Cidade dos Etéreos

Cidade dos Etéreos Ransom Riggs




Resenhas - Cidade Vazia


280 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Fabiana 12/11/2016

Fraco
Mais de 300 págs pra ñ contar nd. Ñ há o enredo interessante do primeiro. A hist fica completamente descabida! Acho q nem o público infanto-juvenil gostará...
Nicolle 14/11/2016minha estante
Então, velha coroca, você está muito enganada. Não é só porque você não gostou que ninguém mais vai gostar. Vários adolescentes, inclusive eu, estão amando essa série toda. Então não vem falar o que você não sabe. Manda os velhos do asilo que você tá calar a boca pra você prestar atenção no livro e entender a história. E se você não gostou é porque a sua imaginação não funciona desde o século XIX, quando você tinha dez anos.


Fabiana 14/11/2016minha estante
Criatura...kkk... só rindo. Vc ñ tem nível pra estar em prostíbulo, qto mais em grupo de leitores. Se encherga e vai estudar!!!
O perfil é meu e a opinião tb!!
Ñ gostou, ñ leia!!
Ops... talvez vc ñ entendeu q aqui cada 1 posta sua resenha... pq vc nem entendeu sobre respeito!!


Fabiana 14/11/2016minha estante
Criatura... vc ñ tem nível pra grupo de leitores. Sequer entendeu a proposta: aqui cada 1 dá a sua opinião; quem ñ concorda, passa batido.
Ofensas ñ cabem aqui.
Vai estudar, vai tentar fazer ENEM, vai aprender a ser GENTE!!!!


Nicolle 14/11/2016minha estante
Ai, anciã, nem escrever você sabe. Depois eu que tenho que estudar. Hahahahaha. Me poupe das suas ceninhas! Vai brincar com os seus dinossauros, vai. "Encherga" hahahahaha haha, é cada uma. Quem tem que estudar é você Diabo da Tasmânia. Você nem leu a história direito e vem falar que fui eu quem não entendeu. Vai fazer mingau para os seus netos.


Fabiana 14/11/2016minha estante
Se sua mãe t pega....kkkk
Só ñ apanha pq é "di menor".
Vc só tem nível pra ser mulher da vida.


Nicolle 14/11/2016minha estante
Velha catinguenta apagou todos os comentários. MESROSA.


Nicolle 14/11/2016minha estante
Velha catinguenta apagou todos os comentários. Medrosa.


Fabiana 14/11/2016minha estante
Devo ter a idade da sua mãe.
Ñ é medo: é nível. Mas disso vc ñ entende, pq ñ tem!


Nicolle 14/11/2016minha estante
Então, velha coroca, porque você não vai arrumar o que fazer?
Fica enfiada no celular enquanto os netos estão chorando.
Você disse que eu vou ser mulher da vida porque já é uma prostituta nojenta.
Vai se arrumar que daqui a pouco é hora de ir para a esquina rodar bolsinha.


Nicolle 14/11/2016minha estante
Muito menos você. A única coisa que você entende é sobre vibrador, porque o seu marido não te dá a atenção necessária. Por isso que é assim nojenta e esnobe, velha mal amada.


Fabiana 14/11/2016minha estante
Q baixaria...
Pensar q o mundo estará nas mãos de alguém assim...
Ñ consigo acompanhar. Ñ tenho como descer tt.
Desejo q vc complete a minha idade e construa o q construi. Tenha algo de bom a oferecer fora essa boca suja.


Fabiana 14/11/2016minha estante
Q dó...


Fabiana 14/11/2016minha estante
Vc é cheia de ódio. Vai ler.
Bj no ombro.


Nicolle 14/11/2016minha estante
Que bom que o futuro está nas mãos de gente como eu e não como... como.... do eu poderia te chamar? Gente não é; Bicho? Não é muito digno para você!; Monstro? Não, até os monstros devem ser mais educados. Acho que Coisa é a palavra. Enfim, ainda bem que não está nas mãos de uma Coisa igual a você.
Deus me livre ter uma vida igual a sua.
Mal amada;
Sebosa;
Desonrada;
Quase morta;
E ainda por cima, que se acha melhor que os outros.
Credo!
Posso até falar palavrões mas pelo


Nicolle 14/11/2016minha estante
Pelo menos sei escrever direito.


Nicolle 14/11/2016minha estante
Não venha me chamar de boca suja, porque não é minha boca que fuça chupando caminhoneiro a noite toda.


