Metamorfose?

Metamorfose? Gail Carriger




Resenhas - Metamorfose?


80 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Queds 25/07/2020

O início da leitura foi um arrastada, só empolgando na reta final , onde novamente pude me conectar e reencontrar o dinamismo do primeiro livro.

Vou falar sobre Metamorfose rapidinho, comecei a série em um desafio e este mês acabei de ler Eternidade, encerrando está série MaraviLinda.

Metamorfose foi o livro que eu menos gostei, achei a leitura arrastada, só empolgando na reta final , onde novamente pude me conectar e reencontrar o dinamismo do primeiro livro.

A Alexia é uma das personagens femininas que eu vejo muito bem construída. Ela é divertida, ousada e sincera. Gostei de ver ela mais auto confiante em Metamorfose.

O final conseguiu me surpreender, terminei com o coração apertado pela nossa mocinha, que nas situações mais absurdas tenta manter o decoro kkkkkkkk

Em resumo, achei o primeiro livro bem melhor.
comentários(0)comente



Krous 20/07/2020

Gostei mais do primeiro livro.
Pode ser precipitado fazer uma afirmação dessas tendo lido apenas 2 livros de uma série de 5, mas jamais irei enaltecer O protetorado da sombrinha pelo enredo sólido. A bem da verdade é que a história só funciona porque se apoia em personagens irreverentes, diálogos espirituosos e poucas páginas.

Infelizmente nem isso serviu para que eu curtisse Metamorfose? quanto curti Alma?. Não consegui ler com a mesma rapidez que o livro anterior porque não estava gostando de como as coisas se desenrolavam tampouco dos personagens e alguns diálogos.

Alexia e Conall são personagens que gostei bastante no primeiro livro. Enquanto aqui ele mal apareceu - e nas raras aparições estava sempre sendo desagradável com alguém ou querendo transar com a esposa ao invés de conversar com ela. - Alexia, como protagonista, teve bastante espaço. Mas a achei menos avançada, convicta de suas opiniões, independente.
Na verdade, ao redor da antiga alcateia do marido a achei bastante esnobe. Em sua passagem pela Escócia, a achei vergonhosamente xenofóbica com os habitantes de lá. A autora dar um ar cômico ao choque de costume entre ingleses e escoceses, mas preconceito não é engraçado. Infelizmente não se limitou apenas aos escoceses, os personagens britânicos também tinham pensamentos pouco agradáveis sobre a França.
E, olha, eu entendo que todos os europeus se odeiam e têm uma complicada história uns com os outros. Percebi que era isso que Gail Carriger queria mostrar, mas existe uma linha tênue entre respeito e grosseria e ela a ultrapassou.

Além do esnobismo, Alexia se mostrou uma péssima amiga.
Algo que reparei em livros de ficção histórico é como as protagonistas se dizem defensoras dos direitos das mulheres e de avanços femininos, mas parece que só desejam isso para si e nunca para as demais mulheres ao seu redor. Ivy se viu numa situação romântica muito parecida de Alexia - o partido era um bom rapaz, mas socialmente o casamento é condenável - e a opinião de Lady Maccon me surpreendeu por ser tão conservadora. Totalmente incoerente com tudo que a personagem mostrou até então.

Eu curti o plot romântico da senhorita Hisselpenny e até shippei o casal. Essas foram as poucas vezes em que dava para suportar a personagem. Eu gostava bastante da amiga de Alexia. No primeiro livro, ela trazia leveza com sua ingenuidade. Neste livro ela se mostra burra e inconveniente.

Me preocupa tremendamente o tipo de amizades femininas que as autoras de livros de ficção histórica têm. Suas personagens não conseguem ser uma mistura verdadeira como encontramos na realidade. Ou temos Alexias e Madame Lefoux da vida que rejeitam a vestimenta feminina, a feminilidade, querem independência, se interessam pela ciência, etc ou temos senhoritas Hisselpenny e Loontwill da vida que não se importam com nada disso, aceitam o papel da mulher na sociedade, só pensam em chás, tecidos e bons partidos e são extremamente fúteis.
Fico me perguntando se inserir personagens são unidimensionais é reflexo das amizades que essas autoras têm ao seu redor porque >eu< tenho muitas amigas que amam saias, compras, almejam a maternidade e não são bobas, burras nem fúteis.

Gostei da inserção de novos personagens, mas senti que a qualidade do livro caiu do primeiro livro pro outro e simplesmente perdi o tesão de acompanhar a série. O grande problema deste livro seria resolvido se Alexia e Conall tivessem conversado. A relação entre eles não estava legal aqui e piorou no último capítulo.
comentários(0)comente



Susan.Kelle 02/07/2020

Guardo sempre um receio de livros steampunks.. E tb de livros sobre lobisomens e vampiros.. E de maneira geral também de romances de época. E então vem Gail Carriger junta tudo e ta-da. Espirituoso, gritante, engraçado, louco, enfim.. Nem sei dizer como isso deu certo, mas o segundo conseguiu ser muito melhor que o primeiro, tanto no enredo quanto no gancho. Ja estou louca pelo próximo.
Giulipédia 02/07/2020minha estante
Ai essa série é perfeita, é um melhor q o outro e vc se diverte em TDS eles ????




Rafa 29/05/2020

Metamorfose?
Metamorfose é o segundo livro da série, precedido por Alma?. Neste segundo livro temos a Alexia em sua vida de casada e como muhjah, cargo que a Alexia exerce, que responde à rainha.
Está ainda melhor que o primeiro livro. E o final, meu Deus, já deixa a gente querendo começar o livro 3 na hora.
comentários(0)comente



Mayhara 27/05/2020

Bom, esse livro não decaiu em qualidade de escrita, mas gostei bem mais do enredo do primeiro livro

Alexia continua sem nos decepcionar, ainda é aquela mulher forte e que vai atrás de suas próprias aventuras tentando desvendar os mistérios, é quase uma Sherlock Holmes do sobrenatural haha

No finalzinho eu me decepcionei um pouco com o Conall, mas acho que sua reação faz sentido diante de todas as circunstâncias em que viveu. Faz sentido, mas não concordo.

Não curti muito a nova personagem que foi introduzida, talvez no próximo livro eu goste um pouquinho mais dela. Tenho dificuldade com personagens dúbios...

Ainda há um mistério não revelado desse livro, então vou ter que continuar a ler essa série, embora eu fosse ler mesmo sem o mistério.
comentários(0)comente



J kalfeld 09/05/2020

Amei
Foi uma leitura empolgante e maravilhosa.
A história é muito boa, bem escrita, inteligente e engraçada, tem um pouco de suspense e romance. Mistura romance de época com sobrenatural. Adorei.
Neste segundo livro da série Alexia Tarabotti e Lorde Maccon estão casados.
Logo no início da história Maccon some, deixando Alexia a cargo da casa, de um regimento de soldados sobrenaturais acampados no jardim, vários fantasmas exorcizados e uma Rainha Vitória indignada.
Quando descobre que seu marido está na Escócia, vai atrás dele, e até chegar ao seu destino muita coisa acontece com ela.
comentários(0)comente



Mandy 02/05/2020

Leitura fluída e personagens cativantes. A história terminou com um acontecimento muito importante. Agora o que me resta é ler o próximo livro.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



gariglio 17/03/2020

Metamorfose? Escócia e Atores
Se você quer ler um livro irreverente, divertido e cativante, bem... está no lugar certo.

Nossa querida Alexia se mostra tão sarcástica como sempre. Apesar disso, desde o princípio da obra venho perdido meu afeto pelo casal (e tem um novo casal preferido no páreo agora).

Entretanto, o enredo é envolvente, e conta com o aparecimentos de personagens maravilhosas e marcantes e o aprofundamento psicológico das que já apareciam anteriormente.

O lorde Maccon, por alguns mais conhecido como Conall, revela traços de sua vida até então jogados pra debaixo do tapete (e bem sorrateiramente).

E o final... sinceramente, me deixou genuinamente surpresa e extremamente ansiosa para engatar o próximo livro.

Se você quer personagens dramáticos, chapéus espalhafatosos (e uma chapeleira excêntrica que ganhou meu coração), sombrinhas como armas e muitos lobisomens de saia, não precisa mais procurar
comentários(0)comente



Soph 12/03/2020

Meu Deus
Esse livro é com certeza melhor que o primeiro, com uma trama muito mais profunda e que pode acarretar sérios problemas para nossa querida Alexia.
A escrita continua fluida e divertida de e o melhor, mais personagens femininas tomando o foco!!
Esse livro é maravilhoso e super divertido(que final foi esse Meus Deus?!?!?).
comentários(0)comente



Maria 24/02/2020

Metamorfose?
O segundo livro da série é muito mais surpreendente que o primeiro. Cheio de aventuras e mistério e conspirações. Ansiosa pelo próximo livro é para saber como Alexia vai lidar com o Lorde Maccon e sua inexplicável situação.
comentários(0)comente



Priscila 17/02/2020

Super divertido
A continuação de "Alma?", o livro tem o mesmo estilo do antecessor: uma combinação maravilhosa de fantasia, suspense e romance, tudo com MUITO HUMOR (a melhor parte)! Que combinação! Em todos os gêneros, com ótimos jogos de palavras, escritos com muito inteligência e concatenação de ideias. Super recomendo se você gosta dessa combinação.
comentários(0)comente



Nathy 30/01/2020

Tão divertido e arrebatador quanto Alma?
Agora Alexia não é mais uma solteirona de 26 anos com interesses peculiares. Os interesses continuam claro, mas agora ela se chama Lady Maccon. E absolutamente não é fácil conviver com uma alcatéia absurdamente barulhenta e ser esposa do Alfa não facilitava as coisas. Mesmo com o temperamento difícil do marido, claro que o dele não o dela, ela vem levando a vida de casada, Alfa e Mujah como pode.

Como nada na vida da preternatural é tranquilo, após seu casamento não seria também. Um acontecimento deixa a comunidade sobrenatural londrina em polvorosa: em um raio de alguns quilometros, fantasmas aparecem exorcizados, vampiros e lobisomens voltam a serem meros mortais. Claro que Alexia seria a principal suspeita, ela é a única que pode fazer tal façanha. Mas ela não teve nada com isso até porque precisava com o restante alcatéia do seu marido de volta a mansão Woosley.

Como Mujah ela precisa resolver essa confusão dos seus poderes estarem misteriosamente espalhando-se por Londres. Não pode esquecer de apoiar seu marido, chefe do DAS que vai precisar ter um sério confronto com sua antiga Alcatéia. A vida da preternatural vai virar de cabeça pra baixo e as aventuras vão ficar cada vez mais loucas.

Metarmorfose? É o segundo livro da saga do Protetorado da Sombrinha escrito pela incrível Gail Carriger e narra mais um aventura da maravilhosa Alexia Tarabotti; No cenário Steampunk acompanhamos mais uma vez Lady Macon e todos os seu problemas sobrenaturais e familiares em uma viagem a Escócia.

Mais uma vez Alexia me deixou apaixonada mais uma vez. Eu amo muito essa mocinha de língua afiada! Neste volume fui arrastada até a Escócia em um dirigível para solucionar não só um mas vários mistérios! Além da sua hilária comitiva, esse livro tem um "eita" a cada página prendendo cada vez mais na leitura.

Com a nova e apaixonante personagem Madame Lafeoux, eu inicio falando que todos eles são mais uma vez super bem construídos e divertidos. A cientista e chapeleira conquistou meu coração desde a primeira aparição com "suas roupas de Homem" e seu jeito excêntrico. Já a Alexia... Minha identificação com ela diminuiu um pouco. Ainda amo muito a personagem, mas percebi nela alguns pensamentos fúteis completamente desnecessários a construção da história, e ao meu ver muito bobos em relação a personagem. Ela continua sendo forte, decidida e não se curvando a ninguém, mas isso me incomodou bastante.

A ambientação entre Londres e a Escócia é de cair o queixo. A ideia de mais um castelo, de outra alcateia, e como mostra a diferença de costumes. As invenções e a temática steampunk estão bem mais aprimorados neste livro, e eu fiquei completamente apixnada por essa nova fase de invenções.
A narrativa em terceira pessoa continua rápida e objetiva, e para mim isso é um dos pontos altos. Combina perfeitamente com o enredo direto e dinâmico, que não deixa de ser imersivo e muito original. O final me fez largar o livro e imediatamente começar o outro de tão impactante e incrível.

Mais uma vez estou aqui defendendo as capas deste livros! A Alexia não é uma mocinha comum. Ela é diferente, inclusive em seus traços, e a capa retrata exatamente isso. Fora que ela é muito segura de si e a cada vez que olho a capa lembro disso. A diagramação é linda em todos os detalhes, inclusive nas folhas amareladas e o lindo polvinho que acompanham o número das páginas.

Uma paixão por esta saga que com certeza está entre os meus livros favoritos. Se você ama uma mocinha decidida, com língua afiada em um cenário diferente e um enredo original super indico!
















































































comentários(0)comente



Camila Garcia 05/12/2019

Evolução da sombrinha
Não há dúvidas de que Alexia é uma das personagens femininas mais bem construídas dos livros. Sincera, divertida e ousada, neste segundo livro podemos vê-la mais auto-confiante como Lady Maccon. Sua preocupação em manter o "decoro" até nas horas mais impossíveis me tiraram boas risadas.
Em relação à história, senti que a leitura foi arrastada na maioria das páginas. Gostei de acompanhar o desenvolvimento e crescimento da Alexia, mas em resumo, achei o primeiro livro bem melhor.
comentários(0)comente



Maisa @porqueleio 11/11/2019

A diversão continua...
Alexia Maccon, a esposa do Conde de Woolsey, é arrancada do sono cedo demais, no meio da tarde, porque o marido, que deveria estar dormindo como qualquer lobisomem normal, está aos berros. Dali a pouco, ele desaparece – deixando a cargo dela um regimento de soldados sobrenaturais acampados no jardim, vários fantasmas exorcizados e uma Rainha Vitória indignada. Mas Lady Maccon conta com sua fiel sombrinha, seus artigos da última moda e seu arsenal de respostas mordazes. Mesmo quando suas investigações a levam à Escócia, o cafundó do Judas onde abundam abomináveis coletes, ela está preparada e acaba provocando uma verdadeira reviravolta na dinâmica da alcateia, como só uma preternatural é capaz de fazer. Talvez até encontre tempo para procurar seu imprevisível marido. Mas apenas se... lhe der vontade.
Publicado no Brasil pela editora Valentina, Metamorfose? é o segundo livro da série O Protetorado da Sombrinha, da escritora e arqueóloga Gail Carriger. E, desfaz a maldição dos segundos livros, sendo tão bom quanto o primeiro. Alexia continua sendo sarcástica e irreverente. Ela agora atende pelo título de Lady Maccon e precisa conciliar a vida de casada com sua posição no Conselho Paralelo, tudo isso enquanto usa longos vestidos e suas indispensáveis sombrinhas. Será que tudo ficaria mais tranquilo depois de casados? Óbvio que não. Na verdade, a aventura está apenas começando.

site: https://www.instagram.com/p/B4vdEEgjesQ/
comentários(0)comente



80 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6