Elite

Elite Rachel Van Dyken




Resenhas - Elite


8 encontrados | exibindo 1 a 8


Jessica Vassiliades 29/09/2020

Se arrependimento matasse...
Elite é uma cópia barata e mal feita do livro "Princesa de Papel".
A personalidade de Tracey é ridiculamente insossa, fútil e infantil. Suas motivações e gostos são superficiais, dando mais raiva ao leitor ao longo da história.
Os intocáveis são super tocáveis, porque acho que a autora esqueceu desse detalhe em alguns momentos do livro.
O suspense é super mal construído, deixando óbvio as intenções da autora.
Nenhum dos personagens faz o livro ser um pouco mais tragável.
A escrita é piegas e mais parece uma péssima fanfic do que um livro de uma autora "aclamada".
Se arrependimento matasse quando eu escolhi isso para ler, eu já estaria morta e enterrada.
Uma estrela, porque eu ainda estou sendo generosa.
comentários(0)comente



Sergia.Souza 08/07/2020

o livro é um super clichê jovem adulto que se passa na universidade e que vai contar a história de Tracy e Nixon. Após ter ganhado uma bolsa de estudos por sorteio na renomeada Universidade Eagle Elite University, Tracey parte para uma vida totalmente diferente. Tracey foi criada pelos seus avos desde que perdeu os seus pais, mas infelizmente a sua amada avó faleceu e tudo o que ela tem é o seu avô e o que mais queria era ficar em sua fazenda cuidando dele.


Quando chega nessa Universidade ela não é muito bem recebida e já é intimidada no momento em que coloca os pés nela. Ela conhece os escolhidos “como se referem eles”, já ditando regras e falando o que ela deve e não deve fazer e umas dessas regras são; Não toque os escolhidos, Não converse com os escolhidos e Não olhe para os escolhidos e se ela quebrar essas regras sofrerá grandes conseqüências. Os escolhidos são garotos lindos, atraentes e assustadores e um deles chama mais a sua atenção, Nixon é o líder e todos daquela Universidade idolatram Os Escolhidos e morrem de medo deles também. Mesmo sem querer quebrar as regras, ela quebra de uma forma que não sabe, ela sempre acaba em volta dos escolhidos. Nixon é muito grosso e acha o dono do pedaço (VONTADE DE BATEEEER!!) e ela não fica calada não! Ela fala mesmo, ela dá de frente com ele sem medo (é isso aí garota!!) E o pior é que a sua colega de quarto é justamente a irmã dele, mas ela é totalmente diferente de Nixon, ela é um amor e logo as duas se tonam amigas, eu me apaixonei pela Mo ela é engraçada, extrovertida é daquelas amigonas que sempre nos anima em momentos de escuridão e tristeza. Gostei muito da Tracey, ela é uma personagem forte, determinada que não deixa ninguém pisar nela, por isso ela e Nixon vivem se confrontando. Nixon é totalmente estupido, metido, groso, lindo, gostoso e muitas outras coisas (mas ele fisga o seu coração rapidinho!). Logo tracey começa a sentir atraída por ele e ele também começa a mostrar interesse por ela, uma amizade nasce, porém eu ficava confusa, porque na mesma hora que ele a trava bem, no outro era estupido. Achei os dois muito fofos juntos, ela sempre tem uma resposta para as suas brincadeiras e isso me fez sorrir várias vezes, o entrosamento dos dois é incrível, porém Nixon tem muitos segredos, segredos que dá um nó em nossas cabeças, ficamos intrigados e curiosos para saber o porquê de todos morrerem de medo dele e quando a bomba vem, muitas surpresas que faz você ler o mais rápido só para descobrir mais detalhes. Nem todos naquela Universidade aceita que Tracey esteja em um relacionamento com Nixon, o que desperta muita raiva em muitas pessoas e logo entendemos o papel de Nixon. Tracey terá que ser muito forte pelo que virá em frente e os seus novos amigos vão fazer de tudo para ajudá-la. Percebemos que os adolescentes podem ser seres muito cruéis, todos começam a fofocar sobre ela, inventar histórias maldosas e as coisas saem realmente fora do controle de Tracey, fiquei com meu coração na mão em muitas cenas, fiquei agoniada e desespera querendo ajudá-la e pedindo que Nixon fosse salvá-la. Não é bom ver cenas de bullying, mas isso é tão real em nossa sociedade, muitos adolescentes sofrem com isso e com a Tracey não foi diferente, ela é uma bolsista, considerada “pobre” o que dá mais motivos para essas barbaridades, pois só tem Elite naquela Universidade. Um livro que com certeza vale a pena ser lido, um livro que além de ser um clichê também tem um pouco de suspense. adorei muito ler
Livros e Ivaílton 08/07/2020minha estante
Gostei




Carissinha 13/11/2013

Trace é uma garota de 18 anos que ganha uma bolsa de estudos no Eagle Elite College. Ao chegar na faculdade ela se depara com uma situação que não esperava. Nixon, um veterano, diz que manda em tudo ali e começa a fazer da sua vida um inferno. Curiosamente, a irmã dele é a colega de quarto de Trace, que vai ajudá-la a se adaptar. A situação nunca fica fácil, mas Trace consegue viver na Eagle Elite, onde nada é o que parece ser e tudo é meio estranho. Para piorar Trace não consegue controlar a inexplicável atração que sente pelo causador dos seus maiores problemas: Nixon.


Sabe aqueles livros que poderiam ser terríveis, que algumas situações são completamente absurdas e algumas discrepâncias poderiam destruir tudo e, ainda assim, você gosta do conteúdo que ele apresenta? É o caso de Elite. A história é uma viagem, tem umas resoluções malucas e, muitas vezes o leitor não faz ideia do que está acontecendo (se bem que a minha maior desconfiança se provou verdadeira). Ainda assim , de alguma maneira, funciona.

A narrativa da Rachel é realmente agradável que a leitura passa sem notar. Os personagens não são mocinhos nem vilões. Cada um tem qualidades e defeitos que realmente ficam visíveis. Nixon tem horas que é um babaca terrível, em outros momentos ele é um doce. A maioria dos outros personagens também são tridimensionais.

Em alguns aspectos a história é previsível, mas ainda assim surpreende em algumas coisas. E o final do livro deixa o leitor com gostinho de quero mais. Acredito que em breve lerei a sequência, que chama-se Elected.

site: www.carissavieira.com
comentários(0)comente



Camila 13/07/2020

Gente do céu, que livro mais sem noção. Num minuto o garoto odeia a menina e no outro já esta falando que morreria por ela de tanto amor, tipo??????? Isso sem mencionar o drama todo da história, e quando a mocinha finalmente descobre ela fica normal? Se fosse eu estaria PIRANDO. Gente, ela é muito conformada com tudo o que acontece, as coisas rolam e ela aceita, não faz perguntas, deixa pra lá! A menina quase morre pelo amor de Deus!!!!!! Muito sem noção.
Tinha tudo pra ser uma história perfeita, infelizmente não foi.
comentários(0)comente



Kat 30/10/2020

Um livro clichê adolescente com temática da máfia. Não gostei muito
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Raquel 27/06/2018

O livro em si, é bom porém, não vi antes a sinopsi para fazer a escolha, então acabei por ler algo que não me atrai (literalmente) o enredo é o tipo que não gosto, sobre época do colégio adolescentes que querem provar sua convicções e pra isso usam de seus piores subterfúgios, e acaba se embolando em tramas nada interessante (pra mim) então... não amei esse livro!
comentários(0)comente



Ane 27/01/2020

História boa, faltou emoção nos personagens.
Sinopse:
Para Tracey Rooks, a vida com seus avós numa fazenda no Wyoming sempre foi simples. Mas após a morte de sua avó, Tracey é tudo o que seu avô tem.
Então, quando a Eagle Elite University anuncia seu sorteio de bolsa de estudos anual, Tracey aproveita a chance de garantir seu futuro. Ela não estava esperando muito, mas acaba ganhando. E a vida como ela conhece nunca mais será a mesma...


Os estudantes da Eagle Elite não se parecem com nada que ela já tenha visto... e se recusam a facilitar as coisas para ela. E para completar, há Nixon: lindo, irresistível e o líder de um grupo que todos temem: os Escolhidos.

As regras são simples:

1. Não toque Os Escolhidos.

2. Não olhe para Os Escolhidos.

3. Não fale com Os Escolhidos.

Mas não importa quão duro Tracey tenta ficar de fora, Os Escolhidos estão sempre em torno dela - e não demorará muito ate que ela aprenda porque eles mantêm seus amigos próximos e seus inimigos mais próximos ainda.

Ela só não percebeu que era o inimigo - até que fosse tarde demais.

Achei o início muito chato e quase desistir, mais em algum momento a leitura ficou empolgante e e não consegui parar de ler!
A história é interessante, os personagens são bons, mais faltou emoção,principalmente a personagem principal Tracey, Se ela demonstra-se mais os sentimentos, esse livro seria bem mais interessante!
comentários(0)comente



8 encontrados | exibindo 1 a 8