Uma Longa Jornada

Uma Longa Jornada Nicholas Sparks




Resenhas - Uma Longa Jornada


233 encontrados | exibindo 76 a 91
6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 |


Dani Nobre 31/03/2016

Historias lindas!
Livro delicado, simples e que nos mostra o lado mais lindo do amor!! Gostei muito!
comentários(0)comente



Nath 23/03/2016

Resenha do blog Pobre Leitora
Uma Longa Jornada trás não uma, mas duas histórias de amor, totalmente lindas e perfeitas.
Ira, um idoso de 91 anos acaba de sofrer um grave acidente de carro e enquanto tenta lutar para sobreviver, começa a ver sua amada esposa Ruth no carro, o que é impossível, já que ela morreu a alguns anos. Através de visões os dois começam a conversar e relembrar o passado, desde quando se conheceram até os últimos dias, contando-nos assim sua história de amor.
Em um outro lugar temos Sophia que acabou de terminar um relacionado de 2 anos e está um pouco desmotivada e amedrontada já que seu ex-namorado, Brian, não para de persegui-lá. Numa noite em que ela é convencida por suas amigas a ir num rodeio, Brian vai atrás e a deixa em apuros e é nesse momento que aparece Luke Collins, um caubói que prontamente a salva. Depois desse episódio os dois começam a conversar e viram amigos e algo mais...
Luke é totalmente diferente dos caras que Sophia conhece, é gentil, trabalhador, ajuda a mãe na fazenda e claro, além disso tudo monta em touros. Só que infelizmente a vida dele também é muito diferente de Sophia, que é uma estudante de artes e sonha em trabalhar num famoso museu. Será que os dois poderiam dar certos juntos? Ainda mais com Luke escondendo uma coisa importante de Sophia...
Primeiramente gostaria de confessar que tinha um certo preconceito com o autor. Antes de Uma Longa Jornada só tinha lido dois livros dele e lido várias outras resenhas o que me fez chegar a conclusão que todos os livros eram iguais e que eu não gostava dele. Até aí tudo legal, tudo beleza, vlw, flw. Aí peguei esse livro e paguei a língua. Sério, foi tipo um tapa na cara e ai, vemk Tio Sparks ~abraça~.

Uma Longa Jornada conta duas histórias de amor, porque não basta uma, tem que ter duas pra gente suspirar mais. E são lindas, principalmente a história do Ira e Ruth. Que amor perfeito o deles! Um casal que viveu junto mais de 50 anos, se amando, se completando, sendo felizes. Fica claro pra qualquer um que leia que Ruth amava Ira e que Ira não só amava como venerava, idolatrava Ruth, ela era a razão dele viver.
O casal Luke e Sophia também arranca suspiros, principalmente o Luke. Aaaaah, um caubói desse aqui gente, casava na hora...
Luke é totalmente maduro e trabalhador, além de fazer de tudo para ajudar sua mãe. Sophia é para ele uma luz que apareceu em sua vida, iluminando tudo de uma maneira diferente. É visível como ele se apaixona rapidamente pela moça. Já Sophia demora um pouquinho mais para assumir seus sentimentos mas reconhece que Luke é tudo que ela precisa. Os dois são determinados, teimosos e fofos juntos.
Os quatro personagens principais são pessoas tão boas, tão integras que dá vontade de encontrar com eles de verdade. O amor transmitido no livro é tão puro e lindo que tive que dar meu braço a torcer e começar a gostar do Sparks. Eu chorei numa parte do livro, coisa que eu nunca achei que fosse acontecer lendo esse autor, foi o livro perfeito pra me fazer gostar dele.
Mas Nathalia, se você ta elogiando tanto e achando tudo bonito, por que 4 estrelas?" Porque foi um porre terminar esse livro hahahaha a escrita do Nicholas pode ser envolvente pra vocês e tudo mais, mas o começo do livro meu Deus, que coisa mais chata! Principalmente as partes do Ira, tava quase dormindo já. Se o amor dele pela Ruth não fosse tão bonito eu acharia ele desnecessário na história, mesmo ele sendo muito importante no final. E aaaa, por falar nisso, velhinho danado! Adorei o que ele fez no final. Morram de curiosidade agora.
Tinha momentos em que eu pensava em ler só a parte da Sophia com o Luke que tava muito mais legal. Então, tenham em mente que não é um livro rápido de ser lido, principalmente se você for como eu e gostar de mais ação nas coisas.

