Tipo Destino

Tipo Destino Susane Colasanti




Resenhas - Tipo Destino


120 encontrados | exibindo 16 a 31
2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8


Biah 26/05/2016

E se sua alma gêmea fosse o namorado da sua melhor amiga? E aí, o que você faria? Lani teve que viver essa situação é descobrir como sair desse problemão! Uma boa história para passar o tempo, senti falta de um final mais completo, mais detalhado talvez, mas ainda assim uma boa história.

site: https://www.instagram.com/p/7LgYZnBM8Z/?taken-by=b_lima94
comentários(0)comente



Tracinhas 19/01/2016

por Lídia Rayanne
Tipo Destino é um típico romance adolescente, mas não tão clichê quanto parece. Os personagens foram bem desenvolvidos e trabalhados de forma sincera, de forma que conseguimos entender a motivação deles - pelo menos na maior parte do tempo.

Porque, vejam bem, Lani está apaixonada pelo namorado de sua melhor amiga. E não é uma coisa de mão única. Eles gostam das mesmas coisas e se entendem num nível tão profundo que meio que completam as piadas um do outro. Só que…

(SPOILER, PULE PRO PRÓXIMO PARÁGRAFO. É SÉRIO, EU TÔ AVISANDO!!!)

Quando Jason termina com Erin enquanto ela está no tal acampamento, Lani reluta muito para assumir o relacionamento com receio do que as pessoas vão pensar. Ao contrário do que a sinopse nos faz acreditar, o Jason é um cara super fofo e digno, e ele realmente gosta da Lani, tanto que prefere arriscar sua reputação na escola pra ficar com ela. Agora a Lani… Meus amigos… Sabe daquelas protagonistas que você não sabe se gosta ou se dá umas tapas na cara dela pra acordar pra vida? Pois então. Quando Erin volta do tal acampamento e descobre o motivo pelo qual Jason terminou com ela, começa uma campanha anti-Lani que é de dar dó, com direito a montagens de fotos pornográficas soltas na internet e tudo. E mesmo tendo sua imagem depreciada perante toda escola pela “melhor amiga”, Lani é tão tola ao ponto de romper com o amor da sua vida para tentar ser perdoada por ela. E mesmo entendendo o lado da personagem, a forma como ela aceita essa “punição” degradante me aborreceu profundamente. Dava vontade de dizer: “Lani, minha filha, se for pra ser rechaçada perante toda escola, que seja ao lado do seu boy magia, e não sozinha!” u.u

A narrativa em primeira pessoa no presente me incomodou (pela primeira vez!) em alguns momentos, mas porque Lani ficava divagando sobre coisas importantes enquanto fazia coisas cotidianas, e tinha horas que isso era entediante. Mas quanto ao romance, é bem fofinho e gostoso de ler. É impossível não torcer para que Lani e Jason fiquem juntos!

Enfim, Tipo Destino não é um livro memorável, mas uma boa recomendação para matar o tempo.

site: http://jatracei.com/post/137597256977/resenha-122-tipo-destino
comentários(0)comente



Letras de Letícia 17/09/2015

Resenha: Tipo Destino
Nunca havia lido nenhum livro da Susane. Quando eu estava navegando pelo Skoob e ví esse título, me apaixonei. Quando li a sinopse, fiquei com mais vontade de ler, porém, esperei até a bienal do RJ para compra-lo. E não me decepcionei com o estado físico do livro. Amei o tamanho, a gramatura, tudo perfeitinho.

Mas não é isso que vocês querem saber, a história é o foco daqui. Então vamos lá. Uma palavra resume minha experiência com esse livro da Susane: intrigante.

"Mas porque intrigante, Letícia?" Bem, esse livro fala da historia de duas pessoas ligadas por um acidente. Elas são completamente diferentes, mas esse acidente as mantêm unidas, que é a Lani e a Erin. Elas não tem sintonia de melhores amigas, quando li os primeiros capitulos já vi que elas deixariam de ser essas amigas grudadérrimas que elas passavam a imagem.

E conta sobre o namoro de Erin e Jason e como a Lani se apaixona por Jason.

A Lani me surpreendeu pois ao longo do livro ela mostrou que ela era uma pessoa que se preocupa com o emocional dos amigos e o dela mesma ela não liga. Acho lindo esse tipo de gesto, mas com o desenrolar do livro ela vai conquistando maturidade e personalidade, que foi o que conseguiu me manter até a ultima página.

E eu achei a história bem... Nhé. Esperava mais desse livro. Fui com uma espectativa grande de um confronto, várias brigas e o desenvolvimento do relacionameno dos 3 principais, mas o que realmente aconteceu foi o bullying sucessivo que envolve quase todos os personagens.

Após a forma ridícula que Jason conta sobre ele e a Lani para Erin, eu fiquei triste e decepcionada.

Jason não foi nada maduro, nem Erin. Os unicos personagens que me cativaram foram a Lani e o Blake, que com certeza merecia um livro sobre a vida dele. Teria muito prazer em ler.

Mas, isso é tudo. Recomendo o livro para quem gosta de romances proibídos e de ver a personagem principal desenvolver seu caráter.
comentários(0)comente



Dani 10/09/2015

Romance teen
Não sei o que acontece comigo e a Susane Colasanti!
Eu sei que os livros dela são bobinhos demais, teens demais, mas mesmo assim, eu vou lá e leio!
Tudo bem que o público alvo da autora não é uma pessoa na casa dos 20 e alguns anos, mas não acredito que esse tipo de história venha a agradar os adolescentes de hoje em dia...
Enfim, é um passatempo? Sim, mas não espere muita coisa.
comentários(0)comente



Paula 07/09/2015

E se a sua alma gêmea fosse o namorado da sua melhor amiga? Essa foi a frase que chamou minha atenção para o livro, e confesso que, ao ler a sinopse, crucifiquei a Lani. Porém, a Susane Colasanti conseguiu me deixar de queixo caído e rever meus conceitos, foi até engraçado.

Lani e Erin são melhores amigas, e já digo que isso é meio esquisito. A única coisa em comum entre as duas é a crença forte em astrologia. Olham horóscopos diariamente e tomam aquilo como um mantra, o que tem tudo a ver com o título e os ocorridos do livro. É mesmo "tipo destino" o que acontece com Lani quando conhece o namorado da amiga, Jason. Eles estabelecem uma conexão incrível, tem gostos muito parecidos... enfim, sabe aquele negócio de alma gêmea? Mais ou menos assim.

Eles seriam um casal perfeito, com ênfase no seriam. Que tipo de amiga roubaria o namorado da outra? Mas ela não consegue parar de pensar no cara e ficar encantada com tudo que ele faz. Além disso, quando parecia que tudo iria melhorar e Lani esqueceria Jason, o verão chega e Erin resolve viajar, o que consequentemente aproxima o casal. E agora, o que ela deve fazer: abrir mão da amizade por quem ama ou deixar partir sua alma gêmea em honra à amiga?

Apesar de ser um romance bem clichê, muito focado em astrologia, a história em si é legal. As amigas tem um acontecimento da infância na memória, o que dá a entender que Lani teria uma dívida com Erin. Tudo bem se fosse ela que pensasse assim, mas é a amiga que fica cobrando isso, sabe? Força a garota a fazer algumas coisas com frases que dão a entender "ah, você me deve isso, lembra?", é muito irritante. Acho que cobrar favores das pessoas porque você as ajudou é antiético, isso deve acontecer naturalmente. Temos que fazer as coisas sem esperar algo em troca, e tudo que vier é lucro.

A Erin é exatamente assim: acha que o mundo deve girar em torno dela, não gostei da personagem. Achei que faltou alguma coisa na Lani e no Jason, talvez mais pulso para lutar pelas coisas. Em compensação, gostei muito do Blake, que também é amigo das meninas, e super divertido.
comentários(0)comente



Helena 21/08/2015

Estou em mais da metade do livro e até agora a história não me convenceu. O que me atraiu no livro foi a capa, parecia uma boa leitura mais até agora estou decepcionada. Vou terminar porque sou persistente.
comentários(0)comente



Carina 30/05/2015

Legalzinho
Shakespeare disse em O Menestrel que "não devemos mudar de amigos se compreendermos que os amigos mudam". Discordo.
O bom da vida é a evolução, percebermos que pensamos de modo diferente conforme amadurecemos, mudamos ideias que antes eram imutáveis.
Nada mais natural que novos amigos que compartilhem o mesmo propósito acabem surgindo.
Devemos respeitar o passado sempre aceitando o inesperado.
Esse livro não é excepcional, mas vale a leitura se você tem o hábito de manter amizades que já não tem mais nenhuma afinidade.
Como eu ja tinha aprendido essa lição não fiquei maravilhada com o livro. Mas os Shakesperianos que pensam dessa forma devem ler o livro.
comentários(0)comente



Sah (@perolasliterarias_ ) 28/05/2015

Resenha – Tipo Destino.
Comecei a leitura desse livro com as expectativas em alta, aliás, como sempre porque sou uma eterna otimista. Adoro um romance como bem sabem não é? Infelizmente Tipo Destino não me cativou tanto assim. Foi o primeiro livro que li de Susane Colasanti e não foi uma boa opção de leitura.

Lani e Erin são melhores amigas, com muito pouco em comum. O que as amigas têm em comum é a fascinação pela Astrologia. Elas são – Lani principalmente – obsecadas no futuro e no que ele reserva. Lani como eu é do signo de Touro, mas não me identifiquei em nada com ela.

Lani não poderia imaginar que ao conhecer o namorado de Erin, Jason iria se identificar com ele de uma maneira assombrosa. Eles são muito parecidos em quase todas as coisas que fazem. Lani é a favor da natureza e da reciclagem e Jason após Lani lhe mostrar os benefícios de se preservar o planeta também adere à causa.

Blake é o melhor amigo de Lani e é gay ele esconde isso de todo mundo menos de Lani em quem confiou seu segredo. Esconde até do próprio pai que não aceitaria um filho gay. Sinceramente Blake foi um dos personagens que mais gostei e foram bem poucos.

Erin e Jason estão namorando e apesar de saber que não deve Lani não consegue parar de pensar que Jason é sua alma gêmea, mas ela não pensa em fazer nada a respeito disso. Na infância as duas amigas sofreram um grave acidente no qual Erin salvou a vida de Lani. A garota se sente em dívida com a amiga, fato que Erin não a deixa esquecer. A dita melhor amiga Erin faz uso desse senso de obrigação que Lani tem para com ela e força a garota a tomar decisões que ela não deveria tomar.

Erin então resolve passar o verão fora e a atração que Lani e Jason sentem vêm à tona de vez.

Achei Lani muito focada em não magoar a amiga e em adivinhações do futuro o que achei cansativo durante a leitura. E mais cansativo ainda foi ela mudar de opinião a cada momento. Em um segundo ela assume que Jason é sua alma gêmea e que gosta dele para logo em seguida mudar de ideia novamente.

Achei Jason fofo, mas não foi um mocinho que tenha me empolgado. Achei que ele demora muito a tomar decisões.

Erin é a típica garota que acha que tudo e todos têm que estar sempre a sua volta.

Temos alguns outros personagens, mas nenhum que tenha marcado a minha leitura e que vá ficar na minha memória.

Para quem quer um livro basicamente adolescente é esse sem dúvida. Então se estão pensando em ler dêem uma chance. Não deixem que minha opinião não muito favorável impeça vocês.

site: http://nosleitoras.com/resenha-tipo-destino/
Helena 21/08/2015minha estante
Gostei da sua resenha, nela você fala exatamente o penso a respeito do livro. Não chega a ser uma perda de tempo(estou lendo) mas não cativa em nada, é fraco e sem perspectiva... mas enfim, toda leitura é válida! Vamos em frente.




Anni | @dearmasen 23/05/2015

Resenha: Tipo Destino
Destino, Destino e Destino. É essa a palavra que resume a história do livro.
Mesmo que Erin e Lani sejam bem diferentes, elas tem um laço de amizade muito grande. Elas são ligadas porque, depois de um acidente, Lani acha que tem uma "dívida" a pagar para Erin, e que deve a sua vida para ela.
A diferença une as duas, formando uma amizade incombatível.
Bem... é o que todos pensam. Até Erin arrumar um namorado, o Jason, e tudo vira de pernas pro ar.
Jason e Lani sentem que há algo entre eles que é impossível de explicar, fazendo assim, uma jornada difícil. O amor que eles descobriram a pouco tempo foi ficando cada vez mais forte. E para esconder isso de Erin? Um pouco difícil e complicado.
Erin vai para um acampamento de verão, e Lani e Jason ficam na cidade sozinhos. É o que basta para a relação deles ficar mais forte do que já era...
Jason diz que ama a Lani, e quer terminar com Erin para que eles dois possam ficar juntos. E assim foi feito, Jason mandou uma carta explicando tudo a respeito...
Erin se revoltou e de Lani "inimiga" se tornou.

-Você pode negar a realidade. E daí se a realidade é um pouco difícil? Nós sabemos que a vida é tudo, menos fácil.


Confesso que eu não gostei da atitude da Erin depois que ela descobriu sobre a Lani e o Jason. Não teve traição nenhuma, mas ela se tornou uma monstra. Sim, foi horrível. As coisas que ela fez contra a Lani... Mas ainda bem que tudo se resolveu.
Outro personagem que eu gostei muuuuito foi o Blake, melhor amigo da Lani que é gay. Ele não queria que as pessoas soubessem sobre ele porque o pai faria coisas absurdas. E sim, descobriram e claro, o pai o expulsou da casa dele. Mas o jeito de como ele enfrentou as coisas foi perfeito. Tão corajoso...

Eu estava doida para ler esse livro. A capa me atraiu, a sinopse e a autora também. Não tinha lido nenhum livro dela, e muitas pessoas recomendavam a leitura e diziam que era agradável.
Se é realmente agradável? Sim.
A escrita da Susane é algo bem leve, o que torna o livro fácil e rápido de ser lido.
É do tipo para começar hoje e terminar amanhã...

Como foi o meu primeiro livro da Susane que eu li, eu gostei. Eu indico e dou quatro estrelas.


O amor não tem lógica. Nem sequer é uma escolha nossa. O amor nos escolhe.


site: http://masenstale.blogspot.com.br/2014/09/resenha-tipo-destino.html
comentários(0)comente



Debyh 07/05/2015

Pela sinopse claramente eu esperava uma traição e um romance bobo de adolescentes, mas para minha feliz surpresa algumas coisas aconteceram de um modo diferente. Achei que era um livro ruim, mas foi bom.
Antes mesmo de você começar a ler o livro, está implícito na sinopse e na capa aquela coisa que a maioria das pessoas abominam… traição, que praticamente piscava em neon nesse livro. E não vou engana-los há um certo tipo de traição no decorrer da história, mas não do modo que está na capa (por favor gente essa capa induz a todos os tipos de preconceitos existentes), porém eu fui com tudo e realmente não me arrependo.

resenha completa com áudio no link abaixo

site: http://euinsisto.com.br/tipo-destino-susane-colasanti/
comentários(0)comente



Fer - Mato Por Livros 06/04/2015

Eu já havia lido da mesma autora o livro Bem Mais Perto, e confesso que não gostei muito não. Essa segunda leitura me cativou um pouco mais, mas mesmo assim, me desculpem os fãs da autora, sinto que falta aquele algo mais. Eu não me sinto ligada aos personagens, o livro passar simplesmente a só uma leitura e nada mais, não me atrai, não me convence e não faz a ligação com o outro mundo, com a história dos personagens, mesmo assim acho a história bonitinha e ainda quero ler outro livro da autora.



Lani e Erin são melhores amigas, aquelas ligadas por uma força externa que sempre as mantiveram muito unidas. Uma não podia ser mais diferente da outra em seus jeitos de ser, uma é tranquila e a outra impetuosa, uma adora ficar em casa, a outra ama baladas. Mas mesmo assim a amizade das duas era única, e com um gosto compartilhado. As duas acreditavam no Destino, não só acreditavam como adoravam estudar tudo relacionado ao destino, cartas de taro, quiromancia, astrologia, e acreditavam realmente na força do destino.



Até que o próprio destino lhes prega uma peça, que nenhum estudo, lhes disse que pudesse acontecer.

Erin começa a namorar Jason, mas Lani fica completamente apaixonada pelo namorado da melhor amiga, e para piorar a situação Jason também se interessa por Lani. Que começa a acreditar que só pode ser Destino que os dois fiquem juntos. Mas como tirar o namorado da melhor amiga?



Começa uma luta interna de Lani contra seus sentimentos, ela faz de tudo para se manter afastada de Jason, mas o mesmo não facilita em nada, já que também esta apaixonado por ela, e quer fazer de tudo para estar com ela, mas ela não quer perder a melhor amiga, e sabe que é isso que vai acontecer se contar que esta apaixonada por Jason. Mas é claro que o Destino iria lhes pregar mais algumas peças e mesmo que Lani faça de tudo para se manter longe de Jason, mais o destino os aproxima.



Bem todos os personagens desses livros me incomodaram, nossa sei que nessa idade tudo é pior do que aparenta ser, mas nossa era drama demais, e é claro que o fim seria previsível e Erin iria acabar como a ruim da história, se bem que o papel desempenhado por ela foi demais mesmo. Como eu disse não consegui me apegar de forma alguma pelos personagens, mas acompanhei o desenrolar da história, e acho que podia ter sido melhor.



Algumas coisas são difíceis de se acreditar. Como por exemplo: uma escola inteira se voltar contra uma pessoa? Há por favor também né? Não vamos apelar tanto assim.



Para mim a melhor parte do livro não tinha a ver com o triangulo amoroso e sim com o melhor amigo de Lani, Blake, que é homossexual e tem que disfarçar para não sofrer preconceitos e porque sabe que seu pai não aceitaria. O personagem dele achei muito mais bem construído e foi o único que me fez sentir alguma coisa.



Bem não foi uma leitura boa, mas não foi de todo ruim.

Eu indico para quem gosta de histórias clichês (eu também gosto, mas não assim), com romance adolescente, amizade, temas escolares e preconceitos.

Espero que quem ler, possa gostar mais do que eu gostei. Eu quero muito ler o livro Esperando Por Você da autora, mas é minha ultima chance a ela, se eu não gostar um pouco mais dele, não sei se pretendo ler outros.


Beijos

site: www.matoporlivros.com.br
comentários(0)comente



Bia 02/04/2015

Resenha - Tipo Destino
Já tinha bastante tempo que eu queria comprar esse livro, quando eu fui pro Rio essa semana e entrei na livraria eu vi o livro e tive que levá-lo!

As paginas são amareladas com uma textura grossa, é dividido em três partes, tem 43 capítulos bem curtos, o livro é narrado por Lani. No final do livro tem um cartão postal que vocês só vão entender o que a personagem escreve nele apenas lendo o livro. A capa é muito perfeita, o nome da autora e o nome do livro tem uma textura macia (não sei como se da o nome). No final do livro a Editora Novo Conceito disponibiliza dois capítulos de outro livro da autora chamado “Bem Mais Perto” (Atenção: Não é continuação do livro Tipo Destino, na verdade esse livro não tem continuação).

O livro trás a história de duas grandes amigas, Lani e Erin. Lani é uma garota de dezesseis anos que gosta de ficar em casa e ama Astrologia, ama ver todos os dias seu signo e saber sobre o seu destino, ela também é super ecológica, sempre cuidando do planeta: reciclando, evitando coisas que prejudiquem mais ainda a camada de ozônio, etc. Já Erin gosta de pessoas e baladas e é mais agitada que Lani. Seus gostos são totalmente diferentes até mesmo para tipos de meninos, mas isso até que Erin começa a namorar Jason...
Um garoto bonito, esperto, simpático, divertido e com maturidade. Uma coisa que começou como uma amizade entre Jason e Lani acaba se tornando algo mais. Erin acaba indo para um acampamento de verão por dois meses, e enquanto ela está bem longe a relação de Jason e Lani se esquenta deixando a garota confusa: Ficar com ele e magoar a melhor amiga, ou ignorar seus sentimentos e sofrer pelo amor impossível?
Lani tenta ao Maximo evitar Jason e ignorar tudo o que sente por ele. Mas o destino reúne os dois e mostra para Lani que seu futuro é com ele. E quando se fala em Destino, Lani não tem como fugir, até porque ela acredita com todas as suas forças em destino e ela está mais que convencida de que Jason e ela foram feitos um para o outro.

O livro é super perfeito. Li ele em dois dias, simplesmente não consegui larga o livro, a leitura flui muito bem, é gostosa e é bem rápida. O final do livro me deixou um pouco chateada porque deixou muito a desejar por isso dei quatro estrelas. Lani e Jason têm varias coisas em comum, e assim que Lani percebe isso ela já sabe que ele foi feito para ela e que seus destinos é ficarem juntos.
Vemos como é difícil para Lani isso tudo por causa de sua amiga. E quando Erin volta tudo vira uma bola enorme de confusão, pois ela sabe que precisa contar para a amiga. E quando ela conta... Em fim, vou ficar quietinha porque não quero da Spoiler.
Esse livro é super mega perfeito, vocês vão amar. Eu super recomendo!


site: http://mysecretsbooks.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



lenny.l.jovo 24/03/2015

Tipo Destino
Este é o meu livro favorito da Susane Colasanti. Um romance adolescente tão romântico que quem o lê sente vontade de mais e mais.
Lani é uma adolescente não muito bem enquadrada nos contextos de socialização com os demais colegas da sua escola, mas ela é muito bem resolvida com ela mesma, tem uma vida organizada, lutando a favor da salvação do planeta fazendo folhetos que conscientizem os outros quanto a importância da reciclagem. Ela também tem uma melhor amiga, Erin, que é o seu oposto, mais social e extrovertida, e adora muito a sua amiga. Lani também é amiga de Blake, que é um menino que sofre violência com o seu pai, mas que mesmo assim não se deixa abater, tendo ele contado para Lani o seu maior segredo (ele é gay).
Quando tudo vai bem/normal Erin se diz estar apaixonada por Jason, um menino bonito e bem mais ao estilo de Lani (parecendo alma gémea).
“Nunca tive a intenção de que acontecesse daquela maneira. Mas, se tivesse a oportunidade, não voltaria atrás de jeito nenhum.”
O que nem Lani e nem Jason esperavam é que a simples aproximação deles os tornaria em grandes amantes apaixonados.
“O estranho é que me sinto realmente à vontade com Jason. É como se o conhecesse há muito tempo. Como se já fôssemos bons amigos.”
Lani e Jason vivem uma paixão mesmo sabendo as consequências desse acto, mas o destino os aproxima ainda mais tornando-os em alma gémeas que foram destinadas desde o principio a ficarem juntos. Mas a pergunta que não quer calar é: E ERIN?
comentários(0)comente



Karol 09/03/2015

Três Estrelas!
Não me entendam mal, adoro os livros da Susane, e este livro foi o que me fez conhecê-la, digo, suas obras. A muito que eu procurava esse livro para ler, mas acabei lendo outros da autora antes. Enfim, concluí a leitura de "Tipo Destino", e é mesmo um livro legal! Mas com um final "meia boca", sabe? Esperava mais de Jason e Lani, mais emoções, um final mais legal, e também um final melhor para amiga Erin e todos os outros. Esperei muito para ler esse livro, quis muito encontrá-lo (e não encontrava :c), mas no final, é só uma historinha legal. Tipo, um livro teen como os outros da autora, bom e tal, mas acho que esperava um pouco mais.
comentários(0)comente



luli 11/01/2015

Um livro gostoso de ler
Lani nunca namoro na vida e nunca imaginou que o seu primeiro amor, fosse ser pelo namorado de sua melhor amiga, Lani tenta evitar o sentimento, tanta fingir que nao sente nada e tenta nao notar , mas quando Erin vai para um acampamento de verao. Jason termina com Erin por uma carta, ela esta completamente apaixonada por Lani, nao ha como negar os dois se entregaram ao sentimento que sentiram um pelo outro. Enquanto estao no verao os dois se entregarao ao sentimento o relacionamento foi as escondidas é claro, mais nao podem negar o amor que sentem, quando Erin volta do acampamento, ela esta com um odio mortal de Jason e nao quer velo nem pintado de ouro, enquanto Jason nao conseguir explicar o porque so termino com Erin, Lani e ele nao poderam ficar juntos, mas quando Erin descobre a verdade fica revoltada e espalha a todos o que a sua amiga fez com ela, tomou o seu namorado, Lani é odiada por todos e um boato faz que perca sua amizade com o melhor amigo a vida de Lani se tornou um inferno e a unica coisa que ela queria e poder ficar com Jason, mas nao pode prometou a Erin que nunca mais iria falar com ele, mesmo que ela seja a sua alma gemea, ela sabe o que esta perdendo e doi, mais sera que Erin voltaram a falar com ela? E o que acontecera com amor que ela e Jason sentem um pelo outro?
As vezes o destino quer nos mostrar coisas, apenas devemos saber entender o que ele esta tentando nos dizer.


site: http://falling-in-the-snow.blogspot.com.br/2014/09/tipo-destino_3.html
comentários(0)comente



120 encontrados | exibindo 16 a 31
2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8