O Príncipe Gato

O Príncipe Gato Bento de Luca




Resenhas - O Príncipe Gato


10 encontrados | exibindo 1 a 10


Harabel 02/11/2013

Ação do começo ao fim!
Terminei o primeiro livro da série, A Ampulheta do Tempo, e já peguei o segundo com uma pontada de incerteza em como os autores conduziriam a história. Ao meu ver, o primeiro livro teve alguns trechos de narrativa um tanto forçada ou que dava a impressão de ter sido "aos trancos e barrancos"... Algumas relações entre os personagens pareciam meio forçadas ou impostas rápido demais mas nada que tirasse o encanto da história.

E felizmente, isso não se repetiu na Flor Cadáver. É clara a melhora da forma como os autores narram a trama toda e a história flui de uma maneira natural e rápida, mas sem a impressão daqueles "trancos" ou relações entre os personagens mudando rápido demais, o que ganhou muitos pontos comigo e fez com que me encantasse ainda mais pelos personagens e todo o universo deles!

Depois do ocorrido em O Príncipe Gato e a Ampulheta do Tempo, agora somos apresentados ao mundo de Marshmallow. Disposto a reparar os erros cometidos em São Paulo, o Príncipe Gato mergulhará numa nova viagem em busca de outro artefato místico, a Flor Cadáver. E em paralelo a isso, se depara com uma Marshmallow envolta em disputas, guerras, medo e mortes, mesmo com seus esforços para encontrar a Ampulheta do Tempo e dar mais tempo ao seu mundo.
Feiticeiros de um lado e Falcões-Peregrinos do outro numa guerra, alianças e reviravoltas acontecendo a todo momento!

Somos apresentados a novos personagens bastante divertidos e carismáticos e ainda é possível notar um bom amadurecimento dos protagonistas devido aos acontecimentos do primeiro livro, deixando a história ainda mais envolvente. Não dá vontade de parar de ler!

O final nos deixa doidos de vontade para ler a continuação no último volume da série..! Que eu espero muito que não demore tanto a sair quanto o segundo..! Marshmallow precisa de você, Príncipe Gato!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Eve Barcelos 13/02/2014

O Príncipe Gato e a Flor Cadáver - Por Evelyn Barcelos
Após sua grande aventura em São Paulo, o Príncipe Gato, com ajuda de Hugo e Eleanor, conseguiu virar a ampulheta do tempo e, assim, dar um novo ciclo a Marshmallow. Infelizmente no final da missão, Hugo acabou sendo atingido por um dos Feiticeiros e teve sua alma presa em um boneco de pano. Agora a grande missão do Príncipe é trazer seu amigo de volta!
Nesse segundo volume a história se passa em Marshmallow e temos a chance de conhecer um pouco deste mundo fantástico!
Além dos personagens já conhecidos, somos apresentados a vários outros como o guaxinim Thomaz Mapache, que é o ladrão de abóboras gigantes mais procurado de Marshmallow, Kyra, uma gata que faz parte de um clã de felinas guerreiras, os Falcões-Peregrinos, que ajudam a proteger Marshmallow e são os grandes rivais dos Feiticeiros e os incríveis Estanislau, que tem a cabeça de um pônei e o corpo de madeira e Lian, um fauno.
Para reverter o feitiço e trazer Hugo de volta, o Príncipe deve encontrar a Flor-Cadáver e, como se isso já não fosse complicado o suficiente, Marshmallow acaba envolvida em uma guerra declarada após uma reunião entre Falcões e Feiticeiros. Ou seja, o Príncipe precisa salvar seu mundo novamente.
Ao lado de seus velhos e novos amigos, ele enfrentará grandes batalhas e terá que lutar contra os maiores inimigos de Marshmallow.

Os capítulos são narrados pelo Príncipe, por Eleanor, por Kyra e por Thomaz. Isso deixa a história bem dinâmica, já que você tem a visão de cada um deles, às vezes, para o mesmo momento.
Com uma escrita leve e aquele toque de humor que já foi apresentado no primeiro livro, os autores conseguiram evoluir mais a história. Este volume envolve ainda mais aventuras, magia e começa a se desenrolar um possível romance.
Com belíssimas ilustrações feitas por Celtic Botan, o livro ficou ainda mais incrível!

site: http://www.pensamentoseminstantes.com.br/
comentários(0)comente



Vera 27/05/2020

Me fez chorar!
Ainda mais empolgante que o primeiro livro da Trilogia.

Aqui, o Príncipe Gato volta a Marshmallow com a intenção de devolver vida e lembranças a seu amigo humano Hugo, mas essa terra encantada lhe traz novos desafios e aventuras inesperados.

Novos personagens dão vida a narrativa e seus pontos de vistas são melhor distribuídos entre os capítulos.

Curiosíssima pela leitura da sequência - O Príncipe Gato e a armada da noite.

***

"Mas acredito que tudo tem um período acertado para o aprendizado; cada um possui o seu tempo para lidar com as questões internamente."
Eleanor
comentários(0)comente



Lara Albuquerque 29/09/2014

A Guerra.
Então, vocês amaram o primeiro livro tanto quanto eu? Sim?! Então vamos continuar a aventura!
O Príncipe Gato e a Flor-Cadáver é o segundo livro da trilogia escrita por Bento de Luca e dessa vez a história se passa na terra de Marshmallow. O Príncipe Gato volta para a sua terra pensando que tudo estaria calmo, melhor do que quando ele a deixou para ir a São Paulo em busca da ampulheta do tempo, mas chegando lá, ele nota que Marshmallow está pior do que ele esperava. Marshmallianos estão preocupados e amedrontados com os estranhos ataques que vem acontecendo aos vilarejos de vários povos e há boatos que uma grande guerra entre os dois seres mais antigos da terra estava para ser declarada: Feiticeiros e Falcões-Peregrinos, logo todos devem se preparar para uma grande batalha. Além de suas preocupações com a guerra, nosso querido Gato deve reparar erros que ele cometeu na cidade de São Paulo e uma nova busca se inicia, a busca pela lenda chamada Flor-Cadáver.

O segundo livro da trilogia carrega um ar mais maduro, mais sombrio e precisa ser lido com calma, pois é um mundo novo a se explorar, são várias novidades e se você não tiver paciência para ler é capaz de se perder um pouco na história e deixar muitas informações importantes passarem. Este livro traz também novas emoções, sustos, aventuras e perdas, os primeiros sinais de um possível romance acontecer e muito mais. Ainda tem os novos e adoráveis personagens, alguns meio cretinos e outros tão doces que surge aquele carinho especial do leitor com o personagem (mas tentem não se apegar demais, o Bento de Luca adora nos dá sustos).
Então gente, essa resenha é bem curta, porque se eu der muitos detalhes acabo me empolgando e dando spoiler do livro, mas eu posso afirmar com uma absoluta certeza que é um livro que nos deixa com aquela sensação de magia na mente e no final podem esperar algo surpreendente.

Quer ter um fundo musical que super combina a aventura do livro enquanto o lê? Entre no canal Bento de Luca, no YouTube, os autores disponibilizam composições originais inspirados na trilogia.

Visitem o site em que eu trabalho.

site: www.carpelibri,com.br
comentários(0)comente



Paulo Wotckoski 05/10/2014

Inovador e criativo
Há mudanças bruscas entre o primeiro livro da trilogia e A Flor-Cadáver. Aqui, os capítulos tem uma melhor distribuição, dando para conhecer os personagens com mais facilidade.As descrições são muito boas e em vários momentos me vi encantado com as descrições de Marshmallow. E quão criativo é o cenário desse mundo. E seus habitantes também.
Se no primeiro livro Eleanor se tornará meu personagem preferido, Kyra aparece para dividir o posto. Não apenas pela personalidade forte desta, mas por tudo que ela representa.
Aqui, temos revelações e são impostas mais perguntas ao leitor, deixando este desesperado virando as páginas. E, assim como em A Ampulheta do Tempo, deixei a impressão de que seria só mais um livro infanto-juvenil na primeira página. As motivações nesse volume são melhores, mais convincentes e aqui as relações dos personagens não são formadas com a rapidez com que no primeiro livro, as amizades e inimizades são adquiridas e não impostas.
A Flor-Cadáver se tornou meu volume preferido da saga e espero que A Armada da Noite não me decepcione.
comentários(0)comente



Sansão 27/03/2015

Decepcionante
O primeiro livro da trilogia, "A Ampulheta do Tempo" fora muito bom e, dessa forma, as expectativas para esse segundo volume eram as melhores possíveis. Porém, fiquei desapontado com muitas coisas.
Primeiro, os autores pareciam estar sem criatividade para a história e muitas coisas acontecem de maneira tão repentina que é difícil do leitor engolir. Do nada um personagem aparece com um instrumento musical, outro que precisa se transportar rapidamente conhece - de forma bastante oportuna, uma ave para ajudá-lo... entre outros
Fora que o livro é extremamente previsível... uma missão secreta de uma felina que todo mundo já sabia o que era... uma paixonete que todo mundo sabia que ia acontecer... situações que se desenvolvem em cima de clichês... entre outros...
O fato de todos os personagens serem narcisistas também aborrece. Talvez seja uma característica herdada de um dos autores... Espera muito mais desse livro. Nota: 5.0
comentários(0)comente



Carpe Libri 08/08/2015

O Príncipe Gato volta para a sua terra pensando que tudo estaria calmo, melhor do que quando ele a deixou para ir a São Paulo em busca da ampulheta do tempo, mas chegando lá, ele nota que Marshmallow está pior do que ele esperava. Marshmallianos estão preocupados e amedrontados com os estranhos ataques que vem acontecendo aos vilarejos de vários povos e há boatos que uma grande guerra entre os dois seres mais antigos da terra estava para ser declarada: Feiticeiros e Falcões-Peregrinos, logo todos devem se preparar para uma grande batalha. Além de suas preocupações com a guerra, nosso querido Gato deve reparar erros que ele cometeu na cidade de São Paulo e uma nova busca se inicia, a busca pela lenda chamada Flor-Cadáver.

O segundo livro da trilogia, escrita por Bento de Luca e ainda publicada pela editora Novo Século, carrega um ar mais maduro, mais sombrio e precisa ser lido com calma, pois é um mundo novo a se explorar, são várias novidades e se você não tiver paciência para ler é capaz de se perder um pouco na história e deixar muitas informações importantes passarem. Este livro traz também novas emoções, sustos, aventuras e perdas, os primeiros sinais de um possível romance acontecer e muito mais. Ainda tem os novos e adoráveis personagens, alguns meio cretinos e outros tão doces que surge aquele carinho especial do leitor com o personagem (mas tentem não se apegar demais, o Bento de Luca adora nos dá sustos).
Então gente, essa resenha é bem curta, porque se eu der muitos detalhes acabo me empolgando e dando spoiler do livro, mas eu posso afirmar com uma absoluta certeza que é um livro que nos deixa com aquela sensação de magia na mente e no final podem esperar algo surpreendente.
Quer ter um fundo musical que super combina a aventura do livro enquanto o lê? Entre no canal “Bento de Luca”, no YouTube, os autores disponibilizam composições originais inspirados na trilogia.
comentários(0)comente



Kymhy 10/04/2018

O Príncipe Gato e a Flor-Cadáver - Bento de Luca
Mergulhe de cabeça em Marshmallow e ajude o Príncipe Gato à encontrar uma forma de Hugo voltar à vida! Ainda bem que novos amigos e companheiros irão ajudá-lo. Será que conseguirão, com os Feiticeiros no encalço?

site: https://gatoletrado.com.br/site/resenha-o-principe-gato-e-flor-cadaver-bento-de-luca/
comentários(0)comente



Suellen 05/02/2019

O Príncipe Gato volta para a sua terra, Marshmallow, após virar a Ampulheta do Tempo e ganhar mais um ciclo.
Mas as coisas não estão tranquilas em seu mundo. Uma grande guerra está para acontecer entre os Feiticeiros e os Falcões-Peregrinos, e todos os habitantes estão morrendo de medo deste confronto.
Com isso, além de ajudar o seu mundo novamente, Príncipe Gato ainda tem outra missão. Encontrar a lendária Flor-Cadáver e tentar trazer de volta a vida seu amigo Hugo, que virou um boneco de pano.
Mas ele não estará sozinho nessa missão. O rato Eleanor continua ajudando o príncipe e temos novos personagens. Kyra, uma gata de um clã de felinas guerreiras que tem a sua própria missão e seus próprios conflitos. Thomaz Mapache, um guaxinim ladrão de abóboras gigantes que tem sua vida salva pelo príncipe e com isso tem uma dívida com ele, e precisará ajudá-lo. O que não será tão fácil, já que sua raça odeia os felinos. Mas essa "amizade" acaba se tornando a parte mais divertida da história. E ainda temos Lian, um fauno e seu amigo Estanislau, que diga-se de passagem, é o ser mais estranho que existe. Eu não sei porquê, mas eu tenho um ligeiro medo dele. Ele tem a cabeça de um pônei, o corpo de madeira e seus pés na verdade são rodinhas!
Essa história é cheia de aventuras, emoções, sustos, magia e um possível romance.


site: https://www.instagram.com/sula_fenix_
comentários(0)comente



10 encontrados | exibindo 1 a 10