Sonhos Com Deuses e Monstros

Sonhos Com Deuses e Monstros Laini Taylor




Resenhas - Sonhos De Deuses e Monstros


64 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Adriany.Pena 30/07/2019

A muito tempo atrás Karol e Akiva sonharam em ver seus povos juntos, vivendo em harmonia, começando de pouco em pouco e depois mais. Com uma aliança improvável entre as quimeras e o que sobrou do exército dos Ilegítimos, o início desse sonho está diante dos olhos deles.
Essa aliança só se formou pois agora eles têm um inimigo em comum: Jael. Jael e seus anjos do domínio foram para terra em busca de armas, para iniciar um novo tipo de horror em Eretz.
O desfecho dessa história é surpreendente, assim como foi cada livro.
comentários(0)comente



Adrya Ribeiro 05/06/2019

Terminou a grande jornada! Vou sentir saudades da galerinha. Eu tinha lido já há bastante tempo o segundo livro, mas no decorrer da viagem, fui lembrando de algumas coisinhas, mas mesmo assim, a leitura foi bem dinâmica.
Os conflitos, guerras e perseguições foram bem menos sangrentos do que eu estava esperando, a forma que a Laini optou por encaminhar a "viagem" do livro foi bem satisfatória. Adorei que ela ampliou os personagens principais, dando lugar e voz para outros nos ganharem também.
Que crescimento de personagens nós temos aqui! Sinceramente, a Laini é mágica na escrita, ela constrói, amplia, nos apaixona e nos anima de uma forma fantástica.
Amei mais ainda como ela deixou uma possibilidade de outros livros, e não vejo a hora de já tê-los em minhas mãos.
comentários(0)comente



Pamela 31/03/2019

Uma conclusão satisfatória.
Li os dois primeiros livros e confesso que demorei alguns anos pra finalmente concluir essa série. É o tipo de série que comecei sem esperar muita coisa e fui me enredando em um mundo criado cheio de coisas boas e ruins entrelaçadas de tal maneira, que uma complementava a outra - anjos e quimeras, vivos somente para se matarem.

Pode parecer clichê que o amor seja o sentimento escolhido para salvar essas espécies, mas não é só isso. É a questão de que a partir de um sentimento tão abrangente, ainda possamos tomar decisões racionais e totalmente altruísta em detrimento do próprio amor, de uma ligação milenar. Isso chega a ser cansativo para Karou e Akiva e, ao mesmo tempo, entendemos como a busca por felicidade não pode ser egoísta.

A temática da história é incrível. Uma ficção que não é marcada pela mesmice e que chega a um impasse no final, e que deixa claro que a alegria é uma coisa vivente, não algo a ser alcançado. Apenas viva a felicidade enquanto pode, não sofra buscando a perfeição. E acredito que essa é a mensagem que o livro nos entrega no fim.

Amigos, inimigos, amor, colegas. A união simboliza mudança. E a paz está intrinsecamente ligada a possibilidade de sempre mudarmos pra melhor. Recomendo a série, e o final foi totalmente digno da história.
comentários(0)comente



Nanda {@talvezumaleitura} 24/03/2019

Sonhos com Deuses e Monstros
Gostei porém esperava mais...
comentários(0)comente



Geise 21/03/2019

Que final
Que final lindo e perfeito, não deixa nada a desejar. Eu não esperava alguns personagens novos tão legais. A história acaba de forma bem resolvida sem pontas soltas e sem forçar para algo inexplicável e mágico "pra resolver de qualquer jeito tudo de uma vez", foi tudo muito bem construído não conseguia parar de ler até acabar.
comentários(0)comente



Emanuel 05/03/2019

A autora criou uma história incrível que teve seus pontos altos e baixos, mas mesmos nos baixos, ele ainda ficou acima da média. A história começou parecendo que seria mais uma infanto juvenil de anjos e acabou se tornando uma trama complexa com um final de tirar o folego com tudo explicadinho, sem nenhuma ponta solta para deixar alguma dúvida. E amei o final. Mesmo a autora tendo feito um final fechado, se ela quiser tem muito material para uma continuação. Como ponto negativo, só achei que faltou um pouco mais da batalha que foi anunciada desde o primeiro livro.
comentários(0)comente



Msteu 06/02/2019

E acabou...
Por fim terminei a trilogia, estava esperando um final que tudo tivesse resolvido algo como, felizes para sempre, mas encontrei um final que deixa com muitas dúvidasde como tudo se resolverá depois dos segredos e das profecias reveladas. Torço por uma continuação, pelo menos um livro para mostrar como enfrentaram essa nova ameaça, se conseguirão ressuscitar todo o povo quimera, o que vai acontecer nessa nova era onde finalmente foi revelado quem são dos deuses da luz e quem realmente ameaça os povos e os mundos...
comentários(0)comente



Erina.Soares 14/01/2019

Sim, eu esperava mais
Os dois primeiros livros me foram muito satisfatórios, embora tenha seus defeitos, esse último ja foi recheado de pontas soltas, e partes desconexas, e outras nao tao bem executadas no livro, a autora manteve o ritmo e a escrita bem leve e nao foi desastroso nesse quesito, mas confesso que esperava mais, muito mais. Mas recomendo, afinal gosto é gosto.
comentários(0)comente



Barbara Lima 11/01/2019

Originalmente no blog das Garotas entre Livros
É hora de dar Tchau
É hora de dar Tchau

E assim nos despedimos de mais uma trilogia emocionante. A verdade é que é gratificante encerrar uma série com uma opinião positiva. Já vou logo avisando, nem tudo é perfeito, mas vale muito a pena conhecer a história de Karou e Akiva.

O livro começa logo após os acontecimentos de Dias de Sangue e Estrelas. Uma união entre quimeras e Serafins nunca imaginada passa a existir. Enquanto isso, Jael chega a terra com uma grande parte do seu glorioso exército de anjos, e o óbvio acontece… passam a ser adorados pelos humanos.


O objetivo agora é: Fazer com que Jael volte para Eretz, tirá -lo do poder e promover algum tipo de paz entre quimeras e anjos. Seria possível?

A força de uma trégua é medida por aquele que se revelar o menos confiável, em qualquer um dos lados.

Em paralelo, temos muitos outros personagens que chegam com tudo e roubam totalmente a cena. O mistério que envolve os Stelians começa a se dissolver e só posso dizer que é sensacional. Foi a minha parte favorita do livro! Mas não é só isso, temos uma determinada humana que vai te deixar bem encafifado…

Como no livro anterior, a Laini Taylor continua em um crescente. Tudo toma uma nova proporção em Sonhos com Deuses e Monstros, a treta fica muito maior e deixa logo de se focar apenas na paz entre duas raças, e sim na sobrevivência de todos e seu mundo. Estão se sentindo curiosos? Só posso dizer que vocês não estão preparados para o que acontece nesse livro rsrs.

Infelizmente nem tudo deu certo no enredo ao meu ver. Achei que o romance e os próprios Akiva e Karou foram perdendo o brilho. No primeiro livro nos apaixonamos pela história de amor de ambos, mas em Sonhos eu revirava os olhos para as cenas românticas dos dois kkk. Não torci contra, mas parei de me importar com eles. Como disse, outros personagens roubam a cena e foram pouco explorados por ser justamente o último livro. Eu queria e ainda quero muito conhecer mais sobre os Stelians, eles são fascinantes!

Como ela pode ter levado tantos anos para se dar conta de como a vida é preciosa?

Bom, não quero me estender mais, só despertar a curiosidade de vocês rsrs. O livro ganhou 4,5 estrelas por me deixar com vontade de conhecer mais sobre os Stelians, pelo romance que ficou sem graça, confesso que me vi shippando ambos com outras pessoas rsrs. E por causa da edição. Ah Intrínseca… eu sempre espero muito mais de vocês e nessa série vocês me decepcionaram. Muito desleixo na revisão e apesar das capas serem lindas, na hora da leitura, o que conta são as palavras.

Enfim, é claro que indico essa série, pelo que andei vendo, a editora parou de imprimir novas edições, mas podemos mudar isso né? Se essa série te interessou, não deixe de conferir! Leia, é sensacional! E porque vocês precisam conhecer meus personagens favoritos: Mik e Zuzana, Ziri Sortudo e a rainha dos Stelians.

Não deixe de comentar com sua opinião, vou adorar ler e até breve!

site: https://www.garotasentrelivros.com/2018/09/resenha-234-sonhos-com-deuses-e-monstros.html
comentários(0)comente



GeL 13/09/2018

Resenha para o blog Garotas entre Livros
É hora de dar Tchau
É hora de dar Tchau

E assim nos despedimos de mais uma trilogia emocionante. A verdade é que é gratificante encerrar uma série com uma opinião positiva. Já vou logo avisando, nem tudo é perfeito, mas vale muito a pena conhecer a história de Karou e Akiva.

O livro começa logo após os acontecimentos de Dias de Sangue e Estrelas. Uma união entre quimeras e Serafins nunca imaginada passa a existir. Enquanto isso, Jael chega a terra com uma grande parte do seu glorioso exército de anjos, e o óbvio acontece… passam a ser adorados pelos humanos.


O objetivo agora é: Fazer com que Jael volte para Eretz, tirá -lo do poder e promover algum tipo de paz entre quimeras e anjos. Seria possível?

"A força de uma trégua é medida por aquele que se revelar o menos confiável, em qualquer um dos lados."

Em paralelo, temos muitos outros personagens que chegam com tudo e roubam totalmente a cena. O mistério que envolve os Stelians começa a se dissolver e só posso dizer que é sensacional. Foi a minha parte favorita do livro! Mas não é só isso, temos uma determinada humana que vai te deixar bem encafifado…

Como no livro anterior, a Laini Taylor continua em um crescente. Tudo toma uma nova proporção em Sonhos com Deuses e Monstros, a treta fica muito maior e deixa logo de se focar apenas na paz entre duas raças, e sim na sobrevivência de todos e seu mundo. Estão se sentindo curiosos? Só posso dizer que vocês não estão preparados para o que acontece nesse livro rsrs.

Infelizmente nem tudo deu certo no enredo ao meu ver. Achei que o romance e os próprios Akiva e Karou foram perdendo o brilho. No primeiro livro nos apaixonamos pela história de amor de ambos, mas em Sonhos eu revirava os olhos para as cenas românticas dos dois kkk. Não torci contra, mas parei de me importar com eles. Como disse, outros personagens roubam a cena e foram pouco explorados por ser justamente o último livro. Eu queria e ainda quero muito conhecer mais sobre os Stelians, eles são fascinantes!

"Como ela pode ter levado tantos anos para se dar conta de como a vida é preciosa?"

Bom, não quero me estender mais, só despertar a curiosidade de vocês rsrs. O livro ganhou 4,5 estrelas por me deixar com vontade de conhecer mais sobre os Stelians, pelo romance que ficou sem graça, confesso que me vi shippando ambos com outras pessoas rsrs. E por causa da edição. Ah Intrínseca… eu sempre espero muito mais de vocês e nessa série vocês me decepcionaram. Muito desleixo na revisão e apesar das capas serem lindas, na hora da leitura, o que conta são as palavras.

Enfim, é claro que indico essa série, pelo que andei vendo, a editora parou de imprimir novas edições, mas podemos mudar isso né? Se essa série te interessou, não deixe de conferir! Leia, é sensacional! E porque vocês precisam conhecer meus personagens favoritos: Mik e Zuzana, Ziri Sortudo e a rainha dos Stelians.

Não deixe de comentar com sua opinião, vou adorar ler e até breve!

site: https://www.garotasentrelivros.com/2018/09/resenha-234-sonhos-com-deuses-e-monstros.html
comentários(0)comente



Tamirez | @resenhandosonhos 06/09/2018

Sonhos com Deuses e Monstros
Acho que a história se encerrou de forma satisfatória e com reviravoltas e surpresas como já era esperado. Por mais que o fim tenha apresentado algumas discrepâncias, que eu achei bem desnecessárias, isso não afetou o fato de eu ter gostado do final.

Também pude perceber o quanto a escrita da autora evoluiu ao longo dos três livros e como a construção da história foi ficando mais concisa e conseguiu se desdobrar em outras ramificações, criando histórias paralelas. Acho que a personagem que mais evoluiu foi Liraz e Karou que sempre foi muito determinada, abraçou sua origem Quimera e nem olhou pra trás ao ter que se despedir da Terra.

Minha primeira experiência com esse universo e com a autora sai com um saldo positivo e até o momento, a Trilogia Feita de Fumaça e Osso foi a leitura mais diferente que fiz em 2015. E a capa desse último livro é linda né? :D

Enfim, eu curti muito ter lido essa trilogia e sei que não é todo mundo que a adora tanto assim. É preciso ter paciência para que a história te surpreenda, mas também é preciso ir de coração aberto pra essa história que é sim, muito bacana. Então, se você curte fantasia ou está interessada em uma trama com Serafins e Quimeras, sugiro que dê uma chance a Feita de Fumaça e Osso!

site: http://resenhandosonhos.com/resenha-trilogia-feita-de-fumaca-e-osso-laini-taylor-veda-17/
comentários(0)comente



Jayy.Cardoso 07/08/2018

Poderia ter sido melhor...
A trilogia em si até que é legal. Mas esse último livro poderia ter sido melhor. Poderia ter tido um desfecho mais elaborado. Sei lá. Sinto como se estivesse faltando alguma coisa.
O romance de Akiva e Karou poderia sido mais explorado, o de Ziri e de Liraz.
Não vou me extender, pois ficaria um texto muito longo. Porém, eu vi muitas possibilidades para todos os personagens muito bons que, sinceramente, ficaram de lado.
E esse final foi muito corrido. A autora poderia ter excluído algumas partes e explorado outras.
Mas enfim... Até que foi legalzinho.
Michele 25/08/2018minha estante
Me decepcionei com o final! Eu amei a trilogia, para a autora cagar o final. Concorco com você! Ficou muito vago




Nathália Soares 20/05/2018

Resenha de Sonhos Com Deuses e Monstros
Para quem já se deliciou com outras sagas de anjos como: “Sussurro”, “Fallen”, “Beijada por um Anjo” e “Halo”, a trilogia “Feita de Fumaça e Osso” pode ser recebida de braços abertos.

Diferente de outras histórias onde normalmente os anjos são os protagonistas, nesse universo torcemos pelas feras – as quimeras. Descobrimos que tudo é questão de perspectiva. Em um mundo complexo, cheio de guerras e tragédias, desvendamos Eretz, lar onde anjos e quimeras batalham pela sobrevivência.

Nos três livros da saga, acompanhamos o desenrolar dos personagens: Karou, Akiva, Zuzana, Mik, Liraz, Hazael, Ziri, Brimstone, Issa, Twiga, Yasri, Rath e Eliza. A narração varia para dar mais profundidade a cada personagem, mas sempre com foco em Karou e Akiva. Vale ressaltar que os vilões: Lobo Branco, Joram, Jael e Razgut são perversos, maldosos e assustadores como qualquer bom vilão deve ser (eu realmente odeio todos eles).

Crítica: O primeiro livro é essencial, pois é a introdução de tudo, porém já no desenvolvimento do segundo livro a história fica mais arrastada. Apenas no final é que tem acontecimentos mais intensos e envolventes (lá para a página 360 de 445). O terceiro livro engloba toda a complexidade do universo narrado pela escritora Laini Taylor, entretanto fiquei frustrada pela falta de uma cena íntima de amor entre Karou e Akiva (afinal houve muita expectativa entre eles, mas sempre eram interrompidos). Valeria a pena ter um epílogo mostrando o futuro dos personagens ou mesmo o lançamento de mais um livro. Também poderia ter sido mais explorado a forma que os “deuses da luz” iriam impedir as feras do Cataclisma.

Para tentar superar o término dessa leitura maravilhosa, podemos desfrutar o romance de Zuzana e Mik em “Noite de Bolo e Marionetes”.

[spoiler] - A história do Cataclima - Os magos escolheram doze Pioneiros para serem exploradores, os portadores da luz de seu povo, para viajar através de todos os estratos do Continuum que formava o grande Todo. Elazael, Razgut, Iaoth, Dvira, Kleos e Arieth foram designados para viajar para uma direção e um dia retornariam para casa, para Meliz – o mundo de origem dos serafins. Mas o que aconteceu foi o Cataclisma, uma tragédia, um desastre. Os Stelian, os únicos que se opuseram a jornada, são os responsáveis por manter os portais fechados, conter o Cataclisma e salvar os mundos das feras. A cada segundo de cada dia esses monstros atacam o véu do mundo. E, aparentemente, com ajuda dos deuses da luz e dos Stelian o mundo ficará salvo. (páginas de explicação: 425, 439 e 521) [fim do spoiler]
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Carolina 23/02/2018

Um pouco cansativo
Este é o terceiro livro da série Feita de Fumaça e Osso. Já fiz resenha do primeiro livro dessa série. Já fiz a resenha dos primeiros livros da série:

Feita de Fumaça e Osso: https://www.goodreads.com/review/show/2115749679
Dias de Sangue e Estrelas: https://www.goodreads.com/review/show/2265228359

Karou não é uma garota comum. Ela tem cabelo azul, que cresce naturalmente nessa cor, sabe dezenas de idiomas e não foi criada por humanos. Na verdade, Karou foi criada por quimeras.

Ela cresceu na loja de Brimstone, um quimera que vende desejos em troca de dentes. Sim, dentes. Karou já está acostumada a ir a qualquer parte do mundo para negociar dentes para Brimstone.

Entretanto, de repente marcas de mãos queimadas começam a aparecer pelo mundo todo nas portas que levam à loja de Brimstone, e Karou percebe que está sendo perseguida por anjos, ou melhor, serafins.

Dos três livros, esse para mim foi o mais fraco. Ainda é um bom livro, mas é bem cansativo. A escritora tem um jeito muito bonito e poético de escrever, que não tinha me incomodado até esse livro. Mas nesse livro ela demora uma eternidade para dizer o que quer e, no final, não diz muita coisa. O livro é enorme, com pontos de vista de personagens que nunca tinham aparecido antes. Para fechar a trama achei que ela criou coisas muito grandes e mirabolantes, e me senti com saudade da simplicidade do início da história, lá no primeiro livro. Aquele sentimento que senti no primeiro livro, com a história daquela garota de cabelo azul criada por quimeras, que vagava pelo mundo através de dentes... não consegui mais ter esse mesmo sentimento, porque não parecia ser a mesma história.

Enfim, é uma boa história e vale a pena ler a trilogia, mas tem que ter muita paciência nesse último livro.

Resenha com spoilers: https://www.goodreads.com/review/show/2265228704
comentários(0)comente



64 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5