Elos no Horizonte

Elos no Horizonte Alexandre Lúcio Fernandes




Resenhas - Elos no Horizonte


3 encontrados | exibindo 1 a 3


BIANCA 18/01/2021

UM LIVRO QUE NOS TRAZ PAZ
Ola?, amores! ?
?
Hoje trouxe uma dica de livro que li nessa semana.?

Quem me acompanha sabe que estou voltando de uma ressaca literaria muito intensa, enta?o decidi ler coisas mais leves para tentar voltar ao ha?bito da leitura. ?

Esse livro foi maravilhoso para isso! Nele, encontramos uma mescla de contos e cro?nicas. Sa?o pensamentos do autor, onde ele externa toda a beleza de sua alma, e nos encanta com reflexo?es profundas e ternas.?

Encontramos alguns contos maravilhosos, aquelas histo?rias curtas sobre a vida e o amor que nos enchem de paz e deixa nosso corac?a?o bem quentinho.

As cro?nicas conversam com o leitor sobre a simplicidade de vida, o amor, a passagem do tempo, e as coisas que devem ser observadas com a alma, e na?o com os olhos.

Na simplicidade das coisas esta? a grandeza de viver. Na natureza encontramos toda a inspirac?a?o para o dia a dia.?

Eu ja? havia lido um livro do autor (Margens e Constelac?o?es). Me encantei muito pela sua escrita e decidi ler este tambe?m.

Agradec?o ao autor @poetalexandrelucio alexandrelucio e a @editorapenalux por essa obra maravilhosa. Realmente foi um livro que me trouxe muita paz, e lido no momento certo.

Se interessou? Para adquirir, acesse:?
www.editorapenalux.com.br ou visite o IG @editorapenalux.?
comentários(0)comente



Ariana Coimbra 20/10/2013

O Alexandre transpira, respira poesia.
O livro dele é transbordado de paixões, decepções,desistências, amores de todos os tipos, dores. Enfim ele escreveu sobre o que pode acontecer ou já aconteceu com qualquer um de uma maneira encantadora.
comentários(0)comente



Yeda 25/09/2013

Pílulas de tranquilidade
Existem livros que angustiam. Outros, dão medo. Existem livros que só deslancham na metade. Existem os que te prendem e você vara a noite toda lendo e no dia seguinte acorda exausto.
Enfim, esta introdução é para explicar que existem vários tipos de literatura - e Elos no Horizonte é um livro que tranquiliza. Distrai. Eu gosto de ler antes de dormir e muitas vezes fui para a cama mais cedo.
Alguns contos são divagações do autor, um convite a mergulharmos em seus pensamentos e emoções. Outros, histórias que sempre deixam uma mensagem. Mas entre todos eles, um elo de poesia, de emoção, de sentimento.
Como em ”Na fronteira das escolhas”: “Rastros de sentir que nos empurra, nos envolve em sensações e imagens refletidas em baús de tesouro”; ou em “Detalhes invisíveis”: ”É nessa brincadeira de não ver, que eu vejo como a verdade não é incauta e o encanto é sublime”. Uma bela surpresa é “Não sei o que é amor”, que brinca o tempo todo com a ignorância que ainda temos sobre este sentimento, ao mesmo tempo que é um texto apaixonado; outro conto que impacta é “Demasia poética”, desabafo honesto, descarado, que mostra o lado carnal do poeta: “Hoje acordei com fome de romantismo, com anseio de amor à moda antiga”.
Enfim, Elos no Horizonte são 30 textos para se curtir a qualquer momento, para levar na bolsa, para deixar na cabeceira da cama. Boa leitura.
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3