Nicolle 14/11/2016minha estante
Para de apagar os comentários nojenta.


Nicolle 14/11/2016minha estante
Catinguentaaaaaaaa




Lucas 30/03/2016

ISSO NÃO É UM SIMPLES LIVRO. É UMA OBRA PRIMA.
ESSE LIVRO NÃO É UM SIMPLES LIVRO.

VAI TER SPOILER DO ANTERIOR E UM POUCO DESSE ENTÃO JA SABE NE NON

Nessa resenha vai ter minhas impressões, comentários e um pouquinho do que eu espero do filme (adaptação do primeiro livro) e claro, minhas expectativas para o #3 livro.

(comprei esse livro na pré venda e enrolei com medo de saber o que ia acontecer. Ficou encostado um mês e quando decidi nele. Li em um dia. TO SÓ O CACO)

Nesse livro, nossos peculiares favoritos saem da ilha e começam sua caçada pelas outras fendas temporais em busca de ajuda para salvar a Srta. Peregrine que está em sua forma animal.

Ai você fica: nossa quer dizer que o livro inteiro vai ser só isso? uma caçada para curar a Peregrine?
Não.

Eu não sei como explicar. Ransom elevou a escrita dele num nível em que me deixou de boca aberta. Vi muita gente falando sobre o #1 livro, que ele era previsível demais, que o vilão era algo também previsível. UM LIVRO PREVISÍVEL.

Só uma ressalva: Peregrine não é um livro pra te por medo ou te surpreender com uma versão peculiar de Xmen. Peregrine além de tudo é um livro visual. Nós vemos o que está acontecendo, é um livro criado em base visual e de uma qualidade surpreendente. Além disso é um livro infanto juvenil. ERA.

Cidade dos Etéreos tira o rótulo de livro infanto juvenil depois de incríveis cenas de ação e um plot twist incrível. (Igual Harry Potter que começa daquele jeito e termina de uma forma madura. Esse livro é nesse ritmo).

Nossos amigos vão viajar o mundo peculiar atrás da cura da Peregrine, mas, vão se ver numa teia de mistérios, de intriga e mentiras. Sim. E tem tudo isso? Tem. Se for ler esse livro se segura pq é tiro.

O começo do livro é arrastado? Sim. Mas, no fim do livro é explicado toda a enrolação. (DEPOIS EU PERCEBI QUE NÃO ENROLAÇÃO. O RANSOM COMEÇA A TE DAR PISTAS DO MISTÉRIO E VOCÊ NEM PERCEBE. Chega no final e você leva uma pancada. INCRÍVEL.

RANSOM RIGGS VOCÊ JÁ É UM DOS MEUS AUTORES FAVORITOS.

O Riggs é tão genial que ele usa e abusa de sua criatividade. É Invejável.

Por exemplo, nesse livro temos: Um exorcismo de aves, uma Jumirafa (mistura de Jumento + Girafa), um palhaço que deseja montar um exercíto e tantas outras coisas. Ele pega elementos infantis e monta um mundo tão louco. Chega a ser bizarro.

Um exorcismo de aves é bizarro. Mas, o Riggs é tão habilidoso que faz tudo ser instigante e emocionante. Uma riqueza de detalhes, a descrição do Mundo Peculiar e etc.
EU SÓ TENHO QUE BEIJAR OS PÉS DO RIGGS.

Se você achou o #1 um livro fraco, nesse você pensar duas vezes quando focar nos detalhes. Detalhes é a alma desse livro.

ALMA. ALMA.
SÓ É PRESTAR ATENÇÃO.

Sabe o que é mais incrível?
Que no fim do livro, há uma pequena entrevista com o Ransom e ele fala um pouco de como montou o segundo livro e aqueles plot twist maravilhoso. ATÉ ELE FICOU SURPRESO COM QUE FEZ. EU FIQUEI: SEU FDP QUER ME MATAR.

Outra coisa que é importante de ressaltar, muitos podem ficar: Um livro cheio de crianças e ele o autor não vai por mortes e etc (ACHO QUE DEU PRA ENTENDER).

O que mais tem nesse livro é morte. E o que mais assusta não é a morte em si e sim as crianças para com a morte. GENTE É UMA COISA LOUCA.

SE ESTAO ESPERANDO CRIANÇAS MEDROSAS E FUJONAS FECHEM ESSE LIVRO. NESSE LIVRO TEMOS CRIANÇAS QUE MATAM PARA SALVAR SUAS VIDAS E DE SEUS AMIGOS.
É MATAR DE MATAR MESMO. SEM DÓ SEM PENA.

Chega muitas vezes ser tratado de forma banal. (MAS N É GORE NE NON. É TIPO: A abelha morreu? *exemplo* Que bom.)

#FAIL.

Mas, deu pra entender eu acho.

Livros de sequências por muitas vezes, são arrastados e etc.
ESSE LIVRO CONSEGUE SUPERAR SEU ANTERIOR EM TODOS OS QUESITOS. TODOS.

(Sobre o filme: Muita gente resolveu após ver o trailer e ver que o diretor é o Tim Burton. Muita gente se decepcionou e etc. Só uma coisa: Não vá na onda do Tim Burton. Ele mudou muita coisa para essa adaptação. - FIQUEI ULTRA MEGA REVOLTADO -.Mas é uma adaptação. Então ne. Mas, só isso: Não vão se ludibriar por ser o Tim Burton. É uma história infanto juvenil com aquele teor negro e não uma versão mini do xmem. Vou ver o filme? Claro. Mas, um pouco decepcionado pelo fato de não poder ver a complexidade e genialidade do mundo que o Riggs criou.)

O PLOT TWIST DESSE LIVRO É INCRÍVEL. Quando acabei quis jogar o livro na parede. Eu fui feito de otário o livro todo. Me senti tão pra baixo. N VOU MENTIR ADORO QUEBRAR A CARA.

Intrínseca ainda foi lá e na edição colou o #1 capítulo do próximo livro que já tem título: Biblioteca das Almas.
EU N TENHO O QUE DIZER SÓ SENTIR.

TODAS MINHAS TEORIA JOGADA NO RALO (CHORANDO EM PECULIAR LANGUAGE)

Essa história se virou uma das minhas favoritas de todos os tempos.

RIGGS EU TE AMO. VIROU UM DOS MEUS AUTORES FAVORITOS DE TODOS.

UFA. ACABOU. BOM DEMAIS AI ESCREVO MUITO QQ

EU QUERIA PODER FALAR DESSE LIVRO PRA SEMPRE EU N CONSIGO PARAR DE LEMBRAR DO TIRO NA MINHA CARA. SOS MEU PAI.

THE END.
#STAYPECULIAR.
Lucas 30/03/2016minha estante
acho que ainda escrevi pouco sos


Lua @epigraph9 30/03/2016minha estante
MORTA COM O TESTAMENTO KKKKKKKKK


Lucas 30/03/2016minha estante
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK AMEM RANSOM RIGGS


Diego Transpadini | @_mdevaneios 31/03/2016minha estante
"Eu fui feito de otário o livro todo."
Tamo junto, dear friend. Tamo junto.
Leu o primeiro capítulo do terceiro? Não to com psicológico pra ler. ~SOCORRO!!!~


Lucas 31/03/2016minha estante
Diego, eu li. Mas, fiquei tão sem ação que assimilei tão pouca coisa. A única coisa que eu lembro é que ja tem morte :v


Diego Transpadini | @_mdevaneios 03/04/2016minha estante
Ai, eu resolvi não ler. Prefiro evitar a fadiga kkkkk
Intrínseca disse na turnê aqui na minha cidade que o lançamento é no início de agosto.


Lucas 03/04/2016minha estante
ja juntando as moedas para pré-venda :v


Mariana 19/04/2016minha estante
Eu li o livro e achei fantástico!


Maize 03/07/2016minha estante
Estou sem chão. Quando virá a continuação? Muito ansiosa.


Ana 29/03/2017minha estante
nem fala levei um susto quando terminou o "exorcismo da ave", misericórdia não esperava isso, já comecei a ler biblioteca de almas e realmente não faço ideia do final do livro *-*




Ziza 19/12/2016

Decepcionante
Arrastado, lento, maçante. Dá calo nos olhos de tão chato que é! Toda a minha empolgação com o primeiro se esvaiu lendo o segundo. Escrito às pressas e com o editor no gargalo. Apenas, DECEPCIONANTE!
cris 22/12/2016minha estante
Você leu errado!


Je 27/12/2016minha estante
Realmente dá a impressão de que foi escrito às pressas, pois faltou coerência em muitos pontos.


Natalie 01/01/2017minha estante
Não consegui terminar! Odeio abandonar leituras, mas esse simplesmente não convence. Horrível.


Ziza 02/01/2017minha estante
Eu só concluí pq pensei que a história pudesse melhorar a qualquer momento, mas... não rolou! :(


Pri 15/01/2017minha estante
Põe decepcionante nisso. Achei a trilogia bem fraca. O seguinte do livro até me deixou meio curiosa no início, mas foi só isso. O terceiro , na minha opinião, foi o pior. Só mantive a leitura por que não gosto de abandonar. Narrativa bem limitada, diálogos entre os personagem bem fracos. Enfim, é minha opinião.


Pri 15/01/2017minha estante
*segundo livro




Gabriel.Lopes 19/12/2016

Simplesmente incrível!
Eu admito que esse livro me decepcionou bastante no início, foi bem chato e chegou a se tornar bem maçante, contudo Ransom não me deixou perder a fé que havia depositado nele e logo o livro tomou um rumo que eu não esperava, a fuga constante dos garotos me fazia dar umas paradas em que tinha de respirar e tornar a ler, ver todos os garotos saindo de suas bolhas que era a fenda do tempo e os cuidados da Srta Pegrine foi algo incrível, simultaneamente vemos as personalidades e as peculiaridades deles se desenvolvendo e amadurecendo sem que eles perdessem a essência de crianças que eles são. Gostaria de enfatizar a personagem Browny, Olive e Hugh me apeguei a esses tres, além dos outros que entraram que mesmo com breves participações foram muito bons também. E que final foi aquele!!! Me deixou roendo as unhas pra ler Biblioteca de Almas.
Bruno.Zago 27/12/2016minha estante
o personagem que mais curti foi o Millard


Cecília 10/01/2017minha estante
O começo do livro foi muiiiito chato. Mas o final compensou porque terminou de maneira inesperada. Ainda assim, gostei mais do primeiro livro.


Gabriel.Lopes 10/01/2017minha estante
Os primeiros são sempre os melhores né Ceci, e o Millard também me surpreendeu muito, sempre muito esperto, agora não consigo me apegar com o Jacob e a Emma, o romance deles é bem chato.


Cecília 10/01/2017minha estante
Verdade. Eu gostei da Emma no primeiro livro. Mas eu não gosto de seres autruistas demais. Pra que desfarcar se vc quer mesmo ser é egoísta? Fica com o cara logo e pronto... Que se foda o presente HUAHAUAHAUAHAU o autruismo destruiu os Jedi.. Então hahaha


Gabriel.Lopes 10/01/2017minha estante
Achei que o relacionamento deles ficou muito melodramático, e isso me aborrece. Agora preciso falar de outro personagem, o Adilson, gostei muito da história dos animais peculiares.




Kath 28/11/2017

Bom, indo ao enredo, eu achei esse livro melhor que o primeiro, não apenas por não ter toda aquela enrolação de apresentação de personagens como por ter uma carga cômica maior, tornou as coisas um pouco mais fáceis de ler, já aviso que se você não leu o primeiro livro e for ler essa resenha pode acabar pegando algum spoiler, não que eu vá dar spoilers, mas, né? Tô avisando u.u.
Depois de finalmente conseguir sair da ilha, Jacob e as crianças da senhorita Peregrine embarcam em uma viagem assustadora à mar aberto temendo serem atacados por um submarino cheio de acólitos ou ainda bombardeados pelos ingleses. Parecem eternidades até alcançarem terra firme de novo, mas se vêem sem saída, cansados, com fome e perdidos em um luga ermo. Não importam o que façam, a senhorita Peregrine não volta à sua forma humana e eles começam a se preocupar sobre o que podem fazer para ajudar sua diretora.
A aventura acaba lhes levando a uma fenda que ainda não fora atacada pelos acólitos, a fenda dos animais peculiares onde Jacob descobre que há uma ymbrine que ainda não havia sido capturada e que ela era a única chance da diretora voltar ao normal. Eles partem então para Londres onde podem encontrar a última ymbrine que possa ajudar sua diretora, no caminho acabam se vendo nas mãos de ciganos que, inicialmente, lhes causam grandes problemas, mas acabam se tornando seus aliados quando descobrem que são peculiares, graças a eles o grupo consegue chegar à plataforma a tempo, mas acabam sendo pegos pelos acólitos antes que consigam embarcar, reféns dos bandidos, são salvos por Hugh e suas abelhas.
Já em Londres, eles enfrentam problemas ao serem confundidos com crianças refugiadas, no meio do horror da guerra e depois de quase serem mortos, conseguem encontrar uma fenda na cidade, mas esta já havia sido invadida, eles recebem ajuda de dois irmãos gêmeos cegos e uma menina telecinética, juntos com uma pomba peculiar conseguem alcançar o esconderijo da senhorita Wren, mas se perguntam se já não é tarde demais para recuperar a senhorita Peregrine, até descobrirem que a verdade é muito pior do que qualquer um deles poderia imaginar.
Eu achei esse livro bem melhor que o primeiro, apesar da carga sombria nele ser bem mais latente, a carga cômica também aumentou consideravelmente e isso tornou a leitura bem equilibrada, espero que o terceiro volume da série seja tão equilibrado quanto. Os dois plot twists no final foram realmente magistrais.
Raul G. M. Silva 01/12/2017minha estante
Estou louco pra ler tua resenha, mas não quero tomar spoiler ?????, só irei ler nas férias, me responde só uma pergunta: ele supera mesmo o primeiro???


Kath 01/12/2017minha estante
Eu não dei nenhuma informação relevante, foi só um resumão da história, mas também depende da sua definição de spoiler também. O que não é spoiler pra mim pode ser pra você.
Quanto a relação com o primeiro livro, na minha opinião o segundo foi melhor. Mais tiradas cômicas, mais passagens significativas e uma evolução melhor dos personagens principais, além de ter um pouco mais de ação se comparar ao primeiro. Mas, como disse, é a minha opinião, talvez você discorde.


Raul G. M. Silva 01/12/2017minha estante
Eu achei o primeiro paradão e meio entediante, mas gostei da mensagem em si e geralmente primeiros livros são assim, tanto que resolvi adiar a leitura do segundo, mas me animei um pouco agora ?


Kath 02/12/2017minha estante
E ele mesmo, até o clímax foi bem paradão. Mas o segundo é muito melhor, não apenas na questão da ação que tem bem mais, mas principalmente pelos dois plot Twist que tem pelos últimos capítulos, eu gostei bem mais desse, espero que o terceiro siga esse ritmo.


Adriana 29/12/2017minha estante
Até agora não entendi como eles foram parar na fenda abandonada pela Y&mbryne Wren (como uma fenda continua existindo se a ymbryne responsável por ela não volta pra reiniciar?




Carissinha 28/05/2017

Se em O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares Ransom Riggs criou uma história a partir das fotos que tinha selecionado, em Cidade dos Etéreos ele continuou a trama de Jacob e encaixou imagens peculiares dentro da história. E conseguiu que a mudança funcionasse bem.

Como no primeiro livro da série, para gostar do universo criado pelo autor você tem que se permitir embarcar no mundo de fantasia que ele criou. E é um universo cheio de viagens no tempo, pessoas que não envelhecem e seres bem diferentes.

O livro começa exatamente de onde o primeiro terminou e não dá pra ter ideia de onde aquilo tudo vai levar tanto o leitor quanto os personagens. E garanto que boa parte das escolhas tomadas pelo Riggs são inesperadas, mas interessantes.

Novos personagens aparecem e ficamos entendendo um pouco melhor cada história individual, principalmente a do Jacob. Também temos algumas explicações sobre o universo peculiar.

É uma leitura fluida e bastante agradável, mas fiquei levemente incomodada com o uso de alguns acessórios que me soam modernos demais para algumas épocas em que o livro se passa, mas pode ser um exagero da minha parte.

O final mais uma vez me deixou sem saber o que esperar, mas ansiosa para começar a ler o terceiro livro da série e o livro de contos que é citado em boa parte de Cidade dos Etéreos.

A edição da Editora Intrínseca está um primor. É do tipo que você quer ter na estante, porque deixa ela mais bonita. É um combo completo: uma história agradável e um livro atraente.
Fernando 31/05/2017minha estante
olá, gostaria de saber o motivo da Sra peregrine ter criado a fenda justamente no dia da bomba. Não teria como ter criado um dia antes? Ela não manipula o tempo? Ela sabia q uma bomba iria cair naquele dia ??? Essa ponta está solta pra mim...


Carissinha 02/06/2017minha estante
Ela não sabia que a bomba ia cair. Ela criou exatamente na hora que descobriu que ia cair um bomba.


Fernando 06/06/2017minha estante
Valeu pela resposta!!!!!!! Obrigado!


Carissinha 06/06/2017minha estante
Por nada! :)




D. S. Nunes 24/02/2017

Amazing!
Ainda mais incrível que o orfanato da srta Peregrine para crianças peculiares! Me deixou ainda mais ansioso pra continuar, em biblioteca das almas! Estória incrível
Angela.Lopes 24/02/2017minha estante
Então vou colocar na lista?


D. S. Nunes 01/03/2017minha estante
Pode colocar sem medo! ?


Angela.Lopes 01/03/2017minha estante
Vou ler rsrsra


D. S. Nunes 01/03/2017minha estante
Já leu O orfanato da srta Peregrine para crianças peculiares neh?




Luan 09/09/2016

Um grande filler, Cidade dos Etéreos sem mantém simpático, mas se torna chato
A clara mensagem de lutar contra tudo e contra todos para alcançar os seus objetivos até poderia ter êxito em Cidade dos Etéreos, não fosse o desfecho. Deu aquela sensação de nadar e nadar, mas morrer na praia. A continuação de O orfanato da Srta. Peregrine para crianças peculiares continua divertido quanto o primeiro, mas mais chato e sem acontecimentos. Acho que um erro no desenvolvimento comprometeu toda uma história que tinha tudo para se tornar ainda mais cativante e marcante.

Falar da sinopse é até um pouco complicado, pois parece que não há uma história central. Depois da destruição da Fenda onde os peculiares viviam com a Srta. Peregrine, e agora com ela presa no corpo de uma ave, a única saída deles é sair dali e buscar por uma salvação para a protetora. No entanto, nem eles sabem direito para onde ir, deixando assim uma sensação ao leitor de que o autor estava um pouco perdido. O objetivo, segundo a sinopse oficial, é chegar até Londres, único lugar em que seria possível salvar Peregrine. Mas na prática, eles só vão onde o vento levar.

Eles passam mais da metade do livro se movimentando sem ter um norte, conhecendo novos personagens, novos lugares, mas sem uma trama forte central, senão aquela de ajudar a protetora. Nada parecido com o primeiro livro, que tinha uma história muito bem construída para contra. A sensação que me deu, conforme eu ia lendo, era de um grande filler – para quem não sabe, termo que se refere a enrolação, algo que não vai agregar à história principal. Realmente senti falta de fatos mais decisivos, uma aventura mais real. Tudo parecia muito fácil e bastante clichê.

A parte boa do livro, além do início, foi o fim. As últimas 50 páginas, talvez, elevaram o nível do livro. Mas foi muito pouco para o que a história tinha a oferecer e, por isso, pareceu corrida, para encerrar logo o livro. Ou seja, até a parte boa saiu ruim neste livro. Sem dúvida alguma, acredito que o autor teria muito mais êxito neste segundo volume da série se enxugasse a primeira parte e esticasse a segunda. Teríamos uma aventura mais interessante para acompanhar e mais revelações para nos surpreender. Em resumo, teríamos história e não enrolação.

Mas é preciso ressaltar que no meio desta enrolação, em que o autor nos leva a visitar vários e vários lugares, que nem os peculiares conheciam, somos apresentados a novos personagens. A maioria deles, muito rapidamente, mas algum chegam para ficar. E agradam. Quanto ao personagens que já conhecemos do primeiro volume, a construção deles permanece a mesma. Digo, não houve equívoco do autor em manter aquela linha de raciocínio para determinado personagem. E como a continuação começa exatamente de onde parou o primeiro, não temos logo de cara um amadurecimento dos peculiares. Mas vemos isso ao longo das páginas.

Além disso, é preciso destacar que, apesar de se equivocar no desenvolvimento, o aturo permanece acertando na escrita. É rápida, bem feita e flui bastante. Mesmo o livro parecendo um grande filler, a leitura não é chata justamente porque a história criada por Riggs é, por si só, muito cativante e divertida. É uma livro com uma história simples, mas com vários significados e mensagens nas entrelinhas. Devo destacar também o excelente trabalho gráfico da Intrínseca, que caprichou demais na edição em capa dura, que traz consigo até uma jacket. Por ser de editoras diferentes, o segundo livro até consegue manter um padrão muito interessante em relação ao primeiro. Mas está, sem dúvida, muito mais cuidado e bonito. Vários detalhes internos chama a atenção.

Bem, para terminar, como disse, a reta final do livro eleva o nível e realmente deixa aquele gosto de quero mais, quero a continuação pra já. Biblioteca de Almas é o volume final da trilogia e promete ser tão grandioso e interessante quanto o primeiro, bem diferente deste segundo. Quero ler quanto antes. Nota três para Cidade dos Etéreos - que, no início, acreditei ser um lugar habitado por etéreos onde o personagens iriam parar, ledo engano.
Lucas 09/09/2016minha estante
filler?


Luan 09/09/2016minha estante
" sensação que me deu, conforme eu ia lendo, era de um grande filler - para quem não sabe, termo que se refere a enrolação, algo que não vai agregar à história principal. "


Lucas 09/09/2016minha estante
Biblioteca de almas é tiro porrada e bomba


Luan 16/09/2016minha estante
Tomara que seja mesmo, Luka




spoiler visualizar
Jean Felix 07/09/2016minha estante
com essa capa parece historia de espiritos kkk mais pelo visto nao é


Herbênia 07/09/2016minha estante
É da para pensar, mas não é.


Mikaele 11/09/2016minha estante
Meu desespero foi ter o primeiro capítulo do livro 3 no final, fiquei para morrer... após o almoço vou passar na livraria e ver se encontro, a ansiedade é tamanha que não vou conseguir comprar online e esperar chegar kkkkk
O enredo me surpreendeu ... apesar de em alguns momentos achar detalhado demais e um pouco arrastado, mas a história é maravilhosa, e super recomendo.




Gustavo.Nazario 22/10/2016

Muito bom
Adorei, bem mais dovertido que o primeiro
Benny Carvalho 22/10/2016minha estante
Já estou empolgado para a chegada dos meus e super hiper mega orgulhoso de comprá-los vendo que eles aparentam ser tão bem aceitos assim pelos amigos


Gustavo.Nazario 22/10/2016minha estante
Então, acho que qualquer pessoa que curtiu o primeiro, vai amar os outros dois. Pois o primeiro é bem parado, já essas continuações tem muita ação. Já que acontece em meio à segunda guerra mundial. Vou gravar um vídeo dizendo minha opinião sobre esses dois.


Benny Carvalho 22/10/2016minha estante
Estarei aguardando...




Bartolotto. 01/12/2016

Fiquei muuuuuuuuuito surpresa com o final do livro, muito mesmo, e adorei. :)
Lightwood 09/05/2017minha estante
Estou querendo ler essa história há um tempo, mas tenho muito medo kkkk. O primeiro é legal, mas não quero ler mais uma história coma as outras. Você acredita que esse livro difere do primeiro ou continua no mesmo trilho?


Lu 15/10/2017minha estante
Lightfoot, o livro é surpreendente!!




Douglas Lima 03/09/2016

Um pouco arrastado, mas melhor do que o primeiro
O problema que eu visualizei no primeiro livro não foi resolvido e provavelmente continuará no terceiro. Mas achei que os personagens foram melhor desenvolvidos nesse livro e que as características do mundo peculiar também foram mais exploradas.
Fernando Lafaiete 03/09/2016minha estante
Eu achei o primeiro livro bem fraco! Beirando a ruim. Continuarei lendo esta trilogia por curiosidade. Mas sem esperar que os livros sejam bons. Só espero que eles sejam pelo menos divertidos! Sua ressalva me fez lembrar que devo ler este livro sem expectativa! ;)


Douglas Lima 03/09/2016minha estante
Realmente.




spoiler visualizar
Alex Alan 10/07/2017minha estante
Eu também AMEI a parte dos animais peculiares. Os ciganos também são incríveis e os ajudam muito! Haha

Fiquei passado quando vi que a Senhora Peregrine era na verdade o Caul e morri de rir quando das crianças comentou:
- Essa é a Senhora Peregrine?

Como se não bastasse ele ter ficado pelado quase todo o final na frente daquelas "pobre crianças inocentes". Haha


Aline.Callai 14/07/2017minha estante
Foi muito legal né?
Ri muito nessa parte também, e me surpreendi muito como você haha




Neto 31/01/2017

Não tão legal como o primeiro
Esse aqui começou muito bem. Os três ou quatro capítulos iniciais são muito legais e se não me engano neles tem um daqueles contos peculiares, é bem interessante. Mas o longo da história percebe-se que é apenas um livro de conexão para a outra, última história talvez, faltou algo a mais. Alguns personagens são esquecidos na narrativa, como o Enoch e outros tornando tudo centralizado no principal, na Emma, no Millard e na Bronwin; mesmo que ao longo da história tão todos juntos. Ranson fez umas escolhas bem arriscadas aqui como incluir muitos outros personagens peculiares, a 3ª parte tem que ser muito boa mesmo pra ele ter incluído mais gente só por incluir. Até em sua parte final achei muito besta como escolheu terminar remeteu a outros YA e li o que ele falou (isso tá no livro mesmo) "Até o meio da história não tinha pensado naquele final". Como alguém inicia um livro e não sabe como quer terminar? E esse final... não deu. Meu hyoe diminuiu muito para o próximo livro.
Fernando Lafaiete 31/01/2017minha estante
Esta série realmente dividi muitas opiniões. Eu não gosto do primeiro e adoro este segundo. Mas conheço muita gente que assim como você, prefere o primeiro. O terceiro é bacana; espero que goste!


Neto 05/02/2017minha estante
É o que me incomodou mais foi nesse trajeto aparecer mais e mais personagens. Vou ler o 3º em breve.




Guilherme 30/06/2017

Intenso.
Preciso parar um pouco e respirar antes de escrever, isso porque acabo de terminar esta leitura, que me deixou, literalmente, sem fôlego.

Quando li o primeiro volume da série, disse que ele era um pouco aguado. As palavras exatas foram: "Este não é um livro intenso, de emoções fortes, mas de perfeita suavidade, como um suco de laranja". Foi exatamente para contrapor esta frase, que entitulei a resenha deste segundo volume com "intenso", pois ele quebra o paradigma de seu antecessor e nos arrasta numa corrida desesperada, cercada de perigos e loucuras.

Há duas guerras acontecendo: a "normal" (Eixo x Aliança) e a "sobrenatural" (etéreos e acólitos x peculaires). Nossos personagens estão exatamente no meio desses dois conflitos, numa hora sofrendo as lamúrias do primeiro, noutra do segundo, e às vezes de ambos simultâneamente! O autor faz questão de deixar claro o horror da situação, nos apresentando constantes cenários de morte, sangue e destruição. Tudo é muito chocante, muito condensado. Se o primeiro era um suco de laranja, este é um café forte.

Os dois maiores problemas livro anterior, isto é, a infantilização dos antagonistas, e a superficialidade dos personagens, foi resolvida com maestria. Nos deparamos com novos etéreos, mais fortes e desenvolvidos, com acólitos mais inteligentes e assustadores, e com personagens peculiares profundos e únicos. As personalidades e trejeitos se desenvolveram, revelando histórias por trás dos poderes e nomes. Além disso tudo, o autor parece que se volta para um público mais velho, trazendo conflietos e dilemas éticos seríssimos, que nos conduz a pensar o que realmente faríamos se fôssemos nós naquela situação.

No entanto, dois problemas novos se revelaram:
1º. O livro traz uma angústia ininterrupta. É como se Riggs segurasse firmemente seu coração, e o apertasse cada vez mais. O único "alívio" que encontramos é no romance de Jacob e Emma, mas são momentos tão rápidos, que se esvaem como fumaça no turbilhão de ansiedade, dor e aflição. Os personagens não comem ou dormem, e até os momentos "felizes", são embargados por pensamentos conflitantes do protagonista ou algo semelhante. Não há sequer um personagem "alívio-cômico".
2º. Duas das três melhores partes do livro anterior são o romance e as fotos. Neste, o relacionamento dos protagonistas é desnecessariamente abalado. As fotos, por sua vez, são mais escassas e, com exceção de algumas, bem menos interessantes.

Não obstante, Cidade dos Etéreos consegue ser tão bom quanto seu anterior. Não sei se é melhor, nem se dá para julgar isso, já que parece ter um estilo completamente diferente, ainda assim conseguimos ver claramente o desenvolver do autor enquanto criador de literatura. Seu crescimento é notável, também o crescimento da narrativa, que deixa de ser mediana e se torna muito mais interessante e cativante.

Sem mais, seguirei com ardente expectativa para o desfecho da saga, deixando minha recomendação à este excelente obra.
Alex Alan 10/07/2017minha estante
Já eu não gostei muito do romance... kkkk


Luzca 16/07/2017minha estante
Fiquei assim Também... Kkk' ?? - Muito Top




280 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |