A Queda de Artur

A Queda de Artur J. R. R. Tolkien




Resenhas - A Queda de Arthur


19 encontrados | exibindo 16 a 19
1 | 2


Rafa 02/09/2014

Não quero começar essa resenha espantando leitores, chamando o livro de chato. Mas é preciso que se avise: o livro é maçante. De toda forma, cada um tem seu gosto e seu estilo de leitura, e achar chato ou não vai de cada um. Este é um livro difícil no sentido de exigir uma concentração e paciência pra um estilo de poesia, chamada aqui de "aliterante". E curioso é que o poema ocupa menos de 1/3 de todo o livro que se compõe basicamente de observações, ensaios e muitas informações sobre a construção da poesia, incluindo uma referência ao Silmarillion. Lembrando também que o poema ficou inacabado, como algumas outras obras de Tolkien.
comentários(0)comente



Karol 25/06/2014

A Queda de Artur, J.R.R.Tolkien / Christopher Tolkien
Difícil falar sobre uma obra de seu autor favorito sem soar tendencioso, principalmente se a obra fala sobre lendas que lhe fascinam, o que cria uma certa empatia desde o início. Sim, A Queda de Artur é um livro fascinante e envolvente, que apesar de curto e inacabado, o poema desperta sensações e a forma de escrita aliterante nos transporta vivamente para para o conto, os sons, as emoções, a imersão nos versos e nas imagens formadas, o apego aos personagens e suas motivações é algo que ao mesmo tempo que é forte e intenso, também é sublime. O trabalho de pesquisa e estudo tanto do Tolkien como do Christopher foi com toda certeza difícil e laborioso para que o poema nos fosse apresentado desta forma. Tolkien foi muito minucioso e detalhista com relação as palavras e sua utilização na aliteração como nos mostra o Christopher no decorrer do livro, foi um processo difícil sim, porém belíssimo e encantador quando pronto. Vemos aí o grande amor e a dedicação que ele tem com a obra de seu pai. O empenho do Tolkien em usar as palavras e de montar cenários é envolvente. Faz-se necessário sim certa entrega e envolvimento com a obra no momento da leitura, para que esta seja apreciada em sua totalidade, tanto pela questão de vocabulário quanto de interpretação. Agradecimentos a Editora Martins Fontes pela apresentação do poema na sua versão original em inglês, cativante e engrandecedor para quem se aventurar na leitura. Uma nova versão do conto, em que Artur e não apenas ele, se encontra em seus momentos mais intensos e difíceis, daí toda a melancolia que permeia o poema. O que nos deixa sim, com aquele desejo de se ter o poema completo em nossas mãos, mas talvez a beleza esteja mesmo aí, no inacabado, e nos frutos e continuações de nossa mente e desejos. Uma linda maneira de nos transportar a época de Artur e seus cavaleiros.
comentários(0)comente



sophia 08/05/2014

A Queda de Artur, J. R. R. Tolkien
[...] ''A Queda de Artur'' é uma poesia aliterante que fala sobre o rei Artur Pendragon, traído por Mordred (que em todas as versões é ou seu sobrinho ou seu filho) que lhe usurpou a coroa e roubou sua esposa, Guineverve (que inclusive fugiu de Camelot), o poema também fala sobre a batalha naval que ocorreu na volta de Artur para sua Corte, a história de amor de Launcelot du Lake com a esposa do rei e, em uma parte da obra, ele cita o rompimento da Távola Redonda. Infelizmente, como disse antes, Tolkien não conseguiu terminar a obra e publicá-la em vida. [...]

site: http://ardentbookgeek.blogspot.com.br/2014/05/resenha-queda-de-artur-j-r-r-tolkien.html
comentários(0)comente



Mirela 06/05/2014

Eu, como eterna apaixonada pelas palavras de Tolkien, pela primeira vez o li sem associação a Terra Média. Sua única obra pela lenda Arturiana não deixou a desejar. Apesar de inacabado, o poema te prende de uma maneira incrivel e Christopher também não poupou esforços ao mostrar ao leitor fragmentos de um possível final do poema e descreveu minuciosamente seu trabalho na edição deste livro que, com toda certeza, foi um presente aos amantes de Tolkien.
comentários(0)comente



19 encontrados | exibindo 16 a 19
1 | 2