O Sal da Vida

O Sal da Vida
3.3293 413




Resenhas - O Sal da Vida


36 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Karina 22/07/2016

O SAL DA VIDA - Françoise Héritier
Françoise Héritier escreveu uma obra única e emocionante.
Repleta de sentimentalismo e pensamentos bons.
"O SAL DA VIDA" nos faz refletir sobre a importância da vida.
Mas não apenas pelo fato de estar vivo e sim de viver.
Muitas vezes gastamos nosso tempo realizando atividades corriqueiras que não nos faz sentir prazer.
É maravilhoso quando sorrimos e nos emocionamos verdadeiramente.
É importante apreciarmos tudo o de mais simples na nossa vida, na nossa existência.
O Sal Da Vida é exatamente isso.
Fazer a nossa vida valer a pena.
No livro somos transportados para esses momentos.
Situações simples que passamos, porém não vivemos.
Devemos aproveitar cada momento.
Precisamos tirar momentos especiais para nós.
Curtir momentos ao lado de quem amamos.
Devemos viver.

E o senhor, do que sentiria mais falta se tudo isso desaparecesse para sempre da sua vida?

Titulo: O Sal Da Vida
Titulo Original: Le Sel De La Vie‬ ‪
Autor: Françoise Héritier
Páginas: 108
Ano: 2013
Editora: Valentina

Boa Leitura
Casa de Livro
Karina Belo

Sigo em frente, correndo o sério risco de aborrecê-lo, pois isto se tornará cada vez mais específico. Tenho a impressão de escavar margens que desmoronam. No fim das contas, estou lhe dando dicas para o dia em que, daqui a vinte anos, perguntarem como eu era.

Lembrar-se da sua linguagem de criança ou de provérbios ou de conhecimentos adquiridos na infância, usar as palavras certas que surpreendem, beber quando se está morrendo de sede, nunca sentir vergonha de ser você mesmo...

O mundo existe por meio dos nossos sentidos, antes de existir de maneira ordenada no nosso pensamento, e temos de fazer de tudo para conservar, ao longo da vida, essa faculdade criadora dos sentidos: ver, ouvir, observar, cheirar, saborear, ter "gosto" por tudo, por todos, pelo próximo, enfim, pela vida.

site: www.casadelivro.com.br
comentários(0)comente



Carol Galvão 19/07/2016

Uma leitura leve, que procura mostrar que ate as coisas mais simples da vida podem ser apreciadas de forma diferente. Mostra que devemos aproveitar ate as mais simples experiencias, pois formam as pessoas que vamos nos tornar.
comentários(0)comente



Fernanda 22/06/2016

"...parar para ouvir a lábia de um vendedor ambulante, admirar o espetáculo vivo do vaivém nas ruas, encontrar amigos que não vemos há muitos anos, ouvir verdadeiramente os outros...
Ainda esqueci muitas e muitas coisas.
E o senhor, do que sentiria mais falta se tudo isso desaparecesse para sempre da sua vida?" pg. 17
comentários(0)comente



Aquela Epifania 29/05/2016

Qual é o sal da sua vida?
Uma das minhas últimas leituras me surpreendeu MUITO. Explico: Acompanho as redes sociais da Editora Valentina e estou sempre de olho em seus livros... Em uma dessas olhadas, o título de uma obra me chamou atenção: "O Sal da vida". E, mais ainda, o que vinha a seguir: "O que faz a vida valer a pena!".

Nessa vida turbulenta em que geralmente vivemos, parece que muitas vezes nos distanciamos daquilo que de fato vale a pena ou, simplesmente deixamos passar despercebido o que deveria ser importante.

Reduzimos a pequenos detalhes momentos/situações/oportunidades... Enquanto estamos nos ocupando com reclamações, tarefas desgastantes e sentimentos angustiantes, a vida está acontecendo... E se você quiser, ela pode valer a pena!

Em "O Sal da Vida", Françoise Héritier, uma renomada antropóloga, recebe um cartão-postal de um amigo que está passando uma semana que chamou de "roubada" na Escócia. Este amigo, seria um médico dedicado exclusivamente à sua função e seus pacientes. Cansado, tomado de esgotamento físico por conta de sua entrega à profissão estaria ele cada vez mais distante de sua própria vida!

Após refletir em cima da frase do cartão do amigo, Françoise nos presenteia com um compilado de sensações, opções, recordações, que dão sabor à vida!

O livro é delicioso, saboroso, inspirador e completamente reflexivo. Fechei a última página com uma leveza na alma e uma vontade imensa de repensar minha vida e o que estou fazendo com ela. Foi o livro certo, no momento ideal!

(resenha completa no link do blog)

site: http://www.aquelaepifania.com.br/2016/05/sentimentos-literarios-o-sal-da-vida.html
comentários(0)comente



Bruna 27/05/2016

O sal da vida é um poema escrito em prosa, no qual a autora reflete e medita sobre as pequenas coisas e momentos que tornam a vida tão especial.

Françoise Héritier é uma renomada antropóloga francesa, e a ideia do livro surgiu quando ela recebeu a notícia de que um querido amigo e médico sairia de férias, porém, sendo um homem tão ligado a seu trabalho e pacientes, ele via esse momento de lazer com culpa. Então, Françoise inicia uma longa reflexão sobre a importância de se aproveitar a vida, e não apenas viver em função de estudos e carreira. São pouco mais de 100 páginas (ou 1 hora e 40 minutos, no meu caso), em que ela vai listando situações, pequenas recordações e sentimentos que marcam tanto nossas vidas.

São várias situações citadas, então é impossível que o leitor não se identifique pelo menos com algumas. A satisfação de uma conquista; saborear um chocolate no final de um dia cansativo; rever velhos amigos; simplesmente dormir e dormir, quando se está cansado; saber ouvir e encontrar quem nos ouça; admirar uma paisagem sem pressa ou compromisso; um cheiro ou uma lembrança fugaz que nos remete a infância. São várias a situações com as quais nos identificarmos.

O Sal da vida passa uma bonita mensagem, que nos faz refletir e pensar. Mas tenho que ser absolutamente sincera, e dizer que acredito que talvez essa fosse uma leitura cansativa para mim, por ser uma longa lista narrada, sem diálogos ou uma história corrente. Porém, eu ouvi o audiolivro, e isso foi ótimo, pois a mensagem é muito bonita, e a narradora foi ótima, dando entonações adequadas a cada fala. Como o tempo que eu reservei para ouvir os livros foi o que passo dirigindo, no meu longo trajeto Casa/Trabalho, o fato de esta ser uma obra sem diálogos foi exatamente o necessário para me prender a atenção, sem me distrair do trânsito.

E gostei tanto dessa história de ouvir livros, que já selecionei alguns outros do tipo (sem diálogos).




site: http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/2016/04/audiolivro-o-sal-da-vida-francoise.html
comentários(0)comente



Márcia 25/05/2016

O que vale a pena é encontrar livros como esse...
Comecei a ler esse livro sem muitas pretensões, mas ele foi me tomando a cada frase...e com o virar de páginas não conseguia mais me livrar de tantas sugestões gostosas de momentos sublimes de vida. A escritora acertou em cheio minha teoria de vida...o melhor da vida está nas pequenas coisas, no detalhe!
Estando você querendo rever alguns conceitos sobre felicidades...leve você também esse livro para a cabeceira! Vai valer a pena...
comentários(0)comente



Hora da Leitura 23/05/2016

Resenha: O Sal da Vida
Existe uma forma de leveza e de graça no simples fato de existir, que vai além das ocupações, além dos sentimentos poderosos e dos engajamentos políticos. É sobre isso que este livro fala. Sobre esse pequeno plus que nos é dado a todos: “O Sal da Vida”. Nesta meditação, nesta espécie de poema em prosa em homenagem à vida, totalmente íntimo e sensorial, a renomada antropóloga Françoise Héritier vai atrás das pequenas coisas agradáveis (às vezes nem tanto) às quais aspira o mais profundo do nosso ser: as imagens e as emoções, os momentos marcados de recordações que dão sabor à vida, que a tornam mais rica e mais interessante do que muitas vezes acreditamos que ela seja, e que nada nem ninguém poderá nos tirar, nunca, jamais!

Olá pessoal, como vocês estão? Espero que bem:) Hoje eu to aqui pra poder indicar este livro nada convencional para vocês.

O Sal da Vida é um livro bem atípico, se você está esperando ler uma estória construída por personagens, fatos, eventos e qualquer outro tipo de características do mundo literário, mantenha-se longe; porém, se você quer sentir aquele quentinho no peito, com risadas de canto de boca e um sentimento forte de nostalgia, então esse é o livro pra você.

A autora é na verdade uma antropóloga e através de um cartão-postal recebido de um amigo no qual ele dizia estar “roubando uma semana de férias na Escócia” a fez pensar no que consiste a vida e os prazeres que pertencem a ela, esse foi o estopim para que Françoise escrevesse esse monólogo será que podemos chamar assim? com todos os detalhes que dão o sabor à sua própria vida e como esses pormenores a temperam e a tornam tão única para ela.

Um ponto ruim do livro para mim foi a eterna listagem de assuntos e a falta de comentários sobre eles, as situações são citadas e você corre os olhos por tudo aquilo sem de fato apreciar porque é tudo muito rápido; e o ponto positivo é que é uma leitura muito rápida e gostosa, quando você pensa que começou já está no fim, se estiver com vontade de ler, aconselho a ler devagar, leia um capítulo por dia ou simplesmente deixe-o ali para quando a vida não estiver tão maravilhosa assim e você precisar dar uma colorida nela.

Que tal ir no link abaixo terminar de ler a resenha e fazer um comentário??


site: https://horadaleituraa.wordpress.com/2016/04/13/resenha-o-sal-da-vida/
comentários(0)comente



18/05/2016

RECOMENDO!
Acredito que vai agradar qualquer "tipo de leitor", este livro nos faz refletir e entender o quão maravilhosas podem ser as coisas mais simples que nos rodeiam. Uma das melhores leituras que já fiz, é daqueles livros que tu lê e de certa forma faz tu mudar tuas atitudes ou ver as coisas com "outros olhos".
comentários(0)comente



Rodrigo 05/05/2016

Não é um livro, é um post gigante de Facebook
Isso não é um livro, é um post gigante de Facebook. Provavelmente a introdução é a melhor parte do livro, depois vem uma lista de listas intermináveis, com um capítulo final de conclusão, que não diz nada com coisa alguma.

Passe longe e economize seu tempo e dinheiro.
comentários(0)comente



thay.gregorio 03/04/2016

Embarcando no Sal da Vida
Embarquei no sal da vida no aeroporto de Confins. Estava viajando para São Paulo, nunca uma viagem foi tão rápida. Apesar de parecer, não é livro de autoajuda. É uma leitura leve, envolvente, fazendo com que você se delicie ao lembrar de coisas simples da vida. Aquele cheiro de bolo quente e café fresquinho, banho de chuva, o primeiro beijo, uma viagem, lembranças... Esse livro trouxe de volta uma poesia esquecida dentro de mim, como diz na contra capa, uma poesia em prosa. Livro perfeito para ser lido em uma viagem. O melhor é poder escrever no final do livro o que representa o sal da vida para você. É um livro para ser lido em várias fases da vida.
comentários(0)comente



Matheus 29/01/2016

Recomendo!
Bem, sobre o livro tenho a dizer que: É BEM LEGAL!
No começo eu achei que fosse um livro estilo auto-ajuda e etc, o que me decepcionou um pouco no começo, mas a leitura foi fluindo e melhorou bastante a escrita da autora!
Em O Sal da Vida, Françoise Héritier envia cartas a seu amigo, que trabalha muito e, por isso, perde os bons momentos da vida. Nestas cartas, ela o aconselha e se dedicar mais ao lazer, pois, em meio as nossas rotinas, temos dado pouco tempo para ele. Ela coloca diversas dicas e sugestões do que ele, e o leitor, devem fazer ao menos uma vez na vida, se emocionar, ir ao cinema e chorar publicamente, analisar o seu amago, o mais profundo ser, ir a África e ajudar, assim como ela fez em certo momento de sua vida e etc... O livro nos trás à tona várias emoções e devaneios de infância, memórias, lembranças. Acho que posso considerar este livro anti-depressivo, pois, como diz a autora, às vezes é preciso chorar, pelas lembranças, mas erguer a cabeça. Acho que é um livro que vale a pena ser lido e relido, e até comprado, pois o preço é acessível... Dá para o ler muito rápido, e o livro/a autora interage com o leitor.

site: http://smileyouhaveabook.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Gi 30/12/2015

O Sal da Vida
O Sal da Vida - Françoise Héritier
Sabe quando você acorda de manhã e o céu está lindamente azul, o sol reconfortante e brilhante e a vida parece melhor do que nunca? Esse é o espírito de O Sal da Vida, um livro que me pegou de surpresa. Despretensioso, sutil e diferente, o livro é, na verdade, uma única e longa frase, na qual a autora lista momentos e sensações pequenos e simples, mas que fizeram a vida valer a pena, são o sal da vida. Aquele algo a mais, aquilo que está ali o tempo todo mas acabamos por esquecer tamanha a correria do dia a dia. Uma leitura muito gostosa e nostálgica, que com certeza te fará sorrir e lembrar. No final há paginas em branco para que cada um escreva o Sal da sua vida.

site: https://www.instagram.com/p/wZrXWjSt3k/?taken-by=monlivre
comentários(0)comente



Kamila 21/12/2015

A autora é a antropóloga francesa Françoise Héritier, que surpreendeu a todos quando deixou seus estudos de lado para escrever um livro - e dedicar ao amigo e médico pessoal dr. Jean-Charles Piette. Segundo ela, o livro é uma "fantasia". Ela decidiu escrever o livro pensando no amigo médico, porque ele sempre dedicou muitas horas de sua vida aos pacientes e, naturalmente, esqueceu de cuidar de si mesmo.

O livro é uma grande frase em que a autora descreve muitas coisas a se fazer, coisas simples como andar descalço - adoro! - ou ouvir Mozart. É um monólogo da autora consigo mesmo, ao mesmo tempo que é uma longa lista de coisas a se fazer no tempo livre - "o sal da vida", como ela diz.

Ela começa o livro explicando que recebeu um cartão-postal do amigo dr. Jean-Charles, em que ele escreve "Uma semana roubada de férias na Escócia." Então, ela começa a refletir sobre o tempo que a pessoa gasta fazendo as coisas importantes e deixando o prazer de lado. Segundo ela, um francês tem expectativa de vida de 85 anos, partindo dessa premissa, ela começa a calcular o tempo gasto em trabalho, estudos e afins, e ela conclui dizendo que temos apenas... pouco tempo para desfrutar os prazeres da vida. Sim, é muito pouco tempo mesmo!!

Por que ler O Sal da Vida? O livro nos faz refletir sobre a forma em que usamos nosso tempo com as importâncias/urgências/banalidades da vida e esquecemos de fazer coisas simples, mas que fazem a vida valer a pena!

O Sal da Vida é curtinho, tem só 100 páginas e ainda vem com umas folhas em branco para você escrever sua lista de coisas que representam o sal da vida!! O livro foi publicado este ano no Brasil pela Editora Valentina. Nem vou dizer da capa e diagramação, que estão bem feitas e impecáveis! Leiam, vocês vão rir e se apaixonar! Não vão se arrepender...

E pra você, o que é o Sal da Vida?

site: http://resenhaeoutrascoisas.blogspot.com.br/2014/12/resenha-o-sal-da-vida-o-que-faz-vida.html
comentários(0)comente



Leticia.Carolina 09/12/2015

Resenha do livro O sal da vida

Resenha:
Percebi que não tem muitas resenhas sobre este livro na internet,pelo menos não até o presente momento.A capa na minha opinião,não é das melhores e não foi ela que me chamou atenção.Na verdade, o nome do livro é que me fez pensar que poderia ser uma leitura reflexiva agradável.O livro começa com a autora recebendo um e-mail de seu amigo médico dizendo que teve as férias roubadas.E a autora responde dizendo que na verdade,não foram as férias que foram roubadas e sim toda a vida.Ela conta que seu amigo dava pouca ou nenhuma importância para as coisas simples e felizes da vida.Que deixava que sua profissão tomasse conta de tudo de tal forma a ponto de esquecer de si mesmo.E ao longo do livro,ela responde esse e-mail com vários outros dizendo todas as coisas que para ela compõem o ''sal da vida''o que dá o tempero,o que realmente faz a diferença e que torna a vida especial e única.A ideia que a autora teve é boa,me agrada pensar nesse tipo de coisa que todos nós de vez em quando esquecemos do valor das pequenas coisas e não aproveitamos as oportunidades que nos são dadas,assistir ao entardecer por exemplo.Isso traz realmente uma reflexão e eu costumo pensar muito nisso agora nesse período do fim do ano,que eu penso em tudo o que fiz no ano,nas coisas que ainda quero realizar...Aí vem a pergunta se a ideia é boa porque dei 1 estrela só?Na verdade é porque o livro é só isso.Uma lista interminável de coisas que a autora gosta e admira.
É só isso,voce acaba o livro com a sensação de que está faltando coisa.Quando peguei o lviro achei que a função dele fosse colocar o leitor numa espécie de reflexão para descobrir o que é o seu sal da vida,mas com essa lista interminável ela deixa o leitor entendiado.É verdade que no começo eu até pensei no que eu colocaria na minha própria lista e tal.Mas a leitura é cansativa.Creio que existam outras formas de fazer o leitor refletir de maneira mas eficaz.O livro na verdade é um diário desses e-mails e só.É bem verdade que ele é muito curtinho,eu li em uma madrugada.Mas, eu não compraria esse livro até porque as frases são separadas por vírgulas e eu creio que seria muito mais interessante ser em tópicos,facilitando a leitura e a compreensão.Eu li em áudio e não compraria esse livro,não recomendo.Esse livro funcionaria mais como um post em um blog,em um site algo do tipo,Fazer um livro com uma lista eu achei perda de tempo.
Bom e essa foi a minha experiencia com esse livro.
Espero que tenha ajudado quem estava na dúvida de comprar ou do que se tratava o livro.
Beijos e até o próximo post !

site: http://resenhasdaleeh.blogspot.com.br/2015/12/o-sal-da-vida-resenha-017_6.html
comentários(0)comente



Laura 16/11/2015

Uma leitura diferente
Quando comprei este livro acreditei que fosse um romance, me enganei, a principio não gostei muito, foi aí que me lembrei que na escola onde estudei tinha uma irmã salesiana que dizia que o sal era o tempero da vida, por isso ela colocava um pouquinho de sal até nos doces.
Encarei o livro de outra forma e foi uma leitura bem agradável, afinal o que faz teu coração bater mais acelerado, o que faz sair da sua face aquele sorriso espontâneo, afinal a vida é contada pelos momentos que você respira ou que perde o folego? O que faz a sua vida valer a pena?
comentários(0)comente



36 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3