Maestria

Maestria Robert Greene




Resenhas - Maestria


13 encontrados | exibindo 1 a 13


Thiago.Silva 27/07/2020

Sensacional!
Que Livro! Mas é um daqueles livros que você tem que ler refletindo,parando a leitura várias vezes. Eu mesmo o marquei inteiro rsrsrs,mas é necessário para você não perder nada dessa maravilha de obra
comentários(0)comente



Guri Sonhador 04/07/2020

Simplesmente meu livro favorito...
Desde que li esse livro minha vida mudou totalmente!

Não só me tornei um profissional de excelência como também um atleta de alta performance, e hoje inspiro pessoas diariamente a serem mais produtivas e estudarem com mais eficácia com meu projeto Guri Sonhador.

Minha média de leitura antes desse livro era de apenas 4 livros no mês, após lê-lo já aumentei de 6 a 8 livros no mês. Meu nível de produção de conteúdo pro YouTube era de apenas 2 vídeos no mês, e agora já são de 15 a 19 vídeos por mês.

Esse é o poder de entender a chave da Maestria que é a prática deliberada de teus talentos naturais, mesclados com tua vocação. Essa é a grande mensagem do livro, alinhar-se com aquilo que você nasceu pra fazer.

As 3 fases para atingir a Maestria são: Aprendizado, Fase criativa ativa (execução de ideias e habilidades), com a consistência da execução e uma contanste otimização ao longo dos anos você atingirá a maestria em sua área de expertise.

"Uma mente que se abre a uma nova ideia nunca volta ao seu tamanho original." - Albert Einstein
comentários(0)comente



Stefanello 25/04/2020

Desbravando Maestria
"A maestria não é questão de genética nem de sorte, mas de seguir suas inclinações naturais e seus anseios que o fazem vibrar por dentro."

site: http://desbravandolivros.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



biblioka 17/02/2020

Bibliografias.
Uma análise bibliografia de gênios, passados é atuais.
comentários(0)comente



Abimael.Costa 07/12/2019

Excelente!
Como não pretendo dar Spoiler, quero resumir bem o que o livro tenta passar ao reproduzir a última citação do livro:

"Como nos vemos com bons olhos, mas, mesmo assim, nunca nos consideramos capazes de produzir uma pintura como as de Rafael ou cenas dramáticas como as de Shakespeare, convencemo-nos de que a capacidade de fazê-lo é algo extraordinariamente maravilhoso, ou um acidente incomum, ou, se tivermos inclinação religiosa, uma graça. Assim, nossa vaidade, nosso amor próprio, promovem o culto do gênio: pois, se o julgarmos muito distante de nós, se o encararmos como milagre, sua falta realmente não nos incomodará. (...) Mas a atividade do gênio não parece, em absoluto, muito diferente da atividade do inventor de máquinas, do acadêmico de astronomia ou história, do mestre em táticas. Todas essas atividades são explicáveis quando se conhecem pessoas cujo pensamento é ativo numa direção, que exploram todas as coisas como importantes, que sempre observam com zelo sua própria vida interior e a de outros, que detectam em todos os lugares modelos e incentivos, que nunca se cansam de conjugar os meios disponíveis para si próprias. Os gênios, por mais que façam, primeiro aprendem a juntar tijolos para depois aprender a construir, e sempre buscam materiais ao redor dos quais sejam capazes de desenvolver-se. Todas as atividades humanas são incrivelmente complexas, não só as dos gênios: mas nenhuma é um 'milagre'."

- Friedrich Nietzsche

Em outras palavras:
Genialidade/Maestria é alcançável através de esforço;
Visão holística é importante;
É necessário foco no que é importante para si;
A construção do conhecimento ou da habilidade é gradual e permanente...

O livro é de leitura agradável e quase obrigatória, há diversos exemplos de figuras importantes no qual o autor embasa seus argumentos (e que os chama de Mestres). A descrição resumida da história de vida destes Mestres, por si só, já vale a leitura do livro!
Thiago 10/12/2019minha estante
Ache esse livro simplesmente fantástico, nunca li nada igual. Esse eu li 3 vezes seguidas!!!




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Antonio 26/10/2019

Ridículo de bom
Senhores que livro é esse,demorei um pouco para ler o colocar na memória ( até li alguns apítulos mais de 1x ) mais demorou um pouco para colocar o máximo da experiência que esse livro me trouxe. Como diz na capa "magnífico e ambicioso", não tinha lido nenhum livro de Robert Greene somente ouvido falar sobre as 48 leis do poder. Mais depois desse livro a forma e a "maestria" que ele tem em produzir textos de um jeito que no prendem muito,ele volta algumas vezes até umas 3x na mesma pessoa mais acaba sendo um assunto complementando o outro e não de forma repetitiva ( o que achei genial assim não precisa de 10 páginas para falar somente de uma pessoa ) o livro em si nota mil . Vou fazer a releitura em breve . Muito indicado a todos,muito indicado mesmo .
comentários(0)comente



Fred Ribeiro 26/07/2018

Esse seria um manual para toda pessoa com um projeto de vida!
Robert Greene teve a expertise e maestria de estudar a fundo alguns conceitos humanos em pegar os pontos-chave para uma trajetória que conecta a pessoa ao destaque ou sucesso, como melhor desejem interpretar. Toda pessoa antes de executar um projeto de vida ou um trabalho que lhe demanda muita pesquisa e intensidade no objetivo, sugiro que tenha em mãos um exemplar deste livro. Vai ajudar muito se a devida atenção for dada a cada palavra que o autor explica, citando exemplos de pessoas anônimas aos grandes gênios em sua incansável luta pelo objetivo. Vale muito a pena!
comentários(0)comente



João Victor 26/03/2018

Seguindo um pouco na linha de Outliers, de Malcolm Gladwell, Maestria aponta a importância do empenho e do método, a conhecida regra das 10000 horas, que desmistifica a genialidade como um milagre. Eu o recomendaria para qualquer um que está iniciando a carreira profissional, como forma de reflexão.
É recheado de exemplos de destaque nas mais diversas áreas (Coltrane, Einstein, Mozart, Da Vinci...), tornando a leitura fluida e agradável, mas acaba incorrendo no erro que muitos autores brasileiros best-sellers cometem: desdenhar da história e focar na estória. Isso fica bem claro na passagem dos Irmãos Wright, onde enaltece o trabalho dos dois, o que é justíssimo. A crítica está no desprezo, ou desconhecimento, da contribuição de inúmeras outras pessoas responsáveis para o desenvolvimento da aviação.
comentários(0)comente



Nilton 16/11/2016

Impressionante!
Este livro contem ensinamentos profundos de como se posicionar em relação ao seu próprio potencial. Desmistifica a ideia de que os grandes mestres/gênios são acidentes da natureza e que já nascem com algo de especial. O trabalho duro a dedicação combinados com a liberação a mente para absorção de conhecimento de diversas áreas são pontos em comum de pessoas que chegaram ao ápice de seus potenciais.

A obra merece 5 estrelas. Bem escrita, leitura fácil, pesquisa interessantíssima. Um LIVRASSO!
Nilton 16/11/2016minha estante
Desculpe os erros ortográficos. Não é possível editar.




Carla 01/10/2015

Super super super recomendo!! Pra vida pessoal/profissional... é ótimo!
comentários(0)comente



Vânia 19/04/2014

O Caminho das Pedrinhas....
Intuição? Vocação? Sorte? Essas são algumas das desculpas usadas pelos que não conseguiram em relação a quem chegou lá.
Quantas vezes já não escutamos alguém dizer "ah! Mas você deu sorte com seu filho! Ele é... (educado, obediente, bonito, bom aluno...)", como se todo o processo de criação investido naquela criança não tivesse sido árduo, mas apenas um golpe de sorte.

Trazendo exemplos reais, de pessoas conhecidas nos vários ramos ds negócios e ciências, Greene explica como a excelência da Maestria pode ser alcançada pelo "comum".

Mozart, Da Vinci, Beethoven, Thomas Edison, Marie Curie, Martha Graham.... pessoas conhecidas em suas áreas de atuação. Sabe o que elas tinham em comum? NENHUMA DELAS ERA GÊNIO. Inteligentes? Sim. Perseverantes? Mais ainda. Otimistas? Sempre!

E já dizia o dito popular: "sorte é estar BEM PREPARADO quando o momento chega".

Numa era em que o sucesso é exigido a todo instante, é sempre bom saber/lembrar/aprender o que estamos fazendo de certo ou errado para chegar até ele.

O livro é uma grande conversa com o leitor, mostrando os pontos fortes e fracos de cada etapa; como não se desviar do propósito; como identificar as pequenas vitórias.

"...Os gênios, por mais que façam, primeiro aprendem a juntar tijolos para depois aprender a construir, e sempre buscam materiais ao redor dos quais sejam capazes de desenvolver-se. Todas as atividades humanas são incrivelmente complexas, não só as dos gênios: mas nenhuma é um 'milagre'."
Friedrich Nietzche

comentários(0)comente



13 encontrados | exibindo 1 a 13