site: http://pobreleitora.blogspot.com.br/2015/04/resenha-uma-longa-jornada-nicholas.html
Mona 23/03/2016minha estante
Adorei a resenha e concordo com tudo que disse, pena que eu olhei o filme (que é uma decepção perto do livro) antes de ler, mas mesmo assim da pra se dizer que é meu favorito do Nicholas.


Nath 24/03/2016minha estante
Sério Mona? Eu não vi o filme ainda mas pretendia. É muito diferente?


Carlinha - Paradise Books 24/03/2016minha estante
Amo o livro e amo o filme! Tinha super preconceito com Nicholas Sparks, e esse livro me fez rever isso. Adorei os dois.


Mona 25/03/2016minha estante
Sim, o filme é ótimo, mas mudaram muita coisa do livro :/




Bartolotto. 10/03/2016

Achei maravilhoso, apesar de desconfiar do final, achei ótima a maneira como eles terminaram o livro. Muito lindo!
comentários(0)comente



Tamires 27/02/2016

Esperava mais desse livro
Por estar acostumada com os livros do Nicholas Sparks, esperava um pouco mais da história.
Achei que ficou um pouco maçante e repetitivo, talvez pela forma em que foi estruturado o livro.
A história é em síntese legal, mas a repetição dos detalhes e a volta ao tempo não fez sentido para mim.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Cibele Araújo 04/02/2016

Uma Longa Jornada - Nicholas Sparks
Um cowboy e uma estudante. Um senhor de 91 anos a beira da morte e lembranças de uma vida passada em guerras e ao lado da esposa falecida. A história de Sparks beira esse contexto clichê que nos surpreende.

A história se inicia com Ira Levinson, um idoso de 91 anos de idade acidentado em um barranco, em meio ao inverno rigoroso. Como todas as histórias de Nicholas - até as que eu tive oportunidade de ler - pude perceber que em todos os seus inícios são tragédias. E essas tragédias acabam desencadeando em uma onda de acontecimentos que se tornam aprendizados para os personagens ali envolvidos. Ira, começa a retratar a imagem da esposa ao seu lado no carro. Com dores e debilitado, começa a conversar com ela, lembrando de sua vida adolescente, quando a conheceu, casamento, companheirismo e dificuldades e a paixão que compartilhavam juntos. A essência deste casal.

Por outro lado, há Sophia uma estudante de História da Arte que vive em uma fraternidade junto com outras alunas - típicas de universidades americanas - e que não se encaixa. Sua colega de quarto e única amiga a leva para um rodeio não muito longe dali, apenas 1 hora de viagem e é lá que conhece o Cowboy Luke. Um jovem maduro, independente e tudo que Sophia nunca vira em seus tempos de universidade e identificado em seu ex namorado traidor e violento, Brian.

Os dois começam uma amizade incomum e o pano de fundo é a fazenda na qual o rapaz mora. Com grandes campos e um lago, Luke cavalga com Sophia durante os fins de semana, enquanto conversam sobre assuntos variados, gostos parecidos e futuro.

Em pouco tempo já firmam um relacionamento cheio de incertezas, e o segredo de Luke pode abalar esta relação. O destino de Luke e Sophia se cruza com o de Ira Levinson, e trazendo uma reviravolta que deixa o leitor inebriante, consumindo cada página para poder enfim saber o desfecho.

Nicholas sabe prender a sua atenção. Nesse quesito, nunca me decepcionou. Seja clichê ou não, a trama traz drama e uma caracterização incrível, com paisagens que relaxam e sentimentos que nos deixam com o coração na mão. Dessa vez, a história será transmitida através dos pontos de vista de Ira, Sophia e Luke. Cada capítulo uma surpresa a ser revelada!
comentários(0)comente



Mah 29/01/2016

A Vida é uma Longa Jornada
Hey leitores!
Uma Longa Jornada é sobre dois casais de gerações diferentes, mas que de alguma forma, estão ligados pelo destino, que irá ensinar a eles a quão longa jornada é a vida, ainda mais com alguém que ama.

“- Se nós não tivéssemos nos conhecido, acho que eu teria compreendido que minha vida não estava completa. E teria perambulado pelo mundo à sua procura, mesmo se não soubesse o que estava buscando.” -Ira

Ira e Ruth se conheceram um pouco antes da Segunda Guerra Mundial. Ira Levison é um cara simples, judeu e sulista (algo do qual ele se orgulha) e que trabalhava com o pai na loja de roupas e artigos masculinos. E Ruth era de Viena, mas que emigrara para a Carolina do Norte por causa do nazismo, e que nutre uma paixão profunda pela Arte.

Eles ultrapassaram inúmeras barreiras para ficarem juntos, coisas pequenas como a timidez de Ira na época, e coisas que marcaram a vida deles para sempre, como a guerra, mas que de certa maneira encontram um novo sentindo na Arte, mesmo Ira não compreendendo nada em todos aqueles “rabiscos”, mas ele entendia o efeito de uma pintura em Ruth.

“Estou tentando lhe dizer que não foi a arte que me mudou. Foi o modo como você olhava para mim enquanto eu olhava a arte. Em outra palavras foi você que mudou. -Ruth”

Já Sophia e Luke se “conheceram”, ou melhor, Luke a salvou de ser assediada em uma festa, logo após o rodeio, pelo ex namorado de Sophia, Brian, que ainda não aceitou o fim da relação, passando a persegui-la desde então. Depois do incidente e de Luke ter ensinado uma lição a Brian, Sophia e Luke se vem envolvidos em uma conversa sincera, e logo percebem como seria fácil estarem juntos.

“Sophia refletiu que passar tempo com Luke não era apenas fácil, mas de algum modo também parecia certo. Com Luke, podia ser ela mesma. Sentia que podia lhe dizer qualquer coisa que ele entenderia. -Sophia”

Luke é um caubói e tenta salvar a fazenda da mãe, usando os prêmios da montaria em touros. Já Sophia está no último ano de História da Arte e com a vida pela frente planejada, ou quase; já que trabalhar nessa área, tudo é incerto.

Duas pessoas absolutamente comuns, e com poucos interesses incomuns, mas que de alguma forma tudo parece “certo”, desde que estejam juntos, isso se Luke não puser tudo a perder com seu tenebroso segredo.

“Naquele instante, teve certeza de que já estava se apaixonando por ela e não havia nada no mundo que pudesse impedi-lo. –Luke”

A história se inicia com Ira tendo 91 anos, e decidiu dirigir para uma última viagem, sofrendo no caminho um terrível acidente. Enquanto espera por ajuda e luta pela vida, ele vê a imagem de sua amada esposa, Ruth, que morreu há nove anos. Mesmo sabendo que ela não é real, Ira se apega a sua figura com todas as suas forças e através de lembranças e de suas conversas com Ruth, traçada pelo humor, conhecemos mais profundamente sua história.

“Quando contemplo as profundezas do universo, sei que está chegando a hora em que a terei em meus braços mais uma vez. Afinal de contas, se existe um paraíso, nós nos encontraremos de novo, porque não existe um paraíso sem você. –Ira”

Uma Longa Jornada recebeu uma adaptação cinematográfica pela Twentieth Century Fox. A obra é narrada na terceira pessoa alternando de Luke para Sophia; e na primeira pessoa nos capítulos referentes à Ira, nos permitindo “ver” e “sentir” o que cada deles vivencia no momento.

Eu adorei essa edição que a Arqueiro lançou, pois a capa foi baseada no cartaz do filme, contendo os personagens Luke e Sophia. A escrita do Sparks é perfeita por ser simples e direta, ou seja, é fácil se apegar a narrativa. Gostei ainda mais de acompanhar a jornada desses casais tão... “ícones”.
Ira e Ruth.

“Como seu pai costumava dizer, nós partilhamos a mais longa jornada, essa coisa chamada vida. E a minha foi cheia de alegria por sua causa. –Ira para Ruth”

Luke e Sophia:

“Percebeu que os altos e baixos, os sonhos e as dificuldades, tudo fora parte da jornada – uma jornada que a levou ao gado perto de uma cidade chamada King, onde se apaixonara por um caubói chamado Luke. –Sophia”
comentários(0)comente



Bia 28/01/2016

Bom que dizer desse livro é muito lindo , mas não é tão lindo como outros que li do Sparks, conta a historia de Ira e Ruth , Sophia e Luke, historia separadas mas ligadas em algum momento....Ira é um senhor de 91 anos q sofre um acidente logo no começo da livro e pra esperar ser salvo ele conta sua vida e Ruth sua esposa ja morta ajuda a mante-lo vivo fazendo lembrar da sua vida , ele foi pra guerra , sofreu muito com isso por um motivo....Luke monta touro e sofre um acidente e não pode mais montar mas continua montando pra salvar a fazenda da mãe e conhece Sophia q é uma universitaria , mundos totalmente diferentes mas ligados pelo amor , muito lindooooo
comentários(0)comente



Mayara 21/01/2016

Me pergunto por que ainda não tinha lido um livro do Nicholas Sparks...
Me apaixonei pela história, dois casais totalmente diferentes que tem em comum: o amor.
Romances de épocas diferentes, mas que ao final tem o mesmo objetivo, a vontade de permanecerem juntos, um casal já teve seu momento, mas é bom conhecer a história deles, já Luke e Sophia vão viver a sua história e é claro que há desentendimento e algumas complicações, mas o final, bem...tem que ler para saber ;)
comentários(0)comente



Rafaela 19/01/2016

Uma Longa Jornada
Leitura envolvente, boa escrita, inesperado final feliz, conhecendo Nicholas Sparks.
Croniana 02/08/2016minha estante
Esse foi um dos que menos gostei do Nicholas... :(


Rafaela 03/08/2016minha estante
Eu também já li melhores (dele), mas gostei do final!


Croniana 04/08/2016minha estante
:D :D




Iosh 16/01/2016

?
Livro ótimo, uma história muito envolvente.
comentários(0)comente



Isabel G. 14/01/2016

Aff
Simplesmente chato. A história é monótona, não surpreende o leitor em nada, o final é muito previsível e ruim. Um dos livros mais chatos que já li.
comentários(0)comente



Yasmim.Speretta 29/12/2015

:)
Eu achei um livro ótimo. Pode ser um pouco clichê, pela mocinha e o herói, além da conclusão, mas achei uma historia linda. Não sou muito de ler romances, mas realmente gostei e recomendo.
Não cheguei a ver o filme, mas tenho certeza que deve ser muito diferente, então leia!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Gabi 08/12/2015

Surpresa boa
Primeiramente, quero dizer que esse livro não foge a regra do Nicholas Sparks de fazer histórias. Mas diferente de tudo que eu já tinha lido do autor, eu consegui sentir o amor dos personagens.
O livro é sobre o amor, conta a história de dois casais que estão em fases diferentes da vida. Primeiro somos apresentados ao Ira e sua amada Ruth, ele tem 91 anos(É um velhinho adorável) e ela já faleceu. A história deles é contada do ponto de vista do Ira, em primeira pessoa, quando ele se vê próximo da morte. Confesso que não achei que iria me empolgar tanto nessa parte, mas os personagens são tão bem construídos e a história em si é tão bonita que não tem como não se apegar.
Já o outro casal, Sophia e Luke, são jovens e completamente diferentes, a relação deles já começa de maneira bem inusitada para ambos. Ele é um tipico cabói, charmoso e bom em tudo que faz. Ela é universitária, está se recuperando de um termino de relacionamento e não tem familiaridade com o campo. E daí você já pode imaginar o que teremos em seguida...
Dá pra parar e pensar onde essas duas histórias se ligam, confesso que descobri antes do acontecimento a situação que iria acontecer, mas isso não desmereceu em nenhum momento a história. O que me faz pensar que a construção de mundo e personagens, as vezes, podem ser o destaque em uma história.

comentários(0)comente



233 encontrados | exibindo 76 a 91
6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 |