As Crônicas de Nárnia

As Crônicas de Nárnia C. S. Lewis


Compartilhe


Resenhas - As Crônicas de Nárnia


951 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Iago.Santiago 05/02/2019

Muito bom!
As crônicas de Nárnia é composta por sete livros, e "A última batalha" foi um dos que eu mais gostei juntamente com "O leão, a feiticeira e o guarda-roupa", "A viagem do peregrino da alvorada" e "A cadeira de prata".
Recomendo para quem gosta de fantasia, infanto-juvenil e aventuras.
comentários(0)comente



Thiagão 02/02/2019

Minha rápida impressão sobre.....Nárnia
Resumo em uma palavra: Mágico. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀Poxa vida Aslam, impressionante como todos aqueles que topam com você desfrutam de uma mudança de postura e porque não de caráter.
História escrita para crianças e que por diversas vezes dividi com minha filha as aventuras que acompanhei nas páginas deste livro, mesmo sendo escrito numa linguagem tão simples, quanta lições pude pegar nas entrelinhas, enfim...Fantasia de qualidade.
Magia, animais fantásticos, falantes e inteligentissimos, corajosos até demais comparado a sua estatura, Reis, Rainhas, príncipes, Bruxas, Dragões, anões, Guerras, traições e redenções.
Qualquer um pode ler e desfrutar da magia do livro, mas eu particularmente sendo cristão não pude deixar de perceber diversas lições inspiradas em histórias da bíblia sagrada, o que tornou a leitura ainda mais gostosa. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀"Em seu mundo eu tenho outro nome. Devem aprender a me reconhecer nele. Foi pra isso que foram trazidos para Nárnia. Tendo me conhecido um pouco aqui, podem me reconhecer melhor lá." As Crônicas de Nárnia, A viagem do Peregrino da Alvorada.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Ziza 28/01/2019

"Acabou-se o sonho: rompeu a manhã!" (p.735)
O sobrinho do mago: demorou pra engrenar, mas quando foi... Foi mesmo!

O leão, a feiticeira e o guarda-roupa: AMEI, AMEI, AMEI.

O cavalo e seu menino: achei o começo legal, mas depois... Não gostei.

Príncipe Caspian: apenas OKAY.

A viagem do peregrino da alvorada: a cada ilha, uma aventura envolvente.

A cadeira de prata: tem um "quê" de contos de fadas! Gostei bastante.

A última batalha: não estava preparada para o final do final... A segunda crônica q mais estimei.

Três maneiras para escrever para crianças: apenas aplausos para este senhor.
comentários(0)comente



Akira 26/01/2019

Um livro único
As crônicas de Nárnia são um conjunto de livros ótimos com uma história encantadora. A narrativa e escrita de CS Lewis é ótima. Mas, infelizmente algumas vezes fiquei desanimado com a leitura. (Alguns contos não foram tão bons quanto eu imaginei que seriam)

Mas em questão de tudo, Nárnia é um universo único. Com certeza um dos meus livros preferidos.
comentários(0)comente



Dessa 21/01/2019

Um dos meus livros preferidos ♥
Em nome de Aslam, eu nomeio As Crônicas de Nárnia como meu atual livro preferido (depois da Bíblia, é claro). As Crônicas de Nárnia não é um livro de segmento cristão; mas o autor, assim como qualquer outro, deixa transparecer em sua obra as suas crenças. E é isso que nos faz nos identificarmos mais com algumas obras de certos autores; nossas crenças, quando batem com as do autor, nos fazem gostar mais de suas criações.

Faltam palavras para elogiar essa obra-prima que conta sete histórias fantásticas sobre um outro mundo chamado Nárnia. Magia, aventuras e batalhas épicas, protagonizado por crianças e por seres extraordinários que, neste nosso mundo, não conhecemos. Cada uma das sete histórias possui um encanto que nos transporta para esse mundo magnífico.

(Leia mais no link)

site: http://hospedariadepalavras.blogspot.com/2018/12/resenha-26-as-cronicas-de-narnia.html
comentários(0)comente



Desi 20/01/2019

A Fantasia que me trouxe ao mundo dos livros. A Ficção que devorei e me senti completa. Simplesmente fabuloso.
comentários(0)comente



Francisco 18/01/2019

Excelente
Um dos mais belos livros (na verdade conjunto) que já li na vida.
comentários(0)comente



Dani 16/01/2019

Possivelmente meu livro preferido da vida!
Como começar a falar de um livro do qual gostei tanto? E sobre o qual fui extremamente repetitiva ao postar no instagram (@leiturasdadani) o andamento da leitura?

Talvez começando pela minha história com Nárnia, sobre as trezentas vezes que comecei a ler e abandonei logo na primeira crônica por achar chatíssimo.

Ou talvez comece dizendo que As Crônicas de Nárnia não teria se tornado um dos meus livros preferidos da vida caso tivesse lido antes.

Polly e Digory e a criação de Nárnia, a luta dos irmãos Pevensie contra a Feiticeira Branca, Bri e seu Menino em sua jornada de volta para Nárnia, Caspian retornando a seu devido lugar como rei, Eustáquio, Lúcia e Edmundo e sua viagem no Peregrino da Alvorada em direção ao fim do mundo, Jill e Eustáquio ao resgate do filho de Caspian, até chegar ao fim de Nárnia e a próxima jornada... E a frente de tudo isso, Aslam, o maravilhoso Aslam! Foram tantas aventuras que tocaram o coração, que só posso sentir vontade de começar tudo outra vez.

Posso não ter tido certeza de como começar a falar sobre o livro, mas tenho certeza de como terminar: finalmente entendo quando Aslam diz que não se pode escolher ir para Nárnia. É Nárnia que te chama. ❤
comentários(0)comente



Israel.Terra 15/01/2019

Primeiro livro de 2019 ??
Li com bastante calma, parei e fiz diversas marcações no livro. Tive uma boa experiência com cada paralelo entre Nárnia e a Bíblia.
A intelectualidade de C. S. Lewis é inspiradora.
comentários(0)comente



Nati 03/01/2019

"She remembered, as every sensible person does, that you should never never shut yourself up in a wardrobe."
No geral, esperava mais. Demorei praticamente anos pra terminar esse livro e não consegui sentir toda a magia e quentinho no coração que esperava dessas histórias, não só por serem tão aclamadas quanto por que adorei as adaptações feitas pro cinema. Algumas histórias se destacaram e me animaram um pouco, mas no geral o linguajar usado não me conquistou e achei uma grande parte dos protagonistas bem chatinhos ou sem sal. O último conto foi bem problemático para mim, especialmente o final. Estou feliz de ter pelo menos terminado, já que é uma leitura que vem se arrastando desde 2015, mas foi um pouco decepcionante.
Thiago 03/01/2019minha estante
O Sobrinho do Mago ainda é minha história favorita e só assim, eu pude compreender melhor todo o resto, já que no cinema veio primeiro o Leão, a feiticeira e o guarda roupa. Eu amei esse livro, mas acontece isso, recentemente eu li "É assim que acaba" que é o queridinho de muita gente, mas que não foi o meu.


Bia 04/01/2019minha estante
Nossa, que livro sofrido e parabéns pela coragem




Lua 27/12/2018

Muitas das crônicas são maravilhosas! Quando li pela primeira vez me encantei por toda a história, mas agora acho tudo um pouco bobinho demais sabe? Porém, continuo me encantando por muitos dos contos, somente o jeito que algumas coisas acontecem é que se tornaram um pouco - não sei se irrealistas seria a palavra certa haha - "bobinhas" demais.
comentários(0)comente



Emmy 22/12/2018

"Estou do lado de Aslam, mesmo que não haja Aslam. Quero viver como um narniano, mesmo que Nárnia não exista."
Coloquei Nárnia para ler esse mês apenas como meta de leitura pra bater, o que eu não esperava era que este livro é que iria me bater.
Como alguns já devem saber através dos filmes, existe na obra uma incrível semelhança com a bíblia, e lendo todos os sete livros isso se torna evidente. ⠀⠀⠀
E é lindo! ❤ A forma como C. S. Lewis cria o mundo de Nárnia e faz as suas referências me arrepiaram e fizeram chorar em vários momentos.
Os livros, considerados clássicos da fantasia vem todos reunidos nessa edição linda da martins fontes.
Recomendo a todos que gostam de uma boa fantasia, os livros embora leves e infantis transmitem mensagens que tocam os nossos corações.

site: https://www.instagram.com/p/BdYDjuZB5LH/
@Lendo.adois 27/12/2018minha estante
Um livro lindo. Estou apaixonada por esse livro. Esse destaque é de qual página ? Ou foi você que escreveu ?


Emmy 28/12/2018minha estante
oii é da pagina 599, segunda linha, meu trecho favorito do livro


@Lendo.adois 28/12/2018minha estante
Ah sim. Ainda não cheguei lá. Obrigada pelo lindo Destaque ??




Carlos 15/11/2018

Nárnia incomoda
Ler As Crônicas de Nárnia pela primeira vez é uma experiência única. Se você consegue ultrapassar todas as “barreiras” levantadas pela leitura, como o cunho evangelizador bastante evidente, você se renderá a um conto de fadas bem estruturado e “bobinho”. Entretém e entrega uma história que lhe acompanhará para sempre.
Nárnia é uma história completa, entregue de forma simples e acessível, voltada para crianças, mas que um adulto ao ler, consegue se encantar por aquele mundo novo, cheio de aventuras e belezas mil. Ler esse livro é fazer você transporta-se para Nárnia, ainda que você só esteja virando as páginas.
É um daqueles mundos que se tornaram icônicos na história da literatura e do universo “geek”. As piadas sobre ir para Nárnia estão presentes até mesmo na série Friends. Meu primeiro contato com esse livro me encantou e muito, ainda que na época, tendo pouco mais de 15 anos e não compreendesse o mundo literário muito bem (não que o conheça profundamente hoje) e o mundo que me rodeia, algumas questões levantadas por Lewis me incomodaram, mas não reduziram a experiência de leitura.
Anos mais tarde (2018) resolvi reler esse livrinho e fiquei deveras triste com muitas coisas que o autor colocou ali. Lewis era fruto da sociedade em que viveu, não se deve julgar o livro pelos ideais do autor, mas quando isso é apresentado a crianças, reside o perigo. Além de ser um livro doutrinador na fé cristã (concorde você ou não, esse livro é sim doutrinador), ele apresenta viés misóginos, machistas, racista e eurocêntrico muito latente.
Nárnia é um mundo (ou país) em que crianças brancas, loiras e de olhos claros (olá, raça ariana?) surgem sempre que algum problema está acontecendo, derrotam esse mal e, ou tornam-se reis e rainhas e reinam por anos, ou ajudam o rei a prosseguir com seu reinado. O preconceito dos animais falantes com aqueles que não falam é incomodo. “Não nos comparem a animais não falantes, eles são estupidos. Tudo bem você matar animais não falantes, mas os animais falantes serem abatidos para serem comidos é abominável. Nós somos superiores a eles”. É essa a ideia que perpassa em muitos trechos se tornam mais escrachadas quando se referem aos calormanos, um povo de pele escura e que são perversos por natureza.
Eu, sendo moreno, me senti ofendido e muitas das vezes incomodados quando tratam alguns calormanos por “esse moreno”, em tom de chacota, de humilhação, como se a cor da pele fosse algo abominável.
Às mulheres só são delegado papeis secundários, nos quais elas choram, lamentam, reclamam ou se negam a fazer alguma ação, pautado apenas no achismo delas, e não por sentido de segurança do grupo. O autor até muda essa perspectiva quando insere Jill na história, mas não consegue esconder sua postura misógina.
A leitura desperta em nós nossas melhores emoções, mas também nossas convicções. Por esse aspecto, Nárnia é encantador e único, doutrinador e preconceituoso. Lewis equilibrou isso tão bem e tão diabolicamente (com licença do trocadinho) que você fica entre a cruz e a espada ao indicar esse livro. Para crianças em formação, o livro não é recomendado (a não ser que se leia apenas O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupas), um adolescente e adultos consegue assimilar melhor as preposições de Lewis.
comentários(0)comente



Jean.Gois 07/11/2018

O ápice dos livros de fantasia.
Um conto melhor que o outro, sem palavras. Amei muito a maneira que o Lewis escreveu essa obra, desde o nascimento de Nárnia até o seu fim, além do seu impecável desenvolvimento com as personagens, que são todas interligadas de certa forma. Um livro essencial pra quem ama fantasia.
comentários(0)comente



951 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |