Herdeiros do Trono

Herdeiros do Trono Elysanna Louzada




Resenhas - Herdeiros do Trono


35 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Janaina Vieira Writer 25/07/2013

A literatura brasileira ainda não tem tradição em fantasia. Justamente por isso li com grande satisfação esse livro, o primeiro de uma saga das mais interessantes!

É preciso muita criatividade para escrever uma boa história de fantasia, pois o risco de o escritor se perder em meio ao que criou é grande. Porém, a autora consegue, com muito louvor, escrever uma história que encanta desde a primeira página. Já na apresentação o leitor é convidado a conhecer Petra, um reino bastante heterogêneo em raças, estilos de vida, valores e hábitos cotidianos. Tudo em Petra é novo, sem paralelo com outros universos ficionais já criados. Por fim, a gente sente vontade de conhecer esse lugar tão incrível.

No entanto, a trama gira principalmente em torno de outras questões, cujas características podem muito bem ser comparadas ao mundo real que conhecemos, onde as diferenças, o preconceito, o abuso do forte sobre o fraco ainda são lamentavelmente tão comuns. Em Petra, isso também acontece, pois diferentes raças coexistem e nem sempre de forma pacífica.

Mas, dentre essas diferentes raças, uma se destaca acima de todas: a raça dos anões. Os anões constituem um momento à parte do livro, pois seu modo de vida, seus valores e organização poderiam fazer deles os autênticos soberanos de Petra, sem dúvida. Eu realmente me apaixonei pelos anões e adoraria conhecer sua belíssima cidade!

Os protagonistas - Pedro, Isabel, Tommy e Eloise - são muito bem desenvolvidos e suas aventuras nos fazem viajar junto com eles o tempo todo. Eu até já tenho a minha própria torcida a respeito de um triângulo amoroso muito especial que é delineado nesse primeiro volume. Espero realmente que a autora conduza a história para onde eu, leitora, gostaria... Será que ela vai fazer isso? Bem, eu adorei Arnon, é só o que posso dizer sem fazer spoiler...

"Herdeiros do Trono" é um excelente trabalho, onde a imaginação e o talento se combinam para tornar o nosso prazer de ler ainda melhor!

Recomendadíssimo! E que linda capa!
ElysannaLouzada 26/07/2013minha estante
Obrigada, Jana, pelo carinho e pela linda e cativante resenha.


Michelli 08/09/2013minha estante
Maravilhoso.....adorei....estou esperando o próximo volume... tenho certeza de que todos que conhecerem o livro ficarão apaixonados.... Parabéns Elysanna!!


ElysannaLouzada 09/09/2013minha estante
Estou muito feliz que tenha gostado, Michelli. Obrigada pela menção. Grande abraço :)


Fael 18/11/2020minha estante
Eu sou novo no app, como q eu leio os livros? ?


Janaina Vieira Writer 27/11/2020minha estante
Oi, Fael. Tudo bem? Desculpe-me, não entro aqui há alguns dias. Não entendi a sua dúvida.




Ronald 10/01/2014

Quando resolvi ler Herdeiros do Trono, confesso que estava preparado para ler algo similar com A GUERRA DOS TRONOS (George R. R. Martin), uma história de missões, reis, rainhas, guerras e cavalaria. Mas, fui eu, quem caiu do cavalo, a narrativa me surpreendeu, por ser de excelente qualidade e com história oposta do que pensei. O livro é uma aventura emocionante de quatro corajosos adolescentes, Eloise, Tommy, Isabel e Pedro, que buscam respostas relacionadas aos enigmas de suas vidas e de seu povo, um destino de escolhas e fé.
Confesso também, que minha personagem preferida não era a queridinha Eloise, e sim a destemida e habilidosa Isabel, todas as falas dela me encantam. Mas, gostei muito do quarteto formado pelos dois casais de irmãos, cada um com sua personalidade marcante, bravos guerreiros, que somaram respectivamente a história. Os anões também são personagens interessantes por suas engenharias, habilidades e ensinamentos. Mas, toda boa história precisa de um vilão a altura dos mocinhos, neste caso uma vilã, Elga Belmont, é a rainha má e sanguinária que sustenta a narrativa.
Ah, vale ressaltar que o mundo criado pela autora, Petra, é espetacular. A autora conseguiu de forma presunçosa e magnífica, contornar todos os lugares do Reino Unido de Petra, cada lugar desde o Cabeça de Búfalo, até as Terra dos anões, foram construídas delicadamente nas linhas do livro. Nota-se uma analogia bem marcante do mundo fantástico da história com as histórias bíblicas. O livro discute política, a guerra de mestiços e gazares, que acentuam esse Q de embates na narrativa.
O livro é para quem gosta de aventura, guerra, conflitos, reis, rainhas, anões, lutas e principalmente amor, porque os romances deixam a narrativa mais delicada. Adoro o triangulo amoroso envolvendo Eloise ( não darei SPOILERS com quem), com certeza foi uma das partes que eu mais gostei. Em geral, o livro é para todo tipo de público, é para quem
gosta de ler. Ah, por último, parabéns a autora por dividir as partes do livro, com Adélia Prado e Fernando Pessoa, esses são inspiradores.


site: http://entrelinhaseafins.blogspot.com.br/
ElysannaLouzada 11/01/2014minha estante
Amei sua resenha. Muito feliz que tenha gostado do primeiro livro da saga.




LAPLACE 10/10/2013

Herdeiros do Trono - Elysanna Louzada
Herdeiros do Trono foi o livro que eu mais ansiei ler esse ano. A menor novidade revelada era um presente, e quando a obra foi publicada ainda conseguiu superar minhas altas expectativas. Foi um desses livros que você quer ler constantemente, mas também não quer que acabe logo.

A trama - misteriosa, envolvente e que a cada página vai tomando proporções cada vez mais surpreendentes - é ambientada em um cenário político e social muito bem descrito pela Elysanna Louzada, e que pode ser associado facilmente aos dias atuais. A autora trabalha com maestria ao retratar nossa realidade em sua obra de ficção.

Elysanna soube dosar bem os conflitos e momentos do texto, permitindo que a leitura flua como um barco a vela guiado pelo vento, fazendo com que o leitor apenas desfrute do passeio a cada capítulo.

A literatura fantástica está vivendo um ótimo momento em nosso país, ganhando cada vez mais espaço com grandes nomes que estão mostrando que podemos produzir material de qualidade, e não apenas importar de outros países. E não há dúvidas de que Elysanna Louzada é uma dessas apostas que irá deixar um marco na literatura brasileira.
ElysannaLouzada 11/10/2013minha estante
Estou no céu com essa resenha.


ElysannaLouzada 11/10/2013minha estante
Que lindo, Laplace. Uma opinião dessas deixa qualquer escritor nas nuvens. Obrigada.
ElysannaLouzada


ElysannaLouzada 11/10/2013minha estante
Uma resenha como essa é para deixar qualquer autor orgulhoso. Obrigada.




Acad. Literária 13/03/2014

RESENHA - Herdeiros do Trono
Post originário do blog Academia Literária DF

Petra é um mundo onde habitam homens e anões, duas raças irmãs moldadas pelo Deus Criador a partir do barro. Formada por doze reinos unidos, Petra deveria ser governada, desde sua criação, por um Rei e uma Rainha sob os preceitos da justiça, amor e obediência às Leis da Criação. Enquanto assim fosse, haveria paz. Mas a sede pelo poder e a ambição corromperam o coração da Primeira Rainha e houve guerra. O Primeiro Rei e seus cavaleiros a derrotaram. A Espada do Rei tornou-se sagrada e aos descentes do soberano foi dada a herança: seriam os legítimos herdeiros do trono do Reino Unido de Petra. Milênios depois, as façanhas do Primeiro Rei e seus sagrados cavaleiros tornou-se lenda. Muito da história foi esquecida e tomada como fábula, mas uma regra permaneceu intacta: ainda que herdeiro legítimo, todo rei e rainha de Petra deveriam sagrar-se cavaleiro e amazona pela milenar Academia de Cavaleiros. Os gêmeos Pedro e Eloise Pontes e os irmãos Tommy e Isabel Fernadez estão prestes a concluir seus estudos na Escola Preparatória de Tamísia – cidade do reino de Gazara onde moram. Com exceção de Tommy, jovem pugilista que considera a cavalaria uma grande bobagem e sonha partir em direção ao perigoso Triângulo de Zarthan, os outros três jovens amigos de infância praticam e praticam a fim de participar do Torneio da Bravura – seletiva para a Academia – após a formatura. Mas a descoberta de um segredo, guardado e protegido não apenas por suas famílias, como também por pessoas outrora poderosas e influentes, trará uma luz sobre o passado nebuloso do quarteto de amigos e sobre suas origens. E no encalço desse segredo, os quatro jovens partirão rumo à Terra dos Anões, o Gândara, para descobrirem sobre quem são e quais seus papeis na história de Petra. E irão descobrir sobre a Ordem, a Arca e os Cavaleiros da Aliança. E irão descobrir sobre a ligação entre a rainha Elba – mãe do atual soberano de Petra – e o espírito maligno da Primeira Rainha. E irão descobrir sobre a guerra iminente...
Os primeiros momentos da história criada e narrada por Elysanna Louzada apresentam o quarteto de amigos e suas vidas simples de estudantes mestiços e pobres numa escola e numa cidade marcada pela xenofobia. Enquanto Tommy só pensa em pugilismo e dedica algum tempo do seu dia para ajudar nas tarefas da taberna de seu pai; Isabel e Eloise estão engajadas em questões politicas e raciais, fazendo panfletagem clandestina sobre os direitos dos estrangeiros e mestiços em Gazara e ainda encontrando disposição para auxiliar a mãe dos gêmeos em seu consultório médico; já Pedro divide seu tempo entre o trabalho no estábulo da empresa de coches de aluguel e os treinos para o Torneio que se aproxima. Os conflitos e problemas de suas vidas corriqueiras são postos em segundo plano com a descoberta do segredo a muito guardado. A partir de então o quarteto embarca numa jornada perigosa para esclarecer toda a história. Ainda que o próprio título do livro já ofereça pistas do que se trata o segredo, não é esta revelação em si o mote principal da história. Ela é apenas a ignição para tudo o que ocorre a seguir. E a trama, que em um primeiro momento se delineava como um relato de torneios e cavalaria, ganha novos elementos tais como magia, filosofia e artes marciais tornando-se mais rica e instigadora. E como toda boa história, também não poderia faltar uma dose de romance. A conhecida fórmula do embate entre o Bem e o Mal se faz presente, bem como a noção de direito legítimo e destino. É ainda possível notar um traço tênue da influência do clássico “O Senhor dos Anéis”.



Algo que chama a atenção em “Herdeiros do Trono – Vol. I” é a inserção de elementos religiosos na trama. As referências ao Deus Criador, ao Primeiro Rei e à Primeira Rainha, à violação da Rainha ao Vale Sagrado, à Arca da Aliança, ao livro conhecido como Testamento dos Primeiros Cavaleiros são claramente inspiradas nos relatos bíblicos. A autora traz para sua história elementos simbólicos de fé e justiça pautados na fé real de grande parta da população mundial, o cristianismo. Mas engana-se quem julga tratar-se de um texto de pretensões religiosas. Assim como vez C. S. Lewies em “Nárnia”, a autora valeu-se de algo em que acredita para ser o fio condutor de uma trama alegórica primorosamente bem estruturada.
“Herdeiros do Trono – Vol. I” é narrado em 3ª pessoa com narrador observador. Em um primeiro momento, o foco da trama se concentra em apresentar o quarteto protagonista e delinear suas personalidades – bem singulares entre si – e a relação construída entre eles. Num segundo momento da trama – após a partida deles de Tamísia em busca de respostas – a narrativa toma fôlego e torna-se mais dinâmica. A linguagem empregada no texto é simples e beira o coloquial. O texto é dividido em capítulos sem títulos, apenas numerados. A formatação do livro é simples, porém objetiva e precisa, assim como devem ser os cavaleiros. O desenho da pequena espada abaixo da numeração de página é um cuidado que vale destacar. Alguns poucos erros de revisão estão presentes, mas não chegam a comprometer a leitura. Por se tratar de uma série, este primeiro volume concentrou-se especialmente em preparar os personagens para os acontecimentos vindouros, tanto fisicamente quando historicamente. Para o leitor, este volume se propôs a delinear o panorama geral da história e apresentar os elementos chaves do enredo. Desse modo, o livro mostrou-se mais recheado de explicações que ação, sendo esta concentrada principalmente nos treinos e nos dois grandes conflitos narrados. Entretanto, ao que tudo indica, muita ação e dinamismo esta por vir no próximo volume da série. E para aqueles que entraram em sintonia com o perigo que ronda o mundo de Petra e os quatro jovens amigos, a história parece prometer fortes emoções.
A história da série “Herdeiros do Trono” é apresentada por Elysanna Louzada. Capixaba moradora de Vargem Alta (sul do Espírito Santo), formada em Língua Portuguesa e Literatura Brasileira e Inglês, Elysanna é também esposa e mãe de dois filhos. Determinada e perfeccionista – conforme ela mesma se define – foi professora, escreveu um livro infantil e participou de uma coletânea de contos. Com essa trilogia, a escritora volta seus olhos, sua criatividade e imaginação ao universo da fantasia medieval, tarefa na qual se mostra muito habilidosa. Voltado para um público juvenil e adulto, “Herdeiros do Trono” é uma história para quem aprecia algo mais que uma simples narrativa épica de cavaleiros e guerras. É uma história para aqueles que se deleitam com pitadas de realidade entremeadas pela ficção.


site: http://goo.gl/B2QO6z
comentários(0)comente



cotonho72 05/11/2013

Ótimo!!!
Nesse livro temos quatro protagonistas, os irmãos gêmeos Pedro e Eloise Pontes e os irmãos Tomás (ou Tommy) e Isabel Fernandez, que vivem no mundo de Petra, ali existem doze reinos, constituindo o Reino Unido que é governado por um único rei, onde os requisitos para os seus governantes são justiça, amor e obediência as leis da criação.
Milênios se passaram e eles e as leis da criação já não são mais a mesma, pois em um tempo remoto uma guerra abalou esses pilares e a única coisa que resistiu inabalável durante milênios foi a Academia de Cavaleiros, uma escola militar que selecionava os mais bravos jovens para servir aos reis e rainhas de Petra.
Pedro, Eloise e Isabel sonhavam em estudar nessa academia e estavam se empenhado para que esse sonho se realizasse, mas Tommy, um exímio lutador, não dava à mínima, pois uma mágoa corroía seu coração. Mas as questões raciais e políticas que ocorriam no Reino Unido eram grandes, distinções entre gazares e mestiços era puramente étnica e começavam a atrapalhar o sonho desses jovens.
Por causa de uma confusão que seu irmão e Tommy se meteram, Eloise entrou no quarto de sua mãe, Laura, e encontrou um livro antigo que há deixou um pouco perturbada, pois revelava o passado da sua mãe de dezoito anos atrás e numa noite, quando Pedro retornara do trabalho, ele sem ser percebido, escutou uma conversa da sua mãe com os anões, Rash e Onur, que o deixou completamente abalado e desnorteado.
Dias depois de ler uma carta de despedida de Laura, Pedro, Eloise, Tommy e Isabel decidiram viajar para Gândara em busca de respostas que mudariam para sempre as suas vidas e revelariam segredos inimagináveis, mas essa aventura não seria das mais fáceis e suas vidas correriam muito perigo.
A autora Elysanna Louzada, consegue nesse livro de fantasia nos envolver numa bela trama, terras distantes, lugares fantásticos e seres poderosos e surpreendentes como os anões, na luta entre o bem eo mal, aventura, suspense, amor e muitas batalhas.
Questões sociais que ocorrem no nosso dia a dia, preconceitos e valores também são abordados aqui, referencias da Bíblia são citadas de uma maneira sutil, fazendo-nos lembrar que acima de todas as coisas tem um Deus criador, a leitura flui bem e quando vemos já se foram várias páginas, esse ótimo livro é uma grata surpresa que recomendo a todos que apreciam a literatura fantástica.

site: devoradordeletras.blogspot.com.br
ElysannaLouzada 05/11/2013minha estante
Obrigada pela resenha. Gostei muito.


cotonho72 05/11/2013minha estante
Eu que agradeço e oportunidade de ler esse belo livro....abraços.




Olivia 11/07/2014

O início da era da fantasia na literatura brasileira!
Eu comecei a ler o livro por acaso nas férias sem ter ouvido nada sobre ele antes, gostei da introdução e como sou apaixonada por fantasia, resolvi ler. Lá pela página 60 eu fiquei curiosa sobre o autor e não acreditei que era um autora brasileira! Realmente fiquei empolgada! Não sou fã de dos gêneros brasileiros e quando vi que tinha uma autora escrevendo fantasia, realmente fiquei feliz!
A história se desenrola no mundo criado pela autora chamado Reino Unido de Petra, numa fase de péssimo governo da monarquia, marcada pela desigualdade social, intolerância étnica, ganância e injustiça. Os personagens principais são os irmãos gêmeos Eloise e Pedro e seus melhores amigos, os também irmãos Isabel e Tommy. Até então os personagens faziam parte da população mestiça (e rebaixada) de Tamísia, um dos reinos de Petra, mas acabam encontrando indícios de que sabem menos de suas próprias histórias do que imaginavam e resolvem ir em busca de respostas. Os quatro aventureiros partem numa jornada sem volta que mudará suas vidas por completo e provavelmente as vidas de todo um Reino.
As referências utilizadas ficam bem claras pra quem já leu os principais clássicos da Fantasia Internacional. A forma de construção da história lembra muito como C.S. Lewis desenvolveu As Crônicas de Nárnia, as buscas e aventuras dos nossos queridos personagens de Harry Potter e até o famoso triângulo amoroso de Stephenie Meyer. Mas digo todas essas referências como um grande elogio. Nada foi copiado. Elysanna Louzada conseguiu reunir características de diversos clássicos às suas próprias ideias criando um mundo novo, histórias e personagens cativantes.

Notas pessoais ---ALERTA DE SPOILLER---

Senti falta de uma descrição física mais detalhadas dos personagens. Até agora não sei como imaginar Isabel, mesmo sendo uma das minhas personagens favoritas.
Outra coisa que me incomodou muito foi a falta de narração sobre o que a protagonista Eloise pensa sobre a própria vida sentimental. Em nenhum, NENHUM momento são narrados os sentimentos da mocinha que faz parte do triangulo amoroso, enquanto sabemos verdadeiramente que os dois rapazes a amam. Na verdade pelas poucas atitudes dela, percebe-se uma grande amizade por Tommy (amizade e apenas isso) e um feeling a mais por Arnon, um ar de mistério. Mas quando Tommy se declara e a beija ela aceita como uma boneca sem vida e sem opinião e mais a frente aparenta um pouco a mais de interesse chegando a dizer que o ama! Mas nunca pensando em nenhum momento em seus sentimentos, tampouco os confidenciando a alguém.
Mas tirando esses detalhes a história realmente é excelente e eu já estou ansiosa para ler a continuação! =D
comentários(0)comente



Lulu 17/08/2014

Leitura incrível
Minhas reações lendo essa incrível, espetacular e surpreendente trilogia!! Sem falar que meus lindos livros foram autografados com lindas mensagens Gente a história é incrível estou apaixonada por Pedro, Tomy, Elo e Isabel!!! A @elysannalouzada fez uma história incrivelmente arrebatadora quando comecei a ler o livro não consegui mas parar, o romance entre Elo e Tomy foi perfeito, mais o de Pedro e Isabel foi uma jogada de mestre, eles se encaixam tão perfeitamente bem, nossa o que posso falar além de que estou aguardando anciosa pelo próximo livro e que espero ainda mais surpresas que me façam suspirar e me assustar ou mesmo ter medo junto com os personagens?! @elysannalouzada parabéns vc mostrou que a literatura brasileira pode ser melhor que a estrangeira #herdeirosdotrono #circulodefogo #amolivros #livrosperfeitos #trilogiaincrivel #vemprabrasiliaelysannalouzada
comentários(0)comente



Lara Duarte 15/12/2013

Herdeiros do Trono
O Pai criador moldou o mundo de Petra a partir da energia cósmica do universo, os seres humanos então se espalharam por Petra e fundaram doze tribos interdependentes, unidas por um único rei e uma única rainha, que governavam e cumpriam a Lei máxima:

"Todas as raças são iguais diante da lei porque todas foram criadas por um único Deus Criador"

Por muito tempo Petra foi um lugar de Paz, governada com justiça, amor e respeito, mas as leis foram violadas e ocorreu uma guerra civil gerada pela Primeira Rainha. Após muitas mortes, a rainha foi derrotada, mas depois do ocorrido Petra nunca mais foi a mesma e a igualdade é algo que não existe mais.

"...as vezes é impossível impedir que coisas ruins aconteçam conosco ou com aqueles que amamos. Mas o sofrimento marca, ele não mata. Pode ser cruel ouvir isso agora, mas devemos incorporar essas marcas e nos fortalecer com elas. Se você está viva hoje, é por que está mais forte do que ontem."

Atualmente, há uma grande divisão de classes, e no reino de Gazara isso é constante, pois os gazares não fazem questão de esconder seu preconceito, fazendo de tudo para separar os mestiços da sociedade. Lá, vivem os gêmeos Pedro e Eloise, e os irmãos Isabel e Tommy, os quatro são amigos inseparáveis e sofrem esse preconceito pois são considerados mestiços.

Os amigos, com exceção de Tommy, sonham em ir para a Academia de Cavaleiros, uma escola militar que seleciona os mais bravos jovens para servir aos reis e rainhas de Petra.

Mas o destino faz com que a vida dos quatro mude completamente, eles descobrem que suas vidas não é nada do que imaginavam e que nunca voltará a ser como antes, pois agora possuem uma grande responsabilidade que mudará o destino de Petra.


"...quanto mais tememos uma coisa, mais ela se torna real. Quando nossas ações são guiadas pelo temor de um acontecimento, em vez de evitá-lo, acabamos por atraí-lo."

Essa foi uma leitura simplesmente maravilhosa! Agradeço muito a autora por ter me proporcionado momentos repletos de aventura e amor com Herdeiros do Trono! A trama é perfeita, criativa e muito bem construída.

Os personagens são ótimos, os principais são queridos, amigos e donos de uma personalidade forte e inabalável. A autora os construiu de forma que nenhum apagasse o brilho do outro, os quatro possuem características que os tornam únicos, mas juntos se completam, e eu adorei todos. Os secundários também são inesquecíveis, impossível citar um por um e descrever o quanto são importantes para a trama.

Me encantei ainda com os cenários descritos no livro, principalmente com a Terra dos Anões, lugar mágico, onde a sabedoria, o respeito e a justiça são os requisitos do lugar.

Além de toda a aventura e fantasia de Herdeiros do Trono, Elysanna também aborda questões relacionadas ao preconceito e aponta de maneira sutil a importância da Fé no Deus Criador. Gostei muito disso e também dos diálogos dos personagens, que me fizeram refletir bastante.

O livro também possui muito amor, um amor extremamente forte, maior que tudo, e que é muito lindo, fiquei torcendo o livro inteiro para que tudo desse certo para o casal e ainda torço.

Bom, agora vou ficando por aqui, com uma vontade enorme de ler a continuação. E recomendo com certeza esse livro. Leiam e descubram os mistérios e aventuras de Petra, com Herdeiros do Trono!!!

site: http://www.magialiteraria.com/2013/12/herdeiros-do-trono-elysanna-louzada.html
comentários(0)comente



Jéssica R. 18/03/2014

Sabe aquele livro que quando você começar a ler não da vontade de fazer mais nada? Aquele que se possível só pararia quando terminasse a ultima página? Assim é Herdeiros do Trono. Escrito pela capixaba Elysanna Louzada (minha conterrânea. Que orgulho!!!).

Além de ser uma história recheada de mistérios, aventuras e amores o livro possui uma escrita maravilhosa dando a sensação de estarmos assistindo um filme. A história acontece no reino de Petra, que apesar de ser fictício é muito parecido com a nossa sociedade. Há uma grande divisão étnica entre os gazares e os mestiços, a onda de preconceito acaba invadindo o reino e refletindo nos nossos protagonistas. Os gêmeos Pedro e Eloise, e os irmãos Isabel e Tommy, os quatro amigos inseparáveis.

Os personagens possuem personalidades muito próprias, sendo este mais um ponto positivo do livro, a autora consegue delinear tão bem cada personagem que não precisamos parar para saber quem está falando. No geral gostei de todos, mas... A senhorita Eloise é de longe a minha favorita (♥), o lado político dela me lembrou a mim mesma e assim criamos uma afinidade muito boa (Haha) e acredito que ela irá nos surpreender muito no próximo volume. Há outros personagens como Laura Pontes, mãe de Pedro e Eloise e os pais de Isabel e Tommy, Beatriz e Diogo Fernandez. E os meus novos anões favoritos (Tyrion ainda te amo) Rash e Onur, e o charmoso e encantador Arnon. Sem esquecer a vilã Elga Belmont. Não posso deixar de comentar as cenas de luta que são um show, com descrições detalhadas dos movimentos e das armas usada por cada personagem.

Bom, o livro é incrível, tão incrível que fui dormir quase às quatro da manhã de tanta ansiedade. Herdeiros do Trono é uma combinação de talento, dedicação e amor por nós leitores. O único ponto negativo que encontrei foi em relação à edição do livro, com uma quantidade ate muito grande de erros, mas nada que atrapalhasse a leitura. Chega! Mais um pouco eu conto o livro todo.


site: http://lilianejessica.blogspot.com.br/2014/03/herdeiros-do-trono-todas-as-racas-sao.html#more
comentários(0)comente



Cristiane 01/04/2014

Herdeiros do Trono
“A eles foi dito que enquanto os descendentes do Primeiro Rei, os legítimos herdeiros do trono, governassem Petra, a unidade entre os doze reinos seria mantida. Esses cavaleiros também foram advertidos que, uma vez que o coração humano sucumbira ao mal, ele sempre vagaria por Petra.”
(Herdeiros do Trono – Elysanna Louzada)

É difícil dimensionar um livro tão completo em poucas palavras. Herdeiros do Trono vol. 1, é uma história que contém aventura, suspense, romance, um mundo diferente e ao mesmo tempo parecido com o nosso, pessoas ruins e preconceituosas que abusam do poder e fazem de tudo para consegui-lo, e quatro jovens determinados a mudarem o curso de suas vidas.
Pedro e Eloise são irmãos, assim como Tommy e Isabel. Os quatro estudam juntos e se preparam para o futuro enquanto terminam a escola preparatória de Tamísia. Eles fazem parte dos mestiços, que são os imigrantes rechaçados pelo povo Gazar, que se coloca em uma posição superior por possuírem uma casta pura. A violência e a injustiça predominam contra aquelas pessoas simples de Tamísia e os jovens lutam para reverter aquele quadro.
Eles não sabem, mas algo maior do que tudo o que já imaginaram os espera.
Tommy é o único dos quatro que não sonha em ser cavaleiro. Mesmo assim, a poucos dias da seleção para o Torneio da Cavalaria, fica sabendo que Eloise, a amiga por quem é secretamente apaixonado, o inscreveu sem a sua permissão.
Eloise é perseguida por Estéfano Talmai, filho inescrupuloso do primeiro ministro que faz de tudo para tê-la. Certo dia, enquanto volta de um beco onde imprimira panfletos contra o preconceito com os mestiços, o Gazar a cerca com seu grupo de amigos. Neste momento, surge um guerreiro encapuzado que a salva, lutando e dominando os sujeitos sem grande esforço. Ela sente que conhece aquele homem misterioso, mas ele não lhe diz muito a respeito da sua pessoa.
Um certo dia, enquanto Pedro e Tomy vão parar na delegacia devido a uma armação de Estéfano para chantagear Eloise, a jovem procura a certidão do irmão para levá-la à delegacia e ao mexer nos documentos descobre um diário antigo da mãe, juntamente de uma foto que a faz perceber que Laura guarda um grande segredo dos filhos. Sem pensar duas vezes, Eloise abre o diário e o lê.
Pouco tempo depois, Pedro vê a mãe em companhia de pessoas estranhas, entre elas, dois anões, e no fim do mesmo dia, ao chegar em casa, antes de entrar, presencia uma discussão que envolve ele e a irmã, onde alguém diz que eles precisam ser levados até os irmãos Amyr, na Península do Gândara. Laura viaja antes que os filhos possam confrontá-la, assim como Diogo e Beatriz.
Juntando as poucas peças do segredo que também envolvem Tommy e Isabel, os quatro partem para o Gândara a fim de buscarem as respostas para suas dúvidas.
É dado início a uma aventura repleta de perigos e aprendizado, onde os jovens vão descobrir não apenas de onde vieram, mas para onde deverão ir dali em diante. Mistérios serão revelados, o amor começará a tomar forma e a força de cada um será testada ao extremo.
O primeiro volume de Herdeiros do Trono é, sem dúvida, um excelente começo de uma trilogia inesquecível.

Quote 1:
“Quando cultivamos a dor por muito tempo, ela se incorpora de tal maneira que acaba se transformando em um tumor, que acaba com a sua vida de maneira lenta e traiçoeira.”
Quote2:
“Olha, não precisa dizer nada... só queria que entendesse que você é tudo o que importa para mim. Então eu vou ficar porque simplesmente não dá para respirar se eu estiver longe de você.”
comentários(0)comente



Camilla 06/11/2013

Resenha postada no blog Segredos e Sussurros entre Livros
Herdeiros do Trono, primeiro livro de uma série nacional, foi uma surpresa e tanto. Visitando a Bienal do Livro em Vitória, conheci a autora Elysanna Louzada, que estava autografando os exemplares, com direito a foto com os personagens e tudo. Digo que foi uma surpresa por várias razões. Já estava indo embora quando resolvi ver do que se tratava a história do livro e acabei me interessando bastante. Depois de levar meu exemplar autografado, conhecer um pouquinho a autora e tirar algumas fotos com ela e seus personagens, sabia que, apesar de ansiosa pela leitura, não poderia ler tão cedo, já que estava cheia de leituras e outras coisas programadas. Apesar disso, acabei passando o livro na frente de outros e terminando em poucos dias. O livro foi publicado pela Ases da Literatura.
Não sei se é ignorância minha ou se, realmente, existem poucos livros nacionais de fantasia. Não conheço muitos, mas se existe um bom exemplo do gênero, este é Herdeiros do Trono. Não preciso compará-lo com outras obras que seguem o estilo, mas se pudesse citar alguns títulos que visualizei durante a leitura, estes seriam Harry Potter e As Crônicas de Nárnia. Não, o livro nacional não tem nada a ver com estes que citei, apenas provocou o mesmo sentimento que tenho toda vez que leio algo assim.
Antes de tudo, Herdeiros do Trono é um livro que deve agradar a meninos e meninas. Mistério, aventura, tensão e romance mesclam a maravilhosa história de um reino e mundo diferentes. Narrado em terceira pessoa, a história abrange o contexto de Petra, embora seu foco esteja nos quatro personagens principais. A fantasia fica por conta das lendas e verdades a respeito da criação de Petra e seus reinos, assim como as consequências do mau uso de forças sobrenaturais.
Pedro e Eloise são irmãos gêmeos e inseparáveis dos amigos, também irmãos, Isabel e Tommy. O grupo está prestes a terminar os estudos e já tem um objetivo: ir para a Academia de Cavaleiros. Na verdade, Tommy é o único que não tem interesse algum, já que prefere o pugilismo à esgrima, dentre outras coisas que o distanciam de ser um cavaleiro. De qualquer forma, seus caminhos são alterados assim que descobrem uma verdade escondida há muito tempo. Na ânsia de saberem quem são de verdade, os quatro amigos enfrentam uma jornada perigosa que os leva, não só ao conhecimento, mas também à dor.
Os personagens são carismáticos, cada um à sua maneira. Tommy quase parece o típico machão, mas logo conseguimos enxergar seu coração, que aliás já tem dona. Pedro não deixou transparecer muito de sua consciência neste livro, apesar de sua personalidade ter peculiaridades muito especiais, como um dom de entender certos seres (gostei muito desse dom e Pedro já é meu preferido neste livro). Espero que tenhamos mais dele no próximo livro. Eloise é a garota de ouro, do início ao fim. Cheia de ideais e coragem, poderia ter se tornado um pouco chata, como a maioria das protagonistas, mas não, suas atitudes são sempre levadas muito a sério. Já Isabel, assim como Pedro, demonstrou de si apenas o necessário, um pouco menos do que eu gostaria. Sua coragem, agilidade e senso de proteção são muito marcantes, mas senti falta de um detalhe (românticos de plantão entenderão, rs).
O cenário não possui características desconhecidas, embora seja de outro mundo. O mistério acerca do passado de alguns personagens é um detalhe forte na trama, mas o clima de conspiração, traição e novos aliados é o que prende o leitor. Ainda que pareça que temos consciência de tudo o que acontece ao redor, a narração não emite todos os detalhes, deixando-nos boas surpresas. De qualquer forma, a escrita de Elysanna é tão coerente e criativa que minhas expectativas para a sequência estão bem altas. Gostei tanto da proposta e da história em si que já considero Herdeiros do Trono um dos melhores livros de ficção nacionais que já li.

Gostaria de contar tudo sobre o livro, mas terei que me contentar em citar apenas alguns quotes que achei mais marcantes.

leia mais em:

site: http://ssentrelivros.blogspot.com.br/
ElysannaLouzada 06/11/2013minha estante
Ahhhhh... que resenha linda. Perfeita.




Diego de França 13/05/2014

Uma aventura épica
Resenha publicada no blog Leitor Sagaz

Hoje trago para vocês a resenha do livro Herdeiros do Trono, livro cedido em parceria com a autora Elysanna Louzada. Uma história épica que me prendeu do início ao fim, confiram os detalhes:

Devo confessar que este livro me conquistou pelo prólogo, logo de início senti que seria uma leitura agradável e que se encaixaria perfeitamente bem em meu estilo literário. Vemos perfeitamente que alguns preceitos bíblicos são o alicerce deste enredo, como por exemplo aqui:

"No início era o nada. E do vazio o Criador concebeu a vida. Da energia cósmica do universo, Petra foi moldada. Doze reinos nasceram para serem governados por um único rei e uma única rainha. Justiça, amor e obediência às Leis da Criação - esses seriam os requisitos necessários aos governantes do Reino Unido, e enquanto essas virtudes permanecessem intactas, Petra seria um lugar de paz."


Claro que assim como a história bíblica, Petra não viveu muito tempo em paz, a primeira rainha era gananciosa demais e queria o poder e conhecimento apenas para ela. O grande rei batalhou e derrotou sua rainha, o Criador teve compaixão e deixou que homens e anões vivessem em paz, a espada que derrotou a rainha foi guardada em uma arca denominada Arca da Aliança, homens e anões juraram proteger Petra e guardar o conteúdo da arca, pois todos sabiam que o mal um dia poderia retornar.

Séculos se passaram e a tradição de que para ser rei, o mesmo deveria se tonar cavaleiro, nomeado pela Academia de Cavaleiros, única escola de toda a Petra que tem esse poder, uma instituição que atravessou o tempo e se manteve firme. O reino de Petra tem aquele toque medieval, arquitetura as vezes arcaica mas com alguma coisa de século XXI.

Entendido a base do reino e de como funciona a hierarquia vou agora lhes apresentar os personagens principais e dizer o que eu achei da leitura deste livro, não quero me aprender ao enredo e sim as sensações que o livro nos proporciona.

Pedro e Eloise (Elo) são os gêmeos e descendentes do rei de Petra, Tomás (Tommy) e Isabel (Bel) são irmão e amigos inseparáveis de Pedro e Elo, esses quatro são um grupo muito interessante. Cada um deles tem sua personalidade bem definida, são jovens e irão cometer erros pelo caminho mas sempre tentarão melhorar.

Os quatro estudam juntos na escola preparatória de Tamísia, o reino está uma confusão! O povo considerado mestiço é fortemente atacado pelo povo Gazar, aqueles que se dizem de raça pura não querem se misturar com os imigrantes. Em meio a todo esse caos social, Pedro, Elo e Bel querem se tonar cavaleiros e estudam com afinco e se preparam para o dia do Torneio da Cavalaria, Tommy é o único que almeja uma vida de paz e sem muitas responsabilidades.

Por um acaso do destino Elo vai descobrir todo o segredo de sua mãe, isso é um acontecimento avassalador, nunca ela teria imaginado que seriam herdeiros legítimos do trono de Petra. Não se preocupem que isso não é um spoiler, pois o foco principal e entender o porque deste segredo, como ele foi guardado e o que acontecerá a partir de agora.

Como é difícil falarmos de um livro que gostamos, eu não quero entregar a história para vocês!

Ao mesmo tempo o clima social em Tamísia fica muito complicado, mestiços são espancados e afugentados da escola preparatória, roubos, sequestros, realmente Petra clama pelo seu rei de direito.

Ao descobrirem o segredo os amigos partem rumo a terra dos anões, eles precisam de respostas e é lá que eles irão acha-las. A jornada é muito perigosa, eles nunca tinham se aventurado nestas terras. Garanto a você amigo leitor, que você irá passar por momentos de aflição durante esta viagem.

Após chegarem as terra dos anões, eles irão ter todas as respostas que eles tanto procuravam, irão conhecer a Aliança e então entenderão que o reino todo corre perigo, a Primeira Rainha está de volta e quer dominar tudo, como ela voltou? Isso você terá que descobrir lendo o livro.

O treinamento que estes jovens irão fazer é super intenso, cada um vai mostrar suas habilidades, Tommy já é um exímio boxeador e adora lutar, Pedro, Elo e Bel irão aos poucos descobrir suas habilidades e armas. Para alegrar vocês digo que há um romance inserido neste grupo, claro que não irei contar!

"- Isabel, as vezes é impossível impedir que coisas ruins aconteçam conosco ou com aqueles que amamos.Mas o sofrimento marca, ele não mata. Pode parecer cruel ouvir isso agora, mas devemos incorporar essas marcas e nos fortalecer com elas. Se você está viva hoje, é porque está mais forte do que ontem."

Uma jornada épica por respostas e auto-conhecimento, Elysanna Louzada conseguiu transformar em palavras muitos dos nossos sentimentos: alegria, amor, companheirismo, amizade, perseverança, fé. Tudo isso junto se transformou nesta história tão boa, espero que vocês possam ler este livro o quanto antes. E não percam o vol.2 Círculo de Fogo, adicionem no Skoob.

Espero que vocês tenham gostado da resenha, deixem seus comentários e façam um blogueiro feliz!

Diego de França

site: http://leitorsagaz.blogspot.com.br/2014/05/resenha-herdeiros-do-trono-vol1.html
comentários(0)comente



Aline 05/02/2015

Cativante!
Em primeiro lugar, quero dizer que se você estiver com pouco tempo nem pegue para ler, pois esse é daqueles livros que você começa a ler e não consegue parar tão cedo. A autora nos envolve de uma tal maneira que parece que estamos vivendo no livro.

Recheado de aventura e segredos, Herdeiros do Trono combina romance, fantasia e muita ação.

Em Herdeiros do Trono conhecemos Petra, um reino singular com diversas raças e com características próprias, diferente de tudo que já vimos ou lemos. Petra é sensacional! Porém, apesar de fictício e hábitos diferentes, ao mesmo tempo é bem realista, tratando de assuntos presentes em nosso cotidiano, como por exemplo, o preconceito, tema muito bem explorado pela autora. Sem contar que a todo momento o livro nos lembra a importância dos valores e da fé no Criador.

"Doze reinos nasceram para serem governados por um único rei e uma única rainha. Justiça, amor e obediência às Leis da Criação - esses seriam os requisitos necessários aos governantes do Reino Unido, e enquanto essas virtudes permanecessem intactas, Petra seria um lugar de paz." Pág. 07

"Nós, seres humanos, depois de sermos erguidos do barro pelo nosso Pai Criador, espalhamo-nos por Petra e fundamos doze tribos interdependentes, que eram unidas por um único monarca, o Primeiro Rei. Ao lado dele também governava a Primeira Rainha." Pág. 220

Personagens únicos e cativantes, como a doce e determinada Eloise; a guerreira Isabel; o inteligente Pedro; o fofo e marrento Tommy; a misteriosa Laura; o equilibrado e também fofo Arnon; a falante e alegre Gertrudes; os sábios anões Rash e Onur, entre outros, fazem da história uma aventura emocionante e gostosa de se ler.

E como não poderia deixar de ser, a história conta com uma boa dose de romance. Devo dizer que me encantei com os Tommy e Arnon, e até agora não consegui escolher o meu favorito. Cada um é fofo à sua maneira e nos conquistam mais a cada acontecimento.

Leia a resenha completa no blog Literalizando Sonhos.

site: http://literalizandosonhos.blogspot.com.br/2014/08/resenha-herdeiros-do-trono-elysanna.html
comentários(0)comente



Juliana 02/04/2014

Herdeiros do Trono -Vol I
O primeiro livro da série Herdeiro do Trono, e que dá nome ao primeiro volume, é maravilhoso. Publicado em 2013, o livro de Elysanna Louzada é uma literatura de fantasia que inclui romance, política, moral e conduta cristã.

(...)

Petra é um mundo fantástico de arquitetura e estilo medieval mas com situações do Século XXI. Ao passar pelas páginas é possível notar temas como segregação; cotas “raciais”; exclusão das minorias e a falta de imparcialidade na mídia.

Herdeiros do Trono conta a história de Pedro e Eloise, que são por direito, herdeiros ao trono de Petra e que está ocupado por seu “primo” Edgar Belmonte e defendido por sua mãe Elba, a rainha (má, psicótica, bruxa, louca, insana e por aí vai).

Contar que Pedro e Eloise são o príncipe e princesa de Petra não é spoiler, pois os pontos-chave são: Por que eles não sabiam disso, como descobriram e as escolhas que fizeram depois.

Apesar deste livro ter sido “bem tranquilo”, o segundo promete ter muitas lutas, escolhas complicadas e segredos para serem revelados.

Os personagens são maravilhosos e cada um tem sua própria identidade. Pedro é superprotetor com tudo que lhe é importante, já sua irmã gêmea, Eloise, é delicada e tem uma postura política muito bem definida.

Eles estão acompanhados por seus, digamos, melhores amigos (na verdade, a relação é bem mais profunda) Isabel, uma sábia amazona e seu irmão mais velho Tommy, que é um tanto grosseiro, mas um companheiro para todas as horas (e um Sr. Romântico também, ele ainda não sabe disso, mas é sim).

Outro personagem que merece destaque é o Cavalheiro Arnon, um jovem sério, que viveu muita coisa ruim e ao que tudo indica, ainda vai passar por situações complicadas.

Para não ficar falando só dos personagens, que amei todos, a história nos remete a outra muito conhecida. Depois que Petra foi moldada pelo Deus Criador, foram colocados um rei e uma rainha para governar sobre o Reino, contudo, a rainha foi ambiciosa e o equilíbrio inicial foi quebrado.

No momento do livro, vemos os filhos do verdadeiro Rei se preparando para lutar por seu lugar de direito, mas para isso, enfrentarão seres que não são necessariamente humanos.

(...)

site: http://julicronicas.blogspot.com.br/2014/04/herdeiros-do-trono-vol-i.html
comentários(0)comente



Leitor Sagaz 13/05/2014

Uma aventura épica
Resenha publicada no blog Leitor Sagaz

Hoje trago para vocês a resenha do livro Herdeiros do Trono, livro cedido em parceria com a autora Elysanna Louzada. Uma história épica que me prendeu do início ao fim, confiram os detalhes:

Devo confessar que este livro me conquistou pelo prólogo, logo de início senti que seria uma leitura agradável e que se encaixaria perfeitamente bem em meu estilo literário. Vemos perfeitamente que alguns preceitos bíblicos são o alicerce deste enredo, como por exemplo aqui:

"No início era o nada. E do vazio o Criador concebeu a vida. Da energia cósmica do universo, Petra foi moldada. Doze reinos nasceram para serem governados por um único rei e uma única rainha. Justiça, amor e obediência às Leis da Criação - esses seriam os requisitos necessários aos governantes do Reino Unido, e enquanto essas virtudes permanecessem intactas, Petra seria um lugar de paz."


Claro que assim como a história bíblica, Petra não viveu muito tempo em paz, a primeira rainha era gananciosa demais e queria o poder e conhecimento apenas para ela. O grande rei batalhou e derrotou sua rainha, o Criador teve compaixão e deixou que homens e anões vivessem em paz, a espada que derrotou a rainha foi guardada em uma arca denominada Arca da Aliança, homens e anões juraram proteger Petra e guardar o conteúdo da arca, pois todos sabiam que o mal um dia poderia retornar.

Séculos se passaram e a tradição de que para ser rei, o mesmo deveria se tonar cavaleiro, nomeado pela Academia de Cavaleiros, única escola de toda a Petra que tem esse poder, uma instituição que atravessou o tempo e se manteve firme. O reino de Petra tem aquele toque medieval, arquitetura as vezes arcaica mas com alguma coisa de século XXI.

Entendido a base do reino e de como funciona a hierarquia vou agora lhes apresentar os personagens principais e dizer o que eu achei da leitura deste livro, não quero me aprender ao enredo e sim as sensações que o livro nos proporciona.

Pedro e Eloise (Elo) são os gêmeos e descendentes do rei de Petra, Tomás (Tommy) e Isabel (Bel) são irmão e amigos inseparáveis de Pedro e Elo, esses quatro são um grupo muito interessante. Cada um deles tem sua personalidade bem definida, são jovens e irão cometer erros pelo caminho mas sempre tentarão melhorar.

Os quatro estudam juntos na escola preparatória de Tamísia, o reino está uma confusão! O povo considerado mestiço é fortemente atacado pelo povo Gazar, aqueles que se dizem de raça pura não querem se misturar com os imigrantes. Em meio a todo esse caos social, Pedro, Elo e Bel querem se tonar cavaleiros e estudam com afinco e se preparam para o dia do Torneio da Cavalaria, Tommy é o único que almeja uma vida de paz e sem muitas responsabilidades.

Por um acaso do destino Elo vai descobrir todo o segredo de sua mãe, isso é um acontecimento avassalador, nunca ela teria imaginado que seriam herdeiros legítimos do trono de Petra. Não se preocupem que isso não é um spoiler, pois o foco principal e entender o porque deste segredo, como ele foi guardado e o que acontecerá a partir de agora.

Como é difícil falarmos de um livro que gostamos, eu não quero entregar a história para vocês!

Ao mesmo tempo o clima social em Tamísia fica muito complicado, mestiços são espancados e afugentados da escola preparatória, roubos, sequestros, realmente Petra clama pelo seu rei de direito.

Ao descobrirem o segredo os amigos partem rumo a terra dos anões, eles precisam de respostas e é lá que eles irão acha-las. A jornada é muito perigosa, eles nunca tinham se aventurado nestas terras. Garanto a você amigo leitor, que você irá passar por momentos de aflição durante esta viagem.

Após chegarem as terra dos anões, eles irão ter todas as respostas que eles tanto procuravam, irão conhecer a Aliança e então entenderão que o reino todo corre perigo, a Primeira Rainha está de volta e quer dominar tudo, como ela voltou? Isso você terá que descobrir lendo o livro.

O treinamento que estes jovens irão fazer é super intenso, cada um vai mostrar suas habilidades, Tommy já é um exímio boxeador e adora lutar, Pedro, Elo e Bel irão aos poucos descobrir suas habilidades e armas. Para alegrar vocês digo que há um romance inserido neste grupo, claro que não irei contar!

"- Isabel, as vezes é impossível impedir que coisas ruins aconteçam conosco ou com aqueles que amamos.Mas o sofrimento marca, ele não mata. Pode parecer cruel ouvir isso agora, mas devemos incorporar essas marcas e nos fortalecer com elas. Se você está viva hoje, é porque está mais forte do que ontem."

Uma jornada épica por respostas e auto-conhecimento, Elysanna Louzada conseguiu transformar em palavras muitos dos nossos sentimentos: alegria, amor, companheirismo, amizade, perseverança, fé. Tudo isso junto se transformou nesta história tão boa, espero que vocês possam ler este livro o quanto antes. E não percam o vol.2 Círculo de Fogo, adicionem no Skoob.

Espero que vocês tenham gostado da resenha, deixem seus comentários e façam um blogueiro feliz!

Diego de França

site: http://leitorsagaz.blogspot.com.br/2014/05/resenha-herdeiros-do-trono-vol1.html
comentários(0)comente



35 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3