A Outra Vida

A Outra Vida Susanne Winnacker




Resenhas - A Outra Vida


135 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Souza 05/05/2021

Livro é bom, gostei dos personagens principais. A Sherry mesmo tento 15 anos é bem madura levando em consideração a situação em que se encontra, Joshua tem determinação no que acredita e tanta sempre ajudar as pessoas a sua volta, o romance entre os dois é bem construído e não tem nada de exagero já que eles tem algo com que se preocupar.
comentários(0)comente



Layla 12/04/2021

Bom
Comprei esse livro faz anos e estava parado na estante, então decidi ler. Achei o livro bem interessante, uma história envolvente, só achei algumas coisas meio forçadas. O final foi surpreendente, dando uma reviravolta em tudo o que você pensava durante a história
comentários(0)comente



João Vitor 10/01/2021

Projeto de The Walking Dead de Chernobyl
Sherry e a família já vivem há mais de 3 anos dentro de casa completamento trancados, porque do lado de fora há uma epidemia extremamente contagiosa que atormenta Los Angeles. Porém, toda a comida que eles tinham guardado para sobreviver trancafiados finalmene acabou e a única opção para não morrer de fome é sair desse abrigo depois de tanto tempo e enfrentar esse vírus mortal que transforma as pessoas em animais irracionais com sede de matança.

Assim, fica resolvido que Sherry e seu pai vão em busca de comida, porém eles são atacados pelos "Chorões", como são chamadas essas criaturas vítimas desse vírus, e o pai de Sherry some enquanto ela quase morre nas mãos desses bichos, se não fosse por Joshua, que chega de surpresa e salva a jovem. Daí Joshua a leva para um abrigo que compartilha com outros sobreviventes e tenta ajudá-la a procurar pelo pai sequestrado pelos Chorões e a resgatar sua família.

Eu até gostei da premissa da história, me deu uma vibe bem The Walking Dead e os primeiros 30% do livro são bem legais. Porém, assim que a família da Sherry vai para esse abrigo onde todos ficam bem e ela sai em busca do pai com o Joshua parece que a história se encaminha para lugar nenhum. O livro fica entediante, sem motivações reais para seu desenvolvimento.

Além disso, tudo acontece rápido demais, principalmente o romance entre os dois personagens principais. Uma coisa extremamente forçada e sem cabimento, que tipo de pessoa está no meio de uma matilha de animais raivosos querendo te matar e presta atenção em como o garoto está te abraçando de maneira calorosa???? Ou como uma garota que acabou de "perder" o pai prefere entrar no carro com um garoto e só pensa em como ele é atraente e charmoso ao invés de se preocupar, de fato, com o pai????

Situações muito irreais ao longo de toda a história e a autora ainda tenta colocar um plot no final que é tão ruim que não consegui nem esboçar qualquer tipo de reação. Eu só queria terminar a história e fingir que nunca li isso.
comentários(0)comente



Fran Ferreira 15/10/2020

Comecei esse livro já sabendo que não poderia ler a continuação, obrigada editora Novo Conceito por não ter trago o volume 2.

Bom, não me lembro de ter lido nada com temática de apocalipse, somente vi a filmes, então esperava sinceramente que não gostaria, por incrível que pareça, quero ler mais livros assim, tipo Mazze Runner, que não sei se gosto ou não dos filmes hahhahhhah (faz sentido já que gosto dos filmes apocalípticos de uma forma geral).
Este livro apesar do gostar, me lembrou muito Maze Runner, dei uma leve, bem leve pesquisada e foi escrito depois da saga, então pelo meu "achismo" deve ter sido inspirada na saga.
Apesar de me lembrar muito, gostei de saber que os mortos vivos dessa história, tem um aspecto diferente dos que conheço. Achei a história ok, mas gostaria de saber o final, eu que lute para aprender e entender inglês logo, só assim pra eu saber o desfecho dessa história.
O romance clichê de adolescente se assim posso chamar, não me incomodou, pra mim, estava dentro do que conheço hahahah, enfim, pra mim é isso.
_________________________________
Quote Marcado:

- "A força da mente é o que diferencia os sobreviventes das vítimas - era o que meu avô e papai diziam". pag´. 98
comentários(0)comente



nalu 09/07/2020

A escrita é pobre e o desenvolvimento dos personagens é inexistente. O romance da personagem principal com Joshua é forçado demais, terminei o livro e não entendi como eles ficaram juntos. O tema do suposto ?apocalipse? mal é explicado e o final foi aberto, algo que não gosto muito. A parte boa é que foi uma leitura rápida e não ocupou tanta parte do meu tempo.
comentários(0)comente



lilis 22/06/2020

Eu simplesmente amei o livro, achei a leitura super envolvente.... porém o segundo livro não possui tradução, eu estou muito triste :(.
comentários(0)comente



Stephanie Raiany 22/10/2019

"Quando as pessoas são infectadas, só há duas coisas que podemos fazer: vê-las morrer ou se transformar."
Sherry é uma garota de 15 anos que vive dentro de um bunker já faziam 3 anos com seus pais, seus irmãos mais novos, sua avó e o corpo do seu avô dentro de um freezer. Eles tinham se escondido dentro desse bunker depois que saiu a notícia que um vírus tinha se espalhado por L.A, aparentemente era raiva, onde transformava completamente as pessoas. Eles conseguiam se comunicar com outras pessoas através de rádios e os militares avisariam quando tudo estivesse resolvido, mas do nada os rádios pararam de funcionar e os militares nunca deram nenhuma notícia.

O tempo foi passando e a comida que eles tinham levado para o abrigo tinha chegado ao fim, eles só tinham duas opções, ficar lá dentro até todos morrerem de fome ou sair para procurar comida, e é claro que escolheram a segunda opção. Sherry e seu pai finalmente saem de dentro do abrigo depois de anos e a imagem que eles tem é de uma Los Angeles completamente destruída, parecia que ela tinha sido bombardeada.

"Não queria matá-lo. Os olhos dele... pareciam de gente. Como se estivesse chorando."

No primeiro dia eles já dão de cara com uma dessas criaturas, que eram chamadas de Chorões, eles tinham a silhueta de um humano, mas o corpo era todo coberto de pelos e sua fisionomia era de alguém chorando. E infelizmente nesse encontro o pai de Sherry é levado e é onde ela acaba conhecendo Joshua, que ajuda ela e sua família a encontrarem seu pai e salvar ele dos Chorões. Mas não vai ser tão fácil assim.

A Outra Vida é uma mistura de ficção pós-apocalíptica com distopia. A narrativa prende o leitor desde o início, as cenas de ação são de tirar o fôlego e não tem como não ficar torcendo para que tudo dê certo, e claro que não pode faltar um toque de romance. Mas infelizmente o segundo volume (que foi publicado em 2013) não foi lançado no Brasil e a autora abandonou essa série. Isso me deixou bem triste e frustada, porque foi um livro que gostei muito mas não vou saber como a história termina. Com certeza eu recomendaria se tivesse a continuação.

"O dia do Juízo Final chegou. Vós recebereis o julgamento de Nosso Senhor com gratidão."

site: https://poeliterar.blogspot.com/
comentários(0)comente



Gih Cordeiro 21/04/2019

Faltou algo...
Devorei o livro em dois dias, mas por ter mais a ver com minha paixão por distopias do que com o livro em si. Me lembrou Eu sou a lenda do Will Smith, mas em uma versão teen. A ideia é muito, muito boa, mas senti falta de um desenvolvimento mais profundo dos personagens e suas histórias, tudo me pareceu rápido demais e às vezes sem conexão. Válido como passatempo sem exigir muita reflexão.
comentários(0)comente



Mr. Stark 09/01/2018

Pensa em uma história foda!!
Incrível, melhor do que The Walking Dead inteiro, história um pouco parecida, porém mais dramática e assustadora e com um cenário mais apocalíptico. Basicamente uma história mais bem amarrada que The Walking Dead e com certeza mais envolvente
comentários(0)comente



Suka 14/06/2017

Esperava mais
É uma leitura fácil, li o livro em 3 dias, mas não pq realmente fosse um estória empolgante, embora, tinha tudo para ser... Esperava mais... Tem um pouco de ação, e algumas cenas realmente tensas, mas achei muito forçado o casal, os diálogos entre eles foram fracos e nada q realmente mostrasse um interesse de ambas as partes... Tinha tudo pra ser um bom livro, o cenário apocalíptico q a autora criou foi bom, mas parece q ela não.soube desenvolver a estória direito, no fim ficou tudo meio atropelado... Mas eu queria ler a sequência, embora tenha conciencia q não vira para o Brasil.
comentários(0)comente



Suellen 28/05/2017

Desepcionante
"A outra vida, nos conta a historia da Sherry que passou três anos em um abrigo nuclear, por conta de um vírus super contagioso que se espalhou por Los Angeles. Esse vírus transforma a pessoa em Chorões( mutantes com uma força excessiva, pelos em excesso e ágeis).
Sem saber como esta o mundo do lado de fora, Sheeey se depara com situações difíceis, que sem a ajuda Joshua um caçador e experiente nesse novo mundo. Ela com certeza não sobreviveria. "

Susanne tinha tudo pra criar um mundo distópico incrível e uma personagem principal destemida e inteligente.
Mas tudo que ela fez foi: uma personagem chata e sem carisma, uma distopia sem desenvolvimento, personagens secundários muito mau desenvolvidos e um romance bosta.

O livro força muito o romance. Sério gente, Sherry e Joshua mal se falam(ele evita o máximo possível) e quando tem algum diálogo eles são super fracos e não passa nenhum aprofundamento sentimental. E o pior, é quando somos apresentados a outra personagem mulher, ela já pensa que é namorada do Joshua ( Tipo: Oi???)

Outro ponto, foi a forma como a autora nos disse o por que do vírus ter se espalhado, foi muito tosco.

Pra mim é um livro tão ruim, que não tenho pretensão de lelo pelos próximos 10 anos.
comentários(0)comente



Babi @enredoliterario_ 14/04/2017

"A outra vida", conta a história de Sherry, uma garota de 15 anos que teve sua vida e seu mundo inexplicavelmente mudados quando um vírus altamente contagioso - denominado "raiva" - começar a ser espalhar por toda cidade e arredores. Orientados pelo governo para se esconderem em abrigos para se manterem seguros, a menina e sua família são obrigados a ser esconderem em um abrigo que seu pai havia construído em baixo da casa. As pessoas que são contagiadas pelo vírus começam a criar pelos e garras, esses mutantes que antes humanos, agora são feras assustadoras que comem carne humana. Passados 3 anos,1mês,1semana e 6 dias que Sherry viu a luz do sol pela última vez, o clima no abrigo não anda muito bem quando o estoque de comida que deveria durar quatro anos acaba. Sem outra escolha seu pai decide por fim se aventurar fora do abrigo para buscar comida para sua família apenas com uma espingarda em mãos, Sherry a filha mais velha decide que vai com ele para ajudar, o que eles não esperavam era que ao saírem iriam descobrir um mundo muito diferente do que conheciam, o lugar está devastado e a cidade de Los Angeles antes cheia de vida agora se encontrava em ruínas. Na primeira tentativa de conseguir alimento Sherry e seu pai encontram um super mercado onde encontram alguns alimentos comestíveis, porém quando estão lá dentro acabam por ser atacados pelos chorões - nome dado aos mutantes -, Sherry ver muito sangue no local mas não encontra seu pai, com medo e ouvindo o barulho de patas no ladrilho Sherry tenta se proteger como pode, quando o chorão vem para cima dela, ela começa a atira as cegas. Quando ela pensa que não terá mais chance alguma, alguém aparece para ajuda-la. Joshua, outro sobrevivente a salva.
Daí a história se desenrola de uma maneira que deixa o leitor viciado. .
comentários(0)comente



Polyana Pinheiro 03/10/2016

A Outra Vida
A Outra Vida foi um livro que li muito rápido e não demorei pra me prender à leitura. Quando o peguei pra ler, fiquei um pouco receosa por nunca ter lido um livro nesse estilo e também não me interessar por coisas do tipo (zumbis, mortes, sangue). Mas acho que é bom ler de tudo um pouco e queria abolir meu preconceito, e esse livro foi um ótimo começo pelo fato de ser leve. Sim, eu estava esperando uma coisa forte, que me fizesse morrer de medo e nojo, porém, apesar de todo o suspense e apreensão que senti em alguns momentos, não foi algo tão assustador.

Sherry é uma garota que ama sua família e quer protegê-los, nem que isso custe sua vida. Ela é decidida e corajosa, não pensa duas vezes em pegar numa arma e atirar (mesmo com uma mira horrível). Mas... fica contando dias, horas, semanas, segundos de tudo, pois era um dos seus passatempos enquanto estava no abrigo, entediada e sem nada pra fazer. Mas cara, comecei a me irritar com isso! Joshua é também muito corajoso, mas esconde muitas coisas em seu passado, ou "A outra Vida", que é como ele chama a época antes da epidemia (explicando o título).

" - Tudo aconteceu de uma forma tão inocente! Começamos a pesquisar a raiva por pura curiosidade científica. - Ele me olhou e sorriu com certo constrangimento. Eu tentava acompanhar suas palavras. - A curiosidade é uma coisa boa, não é mesmo? Ela trouxe a tecnologia para a humanidade e é essencial para o progresso." - Pág. 75

O livro é contado pelo ponto de vista de Sherry, o que nos ajuda a mergulhar ainda mais na história e entender melhor a protagonista. A narrativa é muito fluida, li esse livro extremamente rápido. Teve suspense, ação, e partes que me fizeram roer as unhas. A Outra Vida me prendeu bastante e praticamente entrei dentro da história e imaginei cada detalhe como se eu estivesse lá.

**************** LEIA A RESENHA COMPLETA EM MEU BLOG *************

site: http://www.desenrolagabriola.com/2014/07/a-outra-vida-susanne-winnacker.html
comentários(0)comente



Nathy 13/09/2016

A Outra Vida – Susanne Winnacker – #Resenha
O livro é no estilo de sangue quente e não sei se pode ser classificado como Distopia. Mas, somente por ter uns bichos estranhos não deveria me agradar, ainda mais porque tenho medo de como a autora irá desenrolar o enredo. Com esse foi uma agradável surpresa até metade do livro. Depois parecia que não estava andando e que estava enrolando para chegar ao ponto necessário. A ideia foi interessante, mas não sei se me encantou tanto. Fiquei curiosa pelo segundo livro pelo modo que acaba a história, deixando alguns espaços em abertos. No entanto, não é o meu tipo de leitura regular.

A história conta a vida de Sherry que após um vírus contagioso se espalhar não vê a luz faz algum tempo. Com a narrativa em primeira pessoa o leitor entra na mente de Sherry e compartilha de seus sentimentos. Depois de viverem durante um bom período em um local fechado e seguro, ela sai junto com seu pai para procurar comida. Quando estão em um mercado são atacados por essas pessoas infectadas. A partir desse modo a vida de Sherry piora ainda mais. Ela fica separada de seu pai, mas está disposta a tudo para conseguir salvar a vida de cada um de seus familiares.

Três anos, um mês, uma semana e seis dias se passaram desde a última vez que vi a luz do sol.

A Sherry no começo não parece ser muito destemida. Depois cria coragem e passa a realmente agir como uma sobrevivente. Meu problema com ela foi não escutar as pessoas ao seu redor em muitas vezes. E por conta disso tomar uma posição errada. Fiquei com pena diante da sua situação vivida. Nunca gostaria de passar por algo assim. Até uma parte do livro ela fica preocupada com o seu passado e do que foi feito com amigos. Mas, chega a um ponto que percebe que tem que sobreviver e ajudar sua família. Acaba se tornando uma mocinha bem forte e acho que no segundo livro deveria ser ainda mais.

Continue lendo a resenha no link abaixo:

site: http://www.oblogdamari.com/2015/07/a-outra-vida-susanne-winnacker-resenha.html
comentários(0)comente



Gustavo.Nazario 03/09/2016

Adorei
Li em poucos dias e a leitura valeu muito a pena!

site: https://sagadasmusicas.wordpress.com/2016/07/03/a-outra-vida-susanne-winnacker-the-other-life-resenha/
comentários(0)comente



135 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |