Família Guiada pela fé

Família Guiada pela fé Voddie Baucham Jr.




Resenhas - Família Guiada pela fé


9 encontrados | exibindo 1 a 9


Geolê 03/09/2013

Família para a Glória de Deus
FANTÁSTICO! O livro, como mostra no subtítulo, tem a intenção de orientar pais na educação de seus filhos.

O livro em seu primeiro capítulo, que entendo que é também uma introdução, mostra os problemas que têm se levantado contra a família nos padrões bíblicos. Dois principais citados são a cultura Anti-casamento e a cultura Anti-filhos. Ele refuta duramente mostrando como a Bíblia coloca em lugar de honra tanto um quanto o outro.

Os capítulos seguintes são baseados em Dt 6:1-12.

O capítulo 2 (p.43) tem título "Um Deus sem rivais" e mostra que devemos estimar o Senhor como tudo para nossas vidas. Algo muito óbvio e muito falado no meio cristão, porém pouco praticado e isso ele mostra muito bem através de exemplos práticos.

O capítulo 3 (p.71) tem título "Aprenda a amar." Eu confesso que me surpreendi com a profundidade e abrangência desse capítulo. Ele parte de um pressuposto de que deve-se amar os filhos. Tudo bem. Mas o que é amor? E então ele refuta a ideia platônica de amor (Aleatório, Incontrolável, irresistível e sensual), pois se amor é assim, como amar nossos filhos? Então ele mostra o amor bíblico (ato de vontade, uma escolha, pelo bem do outro..). Achei incrível! Um dos capítulos que mais gostei.

Cap. 4 (p. 99)- "Dê-lhe seu coração" Esse é um capítulo que irá tratar sobre cosmovisão. Nós e nossos filhos devemos ter uma cosmovisão bíblica. Ele da um conceito bem simples e breve sobre cosmovisão e orienta como saber qual a cosmovisão dos filhos baseado em quarto pontos: Deus, homem, conhecimento e ética.

Os capítulos 5 e 6 falam sobre educação cristã no lar. O 5 (p. 129) é "Ensine a Palavra do Lar" e fala da importância da Bíblia como a Palavra de Deus que deve nos guiar em tudo. Essa é a responsabilidade de todo pai: Ensinar a Bíblia aos seus filhos. O 6 (p. 155) é o "Viva a Palavra no lar" e fala de aspectos mais práticos sobre a educação, inclusive envolvendo disciplina, gritar ou não-gritar, mandar, instruir...enfim. Esse também eu achei ótimo! :)

O 7 (p. 185) de título "Marque o lar como território de Deus" fala sobre estabelecer uma cultura cristã ou costumes cristãos no lar. Seja através de quadros, festas, musicas, hobbies. E então, aqui Baucham destaca qual deve ser o maior costume de uma família cristã: O Culto doméstico. Então ele mostra o que é, o motivo dele, e como fazê-lo. Baucham deixa claro que este não é uma opção, e sim um dever.

O 8 (p. 213) de título "Desfrute os dons sem esquecer do doador" também fala de nossas prioridades na vida. Muitas vezes dizemos que não temos tempo para o culto doméstico, porém temos tempo para a carreira e estudo. Nesse capítulo também é falado sobre importância do lazer, e sobre o glorioso chamado da mulher para ser dona de casa...ser esposa e mãe. Muitos estão vivendo buscando as coisas deste mundo e negligenciando o chamado de Deus pra suas vidas para cuidar do lar.

O 9 (p. 239) que é "O Reavivamento iminente: a igreja está pronta para a família orientada pela fé?" Esse capítulo fala de como é o nosso modelo de educação cristã em nossas igrejas. Nossas igrejas geralmente trabalham com um modelo de separar as pessoas por idade, e quanto aos adolescentes e jovens, geralmente há um líder jovem ensinando eles. Baucham então fala de como nossas igrejas estão assumindo a educação das crianças, ao invés de ensinar os pais a fazer!

E o cap 10 (p. 271) que é "Um rompimento radical com a norma" fala do modelo de Igreja Integrada à Família. É um modelo de organização eclesiástica onde as programações não são divididas por idade, mas faz da igreja uma grande família de famílias.

Eu demorei a leitura mais do que esperava, mas é muita coisa para pensar e meditar em cada página.

No fim de cada capítulo tem sempre alguns exercícios e perguntas a serem feitas para colocar em prática.

É o segundo livro que leio do Autor. É maravilhoso ver um homem lutando pelo padrão bíblico de família tão desprezado hoje em dia.

Quem é pai, TEM QUE LER. Então também os que querem ser pais.
comentários(0)comente



Roberth 07/10/2021

Um ótimo retorno aos fundamentos!
Este é um livro que traz o essencial de forma organizada e didática.

Excelente meio de revisar verdades bíblicas básicas sobre família, os tópicos levantados pelo autor geraram boas conversas com minha esposa.

Às vezez, precisamos retornar aos fundamentos... Para mim, este foi o ponto do livro.

Existe uma leitura ligada à realidade norte-americana, além de alguns posicionamentos interessantes sobre homeschooling e o sentido dos "ministérios de jovens" que, mesmo que não corresponda total e facilmente à realidade brasileira, levanta ótimos pontos de reflexão.

A leitura com certeza foi uma benção para minha família.
comentários(0)comente



Letícia 19/05/2020

Diferenciado e Desafiador
Recomendo esta leitura para todos aqueles que são pais ou que vislumbram este privilégio um dia!
Este livro faz soar um alarme desesperador a respeito de nossos filhos e da iminência deles serem tomados de nós pelo mundo e pela cultura atual, caso não adotemos com urgência padrões de criação, disciplina e instrução bíblicos!
Com base em Deuteronômio 6, o autor expõem como guiar nossa família na fé, de forma extremamente bíblica e desafiadora, abordando temáticas como disciplina e instrução, discipulado, cosmovisão, educação, igreja, culto doméstico e outros.
Apesar de ter minhas considerações a respeito do último capítulo (no qual fala da igreja), recomendo fortemente este livro!!
comentários(0)comente



@cassioguide 05/12/2019

O melhor livro que li sobre família nos últimos tempos
O autor se baseia em Deuteronômios 6 para resgatar o papel bíblico da família no desenvolvimento do povo de Deus. Nos capítulos iniciais os pais são advertidos da responsabilidade particular e intransferível de discipularem seus filhos. Posteriormente Voddie traz uma crítica ao modelo, muito utilizado nas igrejas, de segregar as pessoas por idade. Para ele essa segregação traz malefícios a pratica do discipulado cristão e as igrejas deveriam ser "integradas à família" (a explicação do conceito e sua base bíblica estão no livro).

Áqueles que observam a quantidade de filhos de crentes que abandonam a fé, a dificuldade do engajamento masculino em programas da igreja, estagnação na maturação da fé de uma comunidade, a perda crescente de valores verdadeiramente bíblicos nas igrejas, a problemática de grupos de jovens. Àqueles que entendem que desejam criar suas famílias aos pés de nosso Senhor.

Leiam este livro.
A leitura é fluida, instigante e inspiradora.
comentários(0)comente



Lívia 07/12/2020

Potente, radical e desafiador
Livro sensacional sobre família e criação de filhos.
O autor defende de forma radical a obrigação e responsabilidade divina dos pais no discipulado de seus filhos e apresenta a base e os alicerces que constituirão a formação cristã das crianças a partir da família. E os argumentos usados por ele são tão pungente que em algumas vezes senti levando tapas na cara.
É certo que discordo dele em alguns pontos, principalmente na sua férrea defesa do homeschooling, mas nada que tenha feito com que eu desisitsse da leitura, pelo contrário só me fez querer ainda mais continuar.
Super recomendado a todos os pais cristãos. Muito, muito bom.
comentários(0)comente



Heseve 03/04/2021

Família guiada pela fé
Este livro sem dúvidas é um dos melhores livros sobre família que já li, principalmente pelo fato de alertar os pais para sua responsabilidade quanto ao ensino dos filhos. Super recomendo.
comentários(0)comente



Angel 04/11/2020

Pais e mães cristão
É um livro para todos , mas essencial para os pais que querem criar seus filhos no caminho do senhor .
comentários(0)comente



Abilene 30/03/2021

Leitura obrigatória
Mais do que recomendado este livro.
Foi uma leitura com duas amigas e que, não esperava nada, mas me surpreendi.
Por mais que os capítulos sejam grandes, o autor trás assuntos que, eu nunca tinha ouvido antes com tanta maestria.
A importância do culto família, da responsabilidade da figura parte em levar a família a cultuar a Deus, nosso papel como país em evangelizar os nossos filhos dentro de casa, através da arte, da música.
Realmente, MARAVILHOSO! Estou sem palavras com ele ??
comentários(0)comente



Marcelo Moura 02/06/2021

Perturbador
Um livro que desafia para uma mudança de paradigma na família, na educação e na igreja. Adepto do modelo "igreja integrada a família" o autor se opõe à segregação etária dos ministérios e classes de EBD. Também chama a atenção para o retorno aos cultos domésticas e dos pais assumirem a responsabilidade pela educação secular e religiosa dos filhos.
comentários(0)comente



9 encontrados | exibindo 1 a 9


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR