Guerras Estúpidas

Guerras Estúpidas Ed Strosser...




Resenhas - Guerras Estúpidas


3 encontrados | exibindo 1 a 3


André 30/04/2014

Sensacional.
O livro consegue ser informativo e cômico ao mesmo tempo.

Descreve situações onde a arrogância, a covardia, a falta de informações ou simplesmente a completa burrice de líderes faz com que o destino de nações inteiras seja mudado.

Recomendo muito a leitura. Pode agradar até mesmo aos que não sejam tão fãs de livros de história.
comentários(0)comente



Hudson 16/07/2015

Um guia de sucesso para ser um ditador fracassado!
De forma muito bem humorada, aqui estão descritos talvez os maiores e casos de fracasso da história, não tem como não gostar a escrita é muito legal as vezes até hilária com algumas observações dos autores, é um livro sério mas nem tanto, é descrito em ordem historicamente cronológica.

Informal, informativo e bem humorado poderiam ser as palavras que definem este guia, totalmente inovador e até mesmo necessário eu diria, pois o avesso da história deve ser também mostrado.

O maior ponto contra é que a leitura as vezes perde o ritmo, pois os autores parecem perder um pouco a proposta de lado e narram os golpes e o seu desenrolar de modo mais analático tal como as obras especializadas o fazem, sente-se uma queda na leitura, parecendo um dos livros sérios da Osprey Publishing sobre o assunto, esquece-se o tom informal que o livro adotou.

Afora a esses momentos mais "científicos" o livro é totalmente recomendado, até porque é bastante divertido e informativo valendo sem dúvidas a leitura investida, embora os momentos em que citei a quebram tornem a analíse mais científica para aqueles que gostem os detalhes das ações militares dos golpes são muito bem descritas.
comentários(0)comente



David 08/05/2019

A guerra é boa para quem nela não precisa participar...
Só o título da livro já diz tudo " Guerras Estúpidas". Porém eu acrescentaria as palavras de um dos maiores pensadores da humanidade, Erasmo Roterdã, no seu livro adágio ele indaga sobre o aumento das guerras do seu tempo, assim, ele mostra suas consequências, tais como fome, destruição de famílias, empobrecimento de muitos e a degeneração dos costumes.
Segue as palavras de Erasmo "O que leva, não digo Cristãos, mas todos os homens, a tal ponto de loucura de empenhar-se, com tantos esforços, à ruína recíproca e geral da guerra. Nem todos os animais combatem tanto e entre si, mas apenas entre espécies diversas. Combatem com os meios naturais. Não como nós, com máquinas elaboradas para uma arte diabólica."
Eu acrescentaria a eterna ganância do homem e a falta de respeito com o semelhante, aqueles que nutrem o desejo de guerrear. Leitura interessante e na minha opinião indispensável para mostrar os absurdos cometidos em nome de uma ideologia ou nacionalismo.
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3