um livro para o John também. Além dos ciúmes, temos o galo de Madie, Pumpkin (trad.: Abóbora), aprontando todas. O bicho tem um problema pessoal com Cort e sai lá do rancho da mocinha pra ir afrontá-lo no rancho do mocinho. Antes de começar o livro, Diana Palmer fala que passou por um problema parecido com um galo e fazia o mesmo que Madie para tentar lidar com ele. Autora é assim: o que acontece na vida real serve de inspiração para o livro. Muito bom! Também temos um vilão sem vergonha e sem escrúpulos pra dar uma balançada no mundo de Madie e, claro, a cruz chamada Odalie Everett que ela tem que carregar.

Gostei muito desse livro, mais do que de "Corações Em Fúria". Já perdi a conta de quantas vezes reli os últimos capítulos. Ah, e quanto ao meu receio inicial, sobre Cort ficar como um idiota suspirando pela outra, mesmo já tendo se envolvido com a mocinha, eu nem precisava ter me preocupado. Homem que sabe o que quer e que vai atrás é outro nível. Arrasou, amei! Super-hiper-ultra-mega-power recomendado. Esse eu assino embaixo, em cima, do lado, do outro...



Não acabou por aí, não. Quer ler a resenha completa, conferir as curiosidades sobre o livro e a série, saber mais sobre os outros livros ligados à ela e como eles se encaixam com os "Homens do Texas"?! Então visite o blog ROMANTIC GIRL:

site: http://su-romanticgirl.blogspot.com.br/2014/08/diana-palmer-rancher-amor-fragil.html
comentários(0)comente



2 encontrados | exibindo 1 a 2