Sedução ao Amanhecer

Sedução ao Amanhecer Lisa Kleypas




Resenhas - Sedução Ao Amanhecer


310 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Sueli 08/08/2013

Esqueçam Definitivamente o Sidney Magal! Chegou o Merripen!
Querido leitor, infelizmente eu fiquei um pouco decepcionada com o segundo volume dessa série, pois imaginei que a autora fosse explorar mais profundamente a questão da xenofobia, um problema que se agrava cada vez mais em nossos dias, principalmente na Europa.
No primeiro livro eu entendi que a aceitação de Cam fosse por ele ser um cigano aculturado e comodamente inserido em uma parcela da sociedade londrina, mas que as diferenças culturais e sociais seriam discutidas no livro de Kev, personagem possuidor de uma personalidade arredia e pouco afeito às interações sociais.
Apesar do cigano Kev Merripen ter me dado nos nervos, confesso que depois de todo aquele beija/empurra, me diverti muito mais com o segundo volume do que com o primeiro. Contudo, foi bem difícil ultrapassar a barreira de antipatia que senti pelo principal personagem masculino de Sedução Ao Amanhecer.
Lisa Kleypas consegue desenvolver tramas interessantes e com os seus romances sensuais transmitir lições de ética e civilidade, mesmo em uma família completamente disfuncional, mas muito amorosa.
Kev Merripen é a pessoa mais mal humorada e antipática possível, porém completamente apaixonado por Win, uma jovem belíssima, mas de saúde fragilizada, após sobreviver à escarlatina.
Kev é dessas pessoas que não se permite ser amada. Que deixam que seu passado de dor interfira em seu presente. Sim leitor, há pessoas difíceis de serem amadas, que rejeitam sentimentos imaginando que não são boas o bastante,onde a desvalia transborda, impossibilitando a completude amorosa e existencial. Mas, Kev não estava disposto de abrir mão de Win, a pessoa que justificava a sua existência, objeto de seu amor incondicional.
Lógico que Win sendo uma Hathaway amou Merripen desde o primeiro momento em que o viu. Perseverou, lutou, brigou, só faltou cantar Sandra Rosa Madalena para ele, com uma flor entre os dentes! E, o cigano Merripen.... Nada! Resistindo bravamente, até que um novo pretendente aparecesse na parada. Clichê? Claro! Mas, quantas vezes você ouviu falar sobre isso na vida real? Porque homem resiste até pintar outro macho na parada, não é mesmo?
Porém eu senti que li dois livros pelo preço de um. Depois que Merripen joga a toalha e assume seu amor por Win, ele se transforma em uma pessoa encantadora. Um homem perfeito, e claro que seguindo as características físicas descritas pela autora, imaginei um Jason Momoa com lentes de contato escuras.
O livro em seu terço final fica uma delícia, com cenas mais felizes e bem humoradas, e onde vemos uma Win vigorosa e muito disposta, se é que me faço entender...
Aliás, as meninas Hathaway são muito animadas! Haja Merripen para dar conta do recado!
silviacrika 08/08/2013minha estante
Exatamente isso que pensei qd li. O Cam ..de novo..mostrou ser uma excelente pessoa.
Das cenas..a que mais gostei..foi o ataque de ciumes do Kev, mas me irritou esse não kero..mas vc tbm nao vai ter mais ngn.
E fiquei super ansiosa pelo livro do irmão.


Sueli 08/08/2013minha estante
Silvia, eu adoro conversar sobre livros que leio, e sinto uma conexão com a pessoa que "leu" a mesma mensagem que eu. Sim! Porque muitas vezes podemos entender erradamente um livro, não é mesmo?
O Kev era irritante, e depois ficou uma graça...
Obrigada pelo comentário!
Bjks


Silvana Barbosa 12/08/2013minha estante
rsrsr Título divertido pra uma ótima resenha , Sueli !


Sueli 12/08/2013minha estante
Obrigada Silvana! Bjks


Juliana 15/08/2013minha estante
Sueli, eu adorei a sua resenha, estou no primeiro livro ainda, mais lhe digo que não estou tentando ler o mais rapido que posso, esotu super anciosa para o segundo, agora me diga, se possivel, no Brasil ja tem previsão de sair os de Leo e Beatrix?, pelo que encontrei teremos pelo menos 3 lançados por aqui que se não estiver errada a minha informação seria sobre a Poppy.
Bjs


Sueli 15/08/2013minha estante
Boa tarde Juliana.
Obrigada pelo comentário, fique à vontade para criticar sempre que quiser, eu fico feliz.
Juliana, infelizmente não tenho notícias de novos lançamentos da série Hathaway, mas agradeceria muito se você tiver e quiser compartilhar comigo, ok?
A série é composta por cinco livros, cada um dedicado a um dos irmãos Hathaway.
O terceiro é o livro da Poppy, que fará par romântico com o dono do hotel onde a família se hospeda quando está em Londres.
O quarto é o livro da Beatrix, e se eu não me engano irá se apaixonar por veterinário.
E, o quinto e último volume é o livro do Leo, que está meio evidente irá se apaixonar pela preceptoras das meninas.
Espero que eu tenho lhe ajudado direitinho, pois sou famosa pelas minhas trapalhadas!rsrsrsrsrsr
Bjks


Adri Ramalho 22/08/2013minha estante
Ai, que legal saber disso, eu estava por fora dos pares românticos.
Bem que achei estranho a Poppy ser flagrada nos esconderijos do hotel.

Agora... Mamona de novo????

Bjksss


Sueli 24/08/2013minha estante
Mas, Adriana, o Momoa é um fetiche! Ele vive no meu reino dos sonhos...
Sem contar que é muito mais fácil de se escrever do que Arnold Schwarzenegger! rsrsrsrsr

Puxa, ainda bem que vai demorar um tempinho para sair o terceiro volume! Essas Hathaway são incansáveis! Haja saúde!
Bjks


Cris Paiva 27/08/2013minha estante
Sueli!! Escrevi a minha resenha agora e parece que estava ouvindo essa musica na minha cabeça enquanto escrevia! Falou tudo!!!!


Sueli 28/08/2013minha estante
Ah, Cris, eu acho que é muito fácil associarmos ciganos com Sidney Magal, não é mesmo? rsrsrsrsrs
Obrigada pelo comentário, querida!
Bjks


LUA 06/09/2013minha estante
Olá Sueli.
Estou lendo o livro um dessa série e ansiosa para chegar no segundo. Vim dar uma espiadinha na resenha do segundo e dei de cara com a sua resenha que tem o título perfeito sobre o sidney magal. Adorei. Parabéns pela sua escrita.


Sueli 06/09/2013minha estante
Obrigada Lua, eu fico super contente que você tenha gostado, pois eu me divirto muito escrevendo as resenhas, e tendo oportunidade de conversar com pessoas que gostam de ler tanto quanto eu.
Volte sempre, ok.
BJKS


Semiramis 08/09/2013minha estante
Só o Jason Momoa já me deu vontade de ler o livro agora,kkkk.
E olha que eu não suporto os mocinhos resistentes, afff.
:-)


Sueli 09/09/2013minha estante
Ah, Semiramis, então você vai precisar de muita paciência com o Merripen! Olha que já conheci homem chato, mas como ele está para ser escrito! Mas, como recompensa, posso dizer-lhe que ele melhora muito no final! \0/
Obrigada pelo comentário! Volte sempre!
Bjks


Semiramis 09/09/2013minha estante
OK. Já vou com meu espírito preparado pra esse livro,rsrsrs.
Bjos


Tícia 03/10/2013minha estante
Nossa, Sueli...
já era! Agora só vai dar Sidney Magal na minha cabeça quando eu ler o livro. Já era! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Ótima resenha, como sempre.

bjoooooooooo


Sueli 04/10/2013minha estante
Ah, Tícia, foi irresistível!
Obrigada pela visita, querida!
Bjks


Lizzy 04/10/2013minha estante
Querida Sueli, rindo muito com essa lembrança do sidney Magal, felizmente ele nem passou pela a minha cabeça. Fiquei chocada quando foi noticiado que ele agrediu a ex-esposa.
Bjs


Sueli 05/10/2013minha estante
Portanto, minha doce Lizzy, temos mais um motivo para esquecermos definitivamente o Sidney Magal! Merripen forever! Kkkkkkkkk
Obrigada pelo comentário,
Bjks


Lizzy 05/10/2013minha estante
Ah, Sueli, sem falar que lembrar do Jason Mamoa com lente ou sem lente é muito melhor, não é?!
Parabéns pela ótima resenha. Bjs


Sueli 05/10/2013minha estante
Ah...O Jason cabe direitinho em vários personagens lidos por mim...\0/
Obrigada, Lizzy!
Ótimo fim de semana para você,
Bjs


Danielle 27/10/2013minha estante
Gostei muito do primeiro, mas esse é BEM melhor! Adorei a história, adorei o mau humor do Kev, mesmo tendo vontade de torcer seu pescoço, achei lindo sua dedicação. O amor dele é lindo! E ainda por cima tem diálogos bem divertidos, principalmente vindos de Leo e Cam. Muito, muito bom mesmo.


Sueli 27/10/2013minha estante
Pois é, Danielle, eu também gostei muito! Vamos torcer para que o terceiro volume da série não demore a chegar, não é mesmo?
Bjs


Wanessa 14/01/2014minha estante
Sou suspeita para falar, pois adoro todos os livros da Lisa Kleypas. Adoro a escrita dela bem cativante.
Ameiii o Kev no primeiro livro, família adorável,.. Fiquei mega feliz quando o Kev resolveu se entregar ao Amor e usar o modo cigano (Adorável) e levar Win para cabana e fazer valer. rsrsrs Amooo essa série. rs bjus Adorei a resenha super fofa.


Cris 02/03/2014minha estante
Cada um tem sua opinião, mas não sei o que se tem para não gostar em Kev Merripen... Também, nada a ver a comparação com Sidnei Magal. E, por fim, um tanto quanto contraditória a resenha, fiquei meio sem entender se gostou ou não do livro.


Sueli 02/03/2014minha estante
Obrigada Cris, pelo comentário e pela simpatia! Um ótimo feriado para você.
Bjs


Renata Forbeck 18/10/2014minha estante
Excelente resenha! Acabei de terminar o primeiro livro da série e agora vou correndo ler esse!


Sueli 18/10/2014minha estante
Obrigada Renata pelo comentário. Leia o livro e divirta-se com mais uma história romântica, sensual e muito divertida.
Volte sempre,
Bjks


Isa_Oli 19/12/2015minha estante
Tenho um certo fraco por casais onde mesmo o homem sendo durão quem acaba conduzindo tudo é a mocinha.... e principalmente quando existem essas diferenças sociais que tornam quase impossíveis os relacionamentos...então quando percebi o sentimento passional de Kev pela frágil Win no primeiro livro eu quase passei direto para ele. Kev tem essa essência selvagem de um passado marcado. As marcas da infância são as mais difíceis de serem apagadas, o fato dele ter sido resgatado e amado, transformando ele nesse fiel protetor da família já é uma redenção e tanto. O problema é que dentro dele - por que ele tinha sido criado para ser isso- ele não podia ser mais ou querer mais do que ser apenas um fiel animalzinho de estimação que viveria para sempre e de muito bom grado aos pés de seu dono, que no caso para ele era a Win. Imagine ter essa autoestima, essa percepção de inferioridade e ter de lidar com o sentimento do amor, puro e fervoroso, mas que sentia ser indevido, que ele acreditava trair toda a gratidão que deveria ser tudo o que deveria sentir. Viver ao lado de Win dessa forma era um lugar que ele acreditava que jamais poderia tomar ainda mais quando ela era tão frágil. E temos Win, a Hathaway mais forte e decidida em minha opinião, mas com a fragilidade na saúde que estava a impedindo de viver tudo o que ela mais queria e desejava, viver como uma mulher plena e em todos os sentidos da palavra. Ela queria ser uma mulher. Uma mulher para Kev, de corpo e alma, e sua frágil saúde não só retirava as chances dela poder ser uma mulher plena como também afastava e amedrontava o homem que ela amava. Eu digo que quando esse tipo de mulher e esse tipo de homem resolvem fazer acontecer, acontece e acontece de forma gloriosa. Minha ansiedade foi presenteada com tudo aquilo que eu queria e mais um pouco. É o meu livro favorito da série, e ainda tem aquela história divertidíssima do casamento deles que a autora lançou depois que eu adorei. Não imagino o Merripen como o Jason Momoa, imagino ele com uma aparência sômbia, forte, porém contida. A verdadeira fera existindo muito mais no interior do que no exterior. O exterior apenas lutando para esconder bem a fera para si mesmo. Merripen é meu bebê.... todos esse frágeis exemplares machucados e inseguros de machos de nossa espécie descrito nos romances o são... não consigo resistir. Tudo o que precisam é de amor, carinho e uma mulher que bote ordem neles....hehehehehe.... adorei sua resenha!


ritita 03/04/2016minha estante
Criatura, parabéns! Que delícia de resenha! Quero resenhar assim quando crescer. Acho que gostei mais da tua resenha do que do livro.


sandra 29/12/2016minha estante
Ai Sueli ... procurando a nota deste livro eis que deparo com esse titulo e rolo de rir kkkkk .... tinha abandonado essa serie por não ter gostado do primeiro livro , mas porem , contudo ... voltei e Sidney Magal é realmente de quem eu lembro quando leio agora .


Cintia.Lima 02/08/2017minha estante
Oi Su gostei das suas resenhas dos meus livros favoritos do momento ,apesar de estar uns anos atrasada kkkkk mas eu gosto de todos os Hathaways por mais que estou no terceiro livro hehehe continue assim com suas resenhas amei todas e queria pedir uma resenha do meus livros favoritos que são a série A maldição do tigre da Collen hoock .bjs


Leila 24/07/2018minha estante
Olá, Sueli :)
Mulher, tu deveria criar um canal no YouTube... suas análises são sensacionais!!!
Agora só procuro por você haha
Obrigada


Fran 26/11/2019minha estante
Li o livro em 2015 e não gostei; foi o que menos gostei. Amo Lisa Kleypas e resolvi reler ontem. Não lembrava de quase nada. Vagas lembranças somente. E me surpreendi, eu amei o livro. Vou reler toda a série agora. E amei a sua resenha. Exatamente isso.


Fabby 08/07/2020minha estante
Oi Sueli! Você tem o livro? Estou tentando conseguir porque tenho o 1 e o 3. Mas nuncaaaaa vou pagar os valores que estão pedindo! Abraços.


Sueli 11/07/2020minha estante
Fabby, é claro que comprei toda a série, em papel. Se eu fosse você daria uma olhadinha na Amazon, pois passado tanto tempo do lançamento o livro deve estar bem mais em conta do que quando eu comprei. ??


Sueli 11/07/2020minha estante
Ah, Fabby, olhe na Estante Virtual, tem ótimos exemplares de segunda mão.


Fabby 15/07/2020minha estante
Obrigada Sueli! Você acredita que está tudo assim caro???


Keilinha 05/02/2021minha estante
Mano tô rindo até agr do Sandra rosa Madalena kkkkkkkkkkkkkk




cris.leal.12 04/09/2020

Sobre um amor inevitável e infinito...
Kev Merripen foi acolhido pela família Hathaway na infância, depois de ter sido abandonado por seu clã cigano, gravemente ferido. A princípio, o garoto planejava partir assim que se recuperasse, pois não queria passar a vida com pessoas de cultura tão diferente da sua, mas o afeto imediato que sentiu pela doce Win Hathaway o fez mudar de ideia e afetou irremediavelmente seu futuro. Kev decidiu não ir embora só para ficar perto dela. Por seu lado, assim que Win pôs os olhos no garoto cigano meio selvagem, soube que ele era sua alma gêmea.

Adotado pelos Hathaways e muito querido por eles, Kev cresceu forte, reservado e decidido a proteger aquela família com a própria vida. Por causa de seu passado sombrio, escondeu os sentimentos profundos que sentia por Win. Ele foi criado na violência e na mentira. Era tratado como um animal e foi treinado para lutar como um. Para sobreviver viu-se obrigado a cometer atrocidades e, por isso, não se sentia digno da inocente Win. Apesar de ter se tornado um homem bom, temia que sua natureza rude pudesse machucá-la de alguma forma, principalmente depois que uma grave doença quase a matou. Sempre muito fraca e cansada, Win passou a ser tratada como uma inválida. Para preservá-la, Kev não ousava ser para ela mais do que um protetor.

Certa de que seu problema de saúde era a única coisa que impedia Kev de declarar seus sentimentos, Win resolveu procurar tratamento numa clínica francesa, de onde voltou, dois anos depois, totalmente curada. Mas, para seu desespero, descobriu que Kev Merripen ainda insistia em protegê-la dele mesmo e continuava lutando contra a atração que sentia. Mas será que o cigano manterá a resistência quando descobrir que Win trouxe da França, a tiracolo, o médico que a curou?

Confesso que tive vontade de dar uns sopapos em Kev pela insistência de não se entregar à paixão infinita que nutria por Win. Que homem teimoso! Foi necessário uma verdadeira força tarefa familiar para fazer o turrão desempacar. E, a propósito, que família maravilhosa é a família Hathaway! Além disso, Win é muito determinada e a crença inabalada no amor deles, foi a força que a fez insistir, até que o herói bruto com pinta de perigoso, se rendeu, incrivelmente intenso e apaixonado, bem ali... aos pés dela.

site: https://www.newsdacris.com.br/2020/09/resenha-seducao-ao-amanhecer-de-lisa.html
Nic 04/09/2020minha estante
Também senti vontade de esganar a teimosia do Kev hahaha
Esse livro é lindo demais


cris.leal.12 04/09/2020minha estante
Kkkkkk concordo com vc, Nic!




Aninha 17/03/2021

ACLAMAÇÃO, tô apaixonada
Fiquei muito apegada aos personagens desse livro, acho q foi um dos motivos de ter gostado tando. A Win é incrível e Merripen maravilhoso.

Apesar da enrolação para o casal ficar junto eu amei muito, descobrir os segredos do Kev foi muito triste, coitado do meu pitico sofreu tanto ?

Eu AMEI as interações do Leo e da Srta. Marks, to ansiosa para o livro deles AAAAA.

Eu não gostei muito da parte da mentira, achei q não foi necessária, mas de resto tudo perfeito!
melelivros 17/03/2021minha estante
qual o nome do primeiro livro?


Aninha 17/03/2021minha estante
desejo a meia noite




Stephanye.Nunes 02/02/2021

Favoritei sim. ???
Amei esse livro anos a trás e amo ele agora! Amo essa personagem principal que é forte, delicada , determinada . Amo as revelações bombásticas , as declarações mais lindas possíveis.
comentários(0)comente



Jana 18/02/2020

Muito bom
Win mulher de atitude adorei.
comentários(0)comente



Rbragab 29/04/2021

Que leitura maravilhosa ??
Que sdds de um bom romance que me prendesse da mesma forma que os livros da Julia Quinn e finalmente encontrei com a Lisa.
Ela tem uma escrita leve e divertida, que prende você do início ao fim. Quando pisca o olho, já tem terminado.
Esse livro seque um pouco da pegada do primeiro livro. Win é apaixonada por Kev/Merripen, que é um cigano/gadjo, que também tem sentimentos fortes por ela. Porém Kev não se acha merecedor de Win e faz tudo para afastar-la e continuarem amigos. Mas a gente sabe que não vai ficar assim né kkk
Eu aqui achando que amava livros com cavalheiros da alta sociedade e totalmente libertinos. Estou rendida por dois ciganos ??
Erika.Borges 29/04/2021minha estante
Aaaa quero muito ler




Amanda Caldeira 01/06/2020

Um dos meus favoritos do estilo romance de época!
Eu sou apaixonada pelos Hathaway, essa família tão incomum criada por Lisa Kleypas. Amo quando as histórias se interligam e podemos ter um pequeno vislumbre dessa turma tão divertida. E com certeza um dos personagens que mais intrigam nesse universo é o Merripen.
Kev Merripen é um cigano e foi criado como um cão de briga. Seu tio, um homem importante no meio cigano o odiava por sua origem e o criou como um ashribe (uma espécie de lutador mirim em que as crianças lutam como uma rinha), aos 10 anos foi dado como morto após um ataque ao acompanhamento em que vivia e daí sua vida começou a mudar.
Os Hathaway são uma família nada convencional e quando encontram um cigano machucado, o levam pra casa e mesmo com suas reações acuadas decidem mantê-lo em casa. Kev não queria até que encontrou com a segunda filha do casal, Winnifred ou Win e sua vida mudou para sempre, agora ele tinha um motivo para viver.
Win se encantou com o menino arisco que seus pais ajudaram e tornou sua missão de vida ajudá-lo a se adaptar, mas mesmo pequeno Merripen tinha uma personalidade forte e só ficava calmo ao seu redor. O tempo foi passando e a amizade se tornou um amor tão profundo que ela não via sua vida sem Kev. Até que a tragédia se abateu sobre os Hathaway.
Primeiro o pai morreu, depois a mãe se foi de tristeza e então aconteceu o surto de escarlatina na aldeia. Leo e Win foram afetados e apenas Amélia e Kev estavam lá para ajudar. Kev deu seu sangue pra manter Win viva e só quando ela começou se recuperar, ele voltou a respirar direito. Mas você pensa que tudo começou a andar bem daqui?! Óbvio que não, senão não seriam os Hathaway hahahaha.
Win teve sequelas e ficou extremamente frágil. Kev convencido de que ele seria a morte dela, não se atreve a se aproximar mais. Eles crescem e Win se cansa de não ser amada como quer, indo embora para a França se tratar após o final do livro anterior. Kev passa a viver para o trabalho nas terras de Leo e vive mais taciturno que tudo. Até o dia em que Win volta curada e decidida a ter seu amor correspondido.
Eu sou fascinada nesse tipo de amor que ultrapassa a barreira do bom senso, que é tão forte que os personagens têm dificuldade de respirar ou falar sobre e quando eu leio a intensidade do amor de Kev e Win, eu fico impactada. Kev é muito cabeça dura e muitas vezes tenho vontade de afogar ele no lago, mas é tão verdadeiro e passional com Win que me surpreende o tempo todo, pois a imagem dele antes de um homem completamente fechado. Já Win, o que falar?! Uma das poucas mocinhas de época que eu admiro (Amélia também!), forte, destemida e mesmo quando doente, decidida. Ela queria Kev e lutou por isso, quando ele desistiu, ela não foi embora chorar como uma criança, mas sim jogou na cara dele que ia ser feliz sozinha se fosse o caso (mesmo chorando por dentro), adoro quando as mocinhas são fortes sem serem chatas.
Enfim, porque resenhei esse primeiro?! Porque é uma das minha histórias favoritas e mereceu minha lembrança e uma resenha... Quero muito ler mais livros de Lisa, com certeza uma das melhores autoras que eu conheço!
Fabby 06/06/2020minha estante
Amanda você tem o livro? Não consigo encontrar e quando encontro o valor é absurdo!!! ?


Amanda Caldeira 06/06/2020minha estante
Oi! Infelizmente eu não tenho o livro fisico :( , eu li em ebook! Esses dias ele estava em promoção na Amazon, da uma olhadinha se ainda está!




Camila 08/04/2021

QUE LIVRO FOI ESSE BRASIL?
Lisa Kleypas entregou tudo nesse livro, tem romance, tem suspense, tem ação, tem segredos... E eu só fiquei abobada lendo isso sem conseguir me controlar.
A parte do romance eu fiquei muito nervosa, Merripen me estressou profundamente, não queria mas não largava o osso, não gosto desse jogo de empurra e puxa. Win, ícone que sempre soube o que quis, faz de tudo pra fisgar o cigano cabeça dura.
O que mais estou gostando nessa série é que a autora não foca só no casal principal, ela nos dá trechos narrados pelo casal do livro passado e já vai adiantando para a gente casais dos próximos livros, acho que desviar atenção do romance principal deixa o livro mais dinâmico, fora que adoro quando os autores vão construindo o romance, não apenas deixa os personagens caírem de paraquedas em seus respectivos livros.
As cenas de ação são sensacionais, me diverti muito lendo, mesmo na angústia a autora me arrancou boas risadas.
Só posso dizer que mal vejo a hora de ler o restante da série, espero que a autora tenha conseguido manter o nível dos dois primeiros.
comentários(0)comente



Maisa @porqueleio 26/03/2021

A grande família está de volta!
Chegou a vez de Win Hathaway... mas antes, vamos conhecer o passado do misterioso Merripen, o cigano que foi acolhido pela família, e que logo se apaixona perdidamente pela bela Win, e sabe que não pode ter esse amor. Ele é taciturno, inquieto, e ama os Hathaways – todos eles. Win, ele venera.

“Kev a amava. Não como descreviam os romancistas e poetas. Nada tão domesticado. Amava além da terra, do céu ou do inferno. Cada momento longe dela era agonia; cada momento com ela era a paz que jamais conhecera.”

Merripen e Win se conhecem há anos, e todos sabem que o amor é correspondido. Mas, enquanto Merripen não se acha digno, Win acha que ele merece uma mulher saudável, e ela perdeu a chance quando contraiu escarlatina. Acontece que ela é uma mulher forte, e vai aonde for necessário para recuperar a saúde e reconquistar esse cigano arredio. Putz, como ele foge...

Achei bem interessante a abordagem da cultura cigana, suas crenças e seus laços com a natureza e a vida nômade. Merripen teve uma infância sofrida, e quando percebemos que suas cicatrizes remontam a infância, fica mais fácil compreender o homem. Ainda assim, confesso que não teria a paciência da Win...

Aqui temos o irmão mais velho, Leo, de uma forma bem diferente do livro anterior. Ele vestiu uma máscara de pura ironia e canalhice, mas lhe caiu bem... E as meninas estão em plena temporada em Londres... como uma família tão única como os Hathaways são recebidos pelos ricos esnobes? Evidente que nem ligam.

Foi bom rever essa família querida, um novelão onde todos os familiares estão presentes e opinantes, em busca de seus finais felizes!

site: https://www.instagram.com/p/CMuxPbyjFDk/
comentários(0)comente



24/04/2021

Melhor que o primeiro!
Adorei a Win nesse livro e a forma como ela descontrai a ideia de fragilidade que todos tinham em relação a ela, além do relacionamento do Kev com o Cam que também acrescentou muito na história, estou encantada ?
comentários(0)comente



lekastilho 07/05/2021

Tinha tudo para ser melhor
A história foi muito bem desenvolvida, todos os outros personagens, os plot twist, a personalidade da Win, a relação de Kev com Cam, tinha tudo para ser perfeita. Mas infelizmente o enrolo dos protagonistas e o certa parte do livro me decepcionou :(
comentários(0)comente



Nica 12/03/2021

Eu fiquei ansiosa pelo romance da Win e do Kev desde o primeiro livro de série, desde lá eles já tinham me conquistado.
A Win conseguiu me conquistar mais ainda, pela força e determinação que ela teve em superar os problemas de saúde dela, sem nunca perder o jeito meigo e doce.
Confesso que detesto o plot em que o romance demora pra acontecer porque um dos protagonistas não quer ceder, mas entendi totalmente o lado do Kev. Em algum momentos passei raiva com as atitudes dele, mas eu me apaixonava cada vez mais por ele.
E sem palavras pra primeira vez deles, eu amo como a Lisa Kleypas não fica presa àquela fórmula de sexo somente depois do casamento, mesmo em um romance de época. As personagens dela são mais livres e não tão ingênuas como as dos outros livros do gênero e eu acho isso incrível.
Enfim, fiquei mais apaixonada por Amélia e Cam, por Win e Kev e pela família Hathaway.
comentários(0)comente



Aisha Andris @AishandoBooks 10/03/2021

Um homem bruto que encontra a luz no amor de uma delicada jovem
“Sedução ao Amanhecer” é protagonizado por Win, uma jovem que, após pegar escarlatina, nunca mais foi a mesma. Mas aqui ela tem a oportunidade de ir pra França fazer um tratamento inovador e voltar muito mais forte do que saiu. Quando retorna à Inglaterra, seu maior objetivo é conquistar Merripen, um jovem cigano criado no seio da família e que também é apaixonado por ela, mas sente-se indigno do amor da jovem. Mas quem disse que Win aceitará a recusa sem lutar?
Merripen é um homem criado para a violência e brutalidade, mas desde que conheceu Win, viu nela a luz que faltava em si mesmo. Quando cresceram, o sentimento de proteção se tornou uma paixão avassaladora, mas ele nunca a macularia com seu toque. Só que resistir fica cada vez mais difícil, quando os esforços de aproximação de Win se intensificam e surge alguém que pode roubá-la dele para sempre.
Além do amor por Win, Merripen ainda precisa confrontar seu passado a fim de descobrir coisas que não sabe sobre sua própria origem. É quando ocorre uma inesperada revelação que o liga de forma definitiva a alguém por quem nutre sentimentos ambíguos.
Merripen é um personagem que surpreende muito. Ao mesmo tempo em que emana selvageria, a forma como trata Win e demonstra seu amor por ela é linda demais. A gente tem flashbacks de como ele cuidou de Win durante a doença e essas cenas aqueceram muito meu coração. Confesso que sofri vendo a forma como ele menosprezava a si mesmo, mas quando ele finalmente se rende ao que sente, é maravilhoso demais! E a Win, apesar de ser delicada na maior parte do tempo, também demonstra um lado mais perigoso que me fez surtar. Simplesmente amei, mesmo não virando um dos meus livros favoritos da Lisa.

site: https://aishando.home.blog/
comentários(0)comente



Cris Paiva 28/08/2013

Pasmém! O segundo livro foi melhor que o primeiro da série!!
Normalmente é ao contrário, o primeiro livro é maravilhoso, e do segundo em diante vai decaindo...
Kev é o cigano mal-humorado que já foi apresentado no primeiro livro. Ele nutre uma paixão violenta e totalmente platônica pela Win desde criança.
Win sofre de uma doença dos pulmões desde que pegou escarlatina na adolescência e agora que a família está em melhores condições, decidem manda-la para um tratamento na França.
Isso é a morte para o Kev. Apesar de querer o bem de Win, o tempo e a distância são demais para ele. E mesmo sofrendo ele não dá o braço a torcer, e esconde com mais afinco os seus sentimentos se entregando ao trabalho. Nem as provocações de seu pseudo-cunhado, também cigano, conseguem tira-lo do piloto automático. Isto é, até a volta da Win, que resolve trazer a tiracolo o médico bonitão que a curou na França.

É claro que o Merripen fica doido e sai distribuindo grosserias e ameaças de morte para todos os lados. Aliás, como esse homem é grosso!! Affff!!! Adoro um cigano grosso de camisa aberta no peito e correntes de ouro. Tenho vontade de bater as tamancas no chão e sair dançando a musica do Sidney Magal quando encontro um desses pelo caminho. Ui!!!!

Com Merripen mandando bordoadas para com todos os lados, Win tem de se armar de paciência e artimanhas se quiser conquistar de vez o seu ciganão. Tarefa nada fácil, pois além de ser grande e grosso (meu tipo!!!) o Kev se acha indigno da delicada e educada Win, e apesar de ODIAR o médico, ele resolve abrir mão de seu amor pela felicidade dela. É claro que essa decisão só dura o que?, umas 3 paginas antes dele surtar e acabar com a festa. Adoro os surtos psicóticos dele! Só isso já vale a pena o livro inteiro! Kkkkkk

Ainda temos no livro a solução do mistério que envolve as tatuagens dos dois ciganos, Kev e Roan. Não que isso realmente seja um mistério, mas adorei saber a história por trás disso tudo.

Como eu ja disse o livro é melhor que o primeiro e IMPERDÍVEL!!!
Cristine 05/09/2013minha estante
adorei
adoro esse tipo de mocinho, ogro ciumento...


Carla 06/01/2014minha estante
Cinago orgo?? Preciso passar esse livro para a frente da pilha da minha meta!
Adirei a resenha Cris!


Isa_Oli 19/12/2015minha estante
Adorei sua resenha e diz bem tudo o que penso... adoro esse amor platônico dos dois, e a saúde dela era um impedimento e tanto o que rasgava o coração de ambos (e o meu tb) adoro essa selvageria de temperamento fazendo um contraste com toda a delicadeza de cuidados que ele destinava à ela e à família. Ele se comportava da forma como ele se via, como um cão de guarda fiel e amante do seu dono. A Win tb é minha favorita, frágil por fora, forte por dentro, do tipo que sabe o que quer e não mede esforços para conseguir. Só uma mulher tão forte assim seria capaz de dobrar o homem que era Merripen. Como aguardava, o resultado disso foi glorioso. Um dos meus livros favoritos sem dúvida. Do tipo que a gente relê com gosto.




Thays 13/04/2020

Amei ...
Lindo lindo !!
Passei muita raiva lendo esse livro , parei de ler uns dias de raiva do Kev.
Aí hoje resolve finalmente terminar e resolvi que Kev é um amor! kkkkk
Tudo se encaixou e resolveu!
Recomendo a leitura! Estou gostando muito dessa série !
comentários(0)comente



310 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |