Tentação ao Pôr do Sol

Tentação ao Pôr do Sol Lisa Kleypas




Resenhas - Tentação ao pôr do sol


270 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Julia 11/05/2021

Amor era enxergar a verdade da pessoa e aceitar todas as suas nuances, o bom e o ruim. Amar era uma habilidade.
Poppy Hathaway sempre sonhou em encontrar seu príncipe encantado, se casar e formar uma família. Porém, parece que isso não vai acontecer, porque, apesar de ser muito bonita, muito inteligente, e frequentar há anos a temporada londrina, ela tem opinião e gosta de conversar sobre assuntos variados, que aprendeu com seu pai, e que não são comuns de moças como ela falarem, e isso acaba espantando os pretendentes.

Em uma noite hospedada no hotel Rutledge, Poppy persegue Dodger, o furão de estimação de sua irmã caçula, Beatrix. O furão pegou uma carta que, nas mãos erradas, pode comprometer Poppy. No meio da perseguição, ela entra em um lugar escondido em uma passagem secreta, e dá de cara com Harry Rutledge, o recluso proprietário do hotel.

Harry começa a se interessar pelos encantos de Poppy e decide que a terá ao seu lado como esposa e amante, custe o que custar. Não por amor, mas simplesmente por ser um homem muito poderoso, acostumado a ter tudo o que deseja.

Ele não sabe o que significa a palavra amor, e nem pretende descobrir. O que ele quer é somente o corpo de Poppy. Então Harry percebe que ela é muito mais do que um rostinho bonito.

O casamento deles começa de uma forma errada, mas torci muito para que ele aprendesse a lidar com o amor que sentia pela Poppy e que ela o perdoasse (depois de negar o que ele mais queria, é claro).

Os dois são completamente diferentes, ela é tão romântica quanto ele é frio, mas é lindo de ver ele se rendendo ao amor que sente, e ela, mesmo tendo desejado a vida toda um príncipe, ter se apaixonado pelo vilão (que não é tão vilão assim). Os dois precisavam ser amados, mas não sabiam como e, juntos, descobrem.

Amei!
comentários(0)comente



Juh 11/05/2021

Amos os clichês!
Conheci os romances da Lisa através da série Os Revenels e fiquei encantada com a elegância da escrita dela, não tem como parar de ler. Sempre tem um plot que deixa a gente curioso para terminar a história.
Na série Os Hathaways não está diferente rs. Nesse terceiro livro, a gente se diverte e se emociona com a história desse casal improvável Poppy e Harry. Queria que tivesse sido explorado mais a questão do triângulo amoroso que apareceu no início, sai um pouquinho do clichê... mas adorei a história como se desenvolveu mesmo assim. Dos três livros da série que li, gostei mais desse! ?????
comentários(0)comente



Mands 09/05/2021

muito bom sério é o melhor livro até agora da sequência dos Hathaways amei
o Léo KKKKKK FOI TUDO NESSE LIVRO
Falcone 09/05/2021minha estante
Meu livro fav dos Hathaways tbm ??????




Jam 07/05/2021

Arrepia...
Um homem que consegue tudo o que quer. Uma mulher que quer uma vida tranquila e feliz no casamento.
Os dois juntos será que vai dar certo?
Claro que sim!
Principalmente quando a heroína é forte e determinada e não deixa ninguém pisar nos seus sentimentos e vai a luta por aquilo que quer. E um homem machucado que não sabe o que é amor, até conhecê-lo.
comentários(0)comente



Nica 06/05/2021

Vou começar dizendo que a Poppy merecia muito mais.

Eu leio romances de época consciente das problemáticas, principalmente quando se trata do comportamento dos personagens masculinos, mas ler um livro em que o cara arranca a liberdade de escolha de uma mulher em uma época em que já não se tinha muita escolha, definitivamente não é o que eu espero lendo esses livros.

Acho que a intenção da autora era escrever sobre um personagem que faz de tudo em nome do amor, mas não fez sentido algum já que desde o primeiro encontro, logo eles mal se conheciam, Harry já havia decidido que faria de tudo pra ter o que ele quer, ou seja, a Poppy. Seria completamente diferente se ela estivesse noiva de outro cara contra sua vontade, mas fosse apaixonada pelo Harry. Só então eu acho que as ações do Harry seriam justificadas.

A narrativa do mocinho sombrio com o passado triste que se apaixona pela mocinha justa e paciente que se torna a salvadora do mocinho tem até seu charme, se for trabalhada direito, mas acho que a Lisa falhou muito nisso em tentar trazer um personagem que seria complexo, pra dividir os sentimentos dos leitores de propósito. O problema é que o Harry não tem profundidade, ele só conseguiu apresentar arrogância sobre camada de arrogância e egocentrismo.

De longe foi o livro dos Hathaway que eu mais detestei. Senti que a Poppy é a mais diferente da família e a irmã que menos se impõe e isso fez muito diferença na história.
comentários(0)comente



Caabiagi 03/05/2021

Amei!
Aí eu amo as histórias dos Hathaways! Cada um deles com suas peculiaridades. Amei a história e amei conhecer mais sobre outros personagens tbm. Uma leitura que te envolve do começo ao fim.
comentários(0)comente



EmilyCaetano 01/05/2021

Gosto dos personagens
O começo foi meio arrastado, mas depois dessa fase meio arrastada a história pega um ritmo bom, Harry se estabelece como um personagem interessante e da movimento. Achava a poppy mais apagadinha perto das irmãs, mas ela ganhou mais personalidade aqui. Gostei.
comentários(0)comente



Rbragab 30/04/2021

Que livro incrível ?
A forma que autora aborda nesse livro sobre a verdadeira essencia de um casamento, além de o que é realmente amor. Poppy criou uma ilusão romântica do que esperar do futuro e do casamento. Em outras palavras ela quer um príncipe encantado, entretanto é a presença de um vilão que a deixa sem fôlego e arrebatada. Ele arrisca tudo para conquista-lo, mesmo ela tendo dado o coração para outro homem.
Ao mesmo ponto que o vilão mostra que é muito mais do que aparenta ser e aos poucos vai desfazendo sua máscara, revelando seus segredos e os medos.
Um dos pontos que mais amei no livro é a abordagem da autora para construir o amor de Poppy e Harry. Uniu personagens que necessitavam ser amados, mas que não estavam prontos para admitir que precisam um do outro.
É uma relação que começa com mentiras, manipulações e um pouquinho de ódio. O sentimento entre os dois foi feito de forma gradativa e bem desenvolvida. Por mais que negasse por muito tempo, Harry sentia mais do que apenas desejo por Poppy, mas como não sabia lidar e compreender seus próprios sentimentos, a afastava cada vez mais.
Amei o Harry. Ele é aquele cara que a gente tem a relação de amor e ódio. Ele é manipulador e não esconde isso de ninguém, mas não deixa de ser um bom patrão. Tudo o que ele quer vai atrás e esse foi o sentimento por Poppy - e fez de tudo para conquista-la. Ele anda e esbanja a figura de ser uma pessoa ruim, quer que as pessoas vejam esse lado. No fundo, ele se mostrou apenas uma pessoa insegura em relação aos sentimentos. Harry cresceu em um ambiente sem amor e isso fez com que ele erguesse uma parede. Mas nada que um pouco de uma Hathaway na vida para derrubar a postura de bandido mal.
Nem preciso falar da Poppy né. Doce, sempre tenta ver o melhor nas pessoas, prestativa, dona de uma curiosidade peculiar e gosta de qualquer tipo de conversa. Talvez por essas conversas, ainda não tenha conseguido um marido, mesmo depois de 3 temporadas em Londres. Aaa claro ... além de forte, determinada e opiniões próprias, um pouco além do que se espera das mulheres da época.
Então com uma mulher dessas acabou casando com uma cara como Harry Rutledge?
comentários(0)comente



Elisa 30/04/2021

O que mais me incomodou nessa história foi o mocinho(ou vilão kkkkk) porque ele é muito manipulador. Mas lá pro finalzinho mesmo tudo se ajeita.
comentários(0)comente



papo_mary 28/04/2021

Tentação ao Pôr do Sol
Divertido, surpreendente e cheio de reviravoltas, esse terceiro livro da serie é maravilhoso, de um jeito único, que somente essa família maluca poderia ser.

A relação de Poppy e Harry já começou com mentiras, manipulações e uma pitada de ódio mortal (tipo meu ódio por Criança Amaldiçoada). Diferente das irmãs, Poppy casou mais por obrigação do que por amor, mas estava disposta a tirar o melhor proveito da situação. O sentimento entre os dois foi feito de forma gradativa e bem desenvolvido. Por mais que negasse por muito tempo, Harry sentia mais que só desejo por Poppy, mas, por não saber como lidar com esse tipo de sentimento, a afastava. Como falei antes, Poppy sempre tende a ver o melhor nas pessoas e aos poucos foi descobrindo que o marido não era a própria Elsa.

Quotes...

"amor não tinha a ver com encontrar alguém perfeito para casar. Amor era enxergar a verdade da pessoa e aceitar todas as suas nuances, o bom e o ruim. Amar era uma habilidade.?

? ele só a queria se fosse fácil. Mas eu faço o que for preciso para ter você. Não porque seja bonita, inteligente, bondosa ou adorável, embora você seja mesmo todas essas coisas. Eu a quero porque não há mais ninguém no mundo como você, e não quero nunca mais começar um dia sem vê-la.?
comentários(0)comente



Juliana 26/04/2021

Muito estressante,passei raiva mais n odiei
Eu até Então n li os dois primeiros Hataways só fui ler esse pq soube que era de casamento conveniente, em geral eu passei muita raiva pq o Harry n entende um não, e tbm passei raiva com a Poppy que era muito chata! Eu fiquei muita curiosa para ler os dois primeiros enquanto tava lendo esse por causa principalmente do Cam, porém acabou esse livro e eu só queria ler o do Leo, e foi oq eu fiz!
comentários(0)comente



Nalice 26/04/2021

A Bela e A Fera dos romances de época
Eu me via amando e odiando Rutledge a cada página... ele é o vilão e o mocinho ao mesmo tempo. Me fez lembrar a Fera da Disney. Tão desesperado que toma medidas cruéis e aprisiona a Bela para sentir alguma coisa. Mas ele só não sabe amar.
A Poppy é incrível!!!! Eu acho tudo personagens inteligentes, ousadas e que nao tem medo de amar.
Exatamenge por isso que eles são perfeitos um pro outro.
A história, relacionamentos e as personalidades, tudo muito bem desenvolvido e fluido. Não conseguia parar de ler e me vi suspirando de amores por essa história linda!
comentários(0)comente



Maisa @porqueleio 26/04/2021

A Poppy salva a estória com louvor, porque o Harry... leia e me diga!
Diferentemente dos irmãos, Poppy Hathaway sempre se esforçou para se ajustar aos padrões da sociedade inglesa. Uma jovem linda e inteligente, quer se casar por amor. Ela até já encontrou seu interesse romântico, um jovem nobre que só precisa convencer o pai que Poppy não é como os outros Hathaway.

Hospedada no Hotel Rutlege durante mais uma temporada em Londres, ela sai em busca do furão de sua irmã, que roubou uma carta que poderia comprometê-la. Na busca frenética por Dodge, ela acaba esbarrando em um desconhecido dentro de uma passagem secreta. O estranho nada mais é que Harry Rutlege, o dono misterioso do hotel, que se encanta rapidamente por Poppy - não é toda mulher que discute política do extremo oriente com tanta propriedade. E ele percebe, além da inteligência, a beleza, e decide que a quer – esses homens possessivos!

Por conta de uma vida desprovida de amor familiar, ele acredita que não tem condições de amar e ser amado, mas faz o que está ao seu alcance para convencer Poppy a ficar com ele. Felizmente encontra uma adversária a altura, que vai mostrar para esse turrão que mulher não é só um objeto decorativo, e que um relacionamento precisa de duas pessoas para funcionar!

O Harry é daqueles personagens que irrita a gente, acostumado a ter todos a seus pés, prontos para atender qualquer necessidade. Foi criado assim, mas é inteligente suficientemente para entender que não é o centro do universo. Mas é difícil abrir mão do controle sobre tudo e todos. A Poppy é uma mulher forte, que não vai abaixar a cabeça, e vai dar uma bela lição nele.

Adorei as aparições do Leo, quero logo ler o livro dele! Os funcionários do hotel são aprendizes de cupido maravilhosos, foram outro ponto positivo do livro.

"O chef pareceu muito preocupado.
-O que nos dá a impressão que ele ainda não... ah... experimentou o agrião?
-Acha que há algum problema com a cenoura?
-Agrião, cenoura... Tudo é comida para você? - ralhou Jake"

site: https://www.instagram.com/p/CNk6YhujZL3/
comentários(0)comente



Pâmella 23/04/2021

Tentação ao por do sol
O livro é bom, a escrita da Lisa é maravilhosa. O Harry não é o tipo de personagem que eu gosto mas a Lisa ainda arruma uma forma de fazer a gente gostar um pouquinho dele rs
comentários(0)comente



270 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |