O quarto azul

O quarto azul Georges Simenon




Resenhas - O quarto azul


7 encontrados | exibindo 1 a 7


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Domino 29/04/2021

#lido livro bem incrível daqueles que a gente começa e naum quer largar não
Me envolvi bastante com a narrativa dos personagens e em como a história vai se desenvolvendo tendo elementos externos muito influenciáveis a narrativa #4estrelas porque fiquei com gostinho de quero mais ??

#book #livro #georgesimenon #literaturapolicial #amoler #ebook
comentários(0)comente



Ladyce 24/02/2020

Georges Simenon escreveu mais de quatrocentas obras tanto em seu nome quanto sob dezoito pseudônimos. Mais de cem pertencem ao que se denomina romances duros. Diferente dos livros em que figura o inspetor chefe da polícia francesa, Maigret, os romances duros, publicados através da vida do autor, tratam com cuidado do drama psicológico de seus personagens. O quarto azul é um deles.

Conheci os livros de Simenon ainda na adolescência, nas longas férias de verão, com mistérios e resolução de crimes. Só recentemente dei atenção aos romances duros, através da publicação de mais de um título pela Cia das Letras. [Em francês há a publicação da obra completa dos romances duros,compilados por décadas de publicação, diversos volumes]. E me apaixonei por essa faceta de Simenon que considerava sua produção subdividida: romances policiais, como os que têm Maigret como chefe de polícia; e as obras que considerava não serem comerciais, os romances duros, onde não precisava ter um fundo moral ou atender ao gosto do público.

O quarto azul trata da aventura amorosa fora do casamento de dois personagens que se encontram regularmente — oito vezes em onze meses — no quarto azul de um hotel, na pequena Triant, aldeia francesa nas redondezas de Paris. Enquanto para Tony, naturalmente lacônico em seu diálogo com a amante, essa aventura parecia não criar raízes profundas, para Andrée as poucas palavras enunciadas pelo homem com quem acabara de ter um encontro fogoso vinham carregadas de potente significado. Essa diferença de interpretação de uma situação fora dos parâmetros morais, acaba com surpreendente desfecho de mortes e problemas para Tony. É no questionamento policial de Tony que então entendemos a complexidade dos personagens envolvidos.

Um romance com meras cento e trinta e seis páginas não deveria ser capaz de detalhar fortes emoções criando empatia pelos personagens, nem fornecer ao leitor detalhes da vida pregressa de cada elemento da trama fazendo-os tridimensionais de maneira sucinta. Aí está a arte de Georges Simenon, que não acreditava na narrativa longa, nem em frases bonitas. Sabe-se que sua maneira de editar era retirar tudo que fosse bonito, deixando apenas o essencial. Esta narrativa dá impacto a uma trama simples, esparsamente descrita com palavras carregadas de significado. Gostei imensamente do livro e recomendo. Mas não espere um mistério do gênero do Inspetor Maigret.
comentários(0)comente



leila.goncalves 16/07/2018

Inteligente E Desafiador
O belga Georges Simenon escreveu mais de 400 livros de diversos gêneros que primam pela impecável qualidade. Considerado um dos mais geniais escritores do século XX, sua extensa obra exerceu particular influência sobre Albert Camus e Patrick Modiano (vencedores do Prêmio Nobel) e, desafiando a passagem do tempo, continua atraindo novos admiradores.

Na contramão da moderna literatura policial que prima pela complexidade das tramas, suas histórias investigativas são aparentemente simples, com enredos muito bem armados e personagens fortes, mas que jamais perdem a dimensão humana. As mais famosas, são protagonizadas pelo Comissário Jules Maigret, no entanto, existe uma série de novelas impecáveis onde ele não aparece e que, muitas vezes, acabam negligenciadas pelos leitores.

Praticamente desconhecida, "O Quarto Azul" é um belo exemplo e, sugestivamente, não se trata de uma história policial no sentido mais tradicional. Para se ter uma ideia, sequer possui um detetive entre as personagens principais, mas essa ausência é compensada pelos protagonistas, os amantes Tony Falcone e Andrée Despierre que acabam de enviuvar com poucos meses de diferença.

Narrado sob o ponto de vista de Tony que afirma ser inocente, essas mortes foram um duplo assassinato ou, de fato, mera coincidência? Cercada de mentiras e incertezas, constantemente seu depoimento entra em choque com suas atitudes, revelando um episódio com contornos sinistros e desdobramentos surpreendentes.
comentários(0)comente



Ricardo Rocha 11/08/2016

ler simenon, descoberta tardia mas ainda a tempo - chuva temporã no outono da vida garantindo a colheita do inverno - esses livros tem sido aulas de literatura e, assim, aulas de vida e também nisso são aulas porque uma coisa e outra não ser separam, embora nós façamos isso o tempo todo - eu gosto de ler - raramente é uma afirmação de viver, geralm,ente é o contrário, ler como um tipo de escape, mas não, e Simenon ensina isso, com as cores e cheiros de suas histórias, seus personagens a um tempo medíocres porque vivos mas também extraordinários nessa medida de que não parecem personagens mas pessoas de carne e osso, como se diz, andando em nosso tempo de leitura, respirando junto, e ensinando que é possível transcender a vida por meio de livros mas não só: é possível transcender a vida renovando-a, nos fazendo melhores e mais calmos - menos exaltados com coisas pequenas, passando a amar cada vez mais a vida em si, não uma fuga da vida, benditos livros de simenon
Claire Scorzi 11/08/2016minha estante
Herdei esse da minha mãe, mas ainda não li.


Ricardo Rocha 11/08/2016minha estante
bacana. ela tinha a coleção do Maigret?


Ricardo Rocha 11/08/2016minha estante
a leitura é boa para intervalar livros maiores


Claire Scorzi 11/08/2016minha estante
Ela tinha muitos do Maigret, mas não todos. Eu herdei os do Maigret e alguns solo, como esse aí.


Ricardo Rocha 11/08/2016minha estante
bela herança! =)


Claire Scorzi 11/08/2016minha estante
Também acho! :D




literatamy 10/03/2016

O Quarto Azul
Resenha completa e sem spoilers no link abaixo.

site: https://www.youtube.com/watch?v=kyj53lYVNuc
Jamile 19/06/2018minha estante
Kd o link?




Taahs_Lopes 23/04/2015

O quarto azul
Creio que criei muitas expectativas sobre esse livro, pensei que seria mais legal o final e sinto que me decepcionei um pouco. Quanto a narrativa é de muito fácil entendimento. Pretendo assistir o longa metragem para fazer o comparativo.
victoria.rebell 27/04/2019minha estante
Também me decepcionei!


Taahs_Lopes 27/04/2019minha estante
Mulher, tive tanta raiva que nem quero ver ele. Kkkk já quero trocar


victoria.rebell 05/05/2019minha estante
Tb quero hahaha




7 encontrados | exibindo 1 a 7


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR