Kardec

Kardec Marcel Souto Maior




Resenhas - Kardec


30 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Ariádna Assis 17/06/2019

A vida do Codificador
Analisar a trajetória de Kardec é sempre uma oportunidade de renovar a esperança e de compreender a grandiosidade de Deus.

Esta biografia traz episódios que mostram Kardec como um homem de ciências, determinado, incansável, atento e comprometido com a verdade.

Para os que desejam compreender como nasce o Espiritismo como Doutrina, tendo como líder deste processo esta grande personalidade, o livro é uma excelente escolha, até mesmo porque traz um estilo literário leve, despretensioso, que tornará a leitura fluida e prazerosa.
comentários(0)comente



jumorgensten 13/05/2019

São 7 capítulos que vão passando pelo começo do Espiritismo pelas mãos de Allan Kardec.

Começa com as mesas girantes e um Hippolyte Léon Denizard Rivail totalmente cético, até o momento em que ele participa de uma e observa in loco os fenômenos acontecendo.

A partir disso, o professor começa a estudar e se aprofundar nessas questões. Até então, Rivail era professor, escritor de livros pedagógicos e contador.

Com isso, vamos acompanhando os momentos de desconfiança dos fenômenos espirituais, os tormentos das irmãs Fox e as fraudes que começam a ser feitas totalmente debochadas.

Até que a chave vira e Rivail se torna Allan Kardec e dá a início a codificação da Doutrina Espírita. Além dos estudos, também foca na parte espiritual, dando início as mesas mediúnicas sérias. E uma pessoa em particular sempre esteve presente lhe dando apoio incondicional: Sua esposa, Amélie Gabrielle Boudet

O livro aborda as armadilhas e os preconceitos tanto das pessoas quanto de outras religiões quanto a essa novidade, inclusive a parte da queima dos livros em Barcelona. E ao mesmo tempo, o despertar de muitas pessoas que foram tocadas tanto por Kardec quanto pelo O Livro dos Espíritos.

Uma questão interessante é a máxima do "falem mal, mais falem de mim". Os espíritos amigos orientaram Kardec a deixarem que falassem mal do Espiritismo porque haveria retorno positivo. Uma forma psicológica de dar certo. :P

Aos poucos, involuntariamente, acompanhamos Allan Kardec desacelerando e em uma contagem regressiva para o falecimento. Sabendo quando foi o dia da desencarne, mostra como a Espiritualidade é sábia demais. E o livro ajuda nessa questão por causa das datas. É fantástico.

Depois da partida de Kardec, vemos como a Doutrina Espírita na Europa e nos Estados Unidos virou o fio e, hoje em dia, não tem mais tantos adeptos assim.

O livro é fantástico e aborda pouco a vida de Hippolyte Léon Denizard Rivail. Mostra mais as partes que ele estava começando a se encontrar com o mundo "invisível" e se decorrer a partir de então. Durante a narrativa são dadas pinceladas sobre a sua vida quando era somente um professor, escritor de "livros normais" e contador.

Realmente a obra é uma ótima base histórica para um filme porque, ao meu ver, não deixou nada de fora. É um rico histórico de quem estuda a Doutrina Espírita em si e quem está nela é sempre ótimo saber dos seus primórdios e dificuldades.

A leitura é fácil, fluída, envolvente e bem leve. O texto é de fácil compreensão a todos. Mesmo se você não for ver o filme, vale muito a pena dar uma lida. ;)

site: http://hidratarvicia.com.br/2019/05/13/kardec-a-biografia-marcel-souto-maior/
comentários(0)comente



André 01/05/2019

Uma excelente homenagem a um homem excelente !!
Leitura simples, fácil e prazerosa. Retrata com clareza toda a trajetória de Rivail (Kardec) durante os anos dedicados a formulação da doutrina espírita. Mostra todo o processo de pesquisa, análise, empoderamento e principalmente os ataques sofridos enquanto tentava erguer um doutrina que mudaria pra sempre a vida de toda uma legião de seguidores.
comentários(0)comente



Alessandra.Rodrigues 01/02/2019

Um Mestre!
O livro me surpreendeu. Gostei muito, tem uma linguagem clara, objetiva e não é cansativo como eu havia imaginado. Kardec foi um grande homem, sem dúvida uma leitura necessária aos adeptos da Doutrina Espírita. Estou ansiosa pelo filme!
comentários(0)comente



Cecilia 16/12/2018

Leitura fácil
Achei o livro de uma leitura fácil e chamativa . Gosto muito de biografias , adorei o livro
comentários(0)comente



Eduardo 11/01/2017

Mais um livro sobre a vida de Allan Kardec, mas desta vez sob a ótica de um escritor não-espírita. Importante enfoque.
comentários(0)comente



Sempre lendo 03/08/2016

O início do espiritismo
Hippolyte Léon Denizard Rivail tinha 53 anos quando se tornou Allan Kardec, uma figura cada vez mais conhecida e visada. Desde o início, O livro dos espíritos teve, para ele, a força de uma nova certidão de nascimento, pública e notória.

O autor Marcel Souto Maior nos dará informações preciosas de como tudo de desenvolveu para a publicação do primeiro livro com conteúdo espiritualista e que viria a ser a base de toda a doutrina hoje conhecida no espiritismo, o seu codificador (Kardec) era apenas um professor dedicado ao ensino, autor de algumas obras didáticas e que dividia seu expediente como contador para complementar sua renda. Casado com Amelie sua companheira de jornada, não teve filhos mas assumiu com grande responsabilidade a missão de revelar ao mundo o conteúdo divulgado por intermédio de médiuns. Foi fascinante ler toda a jornada e observar que seu espírito foi desde o início de um cientista: pesquisar e comprovar para poder acreditar nos novos fenômenos. O lema da nova doutrina nos diz muito sobre o conceito que a humanidade necessita: “Sem caridade, não há salvação”.

Outra frase do escritor Goethe, extraída de As afinidades eletivas, de 1809, resumiria toda a lógica desta dinâmica infinita: “Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sem cessar. Esta é a lei.”

Assim como outra ideia defendida por Kardec: Todo efeito tem uma causa. Todo efeito inteligente tem uma causa inteligente. O poder da causa inteligente é proporcional à grandeza do efeito.
comentários(0)comente



Fabischiavon 08/05/2016

Imperdível
Quem sabe pouco sobre espiritismo e tem curiosidade deve começar por esta biografia. A obra é baseada em dados históricos e na pesquisa cuidadosa do jornalista Marcelo Souto Maior (também biógrafo de Chico Xavier). Se as obras de Kardec ( "Evangelho Segundo o Espiritismo" e "O Livro dos Espiritos") são indicadas a iniciantes no espiritismo, a biografia do autor delas odeve ser o livro "zero" para entender essa filosofia
comentários(0)comente



Roberta 01/05/2016

Adorei!
Explica de uma maneira simples e fácil de ler como Allan Kardec iniciou os estudos e codificou o espiritismo. Super recomendo!
comentários(0)comente



Ricardo Aquino 21/01/2016

Leitura fácil
A história sobre a criação da doutrina espírita e seu fundador. É também um documento sobre uma época, seus costumes, crrncas, intolerância e desafios. Não é um livro de doutrina, mas, uma biografia na sua essência.
comentários(0)comente



Nathalia Almeida 19/01/2016

A vida
O livro e muito bom, facil de ler, interessante e principalmente muito exclarecedor
comentários(0)comente



Luciana 08/01/2015

"Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sem cessar. Tal é a lei."
Marcel Souto Maior, autor de "As Sete Vidas de Chico Xavier" traz nesse livro a biografia do líder da doutrina espírita Allan Kardec.
Hippolyte Leon Denizard Rivail, professor, francês, escritor de livros didáticos, casado e sem filhos. Cético. Mais tarde Allan Kardec, e foi aos 53 anos quando mudou de nome para dar voz aos espíritos, seguindo seu guia espiritual.
De Cético a propagador da Doutrina Espírita, Kardec (Antes professor Rivail) Começa a investigar os fenômenos das mesas girantes ocorridos a princípio na França do século XIX. Uma batida letra A, duas batidas letra B e assim sucessivamente até formar frases e tetos inteiros assinados por mortos ilustres como Victor Hugo, e anônimos.
Depois de por a prova o invisível testemunhando mesas girantes, batidas em parede, psicografia e outros fenômenos sem explicações Kardec se tornou propagador do Espiritismo e líder da Doutrina Espírita, auxiliado por espíritos e ajudantes e por sua fiel esposa, ele propagou a doutrina até a sua morte.
Foi acusado de charlatanismo, de ser obra do diabo pela Igreja ele se manteve até o fim. Enfrentou difamações, críticas e acusações.
Criou a revista espírita, onde explicava, ensinava e rebatia as críticas e acusações.
O livro mostra também a criação do "O Livro dos Espíritos" um livro de perguntas e resposta feitas ao invisível, aos espíritos. Livro que sofreu duras críticas e censura por parte da Igreja. Livros que foram coletados e queimados em praça pública em um ato de dura censura a quem ousasse ler, comprar a obra. Ato que alavancou ainda mais a Doutrina, trazendo mais adeptos do mundo todo e aumentando as vendas dos livros lançados.
Kardec a Biografia conta como tudo começou. E ao contrário do que li em outras resenhas, não vejo de forma alguma o espiritismo sendo retratado de forma negativa. Mas sim a verdade de como era no século XIX, como era visto e como Kardec foi forte e lutou até o fim.

Sou uma imensa fã desse livro. Falando o mais pessoal possível, digo que ele me ajudou na minha caminhada em busca do espiritismo. Tudo tem um porque, tudo tem sua hora, nada é por acaso. Ele me conforta, me ensina e ajuda na minha caminhada.

O que eu aprendi?
Fazei o bem a quem te faz o mal. Que a morte não existe.. E que fora da caridade não há salvação.

"Eis como entendo a caridade cristã. Compreendo uma religião que nos prescreve que retribuamos o mal com o bem e, com mais forte razão, que retribuamos o bem com o bem. Nunca, entretanto, compreenderia a que nos prescrevesse que paguemos o mal com o mal. _ Allan Kardec"
Nati 09/01/2015minha estante
Gostei muito da sua resenha, tenho muito parente espírita e me interessei uito por ler esse livro.


Luciana 09/01/2015minha estante
Oi flor! Muito obrigada!! É um livro muito muito muito bom mesmo. Espero que goste e volte aqui para me contar sua opinião. Beijos




Letícia 30/12/2014

Poderia, mas não foi...
O livro Kardec - a biografia, ficou muito aquém das minhas expectativas como uma leitura de horas vagas que sou hoje, pela falta de tempo. Imagino que para um crítico que possua mais técnica e tempo disponível para a análise mais apurada sobre a obra, é muito provável que este livro seja classificado como uma obra que nasceu prematura.
O autor tinha muito material e não soube como explorá-lo. Poderia até mesmo mudar o título para algo acerca da história do espiritismo, sua trajetória, as dificuldades a que os oportunistas expuseram as lideranças que de fato faziam um trabalho sério, coisas desse gênero. Mas biografia, acredito que tenha passado muito longe. Perdeu-se a essência de vida real de Kardec, faltaram relatos acerca de sua infância, seu vida adolescente, o que o levou a ser professor, suas motivações de vida, ou até mesmo sua forma monótoma de encarar as coisas antes do espiritismo, suas paixões antes de Amélie, sua família, sua trajetória acadêmica, seus medos e pensamentos, seus sonhos antes do espiritismo, o dia a dia com os aliados espíritas. O livro deixa tudo muito vago, entra em campos que pouco foram explorados, como por exemplo a esposa ter mudado algumas decisões de Kardec, ou instruções deixadas para a continuação do espiritismo após sua morte, e em nenhum momento foi explicado o porque, qual seria a intenção de Amélie em alterar as coisas? Isso jamais saberemos. Ou devamos aguardar uma melhor biografia de Kardec, acho que um homem desse brilhantismo merecia um trabalho sério e esclarecedor.
comentários(0)comente



Nat 25/12/2014

Biografia não é meu tipo de livro favorito, e atrasei bastante a conclusão desse livro. Mas quando o terminei, não me arrependi! Uma grande história de uma grande homem. Recomendo!
comentários(0)comente



Maraysa 18/11/2014

Podia ser melhor
Poxa, esse livro tinha tudo para ser um grande livro, contando a história de um grande homem que passou pela Terra. Infelizmente, deixou muitas lacunas, não trouxe notáveis fatos inéditos e deixou a desejar na abordagem dos relatos de casos emblemáticos do espiritismo. Fico me perguntando se o Marcel Souto Maior estava apressado, porque não é uma obra muito aprofundada. Praticamente tudo que ele apresentou nesse livro pode ser encontrado nas edições da Revista Espírita. Não sei o que ele tinha em mente, mas eu sei o que eu tinha e, francamente, fiquei me sentindo frustrada. Eu queria mais!
Apesar de todas as minhas queixas, a obra é interessante para presentear, porque muitas pessoas podem se interessar pela doutrina Espírita apenas com a leitura dessa obra que mostra o Espiritismo como ele é, uma consolação para pessoas que perderam entes queridos, um caminho para os que perderam a esperança, uma luz para os suicidas, enfim, se a pessoa tiver algum interesse em conhecer um pouco sobre o espiritismo, penso que esse seria um livro bacana para começar, já que apresenta uma leitura fácil e acessível.
comentários(0)comente



30 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2