Paixão Sem Limites

Paixão Sem Limites Abbi Glines




Resenhas - Paixão Sem Limites


522 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Gustavo 19/12/2013

Paixão Sem Limites (Blog Leitores Compulsivos)
Blaire Wynn é uma jovem que acabou de perder a mãe para um terrível câncer, durante sua adolescência Blaire se dedicou a cuidar da mãe doente tendo uma adolescência sofrida, quando Blaire completa 19 anos, a doença consome a mãe de Blaire e ela falece. O hospital e os tratamentos da doença de sua mãe deixaram diversas dívidas e custos para a adolescente, e a mesma sabia que não tinha condições de pagar a dívida com o hospital, então Blaire decide vender a casa onde ela e sua mãe vivia, uma herança de sua avó, a casa teve que ser vendida para pagar as dívidas do hospital.

Blaire fica sem casa, sem parentes e sem ninguém para ajudá-la, então ela decide entrar em contato com seu pai. O pai de Blaire abandonou ela e sua mãe a 5 anos atrás, e mesmo não gostando muito de seu pai e não se orgulhando por ter sido abandonada, Blaire não vê saída para seu problema e tenta procurar ajuda a seu único parente vivo, aquele homem que a abandonou, mas que poderia ser sua ultima saída. Uma coisa ela sabia, não poderia passar suas noites dormindo dentro de sua picape, então Blaire decide tomar a difícil decisão de procurar seu pai e pedir ajuda.

O pai de Blaire acabou de se casar com outra mulher, e quando Blaire chega ao endereço dado pelo pai através do telefone, a garota descobre que o pai e sua nova madrasta decidiram fazer uma viagem de última hora para Paris. Blaire fica muito triste, pois não imaginava que o pai fugiria desta forma e a abandonaria mais uma vez. Desolada Blaire conhece Grandy, que ajuda ela a entrar na casa, e durante o trajeto, Grandy explica que é amigo de Rush Finlay, filho da sua nova madrasta com um famoso cantor de rock, e diz que a casa pertence a Rush, então Blaire fica com muito medo de não ser aceita e ter que voltar a dormir na rua, tendo somente o teto de sua picape como relento.

Quando Blaire conhece Rush, ela fica totalmente sem palavras, o rapaz é lindo, forte, sexy e maravilhosamente charmoso, porém quando Rush descobre que Blaire é a filha de seu novo padastro, decide não ajudar a garota, que fica desolada e volta as presas para sua picape, quando ela está indo embora, Rush decide ajudá-la, dando-lhe a permissão de dormir em um quartinho embaixo das escadas de sua casa, Blaire sabe que não deveria recusar a oferta, pois ela estava muito necessitada, sendo assim ela aceita a proposta e diz que vai procurar um emprego o mais rápido possível. Rush dá um prazo de um mês para Blaire encontrar um emprego e alugar um apartamento para si, porém o que ele não sabia era que no futuro a última coisa que ele iria desejar seria a partida de Blaire.

"Os olhos dele eram inacreditáveis. Os grossos cílios pretos que os emolduravam pareciam quase um delineador. Ele tinha um realce natural em volta dos olhos. Que injustiça. Os meus cílios eram louros. Eu daria tudo para ter cílios iguais ao dele." Pág.: 16


Rapidamente, Blaire consegue um emprego, e começa a juntar economias para se mudar o mais depressa possível da casa, ela sabia que não passava de uma hóspede indesejada naquela casa, e o seu desejo por Rush tornava a estadia de Blaire cada vez mais difícil naquele lugar, onde ela não se encaixava e que nunca se sentiu a vontade. Rush sempre dá festas em sua mansão, e Blaire sabe muito bem que ela não é bem vinda nas festas, uma menina do interior, pobre e simples nunca iria estar ao patamar da elite.

Porém, com o passar dos dias, Rush fica cada vez mais atraído por Blaire, porém ele sempre tenta disfarçar e negar Blaire, e isto deixa Blaire muito triste, pois ela pensa que ele odeia ela por ela ser tão pobre e não estar ao nível dele. Porém o que ela não sabe é que ele está se afastando cada vez mais, pois ao contrario do que Blaire pensa, os dois são como fogo e pólvora, e Rush sabe que o estrago seria grande demais se envolvesse com Blaire, ele é um cara acostumado a pegadas de uma noite só, e ele sabe que Blaire é uma moça delicada e inocente, e o medo de machucá-la afasta os dois cada vez mais.

"Ficar longe de Rush não era exatamente fácil, já que estávamos morando sob o mesmo teto. Ainda que ele tentasse manter distância, continuávamos a nos esbarrar. Ele também evitava cruzar olhares comigo, mas isso só fazia aumentar o meu fascínio." Pág.: 37


Com o passar do tempo, Rush vê em Blaire uma garota triste, simples, honesta e muito batalhadora. Rush descobre que Blaire perdeu sua mãe para o câncer e sabe que o pai dela a abandonou, Rush vê em Blaire uma menina solitária e muito triste, a vida não teve pena de Blaire, ela perdeu tudo e todos que ela amava, ela não tinha ninguém e Rush sente uma vontade enorme de ser sua saída e de se tornar o porto seguro daquela garota linda e surpreendentemente maravilhosa. Com o tempo, Rush descobre que não consegue ficar afastado de Blaire, ele está completamente apaixonado por ela, e ele sabe que aquela paixão está acabando com seu coração, ele nunca sentiu aquilo por ninguém, mas ele não poderia ficar com Blaire, ele sabe de um grande segredo envolvendo Blaire e sua família, e Rush sabe que não pode se envolver com ela, pois assim que Blaire ficasse sabendo, ela nunca iria perdoá-lo. Mas será que Rush conseguirá vencer sua paixão por Blaire? será mesmo que ele conseguirá conter esta Paixão Sem Limites? E o segredo que pode separar os dois para sempre? Um segredo que envolve as duas famílias e que Blaire nem faz ideia, todos a sua volta sabem quem é ela e qual o segredo de sua família, menos ela. Rush esconde este segredo dela, e quando ela souber? Irá perdoa-lo, será que o amor é capaz de ir tão longe?

"Sabia que ele estava confuso e até com um pouco de medo, mas havia também amor: pude ver esse amor, essa intensidade no seu olhar, e acreditei." Pág.: 182


Eu recebi este livro através da parceria com a Editora Arqueiro, e quando eu comecei a ler, demorei poucas horas para terminar a leitura, o livro é viciante e as páginas passam tão depressa que quando você termina o livro você fica sem palavras por pensar, como eu li esse livro tão rápido? Já acabou??? Quero Mais :( kkk

Eu gostei bastante da capa deste livro, ela é simples, porém muito charmosa. Eu apaixonei por este livro algum tempo atrás, quando eu estava no Skoob e vi a versão americana do livro, a capa americana também é muito bonita, qual vocês acham melhor? A do Brasil ou a Internacional? Eu gostei das duas, apesar da internacional ser mais bonita, ela não é tão charmosa quanto a Brasileira. E esta modelo da capa Americana não se parece nem um pouco com a Blaire do livro, a Blaire do livro é mais simples, mais estilo Cowboy Rustico, e esta moça da capa americana se parece mais com uma das periquites patricinhas do Rush kkk

Uma história de amor, e de superação sem limites, uma história comovente e emocionante, que te prenderá durante todas as páginas, que se passarão por seus olhos durante horas. Um livro viciante, que te fará prender a respiração e te encantará do começo ao fim, com certeza o melhor livro New Adult que eu já li em toda a minha vida. Abbi Glines conseguiu passar para as palavras o poder da superação e do companheirismo, enriquecido com a magia do amor e da paixão. Todas as vezes que uma pessoa me pergunta qual meu livro preferido, fico em dúvida para responder, afinal já li diversos livros bons em minha vida, mas agora eu tenho a certeza de que quando alguém repetir esta pergunta, sem pensar duas vezes, minha resposta será: Paixão Sem Limites.

site: http://vampleitores.blogspot.com.br/2013/12/resenha-paixao-sem-limites-abbi-glines.html
Tatiana 21/12/2013minha estante
Oi, Adorei a Resenha, fiquei com muita vontade de ler, depois de ver sua resenha :)


mcmillan 23/12/2013minha estante
Nunca tinha ouvido falar desse livro, mas sua resenha despertou meu interesse! Parece ser muito bom e logo que puder irei comprar para ler haha ótima resenha, obrigada!


Gislaine Silva 23/12/2013minha estante
Gostei da resenha, mas não curto muito esse tipo de livro.


Giovanna 25/12/2013minha estante
Tenho muita vontade de ler esses livros, todos falam muito bem dele.


Gy 26/12/2013minha estante
Esse livro parece ser bem empolgante e envolvente, quero muito ler...


Tânia Regina 28/12/2013minha estante
Me parece uma história bem verdadeira e cativante, um amor para curar um sofrimento, muito merecido. Adoro torcer pelos personagens. Valeu \0/


Tânia Regina 28/12/2013minha estante
Me parece uma história bem verdadeira e cativante, um amor para curar um sofrimento, muito merecido. Adoro torcer pelos personagens. Valeu \0/


Luna 28/12/2013minha estante
Ótima resenha. Parece ser ótima a história. Estou ansiosa para poder ler =D


Raquel S. Ramos 30/12/2013minha estante
Boa resenha, parece um romance envolvente, espero ter uma chance de lê-lo um dia.


Dâmaris 02/01/2014minha estante
O livro parece ter um história muito interessante, estou curiosa para ler *.*


Carlinhah 04/01/2014minha estante
Adorei esse livro!


Sau 06/01/2014minha estante
tenho muita vontade de ler esse livro *--*


Jessi 07/01/2014minha estante
Ah, que maravilha deve ser esse livro! Irei ler, com toda certeza! Beijos.


Angeline 07/01/2014minha estante
Marquei esse livro pra ler, mas já vi muitas resenhas negativas, e estava na dúvida... MAS agora que li essa resenha, fiquei com muita vontade de ler... mais um pra lista...


Cobra 11/01/2014minha estante
Quero ler esse livro, acho q pelo fato de ter visto muitas resenhas negativas dele. Sou do contra..


Luana 11/01/2014minha estante
agora necessito deste livro ?


Mery Cintra 11/01/2014minha estante
quero mt ler esse livro, sua resenha ta maravilhosa


Fátima 17/01/2014minha estante
nossa!!! adorei a resenha e fiquei com vontade de ler o livro


Milena 18/01/2014minha estante
Amei esse livro, muito bom!


Tamires 19/01/2014minha estante
Adorei esse livro... Esta na lista dos meus favoritos.


DomDom 22/01/2014minha estante
Confesso que quando vi esse livro, não tive muita confiança de que ele era bom, mas me enganei completamente, hein?!?! Me parece ser muito bom, bem narrado e com personagens e situações bem interessantes. Agora fiquei bem curioso pra ler.


lala 24/01/2014minha estante
Muito Bom gostei. Amo esse livro


Chell 20/03/2014minha estante
Amei muito, tanto que compre logo a continuação que é tão boa quanto o 1ºlouca para que o terceiro venha logo!


Zil 21/12/2014minha estante
Muito boa sua resenha. Já li o primeiro e estou lendo o segundo livro. Olha, gostei, mas não dá pra dizer que é "aquele livro" que te faz pensar, tipo fica na sua cabeça, falta alguma coisa... Creio que a forma da autora escrever é que deixa essa impressão de superficialidade. O excesso de drama e de glamour também contribuem para isso.


Ro 30/10/2016minha estante
Eu odiei esse livro, não consegui dar mais que um estrela. Historia fraca, romance chato muito infantil me fez quer abandonar, mais fui persistente cheguei no final graças a Deus, com certeza não vou reler esse.


Sah 15/06/2020minha estante
Amo esse livro!


Rafaela.Chalegre 27/06/2020minha estante
Esse livro é realmente sensacional !!




jhonatas_nilson 08/01/2014

Fraco
Eu comprei esse livro com certo temor, pois não é o tipo de leitura que costuma me agradar ou chamar a minha atenção. Confiei pura e simplesmente na opinião da maioria onde todos eram só elogios para a obra de Abbi Glines. Mesmo com as expectativas baixas, o livro ainda conseguiu me decepcionar.
Foi uma mistura tão grande de clichês que foi muito difícil para mim engolir, mas acredito que o ponto decisivo para o livro não ter me convencido de nenhuma forma foi o fato de eu ter sentido, o tempo todo, que estava lendo uma história baseada em Cinquenta Tons de Cinza. Foram tantas semelhanças que eu me pergunto se ninguém percebeu isso enquanto estava lendo por que a cotação no Skoob é altíssima e isso não entra de forma alguma na minha cabeça!

No início a Blaire, protagonista do livro, me pareceu uma coisa, mas aí, algumas páginas depois, se mostrou com uma personalidade completamente diferente. Tem tanta Anastasia Steele nessa garota que cheguei á conclusão que a Blaire leu a história da Ana e pensou Vou ser igualzinha ela

Tenho certeza que o Rush, o protagonista, também leu a trilogia Cinquenta Tons e pensou Vou agir que nem o Sr. Gray para ver se pego mais mocinha virgem.

Quero dar os meus parabéns a Blaire e Rush, pois fizeram um bom dever de casa!

Até a fala de mocinho atormentado é parecida!

Eu não sou um cara romântico.(...)Eu só trepo, gata. (Página 75)

Como não relembrar dessa fala do Sr. Gray?

Eu não faço amor Ana, eu fodo com força.

Uma coisa que conseguiu me segurar até o final foi querer saber o motivo de Rush agir de forma tão Oi, eu preciso de um psicólogo e até essa explicação foi insuficiente para mim. Juro que na minha cabeça ele iria confessar para a Blaire, no final, que era abusado por uma mulher mais velha, igualzinho como foi com o Gray. (São tantas coincidências que a gente acaba se acostumando, né?).

Ainda que com tantas críticas, tenho que congratular a autora Abbi Glines, porquê mesmo o livro dela sendo ruim eu o devorei em um dia! É daquelas histórias que apesar de fracas, você simplesmente lê até morrer(Como disse a Lucy). A escrita dela é gostosa e extremamente viciante e por isso vou ler a continuação, até por que ficou muita coisa em aberto que quero saber como termina.

Enfim, se você me perguntar se eu recomendo este livro, eu diria que sim, mas não vá com muita sede ao pote. Dessa forma, é possível até que você consiga se surpreender.

site: MAIS RESENHAS EM: http://www.alquimiadosromances.com.br/
Paty 03/02/2014minha estante
Você disse tudo que penso sobre o livro ;)


Rafaela 11/05/2014minha estante
Não sei se foi sua intenção ao escrever, mas eu ri muito com a sua resenha kkkk
Concordo em muitos pontos. O livro é de certa forma previsível, mas viciante :D


Silvana Barbosa 21/10/2014minha estante
"Oi, eu preciso de um psicólogo" kkk Definitivamente adoro suas resenhas , meu amigo .
Mas fica melhor quando você NÃO GOSTA do que leu .


Pri de França 09/01/2015minha estante
Idem... Você pensou exatamente o mesmo que eu... vou dar uma olhada na sua biblioteca... !!!




spoiler visualizar
Nádia 11/08/2015minha estante
Melhor resenha *-*


Carol 08/09/2015minha estante
Se Nan é meia irmã de Rush (por não possuir o mesmo pai), ela também é meia irmã da Blaire (por não possuir a mesma mãe).




Sa 08/05/2021

Paixão sem limites
Paixão sem limites é um clichê com um pouco de hot, com problemas na família, dilemas que impedem o casal de ficar junto, que é um segredo que o protagonista guarda.
Mesmo sendo clichê eu gostei, preciso ler o próximo para saber o que vai acontecer. Para quem gosta de romance provavelmente vai gostar desse também.
Katia 08/05/2021minha estante
Uma saga que flui muito bem. Apesar de clichê, também gostei bastante.




Fernanda 02/12/2013

Resenha: Paixão Sem Limites
Resenha: “Paixão sem limites” de Abbi Glines, apresenta um “New Adult” sutil e ao mesmo tempo decidido e envolvente. Os personagens são intrigantes e carregam dramas que pesam bastante no enredo. Sem falar que a relação dos protagonistas possuem um foco bem sexy e incentiva a participação dos sentimentos que surgem inesperadamente.

Blaire Wynn só tem dezenove anos e ainda é muito inocente e ingênua, talvez pelo fato de estar totalmente envolvida com a mãe que se encontrava doente. Sua vida não foi nem um pouco fácil e depois que a mãe morrera e com outras complicações financeiras, ela precisa procurar o pai. Claro que havia planejado ficar pouco tempo ao seu lado, só o período para se adaptar e guardar dinheiro para se manter sozinha. O problema é que a moça chegou e o pai não se encontrava. Foi ai que conheceu Rush.

LEIA A RESENHA COMPLETA NO BLOG SEGREDOS EM LIVROS:

site: http://www.segredosemlivros.com/2013/12/resenha-paixao-sem-limites-abbiglines.html
brunaveras 15/12/2013minha estante
Olá Fernanda Camilo eu amei este livro, li em uma tarde, vc saberia me dizer quando sai a continuação do livro tentação sem limites?




Bruna Britti 04/12/2013

***

Um dos subgêneros que mais gosto é o New Adult. O estilo mais ousado, em cenas para lá de sensuais, me agradou logo de cara. Geralmente é comum encontrarmos temas polêmicos, cuja narrativa – por vezes intensa –, proporciona uma leitura de tirar o fôlego. O linguajar solto é característico dos protagonistas – jovens que já saíram da adolescência e são mais abertos ao sexo, sem muitos dramas sobre o tema. Porém, mesmo encontrando todos esses elementos em Paixão Sem Limites, o livro deixou a desejar. Minhas expectativas eram altas, mas os pontos negativos foram tantos que não consegui curtir a leitura.

Por onde começar? O enredo é frágil. Sem um clímax satisfatório e um embasamento consistente, a história apresenta muitos furos. Paixão Sem Limites trouxe o sexo quente como foco e poucos elementos que realmente se destacassem. Os personagens são inconsistentes e os diálogos, rasos, por vezes se mostraram repetitivos. A narrativa não é fluída, e em alguns momentos tive que voltar para reler alguns trechos. Mas o pior de tudo, para mim, foi a autora introduzir na trama um segredo que justificaria o comportamento sem sentido do protagonista em determinadas passagens da história. Entretanto, ao invés de atiçar, o mistério foi uma enrolação sem tamanho. Apenas nas últimas páginas é que entendemos a conduta de Rush - um artifício mal inserido na história. Nenhum dos personagens tem dez anos para se comportar daquele jeito, muito menos a tal da Nan. As sequelas emocionais deixada na personagen apelam para um drama que não me convenceu.

As cenas de sexo são bem descritas, mas confesso que pela primeira vez o vocabulário chulo me incomodou. Tive a impressão que estava lendo um roteiro de um filme pornô barato. Quanto a isso nunca tive problemas, afinal, um dos meus livros favoritos deste subgênero também apresenta este tipo de linguagem, mas em Paixão Sem Limites, o uso a torto e a direito do vocabulário limitado soou pobre e muitas vezes vulgar. Também me irritou o personagem ficar usando o diminutivo para tudo, “bucetinha, molhadinha, apertadinha, bundinha”…

A construção dos personagens é falha. Apesar de ter um certo charme, Rush é instável, soltando frases clichês fora de contexto. O personagem é muito estereotipado no estilo bad boy misterioso, mas pouco explorado. Blaire é insegura, tímida e um elemento sem voz na trama. Quando confrontada, ou perde as estribeiras e se comporta como uma garota birrenta, como no final da história, ou abaixa a cabeça e ouve em silêncio, sem reação. Achei uma pena, pois a autora introduz tão bem a personagem que esperava encontrar uma protagonista instigante. Além disso, a protagonista é um poço de contradição. Na questão do sexo, por exemplo, há um trecho onde Blaire afirma ter assisto à vários vídeos de sexo no passado e que estava acostumada, porém, naquele momento da narrativa, era a primeira vez que experimentava um orgasmo e não sabia qual era a sensação. Isso soou incoerente. Para alguém tão ingênua e sem experiência, ela não parecia se comportar como tal após a primeira vez. Enfim, é frequente esses tropeços no enredo.

A premissa é boa, tanto que estava bem ansiosa pela leitura. Admito que em alguns momento a leitura me entreteve, mas não foi suficiente para gostar da história. O livro vem fazendo sucesso, e, por isso, acho que se você está em dúvida, deve dar uma chance à história. Infelizmente, para mim, não funcionou.

site: www.supremeromance.blogspot.com.br
nandaassis 09/12/2013minha estante
Não creio que vc não gostou! Eu achei tãoooo legal!! kkkkk.
Tbm achei a linguagem meio pesada nos palavrões e acho que o drama de Rush e a reação dela foram exageradas, mas eu já sabia o q seria o trecho do próximo, tava na cara, e estou louca pela continuação rsrs.
bjs


Bruna Britti 14/12/2013minha estante
kkk, pois é Nanda, até eu fiquei surpresa comigo mesma por não ter gostado! hahahahaha Tava com tanta expectativa =/ Achei aquele drama todo mta novela mexicana rsrsrs

Bjos :*


Aline Ramos 03/01/2014minha estante
Adorei sua resenha, ela disse tudo que achei.


Bruna Britti 05/01/2014minha estante
Obrigada Aline! :)


S. 10/03/2014minha estante
Concordo totalmente com sua crítica, ainda fui mais severa e dei uma estrela só! rsrs
O livro foi tão comentado, mas quando li me decepcionei, achei o enredo bem fraquinho, cheio de clichês e com cara de fanfic escrita por adolescente (sendo que já vi algumas fics até bem melhores por aí).


Bruna Britti 23/06/2014minha estante
Obrigada Serena! Senti tudo isso lendo esse New Adult. Realmente esperava que fosse superar minhas expectativas. :/ Tbm já li fan fics bem melhores. rs




gabiela 09/05/2021

já li livros ruins, agora esse...
eu sou muito fácil pra gostar de livro, tipo muito mesmo. mas se tem um livro q eu tenho ódio é esse. só dou um crédito pra autora pq ele é antigo e eu li com a cabeça q eu tenho agora. tenho ctz q eu lendo em 2013 ia amar.
comentários(0)comente



Priscila Porto 03/09/2020

Livro bom
A história é rodeada de clichês, do tipo o bad boy que precisa ser ?salvo? por uma menina inocente e virgem que passou por muitos dramas na vida. Mas a narrativa flui de maneira rápida, a autora deixou um suspense a ser desvendado no final portanto, li o máximo que conseguia por curiosidade.
Achei bom o livro e a leveza da leitura, algumas vezes a autora pegou meio pesado nas partes quentes para quem recém tinha perdido a virgindade, mas ok, relevei porque gostei da escrita. O final nos faz querer saber mais e ler o próximo livro.
comentários(0)comente



Maria Viviane 12/02/2021

Aí... Meu... Deus...
QUE LIVRO PERFEITO, eu estava morrendo de saudades de um livro desse na minha vida, tenso, quente, e com um casal que me levou a loucura, estou simplesmente apaixonada por Rush e Blaire, que história perfeita, com uma reviravolta babado no final e que inclusive já estou indo ler o próximo porque estou viciada, foi o meu primeiro contato com Abbi Glines e já virei fã.
comentários(0)comente



Autora MG Araújo 05/04/2020

Revoltada...
Como pude guardar esse box por tanto tempo e apenas agora começar a leitura? ?
VICIANTE!!!
comentários(0)comente



Aninha.Costa 09/11/2020

Já quero a continuação!!!
De forma resumida, a experiência desse livro foi ótima pra mim, eu gostei muito do ritmo, dos personagens, do enredo, acho que a Blaire é uma menina que sofreu muito e faz o melhor que pode com o que tem apesar de tudo o que passou, digo isso porque costumeiramente a personagem principal tem uma tendência a se autodepreciar e nesse livro acho que isso não aconteceu.
Enfim, só fiquei chateada por não saber que havia continuação, acreditava ser um volume só e agora estou olhando pro teto querendo saber as reviravoltas da vida da Blair. ?
comentários(0)comente



Naralicia 24/02/2021

Aí que gostoso cara
Que livrinho curto e gostoso de se ler, os personagens são legais, a leitura fluida e o enredo bem gostoso

Rush, virou meu neném, que homem irmãos, só acho que ele fala muito nos famigerados atos hahahaha então eu fico meio "Eita, lá vem" a situação no silêncio e ele soltando várias frases de efeito, mas é gostoso de qualquer forma

Blaire é tarada, mal viu o Boy e já quis, a mina é rápida, ela me lembra um soldado camuflado, cê não vê, mas está lá te olhando o tempo inteiro e as vezes só uma cara de pau mesmo Hahahahaha

Eu super recomendo para quem gosta do gênero.
comentários(0)comente



Paula 31/10/2020

Li sem parar
Eu li A sua espera da mesma autora mas não sabia q se tratava de uma série,assim q descobri fui procurar os outros é esse foi o primeiro,a Blaire é demais ...impossivel não devorar esse livro
Isa Gabriella 31/10/2020minha estante
Sim, essa série é maravilhosa.




Phaela 22/12/2014

COM LIMITES!!!!
Curiosamente paixão sem limites, trás uma escrita absurdamente limitada para uma autora tão experiente. Nunca li outros trabalhos de Abbi Glines, mas sei que ela tem outros livros, o que me leva a me perguntar durante as poucas páginas dessa história, o que diabos ela estava pesando ao escrever isto?????

Sendo sincera, não vou dizer que o livro é de todo ruim, há o que se aproveitar sim, pouca coisa, que te prende um pouco, mas há! No entanto em outros trechos você se pega pensando por que uma escritora supostamente experiente está cometendo erros ridículos. E o mais preocupante ainda, por que algumas resenhas da blogosfera, que deveriam ser exigentes quanto ao que indicam aos seus seguidores, são obtusas em relação à isso? Será que essas pessoas só querem ler/vender sexo sexo e sexo? Ou será que eu é que me enganei ao esperar mais deste livro além de sexo? Mas o excessivo uso de sexo para resolver todos os problemas dos personagens ainda não é a maior decepção desta história. Minha maior decepção foi Blaire, a personagem principal, que no início me cativou, com sua história de vida sofrida, com a garra e determinação que ela mantinha, era uma garota lutando para sobreviver e ser independente. E aí a construção dessa personagem admirável, guerreira é desconstruída e descaracterizada quando um par de olhos cinzas e um pinto enorme aparecem em sua frente!! WTF??? Quando Blaire conhece Rush, o filho da sua madrasta com um astro do rock famoso, ( e aqui vemos o velho clichê, mas que continua sendo a formula para um personagem de sucesso, o bad boy garanhão, mas que simplesmente não funcionou!!!) ela tem uma atração inevitável por ele, o cara é gato, rico, charmoso... E Blaire que vem a tempos anulando sua própria vida em favor da mãe doente, não teve defesas o suficientes para resistir. O problema é que a partir daí, a tal personagem incrível que conhecemos, batalhadora, não passa mais de uma menina bobinha que quer o cara que mas pisa nela... ela volta ser aquela garota do ensino médio que deseja o cara mais popular da escola, e passa a detonar sua própria auto estima, só porque o cara prefere comer as milhares de outras mulheres que arrancam suas calcinhas por ele, em vez de querer jurar amor eterno à ela. Não... Blaire não quer o outro cara gato, rico, que a trata bem, que promete noites quentes, e quer assumi-la... Não a garota independente e forte, quer o cara que só sabe humilhá-la... Falta de auto estima à parte, vemos a desconstrução do outro personagem, que funciona de forma inversa ao declínio da personagem de Blaire. Rush que é um personagem forçado no início, revela-se um cara carinhoso, humano, em vez do clichê que era, e a partir daí se torna um personagem admirável. Mesmo que essa sua mudança tenha sido repentina e sem explicação razoável... A paixão simplesmente brotou, e não de uma forma romântica, a primeira vista... é mais por falta de coerência no contexto mesmo!
Quando você começa a perceber a merda em que se meteu, a autora vem tentando levar o enredo com um suposto segredo... Que na minha opinião se tivesse sido o centro da trama, em vez duas pessoas loucas pra fazerem sexo, teria transformado a história toda em algo incrível e natural.
Enfim, eu nao me considero exigente demais, sou bastante compreensiva com as histórias que deixam coisas a desejar, mas se estou reclamando desse livro, acredite é porque passou da conta!!!

Então se você não for muito exigente, (sem critérios mesmo) e estiver apenas querendo algo HOT sem muito sentido, pra te distrair, até dá pra ler. Mas se quer algo novo, uma história bem construída, personagens bem desenvolvidos. (personagem secundários, aloou, cadê vocês que sumiram no meio da história??? ) dá pra ler. Concluo que paixão sem limites, foi vítima de uma visão limitada da autora, dos editores, e do obtuso que indicou isto!
E o revoltante é perceber que tantos autores bons, não fazem metade do sucesso, por que infelizmente as editoras estão "pagando" os blogs pra falarem bem de algumas merdas. Parabéns aqueles blogs que ainda tem coragem de dizer a verdade...
paat_pontes 27/12/2014minha estante
Concordo com você, eu comecei a ler, e na metade do livro percebi que isso isso na verdade é uma 50 tons misturado com romance adolescente, sem a parte da dominição que vemos no 50 tons. O que me deixa triste é saber que depois do lançamento e reconhecimentos de livros mais hot, quase tudo se tornou umam vertente desse tema, sinceremante comecei a ler na esperança de fosse algo inovador, já que nas resenhas que eu li e até na contra capa do livro a idéa que temos é que é um livro mais voltado para os temas que o Nichollas Spark sempre utiliza, mais não me decepcionei com a historia e com o andameto dela, que em certos casos me pareceu totalmente sem sentido . Queria poder ler algo que não se focasse tanto ao sexo, pois hoje em dia o que falta é um livro com historia empolgante e bem escrita .


Carla @camantovanni 12/02/2015minha estante
Concordo


Karine 06/03/2015minha estante
Phaela, adorei sua resenha! Compartilho do mesmo sentimento em relação à história. :)


Bia 27/04/2015minha estante
Concordo, comecei ler o livro porque vi muitas resenhas positivas em relação a ele e me deixou curiosa, mas quando finalizei, vi que foi uma total perca de tempo.
Um livro extremamente chato, com personagens chatos, com um romance mais chato ainda. Acho que é isso, o pessoal está tão preocupado em vender sexo, que não se preocupam com mais nada. Muitas vezes o livro parecia que estava sendo escrito por uma adolescente de 12 anos. Os diálogos nos faz questionar como foi possível a publicação desse livro, porque vamos combinar né. A única coisa boa do livro, foi ele ser curto, pq se tivesse um número maior de páginas, acho que arrancaria meus olhos no rosto.
E falando da personagem principal, em meio ao caos que estava a vida dela, tanto sofrimento, morte da mãe, morte da irmã, abandono do pai, ela está preocupada com o físico do mocinho, por favor né, um pouco de realidade aí. E ele, o Rush, muitas vezes me perguntei qual o problema dele.
Meu conselho é: Não leia esse livro!
Para mim, foi um verdadeiro suplicio ler esse livro e não desejo que ninguém passe pelo mesmo.




Ester 19/02/2020

null
Livro de fácil leitura. E intenso
comentários(0)comente



522 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |