Tipo Destino

Tipo Destino Susane Colasanti




Resenhas - Tipo Destino


120 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Fernanda 04/11/2013

Resenha: Tipo Destino
Resenha: Tipo destino de Susanne Colasanti, publicado pela Editora Novo Conceito é um livro muito divertido e ao mesmo tempo em que aborda um assunto dramático, revela uma atmosfera dinâmica e ágil. O modo como a autora introduziu assuntos referentes ao esoterismo e outras areas aperfeiçoou ainda mais as cenas fazendo com que cada ação dos personagens se tornasse mais perceptível e relevante.

Na trama conhecemos personalidades enérgicas e repletas de originalidade. Lani parece ser uma pessoa exemplar, ligada a questões ambientais e na escola está entre o meio termo: não é popular e muito menos nerd, mas também não abaixa a cabeça para nada, é impetuosa, esperta e obstinada.

Com capítulos curtos e uma narração leve, conhecemos várias passagens da vida desta protagonista, sobre suas convicções acerca dos horóscopos e do próprio destino. Seus amigos também aparecem com frequência e os que mais se destacam são Blake e Erin. Blake é o amigo que entende tudo que passa ao seu redor e é muito perceptível.

LEIA A RESENHA COMPLETA NO BLOG:

site: http://www.segredosemlivros.com/2013/11/resenha-tipo-destino-susane-colasanti.html
comentários(0)comente



Val 25/11/2013

Livro "Tipo destino"
Lani e Erin são melhores amigas, embora não tenham muito a ver uma com a outra. Lani é uma taurina tranquila e Erin é a impetuosa leonina. Uma adora Astrologia (e outras artes adivinhatórias também) e ficar em casa; a outra gosta de pessoas e baladas. Suas preferências incluindo pizzas e meninos são bastante diferentes, ou eram, até que Erin começou a namorar Jason Assim que Lani conheceu o namorado de Erin, sentiu uma enorme conexão com ele. Uma sensação de que já se conheciam a vida toda. E, apesar de acreditar que ele sentia o mesmo, ela sempre soube que Jason estava fora de cogitação, afinal, ele era quem ele era! Ela decidiu ignorar seus sentimentos. Não importava o quanto quisesse ficar perto de Jason, nada a demoveria da ideia de se manter distante dele. Então, Erin viajou durante todo o verão


Lani e Erin são amigas, e Erin está apaixonada por Jason. As duas são obsecadas por destino, e tem até um quadro de estudos sobre isso.
Elas são amigas de Blake, que ainda é "um gay no armário".
Os quatro saem e acaba que Lani se encanta com Jason, e pelo que parece, ele também se encanta por ela. O que é um grande problema, pois Erin está louca nele.
Jason acaba confessando para Lani que gosta dela, e ela não sabe o que fazer. Ela conta como foi o acidente que sofreram, e mostra que deve a vida dela à Erin.
Erin foi viajar e ficará fora por 2 meses. Lani e Jason ficarão sozinhos.
Várias coisas vão acontecendo, até que finalmente Lani cansa e resolve ir encarar Erin.
O livro é de fácil leitura, apesar de eu ter achado tudo um pouco "avulso".


Vocês já leram? O que acharam?

site: http://galaxyrevista.blogspot.com.br/2013/11/lani-e-erin-sao-melhores-amigas-embora.html
Jess 28/11/2013minha estante
Esse livro me parece muito com The Unwritten Rule da Elizabeth Scott, ele fala sobre duas melhores amigas (Sarah e Brianna) e o namorado da melhor amiga (Brianna) está gostando da guria e talz, elas estão na escola também... Eu não gostei muito desse livro por que tenho nojo de pessoas invejosas como era a Brianna, estava na cara que ela só ficou com o Ryan porque Sarah gostava dele primeiro.
Eu estou com Tipo Destino aqui em casa, vou lê-lo assim que eu terminar um outro que está em minha cabeceira e eu espero que eu goste mais dele, espero realmente que não tenha uma amiga nojentinha como a Brianna.

http://worldbehindmywall.fanzoom.net/


Gizeli Regina Meister 30/11/2013minha estante
Queria muito ler esse livro! Assim que der mato minha curiosidade! Já vi várias resenhas dele, e todos falam muito bem! Apesar de ser cheio de clichês, as vezes um clichê é bom para não ter aquelas situações fora da realidade e a gente ficar pensando "não tem como isso acontecer de verdade, de jeito nenhum". Nunca li nada da autora então espero me surpreender!


Nina 13/12/2013minha estante
Como sou muito clichê, eu vou ler .. adoro este gênero ! *-*


RUDY 13/12/2013minha estante
Nossa! Complicada a situação, mas bem próximo a realidade de muitos adolescentes e acredito que por esse motivo, deve ser bom de ler, uma leitura light como chamo.
cheirinhos
Rudy


Gy 16/12/2013minha estante
Eu acredito no destino... Li várias resenhas positivas sobre esse livro... Estou super curiosa para lê-lo...


Dani 18/12/2013minha estante
Já ouvi falar neste livro, mas ainda não tinha me interessado. Lendo a resenha agora me pareceu muito interessante, gostei do enredo!
beijos ?


Fla 19/12/2013minha estante
Muitooo boa, fiquei curiosa


J 20/12/2013minha estante
Booa


Beth 21/12/2013minha estante
Estou doida pra ler este livro. A história parece ser bem interessante.


Fernanda @condutaliteraria 22/12/2013minha estante
A resenha ficou ótima, deu para ter uma ideia do livro, mas não consegui me interessar pra ler.


Karinne 28/12/2013minha estante
Adorei a resenha,fiquei curiosa para ler!


Belle 29/12/2013minha estante
Susane é uma excelente autora, gosto dos livros que ela escreve, estou curiosa para ler Tipo destino...


Dâmaris 02/01/2014minha estante
Gostei da resenha, mas história parece ser cheia de confusões hehehe


Vivi 05/01/2014minha estante
Estou bem curiosa com este livro, sua resenha me fez querer lê-lo ainda mais. =) Mesmo sendo da NC... =/ hahaha




Jessica Oliveira 18/08/2013

Tipo Destino

Lani é uma garota de dezesseis anos, apaixonada pela Terra, acredita que esse seu amor seja genético, afinal sua mãe é uma especialista em saúde ambiental e seu pai um construtor de estufa.
Mas Lani também tem outro amor: O mundo do esoterismo. Para ela, conferir o horóscopo semanal toda segunda-feira é uma parte essencial de sua vida. O horóscopo a ajuda a se sentir preparada para o que quer que aconteça.

Não sou fã do Desconhecido. O Desconhecido pode mudar a sua vida inteira em um instante. Ele pode tomar tudo de você e nunca mais devolver. Sua vida pode terminar em um instante, antes que você sequer tenha tempo de saber que está tudo acabado.

A sua melhor amiga é Erin, uma garota popular, expansiva e um pouco egocêntrica. As duas compartilharam uma grande experiência, Erin salvou a vida de Lani quando as duas sofreram um acidente de carro. Esse acontecimento fez com que as duas se tornassem muito mais que melhores amigas, elas se tornaram algo como "irmãs de alma". O sentimento que as une é muito forte e resiste a quase tudo.
Sim, quase. Pois eis que surge Jason, um garoto que pertence ao mesmo grupo de populares do qual Erin faz parte, o Circulo de Ouro. Para Erin os dois formam o par perfeito, afinal são populares, praticam as mesmas atividades e o mais importante, a Energia está conspirando para os dois se tornarem "O Casal".
Lani, não acredita muito que seja a Energia que conspire a favor de Erin, mas como para ela o que importa a felicidade da amiga, ela dá a maior força para o romance dos dois.
Mas quando Lani e Jason se conhecem oficialmente eles percebem que a atração e a afinidade entre os dois é muito forte. Lani tenta a todo custo ignorar o sentimento que, a seu ver, é uma traição a sua amizade com Erin. Mas o destino parece não estar de acordo com ela.
Todos os verões Erin vai para um acampamento, nesse verão não é diferente, ela irá passar dois meses longe de Jason e Lani. Sem Erin por perto o sentimento que até agora os dois conseguiram sufocar vem à tona, colocando Lani em um dilema, dar vazão aos sentimentos ou seguir sendo fiel a amizade de Erin?

- Não podemos fazer isso - eu digo.
- Por que não?
- Erin é minha melhor amiga.
- Então ela quer que você seja feliz, certo?
- Sim, mas...
- Lani - Jason sussura. - Nós pertencemos um ao outro.
Então ele me beija.

Tipo Destino é o primeiro livro que leio da Susane Colasanti, gostei bastante da forma como ela conduziu a trama apesar de que alguns pontos poderiam ser de fácil resolução, evitando assim o grande drama que é o final. Mas fora isso, me identifiquei bastante com a Lani será que é por que somos dos mesmo signo?! kk, ela faz tudo pela amiga e sente que tem uma dívida de honra com ela, isso chega a um extremo de anular o que é bom para ela e só pensar no bem de Erin. Já o Jason é um garoto de dezesseis anos que tem ações de alguém mais velho. A forma como ele levou o relacionamento com a Erin mesmo estando apaixonado pela Lani me deixou um pouco ressentida, afinal isso evitaria diversos conflitos. A Erin apesar de no início se mostrar uma grande amiga e uma pessoa desprendida que faz diversas coisas pelo bem do próximo, no final do livro se mostra uma verdadeira cobra, por assim dizer. Outro personagem que merece um destaque especial é Blake, um garoto que depois de Erin é o melhor amigo da Lani. Ele é homossexual e sofre muito, pois o pai não o aceita. Mas apesar disso ele é uma pessoa divertida e que dá muito mais apoio para a Lani do que a própria Erin.
Para quem gosta de romances adolescentes, com histórias leves e ótimas para passar o tempo, com certeza essa é uma ótima dica de leitura.

site: leiturae7arte.blogspot.com.br
Jen 21/08/2013minha estante
É bonitinho o livro, mas acho que faltou a luta interna dela,foi tudo muito fácil se resolver, sei lá acho que é um livro para adolescente talvez não sei, para mim faltou algo. Deveria ter esperado alguma resenha antes de comprar o livro. Não convenceu.


Jessica Oliveira 21/08/2013minha estante
Realmente, a história é bem voltada para o público adolescente e o desfecho bem prevísivel. Eu senti falta de um pouco mais de drama, afinal ficou tudo muito "facinho", por assim dizer. hehehehe


Eduarda 24/08/2013minha estante
Nossa, mas pelo jeito realmente é a versão adolescente de "O Noivo da Minha Melhor Amiga", da Emily Giffin.


Stefani Rilli - @bookversocolorido 25/08/2013minha estante
Gostei bastante do livro, ele é bem previsível mas não deixa de ser legal, mas eu tenho um serio problema com essa autora, eu sempre amo os livros dela mas quando chego no final é como se tivesse faltando algo, como se ela não tivesse terminado o livro e simplesmente parou de escrever, aconteceu isso em Bem mais perto :S mas no geral eu gostei, só no final mesmo que esperava um pouco mais.


Cass 02/10/2013minha estante
Pra mim a capa chama muito atenção, sei que julgar um livro pela capa e muito errado, já quebrei a cara muitas vezes por causa disso, mas assim que bati o olho na capa desse livro e ate mesmo no título ele me chamou. Acabei achando sua resenha, que gostei muito, bem clara e explicativa e você soube comentar sem contar toda a história nos mínimos detalhes. Não gosto de pessoas que na resenha contam tudo e acabam com a magia de quem ainda não leu, garanto que a sua esta incrível e me fez querer ler o livro ainda mais. Tenho que comprá-lo e logo.


Jessica Oliveira 03/10/2013minha estante
Obrigada Cass! Eu sempre tento evitar o máximo possível o spoiler, até pq assim como vc, eu odeio resenhas que entregam partes especias da trama. :D




Duda 23/05/2020

Tipo destino
O livro conta a história de duas melhores amigas. Após Erin apresentar seu namorado para Lani, surge um conflito por Lani ser a alma gemea do namorado de sua amiga, e aí será que Lani ficará com o namorado de Erin?
comentários(0)comente



Ju 27/09/2013

Tipo Destino
Eu me tornei fã da Susane quando li Esperando por você. Tinha uma vontade imensa de ler mais alguma coisa da autora. Então, superei meu pressentimento de que ia tomar birra da Lani, pressentimento gerado pela capa e pela última frase da sinopse. Vendo essas duas coisas, parece que a Lani e o Jason fazem tudo pelas costas da Erin... mas não é bem assim que as coisas acontecem nessa história.

Pelo contrário... me parece que desde o início quem tentou dissimular algumas coisas foi a Erin. Não que ela tenha feito por mal, mas acho que percebeu logo de cara que a verdadeira alma gêmea do cara que ainda nem era seu namorado era a sua melhor amiga. Mas quem pode culpar uma garota por não querer enxergar o óbvio, se esse óbvio parece que vai tirar a chance de felicidade que ela tem nas mãos?

Lani e Erin estão no penúltimo ano do ensino médio. Conhecem-se há muitos anos, e se consideram "irmãs de alma". Viveram uma experiência bem forte juntas, e acreditam que nada poderá separá-las. Lani está passando por uma fase em que acabou se afastando de várias pessoas, porque essas pessoas não entenderam que ela precisava de algum tempo longe delas. Ela pertencia a uma daquelas turmas que precisam fazer tudo junto, e seus amigos não conseguiram compreender a necessidade que ela sentia de fazer algumas coisas sozinha, ou com outras pessoas.

"E se quero que as coisas mudem, não posso simplesmente ficar parada aqui esperando. Preciso fazer com que mudem."

A Susane realmente tem o dom de escrever para adolescentes. O livro tem uma linguagem super acessível para eles, e trata de vários problemas que precisam ser enfrentados nessa idade, como se conhecer e se aceitar; e entender que ninguém é perfeito, que todos temos nossos limites, nossas qualidades e defeitos. A Lani tenta, com todas as suas forças, se manter afastada do Jason para não machucar sua amiga. Mas o destino nem sempre pode ser contrariado.

"Nada vai deter a minha jornada em busca de você."

O destino, aliás, tem um papel primordial nessa história. Lani e Erin são completamente obcecadas por ele. A Lani precisa ler seu horóscopo semanal toda segunda-feira pela manhã para se sentir preparada para enfrentar a semana... rs...

"O negócio é que se você sabe o que procurar, pode estar preparado para o que der e vier. Bem, talvez não para tudo, mas pode estar preparado para coisas para as quais não estaria preparado se não soubesse delas."

Meu personagem preferido foi o Connor. Um amigo da Lani que é muito importante para que ela perceba que não pode abandonar sua vida, por mais que ame Erin e a queira do seu lado. Ela não pode de forma alguma imaginar não ter a companhia de Erin, mas também não consegue mandar no seu coração.

"Seu coração sempre sabe, mesmo quando é difícil demais admitir."

O Jason poderia ter sido o meu preferido se não fosse, na minha opinião, o culpado por toda a confusão. Desde o início ele sabia o que sentia, mas acabou se envolvendo com a Erin apenas para se envolver com alguém. Nunca vou entender esse jeito de pensar.

Gostei menos de Tipo Destino que de Esperando por você, simplesmente porque achei que ele precisava de mais algumas páginas... Depois de tantos conflitos, acredito que as personagens (e os leitores) mereciam uma recompensa. Tudo terminou muito de repente. Sempre acho que os autores precisam nos deixar sentir o gostinho do final, antes de finalizar realmente uma obra. A Susane não fez isso, e eu fiquei um pouquinho decepcionada. Mesmo assim, o livro vale a leitura.

"Algumas diferenças são importantes em um relacionamento. (...) Mas poucas e grandes semelhanças são mais importantes do que várias pequenas diferenças. É preciso pensar no que é mais importante para você. Se essas coisas também forem o mais importante para a pessoa com quem está, então você tem a base para um relacionamento forte."

site: http://entrepalcoselivros.blogspot.com.br/2013/09/resenha-tipo-destino.html
Juh 27/09/2013minha estante
Não li nada ainda da Susane, esse livro por exemplo quando vi a divulgação, não me interessei muito porque achei que fosse muiiito adolescente, tipo falando sobre aquelas garotas superpopulares e que se acham demais. Mas me enganei, rsrsrs, sua resenha ficou ótima e despertou minha curiosidade para lê-lo, me identifiquei um pouquinho com a Lani, porque eu amo ficar em casa, apesar de não acreditar em horoscopo. E concordo com você Ju sobre os autores que muitas vezes não nos deixam apreciar a vitória!!!


Narinha 28/09/2013minha estante
Já comprei esse livro e não posso negar as grandes semelhanças que ele tem com um filme que eu assisti 'O noivo da minha melhor amiga',que também é um livro, tirando algumas diferenças o conteúdo é bem similar.
Confesso que não gostei do filme, mas mesmo assim comprei 'Tipo destino' para ver se eu mudava de opinião em relação a esse tipo de traição com a amiga. Ainda não comecei a ler, mas segundo sua resenha, parece que é algo bem parecido com a obra cinematográfica que citei a pouco tempo e por isso não sei se vou curti a leitura.
Lani e Erin parecem ter uma relação de amizade muito especial e antiga e não sei se irei continuar gostando de Lani depois da mesma ficar com o Jason. Acho que existe um limite até quando se trata de ficar com ex-namorado de uma amiga, imagina ficar com o namorado da melhor amiga...Pelo que deu a entender, ela e Jason tiveram um oportunidade de ficarem juntos antes do mesmo namorar a Erin e se não rolou naquele momento, provavelmente não irá ser uma boa ideia rolar alguma coisa entre os dois quando Jason tem uma namorada e essa namorada é a 'irmã de alma' de Lani. Sei não, espero sinceramente que a autora me convença de seu ponto de vista, mas só lendo para saber...


Lore 29/09/2013minha estante
Então Ju, nunca li livros da Susane, e até então não conhecia a autora, e quando vi a divulgação dos lançamentos da novo conceito não despertei grande interesse pela leitura. Assim, lendo a sinopse e pela capa do livro, eu também tive a mesma impressão que você, de que Lani e Jason fariam tudo pelas costas da Erin. Se eu me encontrasse em uma situação dessas, provavelmente eu iria obscurecer meus sentimentos e tentar seguir em frente, acho que mesmo que estivesse colocando minha felicidade em jogo, minha amiga é como uma irmã pra mim e não iria deixá-la infeliz de forma alguma. Mas enfim, o livro parece ser legalzinho de ler, no entanto a observação que você fez ao final me desestimulou um pouco, pois não gosto muito de livros meio bobinhos voltados apenas para adolescentes, com aquela velha história do triângulo amoroso, sei lá, apesar de eu ainda ser adolescente mas... enfim não sei explicar, só não despertou meu total interesse.. Adorei a resenha Ju :)


Cris 07/10/2013minha estante
Nunca li nada da autora, mas também vejo mais elogios do que críticas. Este livro tem uma história interessante, mas pelo jeito que você escreveu a resenha, parece que faltou um quê a mais...


Leilane 07/10/2013minha estante
Quando vi a capa desse livro, remeteu-me imediatamente ao livro da Emily Giffin, O Noivo da Minha Melhor Amiga, por isso achei pouco original da Suzane, só os pontos que você destacou já se assemelham muito. É tipo a versão adolescente dele. Eu amo O Noivo da Minha Melhor Amiga, tanto que por causa de você (obrigada mais uma vez =D) e mais uma amiga, sou orgulhosa detentora de um exemplar autografado, em tese era para eu ter me interessado pelo livro, mas perdi a vontade, pois o enredo dá a impressão de ser muito parecido, com certeza haverá muitas diferenças, pois são contextos diferentes, mas perdi a vontade. Quando você ler O Noivo da Minha Melhor Amiga, conte-me se essa impressão é verdadeira, por favor? Não quero ficar com essa imagem da Suzane Colasanti, pois nem li nada dela ainda.
De qualquer forma, amei a resenha, apesar de não ter lido o livro, entendo por que você culpa o Jason, a decisão dele teria evitado muito sofrimento, mas acredito que fez com que os personagens encarassem seus próprios destinos.
Beijos


Sarah 12/10/2013minha estante
Achei bem legal sua resenha, principalmente pela sinceridade no final. O book trailer tb é bacana. E a capa do Tipo Destino é boa, do tipo que se destaca numa estante... Mas este livro não me interessou muito. Engraçado que o Esperando por você tb me parece melhor (apesar de ainda não ter lido). Se vir a conhecer as obras da autora, acredito que eu vá começar por ele.


Thaís 12/10/2013minha estante
Ju! Adorei o livro! Lembro da sua resenha do "Esperando por você" e achei ele super legal, quase cheguei a comprar, mas depois acabei levando outro, o "Tipo Destino" parece ser bem interessante, apesar de clichê pois já existem vááários livros e filmes com esse tema, mas apesar de tudo eu tenho vontade de ler, o porque eu não sei rsrs. Resenha boa :) Beijos!




Carolineadvfull 09/09/2013

Decepção
Música tema da resenha: Sandy & Júnior - Quando você passa (turu-turu).

Música citada no livro: Death Cab - Transatlanticism

Quando comecei a ler o livro só me veio essa música acima que citei! Não teve jeito! Por isso essa foi a escolhida como música tema da resenha. E assumo, adoro essa música! Fofíssima! Achei a cara do triângulo amoroso! Kkkkkkk...E a música citada no livro eu amei, não conhecia!

Lani é uma garota de 16 anos. Morena, magra, com uma aparência bonita, mas ela não reconhece isso. Ela possui um amor incondicional pela natureza e a todo tempo se dedica à atividades de conscientização, principalmente no colégio que estuda.

Ela possui uma amiga inseparável, a Erin. São amigas há muito tempo e após um acidente, as duas se uniram ainda mais. Como se tornassem "unha e carne". Ambas são apaixonadas por astrologia e suas vidas são totalmente influenciadas pelas previsões astrológicas.

Elas não possuem gostos semelhantes para escolher os seus parceiros amorosos, porém o destino decide aprontar e se por no meio dessa amizade e testar até que ponto uma amizade pode sobreviver à uma provação dessa, quando o assunto é o Coração.

Minhas impressões:

Inicialmente, confesso que tinha grande expectativa sobre esse livro. A capa é bem sugestiva e gostei bastante, considerei apropriada. Infelizmente, me decepcionei. A história não prende muito, eu ficava olhando direto o número de páginas que faltava para terminar.

Até gostei da forma que nasceu e foi retratada a relação entre Lani e Jason; muito fofa a afinidade. O amor quando nasce sempre é muito bonito independente da idade. Mas achei que faltou algo mais. O "código" foi o que mais gostei.

A amizade de Erin e Lani não me convenceu, e soou como se a relação entre as suas se restringisse ao acidente e à astrologia. E uma reação que a Erin teve por se sentir traída desencadeia uma atitude muito maldosa e humilhante. E, ainda depois, a Lani ( que foi vitimada pelo ataque de fúria da primeira) ainda querer abrir mão da sua felicidade foi demais para mim.

A temática do livro é realmente adolescente. Gosto dos livros que envolvem jovens, mas aprecio mesmo quando eles são mais maduros e conscientes. Por isso, foi meio chata a leitura.

Para mim, faltou intensidade e mais enredo. Achei pobre a história. Sinceramente, não tenho vontade de ler outro livro da Susane. Esse foi o primeiro e o último.

Se você gosta da Susane, é provável então que goste desse. Pelo que li nas sinopses dos demais livros dela, esse não foge do universo adolescente.

No skoob ele está sendo muito bem avaliado.

Para aqueles que irão ler, desejo uma Boa Leitura. E depois que lerem, não deixem de compartilhar sua opinião por aqui.

Beijokas.

Citação que mais gostei:

" O amor não tem lógica, e nem se quer é uma escolha nossa. O amor nos escolhe".

site: blogandolinhas.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Mari Imaginária 25/04/2020

Água com açúcar
Esse é o tipo de livro que gosto de ler ?entre livros?. Uma história bem leve e despretenciosa, completamente previsível, mas que a leitura flui de uma forma que o livro termina em poucos dias ou horas. Bem, o subtítulo já conta toda a trama, mas a forma como a autora constrói os personagens e conta a história é muito agradável. Aborda questões ambientais como orgânicos e reciclagem; da umas pinceladas pelas questões de bullying, homossexualidade e violência doméstica. Gostei de ler esse livro, ainda mais que as meninas são envolvidas com astrologia e assuntos relativos ao destino. Bem teenage, mas legalzinho.
Lani e Erin são melhores amigas. Passaram por um sufoco juntas quando sofreram um acidente onde quase perderam a vida. Erin se apaixona por Jason, mas Lani se sente cada vez mais atraída por ele. E ele por ela. Segue o dilema, magoar a melhor amiga ou magoar sua alma gêmea?
comentários(0)comente



Pamela.Souza 24/05/2020

Olhaa, eu comprei esse livro quanto tinha 15 anos.
Meninas/meninos eu realmente surtei com esse livro, na época eu tinha amando ele e tal. Achei a história típica de adolecentes, bem clichê. Mas mesmo assim eu amo
comentários(0)comente



Núbia Esther 14/10/2013

**Quem acompanha o blog já deve ter percebido que apesar da aleatoriedade de nossos gostos, eu e a Mari frequentemente gostamos e acabamos lendo os mesmos livros. Não é à toa que há mais de uma resenha para vários livros aqui no blog. Tipo Destino da Susane Colasanti estava cotado para ser mais um título a ter duas resenhas por aqui, mas decidi propor algo diferente para a Mari dessa vez. Como praticamente lemos o livro na mesma época e as resenhas acabariam saindo muito próximas, sugeri que experimentássemos fazer uma resenha dupla, acho a ideia bastante divertida, apesar de confusa como bem salientado pela Mari. Haha, veremos no que isso vai dar. Quem sabe não tentamos isso novamente no futuro? Então, só para situar os leitores segue uma legenda básica:**

Comentários Mari

**Comentários Núbia**

Lani e Erin são melhores amigas. Elas têm aquela ligação que se forma quando se passa por uma situação bem intensa com a outra pessoa, e por isso elas são inseparáveis, o modelo de BFF (best friends forever – melhores amigas para sempre).

**O interessante é que talvez, se não fosse pela situação que viveram no passado, elas não tivessem essa relação tão forte uma com a outra. Afinal, tirando o interesse mútuo pelo Destino, ambas são muito diferentes, na aparência, nos gostos, nos interesses escolares, nos grupos de amigos e no gosto por garotos…**

As duas decidiram estudar o Destino, e aprenderam diversas coisas sobre como interpretar os sinais que a vida dá (a Professora Trelawney ficaria orgulhosa). Lani consegue até mesmo induzir Blake, seu melhor amigo, a ler o horóscopo todas as semanas, e realmente levá-lo a sério.

**Não sou lá muito fã dessa onda esotérica (também não chego a ser um Sheldon da vida), mas confesso que acabei cativada por essa visão de Destino que a autora imbuiu nas personagens. Lani é defensora ferrenha da Astrologia, mas o seu apego tem fundamento, afinal, foi a forma que ela encontrou para enfrentar seu medo do Desconhecido, isso mesmo referido por ela em letra maiúscula, tamanha importância que ela lhe dá.**

É com todo esse conhecimento que Erin descobre (ou define) que o Destino tem planos para ela com Jason, um rapaz da sala dela. E ela aparentemente está correta, pois os dois começam a namorar. E ao invés de prejudicar a amizade entre Erin e Lani, Jason rapidamente vira amigo de Lani e Blake.


Como Lani e Jason dividem a hora do almoço, eles passam a se sentar juntos. Em pouco tempo, Lani percebe que ela e Jason se dão muito bem. Bem até demais. Eles se entendem, e têm tudo em comum. Aos poucos, ela começa a se apaixonar por ele, e percebe que o sentimento é recíproco.

**É impossível não torcer pelo desabrochar da relação de Lani e Jason, mas não pude deixar de me incomodar com a quantidade imensa de “Destino” que a Susane resolveu imprimir nessa relação. Não há como não achar forçada a similaridade em manias, gostos e histórias, alguns para lá de exóticos, entre Lani e Jason. É como se a Susane tentasse amarrar o lance da alma gêmea de todas as formas possíveis, só que amarrou tanto que acabou ficando irreal. E não, não era preciso tanto para nos convencer de que o casal merecia uma chance.**

Ver como Lani lida com a situação foi uma das melhores partes do livro, porque me lembrou demais a minha época de escola, e como as pessoas podem ser malvadas. A autora soube descrever muito bem como adolescentes reagem a essa e outras situações, sem tornar o livro menos interessante.

**Lani é uma ótima personagem, seus pensamentos e diálogos são interessantes e argutos, o que tornou a leitura do livro bastante agradável. Mas, ainda acho que a história seria mais interessante e o desenrolar do drama enfrentado pelas personagens mais palpável, se o outro lado dessa história também tivesse voz. Eu pelo menos gostaria de saber o que Erin achava de seu relacionamento com a panelinha do Círculo de Ouro, sua amizade com Lani e Blake, seu relacionamento com Jason e todo o desenrolar dessa situação. Deixaria a história mais dramática e não deixaria o sentimento de que no final das contas a resolução do impasse, que é a premissa sobre qual a história se apoia, acabou acontecendo muito rápido.**

Embora eu tenha gostado da narrativa, que me fez voltar aos meus quinze anos, eu achei a história de Tipo Destino muito familiar. Na verdade, ela é a versão colegial de O Noivo da Minha Melhor Amiga – Emily Giffin, um livro do qual eu também gostei muito.

Resumindo, se você ainda está na escola, leia este livro, você vai se identificar na hora com as personagens. E se você já tiver passado dessa fase, leia este livro, você vai se lembrar dos bons momentos.

**Os personagens da Susane, como sempre, são bastante cativantes, me encantei sobretudo pelo Blake que mesmo com tantos problemas para enfrentar com seu pai, sempre esteve presente (na medida do possível) para Lani. Esse é o segundo livro da autora que leio e achei a narrativa mais dinâmica e fluída que a de Esperando Por Você, porém o roteiro é mais fraco. É bem como disse a Mari, uma versão adolescente de O Noivo da Minha Melhor Amiga, uma história sobre primeiros amores, amizade e aceitação. A história é divertida, mas não espere nada além disso. Ainda estou na espera de um livro da Susane um pouco mais profundo, com mais drama e enfrentamentos. Ela escreve muito bem, dá vida a personagens ótimos, mas ainda precisa acertar a mão nas tramas que cria.**

“Talvez eu não precise saber qual é o meu destino para conseguir acreditar que tudo vai ficar bem. Talvez não saber seja o que nos mova para frente.”

[Blablabla Aleatório]

site: http://blablablaaleatorio.com/2013/10/14/tipo-destino-susane-colasanti-2/
comentários(0)comente



Ju 07/01/2015

[ Resenha ]: Tipo destino {Susane Colasanti}
Lani e Erin são melhores amigas, embora não tenham muito a ver uma com a outra. Lani é uma taurina tranquila e Erin é a impetuosa leonina. Uma adora Astrologia (e outras artes adivinhatórias também) e ficar em casa; a outra gosta de pessoas e baladas. Suas preferências — incluindo pizzas e meninos — são bastante diferentes, ou eram, até que Erin começou a namorar Jason…

Assim que Lani conheceu o namorado de Erin, sentiu uma enorme conexão com ele. Uma sensação de que já se conheciam a vida toda. E, apesar de acreditar que ele sentia o mesmo, ela sempre soube que Jason estava fora de cogitação, afinal, ele era quem ele era!

Ela decidiu ignorar seus sentimentos. Não importava o quanto quisesse ficar perto de Jason, nada a demoveria da ideia de se manter distante dele.

Então, Erin viajou durante todo o verão…

Confesso que a primeira vez que vi esse livro, não dei nada por ele. Esperava um tema clichê e imaginava um cenário bem diferente. Mas depois que li, fiquei surpresa e encantada. Li algumas resenhas a respeito do livro e vi que alguns leitores não curtiram, mas não costumo me basear nisso e na maioria das vezes, gosto de tirar as minhas próprias conclusões sobre a história.

Tipo Destino, escrito por Marina Colasanti e publicado pela Editora Novo Conceito conta a história de Lani e Erin, duas amigas inseparáveis e completamente diferentes. Enquanto Lani se interessa por meio ambiente e ciência, Erin curte baladas, shopping e só pensa em garotos. Apesar de viverem em polos diferentes, a amizade continua, as duas convivem harmoniosamente e são apaixonadas por astrologia. Até que um dia, surge Jason, um garoto por quem Erin se apaixona e decide correr atrás. O problema é que Lani sentiu uma empatia muito grande por ele, coisa que nunca tinha acontecido antes e tudo indica que Jason sentiu a mesma coisa. A partir dai, as coisas descem a ladeira abaixo.

Apesar do assunto ser pra lá de clichê - melhor amiga que se apaixona pelo namorado da amiga - o livro é muito bem escrito e me despertou diversas reflexões. A narrativa de TD é fluída e muito gostosa. É o tipo de livro que começamos a ler e perdemos a noção das horas. Em alguns momentos, fiquei com raiva da Lani, porque como ela se permitia sentir aquilo pelo namorado da amiga? É claro que me coloquei no lugar de Erin e imaginei como a situação que viveu devia ser difícil. Mas quem leu, sabe como as coisas entre Erin e Jason desenrolam e compreende que Erin também teve culpa. Na minha opinião, o que ficou evidente é a falta de atitude de Jason. Se ele tivesse deixado as coisas mais claras entre Lani e Erin talvez nada disso teria acontecido. Jason é um "mocinho" irritante que não me despertou simpatia.

A situação toda se desenrola e você fica imaginando o que vai acontecer. E caramba, o livro me despertou muitos sentimentos. Raiva, alegria e etc. Acho que mais do que uma história de amor, Tipo Destino é uma história sobre amizade, escolhas e crescer.

É claro que Erin descobre e a situação complica. Toda a confusão e o conflito são o ápice do livro. Observei que para Erin e todos da escola a grande culpada é Lani (da parte da Erin dá até pra entender, mas e do restante? O que eles tem a ver com isso?). Lani sofre bullying no colégio, inclusive da sua ex- melhor amiga e só Justin, seu melhor amigo gay continua ao seu lado. Aliás, ele é o meu personagem favorito da história.

Durante a leitura, fiquei com raiva da autora. Porque colocavam Lani como culpada e não Jason? Já que a culpa deveria ser dele também. E foi aí que notei a grande sacada da autora. Susane na verdade, através da história, denuncia uma situação que todo mundo já presenciou. Sempre que isso acontece, a garota que está errada. Nunca o homem. Foi aí que passei a ler o livro com outros olhos, até falei sobre isso no meu blog pessoal e Susane me ganhou como leitora. Favoritei o livro e decidi ler todas as outras obras da autora. Posso não ter mais 17 anos, mas como autora, adoro a forma como Escritores abordam o universo juvenil, seus questionamentos e problemas.

É claro que a amizade entre Lani e Erin nunca mais vai ser a mesma coisa, mas a sensação que o livro deixa é que agora ambas precisam continuar o seu caminho. O carinho e as boas lembranças vão continuar, mas o futuro reserva novas pessoas. E existe algo mais atual do que isso? Quantos amigos você tinha com 17 anos e atualmente não tem mais contato?

Tipo Destino deixou um gostinho de quero mais e arrebatou o meu coração. Para os leitores que curtem uma comédia romântica e juvenil, é super indicado.

★★★★★

site: http://novosescritores.com/profiles/blogs/resenha-tipo-destino-susane-colasanti
Mia Serafim 07/01/2015minha estante
Só depois de ler sua resenha , Ju , é que fiquei com vontade de ler o livro , porque só então eu entendi a crítica que a obra faz . A gente vê isso todo dia , as amigas brigam por causa do namorado , mas o cara sai sempre na boa , ele não perde nada . Aliás , o que não falta nesse mundo é rapazes sem atitude - e de quem é a culpa ?




Bru | @umoceanodehistorias_ 13/02/2014

Até onde você iria para ver sua amiga feliz?
Lani, uma tranquila traurina, viciada em horóscopo, melhor amiga de Erin – uma impetuosa leonina -, vê sua vida mudar.

Os gostos de Lani e Erin sempre foram muito distintos, enquanto Erin gostava de baladas e agito, Lani era uma pessoa tranquila, mas isso não impediu que a amizade delas crescesse a ponto de tornarem-se quase irmãs e que ambas se apaixonassem pelo mesmo garoto - Jason.

O que fazer quando você gosta do namorado de sua melhor amiga, melhor amiga essa que, praticamente, deu a vida por você? Lani, além de se ver perdida, percebe que possuí muita coisa em comum com Jason – coisas essas que a Erin não tem em comum com ele -, mas não são simples coisas em comum, ambos gostam dos mesmos pôsteres e os têm em casa, no quarto, ambos brincavam juntos quando eram crianças lembram-se disso e acabam apaixonando-se, mas como Lani fará para não magoar sua amiga?

E até onde Erin aceitaria isso em prol de seu amor por sua melhor amiga? Até onde alguém abriria a mão de um amor por uma amizade? O quão importante é essa amizade? Essas são perguntas que você reflete ao longo do livro.

A história criada por Susane Colasanti é boa, ela tem uma base e um fundamento, mas “Tipo Destino” é um livro que torna-se clichê em alguns momentos, apesar de colocar em prova o valor de uma amizade, algumas partes baseiam-se unicamente em conflitos e mais conflitos que são desenvolvidos ao longo do livro e tornam-se desesperadores para Lani. Em minha consciência quando você é amiga de uma pessoa – quase irmã -, você não faria o que Erin faz no livro e isso me decepcionou um pouco.

“Tipo Destino” é um livro que não termina, ok, sim, ele tem um final, acaba – não tem continuação -, mas ele deixa muitas coisas pendentes. Susane criou tantos conflitos que eu acho que não conseguiu resolver isso no final, ficaram algumas coisas vagas, como por exemplo: Lani e Erin voltam a ter a mesma amizade depois de tudo? Lani fica com Jason ou os dois se separam e nunca mais se veem? Eles são almas gêmeas? Acho que essas foram algumas questões que ficaram sem resposta.

É um livro muito fácil de ler, ele não tem quase nenhuma palavra complicada ou trechos que você pensa: “Nossa! Preciso reler!”, acredito ser possível lê-lo em um dia, sem problema algum, até é uma história envolvente, mas acho que a autora deixou respostas no ar que ficarão a critério da imaginação do leitor.
comentários(0)comente



Mel 28/10/2013

Tipo, Não me encantou.
Antes de começar essa resenha, devo dizer que ela será mais curta que minhas outras, motivo: não tenho muita coisa a dizer.
Esse livro não me conquistou, não em marcou de forma alguma, em fim não gostei dele.

Para mim ele pode ser considerado como um livro de auto ajuda - que não ajuda em muita coisa- O caso é que a protagonista Lani, tem uma super melhor amiga Erin que é super popular no colégio. Erin conhece um garoto Jason, que (olha o destino) é a alma gêmea da Lani.

Dai Lani passa o livro todo se martirizando por amar o namorado de sua melhor amiga e blá blá blá. Odeio a Erin e a Lani e o Jason, pode ser que a maioria dos personagens desse livro não sejam lá essas coisas, mais o único que se salva é o Blake melhor amigo da Lani, ele vive todo um drama por ser gay e seu pai não saber, em fim somente essa parte salva esse livro.

Quanto ao final, você já deve imaginar, muito obvio.
Mas em fim, você tem a escolha de ler ou não.
Todo o livro é uma leitura, só que um são melhores que outros.
comentários(0)comente



Biah @garotapaidegua 11/10/2013

Adoreeei!
Com personagens cativantes em suas manias e uma fascinação por signos, previsões e leituras de mãos, Tipo Destino conseguiu me cativar como eu não acreditei que ele faria. Seu enredo não é novo, com uma garota que se apaixona pela namorado da melhor amiga, mas as personalidades de Lani, Jason e Erin, juntamente com o toque de humor, fazem uma diferença significativa e agradável.

Lani adora horóscopos, leitura de cartas e mãos, e tudo que possa lhe mostrar e preparar um pouco mais para como será seu destino, pois Lani acredita muito em destino. Sua melhor amiga é leonina (como eu!) e ela vive ressaltando as inúmeras características do signo presentes em sua amiga (me identifiquei com muitas delas!! rsrs) o que só a faz acreditar mais ainda nisso. Logo que Jason aparece em sua vida e demonstra ter tantas coisas em comum com ela, Lani se pergunta se o destino está mesmo fazendo isso com ela.

O romance todo é bem tímido. Não há grandes cenas de amor, mas a delicadeza de tudo é muito fofa. O modo como o sentimento deles e as coisas em comum são demonstrados não deixa parecer algo forçado. E há muitas pitadas de humor, através de coisas bestinhas que eles fazem, mas que são engraçadas justamente por causa disso. Não são grandes demonstrações de amor, são pequenas e engraçadas coisas que eles têm em comum.

Gostei mais do livro do que achei que faria, e isso é muito bom, pois significa que, de uma forma ou outra, ele me surpreendeu. Meu único porém é em relação a algumas atitudes de Lani, que se deixou manipular em nome de uma grande amizade, e ao final, que foi um pouco rápido e me deixou querendo saber um pouco mais sobre o 'depois'. Mas mesmo assim foi uma leitura bem proveitosa e apagou um pouco da má impressão que seu outro livro deixou em mim.

site: http://garotapaidegua.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Juulices 20/10/2014

Decepcionante...
*APENAS MINHA OPNIÃO*
Uma história que todo mundo já ouviu falar ou que já passou pela mesma situação: se apaixonar pelo namorado da amiguinha... Assunto muito manjado, escrita infantil, problemas infantis e soluções surpreendentemente previsíveis.
Li em apenas um dia, com sufoco.
Sem ofensas Susane Colasanti, mas seu livro foi desnecessário.
O tédio me faz ler cada coisa...

site: insta: @juulices
comentários(0)comente



120 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |