Beleza Perdida

Beleza Perdida Amy Harmon




Resenhas - Making Faces


387 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Amanda 08/12/2019

Muito ensinamentos!
Estou até agora com um nó na garganta.
Que história linda. Quantos ensinamentos nesse livro.
Me fez refletir sobre minha vida. Me fez querer ser mais grata.
?Você está sentindo isso??
comentários(0)comente



Evellyn.Souza 05/12/2019

"Está sentindo isso..."
Eu acho que nunca li um livro tão significativo na minha vida. Eu achei que seria um clichê de "A Bela e a Fera" no final de ensino médio,mas na verdade não foi nem um pouco, foi bem real e emocionante. O jeito como a autora fez o jogo de sentimentos mostrando as memórias...acabou comigo, e eu sinceramente estou muito grata de ter lido,pois como é muito explorado no livro: a vida é um sopro e "o roubado que sorri, tira algo do ladrão."
comentários(0)comente



PoliAna 04/12/2019

Arrebatador
Beleza perdida é um romance infanto-juvenil com uma carga emocional fortíssima, focado no poder de uma verdadeira amizade e na superação dos obstáculos da vida.

A leitura flui e os personagens são extremamente bem elaborados. Não há como não se apegar a eles e sentir a dor e a felicidade deles.
Tenho que confessar que me emocionei muito em algumas partes. Mas não espere um livro triste e sim um que vai te ensinar a ver a vida de uma forma muito mais divertida.

Neste, os principais personagens são: Fern, uma garota que sempre se sentiu o patinho feio e rejeitada e, por isso, focou no seu intelecto; Baley, primo de Fern e diagnosticado com uma doença rara que está limitando cada vez mais seus movimentos, porém sempre com mensagens positivas a todas as pessoas à sua volta; Ambrose, o melhor atleta do colégio, bonito e por quem Fern, e boa parte das meninas, tem uma paixão platônica.

Prepare-se para uma história que poderia ser baseada em fatos reais, pois descreve as dificuldades e superação dos personagens, que poderiam muito bem ser nós mesmos.
História linda e emocionante!!
comentários(0)comente



Maria Hubner 29/11/2019

Está sentindo isso...
Apenas sem palavras para este livro... Me emocionei do começo ao fim, e me apaixonei por cada personagem, cada frase era carregada de um milhão de ensinamentos, fzd ser impossível acaba-lo sem querer ser alguém melhor.
Ambrose Yong é um lutador que convence seus 4 melhores amigos a irem para guerra, no entanto... Apenas ele volta vivo. Fear é uma garota que desde pequena se sente encantado por Ambrose, porém nunca foi correspondido, o que nunca a abalou, já que ela tinha um melhor amigo, barney, um garoto que sofre de distrofia muscular, que mesmo incapacitado de fazer muitas coisas, nunca se deixou abalar ou até mesmo fez com que o amor dele pela vida diminuisse. A história mostrará uma luta de auto conhecimento e de superação... Mostrará diversas faces da beleza e oq é realmente importante na vida. Este é com ctz um livro que eu levarei pra sempre, e deveria ser obrigatório que todos individuos o lessem!!!
comentários(0)comente



Vivi 24/11/2019

Que história mais linda! Muito bonita mesmo. E que nos faz pensar bastante sobre as mudanças e os obstáculos que aparecem em nossa vida e como escolhemos lidar com eles.

Apesar de alguns acontecimentos tristes que ocorrem, o livro em si não é triste. Achei leve e tranquilo.
O início é meio devagar e não achei nada de mais. Porém depois o livro dá uma guinada e ficamos presos a história, em como tudo vai se desenrolar.

A narrativa é em terceira pessoa e vai mostrando o ponto de vista tanto da Fern quanto do Ambrose. Gostei da escrita da autora, principalmente em como ela constrói os personagens. Parecia que eu estava sentindo o mesmo que eles de tão envolvida que fiquei na história. Recomendadíssimo.
Charlene 25/11/2019minha estante
Gosto muito dessa autora, ela escreve de uma fotma mais realista, sem muita invenção, com maturidade. Procure me quando a guerra acabar foi o melhor livro que li esse ano.


Débora 25/11/2019minha estante
Eu vou ler esse livro em breve, não tinha me atinado que era da mesma autora.


Vivi 25/11/2019minha estante
Ah, eu lembro que vc já comentou desse livro tb. Pena que não tem físico dele aqui ainda...
Esse foi aquele que vc comprou quando foi em Portugal né?


Charlene 26/11/2019minha estante
Esse mesmo Vivi! Mas tem o livro digital.


Dani 01/12/2019minha estante
Ótima resenha Vivi. Esse livro está na minha lista de desejados algum tempo saber que você gostou da mais vontade de ler:)


Vivi 01/12/2019minha estante
Dani, esse livro é sua cara. Acho que vai amar!!!


Dani 01/12/2019minha estante
Obrigada Vivi, sua opinião vale muito:)


Dani 01/12/2019minha estante
Eu fui olha na minha lista e ele não estava mais.
Mas coloquei de volta;)




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Duda 13/11/2019

"O roubado que sorri, rouba algo do ladrão "
Comecei a leitura porque diziam se tratar de uma releitura moderna de A Bela e a Fera, mas não achei muitas semelhanças, o que não quer dizer que não gostei do livro, nem de perto.

Algumas coisas me incomodaram sim, a respeito de beleza física principalmente, mas muito disso foi dissipado no decorrer do livro.
Esse misto com acontecimentos históricos, falando sobre os ataques de 11 de Setembro, sobre o medo que se alastrou e sobre o alistamento militar deixou a história toda muito real.
Como a autora trouxe alguns sentimentos a tona e como trabalhou com eles dentro de cada personagem foi impactante.
A narrativa é em terceira pessoa e não é linear, por Isso, preste atenção pra valer a pena ?
Como sentimentos tão lindos podem causar tanta dor?

Amizade sincera de 5 amigos que fariam tudo um pelo outro, e a incrível particularidade de cada um.

O amor de primos que nasceram para cuidarem um do outro.
Uma garota apaixonada, verdadeira e pura que vem nos mostrar muito sobre doação.
Um garoto sem perspectiva de vida longa, mas que dá um banho de alegria, perseverança e esperança.

Essa história fala sobre amor, beleza em todas as suas formas e sobre todos os significados da palavra Herói.
comentários(0)comente



Jhenifer (Girl Books)@_girlbooks 28/10/2019

ESTÁ SENTINDO ISSO?
BELEZA PERDIDA- Amy Harmon

"ESTÁ SENTINDO ISSO?"

Quando iniciei eu esperava um romance sobre um casal em que ele foi para guerra e seus amigos morreram e ela uma garota "feia", mas eis que tomei um tapa na cara ao perceber que a "beleza perdida" que a autora queria abordar não era nem de perto somente a física, e não era o clichê que eu esperava que fosse.

É sobre a beleza perdida daquele amor não vívido por circunstâncias da vida, aquela em que a doença tira todos os dias, aquela do luto e culpa, também a beleza física mas ela trabalha questionamentos sobre a importância que damos e como isso afeta consciente ou não a todos nós, como nos vemos e a importância que muitas vezes primeiro damos para o físico e depois para o interior de alguém.

Com isso, quero dizer que foi uma das minhas supresas também foi a autora não só focar na  história do casal como todos a todos personagens secundários dando tanto quanta importância, e com isso fazer com que eu tivesse ainda mais empatia e o livro se tornasse ainda mais emocionante, o que foi lindo mas também cruel da parte da autora, mas um cruel bom.

Um livro extremamente emocionante, que vai muito além do casal principal, a sinopse nos entrega muito pouco do conteúdo MARAVILHOSO dessa história.
Não é somente sobre pessoas quebradas, é sobre o luto, culpa, o amor, luta, amizade, lealdade, heroísmo, enxergar a vida de outra perspectiva, amor próprio, não desistir.

P.s.: Que amor mais lindo é esse?!?! (Suspiros)

QUOTES

Todos os seres vivos morrem, Bayle. Algumaa pessoas vivem mais que as outras. Sabemos que a sua doença provavelmente vai deixar a sua vida mais curta do que a de algumas pessoas, mas nenhum de nós nunca sabe quanto tempo vai durar a própria vida."

"[...] sempre gostou tanto de ler.
Os livros permitem que as pessoas sejam quem elas querem ser, para escapar de si mesma por um tempo."
morte

" As vezes um rosto bonito também é uma propaganda enganosa, e muitos de nós não chegamos a olhar o que tem de baixo da tampa."

"A vitória está na batalha."

"O roubado que sorri rouba algo do ladrão."
Shakespeare

"Os livros permitem que as pessoas sejam o que elas querem ser, para escapar de si mesmas por algum tempo."
comentários(0)comente



Bia Sousa 15/10/2019

Não me suspreendeu muito
Em Beleza Perdida conheceremos a história de Fern Taylor e Ambrose Young. Fern é uma garota comum, está no último ano escolar, ama livros, tem poucos amigos e não é uma pessoa considerada bonita, na verdade ela está naquele período onde as mudanças físicas começam a acontecer com qualquer adolescente, ah não podemos deixar de falar que ela sempre foi apaixonada por Ambrose.



❝Acho que às vezes um rosto bonito também é uma propaganda enganosa, e muitos de nós não chegamos a olhar o que tem debaixo da tampa.❞



Ambrose é lindo, estuda na mesma escola de que Fern e é bem popular na cidade, pois ele é um lutador muito promissor, porém esse não é o seu desejo de vida, o seu desejo é ir para a guerra. Assim ele convence quatro amigos a se alistarem com ele e partirem para a guerra e lutar em prol do seu país, porém mal saia Ambrose que ir para a guerra marcaria a vida de todos eles profundamente.

No livro também conheceremos Bailey, que é primo de Fern e também o seu melhor amigo. Bailey é filho do treinador de Ambrose. Bailey sofre de distrofia muscular, o que fez com que desde muito novo fosse necessário o auxílio de uma cadeira de rodas. Em minha opinião Bailey é um dos personagens mais importantes da história, foi ele que fez com que tudo desse certo.



❝Às vezes não é possível retomar a vida. Às vezes a vida está morta e enterrada,e a única opção é fazer uma nova.❞



Fern é aquela menina cheia de inseguranças, que prefere se esconder de tudo e de todos, guarda tudo o que sente por Ambrose bem no fundo do seu coração, mas quando ela vê que Ambrose está no fundo do poço e só ela será capaz de ajudá-lo, pois só o amor seria capaz de curar uma pessoa tão quebrada.

O livro fala sobre perdas, recomeços, perdão, reencontros e também das belezas que perdemos na vida. Devo confessar que por mais que seja uma história linda e tocante eu não consegui me emocionar com a história e olha que o livro é recheado de trechos bem tristes.



❝— Sempre me espanta como as pessoas são colocadas na nossa vida exatamente no momento certo. É assim que Deus trabalha, é como Ele cuida dos seus filhos.❞



Se você procura por um livro emocionante, cheio de drama e que promete muitas lágrimas eu não tenho dúvidas de que você vai se apaixonar por essa história, pois além de tudo isso a leitura é bem rápida e gostosa, é impossível não se envolver e amar esses três personagens.

site: https://bercoliterario.wordpress.com/2019/10/11/resenha-beleza-perdida-amy-harmon/
comentários(0)comente



Thay 07/10/2019

Esperava mais
A história começa um pouco devagar, no começo dá um pouco de preguiça, é do meio pro final que melhora.
Depois que acontece o grande acontecimento do livro vc espera que agora o casal principal se desenvolva, mas foi muita enrolação, detestei tantos flashback's, no começo era confuso, dps passou a ser sem necessidade mesmo.
A história mostra a superação de uma forma mt legal, a amizade de Fer com Bailey, e Ambrose com seus amigos é linda. Eu gostei do livro mas esperava mais, a todo tempo eu pensei que algo a mais iria acontecer, e me senti frustrada com o final, queria mais detalhes.
comentários(0)comente



Roberta.Medeiros 22/09/2019

A Fera de um Hércules (@acervodarob)
Sabe aquele livro que você pega sem nenhuma expectativa? "Beleza Perdida" foi um desses pra mim. Fazia tempo que eu tinha lido uma história que combinava tanto o plano de fundo histórico, o drama, as relações interpessoais e o romance.

Essa obra contará a história de Ambrose Young, um lutador prodígio de luta livre que tinha um futuro extremamente promissor, tanto pelo seu talento ímpar no esporte, quanto pelo fato da sua beleza abrir várias portas ao longo da sua vida. Fern Taylor é apaixonada por ele desde seus 11 anos de idade, mas pelo fato da sua aparência não ser a primeira coisa que chama atenção nos outros, Ambrose não a enxerga como ela merece. A história se passa no começo dos anos 2000 e tem como plano de fundo os atentados do 11 de Setembro e as Guerras do Afeganistão e do Iraque.

Após alguns acontecimentos, a vida de Ambrose mudará repetinamente e ele terá que aprender a superar suas antigas visões do mundo. Amizade e amor são os principais fatores que farão esse personagem evoluir tanto ao longo dos capítulos.
comentários(0)comente



Nika Baumann 01/09/2019

Resenha: Beleza Perdida - Amy Harmon
Primeiro livro de Amy Harmon que leio, narrado em terceira pessoa, a autora altera o foco da narrativa entre Ambrose, Fern e alguns outros personagens secundários da história, fazendo com que o leitor possa conhecer cada pedaço do universo criado, se envolvendo completamente com a proposta do livro.

Ao invés de eu me deparar com a história da menina que se acha feia e chama a atenção do cara bonito, nós temos uma garota que não se importa tanto com o fato de não chamar a atenção dos garotos por causa da sua aparência e de um garoto que não está a procura de alguém para lembrá-lo das suas qualidades físicas, mas de alguém que consiga ver além do seu rosto bonito.

Ambos os personagens principais do livro carregam inseguranças e medos que os tornam ainda mais interessantes. Durante toda a história, acompanhamos o desenvolvimento desses personagens de uma forma que vai muito além do romance ou mesmo da questão bonito/feio que é abordada de forma tão maravilhosa dentro da história.

Ambrose, Grant, Beans, Paul e Jesse são os atletas da escola, os lutadores que trazem orgulho a pequena cidade e trazem troféus das competições. Bailey é filho do treinador deles, mas Bailey não luta, ele tem distrofia muscular (degeneração do músculo), ele não pode fazer grandes movimentos então ele é censurado de lutar, por mais que ele queira. Eles são um grupo de amigos inseparáveis, tem suas briguinhas mas nada destrói os garotos.

"Às vezes, ter amigos especiais pode ser difícil. Às vezes você vai sofrer por seus amigos. A vida nem sempre é fácil, e as pessoas podem ser cruéis."

Bailey tem distrofia muscular e vive em uma cadeira de rodas, é primo de Fern, que é apaixonada desde sempre pelo Ambrose e que se acha feia, se acha pouca areia pro caminhãozinho do Ambrose. E Fern tem uma amiga, Rita, a garota mais linda da escola e a garota que Bailey é apaixonado.

"Bailey não enxergava a vida da maneira como todos os outros enxergavam. Tinha se tornado muito bom em viver o momento, sem olhar muito longe para o que poderia vir."

Ambrose decide largar todo o futuro dele na faculdade e competições para se alistar ao exército, mas não vai sozinho... Grant, Beans, Paul e Jesse vão com ele. Mas só ele volta... E volta todo desfigurado.

"É por isso que eu não rezo mais. Porque se o Grant rezou tanto e mesmo assim morreu, então não vou perder meu tempo."

Ele era considerado um dos alunos mais lindo (mas nunca deu importância pra isso, sabe, não era nariz empinado e nem arrogante), sempre foi visto como o melhor atleta e aluno por todos. Mas ele volta não só com o coração, emocional partido pela perda dos amigos e pela culpa que ele trava dentro de si, mas ele volta se escondendo do que os outros podem achar ou da forma com vão olhar pra ele com essa nova cara de "monstro". Menos Fern.

"Você age como se a beleza fosse a única coisa que faz as pessoas serem dignas de amor."

De início ele só se afasta, ele não quer a piedade de Fern, não quer o cuidado dela, da mesma forma que ela faz com Bailey (porque é ela quem o ajuda a se locomover e tudo mais), mas aos poucos eles vão se apoiando um no outro. Fern por mais que tenha todo o discurso "sou feia mimimi" é uma personagem sábia e altruísta, ela é uma linda pra mim. Já o Bailey rouba a cena nas melhores partes do livro, o cara tá vivendo por um fio, qualquer hora ele pode morrer mas lá está ele rindo da vida, animando Fern e Ambrose.

"Acho que é por isso que a Fern sempre gostou tanto de ler. Os livros permitem que as pessoas sejam quem elas querem ser, para escapar de si mesmas por um tempo."

Outro personagem que quando aparecia se sobressaia demais era o pai de Fern, o Pastor Joshua, ele é tipo o Padre Fábio de Melo, todo mundo o adora e todo mundo o admira.

"A verdadeira beleza, aquela que não se desvanece ou se esvai, precisa de tempo, de pressão, precisa de uma resistência incrível. É o gotejamento lento que faz a estalactite, o tremor da terra que cria as montanhas, o constante bater das ondas que quebra as rochas e suaviza as arestas. E da violência, do furor, da ira dos ventos, do rugido das águas emerge algo melhor, algo que de outra forma nunca existiria. E assim suportamos. Temos fé na existência de um propósito. Temos esperanças em coisas que não podemos ver. Acreditamos que há lições na perda e no poder do amor, e que temos dentro de nós o potencial para uma beleza tão magnífica que o nosso corpo não pode contê-la."

Este é um livro profundo e envolvente, que vai muito além de uma história de amor, também fala sobre a amizade e como a mesma pode superar a tristeza e a dor, além de mostrar o amadurecimento dos personagens. Um outro ponto importante é que sendo uma releitura de A Bela e a Fera eu imaginava que era somente sobre Fern e Ambrose, mas estava enganada e essa questão envolve vários personagens. Eu nunca vou esquecer Beleza Perdida. Nenhuma palavra é suficiente para lhe fazer justiça, apenas digo que leia. Não quis escrever muito sobre a história porque é importante que entenda por si mesmo, porém eu chorei (muito), ri, sofri e me encantei com esses personagens tão desajustados. A capa do livro é bonita, a diagramação está básica e a letra num tamanho ótimo para leitura, porém encontrei alguns erros de revisão. Em suma, recomendo a leitura desta obra incrível, brilhante e emocionante.

site: https://bebendolivro.blogspot.com/
comentários(0)comente



Joana.Maris 29/08/2019

Resenha Beleza Perdida - Amy Harmon
@veruseditora
De um lado temos Fern, uma garota bondosa e repleta de bravura que aos olhos daqueles que não sabiam enxergar, era considerada feia demais. Ela amava incondicionalmente Ambrose, porém, ele era a estrela do time de luta da sua escola e nunca correspondeu os seus sentimentos. Ela se magoou, se sentiu humilhada muitas vezes, mas aquele amor parecia fazer parte de sua alma.
Quando ele partiu para a guerra no Iraque, após o atentado de 11 de setembro e levou junto com eles os seus amigos de time, ninguém esperava que quando ele voltasse estaria tão diferente. Entretanto, com um corpo cheio de cicatrizes e fantasmas demais para carregar, ele se sentia com o peso do mundo em suas costas. Fern queria aliviar sua dor, mas ele não se sentia digno dela. Não depois de tê-la magoado tanto. Bailey, por sua vez,queria ver sua prima feliz e segura, por isso, fez tudo o que estava ao seu alcance para que o seu antigo ídolo de escola visse além das suas próprias dores e enxergasse nele um exemplo de alguém que possuía os dias contados, mas que não deixava que a vida o derrotasse.
É com esse enredo intenso e emocionalmente, que a autora consegue nos tocar da primeira a última linha e também nos faz refletir sobre as coisas simples da vida.
Outra característica da obra que gostei muito foi a força que cada personagem possui, bem como suas fraquezas e inseguranças, pois assim o leitor pode se envolver ainda mais com a estória e entender as respectivas atitudes de cada um para que possa "torcer" por eles durante a narrativa.
Espero que tenham gostado da resenha e que esse livro seja capaz de te emocionar e permanecer em seu coração por muito tempo.
Leitura mais que recomendada!

comentários(0)comente



@caixa.postal 27/08/2019

Um belo livro!
Fern Taylor é uma garota sonhadora, que ama romances, autora do seus próprios livros (que sonha um dia poder publicar) e apaixonada desde sempre por Ambrose - porém, Fern é uma garota comum, que passa despercebida aos olhos dos garotos do ensino médio. Ambrose Young é o garoto promissor da cidade, campeão de luta livre, maravilhoso e crush das garotas.

Confuso e querendo fugir um pouco do seu futuro ele se alista no exército e convence seus quatro melhores amigos a irem junto com ele. No seu último dia na cidade, algo acontece e ele começa a enxergar Fern com outros olhos. Depois de um tempo no Iraque, uma tragédia acontece e muda a vida de Ambrose: ele perde seus quatro amigos e também sua beleza. De volta a sua cidade, ele se isola por não achar justo ser o único sobrevivente e também se culpa pela morte de seus amigos. Mas Fern não desiste dele e aos poucos vai se aproximando. Eles mudaram com o tempo, amadureceram e sofreram. Um romance surge, mas Fern não acredita que Ambrose está com ela por amor e Ambrose acha que Fern não pode amá-lo por causa do seu rosto desfigurado. Ambos não percebem que estão apaixonados pelo que eles têm de melhor - e isso não tem a ver com beleza física.

Não posso deixar de falar do Bailey: ele foi fundamental para esse livro. Que pessoa maravilhosa, que vontade de sentar, conversar e rir com ele!

O livro nos dá várias lições sobre: amor, amizade, perdão, acreditar em Deus e ser feliz. Independente do que aconteceu em nossa vida, as limitações que temos, devemos aproveitar a oportunidade de mais um dia, agradecer por ela, viver e ser feliz.

Beleza Perdida é uma releitura moderna de A BELA E A FERA.

site: https://www.instagram.com/caixa.postal/
comentários(0)comente



Sandi 15/08/2019

Chorei lendo ele! Mto bom!
comentários(0)comente



387 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |