Trono de Vidro

Trono de Vidro Sarah J. Maas




Resenhas - Trono de Vidro


422 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Vann 16/07/2019

Para quem ama fantasia.
Um livro muito bom, mas daqueles que vc leu o primeiro, porém não quer ler o restante. No meu caso, claro, já que não gosto de fantasia. Eu tentei, juro, tentei gostar, mas... sei lá, sempre achei fantasia tão infantil, infanto juvenil... sei lá. Simplesmente não rola pra mim.
Repito: não é um livro ruim. Só não é pra mim. E olhe que eu estava bem empolgada no início. Não darei nota.
comentários(0)comente



Bella 14/07/2019

Maravilhoso do início ao fim
Esse livro TALVEZ - reforço o talvez - seja um dos melhores que eu li no ano. Nunca gostei muito de contos místicos, fadas, e essas coisas, apesar de ser uma fã enorme de HP. Então enrolei muito pra ler Trono de Vidro, e até hoje me arrependo dessa demora toda.

O livro é maravilhoso, felizmente me surpreendeu de uma forma positiva. Estou apaixonada e não consegui parar de ler.. e quando parava só pensava na hora que ia voltar a lê-lo. A leve pegada feminista no livro é ótima, uma assassina temida por todos, uma mulher forte e incrível.

Celaena é maravilhosa, por tudo que passou e enfrentou. Tem uma força física absurda mas maior ainda é a força interna dessa garota. Passou por tudo de ruim na vida, aprendeu desde cedo a matar, se tornou orfã e depois escrava. Por fim, campeã. Poderia ficar aqui o dia todo falando de Celaena, mas preciso falar do quão maravilhoso Chaol é.

O capitão da Guarda Real conquistou meu coração no primeiro capítulo, eu to louca nesse homem desde a primeira atitude dele no livro. Sério. Confesso que certos momentos Dorian também me encantou, mas nunca fui chegada nos príncipes. Poucas vezes torci por Dorian ganhar o coração de Celaena, porque Chaol foi meu favorito desde o início.

Maaaas nem tudo são flores. O enredo do livro é muito bom, mas tenho que admitir que a solução pras criaturas invocadas foi bem fraca e clichê. Isso me decepcionou um pouco, fiquei meio blergh.

Não gosto de dar 5 estrelas pra nenhum livro, porque até agora não achei nenhum perfeito. Mas esse quase chegou perto, se não fosse pela conclusão meia bomba dos demônios, talvez eu desse minhas 5 estrelas. O livro é incrível, vale completamente a leitura
comentários(0)comente



Lucas.Costa 10/07/2019

Bem inspirado em Harry Potter, pode ser um bom livro para os viúvos do bruxo
Com algumas inspirações claras, uma protagonista forte, e sem medo de ceder a alguns clichês, Trono de Vidro é um excelente início de jornada.

ENREDO

Logo nas primeiras páginas é possível perceber que a autora tem muito potencial, dona de uma escrita fluida e rápida, este é aquele livro que não dura muito tempo nas mãos do leitor.
Trono de Vidro não se envergonha de claramente se inspirar em outras obras, principalmente Harry Potter. É possível notar claramente elementos de A Câmara Secreta (um mistério que cerca os participantes e o castelo) e O Cálice de Fogo (A competição proposta logo nas primeiras páginas do livro). Isso, em si, é até um ponto negativo pois, apesar de ser claramente inspirado, não soou como cópia. A fantasia não mostrou tanto a que veio, a construção de mundo ainda é bem rasa e não vislumbramos muitos traços de originalidade nos ambientes ou criaturas.
O principal clichê do livro é bem construído. O triangulo amoroso não aparece gratuitamente, as relações são orgânicas e é sim possível se pegar torcendo por um dos lados, qualquer que seja. Não é aquele triângulo onde um dos elementos só está lá para atrapalhar o lado contrário, este é o tipo de história que deixará margem para qualquer torcida.
A trama caminha bem, tem algumas páginas a mais que o necessário, com algumas histórias desinteressantes e desimportantes, mas no geral funciona! O final é muito satisfatório e deixa totalmente aberto para o segundo. Apesar de previsível, é uma leitura muito agradável.

PERSONAGENS

Talvez o grande mérito da autora tenha sido sua construção de personagens. Apesar de pecar um pouquinho na própria áurea criada em torno de Caelena, onde é descrita como uma fria assassina, a mais perigosa, e isso não é mostrado assim, o resto não incomoda, pelo contrário, é possível ser cativado tanto pelos protagonistas, quanto pelos antagonistas. Personagens bem definidos e com motivações claras.

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Não há muito o que falar de um livro que claramente não se propõe a ter um final. Ele termina de maneira episódica apenas chamando o próximo livro. Agradará o público mais jovem, quem gostou de Harry Potter tem uma grande oportunidade aqui de matar um pouquinho da viuvez.
Continuar na leitura da série é algo que ainda não decidi. Não por demérito do livro, mas pq tem tanta coisa legal pra ler ainda, que este primeiro volume não me cativou o suficiente pra querer ler logo sua continuação. Quem sabe no futuro.
Man 10/07/2019minha estante
Sério que vc consegue ler um único livro de uma série?! Chocada... não tenho essa força, preciso ler até saber o final da história.


Lucas.Costa 11/07/2019minha estante
Hahaha vou te falar que é difícil eu prosseguir na leitura se uma série... ela tem que me fisgar muito no primeiro livro. Esse ao menos me deixou com vontade de prosseguir. Nesse ano só ele, Fúria Vermelha e o excelente Achados e Perdidos mereceram que continuasse, os outros ficaram no primeiro livro mesmo


Man 11/07/2019minha estante
Achados e perdidos... vou ter que ler. Fiquri curiosa.


Lucas.Costa 12/07/2019minha estante
Ele já é o segundo livro da trilogia, começa em Mr. Mercedes




spoiler visualizar
Leide.Madalena 07/07/2019minha estante
Gostei de seu resumo




henry_peres 06/07/2019

UMA COLEÇÃO FEITA SÓ PARA QUEM TEM FÔLEGO!
Você veio aqui para saber se compensa ler o livro?
Então te digo isso:
SE VOCÊ TIVER CORAGEM PARA TANTAS AVENTURAS ENTÃO LEIA!

Essa saga é ABSURDAMENTE INCRÍVEL! Não tem como não gostar!
Pode começar agora que você não vai se arrepender, tenho total certeza disso!

Mas se prepare para fortes emoções! É o que mais tem nessa saga!
comentários(0)comente



Tamara 02/07/2019

Após a leitura de A Lâmina da assassina, desenvolvi uma forte paixão pela série trono de vidro, e mesmo que aquele era somente o primeiro livro, tive certeza de que iria querer ler todos os outros que compõem a série. Dessa maneira, ainda empolgada com o que havia acompanhado no livro anterior, resolvi iniciar o volume 1, também intitulado Trono de vidro, e logo nos primeiros capítulos fui envolvida na trama bem construída presente nesta obra, onde encontramos Celaena, a protagonista, em uma mina de sal, sendo utilizada como escrava e sendo subjugada o tempo todo, situação bem diferente do modo como esta vivia antes, mas a partir de tudo que eu havia visto e conhecido sobre ela no livro anterior, consegui compreendê-la e desenvolvi uma forte empatia por ela e sofri junto com cada um dos seus relatos e lembranças.
Para mim Trono de vidro foi uma espécie de jogos vorazes, com situações eletrizantes e cenas que me tiraram o fôlego e me fizeram devorar o livro em um único dia, só para descobrir o que acontecia a seguir. Também é uma obra que apresenta um toque de suspense, de modo que fiquei por muito tempo com a pulga atrás da orelha para descobrir o que estava por trás de alguns mistérios surgidos, e também houveram leves flashes de romance, que não deixaram o livro meloso, mas agradaram os adeptos do gênero e causaram uma certa ansiedade para saber como essa parte da história irá se desenvolver. Além disso, encontramos um toque de sobrenatural que vai se desenvolvendo e evoluindo aos poucos, o que adorei, pois faz com que aqueles que não são leitores constantes de fantasia também possam acompanhar e aproveitar o que está sendo apresentado.
Em suma, apesar de ser um livro introdutório, Trono de vidro já mostra um leve gostinho do que encontraremos pela frente, e ele conseguiu consolidar mais um pouco a minha admiração e vontade de continuar a leitura da série.
comentários(0)comente



Joyce 24/06/2019

Até onde você iria para sair do inferno?
Em Trono de Vidro conhecemos Celaena Sardothien a maior assassina do reino de Adarlan que foi capturada como escrava e forçada a trabalhar nas minas de sal em Endovier, o príncipe de Adarlan Dorian Havilliard precisa escolher alguém para a competição organizada pelo rei na qual o vencedor se tornará Campeão do Rei, sabendo onde a tão temida assassina de Adarlan se encontra ele e o capitão Chaol Westfall embarcam em uma viajem para encontrá-la.
Sem muitas opções no seu futuro além de trabalhar até a morte como escrava Celaena aceita a oferta de Dorian para competir no castelo, com perigo, mortes, mistério, política e romance Trono de vidro vai te prender do início ao fim!
comentários(0)comente



Mah Chagas 18/06/2019

Muito bom mesmo.
Nossa uma leitura que me prendeu do início ao fim, e ao decorrer só me deixou com mais fome em Ler o mais rápido possível aos próximos livros. Sem duvidas adorei, e ja vou pro próximo.
comentários(0)comente



Balbie 16/06/2019

Após um ano como escrava nas Minas de Sal de Endovier, Celaena Sardothien já tinha perdido as esperanças de um dia ter uma fuga bem sucedida. Até que recebe uma visita, um tanto inusitada: o capitão da guarda real, Chaol Westfall, e o príncipe de Adarlan, Dorian Havilliard, fazendo uma proposta que mudaria sua vida e poderia lhe dar novamente a liberdade que tanto almejava.

Sua opção é competir com outros 23 assassinos para o cargo de “Assassino do Rei”, como campeã do príncipe. Considerada a melhor assassina de Adarlan (até mesmo de Erilea), Celaena, treinada pelo famoso rei dos assassinos, confia em suas habilidades.

Portanto, o quanto antes começasse a treinar, mais rápido voltaria para a forma plena de suas capacidades, preparando-se para a competição cheia de etapas que aconteceria nas próximas 13 semanas. Para isso, Chaol fica encarregado de seu treinamento enquanto Dorian - dono de uma beleza e charme matador - a ajuda a manter sua mente ativa com os livros que compartilham.

Mas o príncipe, numa estratégia maquiavélica, avisa à sua representante: “Não use todos seus poderes, guarde seu potencial para surpreender no final e ganhar facilmente a competição”. Celaena então, usando um nome falso, se mantém na média dos competidores, usando apenas o suficiente para poder vencer.

Em meio às provas, misteriosos atos começam a acontecer, quando participantes aparecem brutalmente mortos. Nessa tensão, Celaena conhece a princesa Nehemia, de Eyllwe, presente em Adarlan para estreitar os laços entre os reinos. Uma forte amizade surge entre as duas, que se vêem envolvidas em segredos e intrigas milenares.

Cheia de encantos, a assassina desperta o interesse de todos. Mesmo o frio Chaol parece não resistir ao charme e beleza dela. O príncipe Dorian, conquistador nato, fica encantado pela bela garota. Ambos percebem que atrás daquela máscara de força, existe uma menina de apenas 18 anos que já passou por muito na vida e carrega muitas cicatrizes. Ela se mostra, mais do que uma máquina de matar, uma poderosa aliada.

O primeiro livro da sextologia (com mais 2 spin offs) do Trono é uma das melhores sagas de fantasia dos últimos tempos. Sarah J. Maas consegue criar personagens cativantes na criação de um universo riquíssimo com mistério, magia e intrigas envolventes. Celaena é uma protagonista poderosa e carismática. Esse livro é uma ótima introdução para uma história que expande seus horizontes a partir da edição seguinte.

site: https://www.facebook.com/memoriasdeumabiblioteca/
comentários(0)comente



Lucélia 15/06/2019

Pronta para o proximo
"Você pode sacudir o universo - sussurrou a rainha. - Poderia fazer qualquer coisa, se ousasse,
O começo foi bem parado, confesso, mas acredito q foi a forma da autora nos apresentar aos poucos cada personagem, amei a protagonista e sua força para vencer o mal.
comentários(0)comente



Cleo 11/06/2019

Maravilhoso
Pensei que fosse bom mas não , é maravilhosos . Amei tudo do começo ao fim. Celaena é maravilhosa , merece toda a reputação que tem . Além de ter muitocbom gosto . Gostei do príncipe e do guarda real . Desse triângulo que se formou aos poucos. Muitos intrigas e mistérios que fazem você continuar lendo sem parar porque você também quer descobrir as respostas junto dela.
comentários(0)comente



Estela | @euviestrelas 11/06/2019

Um hino desses
Celaena Sardothien é a assassina mais famosa do reino de Adarlan, apesar de jovem, já matou muitas pessoas e por isso acabou sendo condenada a passar o resto de seus dias em uma mina de sal.

Mas o surgimento do príncipe herdeiro talvez possa a salvar deste destino. Dorian está a procura de uma campeã para uma competição de assassinos, o vencedor passa a ser o assassino oficial do rei, um homem cruel que governa de seu castelo de vidro toda uma terra banida de magia. Mas coisas estranhas estão ocorrendo, seus concorrentes começaram a morrer um a um e Celaena não quer ser a próxima, ela precisa sobreviver e derrotar este mal antes que destrua todo o seu mundo.

Eu li Trono de Vidro pela primeira vez em 2015 e amei, foi uma grande surpresa naquela época em que não lia tantas fantasias do tipo, em 2018 reli o livro e foi uma leitura ainda melhor do que da primeira vez.

Sarah J. Mass nos apresenta a uma garota que apesar de ser nova já passou por muito em sua vida, não conhecemos tudo o que aconteceu, mas o pouco que sabemos já dá para saber que não foi uma vida tão fácil e isso explica o porquê de ser quem é.

Celaena apesar de ser uma assassina fria e impiedosa, não deixa de ser uma garota que se preocupa com as pessoas a sua volta, é uma personagem que te conquista rapidamente e te faz torcer por ela. Dorian, o príncipe, não foi um personagem que me conquistou muito ao contrário do capitão da guarda Chaol que virou um dos meus personagens preferidos.

Apesar da competição do rei ser o ponto principal aparente da história, muita coisa já é introduzida e passa a ter tanta importância quando. Eu não tenho do que reclamar da escrita da autora, a leitura é bem fluida e te deixa preso para saber o que vai acontecer. Mas tem uma coisa que não agrada tanta gente, a escrita dela é meio detalhada e demora um pouco para realmente começar a ação, coisas que não me incomodam.

Sem mais, é um livro que eu amo que só dá início a uma série maravilhosa (e grande) que promete muito. Mais do que recomendo para os fãs de uma boa fantasia ou que querem começar a ler algo do gênero.
comentários(0)comente



Isadora| @estanteda.isa 02/06/2019

Um ótimo começo
Há 2 anos atrás eu lia pela primeira vez essa história. Relendo foi fácil me atentar para detalhes que fazem a diferença nos próximos volumes.

Dessa vez não achei tão sensacional assim, é um bom começo e até melhor que Corte. Celaena é aquela personagem que temos apenas um vislumbre da sua real força.

A história é muito mais introdutória e lenta do que achei, as cenas de luta e ação são ótimas e cada personagem é importante na trama.

É uma ótima leitura, rápida até certo ponto e envolvente.
comentários(0)comente



Lola Antunes 01/06/2019

O começo de uma longa jornada...
Sabe quando vc ama um livro ? Ama os personagens ? Fui eu nessa história.
Não tem como não amar essa personagem fantástica que a Sarah criou aqui, eu consegui sentir os personagens muito bem desenvolvidos.

Celaena Sardothien è uma assassina sim, mas também è uma sobrevivente.
No momento em que eu escrevo essa resenha já estou quase concluindo a série e posso dizer que Trono de vidro foi uma introdução bem bacana .

Nesse primeiro livro vamos ver Celaena saindo das minas de endovier para ser a campeão do rei. E basicamente o livro vai até mas da metade nisso dela em busca de recuperar forças de tentar juntar as partes quebradas.Alguns amores surgem, um triângulo amoroso que no caso eu torcia pros dois mas tudo bem kk.

Gostei do livro, gostei da escrita, gostei do enredo que tá se desenrolando em segundo plano. Gostei de tudo nessa história . Orgulho dessa protagonista com seus altos e baixos ela sempre luta por aqueles que ama.
comentários(0)comente



Kaire 31/05/2019

Perfeito! Simples assim.
comentários(0)comente



422 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |