Corações Feridos

Corações Feridos Louisa Reid




Resenhas - Corações Feridos


199 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Gih Cordeiro 25/07/2019

Fazia tempo que não lia um livro assim, praticamente numa sentada. Bem elaborado, drama sem apelos e que mistura diversos temas que ainda são tabu e precisam de mais discussão, mais conhecimento e mais combate. Muito bom !
comentários(0)comente



Raquel 19/04/2019

Hephzibah e Rebeca eram gêmeas, mas não idênticas. Eram, pois Hephzibah morreu e Rebeca tem Síndrome de Treacher Collins.

Filhas de um casal religioso, mais acentuado ao fanátismo. O pai se denomina um líder religioso, quase que um santo aos olhos da comunidade. Porém, em casa a história é outra e só as meninas sabem quem de fato é.

Hephzi era linda, desafiadora e sonhava em escapar da farça. Mas, por vezes, suas atitudes faziam que Reb pagasse por sua impetuosidade. Já Reb vivia nas sobras fazendo de tudo para não ser notada, e fazendo de tudo para proteger sua irmã, mas não foi capaz de protege-la da morte.

O livro é narrado entre o antes e o depois da morte de Hephzi. Não dá vontade de parar de ler até descobrir como ela morreu. É triste, de cortar o coração, tudo que as duas são obrigadas a passar nas mãos dos seus progenitores. Mas o final deixou a desejar na minha opinião
comentários(0)comente



Gesiane.Almeida 09/03/2019

Chocante e incrivelmente bem escrito.
Uma estória conturbadora de duas irmãs gêmeas com grandes reviravoltas e uma lição de superação ...Chorei e me emocionei bastante
comentários(0)comente



Júlia 04/02/2019

Corações feridos era um livro que estava a um bom tempo na minha lista de desejados e quando o achei por um preço bacana em uma livraria, não pensei duas vezes e comprei. Não me arrependi nem um pouco!

Essa leitura mexeu comigo. Me fez ver o quanto sou privilegiada pelo simples fato de ter acesso a informação. A história de Hephzi e Rebecca nos mostra o quanto a negligência é destrutiva. Pra mim foi uma leitura pesada, em vários momentos tive que fechar o livro e respirar fundo.
Recomendo a leitura!
comentários(0)comente



Janeide.Magalhaes 14/10/2018

Hephzibah e Rebecca são irmãs gêmeas. Hephzi é linda e rebelde e Reb tem o rosto deformado devido a Síndrome de Treacher Collins e viveu, durante 16 anos, à sombra de sua irmã.
⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Essas garotas escondem uma vida de humilhação e maus tratos provocados por seu pai, o pastor Roderick, um fanático religioso e alcoólatra e por sua mãe ausente.
⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Hephzi tem um trágico fim e morre devido ao “veneno enraizado que a atacou até que ela não conseguisse mais lutar.” Chegou o momento de Rebecca lutar para se livrar das mãos de seus pais e assim conquistar seu lugar no mundo.
⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Citações: 💔“Olhe para dentro, retire a pele, a carne e os ossos e encontrará uma biblioteca de sofrimentos."
⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀💔"Eram pais como Hephzi e eu tínhamos. Loucos que se vestiam com roupas normais, que sorriam e angariavam dinheiro para a caridade, malucos que ficavam de joelhos para rezar, mas que, tão logo estivessem seguros atrás de portas fechadas, tiravam as máscaras e deixavam o veneno irromper.”
⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀💔“Mas não se pode esconder veneno para sempre, ele tem de escoar para fora em algum momento, e eu podia sentir o cheiro no ar.”
⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀💔"Seu demônio ainda aparece nos meus sonhos, e eu grito por libertação enquanto ele me enlaça, me toma de assalto e me quebra ao meio."
comentários(0)comente



05/08/2018

Corações feridos
História emocionante...que livro..
comentários(0)comente



Vivendo a Vida 24/06/2018

Corações feridos
Uma história de amor bastante conturbada. Nesse livro você irá sofrer bastante pelos personagens. Você saberá que no amor sempre há dois lados: o bom e o mau.Um
livro com personagens fortes, para chocar com qualquer leitor e com um final surpreendente.
comentários(0)comente



Silvia AC/DC 11/06/2018

História previsível para teenagers
Estava na minha prateleira há 3 anos. Certamente comprei pois estava muito barato nas Lojas Americanas. Pura compulsão.
Personagens sofridas demais, um exagero. História totalmente previsível...
Só dou 1 estrela pois pelo menos serviu para eu conhecer a "Síndrome de Treacher Collins", que ainda assim tive que pesquisar no Google.
comentários(0)comente



Isabela.Lopes 10/06/2018

O título traduz bem o que o livro transmite, porém eu acrescentaria a palavra 'muito' antes de feridos.
Os corações das duas protagonistas estão muitos feridos e nós conseguimos sentir isso. Alternando entre presente e passado, a história é contada pelos olhos de duas irmãs gêmeas por volta dos treze anos. O ambiente na qual estão inseridas as força a tentar de qualquer buscar a liberdade, a querer se livrar daquela vida de opressão e angústia, mesmo que a própria vida esteja em risco.
comentários(0)comente



Bells 21/04/2018

Rebecca e Hephzibah são duas irmãs bem diferentes uma da outra; embora sejam gêmeas, elas não se assemelham muito em aparência devido principalmente à síndrome de Treacher Collins, a qual Rebecca é portadora. Esta síndrome fez com que o rosto de Rebecca não ficasse como o dito “comum”, transformando-a numa jovem bastante tímida, introvertida, calada e mais “na dela”, que gosta muito de ler e aprender coisas novas. Já Hephzibah, por sua vez, é mais extrovertida, animada, não sofrendo os olhares discriminatórios como sua irmã, assim gostando mais de sair e se divertir com os amigos, curtindo a vida. Entretanto todos os seus sonhos e planos para o futuro terminam quando a jovem morre precocemente, deixando sua irmã gêmea arrasada e mais sozinha do que nunca.

“Agora, com a partida de Hephzi, ele se tornara mais rabugento que nunca. E amargurado. Essa raiva ácida e afiada era dirigida a mim, aquela que sobrevivera. Aquela que deveria ter morrido.”
(Louisa Reid, p. 34)

Agora Rebecca além de ter de lidar com a morte recente da irmã e o sentimento de culpa por não tê-la protegido, terá ainda de conviver mais ainda com a pressão constante dos pais, que cegos pela religião, tratam as filhas de maneira bastante dura sempre sem mostrar aos desconhecidos o que realmente fazem. O pai das meninas, o pastor Roderick, é extremamente severo com as filhas, e ao longo da trama percebemos que não é somente Rebecca a que mais sofre com suas ações - embora esta sofra muito devido à síndrome de Treacher Collins.

“A única coisa que ela não sabia a meu respeito era que minha vida era uma droga, assim como a dela. Que eu achava tudo tão difícil quanto ela [...]”
(Louisa Reid, p. 65)

E a mãe das gêmeas, Maria, não dá nenhum apoio às duas, sendo totalmente submissa às demandas do marido.

Dividida em duas partes - a primeira alternando entre o presente, sob o ponto de vista de Rebecca, e momentos do passado, antes da morte de Hephzibah morrer e narrados por esta, e a segunda, narrada somente por Rebecca e no presente -, proporcionando assim que tenhamos um vislumbre da vida das meninas desde que eram crianças, cujos momentos mais felizes eram passados com a avó, até os dias atuais, já estudando no Ensino Médio e conhecendo novas pessoas.

Uma família desestruturada pela fé mal empregada é o que encontramos neste drama difícil, cuja narrativa visceral e sem os clichês bonitos e finais felizes comuns ao gênero consegue envolver o leitor ao longo da história, levando até mesmo a pararmos a leitura para respirar um pouco e encarar a dureza das palavras nesta triste história.

site: https://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/2018/04/resenha-livro-coracoes-feridos-louisa.html
comentários(0)comente



Duda.Dias 25/02/2018

Um livro intenso, não vou esquecer dele nunca. Li faz uns dois anos e não recomendo que leiam se estiverem em uma fase depressiva, afinal é muito forte. Têm personagens bem construídas que não tiveram a melhor das infâncias mas não é um livro muito explícito, podemos chegar à algumas conclusões só com as dicas. Enfim eu não estava empolgada com a sinopse mas o livro me surpreendeu, é fácil então dá pra ler em um ou dois dias.
comentários(0)comente



Nadine 18/01/2018

Uma definição de profundidade.
Tenho que assumir que a sinopse e a frase clichê na capa não me conquistaram muito, mas essa desconfiança inicial sumiu ao iniciar a leitura, os personagens são muito envolventes e a estória flui bem, mesmo com cenas fortes e de violência. Não é uma leitura leve, mas é uma leitura muito rápida, eu devorei o livro em dois dias. As personagens são bem desenvolvidas então, você realmente sente angustia por elas, a escritora conseguiu fazer ótimos vilões e ótimos mocinhos. A diagramação do livro em pequenos capítulos facilita muito a leitura.
Eu recomendo o livro, mas aviso, ele pode ser muito pesado já que autora pensou em cada detalhe para que nós sentíssemos um pouco mais dessa dor e sofrimento.


site: https://www.instagram.com/backtoreading/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Erica.Martins 10/11/2017

ALTAS EMOÇÕES! +5 estrelas...
A narrativa desse livro é incrível, não conseguia parar de ler, tanto que devorei o livro em 2 dias.(Como que trabalha desse jeito?)

Os personagens são bem marcantes, já imaginei a historia adaptada para o cinema e levando vários oscars na categoria de drama porque apesar de considerar o livro lindo, foi um dos mais tristes que eu li, me tocou a alma o sofrimentos das duas irmãs, me vi torcendo diversas vezes por um final feliz, é um livro que te desperta muitas emoções.

Um ponto que eu achei muito legal é o livro ser contado no passado e presente, achei super interessante porque deixou a historia dinâmica, despertando curiosidade e tornando viciante a leitura, em nenhum momento me bateu tédio pois as poucas páginas deram conta do recado. (ou seja, sem inchação de linguiça sabe rs)

Nesse livro tem romance, vilões odiáveis (que Pais FDP), personagens incríveis (Craig, Danny), escrita boa, mocinhas fortes enfim, só elogios, super recomendadíssimo!
comentários(0)comente



Alcione 18/10/2017

Claustrofóbico
De uma agilidade e crueza incomuns,me fisgou desde a primeira página.Mostra o lado mais sombrio de cada família com fachadas aparentemente normais.Me encantou o modo singelo com que a história foi conduzida, mostrando o horror em sua forma dolorosa.Duas gêmeas maravilhosas,e apaixonantes.E faz questionar o que há atrás de cada porta.E ao que cada familiar fecha os olhos.Leitura recomendadissima.
Ana Karina 17/02/2018minha estante
Gostei do comentário, vou procurar por esse livro para ler.




199 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |