Enigma - Segredos & Mentiras

Enigma - Segredos & Mentiras Halice FRS




Resenhas - Enigma


13 encontrados | exibindo 1 a 13


Celina 17/06/2018

O título cai como uma luva!...Enigma - Segredos e Mentiras
Achei que a autora tratou o espinhoso assunto de um padre sucumbindo à paixão por uma mulher com grande sabedoria e sensatez! Ela conseguiu mostrar o tormento interno do padre em todas as suas nuances e sem ser clichê.
A história começa nos mostrando Jonathan, recém ordenado padre, filho de um italiano e uma americana e que teve sua memória roubada aos 20 e poucos anos num acidente de carro que matou seus pais. Nessa ocasião, Carlo, padre, e irmão de seu pai assumiu a tutela do rapaz e se tornou seu padrinho no sacerdócio.
Só que Jonathan, ao assumir sua primeira paróquia, acompanhado de seu tio Carlo que o segue auxiliando nos serviços eclesiásticos, conhece Faith e se vê completamente perdido de paixão por ela que corresponde intensamente, provocando-o.
Até aí tudo bem...aparentemente vamos acompanhar uma história de um tórrido romance de um padre por uma moça!...Só que não é só isso! Tsic, tsic, tsic...
Primeiro: Jonathan recebeu além de uma poupuda herança pela morte de seus pais, a casa da família que ele resolveu doar. No dia da entrega das chaves da casa, enquanto perambula pelos cômodos encontra uma caixa com objetos no mínimo inusitados que mantem para si trancada a sete chaves com medo que alguém descubra o conteúdo nada condizente com um sacerdote...é o seu segredo lascivo.
Segundo: Ele se sente extremamente desconfortável seguindo uma vocação que não sente e vendo sua vida esquecida sendo contada pelo tio Carlo.
Terceiro: Seu tio Carlo começa a apresentar um comportamento misterioso...levando Jonathan a ter desconfianças do tio/padrinho.
Quarto: Não menos importante nessa história entra a Faith, a moça...que além de rebelde e de espirito livre também guarda um segredo lascivo....
Juntando a tudo isso, o padre Jonathan ainda por cima tem um sonho erótico recorrente bem pervertido...
A história é fascinante, intrigante e impossível de largar!
E vamos ao Volume II...
comentários(0)comente



Silvia.Souza 22/12/2017

Muito bom
Escrita perfeita da autora... o livro prende a atenção do início ao fim... Achei meio longo mas a curiosidade pelo desfecho me fez não parar até acabar... partindo para o livro 2...
comentários(0)comente



Daisy 02/07/2017

MARAVILHOSOOOOOOOO
Não irei resenhar este livro, vou fazer uma resenha geral ao fim do terceiro livro...


Maaaaas que fique registrado... já indico,MUITOOOOO.

Livro maravilhoso, envolvente...escrita magnífica.

Impossível não se encantar pelo maravilhoso Jonathan de Ciello.


Como um desse, aaaah fiiii..ajoelho e rezo qualquer missa!
Amém!!! estará


Partiu...hora de começar o segundo livro.

#Pecados&Danos
comentários(0)comente



Tati 04/06/2015

Tentador, viciante e, completamente, apaixonante
Li, reli muitas vezes e ainda não fui capaz de encontrar palavras a altura desse livro para recomendá-lo, mas mesmo assim não poderia deixar de indicá-lo, não quando Enigma se tornou um dos meus livros prediletos, sem dúvida o meu nacional contemporâneo favorito.

O livro me ganhou logo no início, com a forma instigante, sensivel e dedicada com que a autora escreve. Senti logo no inicio, com a utilização de algumas frases em latim, o desejo de se manter fiel ao universo da personagem principal e tenho que dizer, apesar de polêmica, a realidade eclesiástica do Sr. De Cielo foi retratada com o máximo de delicadeza e fidelidade possível quando o que se está em jogo é um jovem padre complexo, multifacetado e, quiçá, perdido... Repleto de sentimentos que o assombram ao mesmo tempo em que o faz perceber que sua vocação não é uma certeza absoluta. Me apaixonei pela forma como vamos descobrindo quem é o Jhonny e como ele, realmente, se sente junto com o protagonista... A cada nova descoberta, a cada novo sentimento e aceitação o entendemos e acolhemos um pouco mais.

É incrível como a cada novo capítulo a autora nos faz se envolver e compreender os protagonistas. Com o decorrer do livro, percebemos que a Fay não é só uma menina inconsequente e mimada e temos vontade de colocá-la no colo quando ela, finalmente, percebe o quão custoso pode ser viver o seu romance proibido, assim como fica claro que,
apesar de relutar em aceitar, Johnny ama e anseia pelas investidas da jovem que o tenta e que esses sentimentos o deixa confuso e culpado o que, totalmente, justifica o comportamento "bipolar". Apesar de proibido, polêmico e controverso, terminamos o livro desejando que o casal encontre um forma de ficar juntos e felizes, torcendo para que o amor que sentem (mas relutam em nomear) seja forte o suficiente para conduzi-losa um final feliz, pelo menos o final mais feliz possível na situação em que eles se encontram.

É claro que esse é só primeiro livro e que muita coisa ainda precisa vir à tona, por isso estou mais do que ansiosa pela continuação.

Merece, sem dúvidas, muito mais do que 5 estrelas.
comentários(0)comente



Tati 04/06/2015

Tentador, viciante e, completamente, apaixonante
Li, reli muitas vezes e ainda não fui capaz de encontrar palavras a altura desse livro para recomendá-lo, mas mesmo assim não poderia deixar de indicá-lo, não quando Enigma se tornou um dos meus livros prediletos, sem dúvida o meu nacional contemporâneo favorito.

O livro me ganhou logo no início, com a forma instigante, sensível e dedicada com que a autora escreve. Senti logo no inicio, com a utilização de algumas frases em latim, o desejo de se manter fiel ao universo da personagem principal e tenho que dizer, apesar de polêmica, a realidade eclesiástica do Sr. De Cielo foi retratada com o máximo de delicadeza e fidelidade possível quando o que se está em jogo é um jovem padre complexo, multifacetado e, quiçá, perdido... Repleto de sentimentos que o assombram ao mesmo tempo em que o faz perceber que sua vocação não é uma certeza absoluta. Me apaixonei pela forma como vamos descobrindo quem é o Jhonny e como ele, realmente, se sente junto com o protagonista... A cada nova descoberta, a cada novo sentimento e aceitação o entendemos e acolhemos um pouco mais.

É incrível como a cada novo capítulo a autora nos faz se envolver e compreender os protagonistas. Com o decorrer do livro, percebemos que a Fay não é só uma menina inconsequente e mimada e temos vontade de colocá-la no colo quando ela, finalmente, percebe o quão custoso pode ser viver o seu romance proibido, assim como fica claro que,
apesar de relutar em aceitar, Johnny ama e anseia pelas investidas da jovem que o tenta e que esses sentimentos o deixa confuso e culpado o que, totalmente, justifica o comportamento "bipolar". Apesar de proibido, polêmico e controverso, terminamos o livro desejando que o casal encontre um forma de ficar juntos e felizes, torcendo para que o amor que sentem (mas relutam em nomear) seja forte o suficiente para conduzi-los a um final feliz, pelo menos o final mais feliz possível na situação em que eles se encontram.

É claro que esse é só primeiro livro e que muita coisa ainda precisa vir à tona, por isso estou mais do que ansiosa pela continuação.

Merece, sem dúvidas, muito mais do que 5 estrelas.
comentários(0)comente



Fer Miola 21/05/2015

FORMIDÁVEL
Aqui neste espaço não cabe tudo o que comentei sobre este livro e também não consigo colocar as imagens que visualizo os personagens. Convido vocês a lerem diretamente na página do meu blog para terem uma ampla visão do quão boa é esta história!

site: http://vivendonomundodelivros.blogspot.com.br/2015/05/trilogia-enigma-livro-01-segredos.html
comentários(0)comente



Fernanda 01/07/2014

Descobrindo um mundo que eu não tinha conhecimento
Domingo a minha sociável cunhada, emprestou-me esse livro. E com isso descobri algo engraçado. Segredos e Enigmas veio ao mundo como fanfiction..Nunca em minha vida eu tinha ouvido falar sobre isso, e o mais curioso é a quantidade de livros que eu tenho lido inspirados em fanfics e nem sabia..Mas isso é assunto pra outra ocasião.
Vamos prosear a respeito deste.
Achei bem escrito, e ficou comprovado que a autora sabe bem o que esta escrevendo. Penso que se trata de uma escritora culta e sábia.
A história gira em torno do recém-ordenado, Jonathan De Ciello,isso mesmo o jovem moço é um padre e esta a caminho de sua primeira jornada como sacerdote na cidade de Sin Bay, mais pra frente descobrimos o significado curioso do nome da cidade.
Tudo isso sob a supervisão de seu padrinho e também padre, tio Carlo.
Pouco tempo na cidade, e o recém ordenado tem seu encontro cara a cara com a ousada Faith Green..Eu não sei se faz parte da personalidade da jovem ou se ela é mesmo depravada e adora um bom desafio, a partir disso Fay dá inicio no seu ritual de sedução para com o tentador padre..E o mesmo se pega cada vez mais enfeitiçado e confuso por tanta atração para com a moça.

A historia é praticamente isso, Jonathan se corroendo por dentro para resgatar as lembranças de seu passado perdidas após um acidente automobilístico e cada vez mais atormentado por sonhos libertinos ,nada digno de alguém na posição representante de Deus na igreja católica. Consequentemente resultando em punições corporais.
Olha, devo parecer chata, pois a historia é bem legal e tem um enredo próprio. Mas não me cativou e me peguei deveras vezes desconcentrada, incapaz de acompanhar o fluxo de palavras. Achei muitas vezes lento e cansativo.
Um dos motivos, embora eu tenha consciência que mundo real aconteça muito disso por ai ..Foi o fato de envolver religião, não gostei e talvez tenha sido ai o início da minha insatisfação. Achei que os personagens estavam perdidos, Jon principalmente não sei se era pelo tormento ou por falta de personalidade própria pois ficava mentalmente discutindo o que fazer.. o que realmente queria. .A Fay era outra que me deixava em estado nervoso... mesmo próximo do final do livro eu estava esperando mais, nem sei o que quer dizer esse mais.
O tio Carlo, esta obvio que tem GRANDES segredos a esconder , e não caiu na minha graça.Achei-o muito moralista. Não conseguia entender o porquê de tanta insistência em segurar o sobrinho.. afilhado nesse mundo religioso justamente quando o jovem não mostrava qualquer vocação.

Mas quero ressaltar que apesar de alguns erros por parte da autora ou editora, não sei ..A escrita é bem feita, e teve seus bons momentos elucidando os pontos altos e baixos da trama. Minha cunhada mencionou que essa obra tem continuação, e talvez se ela comprar e me emprestar eu pretendo ler. Apesar de não ter me arrebatado, tenho algumas coisas que gostaria de descobrir.
Uma das coisas que mais gostei, foi o tamanho e formato das letras. Um charme.Teve também as partes escritas em italiano e no roda pé a tradução.
E voltando ao assunto fanfiction, quero aventurar-me por esse mundo e ver o que mais encontro por ai. Fiquei curiosa e aceito sugestões de livros inspirados nesse mundo.
Silene 02/07/2014minha estante
Hum
Parece que eu não fui a unica a ficar preocupada com a parte religiosa?
Faço minhas as suas palavras, e como vc bem disse existe muito disso por ai.Mas dai ficar lendo e aceitar é querer demais,não me senti nada bem lendo isso.E soube por amigas que no segundo livro fica ainda pior envolvendo questões sadomasoquistas,parece que é vago e sem quimica esse relacionamento .Assim me falaram,assim como as pontas soltas e personagens que foram parar na geladeira kkkkk Esse foi o primeiro e ultimo,parei a leitura por aqui


Fernanda 02/07/2014minha estante
Pois é, penso que eu também ficarei sem continuação.Esse que eu li era da minha cunhada e como ela alegou que não vai comprar continuação,certamente ficarei sem saber o decorrer.


HaliceFRS 16/10/2014minha estante
Oi Fernanda, obrigada por seu comentário. Entendo ter ficado incomodada com a parte religiosa. Esse é mesmo um assunto espinhoso.

Bem, já que pediu indicações, vamos lá...

Nacionais:
Flor de Lótus - Bia Braz
Amor no Ninho e Amor Inteiro - Maribell Azevedo
A Infiltrada - Natália Marques
Entre a Nobreza e o Crime - Jane Herman
Você Arranjou um Problema e 30 Dias com Camila - Silvia Fernanda
Insônia - Mari Scotti
Seduzida pelo Perigo - JC Ponzi
O Senador - Fernanda Terra
Quando um Homem Ama uma Mulher - Ju jfb Bauer
Função CEO - Tatiana Amaral
O Despertar de Uma Submissa - Tati Oliveira
Ufa... Tem mais, mas no momento não lembro.

Internacionais:
50 Tons de Cinza - E.J. Smith
O Inferno de Gabriel - Sylvain Reynalds




Fer Miola 15/04/2014

EXCELENTE!
Jonathan acreditava que estava seguindo pelo caminho “certo” até chegar à pequena cidade para onde fora designado para assumir a paróquia. Acontece que Jonathan não se lembra dos acontecimentos e dos fatos passados de sua vida devido a um acidente de carro.
Ele foi ordenado padre recentemente e esta paróquia será a primeira de sua vida eclesiástica, no entanto, ele não contava que lá teria sua vocação colocada à prêmio logo após conhecer uma das moças desta cidade.
Jonathan vive com o padrinho, que também é padre e que foi quem lhe cuidou desde o acidente e de quem Jonathan recebe todas as informações sobre seu passado, inclusive quem dita que o jovem sempre quis ser padre.
Jonathan tem sonhos perturbadores que fazem com que ele se sinta perdido e ao mesmo tempo julga que estes sonhos são tentações que chegam para pro a prova a sua vocação, no entanto, não são os sonhos que colocarão sua vocação à prova e sim todos os sentimentos que ele nutrirá pela jovem Faith.
Faith tem esse lado atrevido e meio inconsequente que vai exatamente de encontro ao oposto de Jonathan, que é um rapaz que acredita (ou acreditava) que não poderia se deixar cair em tentação. Por mais que ele lute contra seus sentimentos e queira de alguma forma se afastar da mulher que tira sua razão, ele sofre com isso.
Não dá para falar muita coisa sem revelar situações e fato, mas o que eu posso dizer é que o livro é altamente instigante e quanto mais você lê, mais você quer saber o que vai acontecer, principalmente, quer saber se suas conclusões serão de fato o que acontecerá durante a história.
Uma história de amor, paixão, desejo e sexo nada convencional. Aprendemos desde sempre que padres são homens que abdicaram de seus desejos carnais, de seus instintos físicos em nome da vocação pela vida religiosa, mas até que ponto??
Um livro mais que recomendado. Novamente a escritora Halice FRS me surpreendeu com qualidade e requinte dos detalhes, da coerência e sincronia dos fatos, do uso sofisticado de palavras. Digo isso porque a autora não utiliza palavras cotidianas, dialetos regionais, como gírias. Para quem gosta deste tipo de história com certeza não irá se arrepender. Este é o tipo de história que eu gosto de ler e posso dizer sem medo que a autora conseguiu me cativar com todas as suas histórias. Este já é o terceiro livro de sua carreira que eu leio e posso afirmar que ela faz parte das minhas autoras preferidas e que não deixa nada a desejar. Eu não a conheço pessoalmente e recentemente a conhecia através das redes sociais, logo após terminar de ler o seu segundo livro, que também é uma série. Estou falando da série Amor Imortal – Obsessão (livro 01) e Doce Sedução (livro 02). Acabei de ler o livro Enigma – Segredos e Mentiras – Primeira Temporada, que inclusive adquiri diretamente no site da Editora Lio. O Livro da segunda temporada eu também adquiri com a Editora e começo a ler agora mesmo.
Mais do que recomendado e com todo respeito e admiração à autora... Meus sinceros parabéns e votos de que você continue nos presenteando com obras de excelente qualidade e sofisticação. Com certeza uma das autoras que consegue desmistificar que somente obras internacionais são boas. Ao contrário, pois temos ótimos escritores nacionais e a Halice está dentre eles.
comentários(0)comente



Mari Scotti 07/03/2014

Padreco!
Enigma conta a história de Jonathan De Ciello, um padre muito novo – e lindo! – que foi enviado para a sua primeira paroquia em uma cidade pequena chamada SinBay. Seu tio Carlo De Ciello que também é padre e tem pouca destreza com a língua local – o inglês – o acompanha.
Ele é um rapaz com um passado obscuro, pois perdeu a memória depois de um problema de saúde. O que sabe sobre si, é o que o tio Carlo lhe conta. Incluindo sua escolha celibatária.
Sofre de um sonho recorrente: Uma mulher vendada a uma cama, sendo abusada por um homem sem face. Sempre que desperta, sua masculinidade esquece que é um padre e para não pecar, ele se pune com um chicote.
Eu tenho a impressão de que esse sonho faz parte de uma lembrança. No começo achei que ele fosse uma criança ao assistir a cena, mas não ficou claro na história a idade que ele tinha quando perdeu a memória. Lendo o livro 2, parece-me que ele não era tão novo quanto pensei, podendo ser uma lembrança de algo que ele próprio fez. Padre safadinho! rs
Apesar de pacata, Jonathan logo percebe que não será fácil sua estadia em SinBay, pois logo em seu primeiro passeio, conhece a caçula dos Green: Faith. Uma garota sem reservas, que odeia comedores de hóstias e que costuma visitar a praia para nadar apenas de lingerie. Seus pais são conservadores e nem por isso conseguem frear a menina, menos ainda o padre que tenta de todas as formas dissuadi-la a ser uma garota mais recatada. Ao menos, diante das outras pessoas.
A química entre os dois fica obvia logo de cara. Não tem como negar que ambos ficaram mexidos no primeiro encontro.
Faith é inconsequente, apesar de ser cuidadosa em alguns momentos e possui mais segredos do que uma garota normal poderia ter. Soma mais alguns depois que conhece Jonathan: seu desejo incontrolável pelo novo padre.

Mais no blog Coração de Papel

site: http://mariscotti.blogspot.com.br/2014/03/resenha-enigma-segredos-e-mentiras-1.html
comentários(0)comente



marcilivros 12/01/2014

Quem é Jonathan di Cielo?
Nosso primeiro contato com o padre Jonathan di Ciello acontece em uma madrugada, na qual está sonhando algo nada relacionado à sua vocação. A noite em que estamos é a que antecede à partida do jovem padre, recém-ordenado, para sua primeira paróquia, que situa-se em uma vila de pescadores. Ele acorda, sobressaltado e incomodado com o que havia sonhado, já que a cena que vivencia enquanto está dormindo repete-se noites seguidas e ele não consegue saber por que razão tais episódios são tão recorrentes. Não tem muito tempo para pensar a respeito, pois é apressado por seu tio, padrinho, tutor e também padre, o senhor Carlo di Ciello, que o acompanhará em sua missão neste local. O jovem padre, então, pega sua mala e parte ao destino que foi-lhe traçado, rumo ao conhecimento daqueles de quem será o mentor espiritual.
Em sua mala, além das vestes clericais, carrega uma bagagem nada convencional: um chicote, com o qual açoita-se constantemente quando tem os tais sonhos que o incomodam e uma caixa de madeira que contém alguns objetos bem distantes da vida sacerdotal que escolheu. Tanto a caixa quanto o chicote ele encontrou no sótão de sua residência, antes de desfazer-se desta, doando-a para obras de caridade. No entanto, ele foi até lá após longo tempo de recuperação em um hospital, onde esteve internado e em coma, pois sofreu um acidente automobilístico junto com seus pais, que morreram naquele momento. Ele, portanto, tem parte de sua vida apagada e o pouco que lembra é de sua infância, mas de modo bastante nebuloso. As páginas que estão em branco sempre são preenchidas por seu tio Carlo, que a todo tempo salienta que Jonathan desde pequeno desejava seguir a vida religiosa e chegar a bispo.... ele, porém, não tem qualquer recordação acerca deste aspecto.
Chegam à cidade e começam a travar conhecimento com seus moradores, mas Jonathan tem sempre grande necessidade de exercitar-se e logo que chega é informado de que tem o privilégio de possuir três praias à sua disposição, sendo uma delas um tanto deserta e logo que deixa suas bagagens na casa paroquial, parte para sua primeira corrida e encontra, deitada em uma pedra, Faith.... uma moça que tem mais ou menos dezenove anos, ensina Artes para crianças no período da tarde em uma cidade vizinha. Escondido por trás de algumas árvores, na trilha que leva à praia, encontra-se Tyler, amigo de Faith. Esta amizade vem desde que ambos eram crianças, mas o rapaz, já crescido, quer bem mais que continuar um velho amigo da garota e a persegue por todos os cantos.
Faith também tem seu próprio segredo e Tyler sabe qual é, o que vai muito além de dar aulas no período vespertino e ela sente-se em suas mãos em virtude do conhecimento que ele possui.
Além dos personagens citados, outros vão sendo trazidos para dentro da trama, encadeando-se dentro do enredo, dando-lhe algum movimento. Temos os irmãos de Faith e seus pais, a dona da lanchonete local, a senhora que cuida da limpeza da Igreja, Joseph (noivo da irmã de Faith e que tem a “leve impressão” de que conhece Jonathan de algum lugar”, Helen (melhor amiga de Faith)... dentre outros que vão tomando seu lugar na história.
Esperava mais, muito mais... Mais o quê? ação, emoção, cenas de maior interesse...
Não consegui apaixonar-me pelos personagens, apesar de o padre parecer alguém atraente. Considerei-o um homem muito instável, parecendo ter transtorno de humor e não me cativaria se tivesse que participar de sua missa, já que ele a rezava mecanicamente, por não conseguir se envolver efetivamente em sua missão.
Faith, não raramente, deixava-me irritada, pois ainda que a todo tempo negasse a Tyler qualquer possibilidade de os dois ficarem juntos, não o desencorajava de todo. Sei que há o segredo, porém ela abusava sobremaneira do rapaz, que, logo no início, pensei até que tivesse alguma deficiência intelectual, mas depois percebi que era falta de consistência mesmo....
Ainda digo que a editora, por várias vezes, pecou em relação a questões de revisão, pois Piter, outro garoto que aparece mais tarde na história, ora era moreno, ora loiro...
Mas, apesar disso, vale a leitura, já que algo está emvolto em nuvens e não pensem que muito se descobre neste primeiro livro.... quase nada.... o que leva-me à certeza de que prontamente iniciarei o segundo. Não vou desistir porque posso não ter apaixonado-me pela trama, mas sou curiosa e quero saber do que não lembra Jonathan di Ciello e qual a real participação do tio em sua vida, pois a certa altura este homem, aparentemente uma santa criatura, deixa cair sua máscara.
HaliceFRS 20/01/2014minha estante
Oi Marcilivros, obrigada por sua resenha. Lamento que não tenha se envolvido com as personagens, e até entendo o desejo de mais ação. Apenas ainda não era o momento. Obrigada tbm pelo toque sobre o loiro e moreno. Como inicialmente Enigma era uma fanfic Twilight, Emmett/Peter era loiro. Vou rever e comunicar à editora.

Ri aqui com seu comentário de que Tyler poderia ter deficiência intelectual. Vc chegou à conclusão acertada, ele sobre mesmo de falta de amor próprio.

Bem, me resta desejar que no segundo suas impressões melhorem. Novamente obrigada por ter reservado um tanto de seu tempo para ler e comentar meu trabalho... Bjus




Gel Borges 30/12/2013

Impressões
Não gosto do termo resenha prefiro impressões.
A impressão que tive em enigma parte 1 foi a mesma que eu já tinha quando a história era uma fanfic em websites. Não foi por já conhecer a história que desejei menos o livro físico e eis que o livro foi lançado para a alegria geral da nação.
Jonathan e Faith um casal improvável onde são completamente diferentes e não menos intensos.
Faith virou minha “mocinha” preferida por ser destemida e mesmo impulsiva em algumas situações não se deixa abater. Determinada corre literalmente atrás do que quer que nesse caso é o Padre Jonathan como denominei de “bipolar”. Porque bipolar? Leiam que vocês entenderão rsrs.
Brincadeiras a parte ENIGMA SEGREDOS E MENTIRAS 1° TEMPORADA nos arrebata e nos prende do inicio ao fim.
Os detalhes são palpáveis assim nos fazendo querer fazer da história e querer estar na pequena cidade praiana de Sin Bay.
O relacionamento dos dois se dá em meios a impedimentos, coisas proibidas, dúvidas e acima de tudo um desejo intenso e impossível de conter.
Recomendo e muito!
Quanto a autora sou suspeita a falar dela. Sou fã, amiga, irmã e torço muito para seu sucesso!
Então é isso gente, leiam e se apaixonem por esse casal improvável.
Que venha a segunda temporada!
HaliceFRS 20/01/2014minha estante
Gel, obrigada por suas impressões. Bem sei seu envolvimento com as personagens, mas lê-las aqui teve um sabor especial!... :D




Flavinha 25/11/2013

Bom, antes de qualquer coisa... Buona sera! Ou seria Buon Giorno?

Parada em frente ao computador, pergunto-me que palavras usarei para descrever as sensações que esta história me proporcionaram. A escassez das mesmas me frusta e faz-me sentir impotente. Enigma é, basicamente, o tipo de livro que te prende de uma forma que o tempo torna-se algo quase insignificante. Ele passa num piscar de olhos; quando você vê, já é quase dia. E quando você termina, a ficha de que você terá que deperdi-se do padreco bipolar por um tempo demora a cair.

Jonathan De Ciello é um recém-ordenado padre que recebe a missão de assumir uma pequena paróquia em Sin Bay. O nome sugestivo somado aos sonhos nada condizentes com sua condição eclesiástica intrigam o jovem padre. Acaso seria o destino tentando pregar-lhe uma peça? Ele começa a suspeitar seriamente que sim ao conhecer aquela que seria sua perdição: Faith Green. A moça não é exatamente o que se poderia chamar de inocente, contudo, Jonathan confunde-se e até mesmo irrita-se ao constatar que as inoportunas e constates provocações da moça o afetam; ao passo que nenhuma mulher havia conseguido fazer o mesmo. Isso sem contar o ciume incomum que o assaltava quando invariavelmente via a moça com algum rapaz.

“O alívio por saber que ela estava abraçada ao irmão era igualmente estranho, e Jonathan não atinava qual a sua origem. O que lhe importava se a moça da praia estivesse nos braços de algum pretendente?” (pág 45)

Quanto à Faith, digo apenas uma coisa: se você espera uma protagonista fraca e culpada, esqueça. A moça mostra ser forte e determinada; nunca desiste de seus objetivos. E com Jonathan não seria diferente. Mesmo após descobrir sua posição no clero que o tornaria inacessível, a moça percebe que, mesmo assim, não seria capaz de desistir dele.

“Sem que pudesse evitar, começou a vislumbrar todas as formas possíveis e imagináveis de despi-lo enquanto se beijassem. Sim, ela já se recuperara do choque em sabê-lo padre e descoberto que nada havia mudado, ainda o queria. E quem poderia culpá-la? O certo era não aceitarem homens como ele na igreja. Tal absurdo devia ser proibido por lei como atentado violento contra a preservação e manutenção da qualidade da espécie” (pág 67)

Padreco bipolar parece ser uma denominação justa para Jonathan. Apesar de ter me apaixonado perdidamente por ele assim como Fay – e provavelmente toda a população feminina de Sin Bay – devo reconhecer que por muitas vezes tive vontade de mandá-lo a lugares inapropriados por suas atitudes contraditórias. Em um momento, parecia estar rendido à Faith apaixonadamente; em outro a tratava com tal frieza que chegava a ser ofensivo. O fato é que, quanto mais tentava afastar-se, mais se envolvia, e este é exatamente o ponto chave da história. Ponto este que intrigou-me bastante e que arrematou de vez minha admiração, pois, ao descobrir seu sentimento por Faith, Jonathan descobria-se a si mesmo. Com seu passado perdido em um acidente de carro, o padre até aquele momento confiava-se apenas nas palavras de seu tio e padrinho, Carlo, mas Fay parece dar-lhe novamente a autonomia sobre a própria vida.


“Fora chocante ouvir dela a verdade a ser cumprida, pois era fato que, além de se compreender, deveria se conhecer. Contudo nunca esperou que alguém tão jovem pudesse lhe desvendar a alma. […] Enquanto a via se afastar a abanar seu rabo de cavalo acintoso, considerou se conhecer-se não fosse a chave para ter todas as respostas e pudesse finalmente viver em paz sem ela... Ou com ela?” (pág 301)

Enigma – Segredos & Mentiras é maravilhoso, instigante e viciante, além de arrebatador. Queria dar meus parabéns à Halice FRS, quero ser como você quando crescer, tá legal? Sem dúvidas, comprarei o segundo o livro, mas até lá, como certa vez Faith mencionara, morrerei de saudades de um certo padreco bipolar. Já disse que amo quando, ao ficar nervoso, ele acaba escorregando e fala aquele italiano lindo? Não? Pois agora eu afirmo! Só peço que tenham paciência comigo com toda essa idiotice dos apaixonados (outra citação da bella Faith)

Sem mais, Ciao,

Flavinha
HaliceFRS 20/01/2014minha estante
Ah, Flavinha! Que delícia de resenha. Sempre me derreto quando vcs dedicam um pouco de seu tempo para mostrar como minhas personagens as afetam. Adorei como descreveu cada um deles da msm forma que os vejo, Jonathan e Faith são iguais que se reconheceram, por isso quanto mais ele conhece dela, mais sabe de si mesmo.

Bom, espero que continue gostando deles no próximo... Obrigada minha linda! *-*


Flavinha 16/02/2014minha estante
Obrigada pelo carinho, diva! O que eu disse n é mais do q merecido, a sua história merece isso e muito mais. Tenho ctz q vou gostar de todos os outros, nunca desista desse dom de escrever incrível q vc tem!
Sua fã, Flavinha ^^




Edivania 08/11/2013

Enigma - Segredos & Mentiras
Ok, esta é a primeira vez que sinto vontade, ou melhor, a necessidade de escrever uma resenha.

Enigma - Segredos & Mentiras é o romance de estreia da escritora Halice F.R.S, lançado pela Editora Lio.
O livro conta a história de um jovem padre, recém ordenado, que se apaixona pela filha do líder comunitário da cidade aonde foi enviado para assumir sua primeira paróquia. Faith Green é uma jovem com espírito livre que vai contra todas as regras para ter o que quer; o amor do jovem padre.

“Sem que pudesse evitar começou a vislumbrar todas as formas possíveis e imagináveis de despí-lo enquanto se beijassem. Sim ela já se recuperara do choque em sabê-lo padre e descoberto que nada havia mudado; ainda o queria. E quem poderia culpá-la? O certo era não aceitarem homens como ele na igreja. Tal absurdo devia ser proibido por lei como atentado violento contra a preservação e manutenção da qualidade da espécie. ’’ – Capítulo Sete pág.67

Já ciente de que seu interesse era correspondido, Jonathan questiona a veracidade de sua vocação, uma vez que não se recorda de seu passado; esquecido após um acidente de carro, anos atrás. Tudo o que sabe lhe foi dito por seu tio e padrinho, o responsável por introduzi-lo na vida religiosa. Aos questionamentos soma-se a inquietação vinda com sonhos libertinos, completamente impróprios, tão fortemente repudiados que levavam o jovem padre à autoflagelação.

“ - De novo não, senhor! - Jonathan exclamou sentando em seu catre. O corpo termia violentamente. Era dessa forma que invariavelmente despertava do sonho recorrente; culpado e rijo. E, como sempre, sabia que deveria fazer. Escorrendo para fora da cama diminuta, seguiu até sua cômoda já despindo suas roupas. Quando chegou a ela, se encontrava inteiramente nu. Da primeira gaveta, retirou seu velho companheiro; um pequeno chicote preto feito de tiras de couro entrançadas em uma extremidade e pontas livres na outra.” – Prólogo.

Enigma me prendeu por não se desenrola somente em torno do romance proibido entre Jonathan e Faith que, diga-se de passagem, já seria muita coisa, não é?... Amém do envolvimento amoroso tem o mistério em torno do passado obscuro do jovem padre, seus sonhos.
Duas das perguntas que não se calam são: Por que ele tem esses sonhos? Alguma vez presenciou aquelas cenas?

Também, no decorrer do livro, percebemos atitudes pra lá de suspeitas do padrinho, Carlos De Ciello, que nos deixam roendo as unhas, louca para tentar descobrir o que ele possivelmente esconda.
E temos Faith. Não pensem que ela é uma dessas mocinhas bobinhas... Faith é forte e decidida, e como comentei acima, tem um espírito livre; algo que amo nela. Ela não mede esforços apenas para conseguir o amor do padre, Faith também tenta ajudar a irmã, Nicole, que não consegue tomar as rédeas da própria vida.

Enfim, espero ter conseguido passar para vocês, pelo menos um pouquinho, todas as emoções que essa história despertou em mim e minha paixão por esses personagens cativantes. Acreditem, vocês não se arrependerão de ler. Enigma é simplesmente envolvente desde o primeiro capítulo.
HaliceFRS 20/01/2014minha estante
Sister... A vc me resta agradecer todo o apoio e carinho sempre. Sei seu amor por Jonathan e Faith e ler suas considerações aqui, como sempre, derreteu meu coração!

Obrigada!... :D




13 encontrados | exibindo 1 a 13