Tipo Destino

Tipo Destino Susane Colasanti




Resenhas - Tipo Destino


120 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Jeeh 08/12/2020

Mais ou menos
Eu me senti cansada lendo este livro a autora tem melhores.
comentários(0)comente



Pamela.Souza 24/05/2020

Olhaa, eu comprei esse livro quanto tinha 15 anos.
Meninas/meninos eu realmente surtei com esse livro, na época eu tinha amando ele e tal. Achei a história típica de adolecentes, bem clichê. Mas mesmo assim eu amo
comentários(0)comente



Duda 23/05/2020

Tipo destino
O livro conta a história de duas melhores amigas. Após Erin apresentar seu namorado para Lani, surge um conflito por Lani ser a alma gemea do namorado de sua amiga, e aí será que Lani ficará com o namorado de Erin?
comentários(0)comente



Mari Imaginária 25/04/2020

Água com açúcar
Esse é o tipo de livro que gosto de ler ?entre livros?. Uma história bem leve e despretenciosa, completamente previsível, mas que a leitura flui de uma forma que o livro termina em poucos dias ou horas. Bem, o subtítulo já conta toda a trama, mas a forma como a autora constrói os personagens e conta a história é muito agradável. Aborda questões ambientais como orgânicos e reciclagem; da umas pinceladas pelas questões de bullying, homossexualidade e violência doméstica. Gostei de ler esse livro, ainda mais que as meninas são envolvidas com astrologia e assuntos relativos ao destino. Bem teenage, mas legalzinho.
Lani e Erin são melhores amigas. Passaram por um sufoco juntas quando sofreram um acidente onde quase perderam a vida. Erin se apaixona por Jason, mas Lani se sente cada vez mais atraída por ele. E ele por ela. Segue o dilema, magoar a melhor amiga ou magoar sua alma gêmea?
comentários(0)comente



Elaine | @literaturaemtopicos 06/08/2019

"Nunca tive a intenção de que acontecesse daquela maneira. Mas, se tivesse a oportunidade, não voltaria atrás de jeito nenhum" - Tipo destino
A historia não está muito longe de filmes de sessão da tarde, se passa numa escola com alunos dividos por classe, status social e suas preferências. E nesse cenário encontramos duas melhores amigas bem diferentes, unidas pelo trauma de uma tragédia...
.
Lani é uma taurina muito sensível louca por horóscopo e previsões sobre o futuro, tem um amigo chamado Blake que não assume ser gay por medo do seu pai, um homem que sempre tratou o filho com extrema rigidez. Já Erin, é uma leonina de gênio forte, egocêntrica e popular, é sempre o centro das atenções devido a sua beleza.
.
Perto de se formar Erin começa a namorar seu crush, Jason, um dos lindos, inteligentes e populares da escola. Estava tudo as mil maravilhas com eles até que Jason conhecem Lani, e ambos descobrem que o que sentem um pelo outro é muito mais que amizade.
.
Com o decorrer da narrativa é legal ver o amadurecimento de Lani, uma jovem sempre quieta, com medo de se arriscar e cativa das ideias de Erin. A narrativa vai se formando até descobrirmos quem é de fato Erin e Lani...
.
É difícil falar desse livro sem contar um pouco da trama, e é impossível não se identificar com alguns dos personagens, que com suas caracteristicas bem distintas se tornam muito marcantes. Eu li o romance numa tarde, avançando pela narrativa rápida, ávida para saber o epílogo de cada personagem. A autora escreve uma história instigante que te prende do início ao fim, e nos questiona acerca da amizade, certo e errado, e amor é claro.?
.
comentários(0)comente



Gabi 22/07/2019

Tipo Destino
Eu adoro romances adolescentes. Geralmente, eles são mais leves e fáceis de ler. A leitura flui bem e sempre acabo lendo rápido. Confesso que é um dos gêneros que mais gosto de ler.

Esse eu li pois é um dos favoritos da minha irmã, que também é muito fã de romances adolescentes. E como ela ama de paixão esse livro e já leu mais de uma vez, eu acabei criando expectativas além da conta.

Adoro ler livros que foram indicados, mas não gosto muito quando é colocado grandes expectativas neles. E eu coloquei todas as minhas, e não que eu tenha me decepcionado, mas também não me surpreendi.

Eu gostei muito da sinopse do livro. A trama é ótima e muito bem elaborada. É cheio de partes fofinhas e até partes em que a protagonista se questiona muito sobre o que esta fazendo.

Gostei como a autora soube colocar a questão amor e amizade na balança. Em como a protagonista lida com a dúvida ao se apaixonar pelo namorado de sua melhor amiga.
Qualquer coisa além disso será spoiler, porém, como em alguns livros que li esse ano, o final me decepcionou. Esperava mais, muito mais. O final do livro é corrido, e eu fiquei na vontade de saber mais. De ver mais sobre como a dúvida foi encerrada na cabeça da Lani.

Senti falta de saber como as outras pessoas reagiram a todo o desenvolvimento final. Ou seja, faltou final para mim. Parece que terminou sem terminar.



site: http://paginaporpagina.com.br/resenha-tipo-destino/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Mari 14/06/2018

Confesso que não conhecia a autora antes de ler esse livro e que comprei porque estava em uma promoção gigante no shopping aqui perto. Eu comecei a ler sem nenhuma expectativa e encontrei exatamente o que ele promete: um YA clichê e sem muitas emoções.

Há um tempo atrás, Lani e Erin sofreram um acidente de carro, fazendo com que as melhores amigas ficassem ainda mais unidas. A promessa de que nada aconteceria entre elas era tão grande, que nem as diferenças conseguiram destruir a amizade e a ligação entre elas. Até Jason aparecer...

Jason é um aluno da mesma escola que elas, mas nunca chamou a atenção de Lani... Até que Erin começasse a namorar com ele. Aos poucos, ela foi percebendo que ele não saia de sua cabeça e que isso não deveria ser normal. Aliás, ninguém deveria ter metade dos pensamentos que ela tinha com o namorado da melhor amiga.

O problema é quando Erin vai passar as férias em um acampamento e Lani se vê sozinha com Jason. Nesse momento, os dois começam a passar mais tempo juntos e percebem que as semelhanças entre eles é maior do que esperavam e Erin acaba sendo esquecida ao longo desses dias. Sem avançar o sinal, por causa de sua amiga, Lani precisa lidar com seus pensamentos e sentimentos para descobrir o que quer: ouvir o coração ou desistir de tudo por causa da amizade?

Bom, a verdade é que eu me decepcionei um pouco com essa leitura, mesmo sem estar esperando nada. Eu até já tinha pensado que seria uma leitura bem leve e sem muitas aventuras. Porém, essa leveza foi demais pra mim e não consegui entender muitas coisas.

Para começar, a amizade entre as duas personagens não faz muito sentido. Tudo bem, tem toda essa ligação do acidente, mas de resto? Elas são total opostos. A única coisa em que elas combinam é na obsessão com o horóscopo e em acreditar em tudo o que ele diz. Agora, os gostos e personalidades delas, são bem diferentes e me irritou um pouquinho.

Erin é muito, muito, muito chata. Além de não gostar dela, o jeito que ela pensa para resolver seus problemas é tão horrível, que me deixou chateada com o desfecho, sabe? Lani e Jason deveriam ser um super casal, mas na verdade deixam a desejar. Eles tem essa atração, mas precisavam ter um pouco mais de pulso e de confiança para resolverem seus problemas da maneira certa.

A única coisa que me fez sentir mais próxima da Lani, foi a forma dela pensar mais nos sentimentos dos outros do que no dela. Eu sou um pouco assim e entendi muitas de suas ações, mesmo que não fossem certas.

Um personagem que eu gostei bastante, foi Blake, o melhor amigo de Lani. Ele é gay, mas ninguém além dela sabe disso. Ele é aquele tipo de amigo para todos os momentos e que sabe quando você está precisando de um ombro para chorar, sabe? Gostei bastante da construção dele na trama.

A escrita da autora é bem fácil, leve e me fez ler até o final sem perceber, mesmo sem amar a leitura. Ele é um YA que não traz muitas novidades e que tem uma premissa bem legal e pontos que poderiam ser ótimos e bem trabalhados, mas ficou faltando alguma coisa, sabe? Aquela pitada no romance entre os dois ou no problema com a amiga que me fizesse pensar "ah, é isso que me fez gostar desse livro".

Minha nota não foi mais baixa, porque achei ele bem concluído. Para um YA, ele está bem feito e tudo, só que não me agradou totalmente pela forma como a autora levou a trama. Foi mais o meu gosto mesmo do que o livro em si. Por isso, quem ficou interessado pela sinopse, leia!

A diagramação do livro é muito boa. A letra é boa, as páginas são amareladas e foi tudo bem montado. Os detalhes no começo de alguns capítulos são bonitinhos e dá um toque a mais no livro. A capa foi o que mais me chamou a atenção e o que me fez decidir comprar.

Tipo Destino é um livro bem levinho e que acaba rapidinho. Com poucas emoções e sem me cativar completamente, ele se mostrou uma leitura que não vai deixar lembranças.

Bom, espero que tenham gostado e que minha opinião não impeça ninguém de tentar ler. É só ter em mente que o livro é bem para adolescentes mesmo, que talvez seja uma leitura melhor aproveitada. Deixem seus comentários aqui, quero saber o que acharam! Beijinhos.

site: http://galaxiadosdesejos.blogspot.com/2018/06/tipo-destino-susane-colasanti.html
comentários(0)comente



Xanda 30/04/2018

Ai ai, esses conflitos adolescentes...
Adorei o livro, ele me lembrou muito dos meus 17 anos, da escola, dos amores e infelizmente do bullying.
O que você faria se tivesse sentimentos pelo namorado da melhor amiga? Então, é complicado não é mesmo gente, pois ao mesmo tempo que firmamos os pés para afirmar que traição é traição, e devemos condenar quem fez isso(não estou dizendo que é certo, mas é tudo um ponto de vista, ao meu ver) não vemos o outro lado, e os sentimentos dos envolvido... Concordo que deveriam ter agido de outra forma, mas eles estavam naquela fase, aquela que achamos que sabemos tudo, e na verdade não sabemos muito, na fase em que se algo der errado, por mínimo que seja, o mundo vai acabar...
Eu gostei da abordagem do livro e da escrita. É rápido e gostoso.
comentários(0)comente



Luana Moraes 10/03/2018

Um romance inteligente e tipicamente adolescente
Tipo destino tem uma série de elementos que deixam o YA mais gostoso, uma amizade verdadeira, problemas típicos adolescentes, um amor que parece mais vivo e brilhante, e também está recheado de descobertas e lições valorosas para qualquer idade.

A sinopse te faz acreditar que o envolvimento de Lani com Jason acontece de forma instantânea e que ele é um mau caráter, mas NÃO. A sinopse é enganosa.

Sou um pouco resistente para ler YA, mas sempre que e da Colasanti, eu leio sem medo, eu ia dizer de olhos fechados, mas quem lê de olhos fechados? Não é mesmo. kkkk.

Lani é uma menina que acredita no destino mais do que tudo, uma apaixonada por horóscopo e coisas exotéricas, a possibilidade do incerto a faz perder o sono, e junto com sua amiga Erin elas buscam todos os meios de garantir que o Destino não as pegue de surpresa. Estudiosa e entusiasta de projetos que salvam o planeta, adora filmes e ficar em casa, assim é Lani.
Já sua melhor amiga, Erin é o oposto, extremamente sociável, baladeira, adora pessoas e projetos que envolvem diretamente pessoas.
Lani e Erin são diferentes quando se trata de garotos, gostos para esporte e pessoas, mas tudo parece mudar quando Erin começa a namorar com Jason.
Jason é um garoto popular e encantador. Ele possui um código secreto para passar bilhetes durante a aula, inteligente e muito bem humorado.

Quando Jason é apresentado a Lani, conseguimos sentir a conexão que sentem um pelo outro. É como um formigamento que começa na ponta dos dedos e depois já tomou sua mão, é incômodo no começa, mas depois de um tempo você se acostuma, e então ele passou.

A narrativa de Susane é extremamente inteligente e fácil, a autora constrói enredos tipicamente adolescentes com uma boa linguagem e boas sacadas, é engraçado ver como na adolescência os sentimentos são mais intensos. Eu me vi em Lani em vários momentos, os questionamentos sobre o futuro, como as amizades parecem que vão durar para sempre. E como tudo é o fim do mundo.
Susane me deixa mais leve e empolgada com suas histórias.

Em alguns momentos eu quis bater na personagem principal, mas depois eu percebi que suas atitudes são compreensíveis pela sua pouca idade e maturidade.

A única coisa que me incomodou no decorrer do romance e como tudo se resolveu rapidamente, a autora poderia ter aprofundado mais um pouco a situação e a resolver de forma mais branda. Tirando isso. Eu amei o enredo, o romance, a fixação de Lani pelo destino e todas as suas loucuras.

Os leitores de YA deem uma chance a narrativa da Colasanti.

Ah, foi uma delicia embarcar na história de Lani, Erin, Jason, é possível se identificar com os personagens e refletir sobre as consequências de nossas atitudes. E também que infelizmente não controlamos uma série de coisas.

Recomendo para quem gosta de YA, seja adulto ou jovens adolescentes. Um romance leve que me deixou querendo mais.

comentários(0)comente



Jeniffer 11/02/2017

Tipo Destino
Susane Colasanti me surpreendeu em Bem mais perto, outro livro da Novo Conceito, que amei a leitura. Em Tipo Destino pensei que aconteceria o mesmo, mas parece que após outras leituras, minhas preferências literárias andam mudando e o livro não se encaixou nelas.

Lani e Erin são melhores amigas, mesmo atualmente sendo tão diferentes, as duas mantém um contato grande, principalmente após um acidente de carro quando Erin acaba salvando a vida de Lani. Porém, tudo muda quando Erin começa a namorar Jason, o garoto da escola que mudou e que Lani antes não o tinha percebido. Até agora. A conexão estranhamente boa que Lani sente com Jason torna-se mais do que isso e agora a garota precisa decidir-se com quem ficar: Jason, provavelmente o amor da sua vida ou Erin, a garota que a salvou e que viveu tantas histórias juntas.

Pela sinopse percebemos que o livro é bem romance adolescente e talvez por isso a leitura não tenha sido tão boa para mim. Lani acredita em horóscopos, destino e cartas, ela procura sempre melhorar o ambiente à sua volta com campanhas para reciclagem e conscientização ambiental. Sua mãe tem uma horta em que Lani a ajuda de vez em quando. Diferente de Erin, que faz parte do grupo dos alunos mais populares da escola e parece conseguir tudo o que quer, a qualquer hora.

Jason torna-se o típico garoto que toda garota do colégio quer como namorado e Erin o consegue. Porém Lani, após alguns momentos com Jason e conversas avulsas sente uma forte atração por ele e parece que é correspondida; ao longo da trama vemos o casal primeiramente lutando contra a traição e depois tendo que enfrentar as conseqüências por estarem juntos.

São personagens tipicamente adolescentes e a estória em si também, salvo algumas diferenças que vi em Lani, por ter uma consciência ambiental e acreditar em horóscopos, ‘destino’ e tarô, algo que não encontramos muito em outros livros do gênero. Além da trama ainda ter Blake, que é gay, mas encobre isso de todos, principalmente por prever a reação de seu pai ao saber sobre isso. Blake não tem uma relação saudável com ele e prefere esconder tal fato, esperando ansiosamente pela faculdade e a liberdade que tanto almeja. Durante a trama, temos esse 'núcleo' sobre os dilemas da homossexualidade na escola, como ela é enfrentada não só por quem é, mas por outros, conhecidos ou não do indivíduo.

Tipo Destino não foi uma leitura surpreendente por ser um típico livro para adolescentes. Talvez por ter certa (ainda pequena) experiência literária de livros com estórias mais maduras ou por estar em um momento onde prefiro ler outros livros, com outros temas, esse livro não tenha sido uma boa leitura.
É uma leitura leve e rápida, ótima para fins de semana tediosos, sem muito o que fazer. A narrativa de Colasanti não deixa a desejar, pelo contrário. Mas sua estória não me cativou tanto assim. Ainda assim recomendo a todos que gostam de uma leitura leve, sem compromissos.

site: https://monautrecote.blogspot.com.br/2014/11/resenha-tipo-destino.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Kariza 27/08/2016

Esperava mais!
Esperava mais, apesar que não ter criado tanta expectativa ainda assim me decepcionou.
comentários(0)comente



jessie santos 20/08/2016

É ótimo!!
É uma leitura rápida e divertida,mas na minha opinião, o final poderia ser melhor.
comentários(0)comente



Dessa 07/06/2016

Um romance leve, mas divertido. O que fazer quando se está apaixonada pelo namorado da melhor amiga? A resposta mais simples seria ignorar o sentimento, mas isso torna-se cada vez mais difícil conforme o tempo que passam juntos.

Não é uma história muito emocionante ou interessante, mas é uma ótima leitura para passar o tempo. Desde o começo já sabemos que é meio óbvio que as almas gêmeas devem ficar juntas, então o mistério está em como isso acontecerá.

Essas são apenas minhas impressões, leiam mais sobre a história e o que achei do livro (capa/diagramação) no blog.

site: https://citandopalavras.wordpress.com/2016/05/19/resenha-tipo-destino-de-susane-colasanti/
comentários(0)comente



120 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |